Você está na página 1de 68

Technisches Training. Produktinformation.

R60 Tração nas 4 rodas/Dinâmica ao dirigir.

Training. Produktinformation. R60 Tração nas 4 rodas/Dinâmica ao dirigir. MINI Service

MINI Service

Informações gerais

Símbolos usados

No presente documento é usado o seguinte símbolo/ representação para a melhor compreensão ou para destacar as informações particularmente importantes:

as informações particularmente importantes: Contém importantes notas de segurança e

Contém importantes notas de segurança e informações que são necessárias para um funcionamento impecável do sistema e que deverão ser observadas sem falta.

Atualidade e versões dos países

Veículos do grupo BMW cumprem as mais altas exigências de segurança e qualidade. Exigências diferentes nas áreas como proteção ambiental, utilidade para o cliente, design ou construção resultam em um desenvolvimento constante de sistemas ou componentes. Destas podem resultar divergências entre os conteúdos do presente documento e os veículos disponíveis no treinamento.

O presente documento descreve sempre veículos com direção na esquerda na versão europeia. Nos

veículos com direção do lado direito, alguns elementos de operação ou componentes são alocados

diferentemente do que exibido nos gráficos do presente documento. Outras divergências podem ocorrer com as variantes de opcionais específicas para os mercados e países.

Fontes de informações adicionais

Outras informações sobre os respectivos assuntos constam:

• no Manual de Instruções

• na Integrated Service Technical Application.

©2009 BMW AG, Munique

A reimpressão, inclusive em partes, é permitida mediante autorização escrita da BMW AG,

Munique

As informações contidas no presente documento são parte integrante do treinamento técnico do grupo BMW e destinam-se exclusivamente aos instrutores e participantes. Alterações/complementos dos dados técnicos constam dos respectivos sistemas de informação atualizados do grupo BMW.

Situação da Informação: Maio de 2010 VH-23/Internationales Technisches Training

R60 Tração nas 4 rodas/Dinâmica ao dirigir. Índice.

1. Introdução

 

5

1.1. Tração nas quatro rodas ALL4

5

1.2. Trem de rodagem

5

1.3. Controle dinâmico da estabilidade DSC

6

2. Tração nas quatro rodas ALL4

7

2.1. Resumo do sistema

7

 

2.1.1.

Resumo de componentes

7

2.1.2.

Esquema de conexões do circuito do sistema

12

2.2. Funções

14

 

2.2.1.

Funções distribuídas

15

2.2.2.

Aumentar a tração

17

2.2.3.

Minimizar o subesterço

22

2.2.4.

Evitar o sobreesterço

23

2.2.5.

Tração nas quatro rodas e controle dinâmico da estabilidade

26

2.2.6.

Funções especiais

26

2.3. Componentes do sistema

27

 

2.3.1. Caixa de transferência ALL4

27

2.3.2. Árvore de transmissão

33

2.3.3. Acoplamento ALL4

38

2.3.4. Transmissão do eixo traseiro

44

2.4. Indicações de assistência técnica

48

 

2.4.1. Banco de ensaio do freio

48

2.4.2. Rebocar

48

3. Trem de rodagem

 

50

3.1. Dados do trem de rodagem

50

 

3.1.1.

Comparação R56/R60

50

3.1.2.

Equipamentos

51

3.2. Eixos

51

 

3.2.1.

Eixo dianteiro

52

3.2.2.

Eixo traseiro

54

3.3. Direção

56

3.4. Rodas/pneus

57

3.5. Sistema de freio

58

 

3.5.1. Sensores de desgaste do revestimento do freio

59

3.5.2. Acionamento do freio de estacionamento

61

4. Controle dinâmico da estabilidade DSC

63

4.1.

Funções

63

R60 Tração nas 4 rodas/Dinâmica ao dirigir. Índice.

 

4.1.2. Abrangência da função

63

4.1.3. Controle de estabilização do reboque

64

4.1.4. Differential Lock Control eletrônico

64

4.2.

Indicação e operação

65

4.2.1. Nova simbologia

65

4.2.2. Comutar entre os modos

66

4.2.3. Leitura do modo

67

R60 Tração nas 4 rodas/Dinâmica ao dirigir.

1. Introdução.

Nessa Informação de produto são descritos os seguintes assuntos do MINI Countryman R60:

• Tração nas quatro rodas

• Modificação do trem de rodagem (R60 com relação a R56)

• Alterações no Controle dinâmico da estabilidade DSC.

1.1. Tração nas quatro rodas ALL4

O MINI Countryman R60 é a primeira série MINI que é oferecida com uma tração nas quatro rodas. Os

modelos MINI Cooper D Countryman e MINI Cooper S Countryman estão disponíveis tanto com tração dianteira ou como opcional com tração nas quatro rodas, denominada de “ALL4” no MINI.

Na tração nas quatro rodas do MINI Countryman, dependendo da situação de condução, o momento de tração será conduzido não para as rodas dianteiras mas também para as rodas traseiras. A distribuição do momento de tração não ocorre em uma relação fixa, mas é alterada continuamente por um comando inteligente. Desta maneira, as forças axiais nas rodas se alteram, assim como as forças de desvio lateral disponíveis nas rodas ou no respectivo eixo. Desta maneira, não a tração é influenciada, mas também o comportamento de auto dirigibilidade do veículo. Os clientes beneficiam- se das seguintes vantagens.

Tração: A capacidade de aceleração em diferentes fundações de pistas de rolamento é melhorada, pois o momento de tração é distribuído para as rodas que se encontram sobre a fundação antiderrapante da pista de rolamento.

Agilidade: A dirigibilidade levemente subesterçante de um veículo com tração dianteira não

é percebida como ágil. Para o aumento da agilidade, a tração nas quatro rodas influencia a dirigibilidade no sentido neutro ou dirigibilidade levemente sobreesterçante.

Estabilidade: Ainda antes da dirigibilidade se tornar instável, o comando conduz o momento de tração para o centro de gravidade das rodas do eixo que pode transmitir maiores forças axiais.

Com isso, a tração nas quatro rodas do MINI Countryman melhora a segurança de marcha e a dirigibilidade dinâmica típica do MINI.

1.2. Trem de rodagem

O princípio de construção do trem de rodagem no R60 assemelha-se ao do R56. Apesar do centro de

gravidade e da posição para sentar no R60 serem mais elevadas do que no R56, o trem de rodagem do R60 também transmite uma emoção ao dirigir semelhante ao Gokart. A bitola larga, a distância longa entre eixos, assim como as normas dos eixos escolhidos em conjunto com uma direção direta contribuem para isso.

Para adequar o trem de rodagem ao novo projeto de veículo, foram modificados os seguintes itens:

• Geometria do trem de rodagem

• Ajuste de molas, amortecedores e estabilizadores

• Direção assistida eletromecânica EPS

• Rodas/pneus.

R60 Tração nas 4 rodas/Dinâmica ao dirigir.

1. Introdução.

A alavanca de acionamento do freio de estacionamento também é nova no R60. Sua forma foi ajustada

ao interior do R60, especialmente ao Center Rail.

1.3. Controle dinâmico da estabilidade DSC

O controle dinâmico de estabilidade DSC quando da introdução no mercado do R56 ainda era um

equipamento especial. Desde então, ele é equipamento de série para todas as séries do MINI (R56, R55, R57), assim como para o novo R60. Como equipamento especial (SA 5DT), o cliente pode encomendar a função "Controle dinâmico da tração DTC” . Trata-se de uma função pura de software que está integrada no módulo de comando DSC.

Dependendo do mercado e modelo do R60, o controle dinâmico de tração também pode se tornar equipamento de série. A tabela seguinte mostra o momento da elaboração do documento para o mercado da Alemanha.

Modelo

Controle dinâmico da estabilidade DSC

Controle dinâmico da tração DTC

MINI One Countryman

Equipamento de série

Equipamento especial SA 5DT

MINI One D Countryman

Equipamento de série

Equipamento especial SA 5DT

MINI Cooper Countryman

Equipamento de série

Equipamento especial SA 5DT

MINI Cooper D Countryman

Equipamento de série

Equipamento especial SA 5DT

MINI Cooper D Countryman

ALL4

Equipamento de série

Equipamento de série

MINI Cooper S Countryman

Equipamento de série

Equipamento de série

MINI Cooper S Countryman ALL4

Equipamento de série

Equipamento de série

A simbologia do R60 é nova para os elementos de leitura e operação para o controle dinâmico

da estabilidade. Essa nova simbologia será utilizada com o lançamento no mercado do R60 e gradualmente será introduzida nas outras séries do MINI.

introduzida nas outras séries do MINI. Nova simbologia DSC para todas as séries

Nova simbologia DSC para todas as séries do MINI

R60 Tração nas 4 rodas/Dinâmica ao dirigir.

2. Tração nas quatro rodas ALL4.

2.1. Resumo do sistema

2.1.1. Resumo de componentes

As seguintes ilustrações mostram os componentes mecânicos do trem de força, comparando um veículo sem e outro com tração nas quatro rodas.

e outro com tração nas quatro rodas. Resumo trem de força tração dianteira

Resumo trem de força tração dianteira

Índice

Explicação

1

Eixos de transmissão dianteiros

2

Caixa de câmbio ou transmissão automática

R60 Tração nas 4 rodas/Dinâmica ao dirigir.

2. Tração nas quatro rodas ALL4.

dirigir. 2. Tração nas quatro rodas ALL4. Resumo do trem de força tração nas

Resumo do trem de força tração nas quatro rodas

Índice

Explicação

1

Eixos de transmissão dianteiros

2

Caixa de cambio ou transmissão automática

3

Caixa de transferência ALL4

4

Árvore de transmissão

5

Eixos de transmissão traseiros

6

Suporte transversal para transmissão do eixo traseiro

7

Transmissão do eixo traseiro

8

Acoplamento ALL4

R60 Tração nas 4 rodas/Dinâmica ao dirigir.

2. Tração nas quatro rodas ALL4.

Um veículo com tração nas quatro rodas ALL4 apresenta, em comparação a um veículo com tração dianteira, os seguintes componentes de tração adicionais:

• Caixa de transferência ALL4

• Árvore de transmissão

• Acoplamento ALL4

• Transmissão do eixo traseiro

• Eixos de transmissão traseiros.

Com o auxílio da caixa de transferência ALL4, as rotações na saída da caixa de câmbio são transmitidas para a árvore de transmissão na direção do eixo traseiro. Essa rotação é interceptada na caixa do diferencial dianteiro. Como a caixa de transferência ALL4 é um elemento passivo sem comando, a árvore de transmissão gira em todos os estados de condução. Uma união acionada pela gravidade, para as rodas traseiras, é possibilitada pelo acoplamento comandável ALL4. Conforme o momento de tração solicitado, ela será comandada eletricamente e sem escalonamento para o eixo traseiro. A transmissão do eixo traseiro com diferencial integrado assegura a equalização de rotações entre as duas rodas traseiras e distribui o momento de tração em partes iguais para as rodas traseiras.

em partes iguais para as rodas traseiras. Trem de força tração nas quatro rodas

Trem de força tração nas quatro rodas com representação da estrutura

R60 Tração nas 4 rodas/Dinâmica ao dirigir.

2. Tração nas quatro rodas ALL4.

Índice

Explicação

A

Trem de força na elevação

B

Representação da estrutura do trem de força

1

Transmissão do eixo dianteiro (integrada na caixa de câmbio ou transmissão automática)

2

Caixa de transferência ALL4

3

Acoplamento ALL4

4

Transmissão do eixo traseiro

Ao lado dos componentes mecânicos, uma série de componentes elétricos e eletrônicos também fazem parte do sistema de tração nas quatro rodas ALL4. Uma função importante é assumida pelo módulo de comando DSC que contém tanto o software para o comando da tração nas quatro rodas, como o estágio de saída para o comando do acoplamento ALL4. O gráfico seguinte traz uma visão de conjunto dos componentes elétricos e seus locais de instalação.

R60 Tração nas 4 rodas/Dinâmica ao dirigir.

2. Tração nas quatro rodas ALL4.

dirigir. 2. Tração nas quatro rodas ALL4. Resumo de componentes elétricos e

Resumo de componentes elétricos e eletrônicos do sistema de tração nas quatro rodas ALL4

Índice

Explicação

1

Centro de comutação da coluna de direção com sensor do ângulo da direção

2

Pedal do freio com interruptor da luz do freio

3

Comando do motor (eletrônica digital do motor ou eletrônica digital do diesel)

4

Controle dinâmico da estabilidade DSC

5

Pedal do acelerador com sensor do ângulo do pedal do acelerador

6

Sensor DSC

R60 Tração nas 4 rodas/Dinâmica ao dirigir.

2. Tração nas quatro rodas ALL4.

2.1.2. Esquema de conexões do circuito do sistema

de conexões do circuito do sistema Esquema de conexões do circuito do

Esquema de conexões do circuito do sistema de tração nas quatro rodas e controle dinâmico da estabilidade

R60 Tração nas 4 rodas/Dinâmica ao dirigir.

2. Tração nas quatro rodas ALL4.

Índice

Explicação

1

Sensor de desgaste do revestimento do freio dianteiro esquerdo

2

Sensor das rotações da roda dianteira esquerda

3

Comutador de nível do fluido de freio

4

Sensor das rotações da roda dianteira direita

5

Sensor das rotações da roda traseira direita

6

Sensor de desgaste do revestimento do freio traseiro direito

7

Sensor das rotações da roda traseira esquerda

8

Eletroímã no acoplamento ALL4

9

Sensor DSC

10

Centro de comutação da coluna de direção

11

Car Access System

12

Interruptor da luz do freio

13

Fusíveis para válvulas DSC e motor da bomba DSC (distribuidor de corrente do compartimento do motor)

14

Módulo de comando do controle dinâmico da estabilidade

15

Unidade hidráulica do controle dinâmico da estabilidade

16

Eletrônica digital do motor ou eletrônica digital do diesel

17

Fusível para módulo de comando DSC (suporte do fusível no Junction Box)

18

Eletrônica do Junction Box

19

Fusível para sensor DSC (suporte do fusível no Junction Box)

20

Tecla DSC

21

Centro de comutação do console central

22

Comando do ar condicionado e aquecimento integrados, ou automático do ar condicionado e aquecimento integrados

23

Interruptor de alarme do freio de estacionamento

24

Steering Column Cluster, instrumento principal com indicador de rotações

25

Central Instrument Panel, instrumento adicional com indicador de velocidade

O esquema de conexões do circuito para o sistema de tração nas quatro rodas e o controle dinâmico

da estabilidade são idênticos, e por isso, os mesmos estão ilustrados apenas uma vez nesse local da informação de produto. O sensor DSC foi assinalado em uma posição no esquema de conexões do circuito que não corresponde à posição real de instalação para uma melhor compreensão. No veículo, o sensor DSC está instalado embaixo do banco do acompanhante.

R60 Tração nas 4 rodas/Dinâmica ao dirigir.

2. Tração nas quatro rodas ALL4.

2.2. Funções

A tração nas quatro rodas para o MINI Countryman é um sistema mecatrônico inteligente. Em lugar

de uma distribuição predefinida fixa do momento de tração entre o eixo dianteiro e o eixo traseiro, o sistema ALL4 possibilita uma distribuição sem escalonamento, dependente do desejo do motorista e da condição dinâmica do movimento de veículos.

dinâmica do movimento de veículos. Forças nos pneus Índice Explicação X

Forças nos pneus

Índice

Explicação

X

Sentido longitudinal

Y

Sentido transversal

Z

Sentido vertical

F

máx

Força máxima transmissível

F

x

Força no sentido longitudinal (força de acionamento/força de frenagem)

F

y

Força no sentido transversal (estabilidade lateral/força centrífuga)

F

z

Força no sentido vertical (força de contato com o solo/peso)

Conforme a definição do círculo de Kamm com a força dada de contato da roda com o solo F z e o coeficiente de atrito µ dado entre a pista de rolamento e o pneu, a força F máx transmitida pelo pneu

é limitada. Com isso, a grandeza e a direção das forças individuais (F x e F y ) devem ser consideradas para determinar a força resultante no pneu. Somente quando a força resultante se encontrar dentro do círculo de Kamm, ela poderá ser transmitida para a pista de rolamento e o veículo se movimentará

R60 Tração nas 4 rodas/Dinâmica ao dirigir.

2. Tração nas quatro rodas ALL4.

de forma estável. A regularidade será levada em consideração pelo comando inteligente da tração nas quatro rodas no MINI Countryman. Com isso, as forças transmitidas para cada roda podem ser utilizadas de forma otimizada e adequada para a respectiva situação de condução.

2.2.1. Funções distribuídas

O sistema de tração nas quatro rodas no R60 é comandado de forma centralizada pelo controle

dinâmico da estabilidade. O módulo de comando DSC considera no comando o desejo do motorista e o estado dinâmico do movimento do veículo. Os sinais de entrada utilizados de forma específica são:

• Ângulo do pedal do acelerador

• Valor real do torque do motor

• Marcha engatada

• Ângulo do volante

• Rotações da roda e velocidade de marcha

• Aceleração longitudinal, transversal e taxa de guinada.

Através do acionamento do pedal do acelerador em um determinado ângulo, o motorista sinaliza seu

desejo com referência à dinâmica longitudinal. Daí resulta o torque gerado pelo motor de combustão, que é transmitido pela caixa de câmbio ou transmissão automática e diferencial estando à disposição para movimentar as rodas. Nos veículos com caixa de câmbio, a marcha engatada e, com isso, a relação de transmissão pode ser calculada pelo número de rotações do motor e velocidade de marcha. Por outro lado, o comando eletrônico da transmissão em veículos com transmissão automática fornece essa informação diretamente na forma de um sinal Bus. O ângulo do volante é uma medida para o desejo