Você está na página 1de 2

Ouvir rudos normais e anormais que se produzem no aparelho respiratrio Forma padronizada Pede-se respirao oral e tranqila Realizar

de pice para base De forma comparativa e simtrica Regio anterior e posterior do trax Murmrio Vesicular: sons normais Rudos Adventcios: sons anormais Secos: 1. Cornagem, estridor; 2. Roncos: secreo 3. Sibilos: semelhantes a rudos musicais ou sussurrantes. midos: 1. Estertores Crepitantes: associado a lquido presente em vias de pequeno calibre ou ate mesmo intra-alveolar (ex: esfrega-se uma mecha de cabelos contra os dedos) 2. Estertores Subcrepitantes: Vias de mdio calibre Traqueal - audvel sobre a traquia, um rudo intenso (como se assoprasse dentro de um tubo). Brnquico som traqueal audvel na zona de projeo de brnquios de maior calibre face anterior do trax, prximo ao esterno. Vesicular ou murmrio vesicular - produzido pela turbulncia do ar ao chocarse contra salincias das bifurcaes brnquicas. Roncos vibraes das paredes brnquicas e contedo gasoso. Sons graves de baixa freqncia, contnuos, escutados nas vias areas maiores. Sibilos vibraes das paredes bronquiolares e contedo gasoso.Sons agudos Ex: bronquite, crises asmticas. Estridor som produzido pela semi-obstruo da laringe ou traquia Estertores finos ou Crepitantes - auscultado no final da fase inspiratria - no se alteram com a tosse Ex: pneumonia, edema agudo (fase inicial).

Rudo semelhante: friccionar feixe de cabelos destruio de folhas secas Subcrepitantes ou bolhosos - auscultado no incio da inspirao e toda expirao - alteram-se pela tosse. Ex: bronquites, bronquiectasias.