Você está na página 1de 79

Aborto provocado

“Para melhorar a própria situação, que deve fazer a mulher que se


reconhece, na atualidade, com dividas no aborto provocado,
antecipando-se, desde agora, no trabalho da sua própria melhoria moral,
antes que a próxima existência lhe imponha as aflições regenerativas?
_ Sabemos que podemos renovar o destino todos os dias. Quem ontem
abandonou os próprios filhos pode hoje afeiçoar-se aos filhos alheios,
necessitados de carinho e abnegação.”
(Evolução em Dois Mundos – cap XIV – pág. 200 - segunda parte)

“A mulher o promove ou que venha coonestar (legitimar) semelhante


delito é constrangida, pôr leis irrevogáveis, a sofrer alterações
deprimentes no centro genésico de sua alma, predispondo-se
geralmente a dolorosas enfermidades, quais sejam a metrite, o
vagisismo, a metralogia, o enfarte uterino, a tumoração cancerosa,
flagelos esse com os quais, muita vez, desencarna, demandando o Além
para responder, perante a Justiça Divina, pelo crime praticado.”
(Ação e Reação- cap 15 – pág. 210 e 211)

Absorção do perispírito

“Algumas sorviam as baforadas de fumos arremessados ao ar, ainda


aquecidas pelo calor dos pulmões que as expulsavam, nisso encontrando
alegria e alimento. Outras aspiravam ao hálito de alcoólatras
impenitentes”.
(Nos Domínios da Mediunidade - cap 15- págs. 138)

1
Ações e Reações

“Companheiros que em muitas circunstâncias, se deixaram envenenar pelos


olhos e pelos ouvidos, comprometendo-se em vasta rede de criminalidade,
através da calúnia e da maledicência, imploram veículos fisiológicos castigados
pôr deficiências auditivas e visuais que lhes impeçam recidivas desastrosas... E
milhares de pessoas que transformar o santuário do sexo numa forja de
perturbações para a vida alheia, arruinando lares infelicitando consciências,
imploram equipamentos atormentados, pôr lesões importantes no campo
genésico, experimentando, desde a puberdade, inquietantes desequilíbrios
ovarianos e testiculares. A cegueira, a mudez, a idiotia, a surdez, a paralisia, o
câncer, a lepra, a epilepsia, a diabete, o pênfigo, a loucura e todo o conjunto
das moléstias dificilmente curáveis significam sanções instituídas pela
Misericórdia Divina, portas adentro da Justiça Universal, atendendo-nos aos
próprios rogos, para que não venhamos a perder as bênçãos eternas do espírito
a troco de lamicutáveis ilusões humanas”.
(Ação e Reação - cap 19 - págs. 257 e 258).

“É preciso reconhecer que todos responderemos pelos atos que efetuamos –


explicou o interlocutor -; contudo, no caso em foco, se o homem não é
responsável pelos delitos em que venha a falir a mulher desventurada, é ele,
inegavelmente, o autor da desdita em que ela se encontra. Trabalhará,
naturalmente, para levantá-lo do abismo o que ela se arrojou pôr segui-lo...”.
(Ação e Reação – cap 15 - pág. 207).

“... porquanto os delinqüentes do sexo, que operam o homicídio, o infanticídio, a


loucura, o suicídio, a falência e o esmagamento dos outros, voltam à carne, sob
o impacto das vibrações desequilibrantes que puseram em ação contra si
próprios, e são, muitas vezes, as vítimas da mutilação congênita, da alienação
mental, da paralisia, da senilidade precoce, da obsessão enquistada do câncer
infantil, das enfermidades nervosas de variada espécie...”.
(Ação e Reação – cap – 15 - pág. 208).

2
Alimentação dos desencarnados

“Torturava-me a fome, a sede me escaldava...”.


(Nosso lar – cap dois - pág. 21)

“Persistiam as necessidades fisiológicas, sem modificação...”.


(Nosso Lar - cap dois - pág. 23).

“... serviram-me caldo reconfortante, seguido de água muito fresca de


fluidos divinos. Aquela reduzida porção de líquidos reanimava-me
inesperadamente. Não saberia dizer que espécie de sopa era aquela; se
alimentação sedativa, se remédio salutar.”
(Nosso Lar – cap três - págs. 27 e 28).

“Queriam mesas lautas, bebidas excitantes, dilatando velhos vícios 7ª


Terrenos”.
(Nosso Lar- cap nove - pág. 55).

“Cada habitante de “Nosso Lar” recebe provisão de pão e roupa, no que se


refere ao estritamente necessário...”.
(Nosso Lar - cap 22 - pág. 121).

“-E os demais? - Recebeu alimento e medicação mais densos uma vez pôr
dia”.
(Os mensageiros – cap 22 - pág. 121).

“Vi os servidores do Posto distribuírem pequenas porções de alimento


líquido e medicação bucal,...”.
(Os Mensageiros – cap 22 - pág. 123).

“... seis entidades envolvidas em círculos escuros acompanhavam-nos ao


repasto, como se tivessem tomando alimentos por absorção.”
(Missionários da Luz- cap 11- pág. 127).

3
“-Tanta admiração, somente pôr vê-lo tomando alimentos pelas narinas?”
(Missionários da Luz - cap 11 - pág. 128).

“Na Comunicação e no Esclarecimento há enorme dispêndio de frutas.”


(Nosso Lar - cap 11 – pág. 100).

“Na maioria das vezes, os desencarnados em crise dessa ordem são


conduzidos pelos agentes da Bondade Dioinacios centros de reeducação do
Plano Espiritual, onde encontram alimentação semelhante à da Terra, porém
fluídica...”.
(Evolução em Dois Mundos- Segunda Parte - cap 1 - pág. 169).

“... todavia, com o curso do tempo, em vista de nova alimentação e novos


hábitos em meio muito diverso, incorporam determinados elementos de 8ª
nossos círculos de vida, dos quais é necessário se desfaça a fim de poder
penetrar, com êxito, a corrente da vida carnal”.
(Missionários da Luz - cap 13 - págs. 210 e 211).

Amebas

“Desde a ameba, na tépida água do mar, até o homem, vimos lutando,


aprendendo e selecionando invariavelmente.”
(No Mundo Maior - cap três - pág. 46)

“Lembre-se de que os organismos mais perfeitos da nossa casa Planetária


procedem inicialmente da ameba.”
(Missionários da Luz – cap 13 – pág. 234).

“Os primeiros habitantes da Terra, no plano material, são as células


albuminóides, as amebas e todas as organizações unicelulares, isoladas e

4
livres, que se multiplicam prodigiosamente na temperatura tépida dos
oceanos”.
(A Caminho da Luz - cap dois - pág. 26)

Amizade

“Contam-se por milhares as pessoas favorecidas em - “Nosso Lar”, pela


movimentação da amizade e do estímulo fraternal”.
(Nosso Lar - cap 22 - pág. 124)

“... ignorais, acaso, que é preciso igualmente trabalhar para que se mereça a
bênção de um templo carnal na Terra? Que amigos beneficiastes para
pedir-lhes a ternura e o sacrifício da paternidade e da maternidade no
mundo, em vosso favor?”
(Libertação - cap 18 - pág. 232)

“... Quem cultiva a amizade somente na família consangüínea, dificilmente


encontra meios para desempenhar certas missões fora dela. Quanto mais
extenso o nosso raio de trabalho e de amor, mais ampla se faz à
colaboração alheia em nosso beneficio.”
(Entre a Terra e o Céu – cap 27 - pág. 169)

‘”Isolara-se em prazeres perniciosos e, pôr isso, não trouxera ao campo


espiritual a gratidão alheia funcionando em seu favor.”.
(Ação e Reação - cap seis – pág. 81)

“Cada criatura nasce na Crosta da Terra para enriquecer-se através do


serviço à coletividade.”
(Libertação - cap seis - pág. 87)

5
Animais no plano espiritual

“Os cães, disse Narcisa - são auxiliares preciosos nas regiões do obscuro
do Umbral”.
(Nosso Lar –cap 33 - pág. 183)

“... que tínhamos sob os olhos um belo carro tirado pôr dois soberbos
cavalos brancos”.
(Os Mensageiros - cap 28 - pág. 149).

“-A alma do animal, sobrevivendo ao corpo, fica num estado errante, como a
do homem após a morte”?
– Fica numa espécie de erraticidade, pois não está unida a um corpo, mas
não é um espírito errante. O espírito errante é um ser que pensa e age pôr
sua livre vontade; o dos animais não tem a mesma faculdade. É a
consciência de si mesmo que constitui o atributo principal do Espírito. “O
Espírito do animal é classificado, após a morte, pelos Espíritos incumbidos
disso, e utilizado quase imediatamente: não dispõe de tempo para se pôr um
relação com outras criaturas.”
(O Livro dos Espíritos – parte 2ª cap XI pág. 296)

“... Íbis viajores são excelentes auxiliares dos Samaritanos, por devorarem
as formas mentais odiosas e perversas, entrando em luta franca com as
trevas umbralinas.”
(Nosso Lar – cap 33 - pág. 184)

6
Aparelho Magnético do Além

“Na cabeça, dentre os cabelos grisalhos, salientava-se pequeno funil de luz,


à maneira de delicado adorno... – É um aparelho magnético ultra-sensível
com que a médium vive em constante contacto com o responsável pela obra
espiritual que pôr ela se realiza.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap 16 - pág. 148)

Apresentação Física

“Solicitamos providências em favor da existência sadia, preocupando-se


com a resistência, equilíbrio, durabilidade e fortaleza do instrumento que
os devia servir, mas pediram medidas tendentes a lhes atenuarem o
magnetismo pessoal, em caráter provisório, evitando-se-lhes apresentação
física muito primorosa.”
(Missionários da Luz – cap 12 - pág. 171).

Arquivo no plano espiritual

“... tivemos acesso em primeiro lugar, à Seção do Arquivo, onde todos nós
temos anotações particulares... Ricardo e eu ficamos, então, senhores de
trezentos anos de memória integral.”
(Nosso Lar - cap 21 - pág. 118)

7
Arrependimento

“O arrependimento é, porém caminho para a regeneração e nunca


passaporte direto para o céu.”
(No Mundo Maior - cap três - pág. 40)

Assistência espiritual no período infantil

“-Nossa cidade prepara, em média, quinze a vinte reencarnações diárias e


torna-se imprescindível assistir os companheiros tutelados, pelo menos no
período infantil mais tenro, que compreende os primeiros sete anos de
existência carnal.”
(Os Mensageiros - cap 30 - pág. 162)

“-Meus amigos, o nosso Herculano permanecerá em definitivo junto de


Segismundo, na nova experiência, até que ele atinja os sete anos, após
renascimento, ocasião em que o processo reencarnacionista estará
consolidado. Depois desse período, a sua tarefa de amigo e orientador será
amenizada, visto que seguirá o nosso irmão em sentido mais distante.”
(Missionários da Luz - cap 13 - pág. 219)

“... e, somente aos sete anos de vida comum, começa a presidir, pôr si
mesmo, ao processo de formação do sangue.”
(Missionários da Luz - cap 13 - pág. 229)

“... está pronto o serviço de reencarnação inicial. O trabalho completo, com


a plena integração de nosso amigo nos elementos físicos, somente se
verificará de agora a sete anos.”
(Missionários da Luz - cap 14 - pág. 249)

8
Assistência Social

“Nos círculos inferiores, meu filho, o prato de sopa ao faminto, o bálsamo


ao leproso, gesto de amor ao desiludido, são serviços divinos que nunca
ficarão deslumbrados na Casa de Nosso Pai...”.
(Nosso Lar - cap 36 - pág. 197)

“A noção do dever bem cumprido, André, ainda que todos os homens


permaneçam contra nós é uma luz firme para o dia e abençoado para a
noite.”
(Mensageiros - cap 13 - pág. 75).

“Cada criatura nasce na crosta da Terra para enriquecer-se através do


serviço à coletividade.”
(Libertação - cap seis - pág. 87)

“Enquanto a criatura é vulgar e não se destaca pôr aspirações de ordem


superior, as inteligências pervertidas não se preocupam com ela; no
entanto, logo que demonstre propósitos de sublimação, apura-se o tom
vibratório, passa a ser notadas pelas características de elevação e é
naturalmente pôr quem se refugia na inveja ou na rebelião silenciosa, visto
não conformar-se com o progresso alheio.”
(Libertação - cap XVI - pág. 204)

Os assistentes em reuniões espíritas

“Reuniam-se ali, para olhos humanos, trinta e cinco individualidades


terrestres e, no entanto, no nosso círculo, o número de necessitados
excedia de duas características...”.
(Os Mensageiros - cap 46 - pág. 239)

9
Atos de bondade

“O organismo perispiritual de Adelino parecia desfazer-se de pesadas


nuvens, que se rompiam de alto a baixo, revelando-lhes as características
luminosas.”
(Missionários da Luz - cap 13 - pág. 195)

“Ninguém necessita, portanto, aguardar reencarnações futuras,


entretecidas de dor lágrimas, em ligações expiatórias, para diligenciar a
paz com os inimigos trazidos do pretérito, porque, pelo devotamento ao
próximo e pela humildade realmente praticada e sentida, é possível
valorizar nossa frase e santificar nossa prece, atraindo simpatias valiosas,
com intervenções providenciais, em nosso favor. É que, em nós reparando
transfigurados para o melhor, os nossos adversários igualmente se
desarmam para o mal, compreendendo, por fui, que só o 24ª bem será,
perante Deus, o nosso caminho de liberdade e vida.”
(Evolução Em Dois Mundos - cap 15- pág. 120)

Bens Terrenos

“... que tudo pertence a Deus, que o homem é simples usufrutuário dos
divinos bens.”
(Os Mensageiros do Bem - cap 20 - pág. 110)

10
Camadas do perispírito

“Com a nossa hipótese das modificações que a vontade do operador produz


sucessivamente sobre a força psíquica e, indiretamente, sobre o
perispírito, é fácil compreender a formação de várias zonas ou camadas
perispirituais, cada qual caracterizada pôr um movimento vibratório
especial, de mais a mais rápido, á medida que a ação se prolongue.”
(A Evolução Anímica - cap IV- pág. 175- Os diferentes graus de sonambulismo)

“O perispírito, indevidamente denominado, por vezes, corpo astral, é


constituído pôr camadas concêntricas de matéria hiperfísica,
sucessivamente menos condensadas e mais quitessenciadas.”
(Da Alma Humana-Antônio J. Freire- pág. 39).

“Cada existência da nossa alma, em determinada expressão da forma, é uma


adição de experiência, conservada em prodigioso arquivo de imagens que,
em se superpondo umas às outras, jamais se confundem.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XIII - pág. 82)

“Ocorrências de séculos e milênios gravam-se indelevelmente em nossa


memória, estratificando em camadas superpostas.”
(Estudando a Mediunidade - cap XVII - pág. 98)

“Todos esses movimentos vibratórios têm uma existência própria, num grau
vibratório que lhes é peculiar, sendo o ultimo sempre superior aos demais.”
(A Evolução Anímica – Resumo - págs. 247 e 248)

Canto e Musica

“... reconheceu a Governadora que a música intensifica o rendimento do


serviço”.
(Nosso Lar - cap 11 - pág. 68)

11
“... aliando-se aos meninos cantores das escolas do Esclarecimento...”.
(Nosso Lar - cap 42 - pág. 232)
.
“Judite, Iolanda e Líssias se encarregaram, respectivamente, do piano, da
harpa e da cítara...”.
(Nosso Lar - cap 48 - pág. 266)

“... Cecília cantou com voz veludosa e acariciante.”


(Os Mensageiros - cap 31 - pág. 166)

“Logo após, suave música encheu o recinto de cariciosas melodias.”


(Nosso Lar - cap 37 - pág. 205)

“Quando vi os companheiros levantarem-se para as despedidas, ao som da


música habitual, indague de Narcisa, surpreendido...”.
(Nosso Lar - cap 37 - pág. 205)

“Doce melodia que enorme conjunto de meninos acompanhava, contudo um


hino delicado de exaltação do amor materno vibrava no ar.”
(Entre a Terra e o Céu - cap IX - pág. 56)

Caridade

“Além disso, não será caridade o ato de dar aos que não querem receber.”
(Os Mensageiros- cap 47- pág. 247)

12
Casais que evitam filhos

“Infelizmente para eles, porém, apenas adiam realizações sublimes, às


quais deverão fatalmente voltar, porque há tarefas e lutas em família que
representam o preço inevitável de nossa regeneração.”
(Ação e Reação - cap 15 - pág. 210)

Casamento no plano espiritual

“Nossa irmã Isaura, que se casou em “Campo da Paz”, há três anos, lá


reside em companhia do esposo.”.
(Os Mensageiros - cap 30 - pág. 159)

Casamento no plano material

“O maior número de casais humanos é constituído de verdadeiros forçados,


sob algemas.”
(Nosso Lar - cap 20 - pág.113)
“E pôr isso que a maioria dos consórcios humanos, pôr enquanto, constituem
ligações de aprendizado e sacrifício.”
(Ação e Reação - cap 14 - pág. 198)

Célula Física

“Cada célula física é instrumento de determinado vibração mental”


(Missionários da Luz - cap seis - pág. 63)

13
“O homem do futuro compreenderá que as suas células não representam
apenas segmentos de carne, mas companheiras de evolução, credoras de
seu reconhecimento e auxílio afetivo.”
(Missionários da Luz- cap 13- pág. 223)

Censura mediúnica

“Observei que leves fios brilhantes ligavam à fronte de Eugênia, desligada


do veículo físico, ao cérebro da entidade de comunicante.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap seis - pág. 55)

“O médium, pois, quando integrado nas responsabilidades que esposa, tem o


dever de colaborar na preservação da ordem e da respeitabilidade na obra
de assistência aos desencarnados, permitindo-lhes a livre manifestação
apenas até o ponto em que essa manifestação não colida com a harmonia
necessária ao conjunto e com a dignidade imprescindível ao recinto.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap seis - pág. 56)

Centro coronário

“... o centro coronário”... “de vez que nele assenta a ligação com a mente,
fulgurante sede da consciência.”
(Entre a Terra e o Céu- cap XX- pág. 127)

“É assim que, regendo a atividade funcional dos órgãos relacionados pela


fisiologia terrena, nele identificamos o centro coronário, instalado na
região central do cérebro, sede da mente, centro que assimila os estímulos
do Plano Superior e orienta a forma, o movimento, a estabilidade, o

14
metabolismo orgânico e a vida consciencial da alma encarnada ou
desencarnada.”
(Evolução Em Dois Mundos - cap II - pág. 26)

Circunstâncias reflexas

“Esse homem... quando torna a merecer o prêmio de um corpo carnal na


Esfera Humana, dentre as provas que repetirá naturalmente se incluiu a
externa tentação ao suicídio na idade precisa em que abandonou a posição
de trabalho que lhe cabia, porque as imagens destrutivas, que arquivou em
sua mente, se desdobrarão, diante dele, através do fenômeno a que
podemos chamar “circunstâncias reflexas”, dando azo a recônditos
desequilíbrios emocionais que o situarão, logicamente, em contacto com as
forças desequilibradas que se lhe ajustam ao temporário modo de ser. Se
esse homem não houver amealhado recursos educativos e renovados em si
mesmo, pela prática da fraternidade e do estudo, de modo a superar a
crise inevitável, muito dificilmente escapava ao suicídio, de novo porque as
tentações, não obstante reforçadas por fora de vós, começam em nós
alimentam-se de nós mesmos.”.
(Ação e Reação - cap sete - págs. 93 e 94)

“O passado reflete-se no presente.”


(Entre a Terra e o Céu - cap XXVI - pág. 163)

“Sim, o “carma”, expressão vulgarizada entre os hindus, que em sânscrito


quer dizer “ação”, a rigor, designa “causa e efeito”, de vez que toda ação ou
movimento deriva de causa ou impulsos anteriores”.
(Ação e Reação - cap sete- pág. 87)

“Temos verificado que a memória se inscreve no perispírito pôr camadas”...


(não achei)

15
Cobrança e fiscalização

“... e, nas regiões atormentadas como estas varridas pôr ciclones de dor
regenerativa, temos os poderes competentes para promover a cobrança e a
fiscalização...”.
(Ação e Reação - cap sete - págs. 87 e 88)

Colaboradores espirituais fechados

“Quer dizer que, numa casa como esta há colaboradores espirituais


devidamente fechados, assim como ocorre a médicos e enfermeiros num
hospital terrestre comum? – Perfeitamente, Tanto entre os homens como
entre nós, que ainda nos achamos longe da perfeição espiritual, o êxito do
trabalho reclama experiência, horário, segurança e responsabilidade do
servidor fiel aos compromissos assumidos.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap 17 - pág. 163).

Compromissos morais adquiridos conscientemente na


carne

“... repetiam sempre que os compromissos morais adquiridos


conscientemente na carne somente na carne deveriam ser resolvidos.”
(Entre a Terra e o Céu - cap IX - pág. 58)

“... são de parecer que ele não conseguirá adquirir aqui qualquer melhora
real, antes da reencarnação que o aguarda.”
(Entre a Terra e o Céu - cap IX - pág. 58)

16
“A carne, de certo modo, em muitas circunstâncias, não é apenas um vaso
divino para o crescimento de nossas potencialidades, mas também uma
espécie de carvão milagroso, absorvendo-nos os tóxicos e resíduos de
sombra que trazemos no corpo substancial.”
(Entre a Terra e o Céu - cap X - pág. 66)

”Recursos medicamentosos e passes magnéticos não faltavam, contudo não


surtiam efeito.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XXVII - pág. 166)

“O corpo físico funcionaria como abafador da moléstia da alma, sanado


pouco a pouco...”.
(Entre a Terra e o Céu - cap XXVII - pág. 167)

“A carne, em muitos casos, é assim como um filtro que retém as impurezas


do corpo perispiritual, liberando-o de certos males nela adquiridos.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XXXIII - pág. 208)

Comunicação dos desencarnados

“Certo, nas mentes envolvidas, entre os desencarnados e encarnados, basta


o intercâmbio mental sem necessidades das formas... mas isso também
exige a afinidade pura.”
(Nosso Lar - cap 37 - pág. 204 e 205)

“Os que se encontrem afinados desse modo, podem dispor, à vontade do


processo de conversação mental, apesar da distância.”
(Nosso Lar - cap 50 - pág. 278)

“–Os irmãos, nas condições a que me refiro, ouvem-nos a voz...”.


(Os Mensageiros- cap 48- pág. 249)

17
“Alguns irmãos, qual ocorre a esse que me refiro, descem a tamanho
embrutecimento moral que somente conseguem ouvir-nos a voz, de modo
imperfeito...”.
(Obreiros da Vida Eterna - cap IV- pág. 55)

”O fato de ele nos sentir de mais perto, através da audição.”


(Obreiros da Vida Eterna – cap VII – pág. 94)

“Todavia, não obstante reconhecermos que a imagem está na base de todo


intercâmbio entre as criaturas encarnadas ou não, é forçoso observar que a
linguagem articulada, no chamado espaço das nações, ainda possui
fundamental importância nas regiões a que o homem comum será
transferido imediatamente após desligar-se do corpo físico.”
(Evolução em Dois Mundos - cap II- pág. 172- segunda parte)

“Não terem tardado a saber que transmissão do pensamento é a forma da


linguagem espiritual, se bem certos espíritos recém-chegados se iludam e
julguem conversar pôr meio de palavra...”.
(A Crise da Morte - pág. 166)

“-Como os Espíritos se comunicam entre si? - Eles se vêem e se


compreendem; a palavra é material: é o reflexo da faculdade espiritual. O
fluido universal estabelece entre eles uma comunicação constante; é o
veículo de transmissão do pensamento, como o ar é para vós o veículo do
som.”
(O Livro dos Espíritos - 282)

“Nesse instante, foi Lísias chamado ao fone.”


(Nosso Lar - cap 48 - pág. 265)

“Em seguida sussurrou algumas palavras que somente Dimas pode


escutar...”.

18
(Obreiros da Vida Eterna - cap XV- pág. 228)

“Observando-me o assombro Amiceto falou-me aos ouvidas.”


(Os Mensageiros - cap 23 - pág. 133)

“Todavia, encontraram aqui a habitação, o utensílio e a linguagem


terrestres”.
(Nosso Lar - cap 37- pág. 203)

“Dentro desse princípio o espírito que haja vivido exclusivamente em


França poderá comunicar-se no Brasil, pensamento a pensamento,
prescindindo de forma verbalista especial, que, nesse caso, será sempre a
do receptor; mas isso também exige a afinidade pura.”
(Nosso Lar - cap 37- pág. 205)

“Modificado a inflexão de voz, prosseguiu...”.


(Obreiros da Vida Eterna - cap I- pág. 20)

“Ao tinido brando da campanha no interior.”


(Nosso Lar - cap 17- pág. 96)

“O emissário, em voz clara e sedutora desejou-nos a paz do Cristo e, em


seguida, dirigiu-nos a palavra em tom inexprimível na linguagem humana.”
(Obreiros da Vida Eterna - cap IV- pág. 61)

“Outras gargalhadas sinistras.”


(Nosso Lar - cap um - pág. 17)

“Círculos espirituais existem, em planos de grande sublimação, nos quais os


desencarnados, sustentando consigo mais elevados recursos de riqueza
interior, pela cultura e pela grandeza moral, conseguem plasmar, com as
próprias idéias quadros vivos que lhes confirmem a mensagem ou o
ensinamento, seja em silêncio, seja com a despesa mínima de suprimento
verbal...”.
(Evolução em Dois Mundos - cap II - pág. 171)

19
“Que se detivessem também a perquirir naquele novo clima de vida as
ocorrências telepáticas a se erigirem, ali, em fenômeno corriqueiro, apesar
de não prescindirem da linguagem articulada.”
(E a Vida Continua - cap oito - pág. 61)

Condensação do oxigênio

“- Estes amigos - explicou o meu generoso instrutor - estão encarregados


de operar a condensação do oxigênio em toda casa. O ambiente para a
materialização de entidade do plano invisível aos olhos dos homens requere
elevado teor de ozônio e, além disso, é indispensável semelhante operação,
a fim de que todas as larvas e expressões microscópicas de atividade
inferior sejam exterminadas.”
(Missionários da Luz - cap 10 - págs. 111 e 112)

Condução no Além

“Tomamos o carro, agradavelmente surpreendidos.”


(Os Mensageiros - cap 33 - pág. 174)

Consolo

“Está preparada para a consolação, não para a verdade.”


(Missionários da Luz - cap 11 - pág. 146)

20
Cópia de antigos vícios religiosos

“Esmagadora porcentagem dos aprendizes novos aproxima-se dessa fonte


sublime, digo, divina a copiar antigos vícios religiosos.”
(Nosso Lar - cap 43 - pág. 241)

“O plano impressivo da mente grava as imagens dos preconceitos e dogmas


religiosas com singular consistência.”
(Obreiros da Vida Eterna - cap XII - pág. 197)

Correção do Mal

“E estejamos convencidos de que se o diamante é lapidado pelo diamante, o


mau só pode ser corrigido pelo mal.”.
(Libertação - cap I - pág. 23)

“... no entanto, seria ilógico e absurdo designar um anjo para custodiar


criminosos.”
(Libertação - cap IV - pág. 23)

“... mas se o Senhor visita os homens que se santificam, corrige igualmente


as criaturas que se endurecem ou bestializam.”
(Libertação - cap IV- pág. 56)

“Quem se atreveria a nomear um anjo de amor para exercer o papel de


carrasco?”
(Libertação - cap V- pág. 67)

”As inteligências consagradas à rebeldia e a criminalidade, em razão disso,


não obstante admitirem que trabalharem para si, permanecem a serviço do
Senhor, que corrige o mal com o próprio mal.”.
(Ação e Reação - cap um - pág. 20)

21
Corrente Magnética

“O assistente organizou a corrente magnética, tomando posição guiadora.


Cada irmão encarnado localizava-se entre dois de nós outros... de mãos
entrelaçadas...”.
(Obreiros da Vida Eterna- cap XII- pág. 194)

“... identificando-os a uma corrente magnética de forte expressão...”.


(Libertação - cap XIII - pág. 169)

Crentes da vida eterna

“Os que, nos círculos, homens e mulheres, crêem na vida eterna, ainda que
não sejam fundamentalmente cristãos, estão desenvolvendo faculdades de
movimentação espiritual e podem penetrar as esferas extraterrestres em
estado animador, pelo menos quanto à locomoção e juízo mais ou menos
exato.”
(Os Mensageiros - cap 22 - pág. 121)

Crescimento da criança no além

“... e, nos últimos tempos, com as novas concepções do Espiritualismo,


acreditávamos que o menino desencarnado retomasse, de imediato, a sua
personalidade de adulto... _Em muitas situações-; e o que acontece-
esclareceu Blaudina, afetuosa -; quando o Espírito já alcançou elevada
classe evolutiva, assumindo o comando mental de si mesmo, adquire o poder
de facilmente desprender-se das imposições da forma, superando as
dificuldades da desencarnação prematura. Conhecemos grandes almas

22
simplesmente com o objetivo de acordar corações queridos para a aquisição
de valores morais, recobrando, logo após o serviço levado a efeito, a
perspectiva, digo, a respectiva apresentação que lhes era costumeira.
Contudo, para a grande maioria das crianças que desencarnam o caminho
não é o mesmo.”
(Entre a Terra e o Céu - cap X - págs. 64 e 65)

Crianças no Além

“Centenas de gárrulas crianças brincavam entre fontes e flores de


maravilhoso jardim”
(Entre a Terra e o Céu - cap VIII - pág. 55)

Culpas imaginárias

“Admito que concentrar demasiada atenção em culpas imaginárias é mera


vaidade a encarcerar-nos na angústia vazia. Enquanto lastimamos a nossa
imperfeição, perdemos a hora que seria justa utilizar em nossa própria
melhoria.”
(Entre a Terra e Céu - cap XXXV - pág. 232)

Cura

“Muitos solicitam a cura do corpo, mas somos forçados a estudar até que
lhe ponto lhes podemos ser úteis, no particularismo dos seus desejos.”
(Os Mensageiros - cap 46 - pág. 240)

23
“... o agente propulsor é o Espírito, encarnado ou desencarnado, que infiltra
num corpo deteriorado uma parte da substância do seu envoltório fluídico.
A cura se opera mediante a substituição uma molécula malsã por uma
molécula sã.”
(A Gênese - cap XIV- págs. 294 - 295)

“Atuando nos centros do perispírito, pôr vezes efetuamos alterações essas


que se fixam no corpo somático, de maneira gradativa.”
(Entre a Terra e o Céu - cap V - pág. 30)

“Descem sobre a fronte humana, em cada minuto, bilhões de raios


cósmicos, oriundos de estrelas e planetas amplamente distanciados da
Terra, sem nos referirmos aos raios solares, caloríficos e luminosos, que a
ciência terrestre mal começa a conhecer. Os raios gama, provenientes do
radium que se desintegra incessantemente no solo, e os de várias
expressões emitidos pela água e pelos metais, alcançam os habitantes da
Terra pelos pés, determinando consideráveis influencias. E, em sentido
horizontal; experimenta o homem a atuação dos raios magnéticos
exteriorizados pelos vegetais, pelos irracionais e pelos próprios
semelhantes.”
(Missionários da Luz – cap seis - pág. 67)

“... os outros vitais a que nos referimos são também exteriorizáveis, quando
a criatura se encontre no campo da encarnação, fenômeno esse a que
atendeu habitualmente os médicos e enfermeiros desencarnados, durante o
sono vulgar, no auxílio a doentes físicos de todas as latitudes da Terra,
plasmando renovações e transformações no comportamento celular,
mediante intervenções no corpo espiritual, segundo a lei do merecimento.”
(Evolução em Dois Mundos - cap II- pág. 29)

“Julieta não deve receber hoje nosso curso integral. Precisa manter-se
enferma do corpo, de modo a ausentar-se das noitadas que costuma
praticar.”

24
(Nos Mundo Maior - cap seis - pág. 89)

“... contudo, se da outra vez consistiu o socorro em restituí-lo ao equilíbrio


orgânico possível, no momento há que agir em contrário.”
(No Mundo Maior - cap 14 - pág. 193)

“As melhoras adquiridas pela organização perispíritica serão


apressadamente assimiladas pelas células do pensamento, digo, do
equipamento fisiológico.”
(Ação e Reação - cap 13 - pág. 179)

“... são de parecer que ele não conseguirá adquirir aqui qualquer melhora
real, antes a reencarnação que o aguarda.”
(Entre a Terra e o Céu - cap IX - pág. 58)

“Recursos medicamentosos e passes magnéticos não faltavam, contudo não


surtiam efeito.”
(Entre a Terra e Céu - cap XXVI- pág. 166)

“Há lesões e deficiências no corpo e espiritual a se estamparem no corpo


físico, que somente a intervenção magnética consegue aliviar, até que os
interessados se disponham à própria cura.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap 12 - pág. 108)

“... a dor é o grande ministro da Justiça Divina.”


(Nos Domínios da Mediunidade - cap 12 - pág. 254)

“... sendo de notar-se que as autoridades superiores da Espiritualidade


chegam a suscitar medidas especiais que impõem aflições e dores de
importância aparente a determinadas pessoas, com o objetivo de livrá-las
da queda em desastres morais iminentes, quando mereçam esse amparo de
exceção.”
(Sexo e Destino - cap VI - pág. 57)

25
Descrentes da vida eterna

“No entanto, as criaturas que perseveram em negação deliberada e


absoluta, não obstante, pôr vezes, filiadas a cultos externos de atividade
religiosa, que nada vêem além da carne nem desejam qualquer conhecimento
espiritual, são verdadeiramente infelizes.”
(Os Mensageiros - cap 22 - págs. 121 e 122)

Desenvolvimento mediúnico

“Não provoqueis o desenvolvimento mediúnico, digo, prematuro de vossas


faculdades psíquicas.”
(Missionários da Luz - cap nove - pág. 105)

“Por isto, André, considera que a mediunidade mais estável e mais bela
começa, entre os homens, no império da intuição pura.”
(Nos Mundo Maior - cap nove - pág. 127)

“No mediunismo comum, portanto, o colaborador servirá com a matéria


mental que lhe é própria.”
(No Mundo Maior - cap nove - pág. 127)

“Nossa colaboradora não se liga a ele através de todos os seus centros


perispirituais; não é capaz de elevar-se à mesma freqüência de vibração em
que se acha o comunicante.”
(No Mundo Maior - cap nove - pág. 132)

“Todos os companheiros em posição receptiva estão absorvendo a emissão


mental do comunicante, cada qual a seu modo.”
(No Mundo Maior - cap nove - pág. 133)

26
“Temos seis comunicantes prováveis, mas, na presente reunião, apenas
compareceu um médium em condições de atender. Desde já, portanto,
somos obrigados a considerar que o grupo de aprendizes e obreiros
terrestres somente receberá o que se relacione com os interesses
coletivos. Não há possibilidade para qualquer serviço extraordinário.”
(Missionários da Luz - cap um - pág. 13)

“Sobrevivera, então, um aperfeiçoamento de individualidade, a fim de que a


fonte mediúnica surja, mais tarde, tão cristalina quanto desejamos.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap nove - pág. 82)

“A mediunidade torturada não é senão o enlace das almas comprometidas


em aflitivas provações, nos lances do reajuste.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap 13 - pág. 120)

Doença

“-Isso quer então dizer que o fenômeno epleptóide... mui raramente ocorre
pôr meras alterações no encéfalo, como sejam as que procedem de golpes
na cabeça – elucidou o Assistente, contando-me a observação reticenciosa -
e, geralmente, é enfermidade da alma, independente do corpo físico, que
apenas registra, nesse caso, as ações reflexas.”
(No Mundo Maior - cap oito - pág. 112)

“A percentagem quase total das enfermidades humanas guarda origem no


psiquismo.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XXI - pág. 133)

“A doença, como resultante do desequilíbrio moral, sobrevive n perispírito,


alimentada pelos pensamentos que a geram, quando esses pensamentos
persistem depois da morte do corpo físico”.
(Nos Domínios da Mediunidade - cap quatro - pág. 40)

27
“... vê-se reduzido a extrema cegueira, pôr se desequilibrarem no corpo
espiritual as faculdades da visão.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap oito - pág. 72)

“Todo o cosmo celular de novo organismo estará impregnado pelas forças


do pensamento enfermiço de nosso irmão que regressa ao mundo.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XXIX - pág. 183)

“A mulher grávida, além da prestação de serviço orgânico à entidade que se


reencarna, é igualmente constrangida a suportar-lhe o contacto espiritual,
que sempre constitui num sacrifício quando se trata de alguém com escuros
débitos de consciência.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XXX - pág. 185)

“A permuta de impressões entre ambos é inevitável e os padecimentos que


Julho trazia na garganta foram impressos na mente maternal, que os
reproduz no corpo em que se manifesta.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XXX - pág. 186)

Efeitos Físicos

“As cidadelas atômicas, em qualquer construção da forma física, não são


fortalezas maciças, qual acontece em nossa própria esfera de ação. O
espaço persiste em todas as formações e, através dele, os elementos se
interpretam.”
(Nos Domínios da Mediunidade- cap 28- pág. 270)

“Em seguida Alexandre ajustou a forma reduzida de Segismundo que se


interpretava com o organismo perispíritico de Raquel”...
(Missionários da Luz – cap 13- pág. 233)

28
Eletricidade no organismo

“Pode reconhecer agora, que todo centro glandular é uma potência


elétrica.”
(Missionários da Luz - cap um - pág. 16)

“Cada célula é um motor elétrico.”


(Missionários da Luz - cap um - pág. 17)

“... não sabe você que um homem encarnado é um gerador de força


eletromagnética, com uma oscilação pôr segundo, registrada pelo coração?”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap dois - pág. 27)

“Pôr intermédio dos agentes mentais ou ondas eletromagnéticas


incessantes temos os fenômenos elétricos da transmissão sináptica ou
transmissão do impulso nervoso de um neurônio a outro...”.
(Mecanismos da Mediunidade - cap X - pág. 81)

“Do hidrogênio às mais complexas unidades atômicas, é o poder do espírito


eterno a alavanca diretora de prótons, nêutrons, e elétrons, na estrada
infinita da vida.”
(Libertação - cap I - pág. 18)

Empréstimos e moratórias, créditos especiais.


E recursos extraordinários

“... encarregados do rendimento e da beleza, do aprimoramento e da


ascensão da Obra Excelsa, com ministérios apropriados à concessão de
empréstimos e moratórias, créditos especiais e recursos extraordinários a
todos os Espíritos encarnados ou desencarnados, que os mereçam, em
função dos serviços referentes ao Bem Eterno.”
(Ação e Reação - cap sete- pág. 87)

29
“O espírito, seja onde for, encarnado ou desencarnado, na Terra ou
noutros mundos, gasta em verdade, o que lhe não pertence, recebendo pôr
empréstimos do Eterno Pai os recursos de que se vale para efetuar a
própria sublimação no conhecimento e na virtude.”
(Ação e Reação - cap sete- pág. 88)

“Depois de um quarto de hora, segundo meu cálculo de tempo, estava


finda a laboriosa intervenção magnética e Alexandre, chamando a velinha,
acentuou: - “Justína, o coágulo acaba de ser reabsorvido e conseguimos
socorrer a artéria com os nossos recursos, mas Antônio terá, no máximo,
cinco meses a mais, de permanência na Terra,”.
(Missionários da Luz - cap sete- págs. 74 e 75)

“Quando o trabalho, no entanto, se transforma em prazer de servir,


surge o ponto mais importante da remuneração espiritual toda vez que a
Justiça divina nos procura no endereço exato para a execução das
sentenças que lavrarmos contra nós próprios, segundo as leis de causa e
efeito, se nos encontra em serviço ao próximo, manda a Divina Misericórdia
que a execução seja suspensa, pôr tempo indeterminado.”
(Perante Jesus)

“Marita conseguira pequena moratória.”


(Sexo e Destino - Segunda Parte - cap I - pág. 182)

“... no entanto, para um homem com os serviços prestados que ele tem
não nos será difícil obter, junto aos Poderes Superiores, moratória de
quinze a vinte anos a mais prolongando-se-lhe o tempo na existência atual.”
(E a Vida Continua – cap 22 - pág. 193)

30
Endurecimento espiritual

“... assim como existem homens que, atingindo cem anos de existência, dela
sai coma mesma ignorância da idade infantil.”
(Nosso Lar - cap 37- pág. 201)

“Há milhões de almas humanas que se não afastaram, ainda da Crosta


Terrestre, há mais de dez mil anos.”
(Libertação - cap II - pág. 35)

“Para estes, André, a morte do corpo é um acontecimento terrível.”


(Missionários da Luz - cap 17- pág. 282)

Epífise

“Nesse concerto, sob a luz mental indefinível, a epífise emitia raios


azulados e intensos.”
(Missionários da Luz - cap dois - pág. 20)

“Aos catorze anos, aproximadamente, de posição estacionária, quanto


às suas atribuições essenciais, recomeça a funcionar no homem
reencarnado.”
(Missionários da Luz - cap dois - pág. 20)

“Ela preside aos fenômenos nervosos da emotividade, como órgão de


elevada expressão no corpo etéreo.”
(Missionário da Luz - cap dois - pág. 21)

”... e analisemos a epífise, como glândula da vida espiritual do homem.”


(Missionários da Luz - cap um - pág. 21)

31
“As redes nervosas constituem-lhe os fios telegráficos para ordens
imediatas a todos os departamentos celulares.”
(Missionários da Luz - cap um - pág. 21)

Época propicia para a formação moral

“... a meninice e a juventude são as épocas mais adequadas à construção da


fortaleza moral com que a alma encarnada deve tecer gradativamente a
coroa da vitória que lhe cabe atingir.”
(Ação e Reação – cap sete - pág. 95)

Escolha expiatória

“Pode informar se o meu modelo está pronto? Creio que poderá procurá-lo
amanhã tornou Manasseis, bem disposto -; já fui observar o gráfico inicial
e dou-lhe parabéns pôr haver aceitado a sugestão amorosa dos amigos bem
orientados sobre o defeito na perna.”
(Missionários da Luz - cap 12 - pág. 168)

“Isso indica que ele sofrerá uma ulcera de importância, nessa região, logo
que chegue à maioridade física. Trata-se, porém, de escolha dele... – Esse
amigo faz mais de cem anos, cometeu revoltante crime, assassinando um
pobre homem a facadas.”
(Missionários da Luz - cap 12 - pág. 177)

“... e dormirá sono separador.”


(Obreiros da Vida Eterna - cap XV- pág. 237)

32
Espírito não retrocede

“- Sim, o espírito não retrocede em hipótese alguma - explicou Calderaro -;


todavia, as formas de manifestação podem sofrer degenerescência.”
(No Mundo Maior- cap sete - pág. 99)

Esquecimento do passado

“Havia, então, recursos para a aplicação do esquecimento no mundo das


almas? Apuleto sorriu bondoso e falou: - Não tenha dúvida.”
(Missionários da Luz - cap 15- pág. 254)

“-A morte não faz milagres. Retomar a lembrança á também serviço


gradual...”.
(Obreiros da Vida Eterna - cap XVII - pág. 258)

“Caderaro, todavia, continuo solícito... Nós mesmos, em nossa relativa


condução de espiritualidade, ainda não possuíamos o processo de
reminiscência integral dos caminhos per lustrados.”
(No Mundo Maior - cap quatro - pág. 60)

“... e nem todos, ao atravessar o sepulcro, podem readquirir,


repentinamente, o patrimônio de suas reminiscências.”
(No Mundo Maior - cap quatro - pág. 61)

“- Amanhã - informou o Instrutor, calmo e persuasivo, - te erguerás do


leito sem a lembrança integral do nosso entendimento de agora, porque o
cérebro de carne é um instrumento delicado, incapaz de suportar a carga
de duas vidas, mas idéias novas surgir-te-ão formosas e claras, com
respeito ao bem que necessitas praticar.”

33
(Libertação - cap XVII - pág. 173)

“Mas possuem aqui até mesmo os cursos primários de alfabetização? –


Como não?... Quem sabe ler, não sabe ver como deve.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XI - pág. 69)

“Porque este olvido para cá da morte física? Se tive existências outras,


antes da última, cujos erros agora não me lembro delas?”
(Ação e Reação - cap nove - pág. 128)

“No intervalo da concepção ao nascimento, as faculdades da alma vão pouco


a pouco, sendo aniquiladas pelo poder sempre crescente da força vital
recebida dos geradores que diminui o movimento vibratório do perispírito,
até o momento em que o espírito da criança fica inteiramente inocente.
Esta diminuição vibratória do movimento fluídico a perda da lembrança das
vidas anteriores.”
(O Grande Enigma- pág. 186- O Nascimento)

“Naturalmente, não podereis guardar plena recordação desta hora, em


retorcendo o envoltório carnal, em virtude da deficiência do cérebro,
incapaz de suportar a carga de duas vidas simultâneas; a lembrança de
nosso entendimento persistirá, contudo, no fundo de nosso ser,
orientando-vos as tendências superiores para o terreno da elevação e
abrindo-vos a porta intuitiva para que vos assista nosso pensamento
fraternal.”
(No Mundo Maior - cap dois - pág. 24)

“Assim como as fibras do cérebro são as últimas a se consolidarem no


veículo físico em que encarnamos na Terra, a memória perfeita é o
derradeiro altar que instalamos, em definitivo, no templo de nossa alma,
que, no Planeta, ainda se encontra em fases iniciais de desenvolvimento,”.
(Entre a Terra e o Céu - cap VIII - pág. 54)

34
“Mostra simplesmente que o psicografo traz consigo, de outras
encarnações, a arte da escritura já conquistada e retirada no arquivo da
memória, cujos centros o companheiro desencarnado consegue manobrar.”
(Nos Domínios da Mediunidade- cap 23- pág. 222)

“Parece, pois, que cada período da vida deixa na trama fluídica do corpo
espiritual, impressões sucessivas e inapagáveis, espécie de clichês, ou
melhor, de inscrições fonográficas, formadas pôr associações dinâmicas
estáveis, que se vão superpondo sem confundir-se, mas cujo movimento
vibratório diminui à medida que o tempo se escoa, até em que essas
sensações ou lembranças caem abaixo do liminar da consciência ordinária.”
(Reencarnação - cap VI - pág. 127)

“Todos esses movimentos vibratórios têm uma existência própria, um grau


vibratório que lhe é peculiar, sendo o último sempre superior aos demais.”
(A Evolução Anímica - cap VI - pág. 247- Conclusão)

Estrutura do perispírito

“O perispírito compondo-se de uma estrutura eletrônica, envolvida pôr


substâncias fluídicas.”
(Correnteza de Luz- cap três- pág. 31)

“O perispírito... contém ao mesmo tempo eletricidade, fluído magnético, e


até certo ponto, a própria matéria inerte.”
(O Livro dos Espíritos - cap VI - Item IV-Ensaio Teórico Sobre a Sensação nos
Espíritos)

“Do ponto de vista da constituição e função em que se caracteriza na


esfera imediata ao trabalho do homem, após a morte, é o corpo espiritual o
veículo físico pôr excelência, com sua estrutura eletromagnética, algo

35
modificado no que tange aos fenômenos genéricos e nutritivos, de acordo,
porém, coma as aquisições da mente que o maneja.”
(Evolução em Dois Mundos - cap II - pág. 25)

”O envoltório perispiritual... é para a alma uma verdadeira matéria...”.


(A Gênese - cap 33 - pág. 54)

Estudo

“É pôr essa razão que o Altíssimo concede sabedoria ao que gasta tempo
em aprender e dá mais vida e mais alegria aos que sabem renunciar!...”.
(Nosso Lar - cap 36 - pág. 199)

“... estejamos convictos de que a ausência de escolas do espírito ou a


suspensão dos instrutores constituíram a multiplicação dos hospícios e o
rebaixamento do nível moral.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap 29 - pág. 279)

“Nesse momento atingimos a faixa de entrada, onde Líssias pagou


gentilmente o ingresso.”
(Nosso cap 45 - pág. 250)

Excesso de meiguice desarrazoada

“Caracterizava-se pôr uma energia sempre construtiva, mas a esposa,


embora devotadíssima, contrariava-lhe a influência do lar, viciando o
alento de mãe com excessos de meiguice desarrazoada.”
(Missionários da Luz - cap 12 - pág. 174)

36
Exploração

“Governos e empresas pagam a médicos que se entregam à exploração de


interesses outros e a operários que matam o tempo. Onde, aí, a natureza
de serviço? Há técnicos de indústria econômicos, que nunca prezaram
integralmente a obrigação que lhes assiste e valem-se de leis magnânimas,
à maneira de moscas venenosas no pão sagrado, exigindo abonos,
facilidades a aposentadorias. Creia, porém, que todos pagarão muito caro à
displicência.”
(Nosso Lar - cap 22 - pág. 122)

Extração de resíduos de vitalidade

“Logo após, ante meus olhos atônitos, Jerônimo incluo-se piedosamente


sobre o cadáver, no ataúde momentaneamente aberto antes da inumação,
e, através de passes magnéticos, longitudinais, extraiu todos os resíduos
de vitalidade, dispersando-os em seguida, na atmosfera comum, através de
processo indescritível na linguagem humana pôr inexistência de
comparação analógica, para que inescrupulosas entidades inferiores não se
apropriassem deles.
(Obreiros da Vida Eterna - cap XV- pág. 232)

37
Facilidades na Terra

“... Roguem ao Senhor para que em nunca disponha de facilidades na


Terra”.
(Nosso Lar - cap 48 - pág. 269)

Faculdade mediúnica na além

“Em nossa companhia, permanece a irmã Luciana, que nos pode ser
extremamente útil nesse caso particular, em de clarividência.”
(Obreiros da Vida Eterna - cap IV- pág. 55)

“-Sim, Luciana, tanto quanto estiver em suas possibilidades, ceda o seu


veículo de manifestação...”.
(Obreiros da Vida Eterna- cap IX- pág. 146)

“Nesse instante, a fisionomia de Luciana transformou-se. Beatífico sorriso


estampou-se lhe nos lábios. De sua fronte irradiava-se formosa luz. Com a
voz altamente modificada, começou a exprimir-se a emissária por seu
intermédio.”
(Obreiros da Vida Eterna - cap IX - pág. 146)

“Os doadores de energia radiante, médiuns e materialização em nosso


plano, se alinhavam não longe em número de vinte”.
(Libertação - cap III - pág. 41)

“... devo fornecer recursos à materialização de nossa benfeitora Matilde.”


(Libertação - cap XVIII - pág. 228)

38
“O fenômeno da materialização de uma entidade sublimada ali se fizera
prodigioso aos nossos olhos, em processo quase análogo ao que se verifica
nos círculos carnais.”
(Libertação - cap XVIII - pág. 229)

“... delicado aparelho luminoso surgiu no alto, à maneira de garganta em


fluídos radiantes, como as que se formam nas sessões de voz direta, entre
os encarnados, e a voz cristalina e terna de Matilde ressoou, acima de
nossas cabeças, exportando-o, com amorosa firmeza.”
(Libertação - cap XX - pág. 260)

“Compreendi que a valorosa emissária se materializaria, ali mesmo,


utilizando os fluídos vitais que o nosso orientador lhe forneceria.”
(Libertação - cap XX - pág. 260)

“... materializavam-se, habitualmente, um ou outro dos orientadores que,


de esferas mais altas, superintendiam a instituição.”
(Ação e Reação - cap seis - pág. 73)

“... o Ministro, surpreendentemente materializado...”.


(Ação e Reação - cap seis - pág. 79)

Fecundação do óvulo materno

“... a fecundação do óvulo materno somente se verifica algumas horas


depois a união genesíaca.”
(Missionários da Luz - cap 13 - pág. 207)

“Através dos condutos naturais, corriam os elementos sexuais masculinos,


em buscado óvulo, como se estivessem preparados de antemão para uma
prova eliminatória, em corrida de três milímetros, aproximadamente, pôr
minuto.”

39
(Missionários da Luz- cap 13- pág. 232)

“Em seguida Alexandre ajustou a forma reduzida de Segismundo, que s


interpenetrava com o organismo perispíritico de Raquel, sobre aquele
microscópio globo de luz, impregnado de vida, e observei que essa vida
late... começou a movimentar-se. Havia decorrido precisamente um quarto
de hora, a contar do instante em que o elemento ativo ganhará o núcleo do
óvulo materno, DIG, do óvulo passivo.”
(Missionários da Luz - cap 13 - pág. 233)

“A célula masculina que atinge o óvulo em primeiro lugar, para fecundá-lo,


não, digo, não é a mais apta em sentido de “superioridade”, mas em sentido
de “sintonia magnética”, em todos os casos de fecundação para o mundo
das formas.”.
(Missionários da Vida Eterna - cap 14 - pág. 241)

Felicidade

“Quando o amor não sabe dividir-se, a felicidade não consegue multiplicar-


se.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap 14 - pág. 131)

Fenômenos fisiológicos no além

“Cabelos eriçados, coração aos saltos.”


(Nosso Lar - cap um - pág. 17)

“De inicio, as lágrimas lavavam-me incessantemente o rosto...”.


(Nosso Lar - cap um - pág. 18)

40
“... conta com o processo da assimilação e da desassimilação dos recursos
que são peculiares, não prescindido do trabalho de exsudação dos
resíduos, pela epiderme ou pelos emunctórios normais...”.
(Evolução em Dois Mundos - cap I- pág. 169- Segunda Parte)

“Uma noite contei as pulsações de Kátie; o pulso batia regularmente 75,


enquanto o da Srta. Cook, poucos instantes depois atingia 90, seu número
habitual. Auscultando o peito de Kátie, eu ouvia um coração bater no
interior, e as pulsações eram de ainda mais regulares que as do coração de
Senhorita Cook, quando, depois da sessão, ela me permitia igual
verificação. Examinados da mesma forma, os pulmões de Kátie mostraram-
se mais sãos que os da médium, pois, no momento em que fiz a experiência,
a Senhorita Cook seguia tratamento médico pôr motivo de grave
bronquite.”
(Fatos Espíritas - Última Aparição de Kátie King - sua fotografia com Auxílio
da Luz Elétrica - pág. 75)

“Identifiquei o calor orgânico, a pulsação regular e os movimentos


respiratórios.”
(Os Mensageiros - cap 22 - pág. 121)

Fluidificação da água

“... Clementino se abeirou do vaso e, de pensamentos em prece, aos poucos


se nos revelou coroado de luz. Daí a instantes, de sua destra espalmada
sobre o jarro, partículas radiosas eram projetadas sobre o líquido
cristalino que as absorvia de maneira total.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap 12 - pág. 108)

41
Frustração da vida física

“... entretanto, suicida que foi com duas tentativas de auto-aniquilamento,


pôr duas vezes doerá experimentar mais segurança a benção da vida
terrestre... já passou pelo afogamento e agora enfrentará a intoxicação.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XXVIII - pág. 172)

Funções do Perispírito

“... tem capacidade de servir como laço de união entre o essencialmente


espiritual, o Espírito, e o que se mostra essencialmente material, o corpo
físico. Reconhecemos, então, como sendo do perispírito a responsabilidade
pela organização do complexo celular... pelas ligações, celular... Na sua
possibilidade plástica, é dotado do da função modeladora da forma... o
perispírito presta-se como veículo imprescindível para ajudar na
exteriorização da mediunidade...”.
(Correnteza de Luz- cap II - pág. 27)

Harmonização vibratória

“Conduzi-lo-ei em nossa companhia, deixando-o na residência da médium,


com algumas horas de antecedência, para que você encontre facilidades no
serviço de harmonização.”
(Missionários da Luz - cap 16 - pág. 264)

42
Hereditariedade

“-A hereditariedade é dirigida pôr princípios de natureza espiritual.”


(Entre a Terra e o Céu - cap XI- pág. 78)

“Pôr isso mesmo, a criatura terrena herda e não qualidades.”


(Missionários da Luz – cap 13 - pág. 220)

“O Espiritismo, muito ao contrario, nada interpretava. Demonstrando a


existência do perispírito, e que ele reproduz fluidificamente, a forma
corporal dos animais; que é estável, a despeito do fluxo perpétuo das
moléculas vivas, conclui ser nele que se incorporam os intuitos e as
modificações da hereditariedade.”
(A Evolução em Dois Mundos - cap III - pág. 90)

Humildade

“Como recomendar humildade àqueles que a pregam para os outros;...”.


(Os Mensageiros - cap 46 - pág. 241)

Influenciação superior e inferior do espírito encarnado

“O espírito sofre a influenciação inferior através das regiões em que se


situam o sexo e o estômago, e recebe os estímulos superiores, ainda
mesmo procedentes de almas não sublimadas, através do coração e do
cérebro.”
(Libertação - cap II- pág. 31)

43
Inteligência e sagacidade

“Como acontece às congregações das criaturas rebeldes, na Crosta


Planetária, os mais inteligentes e sagazes assumem a direção.”
(Missionários da Luz - cap 17- pág. 285)

Isolamento da mesa, no mediunismo.

“Grande mesa ao centro de vasta sala, encontrava-se rodeada de largo


cordão luminoso, de isolamento.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap 16 - pág. 148)

Juiz

“Nem sempre o melhor juiz pode ser o homem mais doce.”


(Libertação - cap II - pág. 34)

Lesões do perispírito

“Queixava-se da ferida aberta...”.


(Missionários da Luz - cap 11 - pág. 142)

“Observei-lhe estranha ferida na região torácica.”


(No Mundo Maior - cap três - pág. 44)

44
“A topar com irmãos nossos sob o domínio das lesões perispíritica.”
(Nos Mundo Maior - cap oito - pág. 120)

“Dói-me a garganta... - lamentou-se o rapazinho.”


(Entre a Terra e o Céu - cap IX - pág. 58)

“O ministro, cuidadoso, pediu-lhe abrisse a boca e, surpreendidos,


notávamos que a fenda glótica, principalmente nas regiões das cartilagens
aritenóides, apresentava extensa chaga.”
(Entre a Terra e o Céu - cap IX - pág. 59)

“Júlio renascerá num equipamento fisiológico deficitário que, de algum


modo, lhe reiterará a região lesada a que nos reportamos.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XX - pág. 129)

“-não posso atinar com a razão de uma úlcera tão grande, sem o corpo de
carne...”.
(Entre a Terra e o Céu - cap XXVI - pág. 163)

“Júlio prosseguia apresentando na fenda glótica a mesma ferida.”


(Entre a Terra e o Céu - cap XXVIII - pág. 166)

“A permanência no campo físico funcionou como recurso de eliminação das


feridas que trazia nos delicados tecidos da alma.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XXXIII - pág. 208)

“Membros lesados, mutilações, paralisias e ulceras diversas, eram


receptíveis a rápido olhar.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap quatro – pág. 40)

“O beneficiário desta hora tem o cérebro perispíritico dilacerado e a


flagelação que lhe invade o corpo fluídico é tão autêntico quanto à de um
homem comum, suplicando pôr um tumor intracraniano.”

45
(Nos Domínios da Mediunidade - cap seis - pág. 58)

“Além da cabeça ferida, mostrava extensa úlcera na garganta.”


(Nos Domínios da Mediunidade - cap 10 - pág. 88)

”Há lesões e deficiências no veículo espiritual a se estamparem no corpo


físico, que somente a intervenção magnética consegue aliviar, até que os
interessados se disponham à própria cura.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap 12 - pág. 108)

”É indispensável compreendermos que todo mal pôr nós praticado


conscientemente expressa, de algum modo, lesão dessa espécie
determinada distúrbio ou mutilação no organismo que nos exterioriza o
modo de ser.”
(Ação e Reação – cap 19 - pág. 254)

“Aqueles que por vezes diversas perderam vastas oportunidades de


trabalho na Terra, pele ingestão sistemática de elementos corrosivos,
como sejam o álcool e outros venenos das forças orgânicas, tanto quanto
os invertebrados cultores da gula, quase sempre atravessam as águas da
morte como suicidas indiretos e, despertando para a obra de reajuste que
lhes é indispensável, imploram, imploram o regresso à carne em corpos
desde a infância inclinados à estenose do piloro, à ulceração gástrica, ao
desequilíbrio do pâncreas, à colite e as múltiplas enfermidades do
intestino que lhes impõem torturas sistemáticas, embora suportáveis, no
decurso da existência inteira.”
(Ação e Reação - cap 19 - pág. 257)

“-Em que condições o corpo espiritual de um desencarnado sofrerá


compressões, escoriações ou ferimentos”?
-Dentro do conceito de relatividade, isso se verifica nas mesmas
condições em que o corpo físico é injuriado dessa ou daquela forma na
Terra.
(Evolução em Dois Mundos - cap III - pág. 174)

46
“Esteves foi envenenado enquanto Júlio se envenenou. Há muita diferença.
O suicídio acarreta vasto complexo de culpa. A fixação mental do remorso
opera inapreciáveis desequilíbrios no corpo espiritual... O pensamento que
desencadeia o mal se encarcera nos resultados dele, porque sofre
fatalmente os choques de retorno, no veículo em que se manifesta.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XX- pág. 125)

“Esteves, ao tempo da guerra do Paraguai, sofrera tanto quanto Júlio o


suplício do veneno. Porque surgiam em ambos os efeitos tão dispares? O
menino ainda trazia a garganta doente, ao passo que o enfermeiro,
vitimado pôr Leonardo, não parecia haver conhecido qualquer conseqüência
mais grave.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XX - pág. 125)

“... entretanto, sentirá o martírio do peito varado pelo projétil...”.


(Missionários da Luz - cap 11- pág. 139)

“Quase todos os irmãos que se congregam nesta praça trazem mutilações


que a perversidade lhes impôs”
(Ação e Reação - cap 12 - pág. 165)

“... porquanto os delinqüentes do sexo, que operam o homicídio... são muitas


vezes vítimas da mutilação congênita, e lamentação mental, da paralisia.”
(Ação e Reação – cap 15- pág. 208)

47
Limitação do número dos encarnados nos serviços de
beneficio espiritual

“A dificuldade de reunir ainda numerosos elementos homogênos sob este


ponto de vista, nos leva a dizer que, no interesse dos estudos e para o
bem do próprio assunto, as reuniões espíritas devem visar a se multiplicarem
em pequenos grupos, antes que procurarem constituir-se em grandes aglomeraçõe
esta uniformidade é necessariamente tanto mais difícil de
obter, quanto maior é o número.”.
(O Livro dos Médiuns - cap XXIX - Sociedade propriamente ditas- pág. 326
- Item 334)

“Era necessário reduzir, tanto quanto possível, a heterogeneidade


vibratória do ambiente, o que compelia a direção da casa a limitar o
número de encarnados nos serviços de benefício espiritual.”
(Missionários da Luz - cap18 - pág. 297)

“Admito que devamos centralizar nossas observações em reduzir núcleo,


onde melhor dispomos do fator qualidade.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap dois - pág. 21)

Maldade e suas conseqüências

“Sabe que o homem imprevidente, que gastou os olhos no mal, aqui


comparece de órbitas vazias?”
(Nosso Lar - cap cinco - pág. 37)

48
Mediunidade

“O lavrador é o médium da colheita, a planta é o médium da frutificação e


a flor é o médium do perfume. O escultor... o médium da obra-prima; os
varredores... valiosos médiuns da limpeza... o juiz é o médium das leis.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap 30 - pág. 282)

Micróbios existentes no corpo humano

“Observe e identificará milhões de unidades da tuberculose, da lepra, da


difteria, do câncer, que até agora estavam contidos nos porões da
atividade fisiológicas, pela defesa organizada, e que se multiplicam
assustadamente, de par com outros micróbios tão prolíferos quão
terríveis.”
(Os Mensageiros – cap 49- pág. 257)

Micróbios Mentais

“São nuvens de bactérias variadas... São zonas de matéria mental


inferior... nuvens de larvas mentais produzidas pela mente enferma.”
(Os Mensageiros - cap 40 - pág. 210 e 211)

“Viram os mais estranhos bacilos de natureza psíquica, completamente


desconhecidos da microbiologia mais avançada.”
(Missionários da Luz - cap quatro - pág. 35)

“Receptáculo das emanações mentais e dos pedidos silenciosos de toda


gente que nos visita, em assembléias públicas, somos obrigados, depois de
cada sessão, a minuciosas atividades de limpeza.”

49
(Obreiros da Vida Eterna - cap XII- pág. 188)

“Quando compreendi que a minha presença lhes inoculava pavoroso, vírus


fluídico...”.
(Libertação - cap XVII - pág. 219)

Monoideísmo

“... de que as mentes extraviadas, de modo geral, lutam com idéias fixas.”
(Libertação – cap VII- pág. 91)

“Pela oclusão de estímulos outros, os órgãos do corpo espiritual se retraem


ou se atrofiam, pôr ausência de função, e se voltam, instintivamente, para
a sede do governo mental, onde se localizam ocultos e definhados... Em tais
circunstâncias, se o monoideísmo é somente reversível através da
reencarnação, a criatura humana desencarnada, mantida a justa distância,
lembra as bactérias que se transformam em esporos quando as condições
do meio se lhes apresentam inadequadas,...”.
(Evolução em Dois Mundos- cap XII- pág. 90 e 01)

Morte

“... contudo, para nós, consciências intranqüilas, a morte do veículo carnal


não exprime libertação.”
(Ação e Reação - cap dois - pág. 31)

“Já ouviste falar, de certo, numa “segunda morte”“.


(Libertação - cap VI - pág. 85)

50
“Assim é que “morte física“ não é o mesmo que “emancipação espiritual”.”.
(Ação e Reação – cap 18 - pág. 244)

Morte Prematura

”-Pôr que a vida se interrompe com freqüência na infância? - A duração da


vida da criança pode ser para o seu Espírito, o complemento de uma vida
interrompida antes do termo devido, e sua morte é freqüentemente uma
prova ou uma expiação para os pais.”
(O Livro dos Espíritos- cap IV – Item V - Sorte das Crianças após a Morte)

“Júlio trazia consigo a morte prematura no quadro de provações. Era um


suicida reencarnado.”
(Entre a Terra e o Céu - cap IV- pág. 27)

Mutilações da perispírito

“Quase todos os irmãos que se congregam nesta praça trazem mutilações


que a perversidade lhes impôs.”
(Ação e Reação - cap 12 - pág. 165)

“Mutilados às centenas, aleijados de todos os matizes.”


(Libertação - cap IV- pág. 57)

51
Negociantes terrenos

“-Este bando de espíritos miseráveis, que se movimentam como lhes é


possível, é constituído de antigos negociantes terrenos, cujo exclusivo
anseio foi amontoar dinheiro para satisfazer a própria cupidez, sem
beneficiar a ninguém.”
(No Mundo Maior - cap 17 - pág. 226)

Obsessão e Desobsessão

“O obsediado... é quase sempre em enfermo.”


(Missionários da Luz - cap 18 - pág. 297)

“... noventa pôr cento dos casos de obsessão que se verificam na Crosta
constituem problemas dolorosos e intricados.”
(Missionários da Luz - cap 18 - pág. 311)

“... todavia não podemos exonerar os nossos semelhantes das obrigações


contraídas.”
(Missionários da Luz - cap 18 - pág. 316)

“A loucura em que se debateu, não procede de simples modificações do


cérebro dimana da dissociação dos centros perispíritico, o que exige
longos períodos de reparação.”
(No Mundo Maior - cap 11- pág. 156)

“Há sempre quem peça pelos perseguidos, mas raros se lembram de


auxiliar os perseguidores.”
(Libertação - cap XII - pág. 153)

52
“Não adianta retirar a sucata que perturba um irmão, quando o próprio
irmão continua atraindo a sucata.”
(Libertação - cap XI- pág. 141)

“O tempo de inferno restaurador corresponde ao tempo de culpa


deliberador.”
(Entre a Terra e Céu - cap XXXIII - pág. 209)

“... mas é possível que o nosso amigo esteja sendo vítima de vigorosa
sugestão pós-hipnótica, partida de algum perseguidor de grande poder
sobre os seus recursos mnemônicos.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap quatro - pág. 41)

“Todos os dramas obscuros da mente enfermiça.”


(Nos Domínios da Mediunidade - cap nove - pág. 84)

“Toda obsessão tem alicerces na reciprocidade.”


(Nos Domínios da Mediunidade - cap 23 - pág. 218)

“... Também aqui, diante do caos desolado dos espíritos infelizes, é


necessário utilizar o verbo no princípio da verdadeira iluminação.”
(Missionários da Luz - cap 18 - pág. 305)

“Alias, temos nele o benfeitor da mediunidade torturada e da mente


doentia, propiciando-lhes o bálsamo e o esclarecimento indispensáveis ao
reajuste.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap 28 - pág. 277)

“Esta é a ação mecânica, porém que nem sempre basta; será preciso,
também, e acima de tudo, agir sobre o ser inteligente ao qual é preciso ter
o direito de falar com autoridade...”.
(A Gênese- cap XIV- Obsessões e possessões - Item 46 - pág. 259)

53
“... que essas conseqüências duram tanto quanto a causa que as
produziu;...”.
(A Gênese- cap I- Item 32- pág. 24)

“Desobsessão não se realiza sem a luz do raciocínio, mas não atinge os fins
a que se propõe, sem as fontes profundas do sentimento.”
(Desobsessão - cap 36 - Item V- pág. 139)

“... são as numerosas curas radicais obtidas, em alguns centros espíritas,


unicamente pela evocação e moralização de espíritos obsessores, sem
magnetização, nem medicação, e freqüentemente estando o paciente
ausente, e à distância.”
(A Gênese - cap XV - Os possessos - Item 33 - pág. 2282)

Obsessão entre almas encarnadas

“É a influenciação de almas encarnadas entre si que, às vezes, alcança o


clima de perigosa obsessão.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap 19- pág. 186)

Órgãos de percepção da dor

“Recorda você que a dor no veículo físico é um acontecimento real no


encéfalo, mas puramente imaginário no órgão que supõe experimentá-la. A
mente, através das células cerebrais, registra a desarmonia corpórea...
Aqui, também o aspecto anormal, até monstruoso, resulta nos
desequilíbrios dominantes na mente que, viciada pôr certas impressões ou
vulcanizada pelo sofrimento perde temporariamente o governo da forma,

54
permitindo que os delicados tecidos do corpo perispíritico se perturbem,
tumultuados, em condições anormais.”
(Ação e Reação - cap três - pág. 40)

Órgãos do perispírito

“O organismo espiritual apresenta em si mesmo a história completa das


ações praticada no mundo.”
(Nosso Lar - cap quatro - pág. 32)

“Cada órgão, cada glândula, meu amigo, integra o quadro de serviço da


máquina sublime, construída no molde sutil do corpo espiritual
preexistente...”.
(Os Mensageiros - cap 49 - pág. 256)

“... tocou-lhe o cérebro perispiritual.”


(Missionários da Luz - cap sete- pág. 71)

“Observei que muitos servidores da nossa esfera mantinham-se de mãos


dadas, formando, extensa corrente protetora da mesa consagrada aos
serviços da noite.”
(Missionário da Luz - cap 17- pág. 289)

“O corpo astral é organização viva, tão viva quanto o aparelho fisiológico


em que vivíamos no plano carnal.”
(Obreiros da Vida Eterna - cap V - pág. 67)

“O corpo físico é mantido pelo corpo espiritual a cujos moldes de ajusta.”


(Entre a Terra e o Céu - cap V- pág. 30)

“Áulus se deteve pôr alguns minutos a auscultar o cérebro do comunicante


e o da médium, como a sondar-lhes o mundo íntimo...”.
(Nos Domínios da Mediunidade - cap 23 - pág. 220)

55
“-Todos os órgãos do corpo espiritual... foram, portanto, construídos com,
enteado...”
(Nos domínios da Mediunidade - cap 23 - pág. 220)

“... se as células do corpo espiritual têm a vida própria como as do corpo


físico?”
(Evolução em Dois Mundos - cap III - pág. 174)

“-... o corpo físico é apenas leve sombra do corpo perispiritual...”.


(Missionários da Luz - cap três - pág. 29)

“O invólucro fluídico que reproduz, geralmente, a aparência física que o


Espírito tinha em sua última encarnação, possui todos os órgãos do
homem.”
(O Espiritismo Perante a Ciência... (incompleto)).

“Coração e pulmões funcionavam reguladores.”


(Voltei - cap quatro - pág. 46)

“Identifiquei o calor orgânico, a pulsação regular e os movimentos


respiratórios.”
(Os Mensageiros - cap 22 - pág. 121)

Ovóides

“... esferas ovóides, cada uma das quais pouco maiores que um crânio
humano.”
(Libertação - cap VI - pág. 84)

“... os ignorantes e os maus, os transviados e os criminosos também


perdem, um dia, a forma perispiritual.”
(Libertação - cap VI - pág. 86)

56
“... surgiam algumas dezenas de corpos ovóides.”
(Libertação - cap IX - pág. 114)

“... e a coleção de mentes, em “formas ovóides”, ligadas ao cérebro da


senhora flagelada.”.
(Libertação - cap X - pág. 125)

“... as várias formas ovóides, escuras e diferenciadas entre si, aderindo-


lhe à organização perispíritica.”
(Libertação - cap XI - pág. 138)

“... grande número de “ovóides”, inda ligados à cabeça da enferma; sob


processo de imantação.”.
(Libertação - cap XV - pág. 197)

”... desligados finalmente os “corpos ovóides” que foram entregues a uma


comissão de seis companheiros que os conduziram, cuidadosamente, a
postos socorristas”.
(Libertação – cap XV- pág. 200)

“Pela oclusão de estímulos, outros, os órgãos do corpo espiritual se


retraem ou se atrofiam, pôr ausência de função, e se voltam,
instintivamente, para a sede do governo mental, onde se localizam ocultos
e definhados, no fulcro dos pensamentos em circuito, fechado sobre si
mesmos, quais implementos potenciais do gene vivo entre as paredes do
ovo... todos os or, digo... Nesse período afirmamos habitualmente que o
desencarnado perdeu o seu corpo espiritual, transubestanciando-se num
corpo ovóide... expressa o corpo mental da individualidade, a encerrar
consigo... todos os órgãos virtuais de exteriorização da alma, nos círculos
terrestres e espirituais, assim como o ovo, aparentemente simples, guarda
hoje a ave poderosa de amanhã, ou como a semente minúscula que conserva
nos tecidos embrionários a árvore vigorosa em que se transformará no
porvir.”
(Evolução em Dois Mundos - cap XII - Págs. 90 e 91)

57
“Como compreendermos a situação dos centros vitais no caso dos
“ovóides”? _Entendereis facilmente a posição dos centros vitais do corpo
espiritual, restritos na “ovoidização”-apesar de não terdes elementos
terminológicos que a exprimam -, pensando na semente minúscula que
encerra dentro dela os princípios organogênicos da árvore em que se
converterá de futuro.”.
(Evolução Em Dois Mundos. - cap III - pág. 175 - Segunda Parte).

“... esferas ovóides, cada uma das quais pouco maiores que um crânio
humano.”
(Libertação - cap VI - pág. 84)

Pagamento parcelado em parcelas

“... entretanto, nossa irmã, com o amparo de abnegados companheiros,


voltou ao pagamento parcelado das suas dívidas, reaproximando-se dos
credores reencarnados...”.
(Ação e Reação - cap 10 - pág. 137)

Palavra e Sentimento

“... a palavra... surge invariavelmente dotada de energias elétricas


especificas, libertando raios de natureza dinâmica.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XXII - pág. 137)

“Sim - disse ele, - não me falaríeis desta maneira, se me não se regeneram


a força de palavras que me convencem..., senão o vosso sentimento que me
transmuda!”

58
(No Mundo Maior - cap cinco - pág. 78)

“Semelhantes criaturas, no entanto, não se regeneram a força de palavras.


Necessitam de amparo eficiente que lhes modifique o tom vibratório,
elevando-lhes o modo de sentir e pensar.”
(Libertação - cap I - pág. 14)

“Via-se, porém, com clareza, que não eram as palavras à força que o
convencia, mas sim o sentimento irradiante com que eram estruturadas.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap sete- pág. 64)

“Ela desposou o homem que amo! – Soluçou Odila mais dominada pela
influência magnética da mensageira que impressionada pôr suas belas
palavras.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XXIII - pág. 143)

“-Todavia; para colaborar em favor desses irmãos em desespero; será


suficiente o concurso verbalista - Não lhes entendemos simplesmente
palavras, mas acima de tudo o nosso sentimento.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap 23 - pág. 219)

Passe

“O passe é uma transfusão de energias, alterando o campo celular.”


(Nos Domínios da Mediunidade - cap 17- pág. 169)

59
Pavor da Morte

“O colega, gentil, conduziu-nos ao interior de espaço necrotério, onde


defrontamos um quadro interessante. O cadáver de uma jovem, de menos
de trinta anos, ali jazia gelado e rígido, tendo a seu lado uma entidade
masculina, em atitude de zelo. - Aquele é o noivo que a espera, há muito... –
vejo que a pobrezinha não dormiu no desprendimento e mostra-se
amedrontada pôr falta de preparação espiritual... _ Ausência de
preparação religiosa, meu irmão.”
(Os Mensageiros – cap 48 - págs. 250 e 251)

Pensamento

“O pensamento elevado santifica a atmosfera em torno e possui


propriedades elétricas que o homem comum está longe de imaginar.”
(Missionários da Luz - cap cinco - pág. 48)

“Então, o pensamento não escapava às realidades do mundo corpuscular,


ponderei de mim para comigo.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap cinco - pág. 48).

“Recordemos, ainda, o pensamento, atuando à feição de onda, com


velocidade muito superior à luz.”
(Ação e Reação - cap cinco - pág. 70).

“Entretanto, ele Ainda é matéria, - a matéria mental.”


(Mecanismo da Mediunidade - cap IV- pág. 45).

“Emitindo uma idéia, passamos a refletir as que se lhe assemelham.”


(Mecanismo da Mediunidade - cap IV- pág. 48).

60
“... porquanto a corrente mental é susceptível de reproduzir as suas próprias
peculiaridades em outra corrente mental que se lhe sintonize.”
(Mecanismo da Mediunidade- cap IV- pág. 47).

Pesadelo

“Hoje, à noite, Viera me chamou com as suas reciteradas lembranças e


acusou-me de faltas que não cometi, conversando leviamente com a
família.”
(Missionários da Luz- cap oito- pág. 88).

Pobreza e riqueza terrenas

“... e o imperativo da pobreza extrema com trabalho intensivo, para que


reeduque as próprias aspirações.”
(No Mundo Maior - cap 19- pág. 238).

“Crescerá sob minha inspiração imediata e receberá a prova perigosa da


riqueza material.”
(Libertação – cap III - pág. 48).

Posse da vida eterna

“Todos vivem, mas raros espíritos de nosso mundo tomaram posse da vida
eterna.”
(Missionário da Luz - cap 20 - pág. 343)

61
Prece

“A prece, sem dúvida, não poderá modificar o curso das leis...”.


(Ação e Reação - cap 19 - pág. 259)

Prece refratada

“A prece refratada é aquela cujo impulso luminoso teve a sua direção


desviada, passando a outro objetivo.”
(Entre a Terra e o Céu - cap II - pág. 14)

Processos de reajuste

“-Há dolorosas reencarnações que significam tremendas luta expiatória


para as almas necrosadas no vício. Temos pôr exemplo, o mongolismo, a
hidrocefalia, a paralisia, a paralisia, a cegueira, a epilepsia, a secundária, o
idiotismo, a aleijão de nascença e muitos outros recursos, angustiosos
embora, mas necessário, e que podemos funcionar, em benefício da mente
desequilibrada, desde o berço, em plena fase infantil.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap 15 - pág. 140)

Procura de afetos e desafetos

“... e armando novas perseguições às suas vítimas, que procuram até o


reencontro...”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap quatro - pág. 38).

62
“-Meu caro, disse você esta aguardando, em comunhão como genitor, a
alegria de reencontrar a madrasta... Como entender-lhe a alegação?
Porventura com o seu grau de conhecimento, sofre alguma dificuldade para
saber-lhe a moradia? - Sim, sim... confirmou o Assistente, tristonho.
(Ação e Reação - cap nove - pág. 127).

Propriedades do perispírito

“O perispírito apresenta-se como um corpo penetrável e penetrante,


elástico, emissor pôr excelência, plástico, absorvente.”
(Correnteza de Luz - cap um - pág. 21).

Prorrogação da vida física

“-Não, vovó, não! A senhora não pode! Deus não deixará... Jerônimo, porém,
mantinha-se firme e, rindo-se, bondoso, reafirmou: - O menino tem razão.
Albina não irá mesmo desta vez...”
(Obreiros da Vida Eterna- cap XVII- pág. 266).

“-Justina, o coágulo acaba de ser reabsorvido e conseguimos socorrer a


artéria com os nossos recursos, mas Antonio terá no máximo, cinco meses
a mais, de permanência na Terra.”
(Missionários da Luz - cap sete- pág. 75).

Raios Solares

“Os raios solares, nas horas diurnas, destroem grande parte das criações
mentais inferiores dos doentes em estado melindroso...”
(Missionários da Luz - cap sete- pág. 77).

63
Reconhecimento do espírito encarnado quando visita o
além

“Dos pés e dos braços pendiam filamentos estranhos, e da cabeça como


que se escapava um longo fio de singulares proporções.”
(Nosso Lar - cap 33 - pág. 182).

Redução da forma perispiritual

“... a forma perispiritual de Segismundo tornava-se reduzida.”


(Missionários da Luz - cap 13 - pág. 214).

“Unido à matriz geradora do santuário materno, em busca de nova forma, o


perispírito sofre a influência de fortes correntes eletromagnética, que lhe
impõem a redução automática... Observa-se, então, a redução volumétrica
do veículo sutil pela diminuição dos espaços intermoleculares.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XXIX - pág. 179).

“Constituído à base de princípios químicos semelhantes, em suas


propriedades, ao hidrogênio, a se expressarem através de moléculas
significativamente distanciadas umas das outras quando ligado ao centro
genésico feminino experimenta expressiva contração, à maneira do
indumento de carne sob carga elétrica de elevado poder.”
(Entre a Terra e o Céu- cap XXIX- pág. 179).

Reencarnação

“Foi então, o divino mistério da Criação Infinita de Deus, que a vi apertar a


“forma infantil” de Segismundo de encontro ao coração, mas tão
fortemente, tão amorosamente, que me parecem uma sacerdotisa do Poder

64
da Divindade Suprema.”
(Missionários da Luz - cap 13 - pág. 230).

“A reencarnação... obedece a princípios embriogênicos automáticos, com


bases na sintonia magnética.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XXVII - pág. 169).

“-Contudo, em milhares de renascimentos, na Terra, os princípios


embriogênicos funcionam, automáticos, cada dia. A lei de causa e efeito
funciona, digo executa-se sem a necessidade de fiscalização de nossa
parte. Na reencarnação, basta o magnetismo dos pais, aliado ao forte
desejo 141ª daquele que regressa ao campo das formas físicas.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XXVII - pág. 176).

“Assim, pois, ao regressar à esfera mais densa, como acontece a


Segismundo, é indispensável recapitular todas as experiências vividas no
longo drama de nosso aperfeiçoamento, ainda que seja pôr dias e horas
breves, repetindo em curso rápido as etapas vencidas ou lições adquiridas,
estacionando na posição em que devemos prosseguir no aprendizado.”
(Missionários da Luz - cap 13 - pág. 234).

“-Absolutamente. Reencarnações e desencarnações, de modo geral,


obedecem simplesmente à lei.”
(Obreiros da Vida Eterna - cap X I- pág. 173).

“O retorno de Cláudio à esfera física terá características muito pessoais,


sem reflexos de maior importância no espírito coletivo, pelo que nós
mesmos poderemos providenciar quase tudo.”
(No Mundo Maior - cap 19 - pág. 239).

“Somente as criaturas primitivas, nos círculos selvagens da natureza,


conhecem pôr agora, a semi-inconsciência do viver, pôr se abeirarem ainda
dos reinos inferiores. Recebem a reencarnação quase ao jeito dos
irracionais, que aperfeiçoam instintos para ingressarem, mais tarde, no
santuário da razão.”
(Libertação - cap XVIII - pág. 232).

65
“o nascimento e o renascimento, no mundo, sob o ponto de vista físico,
jazem confiados a leis biológicas de cuja execução se incubem
Inteligências especializadas.” (Entre
a Terra e o Céu - cap II - pág. 13).

“-Oh! - disse eu - não teremos aqui um fato semelhante à morte física na


Crosta? Alexandre sorriu e aquiesceu: - Sem dúvida, desde que
consideremos a morte do corpo carnal como simples abandono de
envoltórios atômicos terrestres.”
(Missionários da Luz - cap 13 - pág. 211).

Reencarnações com interesse pessoal e familiar

“-A reencarnação no caso de Júlio não reclama de nossa esfera cuidados


especiais. É uma descida experimental ao campo da matéria densa, com
interesse tão somente para ele mesmo e para os familiares que o cercam.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XXIII - pág. 175).

Remédio

“... porque os remédios para a alma, na presente situação, intensificam os


males da carne.”
(Obreiros da Vida Eterna - cap XII - pág. 195).

“O médico do futuro aprenderá que todo remédio está saturado de


energias eletromagnéticas...”
(Obreiros da Vida Eterna- cap XIX- pág. 282).

66
Remorso

“O remorso é uma bênção, sem dúvida, pôr levar-nos à corrigenda, mas


também é uma brecha, através da qual o credor se insinua, cobrando
pagamento.”
(Libertação - cap V- pág. 71).

“Minhas vítimas distanciaram-se de mim, desculparam-me e esqueceram-


me. Vejo-me, todavia, acitado pôr forças primitivas que nunca poderei
descrever com as minúcias desejáveis. Há um tribunal invisível em minha
consciência e debalde procuro fugir aos sítios em que menoscabei as
obrigações de respeito ao próximo.”
(Libertação - cap XVIII - pág. 234).

“A fixação mental do remorso opera inapreciáveis desequilíbrios no corpo


espiritual.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XX - pág. 125).

Reorganização da vida econômica com o auxílio dos


espíritos

“... todavia, precisamos cooperar no sentido de manter-lhe os estímulos de


natureza exterior, porque se o companheiro não tem pão nem paz relativa,
se lhe falta assistência nas aquisições, mais simples, não poderá exigir-lhe
a colaboração, redundante em sacrifício.”
(Missionários da Luz - cap um - pág. 14).

“... e cooperando para que se lhe reorganiza a vida econômica, através de


colocação, redundante em sacrifício.”
(Missionários da Luz - cap 11- pág. 147).

67
“... e, na semana próxima, contava com a possibilidade de cooperar no
sentido de organizar-lhe serviço bem remunerado.”
(Missionários da Luz - cap 11 - pág. 153).

“Seguida de Ronalda, uma dama a distinta vinha ao encontro de Ester,


oferecendo-lhe trabalho honesto em sua oficina de costura.” (Missionários
da Luz - cap 11 - pág. 153).

Respiração no além

“... e, no entanto, meus pulmões respiravam a longos haustos.”


(Nosso Lar - cap um - pág. 17).

“Identifiquei o calor orgânico, a pulsação regular e os movimentos


respiratórios.”
(Os Mensageiros - cap 22 - pág. 121).

“... onde respirávamos com certa dificuldade.”


(Os Mensageiros - cap 34 - pág. 180) ·.

“Examinados da mesma forma, os pulmões de Kátie mostraram-se mais


sãos que os da médium,...”
(Fatos Espíritas - Última Aparição de Kátie King - sua Fotografia com auxílio
da Luz Elétrica - pág. 75).

“Coração e pulmões funcionavam regularmente , digo, funcionavam


regulares.”
(Voltei - 12ª Edição - pág. 46).

68
Restituição da existência terrestre e haveres

“... para que receba nos braços Clarindo e Leonel, pôr filhos do coração,
aos quais Olímpio restituíra à existência terrestre e os haveres...”
(Ação e Reação - cap seis - pág. 83).

A Segunda Morte

“Abandona-se o corpo espiritual ou perispiritual, que se desfaz e entra-se


na posse de outro de vibração mais elevada com mais luminosidades, força
e poder.”
(A 2ª Morte - cap XXVII - pág. 75).

“... e a primeira forma que viver encarnado e reencarnando durante séculos


no mundo ou vivendo espiritualmente em diversas esferas pôr alguns
instantes ainda permanecem no salão e após o novo Demócrito abraçá-la e
agradecer carinhosamente Ter-lhe servido nos diversos planos de vida,
coma benção de Francisco, à nossa frente, atônitos, se desfez e
desapareceu.”
(A 2ª Morte - cap XXXIII - pág. 98).

“-Mas então se involui? Altino riu: Não, meu filho, o fulcro ou centro da
alma ou da centelha divina não sofre qualquer alteração íntima... O
perispírito e os corpos de revestimento é que sofrem os embates
dilacerantes da própria alma, para o Bem ou para o Mal.”
(A 2ª Morte - cap XXXIV - págs. 99e 100).

“-Sim, Demócrito, com a Segunda Morte, alcançou estado superior de vida


e agora, durante milênios, lutará de acordo com as leis Eternas que
organizam a todos, pela conquista gloriosa da Terceira Morte e do

69
Segundo Céu.”
(A 2ª Morte- cap XXXIV- pág. 101).

“A segunda Morte nos Planos Inferiores porem, é uma espécie de explosão


atômica! O Espírito cai em si mesmo, cai mais e vai caindo sempre, se
retraindo e se contraindo, egoisticamente, até que explode! Como em sua
intimidade é uma centelha divina não deixa de existir como centelha divina
e eterna, mas desaparece como identidade, ou seja, como criatura
personalizada e volta à ignorância do princípio.”
(A 2ª Morte - cap XLIII - pág. 124).

“Muitos homens na Terra blasonam de admitir apenas a matéria (sem


saberem, aliás, o que estão dizendo, pois não a conhecem), e, além desses,
outros, mais numerosos ainda, que não pensam coisa alguma-, não são
imortais, pôr não terem consciência da sua existência. Os Espíritos que-
vivem- realmente da vida Espiritual são apenas os que estão aptos para a
imortalidade.”
(Narrações do Infinito - (cap II - pág. 86).

“Saberes, assim, que o vaso perispíritico, é também transformável, e


perceptível, embora estruturado em tipo de matéria mais rarefeita.”
(Libertação - cap VI - pág. 85).

Sono na esfera espiritual

“Eu sabia, perfeitamente, que deixara o veículo inferior no apartamento


das Câmaras de Retificação em “Nosso Lar”.”
(Nosso Lar - cap 36 - pág. 197).

70
“-Haverem passado, quase todos, pôr uma fase mais ou menos longa de
“sono reparador”.”
(A Crise da Morte – Conclusões - pág. 165).

“-Sim, André, este sono é, verdadeiramente, avançada imagem da morte.


Aqui permanecem, com a bênção do abrigo, alguns milhões de nossos
irmãos que ainda dormem.”
(Os Mensageiros- cap 22- pág. 121).

“... e dormirá sono reparador.”


(Obreiros da Vida Eterna - cap XV- pág. 237).

Assistência espiritual no período infantil

Texto ausente

Substituição das células orgânicas

“Não esqueçamos de que em todos os seres vivos, tanto nos zoófitos como
no homem, a matéria destroi-se e regenera-se constantemente pela
nutrição, e que, num prazo bem curto, todas as moléculas do corpo são
renovadas.”
(Evolução Aenímica - cap III - Formação dos Órgãos dos sentidos, papel do
Perispírito - pág. 110).

“O cérebro, porém, muda perpentinuamente, as células dos seus tecidos


são incessantemente agitadas, modificadas, destruídas pôr sensações
vindas do interior e do exterior. Mais do que outras essas células
submetem-se a uma desagregação rápida, e, num período assaz curto, são
integralmente substituídas.”
(Evolução Aenímica - cap I - O Papel psicológico do perispírito- A Identidade-
pág. 47).

71
“Em alguns meses, o corpo humano é totalmente renovado, e nem no
sangue, nem na carne, nem no cérebro, nem nos ossos resta mais um único
dos átomos que constituía o todo algum meses antes.”
(Narrações do Infinito - Primeira Narrativa - pág. 11).

Subtração das forças vitais

“-Quê? – perguntei, espantado- porque precisariam dele os vampiros? –


Semelhantes infelizes- elucidou Alexandre - abusam de recém
desencarnados sem qualquer defesa, como este pobre Raul, nos primeiros
dias que se sucedem à morte física, subtraindo-lhes as forças vitais,
depois de lhes explorarem o corpo grosseiro...”
(Missionários da Luz - cap 11 - pág. 137).

Suicídio com a intromissão de inimigos ocultos, ou


inconscientes.

“944(Segunda) - O suicídio não é sempre voluntário. – O louco que se mata


não sabe o que faz.”
(O Livro dos Espíritos).

“Quando despertei, achei-me num meio novo e fiquei extraordinariamente


surpreendido de me sentir vivo, pois me lembrava muito bem de que ingeria
o veneno... Tudo o que via ao meu derredor era extraordinariamente
interessante, surpreendente, agradável. A atmosfera parecia radiosa;
sentia-me rejuvenescido e cheio de animação...”
(A Crise da Morte - Undécimo Caso - págs. 101 e 102).

“... se ele se encontrou num meio de “luz”, não obstante o seu suicídio foi
pôr não lhe caber à responsabilidade a ação insensata que praticara, a qual,
nele, resultou de uma enfermidade psíquica hereditária 153ª, conhecida
em psiquiatria sob o nome de “melancolia” e que muito freqüentemente

72
termina pôr um acesso de “loucura do suicídio”.
(A Crise da Morte - Undécimo Caso- pág. 106).

Suicídio previamente deliberado sem a intromissão de


inimigos ocultos

“... mas no suicídio previamente, sem a intromissão de inimigos ocultos,


como este sob nossa observação, e desequilíbrio da alma é inexprimível e
acarreta absoluta incapacidade de sintonia mental com os elementos
superiores.”
(Missionários da Luz - cap 11 - pág. 134) ··.

“944 - O homem tem o direito de dispor da sua própria vida? - Não;


somente Deus tem esse direito. O suicídio voluntário é uma transgressão
dessa lei.”
(O Livro dos Espíritos).

“Esteves, ao tempo da guerra do Paraguai sofrera tanto quanto Júlio o


suplício do veneno. Porque surgiam em ambos o efeito tão dispare? O
menino ainda trazia a garganta doente, ao passo que o enfermeiro
vitaminado pôr Leonardo, não parecia haver conhecido qualquer
conseqüência mais grave.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XX - pág. 125).

“Esteves foi envenenado, enquanto Júlio se envenenou. Há muita diferença.


O suicídio acarreta vasto complexo de culpa. A fixação mental do remorso
opera inapreciáveis desequilíbrios no corpo espiritual... O pensamento que
desencadeia o mal se encarcera nos resultados dele, porque sofre
fatalmente os choques de retorno no veículo em que se manifesta.”
(Entre a Terra e o Céu - cap XX - pág. 125).

“Esse homem... quando torna a merecer o prêmio de um corpo carnal na


Esfera Humana, dentre as provas que repetirá naturalmente se incluem a
extrema tentação ao suicídio na idade precisa em que abandonou a posição

73
de trabalho que lhe cabia porque as imagens destrutivas, que arquivou em
sua mente, se desdobrarão, diante dele, através do fenômeno a que
podemos chamar “circunstâncias reflexas”, dando azo a recônditos
desequilíbrios que se lhe ajustam ao temporário modo de ser. Se esse
homem não houver amealhado recursos educativos e renovadores em si
mesmo, pela prática de fraternidade e do estudo, de modo a superar a
crise inevitável, muito dificilmente escapará ao suicídio, de 156ª novo,
porque as tentações, não obstante reforçados pôr fora de vós, começam
em nós e alimentam-se de nós mesmos.”
(Ação e Reação - cap sete- pág. 93 e 94).

“Compreende-se facilmente que, sempre que uma causa qualquer acarrete


em estado vibratório já produzido, todas as lembranças desse estado
reaparecerão, assim como as das zonas menos vibrantes, obnubilaudo a
memória dos estados superiores.”
(A Evolução Aenímica - O sonambulismo provocado - pág. 167- cap IV).

Templos materiais do cristianismo

“Por isso mesmo, André, no futuro da Humanidade, os templos materiais do


Cristianismo estarão transformados em igrejas-hospitais, onde não
somente o sacerdote da fé veicule a palavra de interpretação, mas onde a
criança encontre arrimo e esclarecimento, o jovem a preparação
necessária para as realizações dignas do caráter e do sentimento, o
doente o remédio salutar, o ignorante a luz, o velho o amparo e a
esperança.”
(Missionários da Luz - cap oito - pág. 84).

“O Espiritualismo, nos tempos modernos, não pode restringir Deus entre


as paredes de um templo na Terra, porque a nossa missão essencial é a de
converter toda a Terra no templo augusto de Deus.”
(No Mundo Maior - cap dois - pág. 32).

74
Ternura e aspereza

“... entretanto, a ternura absoluta é tão nociva quanto à absoluta


aspereza.”
(Libertação - cap XIX - pág. 245).

Tolerância

“O Ex-governador era talvez demasiadamente tolerante.”


(Nosso Lar - cap 23 - pág. 128).

Trabalhos Mediúnicos

“Conduzi-lo-ei em nossa companhia, deixando-o, na residência da médium,


com algumas horas de antecedência, para que você encontre facilidades no
serviço de harmonização.”
(Missionários da Luz - cap 16 - págs. 263 e 264) ·.

“-Todos os serviços exigem preparo, treinamento- observou o meu


interlocutor, sensatamente- e não poderemos trazer alguém que faça às
vezes de Otávia, dum instante para o outro.”
(Missionários da Luz - cap 16 - pág. 266).

“Analisando a psicoscopia de uma personalidade e categorizar-lhes a


situação. Segundo as radiações que projetam, planejamos a obra que
podem realizar no tempo.”
(Nos Domínios da mediunidade - cap dois - pág. 23).

“-Em qualquer estudo mediúnico, não podemos esquecer que a


individualidade espiritual, na carne, mora na cidadela atômica do corpo,

75
formado pôr recursos tomados de empréstimo ao ambiente do mundo.
Sangue, encéfalo, nervos, ossos, pele e músculos representam materiais
que se aglutinam entre si para a manifestação transitória da alma, na
Terra, constituindo-lhe vestimenta temporária, segundo as condições em
que a mente se acha.”
(Nos Domínios da Mediunidade - cap cinco - pág. 46).

Transferência de pagamento de dívida

“Caso Marcela e os filinhos se regam, um dia, a plenos céus, e na hipótese


de guardar-se nosso amigo mergulhado na Terra, vê-los-á Ildeu na própria
consciência, sofredores e tristes, quais os tornou, atormentado pelas
recordações que traçou para si mesmo e pagará em serviço a outras almas
da senda evolutiva o débito que lhe onera o Espírito, de vez que, ferindo a
obra de Deus, de cujas leis soberanas nos fazemos réus infelizes,
reclamando quitação e reajuste.”
(Ação e Reação - cap 14 - pág. 199).

“Você não pagou em Túlio o débito que lhe, digo o débito em que se viu
incursa, mas resgatou essa conta, junto a suicida 162ª anônimo, tão filho
de Deus quanto nós, redimindo-se no foro íntimo, seguido a lei que rege a
tranqüilidade de consciência.”
(E a Vida Continua - cap 15 - pág. 127).

“Minhas vítimas distanciaram-se de mim, desculparam-me e esquecerem-


me. Vejo-me, todavia, acicatado punitivas que nunca poderei descrever
com as minúcias desejáveis. Há um tribunal invisível e minha consciência e
debalde procuro fugir aos sítios em que menoscabei as obrigações de
respeito ao próximo.”
(Libertação - cap XVIII - pág. 234).

76
Valor “tempo”

“-Aliás, o profeta enunciou, há muitos séculos, que “a palavra dita há seu


tempo é maçã de ouro em cesto de prata.” Se estamos, portanto,
verdadeiramente interessados na elevação, constitui-nos inalienável dever
o conhecimento exato do valor “tempo”...”
(Obreiros da Vida Eterna - cap II - Págs. 26 e 27).

Velório

“É pôr isso que, pôr enquanto, os mortos que entregam despojos aos
solitários necrotérios da indigência são muito mais felizes.”
(Obreiros da Vida Eterna - cap XIV- pág. 224).

Vida dos átomos

“Este fluído penetra nos corpos como um imenso oceano. É nele que reside
o princípio vital que da nascimento à vida dos seres, e a perpetua sobre
cada globo segundo sua condição, a princípio no estado latente que dormita
ali onde a voz de um ser não chama... As moléculas do mineral têm certa
soma dessa vida...”
(A Gênese - cap VI - pág. 98- Criação Universal).

“... e assim que tudo serve tudo se encadeia na natureza, desde o átomo
primitivo até o arcanjo, pois ele mesmo começou pelo átomo.”
(O Livro dos Espíritos - Resposta da Pergunta - pág. 240).

77
Volitação

“Nesse dia, voltei a “Nosso Lar” em companhia de Narcisa, pela primeira


vez experimentei a capacidade de volitação.”
(Nosso Lar - cap 50 - pág. 280).

“Em seguida, prosseguimos a pé... Isto, porém, acontecera somente


enquanto não hajam vocês criado asas espirituais que possam vencer todas
as resistências vibratórias.”
(Os Mensageiros - cap 33- pág. 175).

“-A irmã transportara Pedro com os próprios recursos, mas o outro,


terrivelmente escravizado aos pensamentos inferiores e às intenções
criminosas, é pesado de carregar: conduzamo-lo nós ambos.”
(No Mundo Maior - cap cinco - pág. 73).

“-não te surpreendas. A volitação depende, fundamentalmente, da força


mental armazenada pela inteligência... No que se refere, entretanto, às
entidades admitidas à nossa colônia espiritual, ainda em grande número
incapacitadas de usar tal vantagem, o fenômeno é natural.”
(No Mundo Maior - cap 17 - pág. 223).

“Há espíritos perversos com vigorosa capacidade volitiva, apesar de


circunscritos a baixas incursões... que os corvos voam baixo, procurando
detritos, enquanto as andorinhas se liberam alto, buscando a primavera.”
(No Mundo Maior - cap 17- pág. 223).

“... se revelarem incapaz de volitação em alto plano, pela densidade do


padrão mental e que se mantinham.”
(Libertação - cap XX - pág. 254).

78
79