Você está na página 1de 5

O mal é criação de Deus?

1º momento: (10min) Apresentação e boas vindas – Pedir a cada dois jovens para que um se apresente ao outro: uma apresentação curta, onde dirão seus nomes, onde mora, o que faz. Daí pedir que cada dupla se apresente a sala, sendo que o jovem A apresenta o jovem B e vice-versa. 2º momento: (15 min) Jogo das Escolhas – colocar, em papéis recortados, expressões/palavras que traduzam ações. Formar dois grupos e orientá-los para que sorteiem entre si a opção pelo BEM ou pelo MAL (esclarecer que se trata de um jogo apenas)/ou deixar ao acaso. Entregar a cada grupo as expressões condizentes com a escolha feita / ou sortear fichas misturadas, aleatoriamente.. Separar os grupos em duas filas, dispostas frente a frente. Para cada “escolha” apresentada por cada participante (um por vez, os grupos alternando-se), deverão os participantes do grupo contrário mencionar, rapidamente, uma ou mais conseqüências da opção mencionada. Ex. 1: “Eu escolho... ser invejoso.” Conseqüências possíveis (a serem mencionadas pelo grupo adversário): “Viver infeliz, sem se contentar com o que tem”, “Ser criticado pelos outros”, “Não ter nada nunca na vida, porque só se preocupa com o que os outros têm”, etc. Prejudicar aos outros... Ex. 2: “Eu escolho... Ser carinhoso e delicado”. Conseqüências: “Ter muitos amigos”, “Ser muito amado e querido”, “Receber muito carinho dos outros”. Para cada acerto dos grupos, marcar em um papel um ponto. Caso o grupo adversário não consiga apontar uma ou mais conseqüência, o próprio grupo pode fazê-lo e ganhar o ponto. No final, somar os pontos e ver quem ganhou a competição. Se, por acaso, o grupo do “mal” ganhar, explicar que só ganhou porque apontou as conseqüências do Bem. 3º momento: (40 min) Estudo com a música Há tempos Gente, eu pensei no seguinte... poderíamos colocar esse estudo em Power point. Colocar a música toda para eles ouvirem e daí começar por cada parte. Primeiro mostrando o trecho, pedindo a opinião deles e depois mostrando a questão do LE.
Há Tempos Legião Urbana Parece cocaína, mas é só tristeza, talvez tua cidade. Muitos temores nascem do cansaço e da solidão E o descompasso e o desperdício herdeiros são Agora da virtude que perdemos.
• Aqui o autor deixa claro a depressão pela qual passa em razão do vício. Descompasso e desperdício são o resultado de excessos em sua vida, o que lhe traz uma tristeza profunda.

LE Q. 633- A regra do bem e do mal que se poderia chamar de reciprocidade ou de solidariedade, é inaplicável ao proceder pessoal do homem para consigo mesmo. Achará ele na lei natural, a regra desse proceder e um guia seguro? “Quando comeis demais, isto vos faz mal. Pois bem! É Deus quem vos dá a medida daquilo de que necessitais. Quando a ultrapassais, sois punidos. É assim com tudo. A lei natural traça para o homem o

Disseste que se tua voz tivesse força igual À imensa dor que sentes Teu grito acordaria Não só a tua casa Mas a vizinhança inteira. definitivamente. e dar valor à vida. Tua tristeza é tão exata E hoje o dia é tão bonito Já estamos acostumados A não termos mais nem isso • Mais uma alusão à tristeza. é porque no fundo existe esperança... fazendo-os transviar-se por meio de falsos princípios? “Aqueles que não eram inspirados por Deus e que. Antes de sua união ao corpo. é punido pelo sofrimento. 620. ao desânimo.” a) Visto que o homem traz na sua consciência a lei de Deus. porquanto forçoso é que o progresso se efetue. conseguiram desviá-los. Onde está escrita a lei da Deus? “Na consciência.limite de suas necessidades. • O sonho é algo de bom.. perderam a noção do que é certo e errado. mas que ele não consegue lembrar.” E há tempos nem os santos têm ao certo A medida da maldade • Até pessoas consideradas exemplo (santos). 623 – Os que hão pretendido instruir os homens na lei de Deus não se tem enganado algumas vezes. a compreenderão um dia. Os homens de bem e os que se decidem a investigá-la são os que melhor a compreendem. LE Q. certamente. quando ele o ultrapassa. homens de gênio. com frequência.” Os sonhos vêm e os sonhos vão O resto é imperfeito. como eram. entretanto. essa voz que lhe diz — basta..” Há tempos são os jovens que adoecem Há tempos o encanto está ausente E há ferrugem nos sorrisos E só o acaso estende os braços A quem procura abrigo e proteção. que necessidade havia de lhe ser ela revelada? “Ele a tinha esquecido e desprezado: Deus quis que ela lhe fosse relembrada. por ambição. e se eles têm esse movimento. muitas vezes.. segundo o grau de perfeição a que chegou e dela conserva a lembrança intuitiva. se atribuíram uma missão que não tinham. de tal forma que nem consegue apreciar a beleza de um dia. Se o homem escutasse.. a alma compreende melhor a lei de Deus do que depois de sua encarnação? “Ela a compreende. • É como se o que é bom e bonito só exista em sonhos.619 – A todos os homens facultou Deus os meios de conhecerem sua lei? “Todos podem conhecê-la. mas. LE Q. belo e que leva à felicidade. entretanto. depois de sua união ao corpo. grandes verdades.” Há tempos tive um sonho. apesar da dor absurda. não me lembro não me lembro. LE Q. tudo o mais é imperfeito. . em todas as coisas. imensa. encontram-se. que está sentindo na consciência. mas nem todos a compreendem. Todos. para ele. Mas os sonhos vêm e vão.621. os maus instintos do homem fazem-na esquecêla. evitaria a maior parte dos males pelos quais acusa a Natureza. mesmo entre os erros que ensinaram.falta de fé e de compreensão de que existe algo maior.

fazer o bem sem olhar a quem. que amadurece e evolui..646 – Estará subordinado a determinadas condições o mérito do bem que se pratique? Por outra: será de diferentes graus o mérito que resulta da prática do bem? “O mérito do bem está na dificuldade. LE Q. (LE 122 e 844). do que o rico que apenas dá do seu supérfluo. Funda-se na observância da Lei de Deus. Disse-o Jesus. e você? Pra você o que quer dizer “lá em casa tem um poço mas a água é muito limpa? 4º concluir com a pergunta: (15 min) “Então. praticá-la é usar nosso livre-arbítrio. é passar por cima de nossa vaidade e egoísmo e. 614-614.: A criança ou o jovem de menor não sabem e/ou podem decidir muitas coisas sozinhos. as pessoas não estendem as mãos. Se disciplina é liberdade é porque. o sorriso não é de felicidade. entre eles a compaixão! Ter bondade é ter coragem – a verdadeira bondade não é passiva. Deus leva mais em conta o pobre que divide seu único pedaço de pão. LE Q.629. indica-lhe o que deve fazer ou não fazer e ele só é infeliz. O livre arbítrio se desenvolve à medida que o Espírito adquire a consciência de si mesmo. o mal é criação de Deus?” Porquê (sim ou não)?” Focar que: · · O homem mau.. porque dela se afasta. isto é. se torna mau por sua vontade e não por vontade de Deus. é a única verdadeira para a felicidade do homem. O que se deve entender por lei natural? “A lei natural é a lei de Deus. ajudar.• Muitos jovens estão cada vez mais perdidos. conseguiremos quebrar as condutas e os costumes ruins… então. disciplina é liberdade • • Controlar nossa mente. se formos disciplinados. a propósito da moeda da viúva. seguirmos a lei de Deus nos livra do sofrimento. pelo bem de todos.e quando procuram ajuda. nenhum mérito há em fazê-lo sem esforço e quando nada lhe custa. O homem procede bem quando tudo faz .” Compaixão é fortaleza Ter bondade é ter coragem • Compaixão é fortaleza – nossa maior fortaleza não são as posses. o que concluímos disso? Eu tenho uma opinião a respeito. status. E aí. conquistas financeiras... porque então cumpre a Lei de Deus. simplesmente.. … são os nossos valores.” Meu amor. . ela é a ação que promove as mudanças nas quais se acredita… é ajudar a quem não conhecemos.Que definição se pode dar da moral? “A moral é a regra de bem proceder.” Lá em casa tem um poço mas a água é muito limpa... sem uma referência. • LE Q. nossa liberdade da melhor maneira: no bem. de distinguir o bem do mal. Ex. aí sim conseguiremos chegar a verdadeira liberdade…liberdade com responsabilidade.

6 – Eficácia da Prece) Se dividíssemos os males da vida em duas partes.: o progresso na escola é função direta do esforço que cada aluno faz em bem estudar. eles emanam sempre do próprio homem. refletir. E cada vez mais fica difícil. em que violou as ditas Leis Morais. a mesma aptidão.. fazer uma revisão de todo o seu dia. e que delas se pouparia se agisse sempre com sabedoria e prudência. outra das tribulações cuja causa primeira é ele mesmo. veríamos que esta suplanta muito em número a primeira.” Lembrar que as Leis Morais estão inscritas na consciência de cada ser humano.. pela sua incúria e seus excessos. O homem deveria. a liberdade de escolha. 25 – Necessidade da Encarnação). que tem sempre. intelectualizado. o homem precisa de duas “ASAS”: o Amor e o Saber. Não adianta muito evoluir em saber.. é por isso que dá a todos o mesmo ponto de partida. analisar as suas atitudes. IV. no futuro tenderá a ter graves problemas de fígado.) Quanto aos atos da vida moral.· · · A sabedoria de Deus está na liberdade que ele deixa a cada um de escolher. prolonga sua permanência na escola. O estudante dedicado abrevia/apressa a caminhada e nela encontra menos espinhos. Deus. (ESE. ser muito inteligente. No tocante à prece. evidente. pois. uma pessoa que vive roubando. no futuro pode sofrer com a indiferença dos outros ou que a falta de solidariedade. ao contrário. pode um dia vir a ser presa. para verificar se agiu devidamente. que o homem é o autor da maioria de suas aflições.. ex. e toda preferência. deve considerar igualmente a todos os seus filhos. como bem recomendou Santo Agostinho. XXVII. ter muito estudo. se não se pratica o Bem e o amor em todas as suas expressões. retardam seu adiantamento. O estudante negligente. Estando o homem livre para agir. seus atos têm para ele e para os outros. Cap. ele vai perdendo a motivação para estudar.. se o homem não se esforça por merece-las. XXVII. porque cada um tem o mérito de suas obras. Ex. Ex. (LE 123) Segundo usam o seu livre-arbítrio.. (. p. Deus dá ao homem o discernimento e a inteligência para deles o homem se servir. a vontade para querer. ao deitar-se todo dia. porque de tanto repetir as mesmas lições e tarefas escolares. É. 12 – Ação da Prece) (. Cap. tendo que recomeçar o mesmo trabalho muitas vezes. nem por melhorar-se e corrigir-se. preguiçoso e irresponsável. por conseguinte. se errou. uma pessoa que não ajuda a ninguém. num sentido ou noutro. Da mesma forma. em inteligência quanto em moralidade. sendo soberanamente justo. uma injustiça. (ESE. uma daquelas que o homem não pode evitar. Cap. os homens progridem mais ou menos rapidamente. (LE 127) Para chegar ao Pai Criador. as mesmas obrigações a cumprir e a mesma liberdade de agir.) Aqueles que fazem mau uso da liberdade que Deus lhe concede. só amar não basta. isso tudo para evitar · · · · · . O ser humano tem que procurar crescer também no seu lado intelectual.: uma pessoa que bebe muito. fazer uma autocrítica. todo privilégio seria uma preferência. a atividade para permanecer ativo. (ESSE.. conseqüências subordinadas àquilo que faz ou deixa de fazer. estudar e aplicar tudo para o bem de todos e de sua própria evolução. não adianta muito pedir a Deus coisas boas e recompensas.

para tentar melhorar-se como ser humano.cometer os mesmos erros no amanhã. (LE 861) .