PRODUÇÃO DE BIODIESEL

Dr. Jack Eliseu Crispim Pesquisador Epagri 2011

Ilustração de como uma molécula de glicerina é ligada a 3 moléculas de ácido graxo. 83 vermelho a representação da Em molécula de glicerina.

Reação de transesterificação para produção de biodiesel 84 4 .

Um litro de óleo de soja de qualquer marca .

Preparar solução de fenolftaleina a 1% .

Álcool metílico PA ou álcool etílico PA .

025 Molar. .Hidróxido de sódio 0. Para prepar dissolver 1g de hidróxido de sódio em 1 litro de água.

88 .Hidróxido de sódio puro por análise.

Álcool iso-propílico 89 .

Titulação para determinar a quantidade de hidróxido de sódio para ser dissolvido no etanol para formar o etóxido de sódio. .

Adicionar 10 ml de iso-propanol ao erlenmeyer + 1 ml de óleo + 1 a 2 gotas de fenolftaleina Titular com o hidróxido de sódio a 0.025 Molar gota a gota até obter cor com tom rosa estável .

.

.

.

95 .

96 .

97 .Titulação do hidróxido para verificar a quantidade de ácidos graxos livres que indicará a quantidade de soda adicionar ao álcool.

98 .Titulação com gota a gota até obter cor rosa persistente.

.

.

.

102 .

Aplicar a fórmula: m = 3.5 é uma constante t = quantidade de hidróxido em ml titulada ex: m = 3.5 + t onde m = quantidade de massa de hidróxido que deverá ser adicionada ao etanol 3.2 = 3.7 gramas de soda a ser adicionada ao etanol para formar o etóxido 103 .5 + 0.

Em seguida adicionar em um beker 150 ml de metanol ou 300 ml de etanol e adicionar 3. para preparação do etóxido. .7 gramas de hodróxido de sódio.

.

.Aparelho elétrico com controle da temperatura e dotado de agitador magnético.

.7 gr de soda ao álcool. ligar o aparelho a 60 graus centígrados e tapar com plástico para evitar a evaporação. Agitar ligando o agitador magnético até a dissolução completa da soda Demora cerca de 1 hora.Misturar as 3.

.

109 .

110 .

Em recipiente apropriado colocar 1 litro de óleo de soja em uma estufa e elevar a temperatura até 120 graus cetígrados para retirada da umidade. . Mais ou menos 1 hora.

.

Esfriar o óleo até 60 graus C. tendo o cuidado de tapar o recipiente. .

.Quando a temperatura do óleo chegar a 60 graus centígrados misturar o etóxido que foi preparado e colocar no aparelho com agitação constante e temperatura de 60 grau C.

.

116 .Verificação da temperatura com o etóxido ja misturado ao óleo.

117 .Agitação constante com o aparelho ligado a 60 graus C.

.

.

.

.

A glicerina pode ser retirada abrindo-se a torneirinha. mais escura. desligar o aparelho e verter sobre um balão de ensaio. A separação da glicerina do óleo é rápida se dando em poucos minutos (30 minutos). é a glicerina e o óleo (biodiesel) fica na parte superior por ser mais leve.Decorridos mais ou menos 1h com agitação constante. Na parte inferior. .

123 .

124 .

.

.

127 .

.

.

A quantidade de glicerina é da ordem de 10% 130 .

Em seguida lavar o biocombustível obtido com água limpa. deixar decantar e separar a água. 131 .Em aprelho apropriado destilar o produto obtido para retirada do álcool que poderá ser reaproveitado.

Menor rendimento em biodiesel. por volta de 60%.Aparelho desenvolvido pela Embrapa para produção de biodiesel por craqueamento. 132 .

.Aparatos simples para fabricação caseira do biodiesel. composto de aparato para produção do etóxido. reator para mistura do etóxido com o óleo e o decantador para separação da glicerina.

.

.Aparato para produção do etóxido com agitador.

.Aparelhos mais sofisticados para produção do biocombustível.

.

.

Depósitos para colocação do biocombustível e a matéria prima. .

.

Mini-usina da Bio Brasil para extração de óleo de diversas oleaginosas com produção de 25 kg/h podendo atingir 100 kg/h. 141 .

Reator com o aparato para formação do etóxido. 142 .

obtendo-se também a torta.Aparelho para retirada de óleo de girassol por prensagem. 143 . Pode ser usado para retirada de óleo de outros tipos de oleaginosas como colza ou pinhão manso etc.

Filtro para filtragem do óleo retirado por prensagem visto anteriomente, podendo então ser encaminhado para produção do biocombustível. 144

pro.br .assisfrello@usitec.

148 .Roteiro para produção de biodiesel partindo do óleo de mamona.

.

P. 2009 . Produção de óleo vegetal: Comestível e Biocombustível.Guerra. Fuchs.. E. Viçosa-MG . W.

W. Fuchs.. E. Produção de óleo vegetal: Comestível e Biocombustível.P. 2009 . Viçosa-MG .Guerra.

.

.

.

Crispim .E-boo’s do Dr.

Produção de arroz com qualidade .Manual da produção de aguardente de qualidade . cachaça bidestilada e outras bebidas alcoólicas .Fabricação de destiladores e produção de destilados . Crispim .LIVROS ELETRÔNICOS do Dr.Curso completo de fabricação de bebidas e destilados -Produção de Bioenergia na Propriedade -Produção de Bioenergia e Destilados .Produção de álcool.Produção de energia a partir de biomassa .Produção de bebidas e destilados .

sc.crispim@hotmail.com Jack.jecrispim.ENDEREÇOS ELETRÔNICOS www.gov.br (48) 3465 1209 (48) 9107 0287 .br www.gov.com crispim@epagri.sc.epagri.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful