DISTÂNCIA ENTRE DOIS PONTOS

1. A distância do ponto A ( -1, 2 ) ao ponto B ( 2, 6 ) é:

a. b. c. d. e.

3 4 5X 6

2. A distância do ponto A ( a, a ) ao ponto B ( 6 a, 13 a ) é:

a. b. c. d. e.

10 13 12 a 13 a X 17 a

3. O valor de y , para qual e distância do ponto A ( 1, 0 ) ao ponto B ( 5, y ) seja 5 é:

a. 3X b. 4 c. 3 d. 2 e. -1

4. Os pontos pertencentes ao eixo das abcissas que distam 13 unidades do ponto A ( -2, 5 ) têm abscissas cuja soma é:

a. b. c. d. e.

4 -4 X 24 14 -12

5. O ponto do eixo das ordenadas eqüidistantes dos pontos A( 1, 2 ) e B ( -2, 3 ) tem ordenadas igual a :

a. b. c. d. e.

4X -4 3 5 -5

6. A somas das coordenadas do ponto da reta suporte das bissetrizes dos quadrantes impares eqüidistantes dos ponto A ( 1, 2 ) e B ( -2, 3 ) é:

a. b. c. d. e.

4 -4 X -10 10 0

7. O ponto distinto da origem pertencente a reta suporte das bissetrizes dos quadrantes impares que forma com os pontos ( 0, 4 ) e ( 3, 0) um triângulo retângulo, tem a soma das coordenadas igual a:

a. b. c. d. e.

0 7X 7/2 14 5

8. O perímetro do triângulo ABC dados A ( -1, 1 ), B ( 4, 13 ) e C ( -1, 13 ) é:

a. b. c. d. e.

30 X 15 17 25 22

9. O valor real de x para que o triângulo formado pelos pontos A ( -1, 1 ), B ( 2, 5 ) e C ( x, 2) seja retângulo em B é:

a. b. c. d. e.

3 4X 5 6 -4

0 ) . e. e. -4 ) e C ( -2. ( USP . 11 ).10. c. A soma das coordenadas do ponto médio do segmento de extremidades ( -1. c. b. em três segmentos congruentes. 0 ) 1.SP ) Sendo A ( 3. 0 ) 3. é: . 2 ) vértices de um triângulo. b. 0 ) X 8. a abscissa de C: a. retângulo e não isósceles retângulo e isósceles equilátero isósceles e não retângulo X escaleno e não retângulo 12. e. 1 ) B ( 4. 4 ) e ( 3. 16 18 10 8X 6 2. 0 ) e A ( 3. 2 ) e ( 6. b. então esse triângulo é: a. 10 ) é: a. que dividem o segmento de extremidades ( 0. d. c. ( ( ( ( ( -1. d. d. d.SP ) Seja C o ponto de encontro das medianas do triângulo OAB de ângulo reto A . b. é inferior a 1 é1 é 1. -1 ) e ( 4. ( CESCEA .Sendo O ( 0. e.5 pode ser conhecida se for dada a ordenada de B é um número primo X PONTO MÉDIO 1. 3 ) é: a. 0 ) 11.SP ) O ponto do eixo Ox eqüidistante dos pontos ( 0. ( PUC . A soma das coordenadas dos dois pontos. 0 ) 2. c.

7 ) a. d. 8 ) é: a. e. 0 ). 2 ) e B ( 3. sendo A ( 0. b. b. d. 1 ). -1 1 5X 15 7 5. Um triângulo ABC é tal que o seu baricentro é o ponto ( 2. c. 1 ) é : a. d. 16 X 14 12 10 6 4. 4 3 5X 6 . A soma das coordenadas do ponto simétrico de A ( 1. -1 ) e ( 4. c. B ( 4. b. c. é: a. 22 19 X 13 15 17 3. e. Sendo A ( -1. 4 -2 X -4 -1 -3 6. 2 ) em relação ao ponto P ( 4. b. 9 ) em cinco segmentos congruentes. B ( 2. A soma das ordenadas dos pontos. c. e. 2 ). d. d. c. 3 ) podemos afirmar que a ordenada de C é : a. b. e. e.a. O comprimento da mediana relativa ao lado BC do triângulo ABC sendo A ( -1. c. 3 ) e C ( 4. que dividem o segmento de extremos ( -1. d. 1 ) e C ( 2. 7X 6 13 11 -8 7. A soma das coordenadas do baricentro do triângulo ABC. b.

c. d. 9 ). c. sendo A ( 2. e. 10 12 8 15 X 5 COEFICIENTE ANGULAR EQUAÇÃO DA RETA 1. b. A equação da reta que contém as bissetrizes do 1º e 3 º quadrantes é: a. b. d. y y y y y = = = = + 2x 5x/2 X x/2 x/5 x=0 . d. 2 8. 5 ) é : a.e. O comprimento da mediana relativa ao lado BC do triângulo ABC. b. 1 ) e G ( 4. e. e. b. y y y y x = = = = = 2x -x xX x/2 3y 2. c. é: a. y y y y x = = = = = 2x -x X x x/2 3y 3. e. A equação da reta que passa pela origem e pelo ponto A ( 2. c. onde G é o baricentro. A equação da reta que contém as bissetrizes do 2º e 4º quadrantes é : a. d.

b. b. e. 2 ) -2. 6 ) intercepta o eixo das abcissas no ponto: a. A reta que passa pela origem do sistema cartesiano e pelo ponto P ( 2. /3 /3 /3 X 5.4. A reta que passa pelos pontos A ( 2. c.3y = 0 3x . c. 0. A reta que passa pelos pontos A ( 1. 2 ) e B ( -1. 0 ) é: a. c. 0 ) 2. ( ( ( ( ( 1. Uma equação da reta que intercepta os eixos coordenados nos pontos ( 0. d. 0. 0. O coeficiente angular da reta que forma com o eixo das abcissas um ângulo de 30º é: a. 5 ) intercepta o eixo das ordenadas no ponto: a. y = . -1 ) e B ( 3. d.3x . 0 ) 6.2y = 0 X y = 2x y = 3x y = 2/3 x 8. b. b. 0 ) -1. e. 2x . e. 3 ) é: a. d. d. 0 ) X 0. ( ( ( ( ( 0. c. 0. e. 3 ) e ( -1. 17 ) -17 ) 13 ) -13 ) X -31 ) 7.

3x + 3 . c. c. 2 ) podemos afirmar que : a. 4 ) e ( 3. 1 ) . Dados os ponto A ( 1. c. Uma equação de reta que passa pelos pontos ( 3.3x . y y y y = = = = . c.1 3x + 3 X x+1 9. x y y y y =3X =3 -x=3 = . e. B ( 3. Uma equação de reta que intercepta a bissetriz do primeiro quadrante.b. x x x x x -y-4=0 +y-4=0X -y+4=0 +y+4=0 +y=0 10. b. d. d. e. d. num ponto cuja abcissa é 2 e tem uma inclinação de 135º é: a.y -1 = 0 +y-1=0X -y+1=0 -y-2=0 . d. 12. x x x x x +y+1=0 . b.3x = 3x 11. 7 ) é: a. e. c. e. b. d. 3 ) é: a. b. e. A equação da reta que é paralela à reta suporte das bissetrizes dos quadrantes impares e passa pelo ponto ( 2. 0 ) e C ( -1. Os pontos estão alinhados X os pontos formam um triângulo retângulo os pontos formam um triângulo de área igual a 6 os pontos pertencem a uma reta de coeficientes angular -2 os pontos formam um triângulo isósceles.

b ) estão sobre a reta x + 2y = 0. d.15 = 0 15. A equação da reta que passa pela origem e pelo vértice da parábola y = x 2 .x + y . e.6x + 4 é a. 5 X . 1 ) e ( 2. 3x + 5y = 0 5x + 3y = 0 X 5x . b ).13. Então a + b vale: a. 2 b. b. Sejam as retas r: y = 6 e s: a reta que passa pela origem do sistema cartesiano e pelo ponto ( 3. c. d.5y = 0 x + y . 10 X -10 6 -6 -1/8 16. O valor de m para que a reta de equação m. -8 ) é: a. b. b. 2 e. e. A área do triângulo formado por essas retas e pelo eixo das ordenadas é: a. 4 b. e. 9 ).2 = 0 passe pelo ponto A ( 1. c. c. A distância entre eles vale: a.3y = 0 3x . d.SP ) As retas 2x + 3y = 11 e x . c. 12 10 8 6X 4 14. d. Os pontos ( a. nda X 17.3y = 1 passam pelo ponto ( a. ( PUC .

os valores de m e t são respectivamente: a. c. ( FGV . b. ( UEL . 6 d. d. e.PR ) Seja a função y = mx + t representada no gráfico a seguir.2y = 6 2x + 3y = 6 -3x + 2y = 6 X -2x + 3y = 6 19.c. b. 3x + 2y = 6 3x . -3/2 e -3 -3/2 e 3 3/2 e 3 X 3 e -6 3e6 . -4 e. e. 3 18.SP ) A equação da reta na figura abaixo é: a. d. c.

e.20. 3y + x=1 e.SP ) Considere o gráfico: A equação da reta r é: a. y + x = 1 . 20 5 -10 10 X -20 21. ( FM ITAJUBA-MG ) O valor de m de modo que a reta de equação 2m . y = x+1 b. b. 3y x=3 d. d. y = x+1 X c.5y + 1 = 0 tenha coeficiente angular igual a 4 é: a. ( FGV . c.

Qual será a equação da reta AB ? a. (AMAM ) Qual a equação da reta que passa pelo ponto P ( 1.y . c.50 = 0 X 25. d.2x .9x = 0 + 9x + 50 = 0 . c.7 = 0 é: a.9 = 0 é: a. 1 ) X 12. y y y y y = = = = = x -1 2x + 1 1-x x+1X 1 . d. c. e. e.4 y + 24 = 0 X x+3y-1=0 x+2y+6=0 23. c. para a reta kx . 3 ) é o ponto médio do segmento da reta AB. x x 3 2 3 +y+1=0 -y+7=0 x . A equação da reta que passa pela intersecção das retas x + y . ( UFPR ) O ponto P ( -4. d. b. c.50 = 0 .22. cujas extremidades estão sobre os eixos coordenados.4y + 2k = 0 passe no ponto de intersecção das retas 2x y + 3 = 0 e x + y . 6 ) 24.9x . 4 ) 4. b. 7 ) -4. b. 9 ) -1. 2 ) e forma um ângulo de 45º com o sentido positivo do eixo x ? a. d. O valor de K. b. 12x 12y 12y 12y nda + 9y .y + 5 = 0 e tem coeficiente angular igual a 3/4 é: a. ( ( ( ( ( 1.3 = 0 e 2x . b. d. e. 7X 2 9 5 -7 26. e. e. O ponto de intersecção das retas ( r ) x+y-5=0 e (s) 2x .

Qual a mediatriz desse segmento? a. y=xX y=x+1 y = 2x . ( CESCEM.x + m. e.10 = O e m.x . sobre o eixo das ordenadas. o valor de m deve ser: a.2y + 6 = 0 interceptam-se : a.27.y + 5 = 0 sejam paralelas. b. e. 5 ) POSIÇÕES RELATIVAS DE DUAS RETAS 1. 7y + x = 0 c. e. x + y .y . X no ponto ( -6. c.25 = 0 b. (CEFET) .x + 8. d.Para que as retas 2.y + 7 = 0 determina um segmento sobre os eixos coordenados.1 y = 2x + 1 10y = 9x + 1 28. B ( 2.PR) . 0 ) sobre o eixo das abscissas na origem dos eixos coordenados. no ponto ( 1. (UEPG . ( FUVEST . d. 4 -4 4 ou -4 X -1 nda 2.y + 3 = 0 e x . d. SP ) As retas 2x . A altura do triângulo ABC pelo vértice A tem equação: a. x + 7y . b. 1 ). 1 ). c.2 ) e C ( 3. c.24 = 0 X .SP ) Sejam os pontos A ( 1.A reta 7. b.

e.d. c. c. d.y . c. b.11 = 0 e x + 2y + 7 = 0 2x + y + 11 = 0 e x + 2y + 7 = 0 2x + y . e. somente se: a. 7x + y + 7 = 0 e. e. e.8 = 0 3x . ( PUC . d. b. b.m = 1 X 4. 3x .11 = 0 e x . p+m=0 m=-p p=m p/m = 1 p. d.7 = 0 nda .3y . x + 7 y = 0 3.2y .11 = 0 e x + 2y + 7 = 0 X 2x + y .8 = 0 X nda 6.y + 3 = 0 são : a.SP ) As retas ( m-2 )x + 3y -1 = 0 e x + my + 2 = 0 são paralelas. -5 ) e são uma paralela e outra perpendicular à reta 2x . (CESCEA) . d. b. m m m m m = = = = = 3 -1 1 2 3 ou m = -1 X 5. (UEPG-PR) A equação da mediatriz do segmento cujas extremidades são as intersecções da reta x . 2x-y .y + 8 = 0 3x + y + 8 = 0 3x + y .As retas e são paralelas se: a. ( UFPR ) As equações das retas que passam pelo ponto ( 3. c.6 = 0 com os eixos coordenados é: a.

PR ) Determine a equação da reta que passa pelo ponto de intercessão das retas ( r ) 2x + y -3 = 0 ( s ) 4x . 2 3 4 5 6X .3y + 5 = 0 a. b. 1 ). de vértices A ( 1. 2 ). c. de vértices A ( 1. d.3y + 2 = 0 x . c. o valor de a é: a. 3 ) e C ( 3. b ) e B ( -1. e. 7 ) é: a. ( CESCEM .4 = 0 X 3x + y . A equação da reta suporte da altura relativa ao lado BC do triângulo ABC.3y . 6 ) é: a. x x x x x +y=0 +y-2=0X -y+2=0 +y-2+0 -y-2=0 10. 1 ). ( UEL .5 3b .3y + 15 = 0 seja paralela a reta determinada pelos pontos A ( a. c. b. d.7 X -3b + 7 ( b/3 ) . d. b. x .4 = 0 3x + y . 2 ) e C ( 3. A soma das coordenadas do circuncentro do triângulo ABC. -3b + 5 3b .( 7/3 ) 8.7. e. b. e. d. e. c.SP ) Para que a reta x . B ( -1.2 = 0 x-y+1=0 9. B ( -1.

e. b. 3 ) . ( CEFET ) Determine a equação da reta que passa pelo ponto ( 0. e.3 = 0 ? a.2y -1 = 0 podemos afirmar que: a.5 = 0 . 1 ) e B ( 9. são 2 a 2 paralelas r1 e r2 são paralelas r1 é perpendicular a r3 r2 perpendicular a r3 as três retas são concorrentes num mesmo ponto X 12 ( CEFET ) Qual é o ponto simétrico do ponto P ( 2. -1 ) e é paralela à bissetriz dos quadrantes ímpares: a. 6. ( ITA . b. 6. x + y = -1 . ( CEFET ) O valor de m para a qual a reta x + y/m = 0 e 2x . r2 : x . -3 ) X -1 ) e ( 4. c.SP ) Dadas as retas r1: x + 2y . d. c. d. 3 ) em relação a reta x . c. d. d. ( ( ( ( ( 4. -3 ) -1 ) -3 ) 1) 13. 0. 20 21 22 X 23 24 15.y . e.2y + 1 = 0 são perpendiculares é: a. -1/2 -1 1X 1/2 -2 14.2 = 0 e r3: x . b.y . A mediatriz do segmento AB encontra o eixo dos y no ponto de ordenada igual a : a. e. 2.SP ) São dados os pontos A ( 1. ( FUVEST . b.11. c.

24 c. 5 X 3.BA ) Considere o triângulo de vértices A ( 0. ( UEL . B (4. 8/9 . c.y = -1 ÁREA DE POLÍGONO 1. A área desse triângulo. 4 d. 1 ). 4 e. 72 e. 2 b. 96 X 2. 4 ) e C ( 4. c. em unidades de superfície é: a. d.b. 2). -1) e C (m.PR ) Os pontos ( -2. 48 d. 7/3 b. Dado um sistema de coordenadas cartesianas no plano.B ( 1. o valor de m deve ser: a. considere os pontos A (2. ( PUC . .2y = 2 + 2y = -2 -y=1X . 0) . Para que AC + CB seja mínimo. 16 b. Sua altura em relação à base BC mede : a. x x x x . e. 4 ) e ( 6. 0 ).4 ) são os vértices de um triângulo equilátero.

é: a. 2 ). x = 5 e pelo eixo das abscissas ? a.c. 3. b. ( CEFET ) A distância da reta x + y . 11/3 4.1 = 0 . A área do triângulo formado pela reta que passa pelos pontos A ( 1.5 e. Qual é a distância entre as retas 3x + 4y . qual é a área do triângulo determinado pelas retas de equações x . d.4 = 0 à origem do sistema cartesiano é : a. -2 ) e B ( 3. c. e. pelos eixos coordenados. 4X 5 2 3 6 . d. c. e. 1 2X 3 4 2. 8 4X 16 5 10 DISTÂNCIA DE UM PONTO A UMA RETA 1. 8X 12 16 6 10 5.y . c. b. b. d. e.12 = 0 e 3x + 4y + 8 = 0 ? a. d. b. 10/3 X d. c. e. ( UFPR ) Em um sistema de cartesiano ortogonal.

X 5 ( CESCEA .SP ) A distância de P ( 1. -1 ) à reta de equação y + 3x + 8 = 0 é: a.y = 0 é . e. c. Então. ( UFRS ) A distância do ponto ( 2.3. d. ( PUC ) A distância do ponto P ( 3.SP ) Seja r a reta que passa pelo ponto ( 3. O valor de m é: a. b. 2 ) e é paralela a reta x . d. -12 ou 6 -6 2 -2 ou 6 X 2 ou -6 4. b. c.y + 2 = 0 . nda 6. 1 ) a reta r de equação 2x + 5y -1 = 0 é: a. b. ( CESCEA . m ) à reta x . d. X e. e. a distância do ponto ( -3. 0 ) à reta r é: . c.

3 4X 5 2 e. O raio da circunferência de centro ( 3. 4 c. A distância do centro C ( 2. 2 .15 y + 8 = 0 é: a. A medida da altura do triângulo ABC relativa ao lado BC sendo A ( 3. Qual é o raio de uma circunferência de centro ( 2. c. b. 1 2 3X 4 5 9.a. 4 10. e. 2 e. 5 ). 0 ) e tangente à reta t de equação 3x + 4y + 9 = 0 ? a. b. b. nda /2 X 7. 3 ) da circunferência à reta 5x + 12 y + 6 = 0 é: a. b. e. d. c. c. d. d. 1 X b. B ( 0. 2 ) é: a. 1 ) que tangência a reta de equação 8x . -1 ) e C ( 4. d. 3X 4 5 6 5/2 8.

Um trapézio ABCD é tal que B ( -3. -2 ).SP ) As retas x + 2y . x x x x x + + + + + 2y 2y 2y 2y 2y +1=0X -1=0 -2=0 +2=0 .3 = 0 e x + 2y + 5 = 0 são paralelas. b. d. 2 ) e D ( -1. A equação da reta paralela e eqüidistante dessas retas é: a.5/3 = 0 12. C ( 2. 3/2 11. c. e.c. c. A altura desse trapézio mede : a. ( CESCEM . 2 ) . d. 10 4X 5 8/5 6/5 . e. b. e. 1/17 d.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful