Você está na página 1de 7

Matriz Impacto Estratégico

(Avaliação Individual)

Grau de Dificuldade na implementação


Impacto positivo no CFROGI/Indicador

Disponibilidade de Recursos (H/M/F)**


Prazo para implementação do projeto
Contribuição para a Melhoria do

Sustentabilidade da Melhoria
Desempenho Operacional*

Complexidade do Projeto
Citérios para Priorização
O critério de Avaliação:

Ecoômico
(Abaixo)

Oportunidades/Projetos

Observações:
(*) - Aumento da produtividade, disponibilidade ou índice de utilização)
(**) - Recursos humanos, materiais ou financeiros)

Critérios de Avaliação:

1- Contribuição para a Melhoria do 3 - Prazo para implementação do


5 - Sustentabilidade da Melhoria: 7 - Complexidade do Projeto:
Desempenho Operacional: Projeto

• 5 – Acima de 15% • 5 – Até 3 meses • 5 – Ganho incorporado ao processo • 5 – Baixa


• 3 – (10% < prazo < 15%) • 3 – 3 meses < prazo < 6 meses • 3 – 1 ano < efetividade < 5 anos • 3 – Média
• 1 – Até 10% • 1 – Acima de 6 meses • 1 – efetividade = 1 ano • 1 – Alta
• 0 - Não tem • 0 – efetividade < 1 ano

4 - Complexidade do Projeto: 6 - Grau de Dificuldade: 8 - Disponibilidade de Recursos:


2 - Impacto Positivo no CFROGI

• 5 – > 10% • 5 – Baixa • 5 – Baixo • 5 – Disponível e orçado


• 3 – 5% < Impacto < 10% • 3 – Média • 3 – Médio • 3 – Disponível parcialmente e orçado
• 1 – Até 5% • 1 – Alta • 1 – Alto • 1 – Não disponível e orçado
• 0 - Não tem • 0 – Não disponível e não orçado
 Gerisval Pessoa
Matriz de Impacto Estratégico

Impacto positivo no CFROGI/Indicador

Grau de Dificuldade na implementação

Disponibilidade de Recursos (H/M/F)**


Prazo para implementação do projeto
Contribuição para a Melhoria do

Sustentabilidade da Melhoria
Desempenho Operacional*

Complexidade do Projeto
Citérios para Priorização

econômico
O critério de Avaliação:
(Abaixo)

Grau de Importância dos Critérios (Peso)


Oportunidades/Projetos Total Priorização
10 10 8 8 7 6 5

Observações:
(*) - Aumento da produtividade, disponibilidade ou índice de utilização)
(**) - Recursos humanos, materiais ou financeiros)

Critérios de Avaliação:

1- Contribuição para a Melhoria do 3 - Prazo para implementação do


5 - Sustentabilidade da Melhoria: 7 - Complexidade do Projeto:
Desempenho Operacional: Projeto

• 5 – Acima de 15% • 5 – Até 3 meses • 5 – Ganho incorporado ao processo • 5 – Baixa


• 3 – (10% < prazo < 15%) • 3 – 3 meses < prazo < 6 meses • 3 – 1 ano < efetividade < 5 anos • 3 – Média
• 1 – Até 10% • 1 – Acima de 6 meses • 1 – efetividade = 1 ano • 1 – Alta
• 0 - Não tem • 0 – efetividade < 1 ano

4 - Complexidade do Projeto: 6 - Grau de Dificuldade: 8 - Disponibilidade de Recursos:


2 - Impacto Positivo no CFROGI

• 5 – > 10% • 5 – Baixa • 5 – Baixo • 5 – Disponível e orçado


• 3 – 5% < Impacto < 10% • 3 – Média • 3 – Médio • 3 – Disponível parcialmente e orçado
• 1 – Até 5% • 1 – Alta • 1 – Alto • 1 – Não disponível e orçado
• 0 - Não tem • 0 – Não disponível e não orçado
 Gerisval Pessoa
Sumário da Oportunidade de Melhoria

Gerência Geral: Responsável: Data:

Título:
Prazo: ( ) Curto ( ) Médio ( ) Longo

Descrição da Oportunidade/Projeto:

Meta:

Ganhos resultantes da Oportunidade:

Ambito e restrições da Oportunidade:


 Gerisval Pessoa
Data:

édio ( ) Longo
Macro-Plano de Ação
Unidade Gerêncial:

Prazo
Projeto Meta (Início/Conclusão) Indicador-Chave de Desempenho Responsável Status

 Gerisval Pessoa