Você está na página 1de 2

DILEMAS NA VIDA DE UM PROFESSOR

Creonice Maria B. do Carmo


Kelly Tainara da Silva

A iniciação do jovem professor na carreira docente é difícil e conflituosa. O impacto sofrido

por eles é denominado por Muller-Folbrodt et all (citado por Silva) como “choque com a

realidade”. Esse choque é decorrente das frustrações, desilusões e de insegurança e

grandes mudanças em suas vidas. Muitos ficam desmotivados, angustiados, com baixa

auto-estima, decepcionados e alguns casos até abandonam a profissão.

Dessa forma, na passagem de aluno para professor há um período de descobertas, onde

o professor teme que seus modos de pensar e de agir sejam incoerentes aos de seus

pares. A preocupação em se integrarem e agir de acordo com que os outros esperam

para que sejam aceitos e as necessidades de se adaptarem às novas situações de vida

causam angústias, desequilíbrio e preocupações. Neste sentido, Silva (1997, p.55) afirma

que o “ritual de passagem a um novo grupo socioprofissional nem sempre ocorre sem

sobressaltos, pois que, muitas vezes, há cortes bruscos que afectam o jovem professor”.

Entretanto, os problemas que os professores encontram são diversos, vão desde a

preocupação em se relacionar com os colegas de trabalho até a preocupação com o

ensino-aprendizagem dos alunos. Silva (1997) acredita que no primeiro dia de execução

de trabalho, começa uma etapa de manifestação de dilemas na vida do professor.

Para Caetano (1997) os dilemas são vivências subjetivas, conflitos interiores e práticos

ocorridos em contextos profissionais. A atuação do professor constitui um campo de

conflitos, onde cada profissional se confronta diariamente com diversas situações

problemas: alunos, comunidade escolar, organização escolar, sistema educativo.


O cerne dos dilemas reside na dificuldade que os professores têm de tomar posições

diante de dois pólos de conflitos, pois as atitudes do professor estão sempre relacionadas

a uma questão ética. A ética envolve pensamento e ação, nesse sentido, o ensino

constitui uma atividade ética ao projetar no aluno finalidades educativas.

Os dilemas geram inquietações nos professores, a resolução de conflitos não é fácil.

Nesse contexto, os dilemas podem contribuir para mudança e para o desenvolvimento

profissional dos professores. Numa situação de dilema, o professor se confronta consigo

mesmo e outros no seu campo de atuação o que estimula a buscar soluções, favorecendo

assim sua formação.

REFERÊNCIAS

CAETANO, Ana Paula. Dilemas dos professores. In: ESTRELA, Maria Tereza (Org.). Viver

e construir a profissão docente. Porto: Porto Editora, 1997.

SILVA, Maria C. Marques. O primeiro ano da docência. In: ESTRELA, Maria Tereza (Org.).

Viver e construir a profissão docente. Porto: Porto Editora, 1997.

Creonice Maria B. do Carmo e Kelly Tainara da Silva - Bolsistas do projeto de pesquisa:


Grupo de Estudos Interdisciplinares de Formação, Prática e Condição Docente – GEIFOP
(UNI-BH)
Professoras: Nali Rosa e Marília Marinho