Você está na página 1de 44

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DE GOIÁS

PROCESSO NR:

li a VARA FEDERAL

12023-

03.2011.4.01.3500

TERMO DE ABERTURA DE VOLUME DE AUTOS

Aos 31 de Março de 2011, procedi à abertura do 40 volume destes autos, a partir das folhas 395.

—S'ERVIDOR C

trok Bohacbna Rodrigs

øàçctor ce Sçettina da 11 Vrt

"Is

ITmistiiio P(co

doÉsSo& Goiás

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DE DIREITO DA 1a VARA JUDICIAL DA COMARCA DE VALPARAISO DE GOIÁS

Inquérito Policial Federal n° 0089/2011

Trata-se sucessivamente de pedidos de prisão preventiva, prisão temporária, condução coercitiva, busca e apreensão e bloqueio sucessivo de movimentação bancária formulados no bojo do Inquérito Policial Federal n° 0089/2011, pelo Departamento de Polícia Federal do Distrito Federal, em desfavor de Antônio José Sampaio Naziozeno, Carlos Augusto de Almeida Ramos, Elion Alves Moreira, Fernando Cézar da Silva, Francisco Marcelo de Souza Queiroga, Geovane Pereira da Silva, Harold Salvador Ruiz Escobar, Idalberto Matias de Araújo, José Ernesto Nino de Farias, José Olímpio de Queiroga Neto, Lenine Araújo de Souza, Raimundo Washington de Souza Queiroga, Rosalvo Simprini Cruz, Terezinha Francisca da Silva Medeiros, Valmir José da Rocha, Willian Vitorino, Anselmo Barbosa Câmara, Antônio Carlos da Silva, Jairo Martins de Souza, José Luiz Martins de Araújo, Marcelo Zegaib Mauad, Sônia Regina de Melo, Franciso Miguel de Souza, Niteo Chaves Jr, Hylo Marques Pereira, André Pessanha de Aguiar, Antonil Ferreira dos Santos, Carlos Antônio Elias, Edmar Francisco Dourado, Edmílson Vilasboas de Souza, João de Deus Teixeira Barbosa, Jorge Flores Cabral, Leonam Pereira Ribeiro dos Santos, Leonardo Jeiferson Rocha Lima, Milton Antônio Ananias, Overlaques Bezerra de Barros, Teodorico Mendes, Valdemir Rodrigues de Araújo, Vanildo Coelho, Witer Dantas da Costa, Let - Mizano Indústria, Comércio, Importação e Exportação de Veículos Ltda., Vitapan Indústria Farmacêutica Ltda., Francisco Marcelo, Antônio Naziozeno, Raimundo Washington, Valmir Rocha e Danilo Dias.

1111%

MMS*SO Pi&o de Esbdo de GaLãs

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

Inicialmente, o expediente em análise foi encaminhado às Promotorias de Justiça de Valparaíso de Goiás, oportunidade em que as Promotoras de Justiça naturais deram-se por suspeitas, conforme se verifica às fis. 392/20 vol.

Compulsando os autos, extrai-se que diversas diligências foram encetadas visando demonstrar a existência de um organização criminosa voltada para a prática de diversos crimes.

Eis a síntese do necessário.

Não obstante o farto conjunto probatório coligido, constata-se, na espécie, e a priori, que falece competência à Justiça Comum Estadual para processar e julgar o presente feito. Vejamos:

Com efeito, analisando as transcrições oriundas das interceptações telefônicas levadas a cabo, nota-se a existência de veementes indícios de envolvimento na organização criminosa em testilha do sujeito identificado como "Fonseca", o qual, segundo denota-se das degravações, seria servidor público federal. Conforme abaixo demostrado, em diversas ocasiões, "Fonseca" é mencionado como importante membro do grupo, tendo participação direta para o sucesso da empreitada, cabendo a ele, dentre outras atribuições, "segurar a RODO". In verbis:

o

TELEFONE

316010027451241 OLIMPIO - MONTE CARLO

INTERLOCUTORES /COMENTÃRIO OLIMPIO X WASHINGTON @@@ $ TR

NOME DO ALVO

DATA/HORA INICIAL

DATA/HORA FINAL

DURAÇÃO

18/12/2010 11:10:33

18/12/2010 11:21:14

00:10:41

ALVO

INTERLOCUTOR

ORIGEM DA LIGAÇÃO

TIPO

316010027451241 724009001082703 724009001082703

R

RESUMO

OLIMPIO está em Goiânia em busca da autorização para WASHINGTON funcionar. Ambos discutem possibilidades de funcionar sem

autorização e sem ser fechado pela polícia a mando de LENINE. FONSECA tem um encontro marcado com WASHINGTON.

1 Polícia Rodoviária Federal?

o

/

Á

2/29

1flI

MÍSISiO Pu&o

tEsbdoàeGóãs

:3c3:

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

DIÁLOGO WASHINGTON: OLÍMPIO, como é que eu procedo. OLÍMPIO: o que é WASHINGTON.

WASHINGTON: O FONSECA marcou comigo ele me ligou aqui, agora chegando no Vai, o que eu falo com ele; ou não falo com ele?

OLIMPIO: WASHINGTON, eu não falei com ninguém aqui sabe. Deixa eu te falar urna coisa para você, eu to ligando to ligando ta dando desligado. Teve ter tomado todas ontem, o povo quando começa a beber, bebe muito. Veja bem eu não falei com ninguém ainda, eu vou ficar até meio dia, depois de meio dia eu não dou conta mais de ficar não. Vou tentar falar com eles até meio dia; se eu não falar você tem que esta segunda opção ai; você tenta segurar com o FONSECA ai, é o jeito uai. Porque eu não posso dar o ok para você sem falar com eles, entendeu, então é melhor eu ficar de fora.

WASHINGTON: Uai, e você falando com LENINE não resolve não?

LA

OLIMPIO: o LENINE não manda em nada não, o LENINE ele não vai falar nada não, primeiro que ele está em Aparecida de São Paulo, ele ta em Aparecida, tem aquele negócio da procissão ne; não tem um negócio da procissão? Ele está na procissão, eu não consigo falar com ele. Entendeu, eu não consigo falar com ele. Nem eu conseguindo falar com ele, ele não resolve, ele vai falar ah! Eu tenho que falar com o povo, eu tenho que falar com o povo, então eu já vim logo falar com eles a qui. Agora ontem eles foram para Eles almoçaram na churrascaria e de lá foram para uma chácara ih eu estou tentando ligar aqui, e não consigo de jeito nenhum, só dá desligado, mas eu vou ficar tentando até meio-dia. Enrola ele ai até meio-dia. Agora, entendeu é uma saída. Se eu não conseguir falar com eles, você adapta por conta e risco ai, você é que sabe, você faz um, dá uma conversada com o FONSECA, apesar de que o FONSECA não vai segurar é porra nenhuma. FONSECA segura o pessoa da "RODO" só isto. Tinha que segurar a PM aí, o pessoal da PM no.

WASHINGTON: O pessoal da PM eu seguro, mas só se o LENINE mandar, só quem pode mandar aqui fechar é o LENINE.

OLÍMPIO: Pois é, e eu não estou falando com ele, que ele está em Aparecida, eu não consigo falar de jeito nenhum, to ligando direto, não consigo também, que eu até comunicar. Oh, abriu ontem tal, mas eu ia até falar; Oh LENINE eu vou peitar esta porra, e você segura a onda comigo, mas nem isto eu estou conseguindo. Mas eu estou tentando aqui, to aqui em Goiânia só saio daqui depois de meio dia. Eu vou esperar para falar com ele ainda ta!

WASHINGTON: Você acha que o LENINE fazia sem falar com você?

1F

r

IflI%

Mt Pit do Esbdo de Gaas

EMIN

WÍLI

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

OLÍMPIO: Eu não sei. O LENINE não é confiável é uma trairá ne, então assim prá. O problema é o seguinte, eu acho o seguinte WASHINGTON, eu acho o seguinte, Se você tivesse um pouquinho mais de paciência eu ia resolver isto aqui, agora você quer abrir não

adianta, já fez ontem a coisa errada de ter "abrido 11 , você já fez

a coisa errada. Você acha que eles não estão sabendo? Eu acho que

eles estão sabendo! Então assim, eu não posso te garantir, talvez não esteja, tem isto também não sei. Eu não posso garantir nada, só que eu não consigo falar. Vou fazer o que? Não estou conseguindo falar. Ontem, na hora que eu cheguei aqui, eles

estavam tomando cachaça, fava bêbado. -Oh quando a gente chegar ai

a gente te chama. Mas cadê? Até agora nada, mas eu vou ficar

tentando aqui. Eu acho o seguinte rapaz, não vai fazer você ficar nem mais rico nem mais pobre. Esperar isto ai para segunda-feira e resolver isto com calma, eu acho que não vai. Agora, você que testar. Ai você testa para ver. Agora eu não posso me responsabilizar por um negócio deste, não tem como, não tem como me responsabilizar sem falar com os caras aqui, não tem jeito.

WASHINGTON: Eu acho que está fazendo, agora não tem mais jeito

de recuar não, como se abre ontem

Eu vou tentar contornar aqui com o FONSECA entendeu, se acontecer

alguma coisa eu vou estar aqui, ontem eu abri e fechei, hoje eu vou abrir e fechar. Vou para cima deles, deixa eles. Deixa eles "vierem" fechar aqui. Não é assim também não. Vamos ver se consegue contornar aqui.

Foi uma loucura isto aqui.

OLÍMPIO: Eu vou tentar aqui, até a ultima medida que eu conseguir, eu vou tentar aqui. Agora fazer acordo com o FONSECA, você sabe, que vai ficar com acordo com ele no, muitos dias.

WASHINGTON: Não vou fazer acordo não, vou ouvir ele e ver o que,

que é aqui, o que vai acontecer tal, tal para mim saber. Saber se

é verdade. Ai, eu te passo depois no rádio. Depois que eu sair

dele eu te passo para ver, se me dá uma opinião.

OLÍMPIO: Falou com LENINE, mentira que o LENINE nem falou com ele. LENINE ta, viajou não esta nem ai. E uma vez, aquela vez que você falou para mim. Eu falei para o LENINE, - LENINE, oh o FONSECA está propondo fazer acordo com ele para abrir. Falaram até para o LENINE.

WASHINGTON: Pois é. Ele falou com . Ele teve lá uma hora da manhã em ponto. - Você sabe porque eu estou aqui baixinho. Eu fale:i não, Por que? -Você sabe o outro lá, o outro lá, me pediu para vim aqui fechar. - Uai então entra para dentro e "fecha". Ele disse assim: -não não é assim não eu quero conversar com você, você está muito ignorante comigo. Eu falei: - não cara, olha as atitudes que você toma ai, que estória de fechar isto aqui rapaz.

P,

4129

Mtio Püb4ico do EsSo de Goiás

396\

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

OLÍMPIO: É mentira, mentira dele, LENINE ligou para ele nunca. Mentira dele. Nunca que o LENINE ia ligar para ele, nunca. Começa

nunca que o LENINE ia ligar para ele para pedir para

fechar. Que ver oh nunca. Agora se ele ligar para o LENINE e falar: -LENINE oh, deixa o negócio funcionar ai tal, tal. Talvez o

LENINE vai quietar, mas depois vai dar o bote por traz ne, que ele pode pensar no negócio dele ne. De ir para cima do negócio dele. Eu estou com oh, o que pode ser feito também, presta atenção, presta atenção. O LENINE caga de medo daquele pessoal lá, sabe, dos assaltos.

por ai,

WASHINGTON: Não copiei, não copiei

OLÍMPIO: Então preta atenção, que até falei com ele uma vez. -Sabe LENINE. - Oh LENINE os cara estão propondo, estão procurando, agora esta semana, Procuraram o pessoal do WASHINGTON, e estão querendo fazer um acordo ne. -OLIMPIO não deixa fazer este acordo pronto. E ele está preocupado com isto. Então o que p000de ser feito é chegar na boca do WILLIAN, chegar na boca WILLIAN, do

através do MIGUEL, através daquele

chega dá um recadinho lá, entendeu. Isto assim oh! É lá esta acordado com os caras ai, os caras "falou que se vim para cima'. Vão para cima de vocês também. Alguma coisa de leve ne.

neguinho outro lá. LEONAM

WASHINGTON: Ontem, eu podei todo mundo ai. Estes caras ai, o LEONAM, podei MIGUEL, um batalhão ai. Então já sabe que estes caras estavam aqui junto. E eu falei para o MIGUEL que ia tentar fechar. O MIGUEL falou esta porra aqui não fecha, não fecha, MIGUEL falando então. Não é assim não. Mas o que pode ser feito também, é botar o TCHE, se tiver esta conversa do LENINE ne, que eu acho, não sei se tem ou não, bota TCHE falando com o LENINE na hora.

OLÍMPIO: Não, não fala, não, neste momento agora. não fala não. Ele está incomunicável, rapaz. Ele está em Aparecida. Não tem uma cidade de Aparecida que faz uma procissão, não tem?

WASHINGTON: São Paulo que ele está? Aparecida é em São Paulo.

OLÍMPIO: Exatamente, ele está lá. Então assim, seeee chegar através daquele, como é o nome daquele neguinho lá, daquele nequinho traíra lá.

WASHINGTON: SILVA! SILVA!

botar LEONAN botar alguém que

sabe que está dentro do negócio dele e falar: -aqui oh bicho,que fez um acordinho com a gente aqui, estamos, não tem nada haver com OLIMPIO, nem com LENINE nem nada nos estamos agilizando aqui pronto. Ai pode ser que eles pensem duas vezes em fechar neste final de semana que você está querendo. Para Segunda-Feira eu

OLÍMPIO: Exatamente, botar

111h

Niittmio PiáIico tEstado de Gos

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

contornar, entendeu; eu conseguir a autorização aqui. Mas deixa eu ver primeiro aqui. Eu não sei não. Se eu fosse você eu segurava mais um pouquinho. Depois eu não sei não, para consertar vai ser muito mais difícil, entendeu. O feda é isso, consertar depois que vai ser o feda, isto que vai ser o feda, entendeu. Vai ouvir o que o FONSECA está querendo. -Oh FONSECA não vem com esta não o LENINE está viajando. O LENINE está em Aparecida, entendeu. Vamos lá o que você está querendo na real, o que você está querendo. Agora, o que você pode ajudar? Ajudar em que? Está bom, se a PM for fechar, se a civil for fechar você segura o que? Você segura o que? A RODO? Tem sem moral do caralho.

WASHINGTON: Eu sei; este o negócio do WTLLIAN. Mas eu acho que

no final de semana contorna ai. Com o resultado você chega neles, segunda-feira vê se consegue botar este negócio aqui para funcionar, pelo menos neste final de ano. Final de ano aqui nois

arrebenta. (

) Eu estava desesperado também cara. Eu até te

entendo, que eu forcei a barra ai. Porque é a situação, velho.

OLÍMPIO: Situação que você mesmo criou bicho. O problema é este, você cria a situação e quer que os outros resolvam seus problemas. Este é o problema. Eu não concordo com o jeito que você está agindo. Entendeu, eu não concordo. Agora cada um sabe onde o sapato aperta ne. Eu só quero dizer isto, autorização eu não tenho. Toda vez que eu venho aqui, resolver alguma coisa, neste sentido, tinha este negócio destes assaltos. Ai, não tinha jeito os cara pó, como é que pede urna coisa e está sendo assaltado, entendeu. Agora tem que fazer um trabalhinho ai. Deixa eu se consigo falar com. Eu vou ficar tentando falar com eles aqui. Vamos ver. Se eu conseguir. Eu tenho certeza se eu sentar com eles eu resolvo. Em dois minutos eu resolvo. Eu vou dar um cheque mate aqui neles e pronto.

WASHINGTON: Inclusive OLIMPIO eu falei com o FONSECA que você não autorizou também ta. Em nenhum momento eu falei para o FONSECA que você autorizou não. Falei ate que eu me 'desastrei" com você, porque por você não era para eu fazer isto. Eu fui bem claro oh!

TELEFONE

NOME DO ALVO

316010027451241 OLIMPIO - MONTE CARLO

INTERLOCUTORES/COMENTÁRIO

OLIMPIO X WASHINGTON 8 TR

DATA/HORA INICIAL

DATA/HORA FINAL

DURAÇÃO

18/12/2010 13:30:32

18/12/2010 13:31:22

00:00:50

ALVO

INTERLOCUTOR

ORIGEM DA LIGAÇÃO

igf

TIPO

316010027451241

724009001082703

R

RESUMO

rI

316010027451241

29

111h

Nt rto

do bbSd Gçás

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

Discutem a possibilidade de prevenção contra ação de fechamento da casa de WASHINGTON.

DIÁLOGO

OLIMPIO: o importante WASHINGTON. Tá na escuta?

WASHINGTON: Segue.

OLIMPIO: O importante é chegar na boca do SILVA, o FONSECA não, é chegar na boca do SILVA. -Oh SILVÃO, quem ta lá, quem dá cobertura é os mininos lá, se acontecer alguma coisa os caras vão para cima de voces. Fala logo assim.

LI

WASHINGTON: O SILVA não faz. Fica tranqüilo que o SILVA não faz não.

OLIMPIO: Não entendi, corno é que é?

WASHINGTON: O SILVA, pode ficar tranqüilo que o SILVA não faz. Meu medo é chegar aquele gaiatinho daquele DADA aqui. Cara, eu vou manda logo dá uma taca nele.

OLÍMPIO: Então tá bom.

TELEFONE

NOME DO ALVO

316010027451241 OLIMPIO - MONTE CARLO

INTERLOCUTORES/COMENTÁRIO OLIMPIO X CARLINHOS @@@ TR

DATA/HORA INICIAL 20/12/2010 12:51:53 ALVO

TIPO

DATA/HORA FINAL 20/12/2010 12:54:52 INTERLOCUTOR

316010027451241

316010027445095

DURAÇÃO

00:02:59

ORIGEM DA LIGAÇÃO

316010027451241

R

RESUMO

OLIMPIO e CARLINHOS discutem o ocorrido com o WASHINGTON, e a participação do FONSECA.

DIÁLOGO

OLIMPIO: Oba CARLINHOS.

CARLINHOS: E ai OLIMPIO? Tudo bom? OLÍMPIO: Tranqüilo! Tranqüilo. E mas, deixa e te falar. E aquele negócio do menino, mas já resolveu. Eu tinha duas situações uma daquele filha da puta do FONSECA, que eu estava com medo dele bancar a situação entendeu, e a outra era o problema do WASHINGTON, mas foi resolvido.

CARLINHOS: Como você fala?

7/29

111h

Mo Ptïto do Estado de Goiás

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

OLÍMPIO: Não porque o FONSECA, botou na cabeça daquele babaca do WASHINGTON que ele segurava, entendeu. -Não deixa comigo que eu resolvo com LENINE e com você. -Deixa comigo que eu resolvo. Ai foi bancar a situação encima disso ai, eu falei: - Rapaz você não vai, que você vai se fuder porra. Ai eu fui, fiz questão de ir para ai, para conversar com você para tentar amenizar a situação, né. Ai o FONSECA foi, não que eu resolvo, pode deixar que eu resolvo, resolvo. Foi para cima lá e tomou no cú.

CARLINHOS: pois é mais ai o WASHINGTON quer retaliar, não deixa OLIMPIO, isto ai desgraça o nosso relacionamento. E outra coisa, imagina uma casa daquela cheia do jeito que tava, na cara da Promotoria.

OLIMPIO: Concordo com você, o LENINE é testemunha, eu sempre fui contra desde o começo isso ai pó. Chegou um ponto, só que é o seguinte, chegou àquele babaca do FONSECA, fez lá com o WASHINGTON

e o cara desesperado, pode ir que eu garanto, pode ir que eu

garanto, e entrou num barco furado lá, mas deixa que eu vou controlar ele ai não se preocupa não. Eu não vou, eu não teu. Ele

vai me ligar então, deixa que eu vou ver. Agora tem que só ver só

o FONSECA viu, só o FONSECA. E ai o LENINE resolve com ele ai.

CARLINHOS: Não moço. Aquilo lá a nos temos é que trabalhar para tirar ele dai. Agora é seguinte, não deixa ninguém fazer nada ai não, porque senão o povo vaio retaliar para cima do LENINE é fria, para que isto, não vamos entra em guerra. Não pode ter um trem daquele lá, aquilo lá afronta o MP rapaz, isto é besteira. Você entendeu. Olha isto ai para mim OLIMPIO, eu confio em você.

OLIMPIO: Tranquilo, a minha função é justamente esta apaziguar tudo, pode ficar tranquilo. o que puder fazer eu faço. Entendeu. Só que a situação que estava preocupado é o seguinte: era o FONSECA convencer vocês disto ai, entendeu. Ai ele falei: - porra se o FONSECA, conseguir isto, uai ai nos estamos fundidos mesmo como é que eu ficar, eu ficar mau na situação, porque segurei até

a última instância que eu dei para segurar eu segurei, o LENINE

sabe disso. Ai aquele babaca daquele do FONSECA botou na cabeça do Mané lá que segurava. Mas foi bom, mas foi bom, deixa que agora eu vou resolver ta.

CARLINHOS; Excelente, obrigado viu OLIMPIO estou aqui a disposição, um abraço. OLÍMPIO: Valeu, Valeu

TELEFONE

316010027451241 OLIMPIO - MONTE CARLO

INTERLOCUTORES/COMENTÁRIO

NOME DO ALVO

OLIMPIO X WASHINGTON @@@ TR

DATA/HORA INICIAL

DATA/HORA FINAL

r

DURAÇÃO

M*S t de Estado de Goiás

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

20/12/2010 15:10:09 ALVO

TIPO

20/12/2010 15:11:05 INTERLOCUTOR

316010027451241 724009030199780

00:00:56

ORIGEM DA LIGAÇÃO

724009030199780

E

RESUMO

WASHINGTON diz para OLIMPIO que esta aguardando FONSECA, em Valparaiso, para recuperar as coisas que estão no COES com o

MAUAD.

DIÁLOGO

OLIMPIO: Ei, cadê você?

WASHINGTON: OLIMPIO, eu estou no Valparaiso, estou esperando o FONSECA aqui, para mim ir lá no CIOPS, lá no MAUAD que as coisas foram todas lá para o MAUAD.

OLIMPIO; Ta; tem que provocar ele viu, - ah rapaz, botei em você e tomei no rabo.

WASHINGTON: provocar o que OLIMPIO, tu é doido? Ele ta mordido, mordido, mordido, deixa de ser bobo, ele ta mordido, eu queria que você desse para mim depois o nome do baixinho completo.

OLIMPIO: não, depois a gente conversa pessoalmente, ta. Resolve ai depois, mais tarde, me procura; ta bom?

WASHINGTON: ta bom combinado.

TELEFONE

NOME DO ALVO

316010027451241 OLIMPIO - MONTE CARLO

INTERLOCUTORES /COMENTÁRIO OLIMPIO X HNI (DANILO) 8 TE

DATA/HORA INICIAL

DATA/HORA FINAL

DURAÇÃO

20/12/2010 18:05:46

20/12/2010 18:07:48

00:02:02

ALVO

INTERLOCUTOR

ORIGEM DA LIGAÇÃO

TIPO

316010027451241 724009001082701

E

RESUMO

OLIMPIO pergunta sobre o bigodinho e discute a contabilidade da

724009001082701

loja do UNI.

DIÁLOGO

UNI: Oi

OLIMPIO: O BIGODINHO não chegou não ne? Só chega amanhã ne?

HNI: Chegou não.

pyh

doEstadodeGoiás

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

OLÍMPIO: Foi o que eu fale para o ROSALVO, o ROSALVO estava preocupado, - ROSALVO, dificilmente ele chega hoje. Então amanhã ele chega, e eu já falei com o ROSALVO para separar lá. Viu.

HNI: Não beleza, porque eu te passei àquela hora de manhã, porque ele tinha me falado na sexta, sabe. Ai depois que eu falei contigo, eu tentei falar com ele e aprece que ele esta em Goiânia. Chegou não. Acho que ele chega amanhã.

OLÍMPIO: Beleza então. Está tudo bem lá? Está?

HNI: Graças a Deus tudo tranqüilo.

OLÍMPIO: E ai quanto que foi esta semana? Jogou quanto? Duzentos mil?

HhlI: Duzentos e poucos mil, mas também nos ficamos dois dias fechados

OLÍMPIO: Hum! Mesmo assim meu irmão. Ficou quantos dias abertos na semana? Sete dias na semana, menos dois cinco. Cinco dias jogou duzentos mil ne. Eu vou te falar aqui para você, a sua loja não passa de 350 mil 400 estourando, diante da situação que está lá.

HNI: Mas lá não estamos bancando jogo de jogador não filho. Lá ta jogando a vista. Não estamos bancando ninguém não.

OLIMPIO: Eu estou vendo lá. Cheque devolveu. O cheque vou ter que colocar no manejo, porque o cheque que está devolvendo vai diminuir o seu manejo. Tem cheque devolvido sim senhor! Está bancando sim!

HNI: Voltar, não quer dizer que está bancando. Outras lojas ai estão dando prazo, fazendo vale, lá não está fazendo isto.

OLÍMPIO: o que os outros estão fazendo não interessa, o que interessa é você. Você não pode é pegar cheque sem fundo, também.

HNI: Não está deixando juntar não. Esta voltando e eu estou indo em cima para receber. Todo dia eu estou cobrando.

OLÍMPIO: Deus te ouça. Torço que você de certo. Torço que de certinho. Para pagar logo esta divida lá dos 10%; e depois voltar você para 30 e ai fica bom. Ou até você bancar ela sozinho.

HNI: Verdade, vai dar certo sim.

OLIMPIO: falou.

TELEFONE

NOME DO ALVO\

X10/29

'vil'

Mb,istSo Püb&o

tEstado doGolt

QÜç

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

316010027451241 OLIMPIO - MONTE CARLO

INTERLOCUTORES/COMENTÁRIO

OLIMPIO X WASHINGTON @ @ $ TR

DATA/HORA INICIAL

DATA/HORA FINAL

DURAÇÃO

20/12/2010 19:08:32

20/12/2010 19:10:36

00:02:04

ALVO

INTERLOCUTOR

ORIGEM DA LIGAÇÃO

TIPO

316010027451241

724009030199780

316010027451241

R

RESUMO

MAUAD junto com TCHÊ garantindo abertura da casa do WASHINGTON

[1

DIÁLOGO

WASHINGTON: Acabei de sair do MAUAD aqui. O MAUAD está uma arara. Sabe de onde é os caras os dois agentes de polícia que vieram aqui fechar? De Águas Lindas meu irmão. Pegaram o ARAUJO e mais o SGT. COELHO aqui e fecharam. MAUAD está uma arara, ligou para o doutor, delegado de Águas Lindas o delegado está mandando vir rasgar o papel aqui amanhã.

OLIMPIO: É que ele sabia, que ai ele não ia ter força, então ele pegou os caras de Águas Lindas. É SGT da PM?

WASHINGTON: SGT daqui, mas o ARAUJO que trabalha para eles, todos os dois trabalaham para ele na banca, e mais dois agentes lá de Águas Lindas. Mas amanhã vai rasgar papel, e o MAUAD vai ajudar a abrir, MAUAD vai garantir que vai falar com o LENINe amanhã e vai abrir e acabou.

1

OLIMPIO: Vai no cão, ta!

WASHINGTON: Isto ai eu ouvi da boca dele ne OLIMPIO. Eu e o TCHÊ

) . Nos

estamos aqui no negócio, eu vou falar com LENINE ai vai abrir e acabou. Ele falando junto com o TCHÉ, falou para mim não, falou

aqui, mas ele falando como o TCHÉ, (

para o TCRÊ. O Trato dele é com o TCHÊ.

OLIMPIO: Você ouviu ele falando na sua frente?

WASHINGTON: Na minha frente, na frente lá da delegacia. - Inclusive amanhã nos vai resolver isto, ficou aqui uma arara, - se o cara não vier aqui resolver este papel, eu estou mandando embora da polícia. Já falei lá para o Dr. ILO, mas o Dr. ILO se comprometeu comigo, dele vim rasgar esta ocorrência, ai você pode encostar aqui e tirar. E outra coisa, vou sentar com LENINE, eu o TCHÊ e o LENINE amanhã e sua casa vai abrir, em consideração ao TCHÊ, me comprometi com ele aqui, .sua casa vai funcionar e vai acabar com isto.

'

11/29

1flI

MitiSto P(v4

doEsbtdeGâás

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

TELEFONE

316010027451241 OLIMPIO - MONTE CARLO

INTERLOCUTORES/COMENTÁRIO

NOME DO ALVO

Lob

OLIMPIO X ROSALVO @ TR DATA/HORA INICIAL

DATA/HORA FINAL

DURAÇÃO

21/12/2010 10:31:24

21/12/2010 10:34:19

00:02:55

ALVO

INTERLOCUTOR

ORIGEM DA LIGAÇÃO

TIPO

724009020045839

724009020045839

R

RESUMO

OLIMPIO acerta encontrar com ROSALVO, discutem detalhes de contabilidade e discutem da não solução de problemas relacionados a uma pessoa referida com W2

316010027451241

DIÁLOGO

ROSALVO: Oi chefe, bom dia!

OLIMPIO: Bom dia. Deixa eu te contar, vamos sentar hoje para a gente resolver um monte de coisa logo

ROSALVO: Você quer que eu já vá para lá?

OLIMPIO: Pode. São dez e meia e eu onze horas eu estou lá, onze e quinze no máximo eu estou lá. Pode marcar, a gente já faz tudo lá. Fica até mais tarde um pouquinho e a gente faz. Até meio dia e meia a gente termina isto. Estes valores que você me passou aqui estão envolvidos os salários também? O salário da CÁSSIA tudo ne?

ROSALVO: Não, estão não, só os depósitos.

OLIMPIO: Mas rapaz, isto tudo?

ROSALVO: É! Exatamente o que ia do CLÁUDIO, o que ia daqui.

OLIMPIO: Nossa! Então está vamos ver isto ai. W2 já te localizou o pessoal dele tudo?

ROSALVO: Quem?

OLIMPIO: O pessoal do W2

ROSALVO: Parece que o CÍCERO voltou já a ativa lá sabe. Eu queria

que o (

por ai? Se não está? Como está a situação deles? Entendeu. Que ele nem aqui, ele tem aparecido e nem me ligar ele tem me ligado, para acertar nada.

.) perguntasse um a pouca mais se o cara está

OLIMPIO: Não ROSALVO, mas ai tem que acertar, tem que procurar. Uai não é certo isto, a gente está com o negócio do cara aqui, tem

IflI%

MSstSto Pút&o da Eslado de Goiás

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

que localizar o cara. Tem que localizar o W2 que eu quero falar com ele.

ROSALVO: Eu pedi para

fazendo a leitura, Eu falei - o CÍCERO apareceu? Ele falou - Apareceu eu vou encontrar com ele amanhã. Eu falei - pede para ele entrar em contato com a gente que a gente precisa falar um monte para ele: que é encontrar o W2, saber qual é? Onde é que

que o

(

.), como ele estava

está? Na!

OLIMPIO: Eu não quero este negócio dele acumulando não, você pode resolver isto. Viu Rosalvo? Dá um jeito ai, aperta ai.

e

ROSALVO: Não tranqüilo, eu vou resolver.

OLIMPIO: Fala que eu quero conversar com W2 também. Que eu vou reclamar com o W2. - W2 vem cá, você tem problema em um dia. No outro dia, de manhã cedinho, o seu funcionário está lá. Pó! Isto não é coisa que se faça não, meu irmão. Eu vou pagar o maior sapo para ele. Quando for assim, da um tempinho e aparece com calma, agora aparece no mesmo dia, dando uma de bobo achando que a gente não sabe de nada pó!

ROSALVO: É e as primeiras pessoas que eles tinham que informar tinham que ser a gente ne

1

TELEFONE

316010027451241 OLIMPIO - MONTE CARLO

INTERLOCUTORES/COMENTÁRIO

NOME DO ALVO

OLIMPIO X ROSALVO 8 TR DATA/HORA INICIAL

DATA/HORA FINAL

DURAÇÃO

21/12/2010 10:36:16

21/12/2010 10:37:15

00:00:59

ALVO

INTERLOCUTOR

ORIGEM DA LIGAÇÃO

TIPO

724009020045839

R

RESUMO

OLIMPIO pede a ROSALVO que faça uns depósitos de terceira pessoa, discutem se MARCELO vai dar um carro e a quantidade de cheques sem fundos de vinda MARCELO e CLÁUDIO.

316010027451241

724009020045839

DIALOGO

ROSALVO: Oi.

OLÍMPIO: Vou te está te passando um depósito ai de mil reais de uma mulher, ai você tenta fazer para mim rápido ta! E o trezentos que eu te mandei também, você viu.

ROSALVO: Eu viu.

OLÍMPIO: Se você conseguir fazer na boca do caixa.

IflI%

MMSétSo Púto

do Estado de Gâás

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

ROSALVO: Está beleza.

'ri

OLÍMPIO: E MARCELO, MARCELO falou o que, MARCELO vai dar o carro ou não vai?

ROSALVO; Falou que ia dar o carro sim! Agora fiquei preocupado com ele ontem viu. Lá do CLÁUDIO voltou quarenta e um mil de cheque dele.

OLÍMPIO: Ah problema dele, bicho. Fica pegando cheque, para que, que está pegando?

ROSALVO: Não uns valores altos, entendeu. Ai volta assim uma quantidade fica meio preocupante.

OLÍMPIO: Pois é. Vou ligar para ele agora para pegar o carro.

ROSALVO: Está, estou indo para lá.

TELEFONE

316010027451241 OLIMPIO - MONTE CARLO

INTERLOCUTORES /COMENTÁRIO OLIMPIO X WASHINGTON @@@ $ TR

NOME DO ALVO

DATA/HORA INICIAL

DATA/NORA FINAL

DURAÇÃO

21/12/2010 16:40:32

21/12/2010 16:41:38

00:01:06

ALVO

INTERLOCUTOR

ORIGEM DA LIGAÇÃO

TIPO

724009030199780

R

RESUMO

WASHINGTON diz para OLIMPIO como foi a conversa de FONSECA com LENINE.

316010027451241

316010027451241

DIÁLOGO

OLÍMPIO: Oi

WASHINGTON: Ele teve com LENINE, e o LENINE disse que não foi ele não foi CARLINHOS sabe. Ai disse que tinha falado com você na sexta-feira, que você lavou as mãos, que você não tem nada com isto, que você mandou tirar as máquinas, que podia proceder e fechar. Oh: - OLÍMPIO não falou isto não, o OLIMPIO falou que não tinha nada haver. OLÍMPIO me aconselhou a não abrir, eu te falei isto na sexta-feira, não teve nada desta conversa não. - Não, não eu sei, querendo tirar o corpinho fora. Só que eu falei para ele. que eu já fiz acordo com o MAUAD, e vai abrir, se não abrir, não tem ele, não tem OLÍMPIO, não tem CARLINHOS que não fica ninguém aqui dentro. - É não sei mas que é que vai segurar a Policia Federal, quem vai segurar a PM. Então vocês não querem ter participação então a gente faz acordo com a PM e vocês vão embora.

^g14J29

1111%

Mi,SSto P.t4icø

doEsS.à Goiás

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

TELEFONE

316010027451241 OLIMPIO - MONTE CARLO INTERLOCUTORES /COMENTÁRIO OLIMPIO X LENINE @@ TR

NOME DO ALVO

DATA/HORA INICIAL

DATA/HORA FINAL

DURAÇÃO

28/12/2010 11:02:16

28/12/2010 11:17:23

00:15:07

ALVO

INTERLOCUTOR

ORIGEM DA LIGAÇÃO

TIPO

316010027451241

1623370411

316010027451241

R

RESUMO

Discutem a postura do grupo com relação a FONSECA e abertura do negócio do WASHINGTON, sem ser por pressão do FONSECA. LENINE e CARLINHOS vão conversar sobre a abertura do bingo do WASHINGTON.

DIÁLOGO

- Degravada no Alvo Lenine

TELEFONE

NOME DO ALVO

316010027451241 OLIMPIO - MONTE CARLO

INTERLOCUTORES/COMENTÁRIO

OLIMPIO X WASHINGTON @ $ TR

DATA/HORA INICIAL

DATA/HORA FINAL

DURAÇÃO

28/12/2010 12:55:39

28/12/2010 12:56:37

00:00:58

ALVO

INTERLOCUTOR

ORIGEM DA LIGAÇÃO

TIPO

316010027451241

724009030199780

316010027451241

R

RESUMO

OLIMPIO diz para WASHINGTON que vai ligar para o Fonseca para dar

a resposta.

DIÁLOGO

OLIMPIO: Eu vou ligar aqui para o FONSECA, só para avisar para ele que eu sair da reunião e que a tarde eu vou ter uma resposta.

ENCERRADA

TELEFONE

NOME DO ALVO

316010027451241

OLIMPIO - MONTE CARLO

INTERLOCUTORES/COMENTÁRIO

OLIMPIO X GAUCHO (FONSECA) 888 $ TR

DATA/HORA INICIAL

DATA/HORA FINAL

DURAÇÃO

28/12/2010 12:56:47

28/12/2010 12:58:01

00:01:14

ALVO

INTERLOCUTOR

ORIGEM DA LIGAÇÃO

TIPO

r

/5/29

111h

Wtttio Público do Estado de Gos

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

724009050328989

R

RESUMO

- Olímpio informa para Fonseca que a tarde terá uma posição para

passar para ele.

316010027451241

724009050328989

-

Fonseca fala que a Gorda está de recesso e só volta em fevereiro

e

que essa é uma informação importante pra antes da festa.

DIÁLOGO

Olimpio: O Garoto, eu tive uma reunião aqui, ai ele ficou de agora

a tarde me dar uma posição, ta? Expliquei tudo pra ele, conversei

com ele, expliquei pra ele os pós e contra, tal

me dar uma posição agora a tarde.

Ai ele ficou de

Gaucho: Tá, não

Gorda só volta em fevereiro agora.

eu te chamei só porque

ta sabendo né, que a

Olimpio: É, eu tó ciente. Tá em recesso né?

Gaucho: É, e férias.

Olimpio: Deus de ouça. Tomara que dê certo. Mas eu acho que vai

dar certo, agora a tarde ele vai

ele e agora a tarde ele vai conversar comigo, tá?

. eu expliquei direitinho para

Gaucho: Não, beleza só para mais para passar uma informação importante pra restante da festa né?

Olimpio: Com certeza, é

facilita mais ainda né

TELEFONE

316010027451241 OLIMPIO - MONTE CARLO

INTERLOCUTORES/COMENTÁRIO

-

NOME DO ALVO

OLIMPIO X LENINE@@@ TR DATA/HORA INICIAL

DATA/HORA FINAL

DURAÇÃO

29/12/2010 10:59:33

29/12/2010 11:02:36

00:03:03

ALVO

INTERLOCUTOR

ORIGEM DA LIGAÇÃO

TIPO

1623370411

R

RESUMO

Acertam detalhes da abertura do negócio do WASHINGTON com autorização do GARLINHOS e acertos com MAUAD e FONSECA.

316010027451241

1623370411

DIÁLOGO

- Degravada no Alvo Lenine

TELEFONE

NOME DO ALVO

1623370411

Lenine - Monte C»lo

1 NTERLOCUTORES /GOMENTÁRIO

i129

"/i' MMistédo Púb&o do £stSo de Goiás

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

LENINE X MAUAD @@@

DATA/HORA INICIAL

DATA/HORA FINAL

DURAÇÃO

24/12/2010 15:47:03

24/12/2010 15:48:54

00:01:51

ALVO

INTERLOCUTOR

ORIGEM DA LIGAÇÃO

TIPO

1623370411

724009010334144

724009010334144

R

RESUMO

Falam sobre OLÍMPIO. Ele quer retirar as máquinas de Bingo que estão apreendidas na Delegacia.

DIÁLOGO

LENINE: Ta em casa? MAUAD: sai do shopping agora e o FONSECA pediu pra eu passar na loja. LENINE: Ah. eu ia encontra-lo Ia tambem. Precisava falar com você. MAUAD: que que voce quer saber? Eu to aqui quase na frente da loja. LENINE: eu vou encontra-lo aí tambem, eu vou até levar uma cesta tambem. eu tava indo ai primeiro, aí eu liguei, né, mas eu sei até o quê que é. Procurou o COMES ontem pra ver se achava alguem pra tirar aqueles negócios de lá. MAUAD: ele já ta avisado LENINE: é mas procurou, mandou atras do GOMES ontem. Primeiro me ligou até pedindo o telefone do GOMES, aí eu passei. Depois o COMES ligou avisando querendo que ele fizesse um contato com alguem pra tirar aqueles negócios de lá. MAUAD: irnpossivel, mas de qualquer maneira vou ver o que ele quer aqui e depois eu vou lá pra casa. LENINE: eu vou passar em casa primeiro, esperar uns 15 minutos pra não enconrtrar com ele, pra não causar constrangimento, aí voce me chama no rádio quando estiver saindo daí. MAUAD: combinado.

TELEFONE

NOME DO ALVO

1623370411

Lenine - Monte Cano

INTERLOCUTORES /COMENTÁRIO

OLIMPIO X LENINE @@@ $ DATA/HORA INICIAL

DATA/HORA FINAL

DURAÇÃO

28/12/2010 11:02:16

28/12/2010 11:17:23

00:15:07

ALVO

INTERLOCUTOR

ORIGEM DA LIGAÇÃO

TIPO

1623370411

316010027451241

316010027451241

R

RESUMO

conversam sobre a reabertura do bingo de WASHINGTON e do encontro

com

DIÁLOGO

L

)

r

1

17/29

"ti' MrnisttioPúboo

do Esbdo de Got

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

OLIMPIO: (. ) deixa eu te contar uma coisa, eu tive com o CARLINHOS, que aquela peça rara que você adora e eu também teve comigo sabe e a conversa não foi boa com ele, então eu trouxe a conversa que tiinha que trazaer pro CARLINHOS, expiliquei tudo pro CARLINHOS da situação que a gente ta né, porque não só eu não tô na berlinda, mas você também você sabe disso que ele também foi pra cima de você aí, ai pedi pra ele ponderar aí pra ver se a gente acha uma solução porque nós não temos de aceitar pressão dele entendeu? temos que fazer a coisa que não seja por pressão dele, transparecer que não é por pressão dele é porque a gente quer e tentar chegar a um consenso porque senão eu vejo um problema pra gente viu? LENINE: não, com certeza (.

) ele mandou um recado dizendo assim á bicho eu não

quero confusão, não quero nada, tudo agora é recuperar o perdido, agora ele quer recuperar as coisas que WASHINGTON deve pra ele né? mas eu sei que a conversa não é essa não, não tem nada a ver uma coisa com outra, é picuinha dele mesmo que ele se envolveu no meio, você sabe desde aquele dia que te falei que ele tava mandando recado pro WASHINGTON que só abria se ele quisesse, mas ao mesmo tempo estrategicamente eu não vejo a gente abrir por pressão dele, agente tem que deixar bem claro entendeu? eu acho que assumir o controle da situação pra não transparecer que é por causa dele entendeu? que ta ajudando ele, mas que a cúpula, a cúpula não, o rádio fofoca aí não perceba que seja por pressão dele porque senão ele vai crescer viu? foi isso que eu falei pro CARLINHOS pra ele ponderar isso aí; porque nós só temos duas saídas LENINE ou vai pro pau com ele, que eu acho que nesse momento pra gente não é muito bom, você sabe disso, eu até falei pra ele á bicho eu tenho o outro lá agora só que o cara ainda tem controle sobre alguém lá ainda, a cupulazinha de baixo ele manda ainda, ele tem acesso ainda, até falei que o ANDRÉ até foi numa reunião e levou ele né? então assim a gente tem que pensar pra tentar sair disso ai por cima ta? LENINE: não, claro, toda vez que eu levo ele, eu levo ele com calma né, ciente disso aí, ele me procurou pra mim ajudar ele né, o que é que eu posso fazer, eu não posso fazer nada, fui franco até com ele, eu não posso fazer nada do acerto que ele tem com WASHINGTON, falei FONSECA eu não posso fazer nada, nada, nada cara né e (trecho inaudível) não posso nem ajudar em prometer você que vai abrir pra receber, isso não depende de mim cara, pode perguntar pra ele, falei desse jeito, nas tratando numa boa, tranquilo, sem torar e deixando transparecer também que se tiver alguma ato dele de retaliação que também não vai ficar nisso ai o lado de cá também vai retaliar, deixei transparecer isso aí pra ele. OLIMPIO: é, o que eu percebo é o seguinte, realmente não pode nenhum momento baixar a guarda pra ele entendeu? de achar que é ele que tá querendo entendeu? eu acho o seguinte, o CARLINHOS vai falar com você, se ele achar, o que eu acho é o seguinte, eu falei CARLINHOS nós não temos nada a perder já chegou nessa situação

OLIMPIO: (

' nu ' MmistSio Púb&o do Estado de Coas

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

então meu irmão não vamos pagar pra ver nada, e o CARLINI-IOS não

mas se ele quiser ele para tudo (trecho inaudível) , o problema é que o cara é um calço ali que nós vamos ter que fazer um trabalho com ele, então eu acho que a gente tem que fazer um trabalho, ter

o controle em cima da situação é o que eu falei, eu até falei ó se

quiser negociar a gente negocia o seguinte olha funciona até o dia que a PROMOTORA chegar, o dia que a PROMOTORA chegou aí a gente para, a gente é que vai decidir a hora de parar não é ele e botar as pessoas nossa lá dentro (trecho inaudível), o que acontece na verdade é o seguinte WASHINGTON comprou uma situação que ele prometeu junto e ele não ta em nenhum momento dizendo assim ah que eu não quero pagar, não quero fazer isso, ó bicho eu quero pagar, eu quero fazer o acerto normal igual eu trabalho sempre aí o FONSECA entrou no meio, então assim foi o modo de pressionar pra isso né, agora deixei bem claro se funcionar e tiver problema é de vocês não é nosso, então vocês que segurem a onda aí não é a gente que segura, eu sei que vai que equipamentos eu não coloco nenhum

já deixo bem claro, isso aí tá fora de cogitação, nem que o CARLINHOS acorde de abrir eu não coloco equipamento lá, morreu o assunto, vai se tornar só cartela se o CARLINOS autorizar funciona condicionado até a PROMOTORA voltar, a gente ver, pagando a parte nossa e pronto e deixa eles tocar o mundo, que eu acho que ele fica trinta dias no máximo, quatro semanas viu LENINE? eu acho que não passa disso e se ver que o negócio não ta muito bom a gente dá nosso jeitinho, aí a gente dá os empurrãozinho que precisa dar pra agilizar a situação entendeu, a hora que a gente quiser. LENINE: mas ele viu também, o TCHÊ lá também viu que ele pensou que ia escorar em duas pessoas, três pessoas lá que ele viu e não conseguiu escorar né, por isso também que ás vezes ele ta pressionando mais do que pode agir você pode ter certeza disso, por isso que tem que levar com calma. OLIMPIO: é não, eu to levando ele na maciota você pode ter certeza disso, eu tô levando ele na maciota como sempre levei né, eu só tó

falando é o seguinte agora ele solta as piadinhas dele você sabe né, as piadinhas dele aquelas venenozinhas que eu também não estou disposto a ficar ouvindo por isso que eu acho que tanto pra mim quanto pra você ta nessa situação era melhor a gente fazer o consenso, deixar ele, a PROMOTORA volta agora no final de janeiro né, ai até a gente controlamos, se por acaso LENINE a gente ver que o negócio a hora que agente quiser, o que é-que a gente faz, eu tenho aquela opção nova que eu te falei, se lembra daquela opção nova que foi no GAMA tudo, que não pode ser através da retaliação daí da região nossa? ser de lá pra mim é fácil, hoje ta mais fácil eu futucar lá entendeu? se houver uma necessidade crítica dessa situação sabe? é de se retaliar sem a gente ter nada

a ver, então agente tem que pensar nisso eu acho que pra gente eu

acho que a gente tinha que apaziguar essa situação, engolir aí uns trinta dias que eu acho que não passa disso entendeu? e a gente nesse meio termo a gente vai vendo o que vai fazer, eu acho que é por aí.

1!

19/19

o

1flI

Mdo Mivo do Estado de Got

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

LENINE: você sabia que essa PROMOTORA não estava de férias? você sabia disso?

OLIMPIO: não, tô sabendo não cara, na minha cabeça ela tinha saído não? de recesso? LENINE: de maneira nenhuma, não estava, eu também pensei que estava né, não teve nem um dia de férias no mês de dezembro, acho que viajou, ficou dois, três dias fora, mês de dezembro normal despachando, inclusive teve com o TURCO lá durante duas vezes a semana passada, não pra tratar de assunto nosso não, inclusive nem perguntar não perguntou não, de outros assuntos, teve com o menino que assumiu lá no lugar do UZ né, teve com ele outras coisas também, metendo o ferro inclusive nos fardados lá, normalmente, aí dizem que o seguinte é agora o Forum ia entrar em recesso né, apesar que o Tribunal de Justiça não decretou o recesso ainda, aí ia pro recesso aí que ela ia sair de férias por isso que ele falou que talvez ia ficar dois meses, mas não digo hoje, mas até ontem ela tava trabalhando você sabia disso? OLIMPIO: não sabia não, tô falando sério, a informação que eu tinha é que ele estava de férias, a grande verdade é essa; á mais eu acho, vamos lá, que ela esteja aí, se ela quiser fechar ela vai fechar, o que é que nós vamos fazer, não vamos fazer nada deixa fechar é risco dele eu vou fazer o quê? é risco dele, é só deixar bem claro a gente não segura a situação, eu acho que agente nao tem que tratar com FONSECA mais entendeu? igual eu falei, eu falei CARLINHOS não pode dar moral pra ele a gente conversar com ele viu LENINE sobre isso e se a gente resolver, se CARLINHOS hoje vai conversar com você se vocês chegar a conclusão olha ta bom vamo abrir, vamos, porra não se envolve você fica fora, chegou a situação é assim, assim, assado, pode abrir e' x" pra cá" x" pra lá e pronto esquece ele e deixa abrir, nesse meio tempo a gente vai levando ele, que ele vai viajar de férias, ele não viajou de férias ainda LENINE por causa da gente, ele ta esperando a resposta pra viajar, ele viajando eu puxo WASHINGTON falo WASHINGTON ó, a gente trata direto com WASHINGTON não tem que tratar nada com ele, ele não é do ramo, a gente trata com WASHINGTON tudo, eu trato com WASHINGTON á vai abrir assim, assim,

assado ta certo? ta certo, então pronto pode abrir (

LENINE: mas eu, OLIMPIO sério mesmo cara eu nunca tratei com isso não cara, naquela confusão que apareceu eu tava em Aparecida no dia que abriu, no dia depois que até tiveram com ele que não fui eu, é eu fui encontrar com ele na terça-feira, cheguei segunda- feira e fui encontrar com ele na terça-feira, não estive com ele hora nenhuma nem tratando disso não, ele que se vem se julgando tratando disso né, mas eu falei rapaz não posso te ajudar em nada, fui bem claro com ele, não posso te ajudar em nada, nada, nada até porque quem dá ordem não sou eu. OLIMPIO: foi a mesma coisa que eu falei pra ele, ó bicho só quem pode dar o ok aqui é CARLINHOS, não mais eu quero ir lá, me leve lá, eu falei de jeito nenhum, tâ mal falando com CARLINHOS, tá até viajando e tal, agora vou tentar falar com ele, agora eu não vou dar resposta pra ele entendeu? como não dei, desde o dia que ele

)

J'i. 20129

111h

NbSSio Plâfico do Esbdo de Goiás

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

teve comigo não liguei mais pra ele nem nada, ele ta mandando recado pelo WASHINGTON, eu também não vou tratar com ele mais, se resolver achar uma solução pra isso o que é que a gente faz, trata direto arma sem dar satisfação pra ele pronto acabou assunto, quem vai fazer acerto é WASHINGTON, não temos nem que conversar com ele mais esse assunto, pronto morreu o assunto porque ele não pode se intitular dono desse negócio e achando que pode fazer entendeu? eu acho que é esse o raciocínio nosso não tem conversa não. LENINE: também acho; você encontrou o CARLINHOS aonde? em Goiânia? OLIMPIO: eu encontrei aqui, eu tô em Goiânia sai de Goiânia agora ai a gente se encontrou aqui no meio, ele tinha marcado comigo hoje de manhã ai eu fui e a agente se encontrou no meio do caminho, ele ta em ANÁPOLIS já, ele falou que agora a tarde não vai tá com você? LENINE: por isso que tô perguntando eu tõ em Goiânia aí ele falou pra mim que tava indo pra Anápolis, encontrar com ele lá em Anápolis. OLIMPIO: então ele tá em Anápolis, encontrou comigo eu tava chegando em Goiânia na Polícia Rodoviária ele falou OLIMPIO já tõ saindo pra Anápolis vamos se encontrar no Posto Cacique aí encontrei com ele lá, expliquei toda situação pra ele e ele falou que ia conversar com você pra chegar a um consenso, ele Lá puto com a situação do cara, ele falou OLIMPIO ó se abrir vai ser por causa de você e LENINE, eu não quero nem saber desse cara, esse cara pra mim não pode nem tratar desse assunto com ele porque ele não tem a ver, primeiro que não é do ramo e ta se envolvendo numa combuca que não é dele entendeu? aí você vê aí, mas eu acho LENINE assim, você sabe como é que é CARLINHOS né, ele gosta de ouvir, eu acho que não é interessante pra nós dois que estamos aí peitar essa situação. LENINE: não beleza, vou procurá-lo agora e te ligo depois, tô saindo de Goiânia tô indo lã pra Anápolis

TELEFONE

NOME DO ALVO

1623370411

Lenine - Monte Carlo

INTERLOCUTORES /COMENTÁRIO

LENINE X OLIMPIO @@@ DATA/HORA INICIAL

DATA/HORA FINAL

DURAÇÃO

19/01/2011 10:59:06

19/01/2011 11:02:45

00:03:39

ALVO

INTERLOCUTOR

ORIGEM DA LIGAÇÃO

TIPO

1623370411

316010027451241

1623370411

R

RESUMO

OLIMPIO DIZ QUE PAGOU MAUAD PARA RETIRAR OS EQUIPAMENTOS DE BINGO APREENDIDO, ALEM DE PAGAR SEMANALMENTE.

DIÁLOGO

LENINE:mas só revivendo aqui. Voce falou aquilo, mas eu não dei OK

não, até porque eu não tenho autorização (

cara ,dá um toque nele lá, chama ele, explica a situação.

) Mas conversa

- 21129

I1II

Wà,tio P(Sca do Estado de Goiás

Grupo de Repressão ao Crime

OLIMPIO: (

desses assuntos assim, é por isso que ele botou voce no circuito,

pra voce ficar no balanço entre eu e ele. Agora como é que eu vou

. funcionamento. eu falei: "o ROSALVO, eu vou até falar com o

chegar pro cara

) eu tento evitar falar com o GARLINHOS, quando trata

.é igual o GEOVANI, que tava cobrando 3 dias de

LENINE, pó, o cara prenderam os negocio tudo, ele teve que pagar",

á presta a atenção, ele teve que pagar o MAUAD, teve que pagar

MAUAD pra tirar os negocio lá e ainda por cima, ainda por cima,

preste bem a atenção, outra coisa: ainda paga MAUAD toda semana pra funcionar, sendo que pó, então para ai, o MAUAD ta na folha e

, não, ele ta doidinho lá cara. eu to tirando, segunda-feira eu chego encima dele, forço a barra, ta forço a barra, pra ele não

ainda

tem que pagar MAUAD, pagar FONSECA. ele não ta aguentando

deixar atrasar entendeu, nas

difícil. O MAUAD ta comendo

tambem, entendeu. Só o MAUAD deve ta levando 5 mil reais. LENINE: Mas isso aí nao tem nada a ver com isso. Voce vai me desculpar, mas nao tem nada a ver com isso. Todos esses acordos foi o WASHINGTON que fez cara. nao tinha necessidade de fazer nada disso, até porque nós sempre operamos e nunca teve necessidade

não. Agora o que aconteceu foi que ele abriu sem autorização do CARLINHOS, foi onde gerou isso tudo aí. A culpa tambem não foi minha. Agora essa questão aí foi porque ele chamous os caras, como se diz, ele quase vendeu o bingo pra MAtJAD mais o FONSECA pra abri. Essa foi a realidade cara, que que eu tenho a ver com isso. OLIMPIO: não, eu não tou procurando culpado LENINE. To dando só

uma explicação pra voce. E não foi o WASHINGTON que procurou, foi aquele vagabundo do FONSECA que botou o MAUAD na fita, não foi nem

o WASHINGTON, o WASHINGTON não queira nem pagar. eu só tou dando

um exemplo pra voce da dificuldade que ele ta. Ele tem que acertar com a porra do FONSECA, que não tem como, hoje não tem como tirar

o cara. Ta acertando com o MAUAD por causa do FONSECA, ta acertando os 20 mil. eu, sabe o quanto eu vi até agora? nem um real eu vi até agora, eu não to ganhando nada com isso lá ( Os computadores levaram tudo, ta trocando os computador, aí eu vou fazer o quê? Me ajuda nisso aí pó. Aí eu vou (incompreensivel) a responsabilidade de voces. Me ajuda nisso aí, fala: "CARLINHOS deixa nos 20 mil aí". Na hora quw começar a melhorar, apesar que eu acho que naõ dura lá muito mais não. não dura muito mais lá não. Só a mulher voltar que eu acho que já era.

Então assim, como é que eu vou enfiar a faca no cara? (

voce me dá um minutinho só pra mim saber essa informação que voce ta me dando, de quanto que eu to devendo sa semana anterior e da semana quanto que eu ja mandei. Me dá só uns 5 minutinhos que que

vou ligar pro ROSALVO agora. Aí eu trato com voce, e depois eu ligo pro GEOVANI e CARLINHOS LENINE: ta bom então.

) Agora

TELEFONE

NOME DO ALVO

1623370411

Lenine - Monte Carlo

INTERLOCUTORES /COMENTÁRIO

1111%

s Púbto

tEsbtâeGciás

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

LENINE X CARLINHOS @@ DATA/HORA INICIAL 23/01/2011 12:43:07

DATA/HORA FINAL 23/01/2011 12:44:46

DURAÇÃO 00:01: 39

ALVO

INTERLOCUTOR

ORIGEM DA LIGAÇÃO

TIPO

1623373411

316010027445095

316010027445095

R

DIÁLOGO

CARLINHOS:tem 6 carros na sala de quem? LENINE: do WASHINGTON, descaracterizado falando que é FEDERAL, mas tava atras dele, do WASHINGTON. Não fecharam não. Queria ir atras dele, tudo, entraram armado, os 3 carros chapa fria. CARLINHOS: e ai? LENINE: cara eu acho que, nao tenho certeza não , tamo apurando aqui. o CACHAÇA tava lá. O CACHAÇA ta até fazendo pra mim a seguranca dos menino, meu por minha conta.Aí ele tava lá, disse que os cara entro armado, ai ele checo, puxou as placa, as placa fria dos carros. Ai procurando o WASHINGTON, chegou lá, mostrou a arma, ele fecharam até a sala. A outro não fechou, a do MARCELO. nem foram nó. Mas eu tenho certeza que isso aí é acordo que o WASHINGTON não cumpriu cara. ele pra abri esse trem fez acordo com todo mundo. Diz que ontem, anteontem tava batendo boca com o GAUCHO, com o FONSECA, diz que bateu boca mais de uma hora com

ele.

(continua)

TELEFONE

NOME DO ALVO

1623370411 Lenine - Monte Carlo

INTERLOCUTORES/COMENTÁRIO

LENINE x OLÍMPIO @

DATA/HORA INICIAL

DATA/HORA FINAL

DURAÇÃO

24/01/2011 10:59:21

24/01/2011 11:13:06

00:13:45

ALVO

INTERLOCUTOR

ORIGEM DA LIGAÇÃO

TIPO

1623370411

316010027451241

1623370411

R

RESUMO

LENINE em ANÁPOLIS na VITAPAN. CARLINHOS e GEOVANI também estavam

lá. Falam sobre o acordo dos R$ 25.000,00. WASHINGTON teve que pagar dinheiro para retirar material apreendido com o MAUAD.

MARCELO

DIÁLOGO

LENINE: 0±. OLÍMPIO: E aí, já chegou? LENINE: Oi. OLÍMPIO: Já chegou?

A-

23/29

e

111h

Mètttto Püb4ico

tEsbdõde Galãs

LI"

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

LENINE: OLÍMPIO, eu estou em ANÁPOLIS, estou no VITAPAN. O CARLINHOS está querendo falar com você, tentou de tudo quanto foi jeito, estava eu, ele e o GEOVANI aqui. OLÍMPIO: Ah, p6 bicho. É porque eu estou fazendo unia p. de um tratamento o LENINE, que é de manhã até 10:30, eu estou fora sabe? Mas você está na VITAPAN ainda? LENINE: Estou saindo daqui agora. Ele acabou de sair. Tem uns 10 minutos que ele saiu. OLÍMPIO: Ah. É em relação ao débito, é? LENINE: Com relação ao débito, aquela questão dos 25, Que até iam ligar na sua frente: "O acordo que fez foi este e eu não abro mão, né". E, ai ele queria, tentou falar com você ai, ligamos até para o ROSALVO para entrar em contato. Você podia chamar ele ai no telefone. OLIMPIO: Tá, não, beleza, eu vou chamar. Pede ao GEOVANI para resolver com o ROSALVO lá, o valor da pendência real lá, que a gente conversa, entendeu? Tudo bem. Ele não abre mão dos 25, não é isso? LENINE: A única divergência que está tendo ai,. Estava eu, ele e o GEOVANI, a única divergência que está tendo, é aquela questão dos 25 e daquela semana que funcionou lá, proporcional. OLÍMPIO: É os dias, que eu queria falar com você, funcionou 3 dias na semana. Eu acho injusto a gente cobrar estes 3 dias dele. É o que ele falou: Ele funcionou, tudo bem, que houve problemas e tudo mais, mais ele perdeu, teve que pagar para tirar os equipamentos de lá com o MAUAD, você sabe disso, eu acho que não tem porque a gente pegar tão pesado com o negócio cara, tá rendendo, já está indo para 4 semanas. Eu particularmente, acho uma injustiça, eu ia até falar com você, só que você viajou logo em seguida. Eu até falei com o ROSALVO falar com o GEOVANI para você resolver isso. E 3 dias de funcionamento o LENINE. LENINE: É pois é. Estava eu, ele e o GEOVANI aqui agora, tentamos falar com você, pode olhar ai no seu rádio. Ele tentou falar, é urna questão, na hora que eu falo para você, não sou eu cara, ele tentou falar com você. Ia acordar. Ai não conseguimos falar com você. Ligamos para o VALMIR, ligamos para o ROSALVO. Passa um rádio para ele então. OLÍMPIO: Então é melhor eu ir ai, não é? Esse negócio de falar com rádio é urna porcaria bicho, eu não gosto. Resolver este negócio logo. Porque eu acho que não podia pegar tão pesado assim com o cara, neste sentido aí. Levaram os computadores, levaram tudo. Eu acho que não tem porque a gente pegar tão pesado. LENINE: Outra coisa, houve algum problema lá sábado, o OLÍMPIO? OLÍMPIO: Eu não estou ciente não, não me falaram nada de problema não. Eu tenho alguns assuntos para tratar com você em relação ao assunto daqui, não sei o que ele comentou. Que tipo de problema heim? LENINE: Parece que teve três carros lá, com pessoal armado, na casa, no sábado. Não fechou não, mas ele fechou a casa. Teve que fechar a casa. Mas ai o pessoal não levou nada não. Parece que

Ll^

41 24/29

do Estado de Goás

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

falaram que era até a FEDERAL, e tudo, e tiveram que fechar as

duas casas. OLÍMPIO: É, mas não procede não. Esta informação, de FEDERAL não. Eu acho que eu já sei mais ou menos o que que é, eu sei que houve um buchicho de uma operação sabe. mais ai depois foi verificado que não tinha nada a ver não. Mas eu vou apurar. Vamos fazer o seguinte, se for o caso eu vou ai amanhã, eu resolvo tudo com o CARLINHOS. Eu queria só tomar um decisaõ em relação ao ANTÔNIO, O que que eu faço heim? Ta f. viu LENINE, eu tive que engolir os apartamentos dele aqui ( LENINE: Pois é OLÍMPIO, estávamos nós três aqui mias quem colocou

o parceiro, o parceiro foi o OLÍMPIO, você está escolhendo todos

os parceiros que você está trabalhando OLÍMPIO, É isto que ele está questionando. Se não tiver a sua presença fica difícil, eu não dou conta de negociar em seu nome, não dou conta mesmo, venho insistindo isso com você. Para você tomar uma decisão. Só voltando

o assunto de sábdo, teve 3 carros lá com pessoas armadas, teve porque o menino que faz a leitura para mim estava lá na sala.

OLÍMPIO: Sobre escolher os parceiros: O ANTÔNIO eu fui obrigado a

engolr, o FERNANDO, eu fui obrigado a engulir (

) eu tive de

engolir 2 apartamentos, eu vou botar para , eu estou ciente das minhas resposabilidades, eu tomei os 2 apartamentos dele, vender os apartamentos eu vendo, entendeu? LENINE: Mas é para você ver, foi até citado aqui, entendeu, a

TERESA, a pendência da TERESA é zero OLÍMPIO, zero, zero, zero, não tem nada de pendência a TERESA. O MARCELO, seu irmão, é um cara que é zero de pendência. Então eu estou falando com você, que

) Tudo, tudo, tudo está sendo feito em

GOlAS, tudo tudo, tudo. Você tem de sentar com ele e ver isso. OLÍMPIO: Não, não, isso ai não é problema não, tudo bem. É, eu sento com ele sem problema nenhum e resolvo, não tem mistério não. Agora, impecilio, a gente tem, você sabe disso. O MARCELO realmente é sério, a TERESA é séria também, mas dá um BOzinho, de vez em quando dá. De vez em quando dá. Você mesmo, teve uma época que o menino ficou sem pagar. Dá 60 uai. Todo mundo dá. MARCELO não me dá problema não, mas de vez em quando dá, volta cheque e eu tenho de segurar, isso é normal, faz parte né? LENINE: Pois é. E esta questão que houve ai no sábado também. Outra coisa. É a questão do TCHE lá, a questão do TCHE. O TCHE está sabendo até o valor que está sendo repassado repassado para nós, você sabe que dá problema. OLÍMPIO: É eu sei. Isso ai, da minha parte não foi, né. Dá minha parte você pode ter certeza que não foi, isso ai. Eu não posso falar. Apesar, vamos ser sinceros, não esconder alguma coisa neste meio nosso é difícil, é complicado. É um antro de fofoca que eu, não tem tamanho, é só desmintir, uai, desmente, eu não estou recebendo isso e pronto, para aquele vagabundo. Não interessa se está recebendolO, 20 o que for, não é da conta dele. LENINE: Não. Quanto a isso ai não tem preocupação nenhuma

II

eu não dou conta. (

1111%

MrttMo PS,&e

tEsSodeøàás

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

OLÍMPIO: Tem nada, esquece isso (

aqui para você, com o WASHINGTON, aquele vagabundo chegou e resolveu com ele , ta resolvido, não tem DO não. Não tem nada a ver com o FONSECA não. Que o WASHINGTON me relatou que já tinha se

acertado com o FONSECA e tudo bem, tudo tranquilo. Mas que o FONSECA estava puto, e que queria mais. Mais ai WASHINGTON, você vai fazer o que? LENINE: É f. bicho OLÍMPIO: Mas, vamos se ajustar. Você vai vir para BRASÍLIA? Vamos conversar nos dois, e amanhã eu vou ai falar com o CARLINHOS, pronto. LENINE: Tá OLÍMPIO. Mas escuta o que eu estou falando para você. Aonde eu cheguei, eu não dou conta, estou insistindo com você, aonde eu cheguei, eu não dou conta de conseguir mais, a única pessoa que tem alguma coisa para negociar vai ser com o HOMEM, cara. Ai tudo bem, estava todo mundo na mesa, eu acato o que le fala. Já cansei de falar para você OLÍMPIO, eu acato o que ele fala.

OLÍMPIO: Não, não, beleza, ta bom, vamos esquecer, Eu quero falar com você outros assuntos, não vou te precionar para resolver estes assuntos não. que está resolvido, quem resolve é o HOMEM, pronto acabou. Eu tenho outros assuntos para falar com você, entendeu. Eu quero estar a par de algumas coisas e passar algumas coisas

) . Ou LENINE, eu vou falar

também. Independente disto (

) Eu preciso conversar com você.

Não tem nada deste assunto não. Você já chegou no seu limite, agora é comigo, eu vou lá conversar com ele, não tem mistério não, eu não atendi. Eu estou fazendo um tratamento, das 7 horas da manhã até as 10 eu não eu estou lá em repouso num tratamento que eu estou fazendo, entendeu, um problema de saúde. Mas não tem nada aver. Pode ficar despreocupado. Amanhã cedo, eu estou aí. LENINE: Está bem então, Eu estou indo, depois do almoço eu estou indo, a tarde eu já estou ai, pode me chamar,a gente se encontra ai umas 4, 5 horas da tarde, eu estou ai OLÍMPIO: Tá, não beleza, eu vou tomar, em relação a isso aí. Oh, outra coisa. Denovo. Outro problema. Em relação à aquele assalto do FERNANDO, o FERNANDO está devendo R$ 25.000,00, diz que não vai pagar porque faz parte daquele assalto, que não aceita aquele valor, ai eu te falo: o que que eu faço? Eu, se quiser eu chuto o pau-da-barraca com ele também, eu não estou nem aí não, agora ele está aqui por causa do ARNALDO, ARNALDO está com os equipamentos, foi conversado aí, e aceitaram o cara, agora eu, e ele não quer pagar. Olha a minha situação, como é que eu estou, com um cara desses. E você não sabe da missa, o terço. A hora que você chegar aqui que você vai saber da conversa todinha. LENINE: O GEOVANI está do meu lado aqui, está até escutando isso aqui, eu vou falar com o GEOVANI para falar com o HOMEM, então. OLÍMPIO: É uai, o FERNANDO não tem condição, a gente chegar no ARNALDO manda o FERNANDO acertar o assalto lá, a gente combinou aquele valor, não foi? Eu peguei e acertei aquele valor. Pode debitar. Eu, você e o HOMEM, não concorda, porque acha que está errado, que te tem mais 25 lá. Hoje eu vou marcar uma reunião com

4

26/29

o

flhit

Mmi*do Ptitco doEsiSo de Goiás

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

ele, agora a tarde, depois do almoço, para resolver isso também. Tá, eu estou com o ANTÔNIO me devendo R$ 156.000,00, ele R$ 25.000,00 são R$ 170.000,00 que os caras estão segurando ai, isso não é brincadeira não, e fala que eu vou pegar ele na muleira e vou conversar com ele, e vou tomar uma decisão, porque não tem condição, e avisa o GEOVANI que hoje eu vou injetar lá bastante, vou mandar liberar, fazer o máximo de depósito possível hoje. LENINE: Pá bem então, ele está do meu lado, ele está ouvindo. OLÍMPIO: Paciênciazinha que a gente acerta tudo ai, ta. O importante é a gente conversar, que eu quero ver uma estratégia com você, ta? E eu preciso te passar uns assuntos aí. OLÍMPIO: Beleza. (Encerrado)

Assim sendo, malgrado não tenha sido formulado nenhum pedido em desfavor do suposto agente federal, é curial concluir que, diante de tantos indícios que pesam contra ele ("Fonseca"), não é possível cindir as investigações de molde a perpetuar a competência da Justiça Comum Estadual, caso realmente seja comprovado o vínculo institucional que o une à Administração Pública Federal, em virtude do que se convencionou nominarforwn atractionis2 decorrente da conexão probatória.

Não se pode olvidar, no ponto, o teor do verbete sumular n° 122 do Superior Tribunal de Justiça, segundo o qual:

Compete à Justiça Federal o processo e julgamento unificado dos crimes conexos de competência federal e estadual, não se aplicando a regra do art. 78, II, "a", do Código de Processo Penal.

Seguindo esta mesma orientação, vale a pena reproduzir valiosos julgados que corroboram a tese ora perfilhada:

CONFLITO DE COMPETÊNCIA. DELITO PRATICADO POR FUNCIONÁRIO PÚBLICO FEDERAL NO EXERCÍCIO DE SUAS FUNÇÕES. CRIMES CONEXOS. SUMULA NUM. 122/STJ. 1. Uma vez confi gurada a prática do crime por funcionário público federal, a gente de polícia, no exercício de suas funções, competente a Justiça Federal para

2 "(

)

COMPETÊNCIA. JUSTIÇA FEDERAL, CONEXÃO, (

) II. No concurso de crimes, a com petência criminal

(HC n° 81617/MT, 2a Turma do

da Justiça Federal para um deles atrai o processo dos crimes conexos. ( STF, Rel. Mm. Carlos veiloso. Unânime, DJU 28.06.2 02, P. 142).

)"

111h

Mititio Público

aEsúdodeGoiàs

Grupo de Repressão ao Crime Organizado

Em via de arremate, importa ressaltar a lição emanada da clássica obra do

saudoso mestre JULIO FABBRINI MIRABETE 3, iii ipsis litteris:

Há que se fazer, porém, uma observação. Como a lei ordinária não pode alterar a competência firmada em nível constitucional, não se pode subtrair da competência do juiz ou tribunal o que estiver reservado a estes na Carta Magna ou nas Constituições dos Estados, sejam da mesma

graduação os concorrentes, seja de menor graduação o Juízo ou Tribunal

a quem se confere a competência pela legislação superior. Nessas

hipóteses deve haver a cisão do processo. Embora a Justiça Comum Federal e a Justiça Comum Estadual sejam da mesma graduação, ao invés de decidir pela cisão, o extinto Tribunal Federal de Recursos

excluía a regra do artigo 78, II, a, do CPP, dando a competência para julgamento dos crimes conexos à Justiça Federal. O mesmo caminho

trilhou o STJ, incluindo em sua Súmula o Enunciado n° 122: (

). É

também entendimento do Superior Tribunal Federal, que dá prevalência

à competência da Justiça Federal, que tem sede constitucional, em detrimento da Justiça Comum Estadual, que é residual.

Gizadas estas considerações, o Ministério Público do Estado de Goiás, ad cautelam, manifesta-se pelo incontinenti retorno do feito ao Departamento de Polícia Federal para que sejam encetadas diligências no sentido de trazer aos autos a qualificação do sujeito identificado como "Fonseca", requerendo-se, desde já, comprovada a suspeita de vínculo com a Administração Pública Federal, com esteio na argumentação retrodeduzida, o reconhecimento da incompetência deste ilibado Juízo e a consequente remessa do processado ao Juízo Feral desta Seção Judiciária.

Goiânia, 18 de março de 2011.

LUIS GUIL'Ã}ERI\!E MARTINHÃO GIMENES

Prmoor de Justiça

VIJJflUS,MAJÇAL VIEIRA

ro oto/de Justiça

3 Processo Penal. 21a ed. São Paulo: Atlas, 2010, p. 171.

WOLFF DE

rr dejustiçi

1

29/29

AUTOS N°: 201100825716

PODER JUDICIÁRIO Comarca de Valparaiso de Goiás 1 1 Vara Gabinete do Juiz José Augusto de Meio Silva

DECISÃO:

Trata-se de inquérito policial instaurado pela Polícia Federal visando a apuração de delitos de corrupção ativa e passiva, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e exploração de jogos de azar, os quais estariam sendo praticados por várias pessoas em várias cidades, em especial em Valparaíso de Goiás, onde grande parte das polícias militar e civil aparentam estar envolvidas.

Relacionados ao presente feito estão os autos de número 201004085537, no qual foi deferida a quebra do sigilo telefônico de vários envolvidos, bem como e de número 201100647508, no qual foi requerido e deferido o afastamento do sigilo bancário de várias pessoas e empresas, em tese, ligadas à organização criminosa.

Os órgãos do Ministério Público do Estado de Goiás na comarca de Valparaíso de Goiás peticionaram à Superintendência da Policia Federal no Distrito Federal, solicitando investigação por aquele órgão quanto a exploração de jogos de azar na comarca, dado que há notícias do envolvimento de policiais civis e militares, bem como participação de pessoas de outras unidades da federação, fis. 18 e 19 dos autos 201004085537. Posteriormente, a cada pedido de interceptação/prorrogação os mesmos se manifestaram previamente ou foram cientificados.

Com os pedidos feitos no início deste segundo volume, consistentes em busca e apreensões, prisões processuais, conduções coercitivas e bloqueio de movimentação bancária, os órgãos do Ministério Público neste juízo declararam sua suspeição, nos termos do disposto às fls. 392 , o que levou os autos à manifestação do Grupo de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público de Goiás, o que foi feito nos termos de fls. 3951423.

É o relato do que interessa. Decido.

Antes de analisar o mérito da manifestação feita pelos Promotores de Justiça, necessário tecer alguns comentários sobre a gravidade dos fatos investigados n presente inquérit.

A se confirmarem os indícios existentes nos autos das medidas cautelares de afastamento do sigilo telefônico e bancário, a corrupção tomou conta de quase toda força pública policial na cidade de Valparaíso, não sendo demais se dizer que grande parte dos policiais ali lotados fazem parte de uma força policial particular.

Sendo assim, é importante evitar máculas que possam levar à nulidade do procedimento criminal, ou mesmo a extinção da punibilidade dos agentes envolvidos nos crimes pela prescrição.

Dito isto e já adentrando no mérito da manifestação dos

Promotores de Justiça, tenho a dizer que, com o devido respeito, não comungo do entendimento manifestado por eles no parecer de fis.
395/493-

O primeiro ponto contrário ao parecer é que de todos os crimes em tese praticados pelos investigados são de competência da justiça estadual, na medida que nenhum deles é crime federal em razão da matéria, posto não enumerados nos incisos do art. 109 da Constituição Federal.

Assim, mesmo que existisse dentro da organização criminosa algum membro que fosse servidor público federal, a Justiça Federal somente seria competente para julgá-lo se existisse, no caso, prejuízo a bens, patrimônio ou interesse da união, adequando-se ao disposto no inciso IV do art. 109 da CF, nos termos do determinado na Súmula 147 do STJ.

Neste sentido:

(STJ-055483) HABEAS CORPUS. CONCUSSÃO. PACIENTE QUE É SERVIDOR DE EX-TERRITÓRIO (AMAPÁ). COMPETÊNCIA. JUSTIÇA COMUM. AUSÊNCIA DE PREJUÍZO A BENS, PATRIMÔNIOS E INTERESSES DA UNIÃO. 1. Ainda que se reconheça a qualidade de funcionário público federal, tal circunstância, por si só, não conduz à competência da Justiça Federal para o julgamento do feito. Isso porque não há, no caso, ofensa a bens, patrimônios ou interesses da União, a não ser de modo reflexo. 2. "A 3a Seção desta Corte reafirmou o posicionamento pela competência da Justiça Estadual para a apuração dos delitos de concussão, entendendo, em síntese, que não se cuida de crime afeto à Justiça Federal, porquanto o delito objeto da investigação envolve obtenção de vantagem indevida por parte do agente, em prejuízo do respectivo paciente, sem nenhuma violação aos interesses da Autarquia Previdenciária.' (Conflito de Competência n° 26.424/SP, Relator Ministro Gilson Dipp, DJ de 26.08.02). 3. Na hipótese, o paciente é acusado de, juntamente com outro policial civil, ter exigido dearticular

D

vantagem indevida a fim de que não o prendesse por usar carteira de habilitação falsificada. Ordem denegada. (Habeas Corpus n° 41985/AP (200510027363-0), 6a Turma do STJ, Rei. Og Fernandes. j. 22.09.2009, unânime, DJe 13.10.2009).

A se confirmar que o cidadão citado é Policial Rodoviário Federal,

como tudo indica ser, não se pode deixar de reconhecer que haveria sim interesse da instituição e por conseguinte da união na investigação de sua

conduta-

Porém, o referido cidadão não foi ou está sendo investigado neste juízo, uma vez que todas as referências feitas a ele ocorreram por eventualmente o mesmo ter ligado para alvos da investigação ou ter sido citado por eles.

Outra questão é a autoridade policial aproveitar tais citações ou referências e diálogos e instaurar procedimento próprio para investigar o servidor público federal citado além de eventual outro, o que desde já autorizo.

Assim, em razão da falta de hierarquia ou sobreposição da justiça federal sobre a estadual, o que deve ser feito é o desmembramento da investigação e futura ação penal, ao contrário do que alegou o MPE, o que viria ao encontro da garantia constitucional da razoável duração do processo e impediria que os acusados pudessem se beneficiar com a prescrição da punição estatal, dada a dificuldade de instrução.

Neste sentido têm sido as decisões mais atualizadas da jurisprudência, inclusive baseadas no permissivo legal do art. 80 do Código de Processo Penal, senão vejamos:

(STJ-066444) QUESTÃO DE ORDEM. CORTE ESPECIAL. DENÚNCIA CONTRA CONSELHEIRO DE TRIBUNAL DE CONTAS ESTADUAL E EX- GOVERNADOR AÇÃO PENAL AVOCADA DO JUÍZO DE PRIMEIRO GRAU NA QUAL MAIS OITO COAUTORES RESTARAM DENUNCIADOS POR DIVERSOS DELITOS QUE NÃO SÓ OS DESCRITOS NA PRESENTE AÇÃO PENAL. DELITO DE FORMAÇÃO DE QUADRILHA REJEITADO PELA CORTE ESPECIAL QUANTO AO ACUSADO DETENTOR DO FORO PRIVILEGIADO. ATUAL POSICIONAMENTO DA CORTE ESPECIAL. POSSIBILIDADE, NECESSIDADE E UTILIDADE DE DESMEMBRAMENTO DO FEITO. APLICAÇÃO DO ART. 80 DO CÓDIGO DE PROCESSO PENAL. MEDIDA QUE BUSCA GARANTIR A CELERIDADE E RAZOÁVEL DURAÇÃO DO PROCESSO, ALÉM DE TORNAR EXEQUÍVEL A PRÓPRIA INSTRUÇÃO CRIMINAL DE\ MODO A VIABILIZAR A PERSECUTIO CRIMINIS IN \

IUDICIO. RISCO DE PRESCRIÇÃO DA PRETENSÃO PUNITIVA EM RELAÇÃO A ALGUNS DELITOS. ESTÁGIOS PROCESSUAIS DIVERSOS ENTRE AS AÇÕES PENAIS. OBSERVÂNCIA DA AMPLA DEFESA E DO PRINCÍPIO DO JUIZ NATURAL. DIVERSOS PRECEDENTES DA SUPREMA CORTE. INCONVENIÊNCIA DA REGRA DO SIMULTANEOUS PROCESSUS. 1. O art. 80 do Código de Processo Penal prevê a possibilidade de separação dos processos, mercê da conexão ou continência, quando "as infrações tiverem sido praticadas em circunstâncias de tempo ou de lugar diferentes, ou, quando pelo excessivo número de acusados e para não lhes prolongar a prisão provisória, ou por outro motivo relevante, o juiz reputar conveniente a

separação". 2. A atual juris prudência desta Corte Especial, em consonância com o entendimento da Suprema Corte, vem decidindo que em hipóteses semelhantes ao dos autos, em que a grande maioria dos denunciados não tem foro por prerrogativa de função (in casu, dos dez denunciados, a penas um detém o foro por Prerrogativa de função por ter assumido o cargo de Conselheiro da Corte de Contas Estadual), bem como por ser real o risco da verificação da prescrição da pretensão punitiva do Estado em relação a vários dos crimes narrados na proemial acusatória, o desmembramento do feito, nos termos do art. 80 do CPP, é medida que busca, em verdade, garantir a celeridade e razoável duração do processo, além de tornar exe quível a própria instrução criminal de modo a viabilizar a persecutio criminis in iucjicio, preservando a observância da ampla defesa e do princípio do juiz naturaL 3. A CORTE ESPECIAL, em

20.05.2009, no julgamento da Questão de Ordem na APn 549/SP, Rei. Ministro FELIX FISCI-IER, decidiu que:

"QUESTÃO DE ORDEM NA AÇÃO PENAL, VÁRIOS DENUNCIADOS. COMPETÊNCIA RATIONE PERSONAE DESTA CORTE FIRMADA APENAS EM RELAÇÃO Á TRÊS DOS DENUNCIADOS. POSSIBILIDADE, NECESSIDADE E UTILIDADE DE DESMEMBRAMENTO DO FEITO. APLICAÇÃO DO ART. 80 DO CÓDIGO DE PROCESSO PENAL, MEDIDA QUE BUSCA GARANTIR A CELERIDADE E RAZOÁVEL DURAÇÃO DO PROCESSO, ALÉM DE TORNAR EXEQUÍVEL A PRÓPRIA INSTRUÇÃO CRIMINAL DE MODO A VIABILIZAR A PERSECUTIO CRIMINIS IN IUDICIO. RISCO DE PRESCRIÇÃO DA PRETENSÃO PUNITIVA EM RELAÇÃO A ALGUMAS INFRAÇÕES PENAIS. OBSERVÂNCIA DA AMPLA DEFESA E DO PRINCIPIO DO JUIZ NATURAL. DIVERSOS PRECEDENTES QA SUPREMA CORTE. 1 - De acordo como art. 80 do Códiôo de Processo Penal, embora haja continência ou conexão,"\

pode o magistrado, facultativamente, separar os processos, desde que tal medida se mostre conveniente, quer porque as infrações foram praticadas em circunstâncias de tempo ou de lugar diferentes, quer em razão do excessivo número de acusados, quer para não prolongar a prisão dos réus ou, ainda, diante de motivo relevante, em benefício dos acusados ou da própria

administração da justiça II - O simples fato de no inquérito ou na ação penal se investigar suposta organização criminosa não impede, per se, o desmembramento do processo (AP-AgR 336/TO, Tribunal Pleno, Rei. Mm.

Carlos Velioso, DJ de 10.12.2004). (

) (00 na Ação

Penal n° 514/PR (200610188653-8), Corte Especial do STJ, Rei. Luiz Fux. j. 28.10.2010, unânime, DJe

07.12.2010).

Assim, discordando do alegado pelos Promotores de Justiça, seria de passar â análise dos pleitos feitos pela autoridade policial.

Ocorre que, não resta dúvida, após a manifestação ministerial, a defesa dos investigados poderá arguir nulidade na manutenção do feito perante este juízo, o que poderia macular o procedimento, sobretudo quanto as provas colhidas nas buscas e apreensões, jogando por terra todo o trabalho realizado até agora.

Sendo assim, ao passo de entender que não haveria qualquer nulidade na análise por este juízo das medidas pleiteadas pela autoridade policial, posto que a medida correta seria o desmembramento da investigação e julgamento dos servidores públicos federais eventualmente envolvidos pelo juízo federal, em outros autos, remeto o procedimento à justiça federal para que o juiz competente para julgamento destes réus possa decidir sobre o pleito, inclusive quanto aos requerimentos formulados em desfavor dos demais investigados.

Resta saber qual órgão da justiça federal seria o competente.

De todos os crimes em tese praticados pelos investigados, o que tem pena cominada mais alta é o de corrupção ativa Como não se sabe ao certo o momento e o local onde, em tese, foi oferecida aos servidores vantagem indevida, a competência seria fixada pelo domicílio do réu.

A se comprovar o que foi investigado, o corruptor último de toda a organização criminosa é Carlos Augusto Almeida Ramos, que tem domicílio em Goiânia-GO, local para onde deve ser deslocada a investigação.

Por tudo que foi exposto, DECIDO:

a) autorizar que todas as provas colhidas até o momento nos presentes autos, bem como nos autos de número 201004085537 e

R7

201100647508 selam utilizadas pela autoridade policial para instaurar procedimento investigatário contra outras pessoas eventualmente citadas ou que tenham conversado com os investigados e que respondam criminalmente perante a justiça federal;

b) determinar que os presentes autos e os de número

201004085537 e 201100647508 sejam remetidos a umas das varas federais com competência criminal da seção da justiça federal de Goiânia-

GO.

c) junte-se cópia desta decisão aos autos citados.

d) que o sigilo da existência e passagem destes autos por este juízo seja mantido.

Valparaíso, 21 de março de 2011

José Augusto de Meio Silva Juiz de Direito

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA

DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL

-

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO DISTRITO FEDERAL

SAIS - QUADRA 07 LOTE 23 SETOR POLICIAL SUL BRASÍLIA-DF - CEP. 70349-970

Ofício n. 012/201 1-Op. Monte Ref.: Processo 2010.04085537 -

Exmo. Sr(a) Juiz( da Seção Judiciária

09)BEARTiAMENTO1 DEÍPOLICIAFEDE1IÁL, por intermédio de seu

Delegado de Policia Federabque:subscreve . estapeça,_vem,-no.exercício de suas atribuições .

4*,

V. Exa., tendo em vistasta,o quantd.

4.

-1 •.

constante da manifestação ministerial de fis.

.

como dar. decisão judicial de fis 4241429 querer

• RATIFICAÇÃO DE TODAS AS PROVAS OBTIDAS NOS

AUTOS DO PROCESSO CAUTELAR DE MONITORAMENTO

TELEFÔNICO N. 2010.04085537, A PARTIR DE DECISÕES DO

JUÍZO ESTADUAL

o SOBRESTAMENTO DA ANÁLISE DA REPRESENTAÇÃO

POLICIAL 14/352

SEGREDO DE JUSTICAI

Página 1de 6

• ANÁLISE DO PROCESSO CAUTELAR DE

MONITORAMENTO TELEFÔNICO N. 2010.04085537 E

DEFERIMENTO DA CONTINUIDADE DO

MONITOTAMENTO TELEFÔNICO EM CURSO, AGORA

COM A INSERÇÃO, NESTA INVESTIGAÇÃO, DE

SERVIDORES FEDERAIS ENVOLVIDOS COM A ORGCRIM

A) DA RATIFICAÇÃO, PELO JUÍZO FEl)

JUÍZO ESTADUAL - DA PARTICIPAÇÃ

QUALQUER OUTRO TIPO1SE

COMPETÊNCIA ESTADUAL)' EM

COMPARTILHAMENTO DE PROVAS I

,O

FORTUITO - PRINCIPIODA :iLEGALIDA]

.0

PRINCIPIO DA PROBIDADE ADMINISTRAI

DAS PROVAS OBTIDAS NO

SERVIDOR FEDERAL (OU

-

)MP FORO, DIVERSO DA

JtJyIr1' 1

- LdttPfl:it

IPIO DA EFICIENCIA

t

,no diájl6 de.mar6, a!partir/dosIemis probatórios colhidos desde

4a _c

subsitorapreseiitou rcptêsentação criminal perante .o Juízo Estadual

j-

'- r)-

CLtr- /

- çrn.

s?de Goiá-GOrêquerehdo Cdeatação deY

7'

'/rTSJ /P fl

COERCITIVA, BUSCA E

AÇÃO BANCARIA

PRISÃO PREVE•NT]

'

APREENSAO e BEOQUEIO SUCESSIVO DE]

dos investigandos cõnstantesafls. j 42 e seguintes.

1.

Ocorre que, em razão do surgimento de indícios de participação de servidor

federal (polícia rodoviário federal), dentro da Organização Criminosa, os ilustres membros do

Ministério Público do Estado de Goiás entenderam que era necessária a declinação da

competência para o Juízo Federal de Goiania, conforme consta da manifestação de fis. 395/423.

Por sua vez, o r. magistrado do juízo estadual, apesar de não comungar de ta] entendimento,

visando não comprometer todo o trabalho desenvolvido até o momento, declinou da

competência determinando a remessa dos autos ao Juízo Federal em Goiânia, local onde reside

e coordena toda a distribuição de propina às forças policiais (Polícia Militar de GO e Polícia

R

(/3

Civil de GO), quem seria, CARLOS AUGUSTO ALMEIDA RAMOS, o conhecido

CARLINHOS CACHOEIRA. Evitando repetição, a fis. 317 e ss, trouxemos alguns das

dezenas de provas obtidas sobre o mesmo e como funciona sua atuação e de toda ORGCRIM.

Excelência, abrimos este tópico para expormos nossa preocupação com o

futuro das investigações em desfavor de Organizações Criminosas de Médio ou Grande porte,

como é o caso em tela. Nossa preocupação de que a Justiça Estadual não mais poderá sequer

iniciar uma investigação de grande porte envolvendo corrupção de servidores públicos. Nossa

preocupação de que a autoridade judiciária estadual seja considerada inferior à autoridade

judiciária federal. Nossa preocupação de.queas.Qganizaçõs £riminosas se beneficiem de

í?-r---.N-

,,/

entendimentos jurídicos mrnoritarios (ou quae-inexjs3eptçs) no que -concerne a não ratificação

das decisões emanadas de

princípio da legalidade e

que o

iorteadores ba

1co:.ou4tPalici;

•)

2.' -

_9

o

algum)entend

olitica deuma -Q

- ál), 'assim como o da probidade - -úrídiëo diverso ffiinoritário (ou

ponha a forçaj

na- pequena?e.J

e FedrM 1 qui aid& seSitk' d6 inestigàôës em- - desfavor de grandes

sas --

risonique ç divide as competências

6

(seja no Judiciário, Mii

administrativa, não

obrepotihã ã

-

UMdesse porte. «

--

<as Justiça

ei

'

e

os mostra que, uma vez-miciada uma grande investigação,

o 'de crírnes de cóMijção dentro de determinado Estado ——

razao 'do - enorme poder aquisitivo e persuasão dos

cujo obJQt

federativo (servidores estaduais) e em

1.

-'

-

-

fl

/

-

integrantes, inevitavelmentejnos depararemos com algum servi dor federal envolvido. Ocorreu

o que a melhor doutrina Cjurisprudência,,.dnominou de .BNCONTRO - FORTUITO DE PROVAS. E, a partir da É. manifestação ministerial de fls. 395/423, nós, autoridades policiais,

longa manils-do Estado no controle da criminalidade, passamos então a nos perguntar

— Ora, se a Polícia Civil do Estado, Polícia Federal ou o Ministério Público

Estadual não puderem ter deferido pedido de compartilhamento de prova (para instauração

de outras investigações — juízo federal ou militar e até mesmo processo administrativo), a

partir de encontro fortuito de provas que levem à participação de servidor federal, então, a

partir desse atual entendimento dos ilustres representantes do MP/GO, começaremos a

-

construir uma nova doutrina de investigação policial no sentido de que TODA E QUALQUER

INVESTIGAÇÃO POLICIAL EM DESFAVOR DE GRANDE ORGANIZAÇÃO

CRIMINOSA (leia-se com mais de 30 envolvidos, como é o caso dos autos) CUJO OBJETO

Página 3 de 6

SEGREDO DE JUSTIC4

cf33

PRINCIPAL SEJA A ROTINEIRA PRÁTICA DE CORRUPÇÃO, tal investigação c.

SOMENTE PODERÁ SER INICIADA DIRETAMENTE NO JUÍZO FEDERAL, para

tanto, então, devemos realizar INVESTIGAÇÕES PRELIMINARES, sem a ingerência do

Ministério Público e muito menos do Judiciário Estadual, para tentarmos primeiramente

identificar QUAL O SERVIDOR FEDERAL envolvido com a ORGCRIM, pois é certo que

existe (só resta saber quando será identificado), e só então demandarmos junto ao juízo

FEDERAL (pelo jeito o único competente para jul gar ORGCRIM com mais de 30

envolvidos), para deferir medidas investigativas mais intrusivas (Ex: Monitoramento

4N

Não podemos deixar- de coentái)macerca 1da enormefrustração de um

-I r—-&Ç/45ts tI>

r—'

pU&

o -'bJ. -

7Lvide1ítópict investigando ANSELMQ

7

-

- -

magistrado Estadual que, depoisde trabalhar horas afio, como no_caso em tela (cerca :de 1.600

r

:

\

laudas de provas), sem ajuda de seu cartório (poisIiapelo iíienos uiwservidor do Fórum de

Valparaíso envolvido comja ORGCRJMD-

BARBOSA - fis. 24 e ss) <: e depois veçquestzonada TODAS as suas decisoes. I!

2Wt.

0.°P-4s4>

.'*

- robservese a quantidade de investigandos-no:gráfico de fis: 1560 (são dezenas

a

deles) e, somente - em razao tda. /'? posterior surgiento de. 4 (quatro) servidores federais (1 -PRF

1

m

çfI\%cçjJ//-

FONSECA, 2-ANDERSON - Chefe-'dos -Transporterna 1Polícia Federal de :Brasília, 3-

FEREIR1

- —DeIgado-dePolíciã.FederaPèm Goiânia) TODA'AINVESTIGAÇAO DEVE IR PARA A

BYRON

- Supervisor da hig ero oift

' rasilia4-FERNANDOe,

-

-

., -:

-.

- -

\(4O7T>'

-

\'Z

t I _ett

.-

.

JUSTIÇAJEDE'RAL?—Por-onde andará o.princípioda 1-- eficiência? O magistrado do juízo

estadual de Va1paraísoja havia4eferido o compartilhamento de provas a fls. 948 dos autos da

.WL

t

medida cautelar 2010.04085537 acatando requerendo deste subscritor em razão de surgimento

de outras frentes de investigaçao. QrnagistradQjlpJuizo estadual já analisou todas as provas

referentes SOMENTE aos.inyestigandos que -não possuem foró diverso da Justiça Estadual, ou

seja detém)cada detalhe de informação, carreada aos auto Agora um novo juiz, um novo

representante do ministério público, terá que reanalisar TODO o trabalho. Onde está a

eficiência do Estado. Sem adentramos no mérito da probidade administrativa, mover agora, no

total, outra máquina judiciária, outro ministério público.

Ressalte-se que, este subscritor, a partir da decisão judicial de fis. 948, já havia

inclusive compartilhado provas destes autos com a Coordenação de Assuntos Internos da

Corregedoria Geral da Polícia Federal, onde iniciaram-se as investigações sobre o Chefe da

Divisão de Serviços Gerais e Transportes do Departamento de Polícia Federal (vide

representação junto à cautelar, datada de hoje). Este subscritor solicitou que não fosse

Página 4 de 6

((11

instaurado inquérito até o dia da deflagração da "Operação Policial" (cumprimento simultâneo t

de todos os mandados de prisão e busca expedidos) em razão do possível envolvimento de

outros servidores dentro da Superintendência da Polícia Federal no DF. A instauração de

qualquer procedimento investigativo sobre tal ORGCRIM poderia ser descoberta e cair por

terra toda esta investigação. Pois infelizmente o Sistema Cartorário da Polícia Federal

(chamado SISCART) é relativamente vulnerável. No entanto, como ainda não há instauração

de inquérito, tais elementos probatórios retornarão para as mãos deste subscritor visando evitar-

se bis in idem.

Igualmente, iriam ser instauradosTnais.3 (três)

aos

y

.'r_UL

dÏTP/GO, as prova.,

.ftàtr

fl¼7JÇfl

nciaa ratificaçao, í$'tsÇi

t

em todos osi

•algumdefeàsór -co

relacionados aos outros

do grande volume

servidores federais, para serem julgados por, seuuizqnatural,s

de trabalho já realizado junto ao) / uizo estadual.

Acertadamente, o Ernmente magistrado Com: 4-.

al de Valparo de

dade policial, mas, em
1.

Goiás diz, a fis. 428, que iri

razão da manifestação

das buscas e,iidroati

e colhidas por ocasião

iam estar maculadas

:parte de V.Exa, de todos os

hidos -a partir de inve oes.sóbre SOMENTE pessoas

stadual, põe uma pa ml sobre a discussão. E, diante

átrios (a exemplo da carreada

ilga -sair com a alegação de

Lv

das ci

afis.

alguma

é

'ij

.? .r

- J- 1

,::-.'

-

-

B)SOBRESTAMENTO UA*N-AEISEIJAREIRESENTAÇAO POLICIAL 14/352

Excelência, em razão da necessana inclusão, nestes autos, os 4(quatro)

servidores federais identificados até o momento, cometendo crimes ao lado da ORGCRIM

chefiada por CARLINHOS CAROEIRA, este subscritor entende ser de rigor o deferimento da

inclusão dos mesmos nos trabalhos de monitoramento telefônicos até então sendo

desenvolvidos. Para tanto, solicitamos também o sobrestamento da eventual expedição dos

mandados requeridos a fis. 14/352, pois precisamos obter um pouco mais de informações

acerca de, por exemplo o Delegado de Polícia Federal FERNANDO BYRON e dos outros

servidores federais, para que a execução das eventuais buscas obtenham pleno sucesso.

SEGREDO DEJUSTICA

Página

SEGREDO DE JUSTáCAI

C)ANÁLISE DO PROCESSO CAUTELAR DE MONITORAMENTO TELEFÔNICO N.

2010.04085537 E DEFERIMENTO DA CONTINUIDADE DO MONITOTAMENTO

TELEFÔNICO EM CURSO, AGORA COM A INSERÇÃO, NESTA INVESTIGAÇÃO,

DE SERVIDORES FEDERAIS ENVOLVIDOS COM A ORGCRIM

Entendendo pelo rápido sobrestamento da emissão dos mandados,

requeremos que V.Exa. analise e defira a prorrogação, pelo menos mais um período de 15 dias,

dos trabalhos de monitoramento telefônicoem Tdfavor. dos investigandos elencados na peça

rA\ ytpresent. monitoramento terá

seu prazo encenado no dia 26 .de março. Portantoa prorrogaçao,nesta semana, possibilitara o

públibo e

V Exa, se inteirem de toda a

desmantelamento da ORGCRIM tão logo

representativa acostada no processo .cauteiaLa?sI-seniue

.ró9À .Irn .

c-&& Â.

-3

r

nve .

ÇtitO-

Insta conswnar aue infeli7menfe rnva7 nmentn

,1P'qq id ion r n n nA,a

1-"

desse -Estado, conforme podetnos.notaiyd

1 %- .-::&:y

pelo qual peço encarecidamente que-e

possivel e que tramite somente pelas mao

vestigação em d esfà^v^or .

de Prefeitos

rnscreverei naquela cautelar. Motivo

sejã analisada o mais rapidamente

ou de policial que o represente.

: ¶•

--

/

/

Brasília-DF, 22

Delegado dFPõT4a Federal Chefe do Núcleo de Inikligência Policial

PODER JUDICIÁRIO

JUSTIÇA FEDERAL EM GOIÁS

DÉCIMA PRIMEIRA VARA

Proc. ri0 .Qo23

c

ATO ORDINATÓRIO

EL.

De ordem do MM. Juiz Federal Substituto, Dr. PAULO AUGUSTO MOREIRA LIMA, abro vista dos autos ao MPF para manifestação. Goiânia (GO), 2210312011.

/

ES EHADA ARO IGUES

Diretora de Secreta ia da 1V vara

REMESSA

Aos %.9120Ji4 faço remessa destes autos,

com

ao

Ministério Público Federal, com baixa na distribuição.

volume(s) e .r

apenso(s),

«

Seção de Procdimentos Criminais

EtroIa 3ohadana Roc4rõ5

Jort S retar4 da 1 j° 'p

Afl2S

DATA

47

iO3 SSÇ

d

da I1 VaitL

JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Estado de Goiás iia Vara Criminal

REMESSA

AosJt

/20j,

faço CARGA destes autos com

d i volume(s) e -apenso(s) ao MPF.Eu Elísio Vez Vieira, Técnico Judiciário - Ma. 31522,

lavrei este termo.

f

4