Você está na página 1de 6

1 1

1-Vitória dos Espartamos sobre Atenas
O filme mostra o cotidiano de Atenas, a cidade mais importante de seu período, porém, em um período de conturbações por causa das guerras contra os espartanos. Atenas era ainda democrática, porém foi invadida pelos espartanos e os gregos perderam muito de seu prestígio e independência política. O fim dessa democracia foi vencido pela fome por ter havido bloqueio naval. E por ordem de Lisandro de Esparta, na presença do povo e dos confederados, segundo como tinha sido imposta a rendição à cidade de Atenas, foi dada a ordem para que houvesse a demolição da muralha ao som das flautistas. Alguns aristocratas de Atenas estavam reunidos e preocupados com a derrota e questionando as falhas, erros e falta de estratégia de quem estava afrente desse comando, da guerra. Enquanto comiam, um deles dizia que... Atenas tinha perdido sua força por ter na juventude a cobiça, desejo e falta de escrúpulo por rejeitar a virtude. Sendo assim uma guerra movida por invejas, traições e disputa de poder.

Como eram tratadas as tratadas às mulheres
As mulheres da época eram tradas como nada, pois não podiam dá opinião de nada e em nada. Servia apenas para serem boas esposas, cuidar da casa, dos filhos e servirem aos maridos. Elas não participavam das conversas e nem das discursões que eles discutiam em reunião entre si.

2- Ensinamentos de Sócrates
Os ensinamentos de Sócrates eram feitos e ensinados por meios de diálogo, ou seja, era uma exposição de ideias por perguntas e resposta, que procura a verdade por meio de oposições e conciliações de contradições lógicas ou históricas. Pois levava aos discípulos e a juventude o conhecimento sobre as coisas do mundo e de outro mundo que acreditava existir e do ser humano. Seus pensamentos e ideias não foram aceitos por parte da aristocracia grega, por questões políticas contrárias e também por inveja, pois Sócrates defendia ideias contrárias da sociedade grega. Foi crítico na cultura grega e na forma das escolhas de homens para exercer cargos políticos, que eram por meio de sorteio. Afirmava que... Tradições, crenças religiosas e costumes, não eram o mais importante e nem desenvolvia o intelectual (conhecimento) a inteligência do povo grego. Ele não cobrava pelos seus ensinamentos, pois ele acreditava que conhecimento não tinha preço, e evidentemente que a sabedoria não podia ser vendida, e ia mais além dizendo que ele nada sabia. Sócrates quando diz... “Eu sei que nada sei”. Ele quis dizer que ninguém em tempo algum, poderá nunca dizer que sabe tudo, porque o conhecimento é dinâmico e infinito... Quanto mais aprendemos, mas nos

A insistência de Sócrates em sua ignorância lembrava aos outros sua própria ignorância.. Até porque o ser inteligente sempre dirá que nada sabe! Sócrates dizia e tentava expor as pessoas a sua ignorância. tornava-lhe o mais sábio. não se furtava destas disputas de argumentos. No entanto ao ter simplicidade e sinceridade para aceitar que não sabia de nada. Por causa da invasão dos espartanos. Pois o tempo é curto. Sócrates também usava de ironia para expor a ignorância em relação a conceitos básicos. porém o grupo que queria afastá-lo da cidade ganhou a votação e ele foi condenado à morte. afirmava com plena convicção que era diferente das outras pessoas apenas por saber que era ignorante. certos grupos começaram a ver seus questionamentos como muito perigosos para a cidade de Atenas. e. e Sócrates. Eram inquestionáveis! . estavam o olhando como um traidor. amigos. onde discorriam diversos assuntos. O filme explica de forma clara as diferenças ao passar pelo período pré-socrático. mas não reestabeleceram a democracia. não passava de um mero tolo. e neste meio de intrigas e disputas internas e externas. atomismo. Pois não abria mão dos seus conceitos e valares. Sócrates aceita sua sentença e bebe cicuta. na verdade eram falsas. amplia com ele os horizontes espirituais e... mostrando que muitas coisas que se presumiam verdadeiras.. um grupo de nobres atenienses se uniu para libertar Atenas e foram bem sucedidos. e assim ele é acusado de cultuar Deuses que não eram o da cidade de Atenas e o de perverter a juventude com ideias diferentes de Atenas. jônios. e caso chegasse a tal ponto. como foi promulgado em sua sentença. Para Sócrates uma pessoa possuidora de conhecimento. Sócrates começa a sofrer ataques quanto a sua moral diante do povo de Atenas. fugiam de suas perguntas provocadoras e até mesmo perturbadoras. não poderia vangloriar-se de ser como tal. É uma das figuras que o mundo conhece e. Naquele tempo toda vida social se dava através da oralidade. discípulos e sofistas. isto é. E por uma certeza de pensamento a qual Sócrates defendeu com a própria vida. porém os cidadãos comuns não lhe ouviam muito. Ele tenta se defender em público com uma grande argumentação. e um dos fundadores da atual filosofia ocidental. filósofo ateniense e um dos mais importantes ícones da tradição filosófica ocidental. possuía também uma técnica especial e perguntas mais profundas.1 convenceremos que não sabemos de nada em comparação ao que temos ainda a aprender. Sócrates era um pensador que vivia cercado de seus discípulos. Sócrates. é considerado um marco no desenvolvimento do pensamento. e assim discussões eram travadas nas ruas. como um cidadão de seu tempo.

em cada palavra e frase.. ele queria abrir os olhos desses jovens. Um poder onde aprisionava o homem. pois tinha como objetivo encontrar a verdade sobre tudo. até o que viria no porvir. Ele questionava o poder. mostrando que muitas coisas que se presumiam verdadeiras.. Sócrates sempre se baseou na sabedoria que ele admirava em seus antecedentes e. “Eu sei que nada sei”. Sócrates seguiu pelo caminho da reflexão e raciocínio. incluía o belo entre as maiores virtudes. isto é... da criação da filosofia e sua importância no conhecimento de si mesmo e na forma de viver e ver o mundo. mas nos convenceremos que não sabemos de nada em comparação ao que temos ainda a aprender. desde a origem das coisas.. tão pouco do que veria depois dessa vida. e ia mais além dizendo que ele nada sabia. do mundo.. portanto. O filme retrata Sócrates como mestre humilde e um homem piedoso que não valorizava os prazeres da carne. Ele quis dizer que ninguém em tempo algum. deveria ter uma sabedoria e conhecimento. Sócrates acreditava que a maneira correta de descobrir as características comuns se dá através de meios indutivos. A natureza dessa explicação real. Quanto mais aprendemos.1 Falava que a verdade era a marca da razão e espiritualidade explicando a natureza oculta das coisas. pois eles eram a nova geração que se iniciava e. Sócrates quando diz. Devido suas ideias Sócrates tinha admiração de muitas pessoas.. Ele não cobrava pelos seus ensinamentos. poderá nunca dizer que sabe tudo. Conhecer a si mesmo. através dela podia encontrar o caminho da verdade. É a plenitude e força intelectual.. Ele levava a cada um uma seguinte questão. inclusive dos jovens. Dedicava-se ao parto das ideias termo criado por Sócrates. porque o conhecimento é dinâmico e infinito. raciocinando a partir de fatos particulares para chegar a uma ideia geral.. todavia. Até porque o ser inteligente sempre dirá que nada sabe! Sócrates dizia e tentava expor as pessoas a sua ignorância. que é o momento do “parto” intelectual da procura da verdade no interior do homem dos cidadãos de Atenas. afirmava com plena convicção que era diferente das outras pessoas apenas por saber que era . Esse filósofo nunca entendia como as pessoas pensavam tão previsivelmente e como não tinham a menor noção do que os rodeava. Sua filosofia em seus discursos feitos em praças e ruas. e evidentemente que a sabedoria não podia ser vendida. Pois o tempo é curto. pois ele acreditava que conhecimento não tinha preço. junto ao bom e ao justo. isto é.. era a busca pelo bem na vida em sociedade. Sócrates era um excelente orador e também muito inteligente. e que não levava a lugar nenhum. na verdade eram falsas. Sócrates também usava de ironia para expor a ignorância em relação a conceitos básicos.

e.. e estes. Falou que essa mesma voz interior o tinha livrado da morte. do qual o povo grego ateniense tinha se afastado. e. em sua simplicidade. E esta definição se conduz à essência.. e na sua conversa com Sócrates ele dizia que seu pai não tinha piedade. novamente centralizado no ponto de vista do ser.. E Sócrates lhe perguntou o que era piedade para ele? Pois queria saber para pode então quem sabe usar esse argumento e poder se defender quem sabe no dia do seu julgamento. no fim. pretendia mostrar ao contrário. Quando Sócrates foi confirmar a sua acusação no pórtico. ele perguntava ou indagava aos cidadãos atenienses. e ensinamentos pelas ruas e praças. por exigência de Sócrates. Para os interrogados tratava-se de algo extremamente incômodo. humildade e por ser carismático. Sócrates com sua simplicidade. pois se ele tivesse se envolvido na política já teria morrido bem antes. foi o homem da rua e da praça. quando não sabiam responder. dizer ou mostrar algo é sua essência. Sócrates foi considerando pelo oráculo o homem mais sábio. Sócrates veio para superar a sofísticas e restabelecer o sentido da verdade no pensamento grego. como uma inspiração. até o desviava de uma ação. e também outros vindos de outras cidades da Grécia. o melhor da juventude ateniense. Sócrates dizia também sentir a presença de uma voz interior.1 ignorante. que sempre alegavam que responderia depois a questão argumentada. não havia a consciência de sua ignorância. pois não sabia e nem tinha a definição. como uma voz da divindade. Ele tinha essa voz interior. que muitas das vezes foi interpretada como algo divino. a um novo saber. e esse mal estar vai se . e ficavam todos com atenção fixa nos ensinamentos e nas palavras de Sócrates. comprova-se que o oráculo tinha razão. em certas ocasiões. ou traição aos deuses atenienses. e essa voz o aconselhava em seus momentos mais difíceis de sua vida. pois ninguém era mais sábio que ele. Que era ignorante. ele amou tanto seus contemporâneos a tal posto que isso lhe custasse à vida. Sócrates foi uma das personalidades mais interessantes e inquietantes de toda a história grega. que falou e inquietou todos os atenienses. E definir para Sócrates é por limites em algo e. portanto.. A atuação de Sócrates na Grécia foi digna e valente como cidadão e soldado. ele encontrou um jovem que estava lá para confirmar a acusação contra o seu pai. A insistência de Sócrates em sua ignorância lembrava aos outros sua própria ignorância. Ele dia que essa voz interior nunca o estimulava a agir. entendido e voltado para a verdade. Em seus discursos. e este. sobretudo. reunia rapidamente a sua volta um grupo de jovens atentos e ensaístas. O jovem não soube responder. e ao saber com um simples discernir ou distinguir. enquanto que Sócrates dizia sempre ao contrário. e na filosofia não houve mistério em sua vida vivida na Grécia. pela morte de um trabalhador.

a uma sentença de morte. além de atrair o ódio dos seus rivais.. pois no dia de sua morte ele teve uma profunda conversa sobre a imortalidade com seus discípulos. nem que para isso tivesse que morrer. pois Sócrates buscava viver a verdade. E despertar um novo sentido nos atenienses. filhos. a um estado. porque nem mesmo a maldade e a inveja dos seus inimigos o fizeram desistir de sua busca.. A reflexão. pois como seria possível. pois disse que já tinha cumprido sua missão. enquanto estava preso... A busca pela verdade. mostra a fidelidade aos princípios de sua filosofia. Mesmo depois de sua condenação.. não como uma coisa nova. pois não iria mudar em nada. que foi levado por Sócrates com uma grande serenidade e ironia. E que “fugir seria cometer injustiça. E por corromper a juventude.1 transformando em ódio e inveja. pela sociedade não ter o costume de pensar. O julgamento e a execução de Sócrates são eventos centrais do filme.. Quando Críton propôs que Sócrates fugisse ele achava ridícula a ideia de se esforçar para ficar vivo. em especial aquela que é descrita nos diálogos com Críton. teve suas ideias filosóficas equivocadas e.. suas convicções eram fascinantes e determinante. Sócrates era admirado e amado por sua esposa. pois tem consciência e convicção dos seus próprios valores.. Por introduzir novos deuses. . portanto. onde quer que fosse achava tudo inútil.. e que sua idade já era bastante avançada. Em sua defesa Sócrates fez um discurso. condenado a morte por envenenamento. A razão de sua cooperação com a justiça é determinante. Sócrates não teve medo de morres. sua morte teria sido em vão. em processo absurdo. Ao contrário. jovens e muitos outros cidadãos.. ao ponto de Sócrates ser acusado por não crê nos deuses Atenas. ele poderia ter evitado sua morte se tivesse fugido (escapado) com a ajuda de amigos.... e a onde quer que ele fosse iria ser perseguido e condenado. amigos. ai sim. Morrer para Sócrates era ser esquecido. mas considera o homem de outro ponto de vista. mas pelo fato dele expor pensamentos avançados para a época.. O seu interior. embora ele não tivesse medo da morte.. acusado injustamente. Sócrates admitiu que poderia ter evitado sua condenação (beber o veneno chamado cicuta) se tivesse desistido da vida justa. e tinha como principal preocupação o homem. sobreviver se suas determinações perderem a força?”. pois acreditava que tinha algo mais reservado para ele. foi julgado por crimes não cometeu e. crítica e de maturidade. aceita tranquilamente por Sócrates. e bebe a cicuta (erva venenosa). se a verdade fosse abandonada. que era implantar..

1 .