Você está na página 1de 2
4) AÇÃO de GRAÇAS
4) AÇÃO de GRAÇAS

Coordenadora: Louvemos a Deus por todas as suas Maravilhas: canto 321

ORAÇÃO da COMUNIDADE

Vamos orar a Deus Pai, para que seja fortalecido o nosso compromisso de fraternidade na comunidade: PAI NOSSO e para que Nossa Senhora seja exemplo de carinho e ternura, a invoque- mos,AVE MARIA

seja exemplo de carinho e ternura, a invoque- mos, AVE MARIA ORAÇÃO FINAL Coordenador(a) “Ó Deus

ORAÇÃO FINAL

Coordenador(a) “Ó Deus nosso Pai, a fé nos une convosco quando cremos em vós e adoramos um só Deus em três pessoas divinas. Que a mesma fé nos faça trabalhar por uma vida digna para todas as pessoas. Por Cristo nos- so Senhor”. Coord.: Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo. Todos: Para sempre seja louvado! Coord.: Feliz semana a todos. Ide em paz, e o Senhor nos acompanhe

ABRAÇO da PAZ e CANTO

Coord.: Como filhas e filhos do Deus da paz, terminamos nossa celebração pedindo a Benção de Deus e saudamo-nos com um gesto de comunhão fra- terna.

BENÇÃO de DEUS

Ministro(a) da Palavra: Que o Deus da Paz, Ele que é Pai, Filho e Espírito Santo nos abençoe e nos guarde. Vamos em paz e o Senhor nos acompanhe!

AVISOS

CELEBRANDO A VIDA À LUZ DA FÉ

LITURGIA da PALAVRA de DEUS

CELEBRANDO A VIDA À LUZ DA FÉ LITURGIA da PALAVRA de DEUS ANIMANDO A LITURGIA ∑

ANIMANDO A LITURGIA

LUZ DA FÉ LITURGIA da PALAVRA de DEUS ANIMANDO A LITURGIA ∑ Domingo da Santíssima Trindade

Domingo da Santíssima Trindade

Terminado o Tempo

Pascal, primeiro domingo depois da festa de Pentecostes, a Igreja celebra o grande mistério da Trindade divina: Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Três rostos mas um só Deus

AS CARACTERISTICAS : Agradecendo pela caminha- da diocesana, celebramos a nossa fé, tantos rostos mas uma só comuni- dade. Como filhos e filhas muito amados, elevemos nossa gratidão a Deus.

SIMBOLO: Na procissão de entrada, uma cruz com três fitas - uma de cada cor (simbolizando a Trindade).

O Sinal da Cruz, nos acompanhará nesta celebração.

1)

ACOLHIDA:

as Ministras da acolhida: Boas vin- das, a todos.

INTRODUÇAÕ À CELEBRAÇÃO

Coordenadora: Irmãos e irmãs, so- mos felizes por participar da comu- nhão do Deus trino. Ele nos convida a fazer parte de sua vida trinitária: na a- colhida, no carinho, na amizade verda- deira. Bendito seja Deus Pai, bendito seja o Filho unigênito e bendito seja o Espírito santificador. Iniciemos a cele- bração com alegria, cantando. Levantar a CRUZ com as fitas

CANTO de ENTRADA

Sugestão: n° de 18 – Celebrar a vida ou de n° 28— Nas horas de Deus

SAUDAÇÃO

Coordenadora: Em nome do Pai (cantado) Coord.: O Deus da vida que nos a- ma e nos acolhe, esteja com vocês. Todos: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

2) RECORDAÇÃO da VIDA
2) RECORDAÇÃO da VIDA

Coordenadora:

Ultimo domingo de maio; quais alegrias ou quais dificul- dades queremos partilhar?

Está se aproximando a missão diocesana em Miguel Calmon;

Lembrar os aniversariantes e as crianças presentes.

ATO PENITENCIAL

Coordenador(a):

“Deus não enviou o seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por e- le”. Humildemente, peçamos-lhe perdão de nossos erros (pausa).

Coord: Quando não cultivamos a concórdia e a paz na família e na comunidade, Senhor piedade

As: (Refrão de n° 78) “Senhor ten-

de piedade de nós”.

Coord: Quando fomos propagado- res de fofocas e fizemos os outros sofrerem, Senhor piedade As: (Refrão cantado) “Senhor ten-

de piedade de nós”.

Coord: Quando nos omitimos pe- rante as injustiças e mentiras, Se- nhor piedade As: (Refrão cantado) “Senhor ten-

de piedade de nós”.

Coordenador(a): Deus Pai

nos acompanhe com a sua graça e perdoe os nossos pe- cados e omissões e nos conce- da perseverança no caminho do amor. Todos: Amém.

CANTO de LOUVOR

A Catequista Agradecemos a Deus

Pai, a Deus Filho, a Deus Espírito Santo, único Senhor da nossa vida,

cantando:

CANTO de nº 111 ou de n° 113

ORAÇÃO

A Catequista convida as pessoas à ora- ção pessoal silenciosa e depois reza:

as pessoas à ora- ção pessoal silenciosa e depois reza: Ó Deus, vós nos revelastes o
as pessoas à ora- ção pessoal silenciosa e depois reza: Ó Deus, vós nos revelastes o

Ó Deus, vós nos revelastes o mistério do vosso modo de ser. Mandastes ao mundo Jesus, que é a verdade e o Espí- rito que é o amor. Dai-nos de professar a verdadeira Fé: reconhecer a glória da Trindade e adorar a unidade de um só Deus. Por Cristo nosso Senhor. Amém

3) LITURGIA da PALAVRA
3) LITURGIA da PALAVRA

as leituras sejam pro- clamadas de modo cla- ro, pausado comunicati- vo

sejam pro- clamadas de modo cla- ro, pausado comunicati- vo Deus é Senhor do céu e

Deus é Senhor do céu e da terra e Pai de todos nós que fomos batizados em nome da Trindade santa. Acolhamos, com alegria, a palavra que nos revela em plenitude a vida de Deus.

1ª LEITURA:

Carta aos Romanos: 5, 1-5

SALMO de RESPOSTA - 8

1ª LEITURA: Carta aos Romanos: 5, 1-5 SALMO de RESPOSTA - 8 REFRÃO:Ó Senhor, como é

REFRÃO:Ó Senhor, como é grande vosso nome. 1. Contemplando estes céus que plas- mastes e formastes com dedos de artis- ta; vendo a lua e estrelas brilhantes, perguntamos: “Senhor que é o homem para dele assim vos lembrardes o tra- tastes com tanto carinho?” Refrão. 2. Pouco abaixo de Deus o fizestes, co-

roando-o de glória e esplendor; vós lhe destes poder sobre tudo, vossas obras aos pés lhe pusestes. Refrão. 3. As ovelhas, os bois, os rebanhos, todo o gado e as feras da mata; passarinhos e peixes dos mares, todo ser que se move nas águas. Refrão.

Aclamação ao evangelho: CANTO 141

EVANGELHO: João 16, 12-15

A Ministra da Palavra orienta a partilha

ENTENDENDO O TEXTO

1.

Por que Jesus não falou tudo para os discípulos? (v. 12)

2.

Sobre quem Jesus estava falando? (v. 13). O que o Espírito vai lem- brar para os discípulos? (vv 13-14)

A BÍBLIA NA VIDA

Vamos nos perguntar:

3.

Como o amor de Deus está presen- te em nós? (leia o v. 5 na 2ª leitura)

4.

Qualquer semente plantada precisa de cuidado para crescer (água,

adubo, capinar

).

Como estou cui-

do

dando do amor de Deus em mim? (Estou rezando? Estou participan- da celebração? Estou cuidando da esposa ou do esposo, dos filhos? Estou sendo honesto no meu traba- lho? Preguiçoso? Caio na bebe- deira?

MENSAGEM CENTRAL

A Trindade (Pai e Filho e Espíri-

to Santo) nos lembra como é Deus:

Deus é Amor, e por isso é Comunicação, porque não existe Amor sem Partilhar, sem Comuni- car, sem viver a Fraternidade, por- que não existe Amor sem a vida de Família.

Deus é Família, é Comunidade.

Foi Jesus Cristo que nos falou disso (pode ler no evangelho de João 1,18 e na Carta aos Colos- senses 1, 15-20).

Nós fomos batizados em

Santíssima Trindade.

nome da

Temos a marca da Comunidade. Fortalecendo a Comunida- de, estamos fortalecendo a nossa união com Deus.

PROFISSÃO de FÉ

“Creio em Deus Pai

PRECES dos FIEIS

- de forma espontânea;

-lembrar os últimos acontecimen- tos; - agradecer a Deus pela família e pela nossa comunidade.

OFERTORIO

*Vamos oferecer a Deus, a nossa solidariedade para com os pobres e para as necessidades da comunida- de com o CANTO de n° 346 “SABER AMAR”