Você está na página 1de 28

Regras de utilização

Para a melhor utilização do presente modelo o empreendedor deverá dominar conceitos básicos de
análise económica e financeira ou, não sendo esse o caso, deve explorar as potencialidades do
presente modelo acompanhado por alguém conhecedor desses conceitos. Por outro lado, este
modelo Económico Financeiro deve ser acompanhado de informação qualitativa detalhada sobre o
projecto e de explicação dos pressupostos de cálculos efectuados.

Principais regras de utilização:

➜ Só devem ser inseridos valores nas células com fundo branco;


➜AOsutilização
valores que se modelo
deste encontrem
temapor
azul, poderão
base ser alterados,
um trabalho masparte
prévio por dentro
dodos mesmos
utilizador no parâmetros;
que diz respeito à previsão de
proveitos e de custos;
➜ No caso de pretender efectuar uma análise de sensibilidade, utilize este mesmo modelo, mas com diferentes valores.

Passos para preenchimento:

Para que o possa tirar partido de todas as funcionalidades do modelo, deverá confirmar se o nível de
segurança das Macros esta em Médio. Para isso basta ir às Ferramentas - Macro - Segurança e no Nível de
1
Segurança escolher / confirmar se está no Médio. Caso não esteja coloque a opção já indicada e feche o
ficheiro. Quando reabrir , seleccione Aceitar Macro.

2 Colocar o nome da empresa na célula E1 na sheet de "Pressupostos";

Estimar o volume de negócios da empresa, através das quantidades vendidas, preço de venda dos produtos e
3 de prestação de serviços. Caso pretenda utilize folha de cálculo anexa e faça apenas as respectivas ligações
de acordo com a classificação contabilística do seu volume de negócios;

Colocar na sheet CMVMC na célula correspondente, as margens brutas de negócio para cada um dos produtos
4
vendidos;

5 Na sheet FSE, estimar um valor médio mensal para cada umas das rubricas que se adaptem à empresa / negócio;

Na sheet Custos Pessoal, definir os colaboradores (Gerência e Pessoal) da empresa e respectivas


6 remunerações brutas mensais. Para além disto, definir, caso se aplique um valor para a formação e outros
custos com pessoal;

Posteriormente, definir o quadro de investimento da empresa / projecto na sheet de Investimentos, repartida


7
pelas diferentes rubricas de investimento em activo fixo;

Na sheet de Fundo Maneio, definir a Reserva de Segurança de Tesouraria. Esta rubrica representa um valor
8
mínimo de disponibilidades a manter ao longo do projecto;

Após a definição de todos estes pressupostos tem que definir a forma de financiamento do projecto na sheet
9 Financiamento. Deverá indicar o valor de capital social inicial e eventuais aumentos, bem como o nível de
suprimentos da empresa e / ou o valor dos empréstimos bancários;

Os inputs do modelo estão inseridos, sendo necessário apenas fazer o acerto de disponibilidades. Assim
10
sendo, na sheet de Plano Financeiro carregar no rectângulo que indica "Acerto do modelo"

IAPMEI 1
Empresa: XPTO, Lda

Pressupostos Gerais

Valide os pressupostos aqui indicados e ajuste-os de acordo com o seu projecto

Unidade monetária Euros

Prazo médio de Recebimento (dias) / (meses) 30 1.0


Prazo médio de Pagamento (dias) / (meses) 30 1.0
Prazo médio de Stockagem (dias) / (meses) 15 0.5

Taxa de IVA - Vendas 21%


Taxa de IVA - Prestação Serviços 21%
Taxa de IVA - CMVMC 21%
Taxa de IVA - FSE 21%

Taxa média de IRS 15.00%


Taxa de IRC 25.00%
Taxa de distribuição dividendos 10.00%

Taxa de Aplicações Financeiras Curto Prazo 2.00%


Taxa de juro de empréstimo M/L Prazo 5.00%
Taxa de juro de empréstimo Curto Prazo 5.00%

Taxa de juro de activos sem risco - Rf 3.00% NOTA: Quando não se aplica Beta, colocar:
Prémio de risco de mercado - (Rm-Rf)* ou pº 10.00% - O prémio de risco (pº) adequado ao projecto
Beta empresas equivalentes 100.00% - Beta = 100%
Taxa de crescimento dos cash flows na perpetuidade 0.05 ==> R(Tx actualização) = Rf + pº
* Rendimento esperado de mercado

Métodos de avaliação considerados:

Free Cash Flow to Firm

Em linhas gerais, o método dos fluxos de caixa descontados consiste em estimar-se os fluxos de caixa futuros da empresa e trazê-los a valor
presente por uma determinada taxa de desconto (WACC). Em outras palavras, o valor de uma empresa pode ser expresso como o valor presente do
fluxo FCFF (fluxo de caixa líquido para a firma, do inglês Free Cash Flow to Firm).
Free Cash Flow to Equity

No método de avaliação pelo desconto de fluxos de caixa líquido do acionista (FCFE – do inglês Free Cashflow to Equity), o objetivo é avaliar
directamente o património líquido da empresa.

IAPMEI 28
s

Volume de negócios
Colocar o primeiro ano de vigência do
projecto
2007 2008 2009
Taxa de variação dos preços 3.00% 3.00%

VENDAS - MERCADO NACIONAL 2007 2008 2009


Produto A * 0 0 0
Quantidades vendidas 0 0
Taxa de crescimento das unidades vendidas
Preço Unitário 0.00 0.00
Produto B * 0 0 0
Quantidades vendidas 0 0
Taxa de crescimento das unidades vendidas
Preço Unitário 0.00 0.00
Produto C * 0 0 0
Quantidades vendidas 0 0
Taxa de crescimento das unidades vendidas
Preço Unitário 0.00 0.00
Produto D * 0 0 0
Quantidades vendidas 0 0
Taxa de crescimento das unidades vendidas
Preço Unitário 0.00 0.00
TOTAL 0 0 0

VENDAS - EXPORTAÇÃO 2007 2008 2009


Produto A * 0 0 0
Quantidades vendidas 0 0
Taxa de crescimento das unidades vendidas
Preço Unitário 0.00 0.00
Produto B * 0 0 0
Quantidades vendidas 0 0
Taxa de crescimento das unidades vendidas
Preço Unitário 0.00 0.00
TOTAL 0 0 0
* Produtos / Familias de Produtos / Mercadorias
NOTA: Caso não tenha conhecimento das quantidades, colocar o valor das vendas na linha das "Quantidades Vendidas" e o valor

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - MERCADO NACIONAL 2007 2008 2009


Serviço A 0 0
Taxa de crescimento
Serviço B 0 0
Taxa de crescimento
Serviço C 0 0
Taxa de crescimento
Serviço D 0 0
Taxa de crescimento
TOTAL 0 0 0

IAPMEI 3
PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - EXPORTAÇÕES 2007 2008 2009
Serviço A 0 0
Taxa de crescimento
Serviço B 0 0
Taxa de crescimento
Serviço C 0 0
Taxa de crescimento
Serviço D 0 0
Taxa de crescimento
TOTAL 0 0 0

TOTAL VENDAS - MERCADO NACIONAL 0 0 0


TOTAL VENDAS - EXPORTAÇÕES 0 0 0
TOTAL VENDAS 0 0 0
IVA VENDAS 21% 0 0 0

TOTAL PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - MERCADO NACIONAL 0 0 0


TOTAL PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - EXPORTAÇÕES 0 0 0
TOTAL PRESTAÇÕES SERVIÇOS 0 0 0
IVA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 21% 0 0 0

TOTAL VOLUME DE NEGÓCIOS 0 0 0

IVA 0 0 0

TOTAL VOLUME DE NEGÓCIOS + IVA 0 0 0

Ajustamentos de Cobrança Duvidosa 0 0 0

IAPMEI 4
Empresa: XPTO, Lda
Euros

Volume de negócios

2010 2011 2012


3.00% 3.00% 3.00%

2010 2011 2012


0 0 0
0 0 0

0.00 0.00 0.00


0 0 0
0 0 0

0.00 0.00 0.00


0 0 0
0 0 0

0.00 0.00 0.00


0 0 0
0 0 0

0.00 0.00 0.00


0 0 0

2010 2011 2012


0 0 0
0 0 0

0.00 0.00 0.00


0 0 0
0 0 0

0.00 0.00 0.00


0 0 0

r o valor das vendas na linha das "Quantidades Vendidas" e o valor 1 na linha do "Preço Unitário".

2010 2011 2012


0 0 0

0 0 0

0 0 0

0 0 0

0 0 0

IAPMEI 5
2010 2011 2012
0 0 0

0 0 0

0 0 0

0 0 0

0 0 0

0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0

0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0

0 0 0

0 0 0

0 0 0

0 0 0

IAPMEI 6
CMVMC - Custo das Mercadorias Vendidas e Matérias Consumidas

Margem
CMVMC 2007 2008 2009
Bruta
MERCADO NACIONAL 0 0 0
Produto A* 0 0 0
Produto B* 0 0
Produto C* 0 0
Produto D* 0 0 0
MERCADO EXTERNO 0 0 0
Produto A * 0 0 0
Produto B * 0 0 0
TOTAL CMVMC 0 0 0

IVA 21% 0 0 0

TOTAL CMVMC + IVA 0 0 0

NOTA: Mapa construído caso a caso:


a) Introduzir a Margem Bruta directamente, quando conhecida e passível de ser utilizada, ou efectuar a respectiva fórmula de cálculo;
b) Efectuar os cálculos auxiliares considerados necessários para alcançar a o nível de matéria-prima por unidade produzida e introduzir manualm
c) Caso não seja possível alcançar o nível do consumo de matéria-prima por produto, introduzir o valor do custo total, após a realização dos respe

NOTA 2: Está disponível uma folha para cálculos auxiliares. Contém mapas para cálculo do CMVMC de projectos industriais.

IAPMEI 7
EMPRESA: XPTO, Lda
Euros

rcadorias Vendidas e Matérias Consumidas

2010 2011 2012


0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0

0 0 0

0 0 0

el de ser utilizada, ou efectuar a respectiva fórmula de cálculo;


r a o nível de matéria-prima por unidade produzida e introduzir manualmente os valores;
por produto, introduzir o valor do custo total, após a realização dos respectivos cálculos auxiliares.

IAPMEI 8
FSE - Fornecimentos e Serviços Externos

2007 2008 2009


Nº Meses 12 12 12
Taxa de crescimento 0% 3.00% 3.00%

Tx IVA CF CV Valor Mensal 2007 2008 2009


Subcontratos 21% 0% 100% 0 0 0
Electricidade 21% 80% 20% 0 0 0
Combustiveis 21% 0% 100% 0 0 0
Agua 5% 80% 20% 0 0 0
Outros Fluidos 21% 0% 100% 0 0 0
Ferramentas e Utensilios 21% 0% 100% 0 0 0
Livros e doc. técnica 21% 80% 20% 0 0 0
Material de escritório 21% 80% 20% 0 0 0
Artigos para oferta 21% 0% 100% 0 0 0
Rendas e alugueres 21% 0% 100% 0 0 0
Despesas de representação 21% 0% 100% 0 0 0
Comunicação 21% 70% 30% 0 0 0
Seguros 100% 0 0 0
Royalties 21% 0% 100% 0 0 0
Transportes de mercadorias 21% 0% 100% 0 0 0
Deslocações e estadas 21% 0% 100% 0 0 0
Comissões 21% 0% 100% 0 0 0
Honorários 21% 100% 0 0 0
Contencioso e notariado 21% 0% 100% 0 0 0
Conservação e reparação 21% 70% 30% 0 0 0
Publicidade e propaganda 21% 0% 100% 0 0 0
Limpeza, higiene e conforto 21% 100% 0 0 0
Vigilância e segurança 21% 100% 0 0 0
Trabalhos especializados 21% 80% 20% 0 0 0
Outros forn. e serviços 21% 0% 100% 0 0 0
TOTAL FSE 0 0 0

FSE - Custos Fixos 0 0 0

FSE - Custos Variáveis 0 0 0

TOTAL FSE 0 0 0

IVA 0 0 0

FSE + IVA 0 0 0

IAPMEI 9
Empresa: XPTO, Lda
Euros

necimentos e Serviços Externos

2010 2011 2012


12 12 12
3.00% 3.00% 3.00%

2010 2011 2012


0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0

0 0 0

0 0 0

0 0 0

0 0 0

0 0 0

IAPMEI 10
Custos com Pessoal
2007 2008 2009
Nº Meses 14 14 14
Incremento Anual (Vencimentos + Sub. Almoço) 0% 3.00% 3.00%

Quadro de Pessoal 2007 2008 2009


Administração / Direcção
Administrativa Financeira
Comercial / Marketing
Produção / Operacional
Qualidade
Manutenção
Aprovisionamento
Investigação & Desenvolvimento
Outros

TOTAL 0 0 0

Remuneração base mensal 2007 2008 2009


Administração / Direcção 0 0
Administrativa Financeira 0 0
Comercial / Marketing 0 0
Produção / Operacional 0 0
Qualidade 0 0
Manutenção 0 0
Aprovisionamento 0 0
Investigação & Desenvolvimento 0 0
Outros 0 0
0 0 0
0 0 0

Remuneração base anual - TOTAL Colaboradores 2007 2008 2009


Administração / Direcção 0 0 0
Administrativa Financeira 0 0 0
Comercial / Marketing 0 0 0
Produção / Operacional 0 0 0
Qualidade 0 0 0
Manutenção 0 0 0
Aprovisionamento 0 0 0
Investigação & Desenvolvimento 0 0 0
Outros 0 0 0
0 0 0 0
0 0 0 0
TOTAL 0 0 0

Outros Custos 2007 2008 2009


Segurança Social
Gerência / Administração 21.25% 0 0 0
Outro Pessoal 23.75% 0 0 0
Seguros Acidentes de Trabalho 1% 0 0 0
Subsídio Alimentação 130.46 0 0 0
Comissões
Formação
Outros custos com pessoal
TOTAL OUTROS CUSTOS 0 0 0

TOTAL CUSTOS PESSOAL 0 0 0

QUADRO RESUMO 2007 2008 2009


Vencimentos
Gerência/Administração 0 0 0
Pessoal 0 0 0
Encargos 0 0 0
Seguros Acidentes de Trabalho 0 0 0
Sub. Alimentação 0 0 0
Comissões 0 0 0
Formação 0 0 0
Outros custos com pessoal 0 0 0
TOTAL CUSTOS PESSOAL 0 0 0

Retenções Colaboradores 2007 2008 2009


Retenção SS Colaborador
Gerência / Administração 10.00% 0 0 0
Outro Pessoal 11.00% 0 0 0
Retenção IRS Colaborador 15.00% 0 0 0

IAPMEI 11
TOTAL Retenções 0 0 0

IAPMEI 12
Empresa: XPTO, Lda
Euros

Custos com Pessoal


2010 2011 2012
14 14 14
3.00% 3.00% 3.00%

2010 2011 2012

0 0 0

2010 2011 2012


0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0

2010 2011 2012


0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0

2010 2011 2012

0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0

0 0 0

0 0 0

2010 2011 2012

0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0
0 0 0

2010 2011 2012

0 0 0
0 0 0
0 0 0

IAPMEI 13
0 0 0

IAPMEI 14
Empresa: XPTO, Lda
Euros

Investimento em Fundo Maneio Necessário

2007 2008 2009 2010 2011 2012


Necessidades Fundo Maneio
Reserva Segurança Tesouraria 0 0 0 0 0
Clientes 0 0 0 0 0 0
Existências 0 0 0 0 0 0
*
*
TOTAL 0 0 0 0 0 0
Recursos Fundo Maneio
Fornecedores 0 0 0 0 0 0
Estado 0 0 0 0 0 0
*
TOTAL 0 0 0 0 0 0

Fundo Maneio Necessário 0 0 0 0 0 0

Investimento em Fundo de Maneio 0 0 0 0 0 0

* A considerar caso seja necessário

IAPMEI 15
Investimento

Taxa de Amortização Anual


Máxima S
Mínima N

Investimento por ano 2007 2008 2009 2010


Imobilizado Incorpóreo
Despesas de Instalação
Despesas de I&D
Propriedade Industrial e O.Direitos
Trespasses
Outras Imobilizações Incorpóreas
Total Imobilizado Incorpóreo 0 0 0 0
Imobilizado Corpóreo
Terrrenos e Recursos Naturais
Edificios e Outras Construções
Equipamento Básico
Equipamento de Transporte
Ferramentas e Utensilios
Equipamento Administrativo
Taras e Vasilhame
Outras Imobilizações Corpóreas
Total Imobilizado Corpóreo 0 0 0 0
Total Investimento 0 0 0 0

IVA 21% 0 0 0 0

Valores Acumulados Balanço 2007 2008 2009 2010


Imobilizado Incorpóreo
Despesas de Instalação 0 0 0 0
Despesas de I&D 0 0 0 0
Propriedade Industrial e O.Direitos 0 0 0 0
Trespasses 0 0 0 0
Outras imobilizações incorpóreas 0 0 0 0
Total Imobilizado Incorpóreo 0 0 0 0
Imobilizado Corpóreo
Terrrenos e recursos naturais 0 0 0 0
Edificios e Outras Construções 0 0 0 0
Equipamento básico 0 0 0 0
Equipamento de transporte 0 0 0 0
Ferramentas e utensilios 0 0 0 0
Equipamento administrativo 0 0 0 0
Taras e vasilhame 0 0 0 0
Outras imobilizações corpóreas 0 0 0 0
Total Imobilizado Corpóreo 0 0 0 0
Total Imobilizado 0 0 0 0

Amortizações do Exercício Taxa 2007 2008 2009 2010


Total Amortizações 0 0 0 0

IAPMEI 16
Empresa: XPTO, Lda
Euros

Investimento

2011 2012

0 0

0 0
0 0

0 0

2011 2012

0 0
0 0
0 0
0 0
0 0
0 0

0 0
0 0
0 0
0 0
0 0
0 0
0 0
0 0
0 0
0 0

2011 2012
0 0

IAPMEI 17
Empresa: XPTO, Lda
Euros

Financiamento

2007 2008 2009 2010 2011 2012


Investimento = Capital Fixo + FMN 0 0 0 0 0 0
Margem de segurança 2% 2% 2% 2% 2% 2%
Necessidades de financiamento 0 0 0 0 0 0

Fontes de Financiamento 2007 2008 2009 2010 2011 2012


Meios Libertos 0 0 0 0 0 0
Capital Social
Empréstimos de Sócios / Suprimentos 0 0 0
Financiamento bancário e outras Inst. Crédito
TOTAL 0 0 0 0 0 0

2007
Capital em dívida (início período) 0 0 0 0 0 0
Taxa de Juro 5% 5% 5% 5% 5% 5%
Juro Anual 0 0 0 0 0 0
Reembolso Anual 0 0 0 0 0
Imposto Selo (0,4%) 0 0 0 0 0 0
Serviço da dívida 0 0 0 0 0 0
Valor em dívida 0 0 0 0 0

2008
Capital em dívida (início período) 0 0 0 0 0 0
Taxa de Juro 5% 5% 5% 5% 5%
Juro Anual 0 0 0 0 0
Reembolso Anual 0 0 0 0 0
Imposto Selo (0,4%) 0 0 0 0 0
Serviço da dívida 0 0 0 0 0
Valor em dívida 0 0 0 0 0

2009
Capital em dívida (início período) 0 0 0 0 0
Taxa de Juro 5% 5% 5% 5%
Juro Anual 0 0 0 0
Reembolso Anual 0 0 0 0
Imposto Selo (0,4%) 0 0 0 0
Serviço da dívida 0 0 0 0
Valor em divida 0 0 0 0

2010
Capital em dívida (início período) 0 0 0 0
Taxa de Juro 5% 5% 5%
Juro Anual 0 0 0
Reembolso Anual 0 0 0
Imposto Selo (0,4%) 0 0 0
Serviço da dívida 0 0 0
Valor em dívida 0 0 0

2011
Capital em dívida (início período) 0 0 0
Taxa de Juro 5% 5%
Juro Anual 0 0
Reembolso Anual 0 0
Imposto Selo (0,4%) 0 0
Serviço da dívida 0 0
Valor em dívida 0 0

2012
Capital em dívida (início período) 0 0
Taxa de Juro 5%
Juro Anual 0
Reembolso Anual 0
Imposto Selo (0,4%) 0
Serviço da dívida 0
Valor em dívida 0

Capital em dívida 0 0 0 0 0 0

Juros pagos com Imposto Selo incluído 0 0 0 0 0 0


Reembolso 0 0 0 0 0 0

IAPMEI 18
Empresa:

Demonstração de Resultados Previsional

2007 2008 2009 2010 2011


Vendas 0 0 0 0 0
Prestações de Serviços 0 0 0 0 0
Volume de Negócios 0 0 0 0 0
(-) Variação da Produção
CMVMC 0 0 0 0 0
Outros custos variáveis (FSE) 0 0 0 0 0
Margem Bruta de Contribuição 0 0 0 0 0
#DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0!
FSE- Custos Fixos 0 0 0 0 0
Resultado Económico 0 0 0 0 0
Impostos
Custos com o Pessoal 0 0 0 0 0
% de Vendas #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0!
Outros Custos Operacionais
Outros Proveitos Operacionais
EBITDA 0 0 0 0 0
Amortizações 0 0 0 0 0
Ajustamentos / Provisões 0 0 0 0 0
EBIT 0 0 0 0 0
Custos Financeiros 0 0 0 0 0
Proveitos Financeiros 0 0 0 0 0
RESULTADO FINANCEIRO 0 0 0 -0 -0
Custos Extraordinários
Proveitos Extraordinários
RAI 0 0 0 -0 -0
Impostos sobre os lucros 0 0 0 0 0
RESULTADO LÍQUIDO 0 0 0 -0 -0
0 0 0 0
% DOS CUSTOS DE ESTRUTURA S/VN #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0!
% DO RESULTADO LÍQUIDO S/VN #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0!
0 0 0

IAPMEI 19
XPTO, Lda
Euros

Resultados Previsional

2012
0
0
0

0
0
0
#DIV/0!
0
0

0
#DIV/0!

0
0
0
0
0
0
-0

-0
0
-0
0
#DIV/0!
#DIV/0!
0

IAPMEI 20
Mapa de Cash Flows Operacionais

2007 2008 2009 2010


Meios Libertos do Projecto
Resultados Operacionais (EBIT) x (1-IRC) 0 0 0 0
Amortizações do exercício 0 0 0 0
Provisões do exercício 0 0 0 0
0 0 0 0
Investim./Desinvest. em Fundo Maneio
Fundo de Maneio 0 0 0 0

CASH FLOW de Exploração 0 0 0 0

Investim./Desinvest. em Capital Fixo


Capital Fixo 0 0 0 0

Free cash-flow 0 0 0 0

CASH FLOW acumulado 0 0 0 0

IAPMEI 21
Empresa: XPTO, Lda
Euros

e Cash Flows Operacionais

2011 2012

0 0
0 0
0 0
0 0

0 0

0 0

0 0

0 0

0 0

IAPMEI 22
Plano de Financiamento

2007 2008 2009 2010


ORIGENS DE FUNDOS
Meios Libertos Brutos 0 0 0 0
Capital Social (entrada de fundos) 0 0 0 0
Empréstimos Obtidos 0 0 0 0
Desinvest. em Capital Fixo
Desinvest. em FMN 0 0 0 0
Empréstimos de sócios / suprimentos 0 0 0 0
Proveitos Financeiros 0 0 0 0

Total das Origens 0 0 0 0


APLICAÇÕES DE FUNDOS
Inv. Capital Fixo 0 0 0 0
Inv Fundo de Maneio 0 0 0 0
Imposto sobre os Lucros 0 0 0
Pagamento de Dividendos
Reembolso de Empréstimos 0 0 0 0
Encargos Financeiros 0 0 0 0

Total das Aplicações 0 0 0 0


Saldo de Tesouraria Anual 0 0 0 0
Saldo de Tesouraria Acumulado 0 0 0 0
Aplicações / Empréstimo Curto Prazo 0 0 0 0
Soma Controlo 0 0 0 0

Acerto do modelo

IAPMEI 23
Empresa: XPTO, Lda
Euros

2011 2012

0 0
0 0
0 0

0 0
0 0
0 0

0 0

0 0
0 0
0 0

0 0
0 0

0 0
0 0
0 0
0 0
0 0

IAPMEI 24
Empresa: XPTO, Lda
Euros

Balanço Previsional

2007 2008 2009 2010 2011 2012


ACTIVO
Imobilizado
Imobilizado Incorpóreo 0 0 0 0 0 0
Imobilizado Corpóreo 0 0 0 0 0 0
Amortizações Acumuladas 0 0 0 0 0 0
Existências
Matérias Primas e Subsidiárias
Produtos Acabados e em Curso
Mercadorias 0 0 0 0 0 0
Créditos de curto prazo
Dívidas de Clientes 0 0 0 0 0 0
Ajustamentos de cobrança duvidosa 0 0 0 0 0 0
Estado e Outros Entes Públicos
Outros devedores 0 0 0 0 0 0
Disponibilidades 0 0 0 0 0 0
Acréscimos e Diferimentos
TOTAL ACTIVO 0 0 0 0 0 0

CAPITAL PRÓPRIO
Capital Social 0 0 0 0 0 0
Prestações Suplementares
Reservas de reavaliação
Reservas e Resultados Transitados 0 0 0 0 0
Resultados Líquidos 0 0 0 0 0 0
TOTAL CAPITAIS PRÓPRIOS 0 0 0 0 0 0

PASSIVO
Provisão para impostos
Dívidas a 3º - M/L Prazo
Dívidas a Instituições de Crédito 0 0 0 0 0 0
Dívidas a Fornecedores de Imob
Suprimentos 0 0 0 0 0 0
Outros credores
Dívidas a 3º - Curto Prazo
Dívidas a Instituições de Crédito 0 0 0 0 0 0
Dívidas a Fornecedores 0 0 0 0 0 0
Estado e Outros Entes Públicos 0 0 0 0 0 0
Outros credores 0 0 0 0 0 0
Acréscimos e Diferimentos
TOTAL PASSIVO 0 0 0 0 0 0

TOTAL PASSIVO + CAPITAIS PRÓPRIOS 0 0 0 0 0 0

0 0 -0 -0 -0 -0
0 -0 -0 0 0

IAPMEI 25
Empresa: XPTO, Lda

Principais Indicadores
INDICADORES ECONÓMICOS 2007 2008 2009 2010 2011 2012
Taxa de Crescimento do Negócio #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0!
Eficiência Operacional #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0!
Margem Operacional das Vendas #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0!
Rentabilidade Líquida das Vendas #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0!
Peso dos Custos c/Pessoal nos PO #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0!

INDICADORES ECONÓMICOS - FINANCEIROS 2007 2008 2009 2010 2011 2012


Return On Investment (ROI) 2% #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0!
Rendibilidade do Activo 0% #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0!
Rotação do Activo 0% #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0!
Rotação do Imobilizado #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0!
Rendibilidade dos Capitais Próprios (ROE) 100% 0% 143% 42% 29%
Rotação dos Capitais Próprios 0% 0% 0% 0% 0%

INDICADORES FINANCEIROS 2007 2008 2009 2010 2011 2012


Autonomia Financeira 2% #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0!
Solvabilidade Total 300% #DIV/0! -4% -12% -17%
Endividamento Total 0% #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0!
Endividamento ML Prazo 0% #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0!

INDICADORES DE LIQUIDEZ 2007 2008 2009 2010 2011 2012


Liquidez Geral 20000% #DIV/0! 0% 0% 0%
Liquidez Reduzida 20000% #DIV/0! 0% 0% 0%

ANÁLISE DO EQUILÍBRIO FINANCEIRO 2007 2008 2009 2010 2011 2012


Capitais Permanentes 0 0 0 0 0
Activo Fixo 0 0 0 0 0
FUNDO DE MANEIO LÍQUIDO 0 0 0 0 0
Necessidades Cíclicas 0 0 0 0 0
Recursos Cíclicos 0 0 0 0 0
NECESSIDADES FUNDO DE MANEIO 0 0 0 0 0
Tesouraria Activa 0 0 0 0 0
Tesouraria Passiva 0 0 0 0 0
TESOURARIA LÍQUIDA 0 0 0 0 0

CONTROLO : TRL = FML - NFM 0 0 0 0 0

Variação do FML 0 0 0 0
Variação das NFM 0 0 0 0
Variação da TRL 0 0 0 0

INDICADORES DE RISCO NEGÓCIO 2007 2008 2009 2010 2011 2012


Margem Bruta 0 0 0 0 0
Grau de Alavanca Operacional #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0!
Ponto Crítico #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0!
Margem de Segurança #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0! #DIV/0!

IAPMEI 26
Empresa: XPTO, Lda

Avaliação do Projecto / Empresa

Na perspectiva do Projecto 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 CF CF Acum
Ano 0 0 0 FALSE
Free Cash Flow to Firm 0 0 0 0 0 0 0 Ano 1 0 0 0.0
Ano 2 0 0 0.0
WACC #DIV/0! 13.09% 13.18% 13.28% 13.38% 13.38% 13.38% Ano 3 0 0 0.0
Factor de actualização 1 1.131 1.280 1.450 1.644 1.864 2.113 Ano 4 0 0 0.0
Ano 5 0 0 0.0
Fluxos actualizados 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0

Valor Actual Líquido (VAL) 0

Err:504 Err:523 Err:523 Err:523 Err:523 Err:523 Err:523

Taxa Interna de Rentibilidade Err:523

Pay Back period 0 Anos

Na perspectiva do Investidor 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013

Free Cash Flow do Equity 0 0 0 0 0 0 0


CF CF Acum
Taxa de juro de activos sem risco 3.00% 3.09% 3.18% 3.28% 3.38% 3.48% 3.58% Ano 0 0 0 FALSE
Prémio de risco de mercado 10.00% 10.00% 10.00% 10.00% 10.00% 10.00% 10.00% Ano 1 0 0 0
Taxa de Actualização 13.30% 13.40% 13.50% 13.61% 13.71% 13.83% 13.94% Ano 2 0 0 0
Factor actualização 1 1.134 1.287 1.462 1.663 1.893 2.156 Ano 3 0 0 0.0
Ano 4 0 0 0.0
Fluxos Actualizados 0 0 0 0 0 0 0 Ano 5 0 0 0.0
Ano 6 0 0 0.0
0 0 0 0 0 0 0

Valor Actual Líquido (VAL) 0

Err:504 Err:523 Err:523 Err:523 Err:523 Err:523 Err:523

Taxa Interna de Rentibilidade Err:523

Pay Back period 0 Anos

WACC
Peso
Ano 0 Ano 0 Custo Custo ponderado
Passivo Médio e Longo Prazo 0 #DIV/0! 5% #DIV/0!
Capital Próprio 0 #DIV/0! 13% #DIV/0!
0 #DIV/0! #DIV/0!

Ano 1 Ano 1 Custo Custo ponderado


Passivo Médio e Longo Prazo 0 0% 5% 0.0%
Capital Próprio 0 100% 13% 13.1%
0 100% 13.1%

Ano 2 Ano 1 Custo Custo ponderado


Passivo Médio e Longo Prazo 0 0% 5% 0.0%
Capital Próprio 0 100% 13% 13.2%
0 100% 13.2%

Ano 3 Ano 1 Custo Custo ponderado


Passivo Médio e Longo Prazo 0 0% 5% 0.0%
Capital Próprio 0 100% 13% 13.3%
0 100% 13.3%

Ano 4 Ano 1 Custo Custo ponderado


Passivo Médio e Longo Prazo 0 0% 5% 0.0%
Capital Próprio 0 100% 13% 13.4%
0 100% 13.4%

Ano 5 Ano 1 Custo Custo ponderado


Passivo Médio e Longo Prazo 0 0% 5% 0.0%
Capital Próprio 0 100% 13% 13.4%
0 100% 13.4%

IAPMEI 27
Empresa: XPTO, Lda

Cálculos Auxiliares
Consumo de Unidades de Matérias-Primas por Unidade de Produto Acabado
Matérias Primas e Subsidiárias (descriminação) Unidade de Medida Produto A Produto B Produto C Produto D

Produção (em Quantidades) Unidades físicas


Produtos 2007 2008 2009 2010 2011 2012
Produto A
Produto B
Produto C
Produto D

TOTAL 0 0 0 0 0 0

Consumo de Matérias Primas 1* Unidades físicas


Matérias Primas e Subsidiárias 2007 2008 2009 2010 2011 2012

0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0

Preço das Matérias Primas e Subsidiárias


Matérias Primas e Subsidiárias 2007 2008 2009 2010 2011 2012

Valor do consumo 2*
Matérias Primas e Subsidiárias 2007 2008 2009 2010 2011 2012
0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0
0 0 0 0 0 0
TOTAL 0 0 0 0 0 0

1* obtido da multiplicação da produção pelo consumo de matéria prima por unidade de produto acabado.
2* obtido da multiplicação do consumo das matérias-primas pelo preço.