Você está na página 1de 11

1ª E 3ª LEIS DE NEWTON

  • 1. (Unifesp 2002) A figura representa uma demonstração simples que costuma ser usada para ilustrar a primeira lei de

Newton.

1ª E 3ª LEIS DE NEWTON 1. (Unifesp 2002) A figura representa uma demonstração simples que

O copo, sobre uma mesa, está com a boca tampada pelo cartão c e, sobre este, está a moeda m. A massa da moeda é 0,010kg e o coeficiente de atrito estático entre a moeda e o cartão é 0,15. O experimentador puxa o cartão com a força ù, horizontal, e a moeda escorrega do cartão e cai dentro do copo.

  • a) Nomeie cada uma das forças representadas.

Represente todas as forças que atuam sobre a moeda quando ela está escorregando sobre o cartão puxado pela força ù.

  • b) Isso é sempre verdade ou é necessário que o módulo de ù tenha uma intensidade mínima para que a moeda escorregue sobre o cartão? Se for necessária essa força mínima, qual é, nesse caso, o seu valor? (Despreze a massa do cartão, o atrito entre o

Costuma-se explicar o que ocorre com a afirmação de que, devido à sua inércia, a moeda escorrega e cai dentro do copo.

cartão e o copo e admita g=10m/s£.)

  • 2. (Uerj 2008) Um bloco de massa igual a 1,0 kg repousa em equilíbrio sobre um plano inclinado. Esse plano tem

comprimento igual a 50 cm e alcança uma altura máxima em relação ao solo igual a 30 cm. Calcule o coeficiente de atrito

entre o bloco e o plano inclinado.

  • 3. (Unesp) No sistema a seguir, A tem massa mÛ = 10 kg. B tem massa m½ = 15 kg. ‘ = 45°.

1ª E 3ª LEIS DE NEWTON 1. (Unifesp 2002) A figura representa uma demonstração simples que

Qual será o coeficiente de atrito entre as superfícies em contato, do corpo A com o plano, para que o corpo se desloque com movimento uniforme? Observações: g = 10 m/s£; o peso da corda, o atrito no eixo da roldana e a massa da roldana são desprezíveis.

  • 4. (Fuvest 94) O gráfico velocidade contra tempo, mostrado adiante, representa o movimento retilíneo de um carro de massa

m = 600 kg numa estrada molhada. No instante t = 6 s o motorista vê um engarrafamento à sua frente e pisa no freio. O

carro, então, com as rodas travadas, desliza na pista até parar completamente. Despreze a resistência do ar.

4. (Fuvest 94) O gráfico velocidade contra tempo, mostrado adiante, representa o movimento retilíneo de um
  • a) Qual é o coeficiente de atrito entre os pneus do carro e a pista?
    b) Qual o trabalho, em módulo, realizado pela força de atrito entre os instantes t = 6 s e t = 8 s?

    • 5. (Unicamp 91) Um carro de 800 kg andando a 108 km/h, freia bruscamente e pára em 5,0 s.
      a)

Qual é a aceleração do carro?
b)

Qual o valor da força de atrito que atua sobre o carro?

  • 6. (Puc-rio 2004) Considere as seguintes afirmações a respeito de um passageiro de um ônibus que segura um balão através

de um barbante:

  • I) II) Quando o ônibus acelera para frente, o balão se desloca para trás.

Quando o ônibus freia, o balão se desloca para trás.

III) Quando o ônibus acelera para frente, o barbante permanece na vertical. IV) Quando o ônibus freia, o barbante permanece na vertical.

Assinale a opção que indica a(s) afirmativa(s) correta(s).
a)

III e IV

  • b)
    c) Somente I

I e II

  • d)
    e) Nenhuma das afirmações é verdadeira.

Somente II

  • 7. (Puc-rio 2008) A primeira Lei de Newton afirma que, se a soma de todas as forças atuando sobre o corpo é zero, o mesmo

    • a) terá um movimento uniformemente variado.

    • b)
      c) apresentará velocidade constante em módulo, mas sua direção pode ser alterada.
      d)

apresentará velocidade constante.

será desacelerado.

  • e) apresentará um movimento circular uniforme.

    • 8. (Pucpr 2005) Complete corretamente a frase a seguir, relativa à primeira lei de Newton: "Quando a força resultante, que

atua numa partícula, for nula, então a partícula:
a)

estará em repouso ou em movimento retilíneo uniforme".

  • b)
    c) terá uma aceleração igual à aceleração da gravidade local".

poderá estar em movimento circular e uniforme".

  • d)
    e) poderá estar em movimento uniformemente retardado".

estará com uma velocidade que se modifica com o passar do tempo".

  • 9. (Uel 2001) Um jogador de tênis, ao acertar a bola com a raquete, devolve-a para o campo do adversário. Sobre isso, é

correto afirmar:

  • a) raquete exerce sobre a bola.

b)

De acordo com a Segunda Lei de Newton, a força que a bola exerce sobre a raquete é igual, em módulo, à força que a

De acordo com a Primeira Lei de Newton, após o impacto com a raquete, a aceleração da bola é grande porque a sua

massa é pequena.

  • c) menor que a massa da raquete.

d)

e)

A força que a raquete exerce sobre a bola é maior que a força que a bola exerce sobre a raquete, porque a massa da bola é

A bola teve o seu movimento alterado pela raquete. A Primeira Lei de Newton explica esse comportamento.

Conforme a Segunda Lei de Newton, a raquete adquire, em módulo, a mesma aceleração que a bola.

10.

(Unirio 2003)

10. (Unirio 2003) A análise seqüencial da tirinha e, especialmente, a do quadro final nos leva

A análise seqüencial da tirinha e, especialmente, a do quadro final nos leva imediatamente ao (à):
a)

Princípio da conservação da Energia Mecânica.
b)

Propriedade geral da matéria denominada Inércia.

  • c) Princípio da conservação da Quantidade de Movimento.

  • d)
    e) Princípio da Independência dos Movimentos.

Segunda Lei de Newton.

  • 11. (Pucmg 2006) Em cada situação descrita a seguir, há uma força resultante agindo sobre o corpo, EXCETO em:

  • a) O corpo acelera numa trajetória retilínea.
    b) O corpo se move com o módulo da velocidade constante durante uma curva.

  • c) O corpo se move com velocidade constante sobre uma reta.
    d) O corpo cai em queda livre.

    • 12. (G1 - cftmg 2005) Um homem faz uma força vertical de 10 N, na tentativa de levantar uma caixa de 5,0 kg, que está

sobre uma mesa. Nessa situação, o valor da força normal, em newtons, é igual a

10. (Unirio 2003) A análise seqüencial da tirinha e, especialmente, a do quadro final nos leva
a) 5,0. b) 10. c) 40. d) 50.
a)
5,0.
b)
10.
c)
40.
d)
50.
  • 13. (Ita 96) No campeonato mundial de arco e flecha dois concorrentes discutem sobre a Física que está contida na arte do

arqueiro. Surge então a seguinte dúvida: quando o arco está esticado, no momento do lançamento da flecha, a força exercida sobre a corda pela mão do arqueiro é igual à:

I. força exercida pela sua outra mão sobre a madeira do arco. II. tensão da corda. III. força exercida sobre a flecha pela corda no momento em que o arqueiro larga a corda.

Neste caso:

  • a) todas as afirmativas são verdadeiras

  • b)
    c) somente I e III são verdadeiras

todas as afirmativas são falsas

  • d)
    e) somente II é verdadeira

somente I e II são verdadeiras

  • 14. (Pucrs 2001) No estudo das leis do movimento, ao tentar identificar pares de forças de ação-reação, são feitas as

seguintes afirmações:

I- Ação: A Terra atrai a Lua. Reação: A Lua atrai a Terra.

II- Ação: O pulso do boxeador golpeia o adversário. Reação: O adversário cai.

III- Ação: O pé chuta a bola. Reação: A bola adquire velocidade.

IV- Ação: Sentados numa cadeira, empurramos o assento para abaixo. Reação: O assento nos empurra para cima.

O princípio da ação-reação é corretamente aplicado
a)

somente na afirmativa I.

  • b)
    c) somente nas afirmativas I, II e III.

somente na afirmativa II.

  • d)
    e) nas afirmativas I, II, III e IV.

somente nas afirmativas I e IV.

  • 15. (Pucsp 98) Garfield, o personagem da história a seguir, é reconhecidamente um gato malcriado, guloso e obeso.

Suponha que o bichano esteja na Terra e que a balança utilizada por ele esteja em repouso, apoiada no solo horizontal.

14. (Pucrs 2001) No estudo das leis do movimento, ao tentar identificar pares de forças de

Considere que, na situação de repouso sobre a balança, Garfield exerça sobre ela uma força de compressão de intensidade 150 N. A respeito do descrito, são feitas as seguintes afirmações:

I. O peso de Garfield, na terra, tem intensidade de 150 N. II. A balança exerce sobre Garfield uma força de intensidade 150 N III. O peso de Garfield e a força que a balança aplica sobre ele constituem um par ação-reação.

É (são) verdadeira (s)
a)

somente I.

  • b)
    c) somente III.

somente II.

  • d)
    e) todas as afirmações.

somente I e II.

  • 16. (Ufmg 94) Dois blocos M e N, colocados um sobre o outro, estão se movendo para a direita com velocidade constante,

sobre uma superfície horizontal sem atrito. Desprezando-se a resistência do ar, o diagrama que melhor representa as forças que atuam sobre o corpo M é

14. (Pucrs 2001) No estudo das leis do movimento, ao tentar identificar pares de forças de
  • 17. (Ufmg 95) A figura 1 a seguir mostra um bloco que está sendo pressionado contra uma parede vertical com força

horizontal ù e que desliza para baixo com velocidade constante. O diagrama que melhor representa as forças que atuam

nesse bloco é:

17. (Ufmg 95) A figura 1 a seguir mostra um bloco que está sendo pressionado contra
  • 18. (Ufmg 95) Quando um carro se desloca numa estrada horizontal, seu peso P (vetorial) é anulado pela reação normal N

(vetorial) exercida pela estrada. Quando esse carro passa no alto de uma lombada, sem perder o contato com a pista, como mostra a figura, seu peso será representado por P' (vetorial) e a reação normal da pista sobre ele por N' (vetorial). Com relação aos módulos destas forças, pode-se afirmar que

17. (Ufmg 95) A figura 1 a seguir mostra um bloco que está sendo pressionado contra
a) P' < P e N' = N. b) P' < P e N' > N.
a)
P' < P
e
N' = N.
b)
P' < P
e
N' > N.
c)
P' = P
e
N' < N.
d)
P' = P
e
N' > N.
e)
P' > P
e
N' < N.
  • 19. (Ufmg 2006) José aperta uma tachinha entre os dedos, como mostrado nesta figura:

17. (Ufmg 95) A figura 1 a seguir mostra um bloco que está sendo pressionado contra

A cabeça da tachinha está apoiada no polegar e a ponta, no indicador. Sejam F(i) o módulo da força e p(i) a pressão que a tachinha faz sobre o dedo indicador de José. Sobre o polegar, essas grandezas são, respectivamente, F(p) e p(p).

Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que a) F(i) > F(p) e p(i) = p(p). b)
Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que
a)
F(i) > F(p) e p(i) = p(p).
b)
F(i) = F(p)
e p(i) = p(p).
c)
F(i) > F(p)
e p(i) > p(p).
d)
F(i) = F(p)
e p(i) > p(p).
  • 20. (Unesp 92) Em 1992/3, comemoram-se os 350 anos do nascimento de Isaac Newton, autor de marcantes contribuições à

ciência moderna. Uma delas foi a Lei da Gravitação Universal. Há quem diga que, para isso, Newton se inspirou na queda

de uma maçã. Suponha que F• seja a intensidade de força exercida pela maçã sobre a Terra. então,
a)

F• será muito maior que F‚.

  • b)
    c) F será igual a F‚.
    d)

F será um pouco maior que F‚.

F será um pouco menor que F‚.

  • e) F será muito menor que F‚.

20. (Unesp 92) Em 1992/3, comemoram-se os 350 anos do nascimento de Isaac Newton, autor de
  • 21. (Ufsm 2001)

20. (Unesp 92) Em 1992/3, comemoram-se os 350 anos do nascimento de Isaac Newton, autor de

A figura representa dois corpos A e B que, sendo empurrados por uma força ù, em uma superfície sem atrito, movem-se com a mesma aceleração. Pode-se, então, afirmar que a força que o corpo A exerce sobre o corpo B é, em módulo,
a)

menor do que a força que B exerce sobre A.
b)

maior do que a força que B exerce sobre A.

  • c) diretamente proporcional à diferença entre as massas dos corpos.

  • d)
    e) igual à força que B exerce sobre A.

inversamente proporcional à diferença entre as massas dos corpos.

(Unifesp 2006) A figura representa um bloco B de massa m½ apoiado sobre um plano horizontal e um bloco A de massa

  • 22. mÛ a ele pendurado. O conjunto não se movimenta por causa do atrito entre o bloco B e o plano, cujo coeficiente de atrito

estático é ˜½.

(Unifesp 2006) A figura representa um bloco B de massa m½ apoiado sobre um plano horizontal

Não leve em conta a massa do fio, considerado inextensível, nem o atrito no eixo da roldana. Sendo g o módulo da aceleração da gravidade local, pode-se afirmar que o módulo da força de atrito estático entre o bloco B e o plano
a)

é igual ao módulo do peso do bloco A.
b)

não tem relação alguma com o módulo do peso do bloco A.

  • c) é igual ao produto m½ . g . ˜½, mesmo que esse valor seja maior que o módulo do peso de A.

  • d)
    e) é igual ao módulo do peso do bloco B.

é igual ao produto m½ . g . ˜½, desde que esse valor seja menor que o módulo do peso de A.

  • 23. (Cesgranrio 90) A intensidade da força paralela ao plano de apoio que coloca o bloco, de massa M, em equilíbrio é:

(Unifesp 2006) A figura representa um bloco B de massa m½ apoiado sobre um plano horizontal
a) M . g b) M . g . sen š c) M . g /
a)
M . g
b)
M . g . sen
š
c)
M . g / sen š
d)
M . g . cos š
e)
M . g . tg š
  • 24. (Fuvest 2000) Uma pessoa puxa um caixote, com uma força F, ao longo de uma rampa inclinada de 30° com a

horizontal, conforme a figura, sendo desprezível o atrito entre o caixote e a rampa.

24. (Fuvest 2000) Uma pessoa puxa um caixote, com uma força F, ao longo de uma

O caixote, de massa m, desloca-se com velocidade v constante, durante um certo intervalo de tempo Ðt. Considere as seguintes afirmações:

I. O trabalho realizado pela força F é igual a F.v.Ðt II. O trabalho realizado pela força F é igual a m.g.v.Ðt/2 llI. A energia potencial gravitacional varia de m.g.v.Ðt/2

Está correto apenas o que se afirma em a) III b) I e II c) I
Está correto apenas o que se afirma em
a)
III
b)
I e II
c)
I e III
d)
II e III
e)
I, II e III
  • 25. (G1 - cftmg 2006) Um livro em repouso está apoiado sobre uma mesa inclinada de um ângulo ‘ em relação ao piso,

conforme o desenho. Sejam fe a força de atrito e N a força normal que atuam no livro e P o seu peso, então, é correto afirmar, com relação aos seus módulos, que

24. (Fuvest 2000) Uma pessoa puxa um caixote, com uma força F, ao longo de uma
  • a) N < P e fe = P sen ‘

  • b)
    c) N < P e fe = P cos ‘

N = P e fe = P sen ‘

  • d) N = P e fe = P cos ‘

  • 26. (Pucsp 2007) Um caixote de madeira de 4,0 kg é empurrado por uma força constante ù e sobe com velocidade constante

de 6,0 m/s um plano inclinado de um ângulo ‘, conforme representado na figura.

26. (Pucsp 2007) Um caixote de madeira de 4,0 kg é empurrado por uma força constante

A direção da força ù é paralela ao plano inclinado e o coeficiente de atrito cinético entre as superfícies em contato é igual a 0,5. Com base nisso, analise as seguintes afirmações:

O módulo de ù é igual a 24 N.

  • I) II) ù é a força resultante do movimento na direção paralela ao plano inclinado. III) As forças contrárias ao movimento de subida do caixote totalizam 40 N. IV) O módulo da força de atrito que atua no caixote é igual a 16 N.

Dessas afirmações, é correto apenas o que se lê em a) I e II b) I
Dessas afirmações, é correto apenas o que se lê em
a)
I e II
b)
I e III
c)
II e III
d)
II e IV
e)
III e IV
  • 27. (Ufmg 2006) Marcos e Valério puxam, cada um, uma mala de mesma massa até uma altura h, com velocidade

constante, como representado nestas figuras:

26. (Pucsp 2007) Um caixote de madeira de 4,0 kg é empurrado por uma força constante

Marcos puxa sua mala verticalmente, enquanto Valério arrasta a sua sobre uma rampa. Ambos gastam o mesmo tempo nessa operação. Despreze as massas das cordas e qualquer tipo de atrito. Sejam P(M) e P(V) as potências e T(M) e T(V) os trabalhos realizados por, respectivamente, Marcos e Valério. Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que

T(M) = T(V) e P(M) = P(V).

a)

b)

c)

d)

T(M) > T(V) e P(M) > P(V).

T(M) = T(V) e P(M) > P(V).

T(M) > T(V) e P(M) = P(V).
28.

(Ufpe 2003) Um bloco está em equilíbrio sobre um plano inclinado, sob a ação das forças peso, normal e de atrito. Qual

das configurações a seguir representa corretamente todas as forças exercidas sobre o bloco?

26. (Pucsp 2007) Um caixote de madeira de 4,0 kg é empurrado por uma força constante
  • 29. (Ufscar 2001) O bloco da figura desce espontaneamente o plano inclinado com velocidade constante, em trajetória

retilínea.

29. (Ufscar 2001) O bloco da figura desce espontaneamente o plano inclinado com velocidade constante, em

Desprezando-se qualquer ação do ar, durante esse movimento, atuam sobre o bloco
a)

duas forças, e ambas realizam trabalho.

duas forças, mas só uma realiza trabalho.

  • b)
    c) três forças, e todas realizam trabalho.
    d)

três forças, mas só duas realizam trabalho.

  • e) três forças, mas só uma realiza trabalho.

    • 30. coeficiente de atrito dinâmico entre o escorregador e a roupa da criança é (Ë3)/3 e a aceleração local da gravidade é 10

m/s£. Após o início da descida, como é o movimento da criança enquanto escorrega?

(Pucsp 95) Uma criança de 30 kg começa a descer um escorregador inclinado de 30° em relação ao solo horizontal. O

29. (Ufscar 2001) O bloco da figura desce espontaneamente o plano inclinado com velocidade constante, em
  • a) não há movimento nessas condições.
    b) desce em movimento acelerado.

  • c) desce em movimento uniforme e retilíneo.

  • d)
    e) desce em movimento retardado e pára antes do final do escorregador.

desce em movimento retardado até o final.

GABARITO

  • 1. a) Observe o esquema a seguir:

29. (Ufscar 2001) O bloco da figura desce espontaneamente o plano inclinado com velocidade constante, em
  • b) É necessário que o módulo de ù tenha uma intensidade mínima de 1,5 . 10-£ N para que a moeda escorregue sobre o cartão.

    • 2. O plano inclinado possui uma secção transversal que é um triângulo retângulo de hipotenusa 50 cm e cateto 30 cm. O outro cateto, por

Pitágoras, deve ser de 40 cm.

P(x) - F(atrito) = 0

mgsen‘ - ˜.mgcos‘ = 0

sen‘ -

˜cos‘ = 0

˜ = sen‘/cos‘

˜ = tg‘ = 30/40 = 3/4 = 0,75

  • 3. ˜ = 1 - 2Ë2/3 ¸ 0,057

  • 4. a) 0,5.

b)

3.10¥ J.

  • 5. a) 6,0 m/s£, no sentido oposto ao do movimento.
    b) 4,8 . 10¤ N, no sentido oposto ao do movimento.

  • 6. [D]

  • 7. [B]

  • 8. [A]

  • 9. [D]

    • 10. [B]

    • 11. [C]

    • 12. [C]

    • 13. [B]

    • 14. [D]

    • 15. [C]

    • 16. [E]

    • 17. [D]

    • 18. [C]

    • 19. [D]

    • 20. [C]

    • 21. [E]

    • 22. [A]

    • 23. [B]

    • 24. [E]

    • 25. [A]

    • 26. [E]

    • 27. [A]

    • 28. [E]

    • 29. [D]

    • 30. [C]