Você está na página 1de 9

índice

1.Célula Eucariótica
Animal..........................................1
2.Doenças
Infecciosas...................................................2
3.higienização das mãos e Controle das
Infeccões.........3
Apresentação

Vamos Conhecer um pouco sobre a célula eucariótica animal que


possui os principais componentes o núcleo, o citoplasma e a membrana
plasmática e suas diferenciações e a higienização das mãos e o controle para
se prevenir contra transmissões das doenças infecciosas as doenças
infecciosas que são transmitidas através de ferimentos e acidentes com
animais isentos,pelo consumo inadequado da água e alimentos ,em geral
pensa-se na infecção como se ela ocorresse apenas quando microrganismos
invadem diretamente o corpo e aderem a células especificas contudo ,os
microrganismos também podem aderir a instrumentos ou dispositivos médicos
colocados no corpo (p,ex., cateteres ,articulações artificiais e válvulas
cardíacas artificiais), e começam a formar colônias quando o dispositivo médico
é inserido na organismo os microrganismos podem disseminar-se ,causando
uma infecção.

Célula Eucariótica Animal


A Célula representa a mais e pequena porção de matéria viva que possui
capacidade de auto duplicação as células eucariótica possuem um núcleo
verdadeiro bem delimitado e protegidos por um membrana nuclear por serem
constituídos por organelas membrosas são estruturas mais complexos que as
células procariótica
A célula procariótica animal é basicamente formada por membrana
plasmática citoplasma e núcleo formada por carioteca citoplasma e núcleo
podemos encontra também outras organelas :Ribossomo ,centríolo , complexo
de golgi que possui papeis específicos por reações químicas.
Ribossomos ocorre nas células procarióticas e eucariótica ,sua função é
produzir proteínas , Reticulo endoplasmático sua função e transporta
substancias , produzir proteínas e complexo de golgi são bolsas achatados que
armazena e secreta substancia ,origina os lisossomos e produz acrossomo,
lisossomo sua função é fazer a digestão celular )mitocôndria célula animal e
vegetal ,sua função é fazer a reprodução celular.
Centríolos endoplasmática sua função e transporta substancias ,produzir
proteínas e lipídios .
Complexo de Golgi são bolsas achatadas ,que armazena e secreta substancia
,origina os lisossomos e produz acrossomo ,Lisossomo sua função é fazer a
digestão celular Heterofagia ,autofogia
Leptospirose
A leptospirose é uma doença infecciosa causada por uma bactéria presente na
urina dos ratos e de outros animais (cães, gatos, bois, cavalos, porcos, cabras,
ovelhas), chamada Leptospira. É transmitida dos animais para o homem,
sempre pelo contato da urina do animal com a pele do homem. A forma mais
comum de contaminação ocorre em situações de enchentes e inundações. A
leptospirose não é contagiosa, não havendo transmissão de uma pessoa para
outra.
Sintomas
Os mais comuns são: febre, dor de cabeça, dores pelo corpo, principalmente
nas panturrilhas (batata-da-perna), podendo também ocorrer icterícia
(coloração amarelada da pele e das mucosas).
Tratamento
O tratamento é feito com o uso de antibióticos, hidratação e suporte clínico.
Não devem ser utilizados medicamentos para dor ou para febre que contenham
ácido acetil-salicílico nem antiinflamatórios.
Orquiepididimite
A orquiepididimite é um processo inflamatório que envolve os
testículos (orquite) e o epidídimo (epididimite) - O epidídimo é o canal que se
encontra no interior dos testiculos, por onde passam os espermatozóides.
A inflamação pode ser causada por bactérias ou vírus, como no caso da
caxumba que é a forma mais comum de se desenvolver a orquite ou a
epididimite, mas também podem ser consequência de doenças sexualmente
transmissíveis como a gonorréia e a clamídea. Agentes bacterianos
causadores de infecções urinárias como a Escherichia Coli também podem
iniciar o processo inflamatório assim como o traumatismos.
Síntomas
Ocorre um aumento volumétrico doloroso de um ou ambos testículos que tem
início com dor localizada que aumenta com os dias, apresentando sinais
inflamatórios locais como calor e rubor (vermelhidão), podendo na evolução até
descamar a pele.
Tratamento
Nos processos inflamatórios, utiliza-se medicação para aliviar os síntomas
e uso de suporte escrotal recorrendo à sunga atlética para que o aumento de
peso pelo edema não piore ainda mais a dor pela ação da gravidade.
Nos casos infecciosos, além do tratamento dos síntomas, é necessário tentar
identificar o foco inicial da infecção e nos casos mais graves e não atendidos a
tempo, há possibilidade formação de abscesso.
Gonorréia
Gonorréia , é uma doença sexualmente transmissível, caracterizada pela
inflamação das mucosas genitais do homem e da mulher.
É altamente contagiosa, por isso enquanto persistir a doença, o paciente deve
abster-se de atividade sexual.
Os sintomas são diferentes nos homens e nas mulheres e geralmente
manifesta-se no intervalo entre três dias e três semanas após o contágio.
O primeiro sinal nos homens é uma sensação de irritação e ardor na uretra ao
urinar. Já nas mulheres a doença ataca as vias urinárias e pode chegar à
bexiga e aos rins produzindo um corrimento fétido, esbranquiçado ou
amarelado.
Iniciar o tratamento precocemente é muito importante pois a doença evolui
podendo colocar em risco as glândulas sexuais e até provocar doenças nos
ossos e articuações.
Disenteria: infecção alimentar
A disenteria é um desarranjo das funções intestinais provocado principalmente
pela ação de bactérias e parasitas ingeridos nos alimentos mal lavados.
A doença manifesta-se através de diarréia, náuseas, falta de apetite, fadiga,
depressão e cólicas intestinais. Sua duração é de aproximadante 10 dias.
Por causa do risco dos microorganismos contaminarem o fígado e pulmões
criando abscessos a infecção deve ser combatida completamente.
A hidratação é importante, e enquanto a doença persistir a alimentação deve
ser rica em alimentos com baixo teor de gordura.