CURSO DE ENFERMAGEM

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ENFERMAGEM

Ulbra Gravataí Curso de Enfermagem Disciplina: Introdução ao estudo de Enfermagem

HISTÓRIA DA ENFERMAGEM

A História da Enfermagem
Professor: Luccas Melo de Souza 2009

O que significa enfermagem?

Quem é, o que faz o enfermeiro?

A História da Enfermagem...
É tão antiga como o próprio homem, o objetivo essencial é o CUIDAR. O cuidado surgiu há milhares de anos, mas a Enfermagem como profissão surge de maneira lenta, fazendo parte de um contexto histórico do milênio passado.

A História da Enfermagem...
Período Instintivo Período Sacerdotal Período Hipocrático Período Contemporâneo Corresponde as comunidades primitivas Corresponde a fase Bárbarie Corresponde da Grécia até final da Idade Média Corresponde a fase da contemporaneidade

1

nem de enfermeiros. Egito Os egípicios deixaram alguns documentos sobre a medicina conhecida em sua época... exauriam os recursos de sobrevivência e partiam para outros lugares Mulheres Com o nomadismo houve a propagação de doenças O uso do fogo modifica as condições climáticas de resistir as alterações. Surge o patriarcado. Criaram vários papiros 2 . Assíria e Babilônia Entre os assírios e babilônios existiam penalidades para médicos incompetentes...Comunidades primitivas A mulher é a cuidadora. os partos eram realizados nas casas A água é utilizada Na Índia. o matrimônio. por ficar na tribo Fertilidade.. de atividades agrícolas e da pecuária Iniciam as guerras Surgem a família. indenização. Período Instintivo .A História da Enfermagem. Havia ambulatórios gratuitos. onde era recomendada a hospitalidade e o auxílio aos desamparados. A saúde está envolvida em bruxaria. Nos documentos assírios e babilônicos não há menção de hospitais. As receitas médicas deviam ser tomadas acompanhadas da recitação de fórmulas religiosas. A História da Enfermagem.. enfrentar animais e construir instrumentos. Período Sacerdotal -Fase da barbárie Nesse período a mulher perde muito: é a fase do direito paterno: o homem com direito sobre a posse de bens perpetua esse poder. A História da Enfermagem. A História da Enfermagem. Os sacerdotes-médicos vendiam talismãs com orações usadas contra ataques dos demônios. fizeram cultivo e domesticaram os animais Cura passou a significar poder: homem A História da Enfermagem. os mitos e os sacerdotes Templos e santuários Construção de muradas para defesa das guerras. exceto crônicos ou moribundos Nascer e morrer ofendia os deuses. A medicina era baseada na magia acreditava-se que sete demônios eram os causadores das doenças.. Período Instintivo . bruxas e feiticeiros Posteriormente fixaram-se na terra. rituais. Conheciam a lepra e sua cura dependia de milagres de Deus. recebiam os doentes e purificavam com banhos e dietas vegetarianas. Período Sacerdotal -Fase da barbárie Após a fixação da terra ocorre início de nova cultura... feitiçaria. o budismo marca o seu período áureo das medidas de saúde. Só eram recebidos nesses templos doentes curáveis.. a religião.. Foram construídos templos que se tornam centros de vilas comunitárias e os rituais tornam-se mais elaborados Os templos consagrados tem características de albergues e hospitais. Pratica-se o hipnotismo... etc. acreditava-se na influência de algumas pessoas sobre a saúde de outras. O trabalho do homem era mais produtivo que o da mulher. produção de armas com a descoberta do metal. A História da Enfermagem.. comércio. parto e amamentação => simbologia Principais personagens: mulher. Conhecimento duplo: empirismo médico e tratamento religioso.Comunidades primitivas Os bandos humanos eram nômades. permaneciam pouco tempo na região. a interpretação de sonhos. tais como amputação das mãos.

Anestesia: ópio. luxações e fraturas. graças a Hipócrates.. sangrias. Durante muito tempo era exercida por escravos ou estrangeiros. A maioria dos leigos eram analfabetos e os conhecimentos de saúde eram restritos ao clero e aos monastérios. A História da Enfermagem. cultural e a hospitalidade. . A superioridade Grega era reconhecida Nos primórdios do cristianismo o Império Romano estava enfraquecido. Apolo.. Grécia As primeiras teorias gregas se prendiam à mitologia. Observava o doente. Roma distinguiu-se pela limpeza das ruas. A cirurgia não evoluiu devido a proibição da dissecação de cadáveres. ventosas. purgativos e calmantes. dietas. 3 . o deus sol. aplicavam o arsênico. O nascimento e a morte eram considerados impuros. porém auxiliá-la a reagir". prognóstico e a terapêutica.. audaz e vigoroso. médias e graves. Período Hipocrático . A História da Enfermagem. que interpretavam os sonhos das pessoas. Tratamentos usados: massagens. sangrias. também tinham casas para tratamento dos doentes. causando desprezo pela obstetrícia e abandono dos doentes graves. Hipócrates é considerado o Pai da Medicina. água pura mineral. Águas e Lugares Das Úlceras Das Hemorróidas Lei Da Medicina Antiga Epidemias Das Fraturas Dos Instrumentos de Redução Prognósticos Do Regime nas Doenças Agudas Das Fístulas Juramento A História da Enfermagem. Os templos eram rodeados de plantas medicinais. Tratamento: anemias. Tratamento: banhos. Reconheceu doenças como: tuberculose. vomitórios. era o deus da saúde e da medicina.Corresponde a fase da Idade Média As superstições e o autoritarismo cleriacal são permeados pela ignorância..A História da Enfermagem. malária. faziam ataduras e retiravam corpos estranhos. ginásticas.. indicavam ferro e fígado. Seu princípio fundamental na terapêutica consistia em "não contrariar a natureza. água pura e abundante e redes de esgoto. Grécia Berço da filosofia A medicina tornou-se científica. histeria. levando o mundo a um estado semi-barbárie. Construíram alguns hospitais de isolamento e casas de repouso. O excesso de respeito pelo corpo atrasou os estudos anatômicos. Os sacerdotes eram divididos em três categorias que correspondiam ao grau da doença da qual se ocupava. China Construíram hospitais e casas de repousos. ervas medicinais e medicamentos minerais. Procedimentos: operações de lábio. banhos. A História da Enfermagem. Retrocesso nas práticas de saúde. ventilação das casas.. Hipócrates Aforismos Da Doença Sagrada Da Cirurgia Das Articulações Dos Ferimentos na Cabeça Dos Ares. Os romanos eram um povo essencialmente guerreiro.. Dava-se valor à beleza física. Usavam sedativos. que deixou de lado a crença de que as doenças eram causadas por maus espíritos... emergindo o poder árabe . massagens. dietas. sol. O desenvolvimento da medicina dos romanos sofreu influência do povo grego. Os chineses conheciam algumas doenças: varíola e sífilis.. A medicina era exercida pelos sacerdotes-médicos. neurose. A História da Enfermagem. Os doentes chineses eram cuidados por sacerdotes. As doenças eram classificadas da seguinte maneira: benignas. ar puro. Ocorre o esfacelamento ocidental do Império Romano que tinha como piores inimigos os médicos gregos. doenças da pele.. Os mortos eram sepultados fora da cidade. fortificantes e hemostáticos. Roma A medicina não teve prestígio em Roma.. fazia diagnóstico. O indivíduo recebia cuidados do Estado como cidadão destinado a tornar-se bom guerreiro.

.. nos dizem que os hindus conheciam: ligamentos. Nos hospitais eram usados músicos e narradores de histórias para distrair os pacientes.. Os hindus tornaram-se conhecidos pela construção de hospitais. capacidade de decisão. As primeiras mudanças organizacionais ocorreram nos hospitais militares e marítimos. As doenças eram consideradas castigo. Desde o início do cristianismo os pobres e enfermos foram objeto de cuidados especiais por parte da Igreja. 4 . antídotos para alguns tipos de envenenamento e o processo digestivo. A História da Enfermagem. Roma O cristianismo foi a maior revolução social de todos os tempos. O bramanismo fez decair a medicina e a enfermagem.. SÉCULO XIX .. na época. era preocupação da burguesia. dos condenados. Ocorre divisão de trabalho: trabalho manual proletariado. 1854 Guerra da Criméia: criatividade e improvisação.Idade Média As ações de saúde da época pelo sistema feudal eram predominantemente caseiras O conhecimento das práticas de saúde é transmitido pelas experiências vivenciadas. Realizavam alguns tipos de procedimentos. músculos. A fragmentação do trabalho revolucionou a industria de 1800. Os cristãos praticavam uma tal caridade. 1860. poder… Mulher = coração. trepanações e corrigiam fraturas. vasos linfáticos. razão lúcida. Índia Documentos do século VI a. inteligência. Período Hipocrático . tais como: suturas. demonstrando um retrocesso nas práticas de saúde A enfermagem apresenta-se como atividade em grupos religiosos e não como profissão. A História da Enfermagem. só nos mosteiros os monges dedicavam-se aos estudos. confundida com a história dos subjulgados.proibia a dissecação de cadáveres e o derramamento de sangue.. industrial e o trabalho intelectual. Foram os únicos. burgueses e para os pobres. plexos.. artesões. objetivo era tratar o enfermo curável.A enfermagem moderna surge na Inglaterra no mesmo cenário da Revolução industrial. pelo exagerado respeito ao corpo humano . A história da mulher se faz separadamente da história política e econômica.. que movia os pagãos: "Vede como eles se amam".A História da Enfermagem. Período Contemporâneo Fase da contemporâneidade As descobertas marítimas ampliaram o comércio. 1820 nasce Florence Nightingale. A sua história e o seu discurso se perderam. que citaram enfermeiros e exigiam deles qualidades morais e conhecimentos científicos.C. A arena pública era território do poder masculino. Neste aspecto o budismo contribui para o desenvolvimento da enfermagem e da medicina. Chegou pelas mãos dos religiosos e no período da inquisição entre os séculos XVI e XVII ocorreu o chamado período crítico da enfermagem com o fechamento dos hospitais e com conseqüente expulsão dos religiosos dos hospitais e morte das mulheres conhecidas como curandeiras Inquisição Ao final da Idade Média é organizada assistência de saúde para os poderosos. amputações. sentimentos A História da Enfermagem. Influiu positivamente através da reforma dos indivíduos e da família. força.. nervos.. sensibilidade.HOMEM x MULHER Duas espécies com qualidades e aptidões particulares Homem = cérebro. A História da Enfermagem.

Estados Unidos e Canadá. estatística. 5 . FLORENCE NIGHTINGALE Enfermagem moderna 12 de maio de 1820 Educação exemplar: protestante. filosofia. A História da Enfermagem... Inglaterra A profissionalização da enfermagem surgiu no século XIX. ESTEREOTIPOS DO TRABALHO FEMININO Talento instintivo para o trabalho doméstico e delicadeza demais para a violência do mercado Infelizes. papéis limitados. outras línguas modernas = lady Escreveu entre 15 e 20.A História da Enfermagem... chegando no Brasil no milênio passado. matemática. religião. artes. QUEM ERAM AS ENFERMEIRAS? Religiosas Pessoas com baixa educação e sem moral Militares A História da Enfermagem... adversidade e vulnerabilidade econômica A História da Enfermagem. fora dos padrões aceitos por uma sociedade machista Desvantagens = pouco controle sobre o trabalho. como uma profissão elitizada. latin. grego... história.. passando aos países da Europa.. Até a Revolução Industrial = mulher fora do mercado de trabalho Transformações ocorridas nos últimos anos = mulher como força de trabalho Mão de obra feminina = inferior A História da Enfermagem.000 cartas a amigos e conhecidos Vivia constantemente doente Viajava muito A História da Enfermagem...

durante todo o período de treinamento. Filosofias de Florence O dinheiro público deveria manter o treinamento de enfermeiras.. compensado pela devoção das irmãs Paris (Irmãs Vicentinas do Hotel Dieu e Casa da Província das Irmãs da Caridade) Retorno para casa = anúncio estrondoso 1853 = Superintendente de Enfermagem na Inglaterra 1854 = voluntária na epidemia de cólera na Inglaterra A História da Enfermagem.. residência com ambiente confortável e agradável. que deveria ser considerado tão importante quanto qualquer outra forma de ensino Deveria existir uma estreita relação entre escolas de enfermagem e os hospitais.. ensino e difusão do modelo nightngaleano Nurses: assistência direta aos pacientes = trabalhariam 1 ano gratuitamente A História da Enfermagem. sem dependência financeira e administrativa A História da Enfermagem.A História da Enfermagem. FLORENCE NIGHTINGALE 1849 = Egito = observou o desenvolvimento da enfermagem 1851 = Alemanha (Kaisersweth) = 3 meses = hospital com 100 leitos = local precário.. TURQUIA 38 mulheres = Scutari. FLORENCE NIGHTINGALE 1860 = doação de 44.000 libras do governo Inglês = Hospital Saint Thomas. permanecendo 21 meses Problemas de comportamento. e não por qualquer pessoa. FLORENCE NIGHTINGALE Descaso com cuidados à saúde 1854 = GUERRA DA CRIMÉIA.. Londres Fundou a Escola de Treinamentos para Enfermeiras nesse Hospital Curso de 1 ano …. próximo ao local 6 .. 2 anos Lady-nurses: supervisoras.. comprometimento e preconceitos Febre Tifóide Acamada por muitos anos A História da Enfermagem. O ensino de enfermagem deveria ser feito por enfermeiras profissionais... Direção da Escola por uma enfermeira Deveria ser oferecida às estudantes..

na maioria.Cursos de parteiras agregadas às faculdades de Medicina.. FLORENCE NIGHTINGALE Crescimento na Inglaterra. em 13 de agosto de 1910 Influencia até hoje a enfermagem Rompeu com os preconceitos da época que faziam da mulher a prisioneira do lar e dos hospitais um local de escuro. 1831.. 7 .Inaugurado a Santa Casa de Porto Alegre e Curitiba A História da Enfermagem. Europa e EUA 87 anos = 1a mulher a receber a honraria do Mérito do rei Henrique VII Faleceu aos 90 anos.descobrimento das primeiras escolas e evolução educacional Índios Jesuítas 1543 – fundação da primeira Santa Casa de Misericórdia.. por Bras Cubas na Vila de Santos em SP. predominantemente assistência hospitalar curativa . surge oportunidade para enfermagem. No Brasil..descobrimento das primeiras escolas e evolução educacional 1808 (Bahia)... Os religiosos tornaram-se enfermeiros do hospital colonial auxiliados por escravos e voluntários. No Brasil. 1880.. 1814...Comissão de salubridade sociedade de Medicina do RJ.. 1890. Os médicos deveriam prescrever por escrito Enfermeiras acompanhariam os médicos em suas visitas Moralização da profissão Revolucionou a medicina também A História da Enfermagem. físico. A prática de enfermagem era doméstica e empírica e seus executores eram. No Brasil. Tanto as Santas Casas quanto os hospitais militares eram mantidos por iniciativa privada e filantrópica. aumento de doentes mentais.descobrimento das primeiras escolas e evolução educacional Mais tarde são fundados os hospitais militares com o objetivo de preservação de vida dos soldados.Inaugurado o Hospício Nacional de Alienados – Enfermagem psiquiátrica. O curso tinha duração de dois anos e o currículo abordava aspectos básicos.Surge a primeira escola de enfermagem no Brasil (decreto 791) denominada hoje de Escola Alfredo Pinto RJ. de podridão e de morte A História da Enfermagem. do sexo masculino A História da Enfermagem..A História da Enfermagem. intelectual e aptidão profissional A História da Enfermagem. 1823 (Rio de Janeiro). Sistema de ensino Nightingaleano Mais ensino metódico. em vez de apenas ocasional Seleção de candidatos do ponto de vista moral..

Baiana .Surge a segunda escola de enfermagem: Departamento Nacional de Saúde Pública Carlos Chagas . 221 saúde pública.descobrimento das primeiras escolas e evolução educacional 1943. 1923.49. só passando para as mãos das enfermeiras em épocas recentes. . No Brasil. Lei uniformiza o ensino de enfermagem.2% saúde pública (HSP/ HCSP). curso de enfermagem em 36 meses e curso de auxiliar de enfermagem em 18 meses . com exigência de conclusão de curso secundário .. estando também a direção a cargo desses profissionais. 1923 = surto de varíola = de 50% para 15% a mortalidade => 1926 Escola Ana Néri. No Brasil. . durante muito tempo.. Ana Néri ( 1814-1880) . Ana Néri. Montou casas de cuidados aos doentes . Medalhas: prata humanitária e da Campanha A História da Enfermagem. Guerra do Paraguai (1865) . Nova era = habilidade técnica = atenção integral ao paciente.334 Enfermeiras diplomadas.. curso que destinava-se à assistência de programas em saúde pública... por médicos. O modelo era Nightngaleano A História da Enfermagem.Saúde Pública com 14 alunas.A História da Enfermagem.Grande reforma do ensino de enfermagem.descobrimento das primeiras escolas e evolução educacional As aulas foram ministradas. Escola de Enfermagem da UFRJ. Ana Nery... 8 .4% Enfermeiras atuavam em hospitais e 17. Anna Néri.. 1949. 1950. Ana Neri.

primeiro curso lato senso do RS 1964. A História da Enfermagem. porém não se adaptou as necessidades do País. 600h para licenciatura. A História da Enfermagem. curso geral e duas especialidades opcionais (saúde pública e obstetrícia). que criou o curso de visitadora sanitária com duração de 10 a 12 meses.descobrimento das primeiras escolas e evolução educacional Década de 70 Dois fatores contribuíram para a reforma universitária: Modificação do currículo e criação de Pós Graduação. Currículo organizado por matérias e créditos.... incluindo o meio ambiente. tronco profissional comum e habilitações). Esse curso funcionou de 1938 a 1965. 29 disciplinas obrigatórias reduz para 8 disciplinas.Escola de enfermagem do RS anexada a faculdade de Medicina. pelo Decreto 3.. Currículo proposto de 3 para 4 anos e transferência das habilitações para especializações. as ações são exercidas no domicílio com prevenção e promoção da saúde.. A evolução do currículo para o preparo dos Enfermeiros inicia-se com enfoque generalista..A História da Enfermagem. 1972. A História da Enfermagem..70 escolas..O curso começa com Enfermagem e obstetrícia (curso de prateiras). No Brasil. A História da Enfermagem. expansão na enfermagem.Chega a primeira Enfermeira em PoA (Izaura Barbosa de Lima).A escola forma o primeiro EnfermeirO. 9 .Irmã Doralice Weber coordena o primeiro curso de especialização em obstetrícia na faculdade de enfermagem Madre Anna Möeller. Até 1975 existia apenas um curso de Mestrado.. enviada pelo Departamento Nacional de Saúde Pública.descobrimento das primeiras escolas e evolução educacional 1956.descobrimento das primeiras escolas e evolução educacional Década de 80 Efervescência na Enfermagem. modelo compactado e muito criticado.. A Enfermagem no Rio Grande do Sul 1940.902. Carga horária mínima de 2500h (3anos). Aumento de carga horária de estágios.38 escolas. 1962. No Brasil.. No Brasil. com duração de 2 anos e recebiam o diploma de parteira. 1939. Processo de ação e reflexão dos enfermeiros e docentes.Torna-se autônoma.Prorrogação para 5 anos para ingresso sem curso secundário completo.. 1958. 1968. 1980. 1938. O curso formava generalistas. A História da Enfermagem. junto a faculdade de Medicina. A Enfermagem no Rio Grande do Sul 1901.Os Enfermeiros tinham por finalidade a prestação de cuidados aos doentes internados. com duração de 4 anos em tempo integral.descobrimento das primeiras escolas e evolução educacional Período de 70 a 80 Grandes inovações. 1950.Currículo reformulado. na escola Anna Neri. acompanhada de mudanças na sociedade. novo currículo.Com a formação das visitadoras sanitárias. No Brasil. Aumento do número de escolas: 1963. Implantação dos cursos de pós-graduação.Reforma universitária Substituição do modelo compacto dividido em três partes (préprofissionais.

A História da Enfermagem.Quem conhece a história de uma ciência.... saúde pública. (autor desconhecido) 10 . A Enfermagem no Rio Grande do Sul Na década de 50. conhece metade da ciência.. saúde do adulto..A História da Enfermagem... 1972. obstetrícia.. pediatria. 60 e 70 ocorreram construções de hospitais e estabelecimento de ensino para auxiliares e graduação em enfermagem em várias cidades do RS....Foram criados os cursos de especialização em enfermagem psiquiátrica e saúde mental. .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful