Você está na página 1de 41
Responsáveis pelo projeto: Luana Frade Flávia Barros Luis Fernando Barros Colaboradores: Flávia Barros Luis
Responsáveis pelo projeto: Luana Frade Flávia Barros Luis Fernando Barros Colaboradores: Flávia Barros Luis Fernando

Responsáveis pelo projeto:

Luana Frade

Flávia Barros

Luis Fernando Barros

Colaboradores:

Flávia Barros

Luis Fernando Barros

Gilberto Santos

Ana Cristina Agra

Tadeu Braga

Eliana Braga

Juliana Novaes

Kátia Machado

Darlene Sampaio

Rafael Barcelos

Jorge Osvaldo

Raquele Braga

Tatiana bahia

Alexandre Bahia

Criação e arte:

Tadeu Braga

Rafael Barcelos

Yasmim Campbell

EDITORIAL
EDITORIAL
Tadeu Braga Rafael Barcelos Yasmim Campbell EDITORIAL Queridos irmãos Estamos muito felizes pela oportunidade de

Queridos irmãos

Estamos muito felizes pela oportunidade de levarmos até vocês a segunda edição do INFORMATIVO FOLHA DA JUREMA, que chega recheado de informações e de muito amor. E neste bimes- tre muitos serão os acontecimentos, que vão desde o início do tão aguardado 1º curso de EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA “INTRO- DUÇÃO À TEOLOGIA UMBANDISTA”, em 03 de setembro, no TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE; a 4ª CAMINHADA EM DEFE- SA DA LIBERDADE RELIGIOSA, em 18 de setembro, na bela orla de Copacabana; passando pelo 26 de setembro, dia dedicado ao querido PRETO VELHO PAI CIPRIANO DAS ALMAS, entidade madrinha do TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE; o dia da “FA- LANGE DA ALEGRIA”, 27 de setembro, a nossa querida IBEIJA- DA; Finalmente, ainda em setembro, a comemoração, dia 30, do Orixá Xangô, meu querido Pai e Senhor da Justiça. Além disto, começamos o 1º de outubro com a nossa dirigente Espiritual Flá- via Barros “soprando velhinhas”, no mesmo dia em que teremos Pintura Mediúnica, através dos espíritos superiores, sintonizados ao querido irmão Lívio Rocha. Dia 15 de outubro a festa para as crianças da comunidade de MIGUEL COUTO, em Nova Iguaçu e, para finalizarmos, dia 31 de outubro, a 1ª sessão de consulta com a falange espiritual dos CIGANOS DE UMBANDA, um grande presente que os mentores espirituais do TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE nos trazem e que promete “bombar”. Informação, utili- dade pública, entretenimento e doutrinação, são algumas marcas de mais esta edição do INFORMATIVO FOLHA DA JUREMA, para a qual os convidamos a compartilharem conosco deste am- biente de paz, aprendizagem e evolução.

Boa leitura!

Fiquem com Deus

Luis Fernando Barros

conosco deste am- biente de paz, aprendizagem e evolução. Boa leitura! Fiquem com Deus Luis Fernando
>> FLÁVIA BARROS Dirigente do Templo Estrela do Oriente Casa da Cabocla Jurema Alegria de

>> FLÁVIA BARROS

Dirigente do

Templo Estrela do Oriente

Casa da Cabocla Jurema

do Templo Estrela do Oriente Casa da Cabocla Jurema Alegria de viver A vida pode e
do Templo Estrela do Oriente Casa da Cabocla Jurema Alegria de viver A vida pode e

Alegria de viver

A vida pode e deve ser melhor e mais prazerosa. Não permita que constantes pensamentos e sentimentos negativos tomem conta de você.

Busque a felicidade e o prazer em cada minuto da vi- da. Aceite e respeite as diferenças, pois cada um pos- sui uma forma de ser, de pensar e de agir. Não valori- ze isto!

Pare de se incomodar e se irritar com coisas peque- nas, com bobagens cotidianas. Procure refletir positi- vamente sobre possíveis ressentimentos e mágoas. Doe-se, trabalhe em prol de um bem maior, faça a ca- ridade, ame ao próximo, exerça suas atividades com o maior prazer possível. Busque dentro de você o que te dá prazer, alegria, vontade de viver. Deixe o seu cora- ção falar mais alto! Grite se sentir necessidade, chore se assim o desejar, abrace um amigo, ria se for de sua vontade, diga à alguém que o (a) ama. Coloque para fora tudo o que estiver sentindo. Todos estamos a procura da felicidade. A felicidade está dentro de nós.

Coloque para fora tudo o que estiver sentindo. Todos estamos a procura da felicidade. A felicidade
>> LUIS FERNANDO BARROS Envie sua pergunta para jornalfolhadajurema@gmail.com Marcel – Por e-mail – RJ
>> LUIS FERNANDO BARROS Envie sua pergunta para jornalfolhadajurema@gmail.com Marcel – Por e-mail – RJ

>> LUIS FERNANDO BARROS

Envie sua pergunta para jornalfolhadajurema@gmail.com

Marcel Por e-mail RJ

Pergunta: Tenho conhecimento de que algumas casas em determinados dias fazem cultos Um- bandistas e em outros dias fazem cultos de “Can- domblé”, sendo sempre o mesmo Sacerdote diri- gindo ambos os cultos. Tratando-se de religiões diferentes, quais problemas ou então benefícios poderiam advir desta situação? Quais motivos podem levar uma mesma casa a praticar os dois cultos?

Resposta: Não há dúvidas de que a Umbanda recebeu diversos fundamentos das “Nações de Santo”, razão pela qual sua característica Africa- nista inalienável. Há que se ressaltar também a grande importância histórica, cultural e religiosa dos “Candomblés”. Por outro lado, dentro de nossa visão doutrinária, compreendemos que, independentemente das muitas similaridades, as “vibrações” que manipulamos na Umbanda prati- cada no TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE, sobre a qual nos limitamos a escrever, e as energias ma- nipuladas nas “Nações de Santo”, são absoluta- mente distintas, não nos permitindo qualquer possibilidade de misturá-las. Fique com Deus.

Andre Walsh Por e-mail RJ

Pergunta: Gostaria de entender melhor o concei- to de “simplicidade” citado na última aula do cur- so “A UMBANDA SEM FRONTEIRAS”, pois a cari- dade e humildade são fáceis de entender, mas como posso agir de forma simples no meu dia a dia?

Resposta: Entendemos que a simplicidade é a característica principal daqueles que vivem “espi-

ritualmente na matéria”. Na verdade, a simplici- dade está na intimidade de cada criatura. Para exemplificarmos, ser simples é não opinar sobre o que se desconhece. É admitir-se capaz de come- ter equívocos. É ser feliz com pouca coisa ou com coisas simples. Ser simples é falar com sincerida- de. É se emocionar diante de pequenos fatos. É permitir que as lágrimas rolem pelo rosto quando o coração solicita. Quem é verdadeiramente sim- ples, percebe as grandezas da vida impressas nas coisas singelas da natureza. Jesus foi um nobre exemplo de simplicidade. Possuidor de grandioso conhecimento em todas as áreas soube ensinar sem arrogância. Portador das Verdades Divinas, teve o cuidado de não ofuscar as criaturas que com ele travavam contato. Conhecedor do Uni- verso utilizou-se da singeleza para ensinar a vida espiritual. No caso específico da Umbanda, a sim- plicidade é um de seus alicerces, pois como diria uma de suas grandes entidades: “Onde não há a simplicidade, há a ausência da espiritualidade.” Fique com Deus.

Emanuel Brandão Por e-mail RJ

Pergunta: A sua casa faz sacrifício de animais? Qual sua opinião a este respeito?

Resposta: Segundo Franz Mesmer, o médico Aus- tríaco, criador da teoria do magnetismo, existem 05 formas de energias que se manifestam na na- tureza: Astral, compreendendo os planetas e as galáxias; o terrestre representado na sensibilida- de bipolar, influenciando bússolas e ímãs; o mine- ral, quando temos as pedras, cristais e metais; o vegetal, como o próprio nome já diz, compreen- dendo todos os vegetais; Finalmente o Magne

tismo animal, sendo este último subdividido em racional (homem) e irracional (bichos). Baseados nestes valiosos

tismo animal, sendo este último subdividido em racional (homem) e irracional (bichos). Baseados nestes valiosos ensinamentos e, por determina- ção de nossa entidade dirigente, Cabocla Jurema da Praia, nossos "assentamentos” e “firmezas" foram e são realizados “exclusivamente” através das quatro primeiras modalidades mencionadas. Em relação ao magnetismo animal, mesmo reco- nhecendo a

autenticidade de sua fundamentação e a "neces- sidade" de algumas casas o utilizarem, não o ma- nipulamos, já que entendemos existirem outras formas, dentro de nossa visão, tão autênticas quanto, para se "alcançar o sagrado”. Fique com Deus.

André Luis Por E-mail RJ

Pergunta: Certa vez me perguntaram se eu já sabia quais as entidades que me acompanham e eu respondi que no momento certo eu saberia. Então me disseram que uma forma de se "conhe- cer" seria com as curimbas das entidades. Exem- plo disso seria numa sessão de Pretos e Pretas Velhas, escutando uma curimba de Pai Joaquim de Angola, se eu me emocionar e sentir uma ar- repio, seria interpretado como sendo Pai Joaquim de Angola uma das entidades que trabalham com o médium. Existe algum fundamento nessa in- formação?

Resposta: Entendemos que todo médium é um sensitivo, ou seja, todos têm a capacidade de captar vibrações soltas no espaço ou em deter- minado local, sem que isto sirva para nos "suges- tionar" se temos esta ou aquela entidade, no momento em que, por exemplo, ouvimos uma música sagrada sendo entoada. O irmão precisa ter a certeza de que tem uma egrégora de enti- dades ao seu redor, através das quais é orienta

do, intuído, dando-lhe caminho e direção, mas que só será "verdadeiramente" revelada, no mo- mento em que a Pátria Espiritual julgar que o irmão está pronto para tal. Até lá, sugerimos que dê prosseguimento aos estudos da doutrina, a- tenção total às manifestações e, principalmente, acelere o processo de reforma íntima, que é a senda através da qual os bons espíritos se apro- ximarão com mais rapidez de seu campo vibrató- rio. Fique com Deus.

Clarissa Barcelos Por e-mail RJ

Pergunta: Gostaria de elucidações acerca do uso de atabaques na Umbanda. Já ouvi dizer que o atabaque é responsável por gerar uma energia positiva ou negativa nos rituais. Qual o princípio que a casa segue ao oferecer uma oficina de ata- baques?

Resposta: De acordo com nossa visão doutrinária, o atabaque é um instrumento sagrado, um veícu- lo de comunicação entre o plano material e o espiritual, nas várias comunidades de fé, uma voz que convoca para o louvor das vibrações superio- res, para a dança e a fraternidade, para uma reli- giosidade evoluída, o que o caracteriza como a força de uma gira. Desta forma, quando bem uti- lizado, o atabaque harmoniza a sessão mediúnica, transmite energia para a corrente, fazendo com que a mesma suba na vibração. Por outro lado, quando tocado sem o devido respeito e conheci- mento, pela sua importância nos trabalhos espiri- tuais, podemos até “quebrar uma sessão”, com inúmeras conseqüências para toda a corrente mediúnica. Diante da necessidade de ser manipu- lado por “médiuns devidamente qualificados,” o TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE promove constan- temente uma “oficina”, cujo objetivo é o aprimo- ramento dos “Ogãs da casa”, nos fundamentos da

constan- temente uma “oficina”, cujo objetivo é o aprim o- ramento dos “Ogãs da casa”, nos
sublime missão que o Astral Superior lhes confi- ou. Fique com Deus. Carla – Por

sublime missão que o Astral Superior lhes confi- ou. Fique com Deus.

Carla Por e-mail RJ

Pergunta: Gostaria de saber quais as entidades responsáveis pela retirada de “magia negra” das pessoas? Dizem que a linha dos “Pretos Velhos” é ótima para isso, é verdade?

Resposta: Todas as entidades da Seara Umban- dista têm o poder de retirar “magia negra” das pessoas, inclusive os espíritos que compõem a falange dos Pretos Velhos. Por outro lado, é ne- cessário esclarecermos, que o que vulgarmente se entende por “magia negra”, é uma suposta presença de energias negativas, soltas no espaço ou a nós direcionadas, instaladas em nossa faixa vibratória, mas que cumprem a “lei de afinidade ou de sintonia”.

Desta forma, de nada adiantará o trabalho das Altas Entidades, se continuarmos atraindo as magias negras” pela força de nossos pensamen- tos, palavras e ações. Fique com Deus.

se continuarmos atraindo as magias negras” pela fo rça de nossos pensamen- tos, palavras e ações.
se continuarmos atraindo as magias negras” pela fo rça de nossos pensamen- tos, palavras e ações.
>> TATHIANA PINHEIRO Nesta coluna estaremos colhendo depoimentos de nossos amados irmãos da Umbanda. Apreciem

>> TATHIANA PINHEIRO

Nesta coluna estaremos colhendo depoimentos de nossos amados irmãos da Umbanda. Apreciem os depoimentos descritos abaixo:

“Eu sempre gostei da Umbanda, então eu tenho como hábito procurar pesquisar e me informar. Mas, infe- lizmente, ainda existe um enorme preconceito com os praticantes da nossa religião, justamente por falta de co- nhecimento. Comecei a ler as colunas que o TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE tem em alguns jornais do nosso seg- mento e a ouvir um programa de rádio que tinha a participação do irmão dirigente Luis Fernando Barros e assim descobri a existência do TEO. Sempre pensava em visitar o Templo, porém nunca tinha tempo. Certo dia, depois de uma cansativa jornada de trabalho, estava com muitas dores de cabeça, sentindo que era algo espiritual, mas que também envolvia meus problemas diários e que estavam me deixando perturbado mentalmente. Resolvi, enfim, buscar algo que pudesse me ajudar. Sem conhecer as redondezas do bairro da Piedade, saltei no primeiro ponto de ônibus da Rua Goiás, que é muito extensa e onde se localiza o TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE. Mesmo ao perceber que estava longe, não desisti e segui em busca do meu objetivo, mesmo a pé. Desde a primeira visita, os membros da casa me acolheram super bem e hoje sou freqüentador das giras e aluno da 7ª turma do curso “A UMBANDA SEM FRONTEIRAS”, para onde me desloco todas às quintas feiras, com o objetivo de desmistificar a Umbanda. Em poucas aulas já posso dizer que realmente ainda há muito preconceito por parte das pessoas, pois os dogmas impostos na sociedade ainda prevalecem.

Gosto muito das palestras realizadas no 1º sábado de cada mês e queria deixar uma questão interessante como tema: A visão umbandista da construção do mundo. Algo que as pessoas ainda têm dúvidas e que podem ser fundamentais para o entendimento da nossa religião.”

MILCLEI RIBEIRO DOS SANTOS - 18 ANOS

“Meu nome é Alexandre Bahia, sou médium de trabalho aqui do TEO e sou da 5ª Turma do Curso “A Um- banda sem Fronteiras” e colaborador deste Jornal. Trabalho há um pouco mais de um ano nesta Casa maravilho- sa e digo, sem nenhuma sombra de dúvida, que neste pouco tempo já pude sentir transformações, tanto no as- pecto pessoal como no espiritual. O trabalho mediúnico, além de gratificante, nos proporciona crescimento em todos os aspectos. Na Casa da Cabocla Jurema da Praia aprendemos a praticar a caridade com amor, devoção e firmeza, além de uma convivência saudável e fraterna com todos os Irmãos da nossa corrente mediúnica e tam- bém com aqueles que aqui vêm em busca de auxilio. Tudo isso graças a Zambi, ao nosso Pai Oxalá, à Egrégora desta Casa e ao empenho de nossos queridos Dirigentes Flávia e Luis, aliado ao esforço individual de cada médium e colaboradores, resultando num trabalho digno da nossa querida Umbanda.

Saravá e axé."

ALEXANDRE BAHIA

cada médium e colaboradores, resultando num trabalho digno da nossa querida Umbanda. Saravá e axé." ALEXANDRE
>> ALEXANDRE BAHIA BASES PARA NOSSA REFORMA ÍNTIMA 1) Falar sempre de forma INATACÁVEL; 2)

>> ALEXANDRE BAHIA

>> ALEXANDRE BAHIA BASES PARA NOSSA REFORMA ÍNTIMA 1) Falar sempre de forma INATACÁVEL; 2) Não

1) Falar sempre de forma INATACÁVEL;

2) Não tomar nada como pessoal;

3) Não fazer suposições ;

4) Fazer o melhor que pudermos com o máximo de nós.

Parece simples, mas não é:

Quantas vezes não comentamos sobre alguém, atacando aquela pessoa com suas más características, más tendências ou condutas; quantas vezes não agredimos diretamente o próximo, geralmente um familiar ou companheiro?

Quantas vezes recebemos críticas que poderiam ser usadas para o nosso melhoramento e levamos para o lado pessoal ficando ainda magoado com aquela pessoa.

que poderiam ser usadas para o nosso melhoramento e levamos para o lado pessoal ficando ainda
Quantas vezes criamos suposições a respeito das pessoas e quando verificamos é algo totalmente diferente.

Quantas vezes criamos suposições a respeito das pessoas e quando verificamos é algo totalmente diferente.

Quantas vezes deixamos a preguiça adiar projetos, ou entramos em atividades sem a dedicação merecida resultando fracassos profissionais e pessoais!

Independente de crenças, somos convidados para nossa evolução diariamente em nossas relações na família e no trabalho. Exerçamos nossas vivências diárias para benefício próprio, não atacando ninguém de forma verbal, não tomando nada como pessoal, sem fazer suposições, fazendo sempre o melhor que pudermos sem ultrapassar nossos limites.

Ante as dificuldades do cotidiano, exerçamos a paciência, não apenas em auxílio aos outros, mas i- gualmente a favor de nós mesmos.” (Emmanuel. Livro Encontro Marcado.)

Apontamentos:

Reforma Íntima Ato de busca da elevação moral do indivíduo promovido pelo próprio ser.

Orgulho Defeito muito grave de difícil auto-detecção. Geralmente ocorre quando somos intolerantes e não aceitamos nenhuma crítica ou quando revidamos uma agressão para não ouvir comentário do tipo “o que os outros irão pensar se eu não revidar”, por exemplo.

Egoísmo O Maior dos defeitos. Deriva-se dele a maioria dos outros defeitos da humanidade. Dificulta mui- to a nossa posição mental de estarmos “no lugar do próximo” para diante de nossas ações verificar se agi- mos corretamente, dentre outras.

Religiões A maior virtude de uma Religião seria promover o melhoramento individual de cada seguidor, fa- zendo cada um levantar a sua espada contra seus próprios defeitos.

Reforma íntima

R

iqueza de atitudes boas

E

studo sobre si e o próprio caráter

F

erramentas de luz e amor em cada gesto

O

ração e vigilância constantes

R

esistência ás tentações

M entalização do belo e do que é bom e positivo

A mor a si mesmo

I ntimidade em resguardo das sombras

N

ecessária compreensão do que significa o próximo

T

rabalho de renovação de valores

I

nteriorização do bem em substituição ao mal

M ovimento seguro na direção da luz

A mor, agora, ao próximo

Ademário da Silva

do bem em substituição ao mal M ovimento seguro na direção da luz A mor, agora,
do bem em substituição ao mal M ovimento seguro na direção da luz A mor, agora,
do bem em substituição ao mal M ovimento seguro na direção da luz A mor, agora,
>> JORGE OSWALDO NUMA PRÓXIMA ENCARNAÇÃO, TALVEZ. Se você não tem coragem de assumir uma

>> JORGE OSWALDO

NUMA PRÓXIMA ENCARNAÇÃO, TALVEZ.

Se você não tem coragem de assumir uma séria e importante situação

Do tipo que leva você e outros para uma nova caminhada e uma nova direção

È

Então, precisa fazer alguma coisa, pois nesta vida você não é um simples passageiro

porque você não acredita em seus valores, eles não são ainda totalmente verdadeiros

seus valores, eles não são ainda totalmente verdadeiros A Ela tem nítida preferência por aqueles que

A

Ela tem nítida preferência por aqueles que buscam uma grande e correta determinação São esses que fazem dela a sua grande magia e que criam fatos completos, por inteiro Sem as verdades daí extraídas, não seria possível ordenar o pensamento, nem saber o que vem primeiro

vida não gosta daqueles que deixam o tempo passar, numa insólita acomodação

E

Muitas cobranças a vida lhe encaminhará, todas elas diretas na sua direção Aí, não haverá mais nada o que fazer, nem se você for ágil ou muito ligeiro Não será mais possível o tempo recuperar, nem com um certo jeito matreiro

quando o seu tempo passar, sem qualquer grande e importante realização

No balanço final, lhe será descartado o papel de ator principal, só uma simples figuração Bem diferente do que havia sido previsto nesta passagem, será uma grande e enorme decepção Embora tudo isso lhe tenha sido avisado, preferiu ter procurado, uma agulha no paliteiro Pois colocar a culpa na vida, é o expediente dos despreparados, os que não são ainda guerrei- ros

Se o que você esta lendo de alguma forma lhe tocar a sua mente e o seu coração Talvez aja algum tempo, embora isso exija uma certa e cuidadosa preparação

E se tudo isso lhe for indiferente, também será para todos nós, importante essa sua conclusão Porque nos deu certeza a que você será importante mesmo, talvez, quem sabe, numa próxima encarnação

sua conclusão Porque nos deu certeza a que você será importante mesmo, talvez, quem sabe ,
>> ELIANA e TADEU BRAGA Cosme e Damião quando reencarnaram, nasceram na Arábia por volta

>> ELIANA e TADEU BRAGA

Cosme e Damião quando reencarnaram, nasceram

na Arábia por volta do ano 260 d.C., e viveram na

Ásia Menor, no Oriente, eram gêmeos e seus pais eram seguidores dos dogmas do mestre Jesus. Des- de muito jovens, ambos manifestaram um enorme talento para a medicina, profissão a qual se dedica- ram após estudarem e diplomarem-se na Síria. Al- guns estudos revelam que seus nomes verdadeiros eram Acta e Passio.

revelam que seus nomes verdadeiros eram Acta e Passio. O nome Cosme faz uma alusão ao

O nome Cosme faz uma alusão ao universo, ao

cosmo, a beleza do todo, em grego o nome COSME deriva do mesmo radical de kosmetos validando a significação "O ENFEITADO" . O nome Damião, se origina de termos que se relacionam com o verbo domar relacionando-se à palavras como acalmar, apascentar, em grego por sua vez, usa-se o mesmo radical do demos grego que traz o signi- ficado "O POPULAR".

Tinham um apelido muito interessante: “ANÁRGIROS”, que quer dizer “INIMIGOS DO DI- NHEIRO/ QUE NÃO SÃO COMPRADOS POR DINHEIRO”, pois eles não cobravam nada, ne- nhum centavo pelo trabalho deles. Tornaram-se profissionais muito competentes e dignos, e foram trabalhar como médicos e missionários na Egéia. Assim mantinham relações fra- ternas com muitas pessoas e difundiam os ensinamentos do Cristo. Nesta época quem go- vernava era Diocleciano, imperador romano,este não gostava destes irmãos cristãos por- que eles traziam uma prática de caridade sincera e uma fé inabalável em seus corações. Esse sabendo do que pregavam e também de como agiam ( Não cobrando, em uma época que muito valor era dado ao dinheiro), enviou, um representante de nome Lísias para a E- géia, local onde estavam os gêmeos. Então, sob o comando de Lísias, começaram a torturar Cosme e Damião. Finalmente, depois de tortura-los, cortaram suas cabeças. Desse modo eles foram mortos no ano 283 depois de Cristo. São atribuidos à esses santos os dons da levitação ( S. Cosme) e da paz interior diante de grande atribulação (S. Damião).

Em nossa amada Umbanda a linda falange da Ibeijada é associada pelo sincretismo, à S. Cosme e S. Damião. Os Ibejis, com sua energia sincera, seu carinho cheio de luz, suas pala- vras de amor, pureza, alegria e suas "brincadeiras" cheias de mensagens lúdicas, trazem verdadeiramente para o nosso cotidiano a cura para nosso bem maior, nos ajudando na tarefa de auto-conhecimento, de paz interior e da reforma íntima. As crianças quando in

nosso bem maior, nos ajudando na tarefa de auto-conhecimento, de paz interior e da reforma íntima.
corporadas, servem para os assistidos doces, frutas, nos lembrando do lado doce da vida, do

corporadas, servem para os assistidos doces, frutas, nos lembrando do lado doce da vida, do nosso lado mais doce, mais puro.

Isso me faz lembrar uma história: " Existiu um menino que cismou que queria se encontrar com Deus. Ele sabia que tinha uma longa caminhada à seguir pela frente, portanto encheu sua mochila com pastéis e guaraná, e começou sua caminhada. Depois de ter andado três quadras, encontrou um velhinho sentado em um banco de praça olhando os pássaros.

O menino sentou-se junto dele, abriu a mochila, e ia tomar um gole de guaraná quando o- lhou o velhinho e viu que ele estava com fome. Então ofereceu-lhe um pastel. O velhinho, muito agradecido, aceitou e sorriu ao menino.

Seu sorriso era tão incrível que o menino quis ver de novo, então, ele ofereceu-lhe seu guaraná. Mais uma vez o velhinho sorriu ao menino. O menino estava muito feliz!

Ficaram sentados ali sorrindo, comendo pastel e bebendo guaraná pelo resto da tarde, sem falarem um ao outro. Quando começou a escurecer o menino estava cansado e resol- veu voltar para casa, mas antes de sair ele voltou, e deu um grande abraço no velhinho. O velhinho deu o maior sorriso que o menino já havia recebido.

Assim que o menino entrou em casa, sua mãe, surpresa, perguntou ao ver a felicidade es- tampada em sua face:

“O que você fez hoje que te deixou tão feliz?” e ele respondeu: “Passei a tarde com Deus” e acrescentou: “Você sabe, ele tem o mais lindo sorriso que eu já vi”.

Enquanto isso, o velhinho chegou em casa radiante, e seu filho perguntou: “Por onde es- teve que te deixou tão feliz?”e ele respondeu: “Comi pastéis e tomei guaraná no parque com Deus”. Antes que seu filho pudesse dizer algo, ele falou: “Você sabe que ele é bem mais jovem do que eu pensava?”

Deus está em todas as pessoas e coisas que são vistas com os olhos do amor e do coração!

Que Deus abençoe você que está lendo esta mensagem

e ilumine o seu coração pa-

ra que você possa oferecer

o meu melhor sorriso!

Salve a força da Ibeijada!

esta mensagem e ilumine o seu coração pa- ra que você possa oferecer o meu melhor
esta mensagem e ilumine o seu coração pa- ra que você possa oferecer o meu melhor
>> ANA CRISTINA AGRA DEPRESSÃO -VISÃO MÉDICA E ESPIRITUAL Minha formação acadêmica e a expe-

>> ANA CRISTINA AGRA

DEPRESSÃO-VISÃO MÉDICA E ESPIRITUAL

Minha formação acadêmica e a expe- riência que adquiri na especialidade que escolhi (pediatria), inicialmente não me credenciariam a abordar o as- sunto tema pelo lado profissional, mas sim pela prática diária com pais e avós de pacientes, bem como pelo atendi- mento fraterno dado em sessões espi- rituais caritativas. A depressão ou o mal do século é, na realidade, um pro- cesso de cunho moral, onde o ser não aceita as limitações existentes, que- rendo para si e para aqueles a quem quer bem prerrogativas, que ele acredita serem justas. No entanto, desconhecendo as causas mais profundas das lutas da vida, intimamente, crê- se abandonado pela divindade e, revoltado, opta por “desistir da vida”, pois a depressão, em sua sintomatologia, é a própria negação do viver, chegando ao extremo da negatividade que é o suicídio.

chegando ao extremo da negatividade que é o suicídio. É importante diferenciar a depressão dos momentos

É importante diferenciar a depressão dos momentos de tristeza, os quais são naturais e têm

como função convidar a criatura a voltar-se para si mesma, identificando o que está lhe a- contecendo e o que é necessário fazer ou mudar para que a vida flua com maior tranqüili-

dade.

É bom ficar claro que, ninguém é só corpo, só espírito ou mesmo só corpos energéticos.

Somos um todo não indivisível, interpenetrando-nos em todas as nossas dimensões, dire- cionados pela essência espiritual, esta sim nossa realidade eterna. Desta forma, esta dife- renciação é apenas auxiliar no aprendizado e toda doença é fruto da nossa condição moral, mesmo aquelas vinculadas às condições do planeta, pois nossa estada aqui é resultado de

nosso processo evolutivo.

O que é afinal DEPRESSÃO? Distúrbio mental causado por adinamia (prostração física e mo- ral), desânimo, sensação de cansaço e, em alguns casos, ansiedade em maior ou menor grau. O individuo apresenta uma melancolia muito grande, que nada mais é do que um es- tado mórbido de tristeza.

Hoje no mercado há diversos medicamentos antidepressivos, muitos deles fazendo a recep- tação da serotonina

Hoje no mercado há diversos medicamentos antidepressivos, muitos deles fazendo a recep- tação da serotonina e esta atuando de forma prolongada nos neurônios, controla a depres- são mantendo o individuo mais alegre e otimista. Mas no fundo o estado bioquímico do in- dividuo é apenas reflexo da alma, reflexo de ações desta e de outras vidas, como por e- xemplo: sentimentos de culpa e menor valia, covardia, suicídios passados, orgulho ferido, medo de enfrentar as provas desta vida, entre outras formas de ressentimento.

Se há alteração neuro-bioquimica, existe a necessidade de atuação médica e medicamen- tos. Mas a cura ou uma eventual melhora só será possível se houver uma grande dose de esforço e vontade própria, para que a alma volte ao equilíbrio.

Podemos concluir que a INTELIGÊNCIA não está no cérebro e muito menos os sentimentos, mas no espírito que as carreiam. Na maioria das vezes, o tratamento psicológico com tera- pias, estudos de auto-ajuda, trabalhos de caridade para o bem, estímulo do otimismo e FÉ, apresentam melhoras consideráveis e mais rápidas nos pacientes, por equilibrarem seus espíritos e perispíritos. Muito deste pessimismo e tristeza são criados ao longo do tempo pelos próprios indivíduos. Orar e vigiar cada minuto de nossas vidas é o melhor tratamento espiritual que podemos desejar e ensinar ao outro.

"Tudo que criamos para nós, de que não temos necessidade, transforma-se em angústia, em depressão

Chico Xavier

Até a próxima edição!

nós, de que não temos necessidade, transforma- se em angústia, em depressão ” Chico Xavier Até
nós, de que não temos necessidade, transforma- se em angústia, em depressão ” Chico Xavier Até
>> JULIANA NOVAES Mãe, esposa, dona de casa e, ainda, dirigente espiritual do Templo Estrela
>> JULIANA NOVAES Mãe, esposa, dona de casa e, ainda, dirigente espiritual do Templo Estrela
>> JULIANA NOVAES Mãe, esposa, dona de casa e, ainda, dirigente espiritual do Templo Estrela

>> JULIANA NOVAES

Mãe, esposa, dona de casa e, ainda, dirigente espiritual do Templo Estrela do Oriente. Flávia Barros, como gosta de ser chamada, relata-nos como foi sua iniciação na Um- banda, o que é a missão que lhe foi confiada, suas dificul- dades, desafios e o que espera do futuro.

Quando conheceu a Umbanda? Como isso se deu?

Eu deveria ter uns 14 anos quando conheci o Luis Fernando e nós íamos à casa de um tio dele, onde o mesmo recebia o Caboclo Folha Seca. Sempre conversávamos com ele e, nesta altura, eu já tinha todos os sintomas e nem sabia do que se tratava, já que eu nunca tinha ouvido falar destas coisas. Então foi através desta grande entidade que me iniciei.

Em sua opinião o que e ter fé?

Ter fé é acreditar muito em alguma coisa, confiar naquilo que o plano espiritual nos apresenta e através disto a gente move a nossa vida.

O que a Umbanda representa pra você?

Hoje representa tudo pra mim. Eu vivo a Umbanda, por que a Umbanda vive em mim. Até porque tenho uma responsabilidade muito grande como dirigente de uma Casa. Quando estamos à frente de um traba- lho espiritual, quando temos a responsabilidade de darmos assistência aos médiuns e aos consulentes que vêm em busca de ajuda, aí a Umbanda pra mim passa a ser tudo na vida. É caridade, é Fe, é luz, é amor e, enfim, é um trabalho maravilhoso de servir ao próximo.

E como você vê o crescimento da Umbanda nos últimos tempos?

Eu acho muito bom esse crescimento, pois as pessoas estão carentes de uma palavra amiga e de um traba- lho sério. A Umbanda tem se mostrado uma alternativa para as pessoas. Sentimos que os irmãos estão lidando hoje com a nossa religião de uma forma diferenciada em relação ao passado, pois hoje as pessoas estão lendo mais, estudando mais e, conseqüentemente, aprendendo cada vez mais. Na verdade, não es- tão apenas se baseando em coisas que não são muito palpáveis, estão buscando conhecimentos para po- rem em prática em suas vidas, já que esta religião é tão vasta em conhecimentos, subsídios, dos quais pó

demos nos beneficiar e beneficiar as pessoas também. Em resumo, a Umbanda hoje praticada está

demos nos beneficiar e beneficiar as pessoas também. Em resumo, a Umbanda hoje praticada está muito mais raciocinada.

O que lhe faz seguir essa religião?

Em princípio foi pela necessidade, porque tinha os sintomas e não sabia lidar com eles. As coisas foram acontecendo, tomando um volume muito grande e então tive de ingressar na Umbanda. Na verdade, fui buscar auxilio para as coisas ficarem bem e, quando me dei conta, resolvi: aqui é o meu lugar. (Risos)

No início qual foi a reação da família?

Meu falecido pai tinha certo conhecimento, já que alguns familiares dele eram umbandistas, mas sempre foi muito fechado neste assunto. Então, num primeiro momento, foi meio complicado, fazia as coisas meio que escondido, mas quando ingressei mesmo na Umbanda já estava casada e então não tive problemas. Mas, é importante lembrar, meus pais nunca se colocaram contra.

Algum fato já te levou a querer desistir? Caso afirmativo, o que lhe fez persistir?

Querer desistir não, mas que a gente balança, balança, pois acabamos vivendo situações onde as pessoas se mostram de uma forma não condizente com a religião e isso entristece e desmotiva. Você acredita, se dedica, entrega-se a uma causa, você se doa sem esperar o reconhecimento das pessoas. Mas e aí? E o respeito? Isto nos entristece, magoa-nos e aí você balança e se pergunta: “O que estou fazendo aqui?” Mas garanto que é só uma coisa momentânea e nada que me levasse a querer desistir. Já o que me faz persistir é a fé que carrego, são os guias, a quem devo satisfações, pois eles confiaram no meu trabalho, em mim e eu não posso jamais desapontá-los. A persistência vem da necessidade que tenho em servir, porque, inde- pendentemente de religião, sempre fui de auxiliar, de orientar, de conversar com as pessoas e de dar a- poio. Então esta nossa religião já é de minha natureza. Sempre vamos ter algo que vai nos desagradar, mas temos que ser firmes, tem que olhar em frente e dizermos que este é o caminho, que é aqui que quero continuar e é isto que desejo fazer. Desta forma, nada interromperá o trabalho.

Chico Xavier foi um grande exemplo de perseverança, você não acha?

Sim e o caso dele até muito mais difícil, porque ele vivia uma época diferente, quando o preconceito batia à sua porta, além de ter a família contra ele. Acho que devia ter suas fraquezas, como eu e todos nós te- mos, porque somos seres humanos, mas penso que ele pode ter tido momentos de angústia, de querer saber o que iria fazer, mas jamais pensou em desistir.

mas penso que ele pode ter tido momentos de angústia, de querer saber o que iria
 As religiões Afro-Brasileiras historicamente sofrem processos de intole- rância religiosa. Você já sofreu algum

As religiões Afro-Brasileiras historicamente sofrem processos de intole- rância religiosa. Você já sofreu algum tipo de preconceito? Como vê este assunto?

Até a presente data não. Eu lamento por aqueles que não têm nenhum conhecimento do que se trata, e não sabem visualizar uma religião voltada para o bem. Independentemente de falarmos sobre Umbanda, “Candomblé”, catolicismo ou protestantismo, todas as religiões levam para o mesmo caminho. Para estas pessoas falta-lhes esclarecimento, o conhecimento da verdade e, por isto, vem o preconceito, pois julgam sem conhecer os fundamentos de nossa religião.

Seria pelo fato de algumas casas agirem de forma errada?

Sabemos de alguns casos que não condizem com a religião. Mas nossas casas são “atacadas” independen- temente da forma como trabalham. Na verdade, existem pessoas boas e ruins em todas as religiões, o que não nos permite julgar essa ou aquela por uma minoria.

O que acha de ser dirigente de uma casa que vem aumentando suas ati- vidades cada vez mais?

Sinto que nossa responsabilidade cresce, junto ao aumento do número de médiuns e também de consu- lentes. Na verdade, temos que controlar todo um corpo mediúnico e a assistência, já que todos estão en- volvidos no processo e fazem parte dessa corrente. Então temos o dever de manter a harmonia, para que todos possam sair daqui melhores do que quando chegaram. Temos que demonstrar não só para assistên- cia, mas também para os próprios médiuns que eles também têm responsabilidade nesta engrenagem.

Como se sentiu quando recebeu essa missão?

Em princípio fiquei apavorada, porque onde tivemos a nossa iniciação, não recebemos as orientações de como dirigir uma casa. Por outro lado, entendi que se um ser de luz, que é a CABOCLA JUREMA DA PRAIA, nossa entidade dirigente, confiou-me esta missão, é porque ela estará sempre no comando e eu serei ape- nas um veículo para que seja realizada a grande obra. Então lhe falei no meu mental: “Cabocla, entrego em suas mãos a minha jornada espiritual.” E tem sido assim até hoje. Procuro estar sempre sintonizada, para que eu possa captar verdadeiramente as orientações necessárias para dar continuidade aos trabalhos den- tro da casa.

Conte-nos um pouco sobre o surgimento do TEMPLO ESTRELA DO ORI- ENTE.

Quando recebemos a orientação da Cabocla para que buscássemos um lugar onde pudéssemos concretizar este feito, ela nos passou que a principio teríamos que fazer uma sessão por mês, num habitat da nature- za, para que fossemos criando raízes. A partir daí, realizamos a sessão inaugural na praia da Barra da Tiju

ca, quando éramos apenas quatro pessoas: Eu, meu esposo e também dirigente Luis Fernando Barros,

ca, quando éramos apenas quatro pessoas: Eu, meu esposo e também dirigente Luis Fernando Barros, meu filho carnal, Fernando Barros e sua noiva, Luana Frade, que é a nossa cambona chefe. No dia da inaugura- ção da casa, ainda na praia, recebemos um convite do irmão Armando Fernandes, dirigente do TEMPLO A CAMINAHO DA PAZ, nossa instituição madrinha, que nos ofereceu o espaço da casa dele para que fizesse- mos as outras sessões, até que pudéssemos conseguir um lugar. Ficamos pelo menos quatro meses reali- zando sessões nesta casa, cujo dirigente espiritual é o querido Preto Velho Pai Cipriano. Posteriormente encontramos a nossa casa e de uma forma muito interessante: vimos no jornal um anuncio de um imóvel para vender e, quando chegamos, para a nossa surpresa, já era uma casa de umbanda há 65 anos e que ainda funcionava duas vezes por semana. Quando entramos e demos de frente para um assentamento da Ibejada, que estava no Conga da casa, eu me arrepiei toda, inclusive porque era dia 1° de setembro, mês das crianças, o que me fez não ter dúvidas de que seria esse o lugar. Quando nos demos conta, já estáva- mos fazendo os preceitos para se abrir uma casa e começamos com muitas dificuldades mas, graças à Deus, hoje o TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE esta caminhando à passos largos, seguindo o que o plano su- perior à nos determinou.

Que conselho daria para os médiuns que estão iniciando sua caminhada espiritual?

Persistência, tolerância, confiança e muita fé na espiritualidade em geral e nos guias que carregam. Estu- dem, leiam bastante e busquem o amadurecimento dentro da parte espiritual. Não fiquem esperando as coisas acontecerem, busquem seus objetivos e peçam discernimento para quem sabe um dia chegarem à missão de dirigirem uma casa também.

Que notícia gostaria de receber se o jornal folha da jurema fosse diário?

Que noticia? (risos) Nessa você me pegou, porque são tantas notícias que gostaria de receber. Gostaria de saber que outras casas estão sendo abertas, para poderem atender as pessoas; que não há mais problemas com a intolerância; não ouvir mais que irmãos foram levados a fazerem trabalhos que não condizem com a religião. Enfim, gostaria de saber só coisas boas e que estas pudessem elevar o nome da nossa amada Um- banda.

Pra fechar, que mensagem você deixa para os leitores?

Que os irmãos possam ter muito amor no coração e que através deste sentimento sublime sintam-se capa- zes de servirem, de serem tolerantes, de perdoarem, de respeitarem as diferenças, fazendo com que desta forma suas vidas possam ser traduzidas em harmonia e sintonia com o plano espiritual. E então, vamos nos

amar? AMEM INCONDICIONALMENTE!

Não percam na próxima edição uma entrevista com nosso dirigente espiri- tual Luis Fernando Barros. Até lá!

Não percam na próxima edição uma entrevista com nosso dirigente espiri- tual Luis Fernando Barros. Até
>> DARLENE SAMPAIO MEDITAÇÃO COM CRISTAIS Meditar com cristais é uma das maneiras mais fáceis
>> DARLENE SAMPAIO MEDITAÇÃO COM CRISTAIS Meditar com cristais é uma das maneiras mais fáceis

>> DARLENE SAMPAIO

MEDITAÇÃO COM CRISTAIS

Meditar com cristais é uma das maneiras mais fáceis de entrar em sintonia com as sublimes energias. A meditação é um ótimo instrumento para acalmar as “inquieta- ções da mente”, entre outros benefícios, além de ajudá-lo a conhecer melhor o seu

interior. Na tranqüilidade da meditação, o cristal fala com você. Meditar é como abrir

a porta para o mundo invisível, especialmente se escolhermos um cristal com fissu-

ras e oclusões. Não é difícil se perder dentro do cristal. Na paz que a meditação beneficia, descobre-se soluções e vislumbres intuitivos. Entendemos como medita-

ção o processo que permite o domínio da própria mente.

“Meditação é relaxamento, concentração e contemplação”.

A pura e simples contemplação de um cristal ou pedra preciosa pode ser uma experiência meditativa de alta efe- tividade. Para isso, basta preparar o ambiente de maneira que você se sinta confortável e protegido e visualizar a luz branca de proteção. Antes certifique-se de que não será perturbado. Segure o cristal com ambas as mãos, acariciando-o até sentir passar a frieza inicial e natural da pedra. Sinta a sua superfície e comece a girá-lo vagaro- samente, parando um pouco em cada posição e obser- vando as nuances de cor, luminosidade e forma. Repare todos os detalhes, tente sentir o intercâmbio entre você e o cristal. Depois de ob- servá-lo minuciosamente, feche os olhos, respire suavemente, deixando que as ex- pirações sejam cada vez mais longas. Quando expelir o ar dos pulmões, libere toda tensão e estresse que possa estar sentindo. Quando inspirar, permita que lhe che- guem pensamentos, visualizações, símbolos e sensações, imaginando que a paz está entrando junto com ar e atravessando todo o seu corpo. Deixe que a respira- ção adquira um ritmo natural. Silenciosamente, contemple as energias do cristal e deixe que ele lhe transmita informações sobre si mesma.

É importante iniciar o processo com uma respiração profunda e lenta, que serve pa-

ra relaxar o corpo e oxigenar o cérebro. Sempre que houver algum desvio, como um pensamento do dia a dia, um barulho externo, uma desconcentração por interfe- rência, deve-se retomar a respiração profunda controlada. A meditação é o primeiro caminho para que sua mente possa projetar seu objetivo. Os cristais são excelentes auxiliares nas meditações. Você pode ter um cristal especialmente programado PA

objetivo. Os cristais são excelentes auxiliares nas meditações. Você pode ter um cristal especialmente programado PA
ra isso. Os cristais puros e transparentes de quartzo, as bolas e os obeliscos são

ra isso. Os cristais puros e transparentes de quartzo, as bolas e os obeliscos são ótimos parceiros de meditação. Segure sempre o cristal com as duas mãos, mas caso a meditação seja feita com uma pessoa deitada, a melhor posição para o Cris- tal é o centro da testa, no chácara frontal. Se ele tiver ponta, esta deverá estar dire- cionada para o alto da cabeça.

Tipos de Meditação:

A meditação pode ser classificada das seguintes formas:

MEDITAÇÃO SIMPLES:

Pode ser feita com a simples contemplação de um cristal. Para isto o ambiente deve ser pre- parado, a pessoa deverá visualizar intuitivamente uma cor de produção e ter à mão o cristal esco- lhido. Feche os olhos e permita que cheguem seus pensamentos, sen- sações, visualizações e símbolos;

MEDITAÇÃO ORIENTADA:

São procedimentos in- duzidos por terceiros, a- través de técnicas pró- prias, voz suave, tranqüi- la e uma boa música de fundo. Utilizada de forma individual ou em grupo, recomenda-se uma du- ração máxima de 20 mi- nutos, desde que em ambientes devidamente preparados;

MEDITAÇÃO

COLETIVA:

São efetivas quando fei- tas em círculo, que é a configuração mais bené- fica para o fluxo de e- nergia. No centro do cír- culo, utilizar cristais ge- radores de energias;

A utilização das pedras e cristais não é apenas um trabalho “energético espiritual”.

É um “conceito espiritual” para uma vida repleta de alegria, com todos os ingredien-

tes, ferramentas e contatos necessários para tornar o seu paraíso pessoal uma rea- lidade.

Agora, é com você!

Utilize-o e verá o que realmente existe no fim de um “arco-íris”!

Aguardem a próxima edição com mais novidades! Até lá!

e verá o que realmente existe no fim de um “arco - íris”! Aguardem a próxima
>> LUIS FERNANDO BARROS Queridos irmãos, o Nosso Saravá Fraterno!    Não temos
>> LUIS FERNANDO BARROS Queridos irmãos, o Nosso Saravá Fraterno!    Não temos

>> LUIS FERNANDO BARROS

Queridos irmãos, o Nosso Saravá Fraterno!   
Queridos irmãos, o Nosso Saravá Fraterno!

Não temos dúvidas em afirmar que é pelo estudo que uma nova geração de Umban- distas se aperfeiçoará e se transformará. Ao contrário da preferência de uma ainda maioria, que insiste em ver a Umbanda apenas pela ótica da manifestação, o TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE entende que todo aquele que desejar manipular a sua mediu- nidade deverá estudar, pesquisar, trocar idéias e experiências, pois entendemos que as entidades incorporadas, mesmo tendo alcançado uma evolução espiritual, invaria- velmente, utilizam-se dos conhecimentos que adquirirmos, por ocasião dos atendi- mentos aos consulentes. Além disto, entendemos que é dever de todo “verdadeiro Umbandista,” desmistificar as sagradas diretrizes de nossa religião, junto a essa soci- edade leiga e carente de um Deus. Transformemos a face de nossa religião de Um- banda pelo caminho do estudo, ofereçamos ferramentas para o aprendizado da dou- trina, pois a sabedoria é a senda através da qual chegaremos aos pés do Divino Mes- tre.

E por falar em estudo, a criação da Faculdade de Teologia Umbandista (FTU) em 2004, a 1ª instituição de ensino superior a representar segmentos das religiões afro- brasileiras, foi um grande marco em nossas tradições, entre outros fatores, por apre- sentar-se como mais um espaço para a expressão de credos, pensamentos e o respei- to pela diversidade. Passados sete anos, a FTU, em parceria com o TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE, disponibiliza para os irmãos residentes no Rio de Janeiro, o 1º curso de extensão universitária “INTRODUÇÃO A TEOLOGIA UMBANDISTA”, com início em 03 de setembro, sábado, das 10:00 da manhã às 11:30 horas na sede exclusiva do TEM- PLO ESTRELA DO ORIENTE, Rua Goiás, 548 Piedade, Rio de Janeiro, onde os irmãos poderão se inscrever.

Para o TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE foi uma grande honra e uma vitória ter sido es- colhido como representante da FACULDADE DE TEOLOGIA UMBANDISTA (FTU) no Rio de Janeiro, assim como a única instituição a oferecer esta ferramenta aos Umbandis- tas Fluminenses. Valeu!

Pelo quarto ano consecutivo teremos no Rio de Janeiro a CAMINHADA CONTRA A IN- TOLERÂNCIA RELIGIOSA, dia 18 de setembro, às 11:00 horas, tendo como maravilho

so cenário a bela orla de Copacabana e ainda com as bênçãos de Iemanjá. Há

so cenário a bela orla de Copacabana e ainda com as bênçãos de Iemanjá. Há que se res- saltar os avanços alcançados, assim como o despertar da sociedade em relação à exis- tência das religiões de matrizes Africanas. Porém, fazendo uma reflexão dessa vitoriosa iniciativa e ao observarmos o movimento Umbandista fora do nosso terreiro, dada à di- versidade existente, encontraremos inúmeras formas de se “fazer Umbanda”. A partir daí, o que prevalece em sua maioria, é o “preconceito” de que só o “nosso terreiro” faz a “Umbanda certa”, sem nos apercebermos de que a diversidade é uma realidade inali- enável e algo fundamental para a difusão do movimento Umbandista na atualidade. To- dos os segmentos das “várias Umbandas” cumprem suas funções dentro do Astral Supe- rior, em conformidade com as diretrizes traçadas pelos mentores espirituais de cada ca- sa. Entendemos que mais importante do que a discriminação que vem de “fora para dentro”, é a intolerância existente em nosso meio, que nos apequena, que gera a desu- nião e nos faz retroceder frente aos inquestionáveis avanços alcançados ano a ano. Quando tivermos esta consciência, o amor e a fraternidade florescerão em nosso seio, teremos, aí sim, atingido a “maturidade espiritual”, quando será “dia perfeito”. A partir deste momento, unidos dentro de uma diversidade, estaremos em condições de garan- tir às gerações futuras, não uma “tolerância” ao nosso credo, mas o respeito a ele devi- do, além da resignação que nos fará compreender que “o tempo, e somente ele, dará o devido valor àqueles que o tiverem”.

ele, dará o devido valor àqueles que o tiverem”.  Cabe-nos esclarecer a visão doutrinária do

Cabe-nos esclarecer a visão doutrinária do TEMPLO ESTRELA

DO ORIENTE em relação a Xangô, o “Orixá da justiça”. Na vibração pura, sincretizado em São Jerônimo e comemorado em 30 de se- tembro, seus filhos são aqueles que têm como mãe de coroa Iansã ou Nana. Já o Xangô do Oriente, recebe o sincretismo de São Judas Tadeu, sendo comemorado em 28 de outubro, cujos filhos carre-

gam como orixás femininos Iemanjá ou Oxum.

Xangô é o Orixá julgador, inteligente, impulsivo, mas sua retidão e honestidade supe- ram o caráter “arbitrário”. Suas medidas, embora impostas, são sempre justas e, por isto, ele é, acima de tudo, um reiamado. Xangô expressa a autoridade dos grandes governantes, mas também detém o poder mágico, já que domina o mais perigoso de todos os elementos da natureza: o fogo, representando o poder transformador. Seu dia da semana é a quarta feira, sua pedra é o jaspe marrom, suas essências são o mo- rango, na vibração pura e lilás, na oriental. Encontramos o “ponto alto” de sua vibra

suas essências são o mo- rango, na vibração pura e lilás, na oriental. Encon tramos o

 

ção no 3º dia da lua cheia os metais são o estanho e o molibdênio, as flores podem ser as palmas amarelas, a saudade e as violetas, entre outros ímãs.

Costumamos dizer que não devemos levar as “influências” dos Orixás como um pon- to fundamental em nossa personalidade. Porém, psicologicamente os filhos de Xangô apresentam uma alta dose de energia e uma enorme auto-estima, uma clara consci- ência de que são importantes, dignos de respeito, atenção e, principalmente, de que sua opinião será decisiva sobre quase todos os assuntos. O arquétipo que habita den- tro deles, faz com que não aceitem o questionamento de suas atitudes pelos outros, especialmente se já tiverem considerado o assunto em discussão encerrado por uma determinação sua. Gostam, portanto, de dar a última palavra em tudo, se bem que sabem ouvir. Porém, quando contrariados se tornam rapidamente violentose in- controláveis. Neste momento, resolvem tudo de maneira demolidora e rápida, mas, feita a lei, retornam ao seu comportamento mais usual. Em síntese, um filho de Xan- gô é esclarecido, aquele que tem o poder e o exerce inflexivelmente, não admitindo dúvidas em relação ao seu direito de detê-lo, mas julga a todos segundo um conceito estrito e sólido de valores claros e pouco discutíveis. É variável no humor, mas inca- paz de conscientemente cometer uma injustiça ou fazer escolha movido por paixões, interesses ou amizades, já que seu caráter é algo que lhe é de grande valia. Kaô ka- becilê!

Não poderíamos nos esquecer do dia 26 de setembro, quando dirigimos nossos pensamentos ao que rido Pai Cipriano das Almas, maravilhoso Preto Velho, dirigen- te do TEMPLO A CAMINHO DA PAZ, instituição madrinha do TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE. No momento em que se busca uma sintonia, resplandece a singeleza da- quele olhar, onde a humildade sobrepuja-se com grande valia, surgindo então a- quela figura misericordiosa, que tem a divina missão de baixar sobre a terra, como grande espírito que é, mensageiro do reino supremo de Omulú, trazendo positivi- dade e luz para os filhos que procuram a verdade, entre os quais nos incluímos. Pe- dimos o perdão e a compreensão de nossas faltas, para que possamos plantar a semente do amor em nossos corações por toda a jornada terrena, pois seus ensi- namentos nos mostram que somente desta forma, sentiremos germinar a grandeza das mais altas vibrações celestiais. A sua benção!

Dia de fortes emoções será o 1º de outubro, pois além dos momentos maravilhosos que passaremos na PINTURA MEDIÚNICA realizada pela irmã Lívio Rocha, obvia- mente incorporado, e da nossa tradicional SESSÃO DO POVO DO ORIENTE, a nossa

dirigente espiritual Flávia Barros estará comemorando seu “niver” com toda a corrente mediúnica do TEO,

dirigente espiritual Flávia Barros estará comemorando seu “niver” com toda a corrente mediúnica do TEO, além dos familiares que comparecerão. Esta coluna parabeniza nossa querida Flavinha, dirigente espiritual dedicadíssima e muito consciente de sua missão. Que nossa MÃE JUREMA DA PRAIA e SEU SETE ESTRELAS lhe permitam uma caminhada de muita força espiritual, paz e positividade! Parabéns do tamanho do mundo!

Se nossas sessões públicas de caridade das segundas feiras já se encontram sempre lotadas, imaginem quando começar a gira dos CIGANOS DE UMBANDA. Pois é, já recebemos autorização da Dona Jurema para começarmos mais este trabalho espi- ritual na casa e a data da primeira gira é 31 de outubro. Lembrando que as sessões de Ciganos serão realizadas apenas quando tivermos meses com cinco segundas feiras. Ariba Povo Cigano! Optcha!

Setembro é o mês da Ibeijada, as nossas crianças do Astral! Mas será que os
Setembro é o mês da Ibeijada, as nossas crianças do Astral! Mas será que os espíri-
tos que compõe esta maravilhosa falange, por ocasião de suas últimas jornadas ter-
renas, necessariamente desencarnaram quando crianças? Dentro de nossa visão
doutrinária, não. As características que nos trazem, ou seja, a alegria, o amor, o su-
blime potencial energético e, principalmente, a grande capacidade de transforma-
ção, são virtudes que nos demonstram para que possamos assimilá-las e colocá-las
em prática no nosso dia a dia.
Uma das Giras mais difíceis para qualquer Terreiro é a da Ibeijada, pois muitos mé-
diuns se aproveitam de tal situação para fazerem “arruaça”, achando que estão dan-
do autenticidade às suas incorporações, esquecendo-se de que há um trabalho espi-
ritual em curso e da necessidade de se manter a firmeza da sessão. Pode-se ser cri-
ança, brincar com alegria, sem ser mal educada, grosseira e, principalmente, respei-
tando-se o princípio espiritual. Lembremo-nos que ali existem espíritos milenares,
que por terem atingido o que os Budistas chamam de “NIRVANA” (Perfeição), não
reencarnam mais, o que nos faz ter a certeza de que eventuais procedimentos inade-
quados, não se coadunam com uma “espiritualidade evoluída”. Dizem os nossos gui-
as: “
Quando não existe a simplicidade, a espiritualidade está ausente!
”.
Nossa jornada terrena será sempre ora florida e agasalhadora, ora repleta de obstá-
culos, que precisarão ser vencidos um a um. Porém, segue o pronunciamento de um

Nem sempre terás o que desejas, mas enquanto estiveres aju-

dando aos outros encontrarás os recursos de que precisa." (André Luiz - Chico Xavi-

er).

grande espírito: “

Fiquem com Deus.

>> JULIANA NOVAES Colaboração KÁTIA MACHADO Q ueridos leitores mais uma vez estamos aqui para

>> JULIANA NOVAES

Colaboração KÁTIA MACHADO

Queridos leitores mais uma vez estamos aqui para relembrarmos os fatos mais impor- tantes que o TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE fez e/ou participou.

Tenham uma boa leitura!

Novamente os irmãos do TEO reunidos, desta vez foram ao teatro Brigitte Blair, em Copacabana-RJ no dia 23 de julho, assistir ao espetáculo teatral “QUERO VOLTAR PA- RA CASA”, da atriz Flora Geny. Certamente foi mais uma oportunidade de aprendiza- do e da prática da caridade, já que a renda foi integralmente revertida para os traba- lhos de Assistência da União Municipal Espírita de Petrópolis. Maravilhoso Trabalho! Parabéns aos responsáveis!

O lançamento do nosso informativo on-line FOLHA DA JUREMA “aconTEOceu” num dia muito especial para todos nós que amamos a UMBANDA: Dia 26/07, dia do Orixá Nanã, cuja homenagem foi também prestada na sessão do dia 25/07, que teve a casa cheia e ainda a presença incorporada dos Pretos e Pretas Velhas de Umbanda. Valeu!

É importante lembrarmos, que a primeira edição do INFORMATIVO FOLHA DA JURE- MA entrou no ar trazendo muitas informações úteis aos leitores, contando um pouco sobre o TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE e, desta forma, também colaborando para a desmistificação e divulgação dos fundamentos de UMBANDA. Confira e indique as próximas edições através do link: http://www.myebook.com/folhasdajurema , pois “repassar o aprendizado também e uma forma de se prestar a caridade”. Agradece- mos a todos as manifestações de carinho que recebemos.

No último dia 30 de julho o TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE se fez representar com parte de seu corpo mediúnico, além de seus dirigentes espirituais, Flávia e Luis Fernando Bar- ros, na TENDA DE UMBANDA FILHOS DE IEMANJA (TUFI), instituição afilhada do TEO, que se localiza à Rua São Francisco Xavier, 953 São Francisco Xavier, Rio de Janeiro. Fo- ram momentos de muita emoção, quando se teve a oportunidade de rever irmãos de jornada, de conhecer a sede exclusiva da instituição, sua forma de trabalho, além do ca- rinhoso corpo mediúnico. Parabéns aos irmãos da TUFI pela vitória!

instituição, sua forma de trabalho, além do ca- rinhoso corpo mediúnico. Parabéns aos irmãos da TUFI
 Por se tratar de uma questão cada vez mais presente em nossa sociedade, o

Por se tratar de uma questão cada vez mais presente em nossa sociedade, o TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE promoveu no dia 06 de agosto a palestra “AS DROGAS NUMA VISAO ESPIRITUALISTA”. Tendo como palestrante a pedagoga e terapeuta em depen- dência química MARGARETH LACOURT NASSAR, tivemos uma grande oportunidade de aprendizado, além de ter sido um alerta para esta grave enfermidade do corpo e da alma. Após a palestra, tivemos a presença incorporada dos considerados “Tera- peutas Espirituais”, na sessão do Povo do Oriente, gira já tradicional em nossa casa, no 1º sábado de cada mês.

Para nossa imensa alegria, o irmão médium do TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE Cezar Delphino teve orientação de sua egrégora espiritual para que abrisse um cantinho de luz para dar prosseguimento a sua missão na Umbanda. Se por um lado sentiremos sua ausência física, por outro ficaremos com o sentimento de que mais uma casa de Umbanda se abre, para levar o lenitivo aos necessitados do corpo e da alma. Para- béns irmão Cezar pelo novo ciclo que se inicia! Conte sempre conosco! Sincretizada em Nossa Senhora da Glória, Yemanjá, a Rainha do Mar, considerada a “mãe de todas as cabe- ças” pelas lendas Africanas, foi home- nageada no TEMPLO ESTRELA DO ORI- ENTE dia 15 de agosto. Numa sessão com muita vibração, os falangeiros da Rainha do Mar espargiram seus harmô- nicos fluidos, deixando a corrente me- diúnica e a assistência cobertas de e- moção. Além deste momento mágico, fomos também presenteados com a presença incorporada das crianças do Astral, a nossa querida Ibejada, que com sua força vibratória e alegria con- tagiou a imensa legião de irmãos que estavam na assistência. Graças à Deus, ó Deus!

vibratória e alegria con- tagiou a imensa legião de irmãos que estavam na assistência. Graças à
vibratória e alegria con- tagiou a imensa legião de irmãos que estavam na assistência. Graças à
 Maravilhosa a estréia do espetáculo teatral “A VIDA APÓS A VIDA” dias 20 e

Maravilhosa a estréia do espetáculo teatral “A

VIDA APÓS A VIDA” dias 20 e 27 de agosto, com a nossa casa cheia nas duas oportunidades. Recebido mediunicamente por Fábio Santini, médium do TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE, além de ator, produ- tor e diretor de teatro, o projeto, que se iniciou em janeiro deste ano, conta a história de uma católica,

uma evangélica, uma atéia, uma espírita, en- tre outras figuras que se encontram num “hospital espiritual” após o desencarne. O espetáculo ainda apresenta danças para os Orixás e falanges de Umbanda, atabaques e ainda muito humor e informação. Esperamos mais um grande sucesso, assim como foi a turnê do ano passado, quando o grupo tea- tral “FAMÍLIA TEO” apresentou em várias ca- sas de Umbanda e até espíritas a famosa o- bra “ACONTECEU NA CASA ESPIRITA”. Vale à pena conferir!

Aqui vai uma dica para que os irmãos dêem uma olhadinha na nova coluna ”ENTRE- VISTA”, onde haverá um espaço pros leitores conhecerem melhor os médiuns do TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE, já que as perguntas falarão da espiritualidade em ge- ral, de uma forma bem descontraída, além de outros assuntos relativos a caminhada espiritual e até material de cada entrevistado.

E como não poderia deixar de ser, nossa primeira entrevistada foi a querida dirigente espiritual do TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE Flávia Barros, que nos demonstra a sua sensibilidade, sua história na Umbanda, além da história do surgimento do TEO e su- as perspectivas para a nossa casa, entre outros temas. Confiram!

para a nossa casa, entre outros temas. Confiram! Desta vez trago uma reflexão: “ ÁGUA E

Desta vez trago uma reflexão: ÁGUA E RELIGIÃO PARADAS CONGELAM MAIS DE-

PRESSA”

PENSEM

NISSO!

Fiquem com Deus e até a próxima.

uma reflexão: “ ÁGUA E RELIGIÃO PARADAS CONGELAM MAIS DE- PRESSA” PENSEM NISSO! Fiquem com Deus
Medula Osséa : Saiba o que é var uma vida ! O que é? e

Medula

Osséa : Saiba o que é

var uma vida !

O que é?

e como sal-

A medula óssea, encontrada no interior dos

ossos, produz os componentes do sangue, incluindo as células brancas, agentes mais

importantes do sistema de defesa do nosso organismo.

Quem necessita?

Quem necessita de transplante de medula óssea são pacientes com produção anormal de células sanguíneas, geralmente causada por algum tipo de câncer no sangue, como, por exemplo, leucemias. Além de portadores de aplasia de medula ou pacientes cuja a medula tenha sido destruída por irradiação, etc.

Como a medula é Doada?

Existem duas formas de doar medula: A pun- ção direta da medula é realizada com agulha, na região da bacia e retira-se uma quantida- de de "tutano"(medula) equivalente à uma bolsa de sangue, este procedimento dura em

minutos.

média

A coleta pela veia é realizada pela máquina

de aférese. O doador recebe um medicamen-

to por 5 dias que estimula a proliferação das

células mãe que migram da medula para as veias e são filtradas. Este processo dura em média 4 horas.Apesar de causar um peque-

no incomodo, salva a vida de uma pessoa Necessitada !

40

Doe você tambêm e ajude uma pessoa que sem este ato pode ter pouco tempo de vida.

Hemorio: Hemocentro coordenador do Estado do Rio de Janeiro

>> GILBERTO SANTOS

O Hemorio é o hemocentro coordenador do

Estado do Rio de Janeiro, que abastece com sangue e derivados cerca de 180 unidades de saúde conveniadas ao Sistema Único de Saúde SUS, entre elas, as grandes emer-

gências, maternidades e UTI´s.

O Hemorio coleta uma média de 300 bolsas

de sangue por dia, apesar de possuir capaci- dade para atender o dobro de voluntários. Cerca de 1,8% da população doa sangue regularmente, o que ainda é um número mui-

to baixo. Segundo dados da Organização

Mundial de Saúde (OMS), seriam necessá- rios que 5% da população adotasse a prática. No Rio de Janeiro ainda há mais 26 postos públicos de coleta de sangue coordenados tecnicamente pelo Hemorio, como os dos hospitais Universitário Pedro Ernesto, em Vila Isabel; da Posse, em Nova Iguaçú; Geral de Bonsucesso; Clementino Fraga Filho (Fundão), na Ilha do Governador e Instituto Nacional de Cardiologia, em Laranjeiras. Os endereços e horários de funcionamento dos postos podem ser obtidos através do Disque Sangue (0800 282 0708), que esclarece ou- tras dúvidas e agenda a doação com hora marcada. Sendo também hospital de refe- rência no tratamento a doenças Onco- hematológicas, tais como, Doença Falcifor- me, leucemias, aplasias, entre outras. O He- morio está localizado à Rua Frei caneca nº08 Centro RJ Tel: 2332-8611

Instituto Brasileiro de Doença Falciforme e Outras hemoglobinopatias - IBraFH

O Instituto Brasileiro de Doença Falci- forme e outras Hemoglobinopatias IBraFH,

é uma OSCIP (Organização da Sociedade

Civil de Interesse Público), que presta servi-

ço de total assistência e informações as

pessoas com Doença Falciforme e seus familiares e a população em Geral. Somos diferenciados das

pessoas com Doença Falciforme e seus familiares e a população em Geral. Somos diferenciados das demais as- sociações, em razão de nossa visão integral das pessoas com Doença Falciforme, consi- derando a sua experiência de vida e seu as- ber, direitos e deveres, ou seja, construindo a sua cidadania. Realizamos e participamos de seminá- rios, congressos, palestras e demais eventos, além de darmos assistência aos nossos as- sociados, tais como: cestas Básicas, medica- ções, material informativo, entre outras for- mas de auxílio. End: Rua Acre nº 51 sala 901 - Centro - RJ Tel.: (21) 2223-1982 / 2253-9383 Site: www.ibrafh.org e-mail: presidência@ibrafh.org

IBra FH
IBra FH

Instituto Brasileiro de Doença Falciforme e outras Hemoglobinopatias

Ajude o IBraFh a continuar realizando o seu trabalho! Doe: Banco Itaú - Ag: 0405 Conta- Corrente: 59123-1

Doe: Banco Itaú - Ag: 0405 – Conta- Corrente: 59123-1 TELEFONES DE EMERGÊNCIA Ambulância – Serviço

TELEFONES DE EMERGÊNCIA

Ambulância Serviço Público de Re-moção de Doentes 192 Corpo de Bombeiros 193 Defesa Civil 199 Polícia Federal 194 Polícia Militar 190 Delegacia da Mulher 180 Crianças Desaparecidas 2286-8337 Disque Denúncia 2253-1177 Detran 3460-4042

Direitos Humanos 100 Disque-Aids 2518-2221 Alcoólicos Anônimos 2253-9283 ANATEL 0800-332001 APAE 3978-8800 Banco de Sangue 2332-8611 Barcas 2533-6661 CEG 0800-240197 CET - Rio 2508-5500

CVV - Centro de Valorização da Vida 2233-

9191

Verdadeira liberdade

Quando a “ANEMIA FALCIFORME” for conhecida como verdadeiramente o é, e não como uma simples gripe; Quando ela for tratada com o respeito e a seriedade devidos, e não faltar acesso ao tratamento pela população; Quando conseguirmos colocar o último “TIJOLO” em um prédio para a “ANEMIA FALCIFORME”, assim como é o prédio da Secretaria da Aids em Brasília; aí sim, poderemos dizer que houve uma “abolição,” quando então se- remos considerados iguais, independen- temente da cor de nossa pele. Quando as Mulheres com “DOENÇA FAL- CIFORME”, não forem mais discriminadas e tiverem o mesmo direito de ter vida e dar a vida, como uma mulher comum; Quando ela não mas sofrer ao menstruar e não for mais taxada de “viciada” e não mais sofrer por abandono do seu homem amado. Igualdade! É apenas isto que elas querem, pois caso contrário permanece- rão acorrentadas na desinformação, no preconceito, no desrespeito, na desvalori- zação da Vida e sendo “açoitadas” pela discriminação e pelo descaso dos “Se- nhores de Engenhos,” disfarçados de au- toridades, que continuam massacrando a população negra e pobre deste país!

L >> RAQUELE BRAGA Colaboração KÁTIA MACHADO  4ª CAMINHADA EM DEFESA DA LIBERDADE RELIGIOSA

L

>> RAQUELE BRAGA

Colaboração KÁTIA MACHADO

4ª CAMINHADA EM DEFESA DA LIBERDADE RELIGIOSA

No dia 18 de setembro, domingo, às 11 horas, acontecerá a 4ª Caminha- da em Defesa da Liberdade Religiosa, na Orla da praia de Copacabana. Não perca esta oportunidade de manifestar seu apoio à diversidade religi- osa em nosso país. Maiores informações com a Comissão de Combate à Intolerância Religiosa no endereço eletrônico eutenhofe@org.br.

1º FESTIVAL DE CANTIGAS DA CASA DO PERDÃO

 1º FESTIVAL DE CANTIGAS DA CASA DO PERDÃO Em homenagem aos Caboclos do Brasil e
 1º FESTIVAL DE CANTIGAS DA CASA DO PERDÃO Em homenagem aos Caboclos do Brasil e

Em homenagem aos Caboclos do Brasil e a caridade social da Umbanda, acontecerá no dia 11 de setembro de 2011, às 14:00hs, o 1º Festival da Casa do Perdão. Serão duas modalidades de con- curso. O primeiro com premiações para as melhores cantigas e o segundo para os melhores trabalhos de assistência social dos ter- reiros. As inscrições poderão serão efetuadas até 31 de Agosto, até às 23:59 hs, através do site: www.casadoperdao.com.br , den- tro das regras estabelecidas nos regulamentos de ambas as moda- lidades. As premiações para as melhores Cantigas serão: 1° lugar Moto e troféu; 2° lugar TV de LCD e troféu; 3° lugar Maquina fotográfica e troféu; 4° ao 10° lugar Troféu; Melhor Intérprete Bicicleta; Revelação Maquina fotográfica; Melhor cantiga para o Caboclo Ventania de Aruanda bicicleta; Torcida mais animada Extintor de incêndio para uso do terreiro.

3ª CIRANDA DA EVANGELIZAÇÃO

Com o objetivo de oferecer aos evangelizadores subsídios práticos para o trabalho junto ao evan- gelizando e às famílias, no dia 11 de setembro, de 8:30 às 17:00 hs, acontecerá no Centro Espíri- ta Bezerra de Menezes, a terceira edição da Ciranda da Evangelização. As incrições podem ser feitas on line através do link http://www.ceerj.org.br/ceerj/index.php?option=com_wrapper&view=wrapper&Itemid=242 ou por ficha impressa (em mãos): no CEERJ - Conselho Espírita do Estado do Rio de Janeiro - Rua dos Inválidos, 182 - Centro, Rio de Janeiro RJ. O prazo para as inscrições é até 05 de setembro de 2011 ou até completarem 200 vagas.

O Centro Espírita Bezerra de Menezes fica localizado à Rua Maia Lacerda, 155, Estácio - RJ (próximo ao metrô). Atividades oferecidas:

* Mostras: música, atividades dramáticas e recursos digitais.

* Oficinas: Jogos cooperativos e expressão corporal; confecção de material tecnológico, con- cretização de conteúdos.

* Feira de livros espíritas infantis e sobre educação espírita, CDs e DVDs. * Encontro

* Feira de livros espíritas infantis e sobre educação espírita, CDs e DVDs.

* Encontro de evangelizadores e de pais.

* Cada participante poderá montar seu próprio horário.

* Os temas das atividades serão tratados, concomitantemente, em múltiplas salas e em vários horários.

5º ENCONTRO ESTADUAL DE COMUNICAÇÃO SOCIAL ESPÍRITA

 5º ENCONTRO ESTADUAL DE COMUNICAÇÃO SOCIAL ESPÍRITA No dia 25 de setembro de 2011, das

No dia 25 de setembro de 2011, das 08h às 18h30, no CEERJ haverá o 5 º Encontro Estadual de Comunicação Social Espíri- ta. O Evento será transmitido pela TV CEERJ em parceria com a TVCEI. O CEERJ fica localizado à Rua dos Inválidos, 182, Centro RJ. A Palestra de Abertura será dada por Orson Peter Carrara, cujo tema será "Comunicação Social Espírita no mundo em transição". As inscrições podem ser feitas no link http://www.ceerjlivraria.com.br/5-ened.html

Painéis:

1. Arte e Espiritismo

2. Aspectos doutrinários da Comunicação Social Espírita na

Casa Espírita

3. Mídias e Comunicação Social Espírita na prática da Casa

Espírita

4 Comunicação Social Espírita além das fronteiras da Casa Espírita

3ª Feira de Artesanato & Arte Cigana

No dia 12 de Outubro, de 10 às 20hs, acontecerá a 3ª Feira de Arte- sanato & Arte Cigana na Ordem Espiritual Caboclo Cobra Coral. O endereço da instituição é Rua Claudino de Oliveira, 327, Pechincha Jacarepaguá.

Caboclo Cobra Coral. O endereço da instituição é Rua Claudino de Oliveira, 327, Pechincha – Jacarepaguá.
Caboclo Cobra Coral. O endereço da instituição é Rua Claudino de Oliveira, 327, Pechincha – Jacarepaguá.
 TV Espírita Numa realização do Conselho Espírita Internacional, está no ar a TVCEI, um

TV Espírita

Numa realização do Conselho Espírita Internacional, está no ar a TVCEI, um canal de televisão

pela internet com programação espírita 24 horas por dia. Para assistir os diversos programas bas-

ta acessar www.tvcei.com.

Canal de Televisão Espírita

A Fundação Espírita André Luiz, de São Paulo, SP mantém a TV Mundo Maior, composta por

programas voltados a formação cultural, educativa e cidadã, respeitando a todos, independente

de credo, raça, cor e classe social.

A TV Mundo Maior pode ser sintonizada da seguinte forma: Satélite: Brasilsat 1. Polarização de

Descida: Horizontal. Freqüência Banda C: 3.963,35 MHz. Freqüência Banda L: 1.186,65 MHz.

Symbol Rate: 1,328 Msb/s. F.E.C.: ¾.

Rádio Rio de Janeiro na Internet

A emissora da fraternidade, como é conhecida a Rádio Rio de Janeiro (1400 AM), também trans-

mite em tempo real através da internet: www.radioriodejaneiro.am.br. São 24 horas no ar com extensa programação espírita e cultural. Comemorando 36 anos de existência, a Rádio Rio de Janeiro é mantida pela Fundação Cristã-Espírita Cultural Paulo de Tarso. Você pode ser um man- tenedor da programação espírita aderindo ao Clube da Fraternidade. Ligue (21)2478-1400 ou 2461-1400. Se preferir envie e-mail para clubedafraternidade@radioriodejaneiro.am.br

Até a próxima Edição!

ou 2461-1400. Se preferir envie e-mail para clubedafraternidade@radioriodejaneiro.am.br Até a próxima Edição!
ou 2461-1400. Se preferir envie e-mail para clubedafraternidade@radioriodejaneiro.am.br Até a próxima Edição!
SERVIÇOS Ótica Flor Rua Assis Carneiro, n°6- Piedade, Rio de janeiro- RJ Trabalhando há 32
SERVIÇOS Ótica Flor Rua Assis Carneiro, n°6- Piedade, Rio de janeiro- RJ Trabalhando há 32
SERVIÇOS Ótica Flor Rua Assis Carneiro, n°6- Piedade, Rio de janeiro- RJ Trabalhando há 32
SERVIÇOS Ótica Flor Rua Assis Carneiro, n°6- Piedade, Rio de janeiro- RJ Trabalhando há 32

SERVIÇOS

Ótica Flor

Rua Assis Carneiro, n°6- Piedade, Rio de janeiro- RJ

Trabalhando há 32 anos com profissionais habilitado (Óptico Prático)

De Segunda á Sexta das 8h ás 18h30minh.

Contato: Edilza e Rosilda

Tel.: 2281-6996

Imobiliária

Miguez Imobiliária

Compra, Venda Locação

Rua: Dias da Cruz. 409/Lj- A Méier tel.: 3296-

3300

Av.: Maracanã,1281-Tijuca Tel.: 2566-4000

Rua: Afonso Pena, 71-Tijuca: 2587-4000

Contato:

6709/8623-1607

Bernadete

Decoração

Loureiro

Tel.:

9853-

Rosselle Móveis e Decorações

Compra Venda e Locação.

>> CLAUDIA NASCIMENTO

Rua dos Inválidos, 57/59- Centro RJ

Tel.: 2224-3463/2252-9002

Turismo

Elys Tour

Agência de viagem e turismo

Câmbios de moedas estrangeiras

Passagem Áreas

Pacotes Turísticos, excursões, Cruzeiros Ma- rítimos,

Reservas em Hotéis e Aluguel de veículos.

Consultoria Imobiliária: Luis Fernando Barros ( Consultor Turístico)

Av.: Nossa Srª de Copacabana, 259 Lj A

Tel: (21) 2549-6040/ (21) 9949-5494

Eventos

BNC EVENTOS

Locação de equipamentos audiovisuais

Som, Luz, Telão, TVs de plasma e LCD, in- formática, tendas.

Casamentos de 15 anos, Palestras, Con- gresso, Luau e shows

tel: (21) 3016-9897/7742-0207

Contato: Claudia ou João >> Oportunidades e Empregos Serviço Doméstico Serviços domésticos Ofereço-me para

Contato: Claudia ou João

>> Oportunidades e Empregos

Serviço Doméstico

Serviços domésticos

Ofereço-me para serviços domésticos

Diarista, Babá

Ensino Médio Completo, Noções de Informá- tica.

Endereço: Rua Dayse Porto 133-bl09 aptº 304- Tomás Coelho Sra.Ligia

Contato

1110/8058-2075

:

Deise

Motorista

Parto

Tel.

:

(21)

2599-

Motorista Particular

Responsabilidade, Pontualidade, Conforto e Segurança

Contato: Walter

Tel.: 8629-8492

Obras

Construção

Empreiteiro de Obras

Instalação elétrica, Instalação Hidráulica, Pin- turas e Texturas diversas

Tudo para a reforma do seu imóvel ou do seu terreiro.

Contato: Ogã Jefferson Durães

Tel.: 7823-2600 ID: 40436*2

"A caridade é um exercício espiritual

Quem

pratica o bem, coloca em movimento as forças da alma." Chico Xavier

"A caridade é um exercício espiritual Quem pratica o bem, coloca em movimento as forças da
EVANGELIZAÇÃO DAS CRIANÇAS >> RAQUELE BRAGA Colaboração KÁTIA MACHADO O TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE ofere-

EVANGELIZAÇÃO DAS CRIANÇAS

EVANGELIZAÇÃO DAS CRIANÇAS >> RAQUELE BRAGA Colaboração KÁTIA MACHADO O TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE ofere- ce

>> RAQUELE BRAGA

Colaboração KÁTIA MACHADO

O TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE ofere- ce um espaço especial para as crianças de 2 a 10 anos de idade durante as ses- sões de atendimento público. São ofe- recidas atividades lúdicas e um carinho especial para as crianças, além de um delicioso lanchinho, permitindo assim que os responsáveis assistam às sessões públicas despreocupados com suas cri- anças.

Os horários de funcionamento são:

todas as segundas-ferias às 19:30 , e no 1º sábado de cada mês às 17:30 .

20:00hs.

EVANGELIZAÇÃO DA MOCIDADE

O TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE possui um trabalho de evangelização da Mocidade, cujo principal objetivo

é atender, acompanhar e orientar o jovem, de 11 a 17 anos, oferecendo diretrizes seguras dentro do e-

vangelho e estimulando o afloramento dos princípios cristãos, já que estão em desenvolvimento físico, moral e psicológico, a fim de que sejam eles a base de uma sociedade feliz.

Através de estudos doutrinários e atividades práticas, os encontros são realizados todas as quintas-feiras de 20:00 à 21:30 hs. Para inscrições, informe-se na secretaria do TEO.

hs . Para inscrições, informe-se na secretaria do TEO . SALA DE TRATAMENTO ESPIRITUAL O TEMPLO

SALA DE TRATAMENTO ESPIRITUAL

O TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE oferece atendimento gratuito

na Sala de Tratamento Espiritual com as Entidades da Falange do Povo do Oriente nos seguintes horários:

Todo primeiro sábado de cada mês, durante as sessões públi- cas de caridade, a partir das 18:00hs. O consulente deverá passar primeiramente pela corrente de irradiações com os Mestres Orientais e, caso seja indicado, deverá seguir posteri- ormente para a sala de tratamento espiritual, onde será aten- dido pelas entidades incorporadas Doutora Mariana ou Doutora Laura Muller;

Todas às quinta-feiras, a partir das 19:30 , previamente agendado nas sessões públicas de caridade.

Todas às quinta-feiras, a partir das 19:30, previamente agendado nas sessões públicas de caridade. Neste caso, o consulente deverá ser inicialmente atendido por uma das entidades de consulta incorporada, que, de acordo com a necessidade do assistido, poderá recomendar o tratamento por um determinado período.

SECRETARIA DO TEO

Sob o comando do irmão Antônio Cafiero, carinhosamente chamado “Tonhão”, a secretaria do TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE está aberta conforme dias e horários abaixo na Rua Goiás, nº 548 Piedade Rio de Janeiro RJ - CEP 20756-121, telefone (21) 2597 1323:

Todas as segundas feiras, horário 17:30 as 23:00.

Todas as quintas feiras , horário 17:30 as 22:30.

. CANTINA E BAZAR

Durante as sessões de atendimento público e em dias de atividades do TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE, está em funcionamento a cantina, oferecendo deliciosos lanches. Temos também o nosso bazar, onde posse ser encontrado, com baixíssimo custo, aquele souvenir de que precisava para presentear os entes queridos tais como livros sobre a Umbanda e espiritualidade em geral, essências, cristais, incensos, velas, dentre muitos outros. Vale lembrar que aceita-se cartão de crédito e débito para pagamento das despesas a partir de R$ 10,00.

CURSO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DE INTRODUÇÃO A TEOLOGIA UMBANDISTA

UNIVERSITÁRIA DE INTRODUÇÃO A TEOLOGIA UMBANDISTA Como podemos estabelecer contato com Mentores Espirituais?

Como podemos estabelecer contato com Mentores Espirituais? Esta e outras respostas vocês terão no 1º Curso de Extensão Universitária, promovido pela Faculdade de Teologia Umbandista (FTU) intitulado “INTRODUÇÃO À TEOLOGIA UMBAN- DISTA”. Proposta: Inserir o interessado na perspectiva da Teologia, com ênfase em Religiões Afro- brasileiras, conhecendo as várias formas de entender e praticar o contato com o Sagrado. Objetivo: Exercitar o senso crítico e auto-crítico nas Religiões Afro-brasileiras. Local de Realização: As aulas serão ministradas na sede exclusiva do TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE, situada à RUA GOIÁS, 548 - Piedade - Rio de Janeiro RJ-CEP 20756-121

Telefones: (21) 2597.1323 (21) 9949.5494 e-mail teo@temploestreladooriente.com. Modalidade: Telepresencial Corpo Docente:

Telefones: (21) 2597.1323 (21) 9949.5494 e-mail teo@temploestreladooriente.com.

Modalidade: Telepresencial

Corpo Docente: Pai Rivas Neto (Reitor da Faculdade de Teologia Umbandista) e Professores da FTU

Prazo de Duração: Setembro a novembro de 2011

Valor da contribuição: R$ 280,00 (Duzentos e Oitenta reais) à vista ou em até 06 (Seis) par- celas fixas e sem juros de R$46,67(quarenta e seis reais e sessenta e sete centavos) nos car- tões de crédito Visa, Mastercard ou Diners Club.

Data/Horário: Início 03/09/2011 - Sábados das 10h às 11:30h.

Freqüência Mínima Exigida: 75% (Setenta e cinco por cento) das aulas ministradas

Coordenação:

Flávia Barros e Luis Fernando Barros

Dirigentes Espirituais do Templo Estrela do Oriente

Certificado: Serão conferidos certificados de participação a todos os alunos que, regular- mente inscritos e quites com as contribuições, atingiram a freqüência mínima exigida.

Maiores Informações e inscrições

Templo Estrela do Oriente Rua Goiás, 548 Piedade Rio de Janeiro RJ (21) 2597 1323 ou (21) 9949 5494 Todas às segundas feiras a partir de 18:00 horas ou no 1º sábado de cada mês, às 18:00 horas ou através do endereço eletrônico teo@temploestreladooriente.com

FAÇA JÁ A SUA INSCRIÇÃO! - MATRÍCULAS ABERTAS VAGAS LIMITADAS

FESTA DA IBEIJADA

No dia 26 de Setembro, às 20:00hs, no TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE acontecerá a gira Festiva da Ibejada. Neste dia haverão passes gratuitos com as entidades dessa falange que representa a pureza das crianças do Astral e de nosso Pai Maior. Que a doçura da nossa cri- ança interior, que as bençãos de Pai Oxalá e a luz de nossos queridos Ibejis estejam sempre nos trazendo a devida leveza para trilharmos nossos caminhos com muita paz, harmonia e amor. Onibeijada!

FESTA DA IBEJADA em Nova Iguaçu Como parte das atividades de Ação Social do TEMPLO

FESTA DA IBEJADA em Nova Iguaçu

Como parte das atividades de Ação Social do TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE, será realizada no dia 15 de outubro, à a festa das crianças na comunidade de Miguel Couto, bairro da peri- feria da cidade de Nova Iguaçu. Esta comunidade têm recebido as doações enviadas pelos freqüentadores do TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE, tais como alimentos não perecíveis e agasalhos e na semana do Dia das Crianças haverá uma linda festa com o objetivo de levar alegria, amor e carinho às crianças dessa comunidade carente não apenas de ajuda material como de uma palavra amiga e fraterna. Saiba como ajudar na realização deste evento e procure a Secretaria do TEMPLO ESTRELA DO ORIENTE.

amiga e fraterna. Saiba como ajudar na realização deste evento e procure a Secretaria do TEMPLO
amiga e fraterna. Saiba como ajudar na realização deste evento e procure a Secretaria do TEMPLO
amiga e fraterna. Saiba como ajudar na realização deste evento e procure a Secretaria do TEMPLO

Interesses relacionados