Você está na página 1de 22

TPM

TPM
Manutenção Produtiva Total
Parte 4
Implementação do TPM
Conclusões
Anexos
1
Autor: José
Formação Pedro
TPM – Parte 4 A. R. Silva Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

Programa
1- Introdução

2- Os pilares do TPM

3- Técnicas e ferramentas do TPM

4- Implementação do TPM

5- Conclusões

Anexos

2
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

4- IMPLEMENTAÇÃO DO TPM
4.1- Preparar a Empresa para o TPM

4.2- As 12 etapas de implementação segundo Nakajima

3
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

4.1- Preparar a Empresa para o TPM


Como
Comosaber
saberse
seaaEmpresa
Empresaestá
estápreparada
preparadapara
paraavançar
avançar
com
comooTPM?
TPM?
• Existe grande interesse e vontade por parte do Dono ou do
DG da Empresa?
• Os responsáveis pela fábrica têm vontade de participar e
liderar o processo de mudança inerente ao TPM?
• Existe ou há condições para ser criada uma atmosfera de
melhoria permanente na Empresa?
• A Empresa tem flexibilidade para efectuar mudanças nos
seus métodos e processos?
• A Empresa (a Gestão) está preparada para a
descentralização e discussão aberta dos problemas com
todos os Colaboradores?

4
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

4.2- As 12 etapas de implementação


segundo Nakajima
Segundo A Nakajima, implementação do TPM
realiza-se segundo um plano de 12 etapas
agrupadas em três fases:

• FASE 1 - PREPARAÇÃO E PLANEAMENTO


• FASE 2 – IMPLEMENTAÇÃO
• FASE 3 - ESTABILIZAÇÃO

5
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

As 12 etapas de implementação
segundo Nakajima
FASE 1 - PREPARAÇÃO E PLANEAMENTO

1 - Anunciar a decisão da Direcção em implementar


o TPM
2 - Lançar a campanha educacional
3 - Criar a organização de promoção
4 - Estabelecer políticas e metas básicas
5 - Formular o Plano Mestre TPM

6
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

As 12 etapas de implementação
segundo Nakajima
FASE 2 – IMPLEMENTAÇÃO

6 - Lançamento
7 - Melhorar a eficiência do equipamento
8 - Estabelecer o programa de manutenção autónoma
9 - Implementação do programa de manutenção
planeada
10 - Treino para melhoria de aptidões na operação e
na manutenção
11 - Desenvolver o programa de gestão inicial do
equipamento
7
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

As 12 etapas de implementação
segundo Nakajima
FASE 3 - CONSOLIDAÇÃO

12 - Implementação total do TPM e redefinir metas


mais ambiciosas

8
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

5- CONCLUSÕES
5.1- Benefícios

5.2- Recapitulação

9
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

5.1- Benefícios
BENEFÍCIOS

P - Aumento da produtividade (1,5 a 2 vezes)


Q - Melhor qualidade dos produtos (redução dos defeitos - 90%;
redução das reclamações - 75%)
C - Redução dos custos até 30%
D - Disponibilidade dos produtos – redução dos inventário até
50%
S - Segurança – redução de acidentes e dos riscos
M - Moral - melhor ambiente de trabalho e satisfação dos
empregados

10
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

Benefícios

• Maior duração dos equipamentos


• Mais rápido retorno dos investimentos
• Alcançar:
¾ zero avarias
¾ zero defeitos
¾ zero acidentes
¾ zero desperdício

11
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

Benefícios
Os benefícios que o TPM trás às Empresas são inúmeros.
Os números divulgados por conceituadas empresas
americanas que implementaram o TPM são elucidativos
(ver dados em: TPM, an American Approach – Terry
Wireman).

PRODUTIVIDADE
• Aumento de 100 a 200%
• Redução das paragens por avarias até 97%
QUALIDADE
• Redução de defeitos > 99%
• Reclamações de Clientes reduzidas em 50%

12
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

Benefícios
CUSTOS
• Redução de 50% nos custos directos de produção
• 30% de redução nos custos de manutenção
• 30% de redução no consumo de energia
INVENTÁRIOS
• 50% de redução dos níveis de inventário
• Aumento de 100% da rotação do stock
SEGURANÇA
• Eliminação total de acidentes e incidentes de segurança e
ambientais
• Redução das condições de risco
MORAL
• Aumento de 200% no fluxo de sugestões e propostas
• Aumento generalizado da participação dos empregados em
reuniões de equipas 13
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

5.2- Recapitulação
P Q C D S M

5S Produtividade Qualidade Custo Distribução Segurança Moral

Kaizen
Manutenção
Autónoma
Análise EFICÁCIA
5 Porquês Melhoria Contínua
Focada Zero avarias
Análise P- M
Manutenção
Planeada Zero acidentes
CEP
Manutenção da
Qualidade
PILARES TPM OBJECTIVOS
Zero defeitos
AMFEC
Gestão Inicial
do Equipamento Zero desperdício
Diagrama
Ishikawa Formação FUNDAMENTOS
e Treino
Sistemas
Visuais TPM Orientação Orientação ao
Administrativo ao Cliente equipamento

Benchmarking
Segurança, Saúde Orientação ao Orientação
e Ambiente “chão fábrica” às Pessoas
Ergonomia

14
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

ANEXOS
Os 14 princípios de gestão da TOYOTA

O sistema de produção TOYOTA (TPS)

Bibliografia TPM

Sites TPM

Glossário TPM

Contactos do Autor

15
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

Os 14 princípios
de gestão da TOYOTA

1. Tomar decisões baseadas numa perspectiva de longo prazo


mesmo que elas sejam à custa de objectivos financeiros de curto prazo
2. Criar um fluxo de processos contínuo para expor os problemas
3. Usar “sistemas de puxar” para evitar sobre-produção
4. Nivelar a carga de trabalho
5. Estabelecer uma cultura onde se pare os processos para resolver os
problemas, permitindo que a qualidade seja obtida à primeira
6. Padronizar as tarefas constitui as fundações para melhorias
contínuas e para empenhar e dar poder aos empregados
7. Usar sistemas visuais para expor os problemas
8. Usar apenas tecnologias fiáveis e testadas que ajudem os empregados
e os processos

16
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

Os 14 princípios
de gestão da TOYOTA

9. Desenvolver gestores que realmente compreendam o trabalho, vivam


estes princípios e transmitam-nos aos outros
10. Desenvolver empregados e equipas excepcionais que sigam a filosofia
da empresa
11. Respeitar a rede de parceiros e fornecedores, desafiando-os e ajudando-os
a melhorar
12. Vá e veja pelos seus próprios olhos para compreender realmente as
situações (genchi genbutsu)
13. Tome decisões lentamente, por consenso e considerando todas as opções.
A seguir, implemente-as num ritmo muito rápido
14. Transformar a empresa numa organização que aprende, através de uma
reflexão persistente (hansei) e de melhorias contínuas (Kaizen)

17
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

O sistema de produção
TOYOTA (TPS)

18
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

Bibliografia TPM
Introduction to TPM – Seiichi Nakajima
TPM Development Program – Seiichi Nakajima
New Directions for TPM – Tokutaro Suzuki
Total Productive Maintenance (TPM) - Concepts and Literature Review - Thomas R. Pomorski
Successfully Installing TPM in a Non-Japanese Plant – E. Hartmann
How to Incorporate New Environmental Management Problems in TPM Activities – A. Ichikawa
Autonomous Maintenance for Operators – JIPM
TPM for Operators – K. Shirose
TPM in Process Industries – T. Suzuki
Kaizen – The Key to Japan’s Competitive Success – Masaaki Imai
Gemba Kaizen - Masaaki Imai
The Toyota Production System: Beyond Large-Scale Production – Taiichi Ohno
A Study of the Toyota Production System from an Industrial Engineering Viewpoint – Shigeo Shingo
Maitrise de la Production et Méthode Kanban - Shigeo Shingo
Le Systhème Poka-Yoke - Shigeo Shingo
Le Systhème SMED - Shigeo Shingo
The Sayings of Shigeo Shingo: Key Strategies for Plant Improvement – Shigeo Shingo
The Toyota Production System – Toyota Motor Corporation
The Principles of Scientific Management – Frederik Taylor

19
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

Sites TPM
www.jipm.or.jp/en
www.strategosinc.com
www.tpmclubindia.org
http://wcm.nu
http://www.iienet2.org
www.tpmonline.com
www.maintenanceworld.com
www.plant-maintenance.com
www.reliableplant.com
http://elsmar.com
www.advanced-eng.com.br
www.shingoprize.org
www.productivityinc.com/
www.oeetoolkit.com
www.tpmconsulting.org
www.productivityeurope.org
www.tpslean.com
20
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

Glossário TPM
Ver:

- advantage.org.pl/pliki/Glosariusz%20TPM.pdf

21
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal
TPM

Contactos do Autor

José Pedro Amorim Rodrigues da Silva


Lisboa - Portugal
jparsilva@sapo.pt

Tel. +351 218 124 609


Tm. +351 919 729 496

http://www.freewebs.com/leanemportugal/

22
Formação TPM – Parte 4 Autor: J. P. Rodrigues da Silva
http://www.freewebs.com/leanemportugal