Você está na página 1de 6

"Rosáno de amor; louuor e poder para nossos dias"

.!lan~B. Reinhard

auto-plonficacão. Ensina-nos a d e ~ aqiie \.os nos d a s atiaves de


sermos arnaveis e humildes como leu Espinto (4\?e-mana)
Mana (Ave-mana1 - Ili~iro obwado por exolher p e s o -
P S nos para ser teus
- Senhor. através de teu Espinto 2ç S I I ~ ~ P ~corno
Santo liber~a-nosde toao o meao e s m n s e ies~ernunhasL k e - r r m l
enche-nos de alema e esperanca - iou\.or a t i Senhor porque que-
(Ave-mana). res fwer grandes coisas conosco e
- Obnc :do por poss~biliiara cada atrai-es de v& IA@ - a r f a )
u m de nos. lei7ar J e s u s aos ou- - Obriqxio por inundar nossos
tros. como Mana (Ave-mana) coracoer -0n2 louivor.como Mana
- t u te lom~oP x . pelo dom da \-ida fez no h l a q d i c a t [.Ave-marial.
Que possamos sempre \alonzar esie - Obrigado por s u a m~sericórdiae
dom - a m a n h a de nossa própna m o r incondiciona: (Ave-marial
~ l d aa. rnamllha de tua nnda para - Obngado por encher-nos com
-
morar d m m d e n b .e amam-~ihade t u a c o n i p a ~ ~ ã oAjuda-nos
. em 7
poder te ver e Le senx- em nossos unilacào a Mana. a não i i c m o s ---
uxlãos (Avemana) auto-centraaos (Ave-mana).
Primeiro Mistério Gozoso Reze o Gloria ao Pat. Reze o Gloria ao Pai.
A anunciaçáo
Leitura d a Sacrada Escritura: Segundo Mistério Gozoso
Lucas 1.26-38 A viciitação
Reze o Pai-nosso Leitura d a Sagrada Escritura:
Lucas 1,39-56
- Obncado Deus. por ser u m Pai Reze o Pai-nosso
tão amoraso. e por nos chamar de
filhos e filhas (Ave-maria) - Eu te louvo ?'ai. para que fique-
- Ot,ncndo Pai. por querer se c ? - 1110st ao emwionadcs e aic~rescom
:nu' r a r conosco e por Lomar ã a 5 0 2 Sova. que nos siritmlos mi-
iruc:amra (Ave-mana). pelidos a parulhá-Ia com os outros
- Eu te Iri-ivo Pai. por enviar anios :.\\ve-manai
como ponadc - e s de mensagens e - Eu te louvo Pai. por en\?ar teu
anjos para n c guiar (Ave-mana1 Espinto para nos ensinar a reco-
- Obngado Pai. por nos ensinar a te nhecer tua presença em todos os
oumr. O que tu tens a nos dizer e acontecunentos de nossas wdas
m s importante do que o que te- (Ave-mana).
mos para te c o m u r ~ c a r l A ~ ~ e - m a n a
- Eu te louvo Pai. pela aiegna que
este reconhecimento nos traz Terceiro Mistério Gozoso
- Eu te loiivo Pai. por nos mostrar (Ave-mana).
como responder a ti através da - Eu te louvo Pai. elo dom d a Ié.
A encarnação
- Louvor a t i . Jesus. pelo e s \ z i a - - Louvor a ti. Senhor pela Sacra- - Ensina-nos quando e como de-
inento de ti rnesrilo vindo a terra e da Farnilia e seu exe~iipiode Iide- \*emoscortar a s aiiiaiias rnunda-
panilhando nossa humanidade. !idade a Lei (Ave-mana). nas para fazer o que te agrada
para que pudessenios nos restau- - Enche-nos com te\\ Espirito Pa. (~ve-mana).
rar atra\,es de ti, nosso irrnao como fez Simeào. para que possa- - Guia todos o s pals para que não '
(Ave-niana). mos encontrar a paz. te encon- prendam s e u s filhos demasiada- .
- O b n ~ a d o p oteu
r nome. Emanuel. trando (Ave-maria). mente (Ave-mana).
Deus conosco [Ave-rnanal - Aluda-nos J e s u s a ficannos ma- - Obngado pela obediência de J e -
- Obncado Jesus por exaltar os ra\dhados. como hlana e Jose. ao sus. a M a n a e J o s é . Obediência E
humildes enl todas a s circunstân- Leu chamado a gloníicar Leu Pai uni sinal de amor (A\Te-mana).
tias de teu nascimento (Ave-mana). (Ave-mana). - Ajlida-nos a crescer em sabedo-
- Louvor a ti. J e s u s . pelo anjo que - L'sa nossas oraçòes e sacnlicios na e graça, a medida em que
disse para não ler medo. porque Pai. como tu fi7este com os de somos ensinados pelo Espinro que
ele trazia uma Imnsacem de es- irna. para conduzir-nos a teu Fi- mosua nossas faltas e nos cura
peranca. Ajuda-rios a levar tua iho (Ave-mana). (Ave-maria).
esperanca a umrnundo que aguar- - Louvor a ti. Deus nosso Pai, pela - Amamos teu Tempio e cumamo-
d a isso (A\?e-manal revelacão gradaliva a Mana. da nos em adoraçao diante de tua
- Louvor a ti. Pai. pelo anjo que pessoa de s e u Filho J e s u s presença Lucaristica (Ave-lriaria).
disse que a cnanca I m h a para (Ave-mana). - Ajuda-nos a te escutar e le en-
trazer a paz. F u - n o s insuumentos - Dai-nos a coragem de Mana conLrarna tua Pala\-ra iA~~e-mana).
de tua paz (Ave-mana1 quando senumos a espada da dor Espinto Santo. como voce ensl-
- 'duyor a u. Senhiir. peh ande . I J L d:ána e do sohrnento (Ave-mana! nou J e s u s . através de re!acões
- no
=umcéu. &luda-nosa lemr esLa iuí a - Senhor. ensina-nos a fé inabala- hiimanas, ajuda-nos a aceitar a
mundo na eçcundão (Ave-mana). vel de Maria (Avemana). onentação de outros (Ave-mana).
=-nossoRai,
Ajuda-nos a louvar e glorificar - b u d a a todas a s mães a confia- Reze o Glória a o Pai.
como fmrarn os pasto- rem s e u s filhos a o teu amor. Pai
res. por tudo que O U I ~ O Se mrnos (Ave-mana).
(Ave-nlanai - Ajuda-nos Pai. Ftlho e Espinto
- Ajuda-nos a seguiratua estrela.
como os sábios fizeram. e dar
Santo a nos desapegar do mundo
e a nos enuegar totalmente a L1
5
Mistérios Dolorosos
- -
nossos presentes de ouro (reco- (Ave-maria).
nhecimento de lua redeza). in- Reze o Glória ao Pai.
censo (louvando tua dnmdade) e Primeiro Mistério
mirra (proclamando t u a humaru- Quinto Msttrfo Gozoso Doloroso
dade sagrada) (Ave-mana). Jesus no Getsémani
- ~Lotivora ti. Jesiis. por querer O encontro de Jesus no
nawer novameme em cada um de Templo
nos (Ave-manai. Leitura d a Sagrada Escnturz.
- Louvor a ti. Jesus. porque você Mateus 26. 36-46
\ w e em todos os nossos irniáos. Lucas 22.39-45
Quando nos os senulios. é a nossa Leitura d a Sagrada Escritura: Reze o Pai-nosso
maneira d e te s e m (Ave-mana). Lucas 2.4 1-52
Reze o Glória ao Pai. Reze o Pai-nosso - Pai. ajuda-nos a recolher-nos 4I
orar antes de uma decisão Impor-
Quarto Mistério Gozoso - Obrgado Espírito Santo. parrevehr tante (Ave-maria).
A apresentação de Jesus a Jesus quem ek era IAve-mana). - Pai. ajuda-nos a amparar n o s s a
- Obngado Espiriio Santo. por le- amigos n o sofrimento com nossa3
var Jesus ao Pai. e nós a J e s u s orações (Ave-maria).
-
Leitura d a Sagrada Escritura:
1. -Adverte-nos Espírito Santo. q u d
Reze o Pai-nosso - Lowor a U, Pai. porque J e s u s do nos dM.mirmos n a 0raÇáo -
- Louvor a ti. Pai. que Sempre nos compreendeu que dc\vna tratar (Ave-maria).
ultrapassa em generosidade
(Ave-mana].
dos teus assuntos (Ave-maria). - Espírito Santo. se acordarmos :,
ranie n noiLe. y u i a - n o s acra- - "1.ajuda-nos a ~ r a b d h a peia
r
Ler-ie p i o irinpo s:i;lr::lt.n~ar ju5:ic;isocial e peios aireiios a?
oracao que nos das (A\.e-rrianai Todos a uma \.ida feliz
'brigado J e s u s . LJor podemc:s I.\\ t?-n:'ln.?\.
:n.ers;xcontigo quando eruren- - Fai. aii:dn-nos a não só perdoar
n o s 2 tenLacão do Oesãnmo 1c.s qiie nos oiendern. m a s tm-
:r-rnanai. S~I::ora; por eles (h\,e-nianal.
a;. quanao o espirito quer. rr.as &/.v c Glorla ao Pal.
C$fraca. e m i a teu E s p i n ~ o
. n ~ o ara q u a a r - n o s i.\\.?- Terceiro Mistério
ma). Doloroso
3 b r i ~ a d oPai. por e m x i i ~ t u s A coroaclo de espinhos
:\ospara nos fortalecer. como a
sus (.\\'e-mana).
a , .a!~dri-nosa procurar sorrier.-
a Lua \.on~ade.mesmo em oposi- Leitura d a Sacrada E s c r ~ t u r a :
o a nossos desejos (A1.e-mana). \?ateus 2 7 . 27-31.
a i . ~juda-i.iosa C : G ~ Ü T C F I I ~ P : Reze o Pai-nosso
ie. o que nos acontece faz parte
: :?c plano para n2ss-s -.:d25
- Pai. inostra-nos que. quando
\re-manal. hiirnilhnrmos os outros. estamos
.iesuç. ensina-ncr-nos a p a r u - nos írririio e ;e oíenciendo
ar a dor de nossos innãor Ih\.e-
(A\.e-mana). A
=
a n a ) . não apenas com oracões. - A!uda-nos a aceitar o ridiculo Y
a s com atos concretos de m o r por c a u s a de J e s u s (Ar-e-mariai. -7

\!e-mana). - Pai. perdoa nossos pecados in-


:ze o Glória ao Pai. telectuais (Ave-maria).
- Pai. perdoa nossos pecados de
Segundo Mistério orçulho e de hipocnsia (Ave-
Doloroso niaria).
esus açoitado na coluna - Pai. perdoa-nos por sermos ar-
rogantes e sentirmo-nos supeno-
:itura d a Sagrada Escr~tura: res a o s outros (Ave-maria).
)ao 18. 36: l 9 . i
- Pai. que a nossa motivacão não
\venha apenas d a mente. m a s t am-
aias 53. !-8 preparacão de J e s u s para nossa bém do coracao (Ave-mana).
eze c: Pai-nosso cura fmal passou a v d a curando - Obricado J e s u s . por n o s mcs-
(Ave-manal. trar o amor incondicional do Pai
Pai. ajuda-nos a não ser como
ilatos. com medo de fazer o que
cerro por c a u s a a a inuliiaac
-
- Pai. nós te agradecenios por enw-
-.- *
i r '." - *.,'
CS7i-.tr.
, C-,"*- --r-
,>&

como canais conrinuando o muils-


L. 2CS Y S L
pelo Filho Pródigo (Ave-mana)
-,cpiriic Ç I Z : ~ . a b r m d r ; n x s L s
coracoes obstinados e ajuda-nos
ive-mana].
téno de Jesus íAve-mana). a nos a r r e p e n d e m o s (Ave-mana].
J e s u s . obrigado pelo teu exem- - Espínto Santo. mostra-nos quan-
10 d e t r a n q ü i l i d a d e q u a n d o
- Espinto Santo. ensina-nos a
do e como açoltarnoç os ouuos necessidade de renunciarmos ao
3fresLes perseguições injustas (Ave-mana). ressentimento para sermos c u -
ive-mana). - Pai. ajuda-nos a não causar aos rados (Ave-mana).
J e s u s . n ó s Le agradecemos pelo outros, nem dor fisica nem angiis- - J e s u s . ajuda-nos a ver o sacra-
astigo q u e caiu sobre u. pelas tia (Ave-manal. mento d a Reconciliac$o como um

lana). tros com palamas morciazes (Ave- bem ciirar-nos (.4ve-maria)


pai. nós te agradecemos pela maria). Rezar o Glória a o Pai.

357 JESUS Vn'E E E O SENHOR


Quarto Mistério - Obnçado J e s u s . por se dar :
Doloroso nós continuamenle no sacra-
mento da Eucanstia, como nos
Jesus carrega a cruz so alunento e nossa cura (Ave
mana).
- J e s u s . ajuda-nos a nos da:
também a t i na Eucansria En
sina-nos a amar como L U ailias
te, orar como t u orasie. e:!
como tu agiste. salvar conio l i
- O'jn2;1@o Jt.rlxs. !?o;c n r r e s r salvaste. para que duranir icd:
;
l Liia c n i z e ;:.?r flCLlr 3 3 C S C O a nossa vida. possamos pari!
~11110sa s nossas
q u a n d o crirre-C lhar de t u a ~ q r t ae [tia obrn (A1.e
(Ave-!iima). mana).
- O?)rigadoP;u. peln cliarnado a - Loul7or a t i , Pai. peln 17
Siniefio para ajudar J c s u s a morte. ressurreição e ascenca:
carrecnr n cru;. (.A\.?-mana). de J e s u s . levando todos os h o
- hjuan-nos Pzi. a ioinar Leu jugo Quinto Mistbrio mens a ti. Ajuda-nos a gloníica:
\.oiuntanarnentr sobre nós (Ave- teu nome (Ave-mana).
lll'ii-ia/~ ~oíoroso
- Obngado J e s u s . por nos dizer: A crucificação Reze o Glória a o Pai.
'Meu jiigo e sua\.e e minha carga
i. leve*. porque o sacrdicio é uma
f o n ~ i ade aiilor, e onde i12 amor. Leitura d a Sagrada Escritura: Mistérios Gloriosos
113alecr!a(A\'e-iiiarial. Lucas 23. 3 2 - 3 6
- Obrnncio .Jesus. por 11~)s C D S L I ~a~ Reze o Pai-nosso Primeiro Mistério
sennos imrlxls e deçejoscis de humi- Doloroso -
Uiar-nos por oiiuos (.k.r-mana). - Obngado Pai.por nos amar tanto A ressurreição
- Obngado Jesus. por nos dizer que nos enviaste teu Filho (Ave- ..
pam bater em noçços peitos e nos mana).
til1wnt.a.r. iims lcuiiò6m p r enrriçte- - Obncado a b. Jesus. pela tua LelLura d a Sagracia Escritura.
cer-nas p r n o w s pecados e pelos obediéncla - mesmo a ~ àé mone hlateus 28. 1- 10
pecados do miindo (Ave-mana). (Ave-mana). J o ã o 1 1, 25-26: 16.20-22
- Obncado Jesiis. por todos OS - Louvor a ti. J e s i ~ s por
. perdoar Reze o Paj-nosso
teus diçcipiilas e in2rtires que. aqueles que ie crucalcaram (A\?e-
~oliincar-iainente.le se,ciimunate mana i - Obrigado Pa. por ler dado teu
o iuu (Ave-mana). - Obngado Jesus. por perdoar um Filho para r e d m r o s pecadores.
- D a - n o s J e s u s querido. a cora- dos ladrões para qiie não deses- 'õh ciiipa tão feliz que nos r-cre-
gem de \iver o marcino de nossos peráçsemos (A1.e-rnana). ceu tão grande Redentor" ive-
- Obngado Jesus. por nos ter dado
sofrimentos diános (Ave-maria).
A!uda-nos a compreender que os
solnnienios de nossas vidas são
tua Mãe. que permaneceu corajo-
samente ao teu iado (Ave-
mana).
- Obngado pela festa da Pásc
quando Cristo, nosso v e r d a d e d
J
para nossa piinficaçao e nossa mana). Cordeiro nos libertou com seu sanl
cura (Ave-mana). -Jesus. tu d ~ s s e s ~Tenhosede"!
e. Sue. lavou-nos e restaurou-nos &
- Pai. ajuda-nos a sennos cristàos Que nossa sede seja de ti (Ave- plenitude da vida (Ave-mana). !
autênticos prontos a obedecer teus mana). - Obrigado J e s u s . por a r r e b e n t d
A descida do
Espirito Santo

~.i\~e-rnana) pendernios e Inriiios


- Senhor. q u e ressusci:enmr p a r a cimento deles q u a n d o p ~ u l i s i e os b a r m d o s . receberemos do dom - -
a luz d a \.ida pelo amor renm-ador pão i.4ve-mariai. 40 Es;>iri!o Santo c m i o a c o r r e -
de teu E s ~ i n i o(A\ e-!r:xiai - O b n c a d n por r:iizer n : e c s ci:scí- cri: n d e s i i s no ser b::i~<;~:io ;jor 1 I
- J e s t i s . c b n c a d o pelas 3 iornlas p u l o s p a r a penr:aiiecereiri e m J o a o (;\!.e-~narial. =
d e t u a \ ~ n d a .n a miseric6rdia. J e r u s a l é m ate srrt-r11 batizados - h i n - o r a t i . Pai. pelo inicio dr
como nosso Sah'aílor n a c a c a com o E s p í r i ~ o5 !rito. â i é rrrern iinia 1;m.a é j ~ o c ana qiial ieii Espi-
a t r a 1 . e ~d a Eucaris!ia e d a cnpacitndos c m . ? i?c\.n !::)o d ? n t o es:5 s e n d o rierramrido cie i i i i i r i
i n t e r i o r ~ a c ã odo teu Espiriro n a poder IA\-e-mar;ai. iarina especlal IA\-e-maria!.
glóna. n o fim d o s iempos íAt7e- - Louvor a ti. J e r i i s . por t:..:::qini- - Lou\.or a i i . Pai. porque n inici-
~ilana) trr a t e u s discip!~lose a 11 S. ;i ;i;~v;ié r iia N21o precisanios pro-
- forca d o Espiriro Snnrn 2 fiix d c cilrar o Espirito. m a s apenas per-
.-,eze o G l o n n a o Pa!
que. possamcs E?: ti135 iesiemii - :iliiir sernios ~ ~ i r r , ~ ! ~ l ! !.irir
~ados
n h a s e levar outros a i Espírito :A~:e-~nanal.
Segundo Mistério - Loin-or a i i . Pai. : i 1 0 Espirito
Glorioso (Ave-mana).
- h i i v n r c! !i. C ! ~ s l l:.-r
< , P::tj: 2
,J::? :-i~:sl:!ce:l,-~t~1', - 0 lac? fj- .
A ascençao t e u s apóstolos q u e militas sinais ,ii;IGr q u e t a preseiica de Deiis
acompanhariam teli nome: que em 110s- 1.11-11 OCO fio qual nossos
Leitura d a S a e r a d a E s c r i t u r a : ~ n+~,!.A\.?-rnann~
I r s n i !cnz c i 1 ?SI
.-,,, s,, ;O . 14-23 :âianarn :lo\.as iin2i:as. e i o e n l e i
- Lou\.or a 11. Fni. por sermos
Atos 1. 1-11 ficariam s ã o s com a imposicão de
portadores da luz qiie3esus acen-
Reze o Pai-nosso m ã o s (Ave-mana). deu n a terra. ajiida-110s a sermos
- Obncado Pai. por e n n a r t e u s - O b r g a d o J e s u s . por nos man- a lAnlp;.dn 3 :-isra iA\.e-ninriai.
axyos a Mana Madalena. dizendo d a r colocar em prAiica telis m a n - - h i n m a l i . Pai. lielo Eçpiriio
para n ã o procii.=encre o s m o n o s . d a m e n t o s e pela promessa de l i - que h:ihila e m nos. aliida-nos a
aquele que e s r ~ VIVO íA\7e-manal. c a r conosco ate o fim dos tempos d i s r e m i r o q r ~ ecliieres qiie rara-
- J e s u s . obrigado por mostrar a (Ave-maria). m o s (A\.?-mana).
t e u s discípulos de formas variadas - Obrigado Pai. peia promessa - + l u d a - n o s Pai. a sermos canais
e c o n ~ m c e n t e sou^ I i i-P \.,-r- 'a>.t i d 121 C>LIIL~T-

dadelramenie \ v 9 0(Ave-mana). poder cio Espirito i.ki'e-iiinnai.


- O b n c a d o J e s u s . Dor a p a r e c e r a deu a o c é i ~(Ave-maria) - Ln, :.,. 1:. ?,;i, -I , -. -.- ...
. l .
3 ,
t
..,
~ i
.-[ ? i - -
L ~

t e u s discipiilos na e s t r a d a d e - Obrigado Pai. pela reiinião de m i n a r i u a obra Cm 116s. Lornan-


Z m a í ~ s Obricado
. pelo reconhe- louvor e alegria de teus discipulos do-nos i r ~ i e ~ r (o.s4 \ ~ - m a r i a l .
- h u \ . o r a i!. T a ;.:Fr:?:tscustt.r c i2prrai.a cpni (7 E~.;!iri!n S a n t o .

Deu-nos pes soiici!o~. i i n ~ u a s k,u\-o-ieFai. pelos canais do Es-


: : : ~ ~ a i d h o s acso. r x ó c s e m b e r a n - ~ í r i i oS,xiio. pon:e en:re G e i ~ se
tes. Tu nos libenasres. li\.res para o homem (Ave-rnnria).
\-er-nose aos ouuos como I U nos - Louvo-te Pai. pela f i d e Maria.
\.ês (.&\'e-mariai. que aunrr,iava A rnahda qiir er2
- h u \ or a i: Pai. pala riirXe?.s3o ;ilirnenta?;,e p p i n Pa!ay.-r.:ri qlial
social de Pc!irecnstes Q u e uni aia icmou-se c a r n e €!I: - * \ i l:!ii-~1:!~
p ~ s s a m o nos s a l ~ r r s t r l i a ar d r s u s C C I ~ ~ O F111-1~ (.-'ti.r-:?:::v:s:~
como st.u Corpo' - Louvo-te Pai, 12:-icl ac i i ; c l : -,G(ic
Todos unidos' (.\\.e-!n(xiai Maria. da rrdr!icw. a ! i ç 3% ;m:-
Reze o C16na ao Pa? bem aceitemos r s t e t c-sourt?ines-
'..
+Lili~á-l-el (.4\?e-man2I .
Quarto Mistério Glorioso - Louvo-te Pai. prir Slana. 55-e dc
Assunção de Maria ao todo o Cristo, seu Filho e seu
Corpo. a Igreja fA1.e-mariai.
céu - Louvo-te Pai. por :vI,lns. q u t siiponar a s alegnas e a s L ~ J I T L ; da
Reze o Pai-nosso depois de subir ao céu tornou-se 1-icin de cada dia (.4\~-maria].
nossa mãe caili prider. Siia i ~ ltir - - vh~i\.o-LePai. por nos Il!GSi;-di
- Oùnrado Fa:. por nos ajudar a\.er cessão e s t i unida a oracão de airaves de Mana. que bondade e
q:]e a \.erdaderra ~rrindezade \ia- J~SU . e!,?. diz: * F ~ c 111dn
ac;EFai. T, C :i!?ii..re:n ac2o iA\.r-n:z!na'!.
na lei S U \~l i a Gt Ir .i\r-iliari21 que ele n ~ a n a a r '(Ave-!:iana). - Louvo-te Pczi. porque fiòelidnàe é
- Lolivor a ti. ?a.pela recepuwdade Reze Glória ao Pai amor crescendo sempre e. gen~ile-
de Mana. lo~almenteaberta a ti. o xa e hiimilciade s5o s ~ n õ n ~ ndem
-,.o
L,L1L lht cieu um relacioilmenio forca (Ave-niariaj.
Cinico com cada pessoa da Sanus- guinto Mistério Glorioso - Louvo-te Pai. pelo aumento do
sirna Tnndnde (.\\.e-mana) M a n a é coroada rainha auto-con~role.faciliiando o apego
- Louvor a ~ i Pai.
. pur I\l,uia. que do céu e da terra a ti e desapego a nós mesnios.
como nos. era um dos teus filhos C O I ~ Ohlariô, (Ave-mana).
amados - uma filha sempre obedi- - Louvo-te Pai. pela g1ória de Mana
Reze o Paj-nosso
ente a tua vontade (Ave-mana). e dos Santos, em iinião 'contigo.
- Louvor a li. Pai por Mana. qi:e - Louvo-re Pai.por híarn. por s u a peqxriiando-se na comi^^.?^ dos
:ornou-se nossa mae quando \les- receptn~dadepela qual foi proíun- santos (A\-e-mana).
te a t e m romo homem (Ave-mana).
damente enriquecida com os dons - Louvo-te Pai. Flho e Espírito)
- Louvor 3 ti. Pai. pois no momento do Espínto. dando muitos frutos Santo. por nos nimt rar que dare- t
de ttia c-ncepcão. ficoii cheia do iiios mais frutos orn-indo tua Faia-
(Ave-mana).
Espinto o que a capacitou a dizer
SIM ao A . c Gabnel (A..e-rnana)
- O b m a d o Pai. pelo amor. dom \?a e colocando-a em pratica íA\.e-

- Louvo-te Pai. pela Ié de M a n a pnrneiro do EspinLo. Louvo-te pela n-1. I


*i .'
doação de Mana a s u a família em Reze o Gloria ao Pai.
que aumentava à medida em que

I T Z E T I R O NACIONAL. D O S SEMINAFUSTAS
I-
11 A 15 DE JANEIRO DE 1993
CURITIBA - P.rlRkh:A

PREGADOR: PE. JONAS ABIB 0


t

Para rnalom lnformaçòes 1


LUEU OU .JOSE R O D R I G W
Rua M m h a i Deodoro. 503/1905
Centro - Curltib, - Parana
tf

J C S S \.'R E EE r ii
O5 E l Q i 0 ~ ~ k

\'