Você está na página 1de 14

AULA 33 – RADIOATIVIDADE - I

I - Introdução a Radioatividade

33 – RADIOATIVIDADE - I I - Introdução a Radioatividade A radioatividade, embora choque pelo desastre

A radioatividade, embora choque pelo desastre ocorrido no passado (Hiroshima e Nagasaki), não é apenas estudada como arma de destruição em massa. As suas aplicações se estendem a medicina, a agricultura, a arqueologia, a produção de energia elétrica, entre outras.

a produção de energia elétrica, entre outras. Para compreender suas aplicações devemos conhecer a

Para compreender suas aplicações devemos conhecer a natureza desse fenômeno, sendo assim se faz necessário conhecermos os eventos que

www.quimica10.com.br desencadearam as descobertas nesse ramo físico-químico através de um breve histórico.  Em

desencadearam as descobertas nesse ramo físico-químico através de um breve histórico.

Em 1896, acidentalmente, Becquerel descobriu a radioatividade natural, ao observar que o sulfato duplo de potássio e uranila: K 2 (UO 2 )(SO 4 ) 2 , conseguia impressionar chapas fotográficas.

Em 1898, Pierre e Marie Curie identificaram o urânio, o polônio (400 vezes mais radioativo que o urânio) e depois, o rádio (900 vezes mais radioativo que o urânio).

Em 1903 Ernest Rutherford idealizou um experimento para separar e determinar a natureza das radiações emitidas. As radiações eram emitidas pelo material radioativo, contido no interior de um bloco de chumbo e submetidas a um campo elétrico ou magnético. O aparato era envolvido por material fluorescente ou filme fotográfico.

envolvido por material fluorescente ou filme fotográfico. .    Analisando as cintilações, são

.

 

Analisando as cintilações, são observadas três marcas diferentes, as quais caracterizam três tipos de radiações:

Radiações (alfa), que se desviam no sentido da placa negativa.

Radiações (beta), que se desviam no sentido da placa positiva; esse desvio é

mais acentuado que o das partículas .

Radiações (gama), que não sofrem desvio; são ondas eletromagnéticas.

www.quimica10.com.br As principais características dessas radiações são descritas a segui: Outras radiações:

As principais características dessas radiações são descritas a segui:

características dessas radiações são descritas a segui: Outras radiações: Radiação Grau de penetração

Outras radiações:

Radiação

Grau de penetração

Velocidade

Partícula

próton

Moderada/baixa

10% de c

1 1 H 1+ , 1 p 1

nêutron

Muito penetrante

< que 10% de c

0

n 1

pósitron

Moderado

< que 90% de c

+1 e 0 ,

+

Por meio dessas constatações experimentais desses cientistas, foi criado um importante conceito para tal fenômeno. “Radioatividade é a capacidade que certos átomos possuem de emitir radiações eletromagnéticas e partículas de seus núcleos instáveis com o objetivo de adquirir estabilidade nuclear” .

com o objetivo de adquirir estabilidade nuclear” . A emissão de partículas faz com que o

A emissão de partículas faz com que o átomo radioativo de determinado elemento químico se transforme num átomo de outro elemento químico diferente, esse fenômeno é chamado de decaimento radioativo. Mas afinal, quando um átomo é instável? Um dos fatores que têm relação com a estabilidade nuclear é a relação número de nêutrons/número de prótons. Se a relação número de nêutrons/número de prótons

www.quimica10.com.br exceder a 1,5 observa-se a presença de núcleos instáveis que emitem espontaneamente

exceder a 1,5 observa-se a presença de núcleos instáveis que emitem espontaneamente radioatividade. Observe a figura a seguir:

espontaneamente radioatividade. Observe a figura a seguir: II - Leis da Radioatividade As leis da radioatividade

II - Leis da Radioatividade As leis da radioatividade estão ligadas as emissões radioativas com a decorrente conversão de um radionuclídeo (núcleo radioativo) em outro elemento químico. Essa conversão tem por objetivo transformar um átomo instável em outro mais estável.

1ª Lei da Radioatividade (lei de Soddy) : "Quando um núcleo emite uma

partícula alfa ( ) , seu número atômico diminui de duas unidades e seu número de massa diminui de quatro unidades."

Z X A = 2

Ex: 92 U 235 2

4

+ Z - 2 Y A -4

4 + 90 Th 231

www.quimica10.com.br  2ª Lei da Radioatividade (lei de Soddy-Fajans-Russel) : "Quando um núcleo emite uma

2ª Lei da Radioatividade (lei de Soddy-Fajans-Russel) : "Quando um

núcleo emite uma partícula beta ( ) , seu número atômico aumenta de uma unidade e seu número de massa permanece constante."

Z X A

-1

Ex: 83 Bi 210 -1

0

+

Z + 1 Y A

0 + 84 Po 210

Importante. Ser atingido por radiação é algo sutil e impossível de ser percebido imediatamente, já que no momento do impacto não ocorre dor ou lesão visível. A radiação ataca as células do corpo individualmente, fazendo com que os átomos que compõem as células sofram alterações em sua estrutura. As ligações químicas podem ser alteradas, afetando o funcionamento das células. Isso, por sua vez, provoca com o tempo conseqüências biológicas no funcionamento do organismo como um todo; algumas conseqüências podem ser percebidas em curto prazo, outras em longo prazo. Por vezes, as conseqüências da radiação absorvida é detectada somente nos descendentes (filhos, netos) da pessoa que sofreu alguma alteração genética induzida pela radioatividade.

III – Transmutação Radioativa As reações nucleares consistem no bombardeamento de elementos estáveis com radiações, convertendo-os a outros elementos químicos. Tal fenômeno é chamado de transmutação. Rutherford, em 1919 conseguiu observar a obtenção de O 17 e próton a partir

do bombardeamento de nitrogênio por radiações , observe a equação.

7 N 14

+ 2

4

8 O 17 +

1 p 1

www.quimica10.com.br A partir dessa, muitas outras transmutações foram conseguidas. PROPOSIÇÃO DE ATIVIDADES. 01. Um
www.quimica10.com.br A partir dessa, muitas outras transmutações foram conseguidas. PROPOSIÇÃO DE ATIVIDADES. 01. Um

A partir dessa, muitas outras transmutações foram conseguidas.

dessa, muitas outras transmutações foram conseguidas. PROPOSIÇÃO DE ATIVIDADES. 01. Um elemento radioativo M

PROPOSIÇÃO DE ATIVIDADES.

01. Um elemento radioativo M emite, sucessivamente, sete partículas alfa ( ) e 4

partículas beta ( ), transformando-se no elemento 83 Bi 209 . Pergunta-se:

a) Quais são os números atômicos e de massa do elemento M? b) Qual o nome desse elemento? (Consulte a tabela periódica).

Resposta:

a)

7 partículas

= 7 x 2 = 14

4 partículas

= 4 x (-1) = - 4

Z

= 14 - 4 + 83

Z

= 93

A

= 7 x 4 + 4 x 0 + 209

A

= 237

b) Consultando a tabela periódica: Neptúnio (Np)

= 237 b) Consultando a tabela periódica: Neptúnio (Np) 2. Escrever as equações das reações nucleares:

2. Escrever as equações das reações nucleares:

a) rádio (Ra, Z=88, A=223) transmutando-se em radônio (Rn), pela emissão de uma partícula alfa. b) chumbo (Pb, Z=82, A=212) transmutando-se em bismuto (Bi) pela emissão de uma partícula beta. Resposta:

a) 88 Ra 223 86 Rn 219 + 2

b) 82 Pb 212 83 Bi 212 + -1

0

4

3. Analise os itens a seguir que fornecem informações a respeito das radiações nucleares.

I - As radiações gama são ondas eletromagnéticas de elevado poder de penetração.

II - O número atômico de um radionuclídeo que emite radiações alfa aumenta em duas unidades.

III - As radiações beta são idênticas aos elétrons e possuem carga elétrica

negativa.

IV - O número de massa de um radionuclídeo que emite radiações beta não se

altera.

Estão corretas as afirmativas:

a) I, II, e III, apenas.

b) I, III e IV, apenas.

c) I, III e V, apenas.

d) II, III e IV, apenas.

e) II, IV e V, apenas.

Resposta: B

d) II, III e IV, apenas. e) II, IV e V, apenas. Resposta: B 04. Relacione

04. Relacione as radiações naturais (1ª coluna) com suas respectivas características (2ª coluna). 1ª Coluna

1. alfa ( )

2. beta ( )

3. gama ( )

2ª Coluna

( ) possuem alto poder de penetração, podendo causar danos irreparáveis ao ser humano.

(

) são partículas leves com carga elétrica negativa e massa desprezível.

(

) são radiações eletromagnéticas semelhantes aos raios X, não possuem

carga elétrica nem massa.

( ) são partículas pesadas de carga elétrica positiva que, ao incidirem sobre o corpo humano, causam apenas queimaduras leves. Resposta:

A seqüência correta é: 3 - 2 - 3 - 1.

05. Na série radioativa natural, que começa no 92 U 238 e termina no 82 Pb 206 , estável,

são emitidas partículas alfa ( ) e beta ( ). As quantidades de partículas emitidas na série são:

a) 6

e 6

.

b) 8

e 6

.

c)

8

e 8

.

d)

9

e 8

.

e)

9

e 9

.

Resposta: B

d) 9 e 8 . e) 9 e 9 . Resposta: B 06. O processo de

06. O processo de irradiação pode ser utilizado para aumentar o tempo de

conservação dos alimentos, por meio da eliminação de microrganismos patogênicos e de insetos. A irradiação geralmente é feita com raios gama originados do cobalto-60. A cerca da radiação, julgue os itens abaixo. (1) A radiação gama é originada de uma transformação química. (2) Se um átomo de cobalto-60 emite apenas radiação gama, isso significa que ele não sofre uma transmutação. (3) Um alimento irradiado contém átomos de cobalto-60 que foram adicionados ao mesmo no processo de tratamento. (4) No processo de irradiação, o feixe de raios gama pode ser direcionado aos alimentos por meio de placas elétricas devidamente polarizadas que desviam tais raios. Resposta: E C E E

07. Ao acessar a rede Internet, procurando algum texto a respeito do tema

radioatividade no "Cade?"(http://www.cade.com.br), um jovem deparou-se com a seguinte figura, representativa do poder de penetração de diferentes tipos de

um jovem deparou-se com a seguinte figura, representativa do poder de penetração de diferentes tipos de

radiação.

www.quimica10.com.br Com o auxílio da figura, julgue os itens que se seguem. (0) A radiação esquematizada

Com o auxílio da figura, julgue os itens que se seguem. (0) A radiação esquematizada em II representa o poder de penetração das partículas beta. (1) A radiação esquematizada em III representa o poder de penetração das partículas alfa. (2) As partículas alfa e beta são neutras. (3) Quando um núcleo radioativo emite uma radiação do tipo I, o numero atômico fica inalterado. Resposta:

Item correto: 0 Itens errados: 1, 2 e 3

08. Faz parte da série de desintegração do U-238 a seguinte seqüência:

série de desintegração do U-238 a seguinte seqüência: A passagem de um isótopo para o adjacente

A passagem de um isótopo para o adjacente se dá por emissão de partículas -1 , nas desintegrações

a) 1 e 5

b) 1 e 6

d) 3 e 4

e) 5 e 6

Resposta: B

www.quimica10.com.br d) 3 e 4 e) 5 e 6 Resposta: B 09. Um dos isótopos do

09. Um dos isótopos do Amerício 95 Am 241 , quando bombardeado com partículas

( 2 He 4 ), formam um elemento novo e dois nêutrons 0 n 1 , como indicado pela equação:

95 Am 241 + 2 He 4 elemento novo + 2 0 n 1

Os números atômicos e de massa do novo elemento serão respectivamente:

a) 95 e 245

b) 96 e 244

c) 96 e 243

d) 97 e 243

e) 97 e 245

Resposta: D

10. (Uel-PR) Marie Sklodowka Curie, por seus trabalhos com a radioatividade e

pelas descobertas de novos elementos químicos como o polônio e o rádio, foi a primeira mulher a ganhar dois prêmios Nobel: um de física, em 1903, e um de química, em 1911. Suas descobertas possibilitaram a utilização de radioisótopos na medicina nuclear. O elemento sódio não possui um isótopo radioativo na natureza, porém o sódio-24 pode ser produzido por bombardeamento em um reator nuclear. As equaçõees nucleares são as seguintes:

12 Mg 24 + "X" 11 Na 24 + 1 H 1 11 Na 13 12 Mg 24 + "Y"

www.quimica10.com.br O sódio-24 e utilizado para monitorar a circulação sanguínea, com o objetivo de detectar

O sódio-24 e utilizado para monitorar a circulação sanguínea, com o objetivo de detectar obstruções no sistema circulatório. "X" e "Y" são, respectivamente:

a) Raios X e partícula beta.

b) Raios X e partícula alfa.

c) Partícula alfa e raios gama.

d) Nêutron e raios gama.

e) Nêutron e partícula beta.

Resposta: D

11. (Unifesp-SP) 60 anos após as explosões das bombas atômicas em Hiroshima

e Nagasaki, oito nações, pelo menos, possuem armas nucleares. Esse fato, associado a ações terroristas, representa uma ameaça ao mundo. Na cidade de Hiroshima foi lançada uma bomba de urânio-235 e em Nagasaki uma de

plutônio-239, resultando em mais de cem mil mortes imediatas e outras milhares como conseqüência da radioatividade. As possíveis reações nucleares que ocorreram nas explosões de cada bomba são representadas nas equações:

92 U 235 +

n B X 142

+ 36 Kr 91 + 3n

94 Pu 239 + n 39 Y 97 + 55 Cs A + 5n Nas equações, B, X, A e o tipo de reação nuclear são, respectivamente,

a) 52, Te, 140 e fissão nuclear.

b) 54, Xe, 140 e fissão nuclear.

c) 56, Ba, 140 e fusão nuclear.

d) 56, Ba, 138 e fissão nuclear.

e) 56, Ba, 138 e fusão nuclear.

Resposta: D

12. (UFSCar-SP) O aumento no volume das exportações no Brasil, em 2004, tem

sido apontado como um dos responsáveis pela retomada do crescimento econômico do país. O Brasil exporta muitos tipos de minérios, sendo que alguns

www.quimica10.com.br apresentam certificado apresentando os valores de atividade de átomos que emitem radiação gama. O

apresentam

certificado apresentando os valores de atividade de átomos que emitem radiação gama. O potássio-40, radioisótopo natural, é um dos emissores dessa radiação.

No decaimento radiativo do potássio-40, em geral, há a emissão de uma partícula beta negativa. Neste caso, resulta um elemento com número atômico igual a

a) 40.

b) 39.

c) 21.

d) 20.

e) 19.

Resposta: D

natural. Certos países compradores exigem um

radioatividade

13. (FGV) Os irradiadores de alimentos representam hoje uma opção interessante na sua preservação. O alimento irradiado, ao contrário do que se imagina, não se torna radioativo, uma vez que a radiação que recebe é do tipo gama. A radiação é

produzida pelo cobalto-60 (Z = 27), cujo núcleo decai emitindo uma partícula beta, de carga negativa, resultando no núcleo de certo elemento X. O elemento X é

a) Mn (Z = 25).

b) Fe (Z = 26).

c) Co (Z = 27).

d) Ni (Z = 28).

e) Cu (Z = 29).

Resposta: D

14. (UFSCar-SP) Uma das aplicações nobres da energia nuclear é a síntese de radioisótopos que são aplicados na medicina, no diagnóstico e tratamento de doenças. O Brasil é um país que se destaca na pesquisa e fabricação de radioisótopos. O fósforo-32 é utilizado na medicina nuclear para tratamento de problemas vasculares. No decaimento deste radioisótopo, é formado enxofre-32, ocorrendo emissão de

a) partículas alfa.

b) partículas beta.

c) raios gama.

d) nêutrons.

e) raios X.

Resposta: B

www.quimica10.com.br a) partículas alfa. b) partículas beta. c) raios gama. d) nêutrons. e) raios X. Resposta: