Você está na página 1de 3

QUESTIONÁRIO – 1º SEMESTRE – ADM. E PROJ. BD 1 - Na abordagem E-R, o que são os papéis e em qual estrutura é utilizado?

R: Papéis na abordagem E-R,são funções desempenhadas com relacionamento recursivo. Utilizado nas estruturas de entidades do mesmo tipo. um

2 - O que é um sistema de gerenciamento de banco de dados? R: É um software utilizado para armazenar, definir, atualizar, gerenciar e permitir acessos eficientes aos dados. 3 - Quais são os três níveis da arquitetura de um Sistema Gerenciador de Banco de Dados: R: Nível Físico (Interno ) – É como os dados estão armazenados e organizados internamente no sistema informático (ficheiros de base de dados) Nível Coneitual (Lógico) – Corresponde ao número, tipo de campos e relacionamentos dos dados (campos, tabelas e relações) Nível Externo (Visualização) – corresponde a forma como os dados são apresentados ao utilizador final atavés de interfaces gráficos (formulários ou ecrãs com informação) 4 - O que é um atributo multivalorado e um atributo derivado? R: Atributo Multivalorado – são atributos que para cada instância de uma entidade, ele pode ocorrer várias vezes. No DER é representado por duas elipses em torno do nome do atributo. Atributo Derivado – São atributos derivados de outros atributos. 5 - O que é uma relação de Generalização/Especialização: R: Permite que uma classe denominada classe supertipo (super tabela)=pai, seja formada pela fatoração das propriedades comuns de várias classes, denominadas subtipos (sub tabela)=filho 6 - Qual é o objetivo da Normalização de Dados? R: A normalização de dados é uma série de passos que se segue no projeto de um banco de dados que permite um armazenamento consistente e um eficiente acesso aos dados em um banco de dados relaciona.Esses passos reduzem a redundância de dados e as chances dos dados se tornarem inconsistentes. 7 - O que diz a 1° Forma Normal (1FN): R: Diz que para cada ocorrência (instância) da Entidade A, podem existir uma ou mais ocorrências na Entidade B, e para cada ocorrência da Entidade B, existe apenas uma ocorrência para a Entidade A. 8 - O que é um índice e em qual nível ele é implementado? R: Arquivo auxiliar associado a uma Tabela. Ë utilizado na implementação para acelerar o tempo de acesso as linhas de uma tabela.

Explique o que é a chave primária e chave estrangeira: R: Chave Primaria – É um atributo que identifica uma única linha da tabela. d) É um atributo que não pode ser repetido. garantindo a integridade de não duplicidade. 16 . 11 . Usuários.O que são DDL e DML? R:DDL – sub-linguagem que interage com os dados. para manipulação ou processamento de objetos do Banco de Dados.9 .Em um relacionamento 1:N. considerando o modelo relacional: a) a chave primária da entidade que contém o 1 migrará para a entidade que contém o N. Chave Estrangeira – É o atributo de uma tabela que em outra é chave primária.Em que tipo de relacionamento utilizamos a agregação? R: No relacionamento de N:N em mais de duas entidades. d) É um atributo que não pode ser repetido. b) sempre será gerada uma nova tabela. Hardware. 10 . 13 . Software. É o atributo que estabelece a relação entre Entidades. 14 . DML – sub-linguagem que interage com os dados.O que são os metadados? R:São dados que descrevem completamente os dados (Bases) que representam. 15 . b) É o atributo que identifica um registro na tabela. permitindo ao usuário decidir sobre a utilização desses dados da melhor forma possível. 12 .Quais são os quatro componentes fundamentais de um sistema de Banco de Dados? R: Dados.. b) É todo objeto concreto ou abstrato que tem existência própria.Atributo é: a) É o grau de ligação entre as entidades. d) Você pode escolher qual tabela receberá a chave . São dados que permitem informar as pessoas sobre a existência de um conjunto de dados ligados às suas necessidades específicas. c) a chave primária da entidade que contém o N migrará para a entidade que contém o 1. para dar suporte a definição ou declaração de objetos do Banco de Dados. c) É uma informação que caracteriza uma entidade ou um relacionamento. c) É uma informação que caracteriza uma entidade ou um relacionamento.Cardinalidade é: a) É o grau de ligação entre as entidades.

A relação Generalização/Especialização é total.Em um relacionamento N:N. Descreve como os dados são realmente armazenados. b) sempre será gerada uma nova tabela.Auto-Relacionamento: a) são relacionamentos existentes entre ocorrências ou instâncias de uma mesma entidade. individualmente. Neste nível. englobando estruturas complexas de baixo nível.Qual opção abaixo não representa um SGBD: a) Oracle b)MySql c) Sql Server d) Linux . Descreve como os dados são realmente armazenados. 21 . d) todas estão corretas 20 . d) são relacionamentos obtidos entre 2 entidades. b) pode haver alguma ocorrência na entidade genérica que não está associada a alguma ocorrência na entidade especializada c) ocorre um número indeterminado de chaves primárias. o banco de dados é descrito através de estruturas relativamente simples. de acordo com as necessidades de cada usuário. c) a chave primária da entidade que contém o N migrará para a entidade que contém o 1.17 . considerando o modelo lógico: a) a chave primária da entidade que contém o 1 migrará para a entidade que contém o N. d) nível mais alto da abstração. englobando estruturas complexas de baixo nível. b) descreve partes do banco de dados. quando: a) toda ocorrência da entidade genérica está associada a alguma ocorrência na entidade especializada. b) são os relacionamentos existentes entre entidades distintas.Qual opção abaixo se refere ao nível Externo de Visão de um BD : a) nível mais baixo da abstração. d) Você pode escolher qual tabela receberá a chave 18 . c) são relacionamentos obtidos entre 3 ou mais entidades. c) descreve quais dados estão armazenados e seus relacionamentos. 19 .