Você está na página 1de 57

LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Inicialmente, quero externar minha gratidão

a você, que foi compreensivo diante da minha impossibilidade de enviar esta aula na data combinada. Agora que minha esposa já está em casa e as coisas estão se normalizando, vamos retomar nossas atividades diárias. Aqui, o objetivo é tratar das normas gramaticais que envolvem a ortografia e a acentuação de palavras. Ortografia No Brasil, quem dita as normas para a correta escrita das palavras é a Academia Brasileira de Letras (ABL). Em seu Vocabulário ortográfico da língua portuguesa (VOLP), a instituição mantém registrada a forma oficial de escrever as palavras. Apesar da vigência do novo Acordo Ortográfico, as regras antigas e as atuais estarão em vigor até 31 de dezembro 2012. Por quê? Porque o então presidente Lula, por meio do Decreto nº 6.583, de 26 de setembro de 2008, além de ter promulgado o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa – que foi assinado em Lisboa, em 16 de dezembro de 1990 – também estabeleceu um período de transição: “de 1º de janeiro de 2009 a 31 de dezembro de 2012, durante o qual coexistirão a norma ortográfica atualmente em vigor e a nova norma estabelecida”. Você e eu sabemos que é humanamente impossível decorar a grafia de todas as palavras da nossa Língua. Só para você ter uma ideia da dificuldade que é isso, saiba que a nova edição do VOLP, lançada oficialmente pela ABL em 19 de março de 2009, tem 976 páginas, 381 mil verbetes e outras coisas mais. Você se atreve a decorar tudo isso?! Entretanto podemos sistematizar a grafia de certas palavras, em decorrência, por exemplo, da sua origem, do seu radical. É isso que você verá aqui. A experiência nos permite dizer que esse processo é muito útil no momento de resolver uma questão de concurso. Não estou dizendo que tudo
Prof. Albert Iglésia www.pontodosconcursos.com.br 1

LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA se resumirá ao que será demonstrado nestas poucas linhas. O que você precisa entender é que a prática de leitura de livros, jornais, revistas e dicionários deve ser somada à minha explicação. Comecemos pelo EMPREGO DE ALGUMAS LETRAS. Sempre que for preciso, trarei para nossa aula as mudanças das novas regras ortográficas • Usa-se, normalmente, a letra X: QUANDO 1 – depois de ditongos EXEMPLO ameixa, frouxo, peixe CUIDADO Recauchutar encher, 2 – depois da sílaba EN enxame, enxergar derivados palavras 3 – depois da sílaba ME, quando “fechada” • mexa (verbo), mexerico mecha (substantivo) = pronúncia “aberta” encharcar, dessas enchova, enchumaçar e

Usa-se, normalmente, a letra G: QUANDO EXEMPLO (substantivo), pajem, lambujem colégio, relógio, monge/monja, eu dirijo Imaginem “g” nas se palavras vertigem, ferrugem OGIO e prestígio, refúgio nas palavras margem/margear, CUIDADO lajem,

1 – nos sufixos AGEM, viagem IGEM e UGEM EGIO, UGIO 3 – IGIO, 2 – nos sufixos AGIO, pedágio,

derivadas daquelas que homenagem/homenagear (flexão do verbo dirigir). possuem G no radical (você esse perceberá princípio que vale mantivéssemos a letra derivadas...
www.pontodosconcursos.com.br 2

também para o emprego
Prof. Albert Iglésia

LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA de outras letras) • Usa-se, normalmente, a letra J: QUANDO africana e árabe possuem J no radical 3 – nas palavras derivadas daquelas que possuem J no radical 4 – nas palavras de origem latina EXEMPLO cafajeste, jerico, jequitibá (verbo) – que eles viajem; bocejar – eu bocejei gorja – gorjeta; lisonja – lisonjeado jeito, hoje, majestade, injetar, objeto, ultraje

1 – nas palavras de origem indígena, pajé, jiboia, jeca, jenipapo, jirau, jiló, 2 – nas flexões dos verbos que viajar

Usa-se, normalmente, a letra Ç: QUANDO EXEMPLO – canção paçoca, Paraguaçu, Nova muriçoca, Iguaçu, muçulmano, açougue, açoite babaçu, golaço, poetaço, atrevidaço compleição, feição, beiço

1 – nas palavras derivadas daquelas exceto – exceção, setor – seção, cantar que possuem T no radical árabe e africana 3 – nos sufixos AÇU e AÇO 4 – depois de ditongo • 2 – nas palavras de origem indígena, miçanga,

Usa-se, normalmente, a letra S: QUANDO EXEMPLO sacerdotisa, poetisa fase, ascese, eletrólise, apoteose formoso, formosa, gostoso, gostosa
www.pontodosconcursos.com.br 3

1 – nos substantivos que designam chinês, japonês, baronesa, duquesa, origem, título honorífico e feminino 2 – Nos sufixos ASE, ESE, ISI e OSE 3 – nos sufixos OSO e OSA
Prof. Albert Iglésia

LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA iludir – ilusão, – defender – defesa; – (ou

4 – nas palavras derivadas daquelas que possuem D, RT ou RG no seu radical

divertir – diversão, inverter – inversão; imergir imersão, submergir submersão trasladar transladar) maisena, Sousa, coisa quis, quisera, pusera, compusera

5 – no prefixo TRANS e nos seus transatlântico, derivados 6 – após os ditongos 7 – nas formas verbais derivadas dos verbos QUERER e PÔR • Usa-se, normalmente, SS: QUANDO suceder 1 – nas palavras regredir derivadas daquelas que comprimir possuem as expressões compressão, MET e CUT no radical intromissão, discussão 2 – prefixo terminado pre + sentir = pressentir em vogal + palavra (repare que o “s” foi duplicado”) começada por S • demitir discutir EXEMPLO – – sucessão, regressão, – – –

CUIDADO

CED, GRED, PRIM, MIT, demissão, intrometer –

Usa-se, normalmente, a letra Z: QUANDO EXEMPLO insensato – insensatez, nu – nudez; claro – clareza, belo – beleza CUIDADO

1 – nas terminações EZ e EZA, formando substantivos abstratos derivados de
Prof. Albert Iglésia

www.pontodosconcursos.com.br

4

LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA adjetivos a) se a palavra possuir S em sua parte final, o infinitivo verbal também levará analisar, paralisar; 2 – nas terminações sintonia visualizar – sintonizar, b) Hipnose – hipnotizar; – – – sintetizar; batizar; enfatizar. Batismo Ênfase IZAR, formando real – realizar, visual – Síntese S: análise paralisia – –

infinitivos verbais

Catequese – catequizar; (Lembre-se da sigla de um famoso banco, só que 3 – como consoante de pé + udo = pezudo; guri ligação • + ada = gurizada com E no final: HSBCE).

Usa-se, normalmente, a letra H: QUANDO EXEMPLO que o anti-higiênico, préCUIDADO

1 – nas palavras ligadas por hífen em segundo começa com H 2 – na palavra Bahia as palavras derivadas não possuem H: baiano elemento histórico, super-homem desarmonia, lobisomem

Verbos terminados em EAR e IAR:
www.pontodosconcursos.com.br 5

Prof. Albert Iglésia

W e Y (conforme o novo Acordo Ortográfico) O alfabeto passa a ter 26 letras. premia. passeiam passeio. são irregulares e premiais. ele. formas rizotônicas (eu. eles): odeio.pontodosconcursos. odiamos. Incendiar. Remediar. recebem a letra E nas formas rizotônicas (eu. de terminarem em IAR. odeia. premiam Ansiar. passeia. odeiam • As letras K. aA bB cC dD eE fF gG hH Prof. eles – a sílaba tônica integra o radical) Mediar. letra I terminados eles recebem nas em a passear: passeias. odeias. Albert Iglésia jJ kK lL mM nN oO pP qQ www. Foram reintroduzidas as letras k. ele. Odiar (MARIO): apesar 2 – são regulares os verbos IAR terminados em premio. premiar: premias. w e y.com. tu.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA 1 – são irregulares os verbos EAR. passeais.br sS tT uU vV wW xX yY zZ 6 . premiamos. passeamos. odiais. tu.

Darwin. em que é pronunciada como “v” – e y (ípsilon) – letra com som de “i” –. kaiser. “Como é a pronúncia do w?”. As letras k (cá ou capa) – letra oriunda do alfabeto fenício (kaph). w (dábliu) – letra usada nas línguas inglesa. adotada pelos gregos (kapa) e depois pelos romanos (capa) –. b) na escrita de palavras e nomes estrangeiros (e seus derivados): show. nada muda na grafia das palavras. Wagner. windsurf. Kafka. Franklin. Prof. Bem. e o que acontece agora que elas estão oficialmente introduzidas no nosso alfabeto? Haverá mudanças na grafia de alguma palavra? Deveremos escrever “kilômetro” em vez de “quilômetro”? Na prática. playground. poeta inglês.br 7 . pois a reintrodução das letras K. Por exemplo: a) na escrita de símbolos de unidades de medida: km (quilômetro). William.pontodosconcursos. kafkiano.com. Wilson. Albert Iglésia www. Essas três letrinhas continuam sendo usadas em NOMES PRÓPRIOS ORIUNDOS DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS. em que soa como o “u”. “Alguma palavra será grafada de forma diferente?”. Taylor. W (watt). playboy. Veja alguns exemplos: byroniano (relativo a Lord Byron. e alemã. “Elas são vogais ou consoantes?”. “Como deverão ser usadas?”. que na verdade não tinham desaparecido da maioria dos dicionários da nossa língua. Também continuam sendo usadas nas PALAVRAS DERIVADAS DE NOMES PRÓPRIOS ESTRANGEIROS. yang. autor da obra Don Juan). w e y voltaram ao alfabeto?”. “Quais as consequências práticas?”.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA iI rR A essa altura você deve estar se perguntando: “Por que as letras k. W e Y em nosso alfabeto NÃO AUMENTA SEU USO. kung fu. são usadas em várias situações. yin. como nos exemplos abaixo: Byron. Kardec. kg (quilograma).

br 8 . Kr (Criptônio). As novas letras do alfabeto deverão ser classificadas em vogais ou consoantes. watt. filósofo alemão). NW . SÍMBOLOS E PALAVRAS INTERNACIONALMENTE ADOTADAS como: TWA (Trans World Airlines). Albert Iglésia www. SW . vejamos como elas poderão se comportar. W e Y também são usadas em SIGLAS. K (Potássio). kardecismo (doutrina espírita do pensador francês Allan Kardec). O K será sempre CONSOANTE. O e U e como o dígrafo QU antes de E e I. W . DE ACORDO COM A FORMA COMO SÃO PRONUNCIADAS nas palavras em que aparecem. As letras K.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA kantismo (doutrina filosófica de Immanuel Kant. seguidor dessa doutrina). W (Tungstênio).noroeste (northwest). Prof. do inglês yard). yd (jarda. kuwaitiano (indivíduo natural do Kuwait).pontodosconcursos.sudoeste (southwest).oeste (West). Você aí já se perguntou se ESSAS LETRAS SERÃO CLASSIFICADAS COMO VOGAL OU CONSOANTE?!?! Certo.com. Y (Ítrio). KLM (Koninklijke Luchtvaart Maatschappij. pois sempre é pronunciado como o C antes das vogais A. kw (quilowatt). em português: Companhia Real de Aviação). kardecista (relativo ao kardecismo.

Vejamos quais são. normalmente semivogal: Wallace.pontodosconcursos. o inglesa. contrário de bom) ATENÇÃO! Quero que você perceba que o vocábulo MAL não possui a mesma classificação gramatical nas alternativas “a)” e “b)”. assim. foi à praia. contrário de bem. os portões foram fechados. indica circunstância de tempo) c) Apesar do mau tempo. equivale-se a quando. A letra W pode assumir o papel de VOGAL (ou SEMIVOGAL) ou CONSOANTE. já deixaram muita gente com dúvida na hora de optar por uma ou outra forma. W será por vogal ser ou pronunciado como refere-se a um verbo) b) Mal entrou. • a) MAL x MAU Ela se houve mal na prova. O Cespe/UnB. o W normalmente é pronunciado como um V. (advérbio de modo. Nas palavras de origem U. destacá-los e formular a seguinte assertiva: “Nas linhas X e Y. pois normalmente é pronunciado como se fosse um I. (conjunção subordinativa adverbial. pode selecionar duas frases de um texto em que esses vocábulos aparecem. Nas palavras de origem alemã. show. os vocábulos Prof.br 9 . watt (uote). Albert Iglésia www. surgem em diversos textos. Wilson. por exemplo. será uma CONSOANTE: Walter. refere-se a um substantivo. certamente.com. Wagner. volta e meia. Isso é importante porque a banca examinadora pode sugerir o contrário. Passemos agora ao EMPREGO DE ALGUMAS EXPRESSÕES que. (adjetivo. waffle. windows. e. Selecionei para esta aula apenas alguns vocábulos que.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Já o Y será VOGAL ou SEMIVOGAL.

(conjunção coordenativa explicativa) c) Quero saber o porquê da sua falta. usado no início da oração. (a única diferença é que a frase interrogativa é indireta) c) Você não veio por quê? (agora a expressão aparece no final da frase. equivale-se a pelo qual) • a) PORQUE x PORQUÊ Não vim porque estava cansado. e o “que” é tônico) d) Quero saber o motivo por que você não veio. equivale-se a motivo. use a expressão separada. Albert Iglésia www. isso nem sempre será verdade. usado no início da oração.pontodosconcursos. equivale-se a por qual motivo.br 10 . (preposição + pronome relativo. indica circunstância de causa) b) Fique quieto. Como vimos anteriormente. (vem precedido de artigo. (conjunção subordinativa adverbial. causa) Atenção! Sempre que estiver diante de uma pergunta (direta ou indireta).com. • a) POR QUE x POR QUÊ Por que você não veio? (preposição + advérbio interrogativo.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA em destaque possuem a mesma classificação gramatical”. é substantivo. porque você está incomodando. Muito cuidado antes de responder. Quero que note ainda as diferentes classificações dos vocábulos que surgirão nos próximos exemplos. o “que” é átono) b) Quero saber por que você não veio. Prof. razão.

denota finalidade.com. (“Se” = conjunção subordinativa adverbial condicional.pontodosconcursos. equivale-se a sobre. porém) Essa pessoa só tem um senão. a respeito de) b) Os primeiros colonizadores surgiram há cerca de quinhentos anos. indica alternância de ideias que se excluem mutuamente) b) c) Não fazia coisa alguma. (locução prepositiva – “dos” = de + os –. mancha. iniciando uma oração. objetivo. varia em número para com ele concordar) b) Estudou muito. (adjetivo. (locução prepositiva. refere-se a um substantivo.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA • a) SENÃO x SE NÃO Estudem. Além disso. • a) ACERCA DE x A CERCA DE x HÁ CERCA DE Hoje falaremos acerca dos pronomes.br 11 . caso contrário. “não” = advérbio de negação) ATENÇÃO! É muito útil perceber que a expressão será separada apenas quando introduzir uma oração subordinada adverbial condicional. o “se” não pode vir solto após uma vírgula. a fim de tirar o primeiro lugar. (equivale-se a aproximadamente) • a) AFIM x A FIM DE Temos ideias afins. senão criticar. ficarão reprovados. (refere-se a acontecimento passado) c) Estamos a cerca de quatro meses da prova. (pode ser substituído por ou. Albert Iglésia www. é substantivo) d) Se não houver dedicação. mácula. (significa defeito. intenção) Prof. senão ficarão reprovados. (equivale-se a mas sim.

refere-se a substantivo) Prof. em razão sua regência. mas não foi aprovada. (pronome indefinido adjetivo. caso do verbo “vem”: “Donde” = de + por causa de sua regência. a preposição a. vem precedido de artigo) c) • a) Surgiram candidatos de mais. (conjunção coordenativa adversativa. na língua portuguesa não existe a contração nonde. equivale-se a outros. (locução que se contrapõe a de menos) ONDE x DONDE x AONDE Onde você está? (usa-se onde com verbo estático que pede a preposição em. refere-se a adjetivo. (advérbio de intensidade. a preposição de. (advérbio de intensidade. pouco.com.pontodosconcursos.br 12 . Albert Iglésia www. demasiadamente. em excesso) b) Eu estudo muito. caso da forma verbal “vai”: “Aonde” = a + onde) • a) MAS x MAIS Ela estudou muito. também Donde você vem? (usa-se com verbo de movimento que peça.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA • a) DEMAIS x DE MAIS Estudei demais. equivale- se a muito. (pronome indefinido substantivo. liga-se a um verbo. os demais. indicada por em + onde) b) onde) c) Aonde você vai? (usa-se com verbo de movimento que exige. outro advérbio ou verbo) c) Menos ódio e mais amor. conecta orações que guardam entre si ideias opostas) b) Ela era a aluna mais simpática da turma. bastante.

sem rumo certo. (locução adverbial de tempo. significa desprezível. confronto) A proposta da diretoria foi de encontro aos anseios dos funcionários. concordância) • À TOA (o novo Acordo retirou o hífen. refere-se a um substantivo. (substantivo. precedido por artigo.pontodosconcursos. indica maneira. Albert Iglésia www. (indica posição contrária. a diferença se dará pelo contexto) a) Ele era uma pessoa à toa. causando a morte de duas pessoas. (locução adverbial. abraçando-o. insignificante) b) Ele andava à toa na rua. sem fazer nada) • DIA A DIA (o novo Acordo aboliu o hífen. equivale-se a cotidiano) b) Os preços das mercadorias aumentam dia a dia. (sugere posição favorável.com. modo. (refere-se a acontecimento passado) Ela voltará daqui a um ano.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA • a) b) • a) HÁ x A Ele chegou da Europa há dois anos. equivale-se a diariamente) Prof. colisão. b) O filho foi ao encontro do pai. (refere-se a acontecimento futuro) DE ENCONTRO A x AO ENCONTRO DE O ônibus foi de encontro ao carro. (locução adjetiva invariável. sem valor. a esmo.br 13 . a diferença se dará pelo contexto) a) O dia a dia do operário brasileiro é desgastante.

sobre. com os 14 desonra. ultra. antirracista. Albert Iglésia pelo novo Acordo Ortográfico. anti-imperalista.pontodosconcursos. ultrassom.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA • a) TAMPOUCO x TÃO POUCO Não realizou a tarefa. minidicionário. Resumirei aqui os casos seguinte começa com h ou com vogal igual à última do prefixo: auto-hipnose. (tão = advérbio de intensidade. ante. -ondas. (advérbio de negação. mini-hotel autoanti-herói. autoanálise..br .. contra. -observação. supra. infra. a palavra autocontrole. autossustentável. mini. intra. antissocial. anti. Quando Agro. micro. extra. caem o h e o hífen: desumano. c) Prof. refere-se ao verbo) A respeito do EMPREGO DO HÍFEN. minissaia. Prefixos Usa-se hífen Não se usa hífen a) Em todos os demais casos: autorretrato. pouco = pronome indefinido adjetivo. alude a um substantivo) c) Estudamos tão pouco. refere-se a outro advérbio: pouco = advérbio de intensidade. inábil. antivírus. Também www. mega. semi. (tão = advérbio de intensidade. maxi. várias mudanças foram introduzidas importantes. micro- inabitável. tampouco apresentou qualquer justificativa. minirreforma. auto.. (perceba que as letras R e S são duplicadas). b) Quando se usam os prefixos dese in-. arqui.. tele. macro.com. equivale-se a também não) b) Tenho tão pouco entusiasmo pelo trabalho.

aquém. ex-hospedeiro. vice-presidente. Albert Iglésia www. ex. além-túmulo. reeditar.e re. ex-prefeito. inter-regional Quando Sub a palavra seguinte começa com b.caem o h e o hífen: coordenar. além-mar. sub-humano Sempre: vice-rei. recém. super a palavra seguinte começa com h ou com r: super-homem. h ou r: sub-base. sub-reino. proto-história. seguinte começa com h. supersônico Em todos os demais casos: subeditor subsecretário. Em todos os demais coabitar. pré-história. macro-história. Quando Hiper. inter. aquém-mar. sobre-humano. reeleição. n ou vogais: pan. super-homem. Exemplos: anti-higiênico. ultra-humano. usa-se o hífen diante de palavra iniciada por h. além. reabilitar. pré. sem. anti-histórico. pré-vestibular. ex-aluno. casos: hiperinflação. circum. pró-europeu.casos: circum. ex-presidente.com. pós. coerdeiro. mini-hotel. hospitalar Quero enfatizar as seguintes mudanças: 1 – Com prefixos.circuncisão Prof. mal a palavra todos os demais pansexual. pró pós-graduação. Vice. sem-terra Quando Pan. ex-diretor. Em americano. recém-casado.br 15 .pontodosconcursos. recém-nascido. m.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA prefixos co.

Observe os exemplos seguintes. super-reacionário. interescolar. Exemplos: aeroespacial. antiaéreo. coautor. super-racista.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA 2 – Não se usa o hífen quando o prefixo termina em vogal diferente da vogal com que se inicia o segundo elemento. autoescola. não se usa o hífen se o segundo elemento começar por vogal. superinteressante. semianalfabeto. interestadual. semiesférico. antieducativo. autoaprendizagem. semiopaco. Abaixo assinado – indivíduo que subscreve. Prof. inter-racial. super-resistente. extraescolar. EMPREGO DO HÍFEN NA COMPOSIÇÃO A regra geral para palavras compostas é que se deve empregar o hífen APENAS SE OS SEUS ELEMENTOS FORMADORES (palavras que formam o composto) PERDERAM SUA SIGNIFICAÇÃO INDIVIDUAL para que a palavra composta adquirisse um significado único. inter-regional. Abaixo assinado x abaixo-assinado Mesa redonda x mesa-redonda testa de ferro x testa-de-ferro Sem o hífen. coedição. supereconômico. super-romântico. autoestrada. 3 – Quando o prefixo termina por consoante. as palavras mantêm seu significado individual. plurianual. hiperativo. agroindustrial. anteontem. superexigente. superaquecimento. 4 – Quando o prefixo termina por consoante. sub-bibliotecário. infraestrutura.pontodosconcursos. autoinstrução. usa-se o hífen se o segundo elemento começar pela mesma consoante. Albert Iglésia www. semiaberto. que assina abaixo de um texto ou reivindicação. interestudantil. superamigo. Exemplos: hiper-requintado. interestelar. Exemplos: hiperacidez.com.br 16 . superotimismo.

mesa-redonda.br 17 . guarda-noturno. guarda-chuva. franco. Prof. nas quais o hífen é usado. mato-grossense. reduzidos ou não. adjetivo. seguidos por outros adjetivos pátrios. porta-retrato. repare que OS ELEMENTOS FORMADORES PERDEM SUA SIGNIFICAÇÃO INDIVIDUAL para que a palavra composta formada adquira um significado completamente novo. água-marinha. amor-perfeito. abaixo-assinado. médico-cirurgião. guarda-costas. euro. má-fé. verbo-nominal. Nas palavras compostas. decreto-lei. nos COMPOSTOS SEM ELEMENTO DE LIGAÇÃO (de. sino e outros adjetivos pátrios. norte-americano. Fique de olho agora nas regras estabelecidas pelo atual Acordo Ortográfico. joão-ninguém. o primeiro termo é um substantivo. 1. segundo-sargento. sobrinha-neta. ano-luz. Mesa-redonda – é uma reunião destinada a debater determinado assunto. serão grafadas com hífen: tenente-coronel. do etc. sempre-viva.com. Usa-se o hífen quando. indo. vaga-lume. anglo. beija-flor. Albert Iglésia www.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Mesa redonda – é uma mesa de formato redondo.pontodosconcursos. arco-íris. boa-fé. tio-avô. da. numeral ou verbo. luso. porta-aviões. segunda-feira. porta-moedas etc. As palavras iniciadas por afro. conta-gotas. zé-povinho. afro-brasileiro. sul-africano. amor-perfeito. azul-escuro.). primeiro-ministro. Abaixo-assinado – é o documento que normalmente contém um texto ou reivindicação assinada por várias pessoas.

bem-dizer. bem-vestido. luso-brasileiro. tico-tico. Os compostos em que há uso de apóstrofo no elemento de ligação entre as palavras também serão grafados com hífen: cobra-d'água. etc. recém. bem-humorado. sem uso do hífen: benfeitor. zás-trás. latino-americano etc. mestre-d'armas. benquisto. esses compostos se acomodam na primeira regra e. aquém-mar.pontodosconcursos. Tratando-se de nomes geográficos. bem-vindo. O novo Acordo Ortográfico não trata especificamente de compostos formados de palavras repetidas ou parecidas. 2. euro-afro-americano.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA afro-americano. sem-número. benfeitoria. pingue-pongue. mas. recém-casado. benquerer. reco-reco. mas indochinês se refere à Indochina. Grão-Pará. por analogia. olho-d'água. Emprega-se o hífen quando a primeira palavra for além. são hifenizados: blá-blá-blá. zigue-zague. sem-vergonha. bem e sem: além-mar. Em alguns casos. bem-estar. mãe-d'água. tique-taque. aquém. Prof. bem-nascido. enquanto centroafricano se refere à República Centroafricana. recém- nascido.br 18 . Observação: indo-chinês se refere à Índia e à China. xique-xique. Albert Iglésia www. o advérbio bem se junta à segunda palavra. euro-asiático. bem-mandado. bem-criado. zum-zum-zum. recém-eleito. bem-aventurado. greco-romano.com. por isso. lenga-lenga. emprega-se o hífen em qualquer dos casos abaixo: – iniciados por Grã e Grão: Grã-Bretanha. assim como centro-africano se refere à porção central da África. bem-visto. anglo-saxão. sem-terra.

Exceção: Guiné-Bissau Os adjetivos gentílicos.br 19 . dente-de-leão.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA – iniciados por forma verbal: Abre-Campo. bem-me-quer. vassoura-de-bruxa etc.com. Passa-Quatro.pontodosconcursos. QuebraCostas. Entre-os-Rios. Albert Iglésia www. Trásos-Montes. quando derivados de nomes compostos. erva-doce. (melindres. Cabo Verde etc. A ponte Rio-Niterói. bem-te-vi. serão hifenizados: belo-horizontino (Belo Horizonte) cabo-verdiano (Cabo Verde) americano-do-sul (América do Sul) mato-grossense (Mato Grosso) mato-grossense-do-sul (Mato Grosso do Sul) juiz-forano (Juiz de Fora) cruzeirense-do-sul (Cruzeiro do Sul) 3. Os demais nomes geográficos compostos grafam-se sem hífen: América do Sul. Quebra-Dentes. feijão-verde. O hífen também é empregado em nomes compostos de espécies botânicas e zoológicas: Andorinha-do-mar. o hífen não será usado. – ligados por artigo: Baía de Todos-os-Santos. Belo Horizonte. fava-de-santo-inácio. coco-da-baía. lesma-de-conchinha. joão-de-barro. que são adjetivos que se referem ao local de nascimento. frescuras) O hífen também é usado para ligar palavras que se combinam para formar encadeamentos vocabulares. não-me-toques (espécie de planta) Ela é cheia de não me toques. ATENÇÃO! Se o significado da palavra composta for outro. Prof. couveflor.

a palavra deve ser escrita com u: mau. Como adjetivo que qualifica um substantivo. contrário de bom. parte.br 20 . Ela voltará daqui há um ano. teatral ou cinematográfico. a divisa Liberdade-Igualdade-Fraternidade. certo? A preposição em negrito deve ser empregada antes do advérbio interrogativo: Aonde você vai? Alternativa E: errada. Vamos dar uma pausa na parte teórica e resolver alguns exercícios. Se a intenção fosse dar uma resposta. Alternativa C: errada. divisão de um todo. Prof. Com ç significa porção. A forma há estaria bem empregada caso a intenção fosse indicar tempo decorrido. a liga Itália-França-Alemanha. Notou o verbo de movimento vai? Quem vai vai a algum lugar. Albert Iglésia www. Exemplo: Ele voltou há um ano.com. o acordo Brasil-Inglaterra. Depois retomaremos as explicações detalhadamente. Com ss quer dizer cada apresentação de um espetáculo musical. também pode indicar o tempo em que uma assembleia se mantém em reunião. Alternativa B: errada. a expressão é separada e sem acento: Por que.pontodosconcursos. No início de pergunta. Era um mal jogador de futebol. (Consulplan/2010/Prefeitura de Santa Maria Madalena-RJ/Agente Administrativo) Assinale a afirmativa grafada corretamente: a) b) c) d) e) Lemos a notícia na seção de esportes.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA o trecho Paraná-Goiás. Não confunda seção com sessão. a grafia correta é a. Alternativa D: errada. No caso. 1. Onde você vai? Porque ele faltou à reunião? Comentário – Alternativa A: certa.

Preste atenção: cabeleireiro = aquele que. pus. seção = porção. Deu apenas dez reais ao cabeleiro. mas não z: quis. (Consulplan/2010/Prefeitura de Campo Verde-MT/Técnico de Informática) Assinale a afirmativa que se encontra grafada INCORRETAMENTE: a) b) c) d) e) Ele quis analisar os fatos.pontodosconcursos. parte. Note a diferença: cessão = ato ou efeito de ceder algo em favor de outrem. Com o intuito de finalizar o trabalho. tudo bem. Resposta – A 2. cedência. divisão de um todo. corta. Compare: final > finalizar. O sufixo –izar é usado na formação de verbos derivados de palavras que não possuem a letra s na parte final.br 21 . Comentário – Incorretamente grafada está a palavra “cabeleiro” (letra E). cabeleira: conjunto dos cabelos da cabeça quando compridos e abundantes. Uma oração interrogativa indireta (“por que discutimos”) é subordinada a outra principal (“Não sei”). Não sei por que discutimos. Resposta – E Prof. Alternativa D: correta. Alternativa A: correta. Exemplo: Por que ele faltou à reunião? Porque adoeceu.com. cedimento. Albert Iglésia www. Alternativa C: correta. a expressão por que deve ser escrita separadamente. Os verbos querer e pôr admitem s. apontar uma causa. aviso > avisar. A cessão de terras compete ao Estado. ele saiu. Mesmo nas interrogações indiretas. teatral ou cinematográfico – também pode indicar o tempo em que uma assembleia se mantém em reunião. quisesse. pusesse etc. sessão = cada apresentação de um espetáculo musical. Alternativa B: correta. por profissão. penteia e trata cabelos de outrem.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA fornecer uma explicação.

Considere ainda o fato de a questão ter sido elaborada em 2008.br 22 . Eles sempre demonstram idéias afins durante a discussão. Resposta – D Prof. Albert Iglésia www. Porque milhares de pessoas estão desaparecidas? Observamos muitos exemplos de conduta e disciplina. Comentário – Eu chamei sua atenção para o fato de que o “se” não pode vir solto após uma vírgula.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA 3. O correto é separado e sem acento: Por que. lembra? Note também que é possível empregar ou e caso contrário no lugar do “se não”. indique a opção em que há INCORREÇÃO ortográfica: a) b) c) d) e) Os primeiros colonizadores surgiram há cerca de quinhentos anos. Ele deverá chegar a tempo.pontodosconcursos. Há pessoas que perderam familiares e tudo o que construíram. (Consulplan/2008/TRE-RS/Técnico Administrativo) De acordo com o contexto da oração. Resposta – E 4. Isso tudo comprova que a grafia correta para o caso é senão. Somos formiguinhas correndo pelo globo terrestre. se não ninguém poderá ajudá-lo. Comentário – Você percebeu que a quarta opção corresponde a uma pergunta? Portanto não faz sentido escrever “Porque” junto. quando o único sistema ortográfico em vigor exigia o uso do trema em “eloqüente” e do acento agudo em “idéias”. iniciando uma oração. Haverá uma palestra acerca das conseqüências do desmatamento. Estudou muito a fim de ser o primeiro colocado. (Consulplan/2011/Município de Londrina/Agente de Gestão Pública) Assinale a afirmativa grafada INCORRETAMENTE: a) b) c) d) e) A mãe Terra resmunga em desabamentos e furacões.com.

. (terceira pessoa do singular do presente do indicativo). Alternativa E: incorreta. O verbo querer não admite a letra z: quis.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA 5. O verbo irregular presentear segue a conjugação do verbo passear como modelo: a família passeia. A família presenteam o idoso no aniversário dele. a) b) c) d) e) Os jovens têm a presunção de abusarem dos idosos. para assombro de todos. Destaque para o acento circunflexo diferencial na forma verbal “tem”. (FCC/2009/TRT 16ª Região/Técnico Judiciário) A frase em que há palavras escritas de modo INCORRETO é: a) A aridez que sempre caracterizou as paisagens do Nordeste brasileiro aparece agora. b) Alguns estudiosos reagem com sensatez às recentes explicações. (Consulplan/2011/IBGE/Agente de Pesquisas por Telefone) Assinale a alternativa em que todas as palavras apresentam a grafia correta. Os familiares puzeram o velhinho na Casa de Repouso. considerando se o papel da bomba biótica é realmente crucial na circulação do ar. O que eu disse acima também vale para o verbo pôr: pus..com. quisera. pusera. pusesse etc. Comentário – Alternativa A: correta. na região Sul.. Os cidadãos devem reinvindicar bons salários para os aposentados. Resposta – A 6.br 23 .. Alternativa B: incorreta. O filho carinhoso quiz cuidar do velho pai até a morte. comprometendo as safras de grãos. Prof. que está flexionada na terceira pessoa do plural. a família presenteia. Albert Iglésia www. Alternativa D: incorreta.pontodosconcursos. Alternativa C: incorreta. O novo Acordo não o aboliu. Você deve continuar usando-o. A palavra reivindicar não possui aquele “n” antes da letra “v”. quisesse etc.

como se viu. o ar úmido resultante da evaporação da água do oceano é puxado para o continente. a preservação das florestas torna-se essencial para garantir a qualidade de vida em todo o planeta.br 24 . Resposta – D 7.com. pode transformar um continente em um estenso e inabitável deserto. desordenado. distribuindo a chuva ao redor do planeta. espaçoso. Veja outro exemplo da aplicação dessa palavra: Ministério Público quer reprimir o uso indiscriminado de agrotóxicos na capital e no interior de Sergipe. desregrado). A permanência e a gravidade dos desdobramentos da crise financeira deicham dúvidas e originam expeculações em todo o mundo. sem critério. em enormes prejuízos. vasto). sem ordem. (FCC/2009/PGE-RJ/Técnico Assistente de Procuradoria) Todas as palavras estão escritas corretamente na frase (não estão sendo consideradas as alterações que passaram a vigorar recentemente): a) b) c) d) Intervensões governamentais massiças e até agora sem precedentes não conseguiram conter os impactos da crise financeira em diversos países. Albert Iglésia www. A excessiva circulação de instrumentos financeiros imbutia imenço potencial de perigos redundando. Veja outra aplicação desse palavra: planície extensa. e) Com ventos mais próximos ao mar. descontrolado. Prof. amplo. Comentário – A alternativa D apresenta dois problemas. O desmatamento indescriminado. que reduz os índices de chuvas e altera o ciclo das águas.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA c) d) Se for comprovada a correção da nova teoria. que deve ser escrito com x: extenso (= que tem (grande) extensão. A ganância por lucros cada vez maiores fez com que os riscos dos investimentos crecessem esponencialmente no mercado financeiro. A palavra “indescriminado” deve ser grafada assim: indiscriminado (= sem controle. O segundo erro está na grafia do vocábulo “estenso”.pontodosconcursos.

Com S no lugar do “x” é a correta forma de escrever o substantivo especulações. a segunda. com C no lugar do “ss": maciças. O verbo é escrito com E inicial: embutia. opõese à concisão das normas que vijem de modo implícito na sociedade sudanesa. revoltar(-se). No advérbio. Vamos corrigi-la: deixam (com X). Já o adjetivo é grafado com S no lugar do “ç”: imenso. o “s” deve dar lugar ao X: exponencialmente. Alternativa B: note o uso incorreto do dígrafo “ch” após o ditongo “ei” na palavra “deicham”. A lengalenga de leis. (FCC/2004/TRT 22ª Região (PI)/Analista Judiciário – adaptada) Quanto à ortografia. Alternativa C: há aqui dois erros sequenciais: “crecessem esponencialmente”.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA e) O êxito das resoluções tomadas em outros países depende de um maior controle das instituições financeiras. Comentário – Alternativa A: as palavras “Intervensões” e “massiças” estão erradas. A primeira grafa-se com Ç no lugar do “s”: intervenções.pontodosconcursos.com. em que se vão transformando nossos códigos.br 25 . o que atinge interesses múltiplos e provoca resistência. ou seu(s) representante(s). Comentário – Grafa-se com G o verbo insurgir (= rebelar(-se) contra a ordem estabelecida. faltou a letra “s” para compor o dígrafo SC: crescessem. e não com Z. Resposta – E 8. Albert Iglésia www. Alternativa D: outra sequência de erros: “imbutia imenço”. percebeu? No verbo. insubordinar(Prof. Observe a forma correta de grafar a palavra “êxito”: com X. julgue as alternativas abaixo: a) b) Nós não nos insurjimos contra esse despropositado aparato de leis porque não temos quaisquer convicções quanto aos nossos fundamentos morais. Alternativa E: sem erros ortográficos.

revolucionar(-se)). todavia. (FCC/TRT-19ª Região/Analista Judiciário/Arquivologia/2011) Quanto à ortografia. Albert Iglésia www. 10. Recomendação semelhante vale também para o verbo viger (= vigorar).LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA se). a classe E deixe de existir. Em suas flexões. a partir da distribuição de riqueza por meio da geração de milhões de novos empregos. deve ser escrita com Ç. Também não está certa a palavra “arroula”. Por derivar de uma palavra que possui T no radical. mas vem ocasionando também uma elevação na taxa de inadimplência.. Resposta – Itens errados.com. c) Alguns especialistas vêm disseminando a teoria de que..pontodosconcursos. exceto diante de A ou O: nós nos insurjamos. A forma adequada é “arrola” (= incluir em uma lista). b) Milhões de pessoas têm sido beneficiadas com o crescimento econômico que se vê no país..br 26 . algo que há poucos anos não pareceria factível.para que a lei vija. também no presente do subjuntivo: . Resposta – Item errado. (FCC/2008/TRF 5ª Região/Analista Judiciário) Todas as palavras estão corretamente grafadas na frase: Algumas pessoas não admitem hesitação ou abstensão. tem ocorrido. eu me insurjo. 9. Prof. saltando da classe D para a C.. há INCORREÇÕES na frase: a) O crescimento da classe C tem tido uma importância incomensurável para o comércio. o que é perturbador. tal letra deverá ser mantida. quando nos inquirem: você se arroula entre os pessimistas ou entre os otimistas? Comentário – A grafia correta é abstenção (= ação ou resultado de abster-se). Tradicionalmente considerado verbo defectivo.

11.37-40) No trecho acima. Resposta – E. a) b) c) d) e) Finalmente o enxadrista deu o xeque-mate. (FGV/2008/Senado Federal/Analista de Sistemas) “Em primeiro lugar. o povo dará um cheque à corrupção. Comentário – Erradas estão as palavras “ascenção” e “expresivo”. repreender > repreensão. Comentário – Alternativa A: no jogo de xadrez. para que o som não seja de z. Assinale a alternativa em que não se tenha mantido correção gráfica ao utilizar a palavra destacada. teve de pedir um cheque avulso.” (L. Albert Iglésia www. Deixe que eu cheque a lista de passageiros. e) Sabe-se que a ascenção da classe D tem proporcionado um aumento expresivo do consumo de bens duráveis.pontodosconcursos. sem interferências externas. de acordo com o sentido pretendido no texto. Com ética e consciência cidadã.br 27 . na última alternativa. na alocação dos recursos.com. como vêm sendo chamados os novos integrantes da classe C. lance em que o rei recebe ameaça indefensável. não estão em xeque as inegáveis e insubstituíveis virtudes que os mercados possuem quando funcionam de maneira mais livre. Prof. o que pode acelerar sobremaneira esse mercado.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA d) Os “consumidores emergentes”. A primeira é escrita com s em vez de ç: asecensão. grafou-se corretamente a palavra xeque. Chegou em visita ao Congresso o xeque árabe. Já a palavra expressivo é escrita com ss. A palavra grafa-se com X. ainda têm dificuldade em poupar e adquirem grande parcela de produtos a crédito. Porque estava sem talão. É assim que se comportam as palavras derivadas daquelas que possuem (n)d: ascender > ascensão.

Ele esperava saber por que. Assinale a alternativa em que isso NÃO tenha ocorrido. sua habilidade não era valorizada. xeque (com X) representa um acontecimento que põe fim a uma situação. naquele departamento. Alternativa D: significa ordem de pagamento por meio de documento fornecido por um banco a quem nele tem conta. que equivale a dinheiro. Porém a grafia xeque (com X) também significa soberano entre os árabes. Grafa-se com CH. além da realização pessoal na vida profissional. discutir mais profundamente. mas tentamos. Porque nossa habilidade não era valorizada não íamos demonstrá-la? Não conseguimos saber por quê. calamo-nos. verificar. o erro. (FGV/2010/Codesp/Advogado/2010) O aproveitamento das oportunidades que estão surgindo é valioso porque.63-67) No trecho acima. Albert Iglésia www. em se falando de habilidades.pontodosconcursos. Alternativa C: alguém pode ter ficado em dúvida. a) b) c) d) e) Sem ter por quê. (L. Vamos destacar as habilidades por que somos conhecidos. Naturalmente ele tentou complicar um pouco as coisas para os candidatos. com CH.br 28 . Comentário – O examinador quer que apontemos o emprego incorreto. Eis. pois o mais comum é a palavra ser grafada xeique. Fique atento! Prof. Significa examinar. é um atalho para melhora dos níveis de renda e de bem-estar de fatias cada vez maiores da população brasileira. conferir. empregou-se corretamente uma das formas do porquê. portanto. Resposta – B 12. Alternativa E: derivado do verbo checar.com.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Alternativa B: em sentido figurado.

que estabelece uma relação de causa e efeito entre as oraçãoes que articula. Vamos reorganizar o quebra-cabeça: “Não íamos demonstrá-la porque nossa habilidade não era valorizada?”.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Alternativa A: a grafia correta é “por que” (= por qual motivo). enfatizarei as regras novas. Emprego correto. Novamente.) sua habilidade não era valorizada” denuncia uma pergunta indireta (as indagações indiretas normalmente são orações subordinadas [objetivas diretas] a outra oração principal). no timbre da Prof. O emprego está correto. Primeiro ele escreveu a oração subordinada causal e depois a oração princial. Emprego correto.por que (.pontodosconcursos. vamos falar sobre acentuação gráfica.. Emprego correto. Alternativa E: agora o “quê” (que também complementa o sentido de um verbo transitivo direto) é tônico e deve. baseiam-se na posição da sílaba tônica. pois o examinador inverteu a ordem natural das orações. Resposta – A Acentuação Gráfica A partir de agora. Alternativa C: repare que a trecho “. Albert Iglésia www. por isso.br 29 . Comecemos assim: REGRAS GERAIS DE ACENTUAÇÃO GRÁFICA O propósito delas é sistematizar a leitura das palavras de nossa língua. a expressão vem em final de orações interrogativas (diretas ou indiretas).com. Tudo da forma mais clara e objetiva possível. Alternativa B: troque “por que” por pelas quais e ateste que estamos diante de preposição + pronome relativo... assim sendo. Mesmo sendo uma frase interrogativa. repare que o “porque” é uma conjunção causal. ser acentuado. Separada e com acento. Alternativa D: aqui você precisa de um pouquinho mais de atençaõ. que também é mais um tópico do programa..

pôs + os = pô-los. Ã(S). / Pisaram o meu pé. ions. N. R. não serão acentuados: pressentir. jóquei. vírus.: cajá. íon. cipó. cafés. essas consoantes são suprimidas. ÃO(S). mártir. S ou Z e seguidas por pronomes oblíquos átonos A(s) ou O(S). salvo se estiverem em hiato. Albert Iglésia www. ímã. história. não estiverem. E(S) ou O(S) Ex. órgão. US. X.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA vogal. íris. eles serão acentuados: pré-técnico. DITONGO Prof. armazéns usa-se o acento CUIDADO! Os vocábulos oxítonos terminados por I ou U não serão acentuados. gênio. sótãos. E(S).br 30 . bíceps. O(S).com. Quando prosseguir. UNS. / Ninguém ficará só.pontodosconcursos. ENS: Ex. Ex. látex. UM. CUIDADO! Quando os prefixos PRÉ e PRÓ vierem separados por hífen. Ex. o acento é empregado naqueles 2 – OXÍTONOS (a sílaba tônica da palavra é a última) quando terminarem em A(S). amável. L. Em relação aos vocábulos: 1 – MONOSSÍLABOS TÔNICOS terminados por A(S). PS. as vogais A. são acentuados aqueles que terminam em I(S). EM.: Bangu – Grajaú // dividi-lo – construí-lo 3 – PAROXÍTONOS (a sílaba tônica é a penúltima) ORAL. fez + a = fê-la. nos padrões prosódicos menos comuns da língua.: Elas são más. armazém. álbuns. médium. abdômen. órfãs. Nas formas verbais terminadas em R.: júri. E ou O da terminação verbal recebem acento gráfico e os pronomes oblíquos átonos A(S) ou O(S) recebem a letra “L”: dar + o = dá-lo. pró-labore. vôlei.

ainda que constituam a sílaba tônica. Ex. Z ou vierem seguidas de NH. hifens (mas: hífen ou hífenes). veem. cântico. REGRAS ESPECIAIS DE ACENTUAÇÃO GRÁFICA (note as mudanças todos são introduzidas pelas novas regras) 1 – HIATOS a) Não se acentua mais a primeira vogal dos hiatos OO. super-homem. 4 – PROPAROXÍTONOS (a sílaba tônica é a antepenúltima) acentuados.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA CUIDADO! Não serão acentuados os vocábulos paroxítonos terminados por EM ou ENS: item. Prof. país. saúde. N. lâmpada. as vogais I e U não ocupam a segunda posição do hiato. deem. a-in-da. Compare com mia.: histórico. sozinhas ou acompanhadas de S. hífenes. b) Acentuam-se as vogais I(S) e U(S). CUIDADO! Se as vogais I ou U formarem sílabas com L. mas até 31/12/2012 é possível usá-lo (vôo.pontodosconcursos. polens (mas: pólen ou pólenes) Os prefixos paroxítonos terminados por I ou R não serão acentuados: semi-histórico.br 31 . M. pólenes.: saída.). quando formam a sílaba tônica e ocupam a segunda posição do hiato. ju-iz. sa-ir. crêem etc. baús. nua. dar. ler e ver) ATENÇÃO! De acordo com as novas regras. ru-im. o acento circunflexo deixa de existir. lua.: voo. não haverá acento gráfico: pa-ul. Ex. creem. R. ra-i-nha. leem. Nessas palavras. itens. Ex. incluí-lo.com. enjoos. EE. Albert Iglésia www. via. (3ª pessoa do plural dos verbos crer.

arguir. Ressalto que até 31/12/2012 você decidirá se quer ou não usar o acento: baiúca. herói. céu.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Se as vogais I ou U formarem hiato com uma vogal idêntica. por exemplo. GUI. ATENÇÃO! Conforme as novas regras. Casos como esse não foram atingidos pelas mudanças ortográficas.com. não levarão acento: baiuca. QUI de verbos como averiguar. enxaguar.br 32 . se essas vogais surgirem após ditongos e a palavra for paroxítona.: chapéu. Observe que. não se usará acento gráfico: xi-i-ta. aguentar/agüentar etc. OI: deixam de receber acento agudo quanto tônicos. Ex. 2 – DITONGOS a) EU. Repito: até 31/12/2012 estaremos no período de transição. su-cu-u-ba (nome de uma planta). feiura. agora. 3 – GUE e QUI ATENÇÃO! O trema foi abolido pelas novas regras. va-di-i-ce. mas o recebem quando a palavra for oxítona ou monossílaba tônica. a vogal tônica I ocupa a última posição. a palavra é oxítona. QUE. EI.pontodosconcursos. feiúra. Portanto até lá ainda é possível escrever jibóia. apaziguar. Albert Iglésia www. Prof. ou seja. jiboia. tranquilo/tranqüilo. sendo aceitas as duas formas: linguiça/lingüiça. Também o foi o acento agudo no U tônico dos grupos GUE. assembléia etc. ATENÇÃO! Ressalto que até 31/12/2012 é facultativo recorrer ao novo Acordo Ortográfico. com o vocábulo Piauí. redarguir. Interessante é o que acontece. O acento só surgirá se a palavra for uma proparoxítona: fri-ís-si-mo. abertos e como sílabas tônicas de palavras paroxítonas. assembleia.

br 33 .pontodosconcursos. fé. Obviamente. se a forma verbal empregada é TÊM. salvo algumas exceções. E(S) e O(S) recebem acento: má. Albert Iglésia www. As bancas gostam de explorar o motivo do acento nos pares detém/detêm. foi abolido. a “pegadinha” é outra. continue a usá-lo. Fique atento para esse detalhe. É muito comum as bancas examinadoras explorarem questões envolvendo esses verbos. nó. mantém/mantêm. que estão destacadas abaixo. Lembre-se de que apenas as terminações A(S). todos derivados dos verbos TER e VIR.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA 4 – ACENTO DIFERENCIAL (com a vigência das novas regras. todavia o período de transição – que vai até 31/12/2012 – dá-nos a faculdade quanto ao uso) Ele tem – eles têm (verbo TER na 3ª pessoa do plural do presente do indicativo) Ele vem – eles vêm (verbo VIR na 3ª pessoa do plural do presente do indicativo) ATENÇÃO! Repare que as formas TEM e VEM constituem monossílabos tônicos terminado por EM. Repare que a forma correspondente à terceira pessoa do singular recebe acento AGUDO em virtude de ser uma Prof. Atente ainda para o fato de o acento circunflexo (diferencial) não ter sido abolido desses verbos nem de seus derivados. Ele detém – eles detêm (verbo DETER na 3ª pessoa do plural do presente do indicativo) Ele provém – eles provêm (verbo PROVIR na 3ª pessoa do plural do presente do indicativo) ATENÇÃO! Agora. por exemplo. um sujeito no singular à forma verbal TÊM (com acento circunflexo mesmo) e perguntam se a concordância está correta. provém/provêm. Portanto. Elas relacionam.com. o sujeito deve ser representado por um nome plural.

Fôrma (substantivo = molde) Forma (substantivo = disposição exterior de algo) ATENÇÃO! É facultativo o uso do acento circunflexo para diferenciar as palavras forma/fôrma.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA oxítona terminada por EM. Em alguns casos.br 34 Prof. Pôr (verbo) Por (preposição) ATENÇÃO! O novo acordo também não aboliu o acento diferencial de PÔR. Albert Iglésia . Já a forma correspondente à terceira pessoa do plural recebe acento CIRCUNFLEXO para diferenciar-se do singular. É sempre bom lembrar que o novo Acordo Ortográfico está em vigor e que a Academia Brasileira de Letras já lançou oficialmente o novo VOLP. ótima. úteis www. Você deve usá-lo. Você deve usá-lo. 13. Portanto nada impede que a banca examinadora exija de você conhecimentos sobre ele.com. o uso do acento deixa a frase mais clara: Qual é a forma da fôrma do bolo? Vamos agora a mais uma bateria de exercícios. (Consulplan/2008/SDS-SC/Técnico de Informática) A alternativa em que o uso do acento gráfico obedece à mesma regra é: a) pêlo.pontodosconcursos. Pôde (3ª pessoa do singular do pretérito perfeito do indicativo) Pode (3ª pessoa do singular do presente do indicativo) ATENÇÃO! O novo acordo não aboliu o acento diferencial de PÔDE.

Caí. notícia. Albert Iglésia . EI e OI tônicos e abertos. sim. E e O. Na alternativa E. chapéu obedece à regra dos ditongos (e não das oxítonas!) EU. biguá chapéu. de-lí-cia. (Consulplan/2007/Chesf/Analista de Sistemas) As palavras mês. até. Além disso. possível. última. respectivamente. sofá. enquadra-se na regra das oxítonas. A palavra vocês. Aí recebe acento em virtude da regra dos hiatos (letra I ou U tônica e como segunda vogal do hiato). Compare com pelo (contração da preposição per e do artigo o). já. Ásia óleo. saúde. Resposta – C 14. Na alternativa D.pontodosconcursos. recebem acento pelo mesmo motivo que: a) b) c) d) e) Baú. vocês. está e água. ausência. Nós. ótima. aí Comentário – Somente as três palavras da terceira opção são acentuadas pelo mesmo motivo: são paroxítonas terminadas em ditongo oral: ó-leo.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA b) c) d) e) óleo. Na alternativa A.br 35 Prof. já enquadra-se nas regras das palavras monossílabas terminadas em A. canário. O sistema ortográfico que entrou em vigor dia 1º de janeiro de 2009 aboliu esse acento diferencial. a palavra ótima é proparoxítona: ó-ti-ma (lembre-se de que todas são acentuadas). cílio. Pés.com. penugem. delícia aliás. Á-sia. Até. www. Ásia. será. a palavra pêlo (filamento – cabelo. já. pestana – que nasce em certas partes da pele do corpo do homem e dos mamíferos em geral) recebeu acento diferencial.

(Consulplan/2007/Chesf/Programador de Computador) “Mas dava essa impressão de coisa antiga. Árvore.” A mesma regra de acentuação que vale para mistério vale também para: a) b) c) d) e) Ruídos. E(S) e O(S). Idéia. assim como até. Albert Iglésia www. deve receber acento.com. o acento foi empregado porque a letra I representa a segunda vogal do hiato e é tônica. Última. Comentário – As palavras mistério e índio são acentuadas porque são paroxítonas terminadas em ditongo oral: mis-té-rio. E(S) e O(S). Alternativa A: baú enquadra-se na regra dos hiatos (letra I ou U tônica e como segunda vogal do hiato). ca-ná-rio). Índio. Resposta – C 15. Alternativa D: na palavra caí. Alternativa E: também a palavra saúde é acentuada tendo em vista a regra dos hiatos. Poderíamos. Possível é paroxítona terminada em L. Prof. assim como canário (á-gua. Alternativa B: Até observa a regra das oxítonas terminadas em A(S).LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Comentário – A palavra mês é acentuada por causa da regra das monossílabas tônicas terminadas em A(S). esse mistério remoto. Água obedece à regra das palavras paroxítonas terminadas em ditongo oral. como todas as palavras proparoxítonas. E(S) e O(S). ín-dio. E(S) e (O).pontodosconcursos. assim como nós. Está enquadra-se na regra das oxítonas terminadas em A(S). Já recebe acento por causa da regra das monossílabas terminadas em A(S).br 36 .

País e construídas enquadram-se na regra dos hiatos (letra I ou U tônica e como segunda vogal do hiato). Alternativas C e E: árvore e poderíamos são proparoxítonas e. por isso deve receber acento. De acordo com ele. País – característica – construídas. Responsáveis – indústria – será.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Alternativa A: em ruídos. Albert Iglésia www. Comentário – Alternativa A: responsável é paroxítona terminada em L e destoa das proparoxítonas energético e década. Resposta – B 16. mas será é oxítona terminada em A(S). os ditongos tônicos e abertos EU. Conforme o novo acordo ortográfico. óleo é paroxítona terminada em ditongo.br 37 . Alternativa D: atrás é oxítona terminada em A(S). Alternativa D: cuidado! Na época do concurso só havia um sistema ortográfico em vigor. Média – petróleo – dependência. pe-tró-leo. EI e OI deveriam ser acentuados: idéia.com. Alternativa C: todas são paroxítonas terminadas em ditongo: mé-dia. por isso. de-pen-dên-cia. Compare: herói/heroico. Alternativa E: responsáveis e indústria são paroxítonas terminadas em ditongo oral.pontodosconcursos. devem ser acentuadas. (Consulplan/2006/INB/Analista de Sistemas) A alternativa em que as três palavras são acentuadas pela mesma razão é: a) b) c) d) e) Energético – década – responsável. Alternativa B: característica é proparoxítona. a letra I representa a segunda vogal do hiato e é tônica. esses ditongos não serão mais acentuados em palavras paroxítonas. gás é monossílaba terminada em A(S). Prof. assembléia etc. Atrás – óleo – gás.

são considerados acentos o agudo (´).com. Será e pântano. Apenas as palavras será e dicionários receberam acento pelo mesmo motivo. respectivamente.br 38 . dicionários e pântanos são acentuadas por motivos diferentes. O til da palavra coração também pode ser considerado um sinal de acentuação. Alternativa B: errada. Comentário – Alternativa A: errada. por exemplo. Apenas as palavras pântano e dicionários receberam acento pelo mesmo motivo. Alternativa C: errada. Dicionários é palavra paroxítona terminada em ditongo. Já vimos o motivo da acentuação da palavra será. Albert Iglésia www. são oxítona terminada em A(S) e proparoxítona.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Resposta – C 17. o circunflexo (^) e o grave (`).pontodosconcursos. Será. Prof. Entre as notações léxicas. (Consulplan/2008/TRE-RS/Técnico Administrativo) A respeito das palavras acentuadas no texto é correto afirmar que: a) b) c) d) e) Todas as palavras receberam acento pelo mesmo motivo. O til é usado sobre as vogais a e o para indicar nasalidade.

concluímos que os motivos são diferentes.” ficando assim: “O fragrante descaso. Alternativa C: incorreta. Estaria correta a frase se substituir “flagrante” por “fragrante” na frase que inicia o 4º§. pelas mesmas razões que “próprios”. “civilizatório” são acentuadas. A palavra “espírito” recebe acento por ser proparoxítona.. Albert Iglésia www.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Alternativa Resposta – E 18. As palavras “além” e “ninguém” é que são acentuadas pelo mesmo motivo: oxítonas terminadas em EM.br 39 D: errada. respectivamente. Semelhantemente. “ninguém”. à acentuação gráfica. “O flagrante descaso com o bem público. as palavras “civilizatório” e “próprios” também seguem a mesma regra de acentuação gráfica: paroxítonas terminadas em ditongo oral. Alternativa B: correta. .com. “O flagrante descaso com o bem público. evidente. (Consulplan/2011/Município de Londrina-PR/Administrador – adaptada) “Civilizatório” e “espírito” têm acento gráfico obedecendo à mesma regra de acentuação. Comentário – Acentua-se “Civilizatório” por ser palavra paroxítona finalizada em ditongo oral. As palavras destacadas são sinônimas. (Consulplan/2011/Município de Londrina-PR/Administrador – adaptada) Assinale a alternativa correta quanto à ortografia...pontodosconcursos.. 19. ao vocabulário usado no texto: a) b) c) As palavras “além”. Depois de termos analisado as alternativas A e C..” Comentário – Alternativa A: cuidado! A palavra “respectivamente” tornou o item errado.. Resposta – Item errado.” A palavra grifada pode ser substituída por “desdém” mantendo o sentido. ato ou fato observado ou comprovado no momento Prof. O vocábulo “flagrante” indica aquilo que é notório.

“. (Consulplan/2010/Prefeitura de Mossoró/RN/Guarda Civil Municipal – adaptada) Analise a alternativa abaixo quanto ao aspecto gramatical. é: monossílaba tônica.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA mesmo em que ocorre. 22.. Resposta – C 21. (Consulplan/2011/Município de Londrina-PR/Agente de Gestão Pública) A acentuação das palavras encontra-se corretamente justificada.pontodosconcursos... surgem tendências político-partidárias querendo diminuir a competência na área de. nenhuma paroxítona terminada em “em” é acentuada. Comentário – As paroxítonas possuem a penúltima sílaba tônica. Fragrante é o mesmo que bom odor. Comentário – Sim. também: paroxítona terminada em “em”. EXCETO em: a) b) c) d) e) vítimas: proparoxítona.. cheiroso. não a última. está: oxítona terminada em “a”. lágrimas: proparoxítona. Albert Iglésia www.br 40 . (Consulplan/2010/Prefeitura de Mossoró/RN/Guarda Civil Municipal) Há ERRO de grafia na seguinte alternativa: Prof.” 5º§ as palavras grifadas obedecem à mesma regra quanto ao uso do acento gráfico. cheiro suave. Resposta – B 20. elas são paroxítonas terminadas em ditongo oral. Resposta – Item certo. Essa justificativa é das oxítonas.com. Além disso. perfumado.

As Guardas Municipais devem atuar com outros órgãos no combate à violência..LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA a) As Guardas Municipais vem contribuindo na erradicação da violência.com. Conjugados na terceira pessoa do plural.]. há algum tempo têm [. Comentário – Os dois primeiros são acentuados por serem proparoxítonos (qui-lô-me-tro / em-ble-má-ti-co). O novo Acordo não o aboliu. ou seja. Você percebeu ainda o verbo há no lugar da preposição “a”? Isso ocorreu porque o sentido expresso é de tempo passado. Resposta – A 23. Resposta – Item errado. Comentário – A primeira opção já apresenta problemas. Há alguns empecilhos para a atuação eficiente das Guardas Municipais.br 41 . 24. os verbos ter e vir devem receber acento circunflexo para serem diferenciados da terceira pessoa do singular: As Guardas Municipais vêm contribuindo [..pontodosconcursos. a algum tempo tem. Albert Iglésia www. (Cespe/2011/Correios/Agente de Correios – adaptada) Os vocábulos “quilômetros”.]. de maneira significativa. Judiciário/Taquigrafia) Os vocábulos “analítica” e “teríamos” recebem acento gráfico com base na mesma regra Prof. “picolé” é oxítona terminada em E. (Cespe/2011/TJ-ES/Analista de acentuação. Todos se veem reféns dos criminosos.. b) c) d) e) É um privilégio trabalhar para garantir a segurança pública e obter sucesso.. trabalhado junto com organizações policiais. “emblemático” e “picolé” são acentuados de acordo com a mesma regra de acentuação gráfica.

Albert Iglésia www.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Comentário – Sim.com. o acento gráfico empregado na forma verbal “têm” (L. 25. os dois acentos são usados porque as palavras são proparoxítonas (todas são acentuadas): a-na-lí-ti-ca / te-rí-a-mos. [. A vogal I é a segunda do hiato (pa-í-ses). (Cespe/2011/TJ-ES/Cargos de Nível Superior) Os vocábulos “países” e “áreas” são acentuados de acordo com a mesma regra de acentuação gráfica. Resposta – Item certo.. Em áreas.. 85% deles ficam de fora. Comentário – Negativo. Resposta – Item certo. está sozinha na sílaba e constitui a sílaba tônica da palavra. Resposta – Item errado. (Cespe/2011/FUB/Cargos de Nível Médio) Em razão do contexto. ainda assim. obedecem à mesma regra de acentuação gráfica. Comentário – Sim.9) e “caótico” (L.. 26. (Cespe/2011/PC-ES/Perito Criminal Especial) Os vocábulos “público” (L. 27.pontodosconcursos. apenas os alunos de ótimo boletim têm direito [.] 19 Para se ter uma ideia.. Prof. O acento agudo em países justifica-se pela regra dos hiatos. o acento é obrigatório. Este acento serve para diferenciar a terceira pessoa do plural (“os alunos de ótimo boletim” = eles) da terceira pessoa do singular (ele).] à inscrição e. que foram empregados no texto como adjetivos.br 42 . o acento ocorre porque a palavra é paroxítona terminada em ditongo (á-reas).19) é obrigatório. Nem mesmo a vigência do novo Acordo o aboliu.12).

LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Comentário – Sim.23) distância ( L. ca-ó-ti-co). “-ó” e “-ê”. pois ambas são palavras proparoxítonas (pú-bli-co. (FGV/2010/Codesp/Nível Superior) Assinale a palavra que tenha sido acentuada por regra DISTINTA das demais.pontodosconcursos. “-em”. 28. (FGV/2006/SERC-MS/Analista de TI) Assinale a alternativa em que o vocábulo não tenha sido acentuado pela mesma regra que os demais.br 43 . a) b) c) d) e) relógio (L. deve ter errado. Resposta – Item certo. Albert Iglésia www.58) nível (L. Todas as proparoxítonas são acentuadas. mas requer atenção.com. Peço que volte à explicação sobre as regras de acentuação das paroxítonas e releia o que eu Prof.47) deficiências (L. “deficiências” e “distância”. Resposta – B 29. a) b) c) d) e) atrás lá ninguém vovó você Comentário – O monossílabo tônico lá destoa dos demais vocábulos.4) níveis (L. respectivamente.66) Comentário – Você já deve ter percebido que esse tipo de questão não é difícil. que são oxítonos terminados em “-ás”. Se você achou que a palavra “níveis” deveria corresponder ao gabarito porque não é paroxítona terminada em ditongo crescente como “relógio”.

rubrica.62) recebeu acento por se tratar de proparoxítona. O conhecimento da pequena lista abaixo facilitaria a vida dos candidatos. Oxítonas cateter Cister condor Nobel negus novel Gibraltar hangar Prof. em que todas as palavras estão propositalmente grafadas sem acento.br . uma naturalmente não receberia acento por não se tratar de proparoxítona. lugubre. recondito. exatamente o que o examinador entendeu. (FGV/2008/Senado Federal/Analista de Sistemas/2008) A palavra êxito (L. palavra “nível” é a única paroxítona cuja regra de acentuação destoa da demais. A Resposta – D 30.com. Comentário – A banca explorou uma corriqueira confusão que muitas pessoas fazem ao pronunciar certas palavras (o significado delas aqui é o que menos importa).LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA disse naquela parte da aula: DITONGO ORAL. a) b) c) d) e) interim. Nas alternativas a seguir. Assinale-a. Albert Iglésia Paroxítonas austero avaro aziago gratuito fortuito ibero batavo ciclope Proparoxítonas ádvena aeródromo aerólito aríete arquétipo crisântemo édito (ordem judical) elétrodo 44 www.pontodosconcursos. arquetipo.

o que você achou? Posso esperá-lo na próxima aula? Lembre-se de que o êxito deste curso também depende do diálogo entre nós dois. decreto) filantropo misantropo necromancia rubrica nenúfar pudico recorde hieróglifo ímprobo ínterim lêvedo lúgubre munícipe notívago (ou noctívago) protótipo recôndito trânsfuga vermífugo zênite Resposta – B Então. Portanto participe dos fóruns. Albert Iglésia www. Um grande abraço e que Deus o abençoe! Prof. esclareça suas dúvidas e mande suas sugestões.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA obus oximel masseter mister ureter látex maquinaria edito (lei.br 45 .com.pontodosconcursos.

LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Lista das Questões Comentadas 1. Estudou muito a fim de ser o primeiro colocado.com. Haverá uma palestra acerca das conseqüências do desmatamento. Albert Iglésia www. Onde você vai? Porque ele faltou à reunião? 2. 3. Eles sempre demonstram idéias afins durante a discussão.pontodosconcursos. (Consulplan/2008/TRE-RS/Técnico Administrativo) De acordo com o contexto da oração. ele saiu. A cessão de terras compete ao Estado. 4. Deu apenas dez reais ao cabeleiro. (Consulplan/2010/Prefeitura de Campo Verde-MT/Técnico de Informática) Assinale a afirmativa que se encontra grafada INCORRETAMENTE: a) b) c) d) e) Ele quis analisar os fatos. Não sei por que discutimos. Era um mal jogador de futebol. (Consulplan/2011/Município de Londrina/Agente de Gestão Pública) Assinale a afirmativa grafada INCORRETAMENTE: Prof. Ela voltará daqui há um ano. (Consulplan/2010/Prefeitura de Santa Maria Madalena-RJ/Agente Administrativo) Assinale a afirmativa grafada corretamente: a) b) c) d) e) Lemos a notícia na seção de esportes. Ele deverá chegar a tempo. se não ninguém poderá ajudá-lo. indique a opção em que há INCORREÇÃO ortográfica: a) b) c) d) e) Os primeiros colonizadores surgiram há cerca de quinhentos anos.br 46 . Com o intuito de finalizar o trabalho.

br 47 . (FCC/2009/TRT 16ª Região/Técnico Judiciário) A frase em que há palavras escritas de modo INCORRETO é: a) A aridez que sempre caracterizou as paisagens do Nordeste brasileiro aparece agora. A família presenteam o idoso no aniversário dele. Há pessoas que perderam familiares e tudo o que construíram. Prof. Os cidadãos devem reinvindicar bons salários para os aposentados.com. a preservação das florestas torna-se essencial para garantir a qualidade de vida em todo o planeta. b) Alguns estudiosos reagem com sensatez às recentes explicações. c) d) Se for comprovada a correção da nova teoria. Porque milhares de pessoas estão desaparecidas? Observamos muitos exemplos de conduta e disciplina. (Consulplan/2011/IBGE/Agente de Pesquisas por Telefone) Assinale a alternativa em que todas as palavras apresentam a grafia correta. comprometendo as safras de grãos. que reduz os índices de chuvas e altera o ciclo das águas. para assombro de todos. pode transformar um continente em um estenso e inabitável deserto.pontodosconcursos.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA a) b) c) d) e) A mãe Terra resmunga em desabamentos e furacões. O desmatamento indescriminado. Os familiares puzeram o velhinho na Casa de Repouso. 5. na região Sul. 6. a) b) c) d) e) Os jovens têm a presunção de abusarem dos idosos. considerando se o papel da bomba biótica é realmente crucial na circulação do ar. O filho carinhoso quiz cuidar do velho pai até a morte. Somos formiguinhas correndo pelo globo terrestre. Albert Iglésia www.

br 48 . e) O êxito das resoluções tomadas em outros países depende de um maior controle das instituições financeiras.pontodosconcursos. em que se vão transformando nossos códigos. A lengalenga de leis. opõese à concisão das normas que vijem de modo implícito na sociedade sudanesa.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA e) Com ventos mais próximos ao mar. o que atinge interesses múltiplos e provoca resistência. como se viu. 7. d) A excessiva circulação de instrumentos financeiros imbutia imenço potencial de perigos redundando. c) A ganância por lucros cada vez maiores fez com que os riscos dos investimentos crecessem esponencialmente no mercado financeiro. (FCC/2004/TRT 22ª Região (PI)/Analista Judiciário – adaptada) Quanto à ortografia. o ar úmido resultante da evaporação da água do oceano é puxado para o continente. julgue as alternativas abaixo: a) b) Nós não nos insurjimos contra esse despropositado aparato de leis porque não temos quaisquer convicções quanto aos nossos fundamentos morais. Prof. (FCC/2009/PGE-RJ/Técnico Assistente de Procuradoria) Todas as palavras estão escritas corretamente na frase (não estão sendo consideradas as alterações que passaram a vigorar recentemente): a) Intervensões governamentais massiças e até agora sem precedentes não conseguiram conter os impactos da crise financeira em diversos países. em enormes prejuízos. Albert Iglésia www. 8.com. distribuindo a chuva ao redor do planeta. b) A permanência e a gravidade dos desdobramentos da crise financeira deicham dúvidas e originam expeculações em todo o mundo.

mas vem ocasionando também uma elevação na taxa de inadimplência. saltando da classe D para a C.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA 9. (FCC/TRT-19ª Região/Analista Judiciário/Arquivologia/2011) Quanto à ortografia. sem interferências externas. (FCC/2008/TRF 5ª Região/Analista Judiciário) Todas as palavras estão corretamente grafadas na frase: Algumas pessoas não admitem hesitação ou abstensão.pontodosconcursos. há INCORREÇÕES na frase: a) O crescimento da classe C tem tido uma importância incomensurável para o comércio. quando nos inquirem: você se arroula entre os pessimistas ou entre os otimistas? 10. 11. c) Alguns especialistas vêm disseminando a teoria de que.br 49 . ainda têm dificuldade em poupar e adquirem grande parcela de produtos a crédito. não estão em xeque as inegáveis e insubstituíveis virtudes que os mercados possuem quando funcionam de maneira mais livre. d) Os “consumidores emergentes”. (FGV/2008/Senado Federal/Analista de Sistemas) “Em primeiro lugar. na alocação dos recursos.37-40) Prof. a partir da distribuição de riqueza por meio da geração de milhões de novos empregos. b) Milhões de pessoas têm sido beneficiadas com o crescimento econômico que se vê no país.com. Albert Iglésia www. a classe E deixe de existir. como vêm sendo chamados os novos integrantes da classe C. e) Sabe-se que a ascenção da classe D tem proporcionado um aumento expresivo do consumo de bens duráveis. o que pode acelerar sobremaneira esse mercado.” (L. o que é perturbador. algo que há poucos anos não pareceria factível.

é um atalho para melhora dos níveis de renda e de bem-estar de fatias cada vez maiores da população brasileira. grafou-se corretamente a palavra xeque. (Consulplan/2008/SDS-SC/Técnico de Informática) A alternativa em que o uso do acento gráfico obedece à mesma regra é: a) pêlo. ótima.com. sua habilidade não era valorizada. Albert Iglésia .pontodosconcursos. (L. a) b) c) d) e) Sem ter por quê. Assinale a alternativa em que não se tenha mantido correção gráfica ao utilizar a palavra destacada. (FGV/2010/Codesp/Advogado/2010) O aproveitamento das oportunidades que estão surgindo é valioso porque. o povo dará um cheque à corrupção. a) b) c) d) e) Finalmente o enxadrista deu o xeque-mate. Assinale a alternativa em que isso NÃO tenha ocorrido. Chegou em visita ao Congresso o xeque árabe. empregou-se corretamente uma das formas do porquê. 13. mas tentamos. Porque nossa habilidade não era valorizada não íamos demonstrá-la? Não conseguimos saber por quê. teve de pedir um cheque avulso. de acordo com o sentido pretendido no texto. Vamos destacar as habilidades por que somos conhecidos. em se falando de habilidades. Deixe que eu cheque a lista de passageiros. 12. Porque estava sem talão. naquele departamento. calamo-nos. úteis www. além da realização pessoal na vida profissional.63-67) No trecho acima. discutir mais profundamente.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA No trecho acima. Ele esperava saber por que. Com ética e consciência cidadã.br 50 Prof.

Nós. recebem acento pelo mesmo motivo que: a) b) c) d) e) Baú. canário. Até. ótima. País – característica – construídas. aí 14. Caí. 16. Ásia óleo. (Consulplan/2006/INB/Analista de Sistemas) A alternativa em que as três palavras são acentuadas pela mesma razão é: a) b) c) d) Energético – década – responsável. Idéia. (Consulplan/2007/Chesf/Analista de Sistemas) As palavras mês. esse mistério remoto. 15. saúde. está e água.” A mesma regra de acentuação que vale para mistério vale também para: a) b) c) d) e) Ruídos. Poderíamos. Pés. ausência. (Consulplan/2007/Chesf/Programador de Computador) “Mas dava essa impressão de coisa antiga. possível. até.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA b) c) d) e) óleo. notícia.br 51 Prof. biguá chapéu. já.pontodosconcursos. última. Atrás – óleo – gás. delícia aliás. Média – petróleo – dependência. Árvore. Ásia.com. sofá. será. vocês. já. www. Albert Iglésia . Índio. respectivamente.

br 52 . Apenas as palavras pântano e dicionários receberam acento pelo mesmo motivo. ao vocabulário usado no texto: Prof. à acentuação gráfica. (Consulplan/2011/Município de Londrina-PR/Administrador – adaptada) “Civilizatório” e “espírito” têm acento gráfico obedecendo à mesma regra de acentuação.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA e) Responsáveis – indústria – será. 17. Apenas as palavras será e dicionários receberam acento pelo mesmo motivo. (Consulplan/2008/TRE-RS/Técnico Administrativo) A respeito das palavras acentuadas no texto é correto afirmar que: a) b) c) d) e) Todas as palavras receberam acento pelo mesmo motivo. 18. Albert Iglésia www. 19. dicionários e pântanos são acentuadas por motivos diferentes. Será. (Consulplan/2011/Município de Londrina-PR/Administrador – adaptada) Assinale a alternativa correta quanto à ortografia.com. O til da palavra coração também pode ser considerado um sinal de acentuação.pontodosconcursos.

Albert Iglésia www.” 5º§ as palavras grifadas obedecem à mesma regra quanto ao uso do acento gráfico.” 20. “civilizatório” são acentuadas. Estaria correta a frase se substituir “flagrante” por “fragrante” na frase que inicia o 4º§. “ninguém”.” ficando assim: “O fragrante descaso. (Consulplan/2010/Prefeitura de Mossoró/RN/Guarda Civil Municipal) Há ERRO de grafia na seguinte alternativa: Prof.. (Consulplan/2011/Município de Londrina-PR/Agente de Gestão Pública) A acentuação das palavras encontra-se corretamente justificada..LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA a) b) c) As palavras “além”....com. “O flagrante descaso com o bem público. “...” A palavra grifada pode ser substituída por “desdém” mantendo o sentido. 21. pelas mesmas razões que “próprios”. surgem tendências político-partidárias querendo diminuir a competência na área de. respectivamente. 22.. lágrimas: proparoxítona..pontodosconcursos.. também: paroxítona terminada em “em”. EXCETO em: a) b) c) d) e) vítimas: proparoxítona. está: oxítona terminada em “a”. é: monossílaba tônica.br 53 . “O flagrante descaso com o bem público. (Consulplan/2010/Prefeitura de Mossoró/RN/Guarda Civil Municipal – adaptada) Analise a alternativa abaixo quanto ao aspecto gramatical.

85% deles ficam de fora. 25. 23.. trabalhado junto com organizações policiais. As Guardas Municipais devem atuar com outros órgãos no combate à violência. Prof. a algum tempo tem. o acento gráfico empregado na forma verbal “têm” (L.] 19 Para se ter uma ideia.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA a) As Guardas Municipais vem contribuindo na erradicação da violência..br 54 . Judiciário/Taquigrafia) Os vocábulos “analítica” e “teríamos” recebem acento gráfico com base na mesma regra [.19) é obrigatório.com. 24. de maneira significativa. Há alguns empecilhos para a atuação eficiente das Guardas Municipais.. (Cespe/2011/TJ-ES/Analista de acentuação. Todos se veem reféns dos criminosos. (Cespe/2011/FUB/Cargos de Nível Médio) Em razão do contexto. “emblemático” e “picolé” são acentuados de acordo com a mesma regra de acentuação gráfica. b) c) d) e) É um privilégio trabalhar para garantir a segurança pública e obter sucesso. ou seja.. ainda assim. Albert Iglésia www.pontodosconcursos. (Cespe/2011/Correios/Agente de Correios – adaptada) Os vocábulos “quilômetros”.] à inscrição e. apenas os alunos de ótimo boletim têm direito [.

27.23) distância ( L. (FGV/2010/Codesp/Nível Superior) Assinale a palavra que tenha sido acentuada por regra DISTINTA das demais.4) níveis (L. a) b) c) d) e) relógio (L. (FGV/2006/SERC-MS/Analista de TI) Assinale a alternativa em que o vocábulo não tenha sido acentuado pela mesma regra que os demais. (Cespe/2011/TJ-ES/Cargos de Nível Superior) Os vocábulos “países” e “áreas” são acentuados de acordo com a mesma regra de acentuação gráfica. (FGV/Senado Federal/Analista de Sistemas/2008) A palavra êxito (L. a) b) c) d) e) atrás lá ninguém vovó você 29. em que todas as palavras estão propositalmente grafadas sem acento. Prof.47) deficiências (L.66) 30. Nas alternativas a seguir.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA 26.62) recebeu acento por se tratar de proparoxítona.pontodosconcursos. (Cespe/2011/PC-ES/Perito Criminal Especial) Os vocábulos “público” (L. 28.9) e “caótico” (L.com. que foram empregados no texto como adjetivos. obedecem à mesma regra de acentuação gráfica.br 55 .58) nível (L.12). Albert Iglésia www.

Assinale-a. a) b) c) d) e) interim.br 56 . lugubre.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA uma naturalmente não receberia acento por não se tratar de proparoxítona. arquetipo. Albert Iglésia www. Prof. rubrica.pontodosconcursos.com. recondito.

A 13.pontodosconcursos. Item errado 24. 7. Item certo 28. E 11. B 29. B 20. B 12. E 18. B 10. D Prof. 5. C 17. 9. C 14. Item errado 19.LÍNGUA PORTUGUESA PARA O TSE TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS PROFESSOR ALBERT IGLÉSIA Gabarito das Questões Comentadas 1. 2. C 15. 3. Item certo 25.br 57 . Item certo 22. Item certo 26. 6. A E E D A D E Itens errados Item errado 30. A 23. Albert Iglésia www. 8.com. C 21. Item errado 27. 4. B 16.