Você está na página 1de 9

SISTEMA INTEGRADO DA GESTÃO PELA QUALIDADE

PROCEDIMENTO OPERACIONAL
Verificado: TAREFA: Cadastro de Imobilizados EXECUTANTE: Usuário(s) Chave(s) do FI RECURSOS NECESSÁRIOS: Computador com o Módulo FI do R/3 instalado. N.º O QUE 01 Conceito Aprovado: PROCESSO: R/3 – Módulo FI CUIDADOS ESPECIAIS: COMO

Dentro do R/3, os registros de dados mestres dos imobilizados estão estruturados de acordo com necessidades funcionais e orientadas a resultados. De forma a tornar mais fácil para o usuário criar, manter e avaliar dados mestres, as informações individuais estão estruturadas no sistema de acordo com sua área de uso e funções relevantes. O registro mestre do imobilizado consiste de duas partes principais: 1. Dados mestres gerais Esta parte do registro mestre contém informações concretas sobre o imobilizado. Os seguintes grupos de campos existem para vários usos: • • • • • • • Informações gerais (descrição, quantidade, etc.) Informação sobre determinação de contas Informações de lançamento (por exemplo: data de capitalização) Dados dependentes do tempo (por exemplo: centro de custo) Informação para gerenciamento de imobilizados financeiros Informação sobre a origem do imobilizado Dados sobre inventário físico

2. Dados para avaliação do imobilizado É possível especificar todos os termos de depreciação no registro mestre do imobilizado para todas as áreas de avaliação no respectivo plano de avaliação. Para fazer essas especificações, o registro mestre contém uma visão genérica das áreas. Além disso, há uma visão detalhada disponível para cada área de avaliação.

RESULTADOS ESPERADOS: Que o usuário possa criar diversos itens de ativos, em classes diferenciadas, bem como efetuar a validação dos campos necessários para a criação do mesmo. AÇÕES EM CASO DE IRREGULARIDADES: CONTROLE DE REVISÕES: N.º DATA

Descrição

SISTEMA INTEGRADO DA GESTÃO PELA QUALIDADE

PROCEDIMENTO OPERACIONAL
Verificado:
Emissão: Revisão : Data :

Aprovado:
Carimbo:

TÍTULO

Pág.

:1

N.TAREFA: Cadastro de Imobilizados EXECUTANTE: Usuário(s) Chave(s) do FI RECURSOS NECESSÁRIOS: Computador com o Módulo FI do R/3 instalado.º O QUE 02 Cadastro do Imobilizado PROCESSO: R3 – Módulo FI CUIDADOS ESPECIAIS: COMO Acessar a transação “Criar Registro Mestre do Imobilizado”: Via menus: Contabilidade  Contabilidade financeira  Imobilizados  Imobilizado  Criar  Imobilizado Via código de transação: AS01 Na tela “Criar Imobilizado: Tela de Chamada”. entrar com as informações nos campos como especificado abaixo: Emissão: Revisão : Data : Carimbo: TÍTULO Pág. :2 .

posterior: Não é necessário preencher.imobilizados iguais: Número de imobilizados similares a serem criados. entrar com as informações nos campos como especificado abaixo: Emissão: Revisão : Data : Carimbo: TÍTULO Pág. :3 .Classe Imobilizado: Usando o matchcode (F4 ou ) ou dando um duploclique. o sistema propõe os valores dos campos a partir do registro mestre do bem de referência. Subnº: Usando o matchcode (F4 ou ) ou dando um duplo-clique. Capitaliz. Pressione ENTER ou utilize o botão . Empresa: Selecionar empresa (para FMC é 1000). Imobilizado: Usando o matchcode (F4 ou ) ou dando um duplo-clique. selecionar o bem patrimonial a ser usado como modelo na criação do novo item ou entrar número. selecionar a classe de imobilizado a qual pertence o bem patrimonial a ser criado ou entrar código. selecionar a empresa a qual pertence o bem patrimonial ou entrar sigla (para FMC é 1000). Criando imobilizado com modelo Ao criar um bem patrimonial com modelo de referência. Na tela “Criar Imobilizado: Dados Mestre (Geral)”. selecionar o bem patrimonial a ser usado como modelo na criação do novo item ou entrar número de agregado. Empresa: Usando o matchcode (F4 ou ) ou dando um duplo-clique. Núm.

Nota Inventário: Informações adicionais sobre o imobilizado para a análise do inventário. O número do agregado é assumido o zero. Usado em relatórios de totais. Determinação contas: Preenchido automaticamente. Preenchido Emissão: Revisão : Data : Carimbo: TÍTULO Pág. Incorporação em: Data em que o bem entrou em serviço. Será automaticamente preenchido igual ao campo Denominação. Utilizar caso sejam necessários mais de 50 caracteres para a descrição. Não utilizado quando se tratar de um bem novo.: Texto do nº principal do imobilizado. Nº de série: Nº de série do bem.Geral Imob. O R/3 gera o número do imobilizado automaticamente.: Preenchimento automático. Denominação 2: Descrição adicional. na lista de inventário: marcar caso o imobilizado deva estar editado na lista de inventário da contabilidade do imobilizado. Aceitar imob. A conta que aparece está associada internamente à classe do imobilizado. No Inventário: Será utilizado para entrar com o número da chapa do bem. Último inventário em: Data do último inventário. :4 . Denominação: Descrição básica do bem patrimonial em 50 caracteres.imob. Classe: Preenchimento automático. Texto nº princ.

1a. Usando o matchcode ( F4) ou duplo-clique. somente através da funcionalidade modificação do item (transação AS02). Desativado em: Data de baixa do imobilizado. selecionar unidade de alocação do bem. selecionar o centro de custo de alocação do bem ou entrar número. entrar com as informações nos campos como especificado abaixo: Centro custo: Unidade de alocação do bem. Na tela “Criar Imobilizado: Dados Mestre (Depend.automaticamente pela transação de aquisição. Avance para a próxima tela pressionando o botão <Próxima ficha> . Temporal)”. Preenchido automaticamente pelo sistema. Preenchido automaticamente com o lançamento de baixa. Avance para a próxima tela pressionando o botão <Próxima ficha> Emissão: Revisão : Data : Carimbo: TÍTULO Pág. :5 . Jurisdiction Code: Domicílio fiscal do bem. lançamento de aquisição. Não utilizar esta funcionalidade na criação de um item. Imobilizado paralisado: Indica que o imobilizado não deve ser depreciado durante sua paralisação. Utilizar em conjunto com intervalos de tempo. Exercício aquisição: Ano de aquisição do bem. somente através da funcionalidade modificação do item (transação AS02). Preenchido automaticamente pelo sistema. 03 Criar Subnúmero do Imobilizado Centro: Unidade (Matriz ou Filiais) a qual está vinculado o centro de custo. Não utilizar esta funcionalidade na criação de um item. Usando o matchcode ( F4) ou dando um duplo-clique. Fator de turnos: entrar com um fator de turnos para a depreciação com turnos múltiplos (depreciação acelerada). aquisição em: Data do 1o.

etc.Na tela “Criar Imobilizado: Dados Mestre (Atribuições)”. Na tela “Criar Imobilizado: Dados Mestre (Origem)”. Preenchido de acordo Emissão: Revisão : Data : Carimbo: TÍTULO Pág. entrar com as informações nos campos como especificado abaixo: Nas atribuições. se ele é nacional ou importado. Pode ser preenchido automaticamente da transação de aquisição (MM). Nome Fornecedor: Nome do Fornecedor do imobilizado. :6 . Avance para a próxima tela pressionando o botão <Próxima ficha> . penhorado ou não. por exemplo. entrar com as informações nos campos como especificado abaixo: Fornecedor: Nº conta do fornecedor. podemos inserir algumas classificações para o bem.

Vida útil Per: Vida útil em meses. podendo ser alterado. utilizado para imobilizados em andamento. Imob. Índic. Imob. O padrão vem do grupo do imobilizado. define o método de depreciação do bem. Vida útil: Vida útil em anos. Disponível para cálculo de valores de reposição. Salve as informações pressionando o botão . O padrão vem da classe do imobilizado. Esse indicador pode ser útil para fins de impostos. Adquirido usado: Indica que o bem patrimonial foi comprado usado / de segunda mão.: Série de índices. No rodapé do documento será exibida a mensagem Acessar a transação “Criar subn° imobilizado” . :7 . Avance para a próxima tela pressionando o botão <Próxima ficha> . Esse campo é preenchido com o número do bem em formação quando este é capitalizado ao imobilizado definitivo. nor. Ordem de invest. Via Menus: Contabilidade  Contabilidade financeira  Imobilizados  Imobilizado  Criar  subn° → Imobilizado Emissão: Revisão : Data : Carimbo: TÍTULO Pág. Qualquer alteração na chave de depreciação ou vida útil afetará o cálculo da depreciação.com o código do fornecedor (MM).: Data de início da depreciação. comprado novo: Indica que o bem patrimonial foi comprado novo. dep. Iníc. Na tela “Criar Imobilizado: Dados Mestre (Avaliação)”.de origem: Número de origem nas transferências de bem em formação para bem em operação. Preenchido automaticamente pelo sistema de acordo com a chave de depreciação. Utilizado para depreciação em períodos inferiores a um ano. podendo ser alterado. O sistema dará uma mensagem de alerta contra essa alteração. Aquis. Marcar se for classificado como novo. podendo ser alterado. entrar com as informações nos campos como especificado abaixo: Depr: Chave de depreciação da área de avaliação.: indicar uma ordem de investimento.em: Esse campo normalmente é preenchido quando o imobilizado em andamento é liquidado ao imobilizado definitivo. Marcar se for classificado como usado.

selecionar o bem patrimonial ou entrar código. :8 . para FMC a Emissão: Revisão : Data : Carimbo: TÍTULO Pág. entrar com as informações nos campos como especificado abaixo: Imobilizado: Usando o matchcode (F4) ou dando um duplo-clique. selecionar a empresa a qual pertence o bem patrimonial ou entrar sigla (chave). Empresa: Usando o matchcode (F4) ou dando um duplo-clique.Via Código de Transação: AS11 Na tela “Criar Subn°: Tela de Chamada”.

“Empresa” e “Determinação contas” já estarão preenchidos. Núm. :9 .”. tendo o cuidado de observar que os campos “imob.sub-números idênticos: Número de imobilizados similares a serem criados. AÇÕES EM CASO DE IRREGULARIDADES: CONTROLE DE REVISÕES: N. Nota : A próxima tela será : “ Criar imobilizados : dados mestres “ seguir passo a passo desta transação (mencionada anteriormente). RESULTADOS ESPERADOS: Que o usuário possa criar diversos sub-itens de ativos. em classes diferenciadas.empresa é 1000. Pressione ENTER ou utilize o botão . “Classe”. bem como efetuar a validação dos campos necessários para a criação do mesmo.º DATA Descrição Emissão: Revisão : Data : Carimbo: TÍTULO Pág.