INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO ESTADO DE GOIÁS

Sistema de Gestão da Qualidade Certificado
NBR ISO 9001 : 2008

MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE

Prezado usuário,

Bem vindo ao Sistema IPASGO SAÚDE!

Neste espaço você encontrará as principais informações sobre o Sistema de Assistência IPASGO SAÚDE, com base na legislação que regulamenta a cobertura assistencial e a execução dos serviços disponibilizados, bem como os seus direitos e obrigações. Para esclarecimentos adicionais ou eventuais dúvidas, procure nossos postos de atendimento ou entre em contato com nossa central de atendimento pelo telefone 0800-62-1919.

Presidente do Ipasgo José Taveira Rocha

Diretoria do IPASGO Dir. de Assistência: Múcio Bonifácio Guimarães Dir. Administrativo/Financeiro: Fausto Pontes da Cruz Chefe de Gabinete: Virgínia Pereira da Silva

MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE

IDENTIDADE INSTITUCIONAL

NEGÓCIO Proporcionar assistência à saúde a seus usuários.
Revisão 24/06/2008

MISSÃO Gerenciar, de forma eficiente e eficaz, um sistema de assistência à saúde que proporcione a satisfação de seus clientes.
Revisão 24/06/2008

VISÃO Ser uma organização de referência na gestão de assistência à saúde, com excelência nos serviço prestados.
Revisão 01/07/2008

POLÍTICA DA QUALDADE
Promover a excelência no atendimento, obedecendo aos requisitos legais; Proporcionar a valorização dos colaboradores ampliando suas competências; Estabelecer parcerias com prestadores de serviços e fornecedores visando benefícios mútuos; Manter a instituição auto-sustentável; Garantir a melhoria contínua do Sistema de Gestão da Qualidade.
Revisão 24/06/2008

VALORES Foco no cliente, buscando excelência no atendimento; Ética e transparência administrativa; Comprometimento, parceria e espírito de equipe; Inovação, criatividade e melhoria contínua; Empreendedorismo.
Revisão 24/06/2008

14 Limites do valor de contribuição em percentual sobre remuneração 1.17 São usuários que contribuem pela tabela elaborada com base em calculo atuarial 1.5 Podem ser inscritos no sistema IPASGO SAÚDE (Como dependentes do titular – Fora do grupo familiar) 1.1.12 Carência para utilização do IPASGO especial 1.20 Pagamentos das Contribuições em Atraso 1.13 Formas de Contribuição IPASGO SAÚDE 1. tratamentos ambulatoriais e exames 05 05 06 06 06 07 08 08 11 12 12 13 13 13 14 14 15 15 15 16 16 16 17 17 .10 Carência para recém-nascido 1.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE Sumário Capitulo 1: SISTEMA IPASGO SAÚDE 1.21 Conseqüências por atraso no Pagamento de Contribuição ou Co-Participação 1.18 Tabela de Contribuição: Faixa de Remuneração 1.23 Recolhimento de Co-Participação em consultas.11 Carência para cobertura de doenças preexistentes 1.1 Saída do IPASGO especial e retorno ao IPASGO básico 1.2 Podem ser inscritos no sistema IPASGO SAÚDE (Como usuário titular) 1.4 Podem ser inscritos no sistema IPASGO SAÚDE (Como dependentes do grupo familiar do titular) 1.1 Modalidade de Assistência 1.22 Parcelamento de Contribuições em Atraso 1.15 São usuários que contribuem com base em percentual sobre a remuneração 1.16 Reajuste anual de contribuição com base em percentual sobre remuneração 1.3 Casal de Servidores Públicos inscritos no IPASGO SAÚDE 1.7 Atenção usuário titular! (Informações importantes sobre o IPASGO SAÚDE) 1.19 Reajuste Anual da tabela de Contribuição com base em calculo atuarial 1.9 Carência para usuário titular e o grupo familiar 1.8 Início da contagem dos períodos de carência 1.6 Exclusão do dependente de grupo familiar 1.

2 Prevenção Odontológica 3.1 Auditoria Inicial e Final (Perícia) 3.DAS DEFINIÇÕES 5. Assistência Hospitalar. Bloqueio e Carência 29 .1 Acidente Pessoal.3 Atendimento em horários especiais 2.3.5 Exclusões de Cobertura IPASGO SAÚDE 2.2 Realização de Exames 2.5 Sistema de Parceria em Odontologia 23 24 24 24 25 25 25 26 Capitulo 4: SERVIÇOS DISPONÍVEIS AO USUÁRIO VIA INTERNET 4.4 Atendimento em Psicologia e Fonoaudiologia 2.3 Serviços Disponíveis: Clinica Odontológica Ipasgo(Sede) 3.3.3.3 Atendimento Odontológico (na sede do IPASGO) 3.4 Urgência Odontológica 3.1 Consultas: Validade da guia e retorno 2.2 Serviços Realizados na Unidades Descentralizadas (Regionais.25 Desfiliação do Sistema Ipasgo Saúde 1. Postos de Atendiimento e Vapt-Vupts) do IPASGO 4.1 Serviços Disponíveis ao usuário do IPASGO SAÚDE (sede do IPASGO SAÚDE) 4.6 Reembolso de despesas em Urgência e Emergência 20 20 20 21 21 22 Capitulo 3: DA ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA 3.26 Utilização Indevida do Ipasgo Saúde: Consequências 18 18 19 Capitulo 2: DA ASSISTÊNCIA MÉDICO-HOSPITALAR 2.3 Auditoria Médica no Interior 26 27 27 Capitulo 5: IPASGO SAÚDE .3.4 Pronto Socorro de Urgências (na sede do IPASGO –horário comercial) 3.24 Redução ou Isenção de Co-Participação (Programa de Apoio Social – PAS) 1. Assistência Ambulatorial.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE 1.2 Cobertura em serviços de Odontologia 3.1 Como utilizar os serviços 3.

IPASGO SAÚDE ESPECIAL Internação em acomodação privativa (apartamento padrão). O usuário poderá optar por acomodação superior a que tem direito.1 MODALIDADES DE ASSISTÊNCIA É o sistema de assistência à saúde dos servidores e empregados públicos estaduais ativos. não havendo distinção para cobertura dos procedimentos após o cumprimento do período de carência.1 SAÍDA DO IPASGO ESPECIAL E RETORNO AO IPASGO BÁSICO Se usuário optar pelo cancelamento do Ipasgo Especial e retornar ao Ipasgo Básico. O IPASGO não se responsabiliza por acordos feitos particularmente entre o usuário e o prestador de serviços.592/02 e demais atos normativos expedidos pela Diretoria. art. 13. IPASGO SAÚDE BÁSICO Internação em acomodação coletiva (enfermaria). distintas somente pela categoria de acomodação durante a internação hospitalar.SISTEMA IPASGO SAÚDE 1.1. ficará sujeito ao pagamento da diferença entre o valor dos serviços assistenciais e das contribuições realizadas nos últimos 12 meses imediatamente anteriores à data da mudança (Lei nº 14. por pagamentos fora do valor proposto nas tabelas do Instituto ou por serviços não autorizados.081/02. IV). inativos e pensionistas. § 3º.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE I . O Sistema Ipasgo Saúde é composto por duas modalidades de assistência. instituído pela Lei Estadual nº 14. regulamentada pelo Decreto nº 5. 05 . 1. desde que expressamente se responsabilize pelo pagamento da diferença dos custos.081/02 e posteriores alterações. diretamente ao prestador credenciado.

O servidor que deixar o grupo familiar.3. empresas controladas pelo Estado É permitida a inscrição provisória. 1. mediante apresentação de cópia de requerimento da pensão no ato de inscrição. respectivamente }Servidores de outros Estados à disposição do Estado de Goiás }Beneficiários de convênios com municípios.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE 1. somente de pessoa que conste do rol de dependentes de usuário falecido. na condição de usuário titular.4. inativos e seus pensionistas }Cartorários e dobristas inscritos até 1994 e 1996. PODEM SER INSCRITOS NO SISTEMA IPASGO SAÚDE: COMO USUÁRIO TITULAR }Servidores públicos estaduais de todos os poderes públicos }Detentores de mandatos eletivos }Pensionistas pagos pelos cofres públicos estaduais }Empregados públicos estaduais ativos. órgãos públicos federais. sendo que o de menor remuneração é incluído como dependente. PODEM SER INSCRITOS NO SISTEMA IPASGO SAÚDE: COMO DEPENDENTES DO GRUPO FAMILIAR DO TITULAR }Cônjuge }Companheiro (a) }Filhos solteiros menores de 18 anos }Filhos solteiros universitários até aos 23 anos 06 . será o cônjuge ou companheiro(a) de maior remuneração. CASAL DE SERVIDORES PÚBLICOS INSCRITOS NO IPASGO SAÚDE O titular da matrícula de casal de servidores públicos.2. 1. obrigatoriamente. somente poderá retornar ao sistema na condição de dependente nos casos de separação/divórcio ou perda do vínculo funcional.

sob pena de terem o benefício suspenso. mas deverá cumprir todo o período de carência estabelecido em lei. desde que a invalidez ou incapacidade tenha ocorrido antes dos 18 anos }Menor sob guarda em processo de adoção }Enteado menor de 18 anos do qual o titular detenha a guarda Os dependentes inscritos no grupo familiar têm direito à cobertura assistencial pelo valor do percentual descontado sobre a remuneração do titular. o dependente poderá ser incluído. ainda. 1. Atenção Usuário! .MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE }Filhos solteiros inválidos ou incapazes. Transcorrido o prazo.Os filhos solteiros universitários devem apresentar. o comprovante de matrícula e frequência da universidade em que estudam. o dependente será bloqueado até que a situação seja regularizada. o titular deve comparecer à unidade de atendimento mais próxima do Ipasgo para realizar as devidas alterações cadastrais.5. .FORA DO GRUPO FAMILIAR }Menor de 18 anos sob tutela ou sob guarda do titular }Cônjuge separado judicialmente ou divorciado 07 . Ao completarem 23 anos. devem se apresentar à unidade do Ipasgo mais próxima para realizar as devidas alterações cadastrais. a cada semestre. o comprovante de seu endereço. O prazo para inclusão do dependente na condição de filho maior sem cumprimento da carência é de 90 dias após o aniversário de 18 anos. PODEM SER INSCRITOS NO SISTEMA IPASGO SAÚDE: COMO DEPENDENTES DO TITULAR .A partir do momento em que o filho solteiro atinge a maioridade (completa 18 anos). indicando o nº da agência e da sua conta bancária para os descontos das contribuições dos respectivos dependentes. Importante: Além da cópia dos documentos pessoais exigidas para inscrição de usuários (RG e CPF) o titular deve apresentar. Caso não sejam feitas as alterações cadastrais devidas. além do requerimento específico devidamente preenchido.

mensalmente descontadas na conta-corrente do titular. EXCLUSÃO DO DEPENDENTE DE GRUPO FAMILIAR O dependente será excluído do grupo familiar do titular nos casos de: }Separação legal }Abandono do lar (declarado judicialmente) }Casamento ou união estável (filhos) }Manifestação de vontade do usuário titular (por escrito) } Maioridade ou emancipação ou exercício de atividade remunerada (filhos) }Cessação da invalidez ou incapacidade (filhos) }Fim da união estável de companheiro(a) ou a pedido escrito do interessado }Falecimento 1. nora. netos.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE }Filhos maiores de 18 anos }Parentes consanguíneos em linha reta e os parentes colaterais até o 3º grau (pais. inscrevendo-os no máximo até 90 dias após a exclusão. irmãos. 1.7. Os dependentes inscritos fora do grupo familiar recolhem contribuição de acordo com a faixa etária e modalidade de assistência. conforme faixa etária e tabela atuarial.6. sob pena de cumprimento de novo período de carência. genro. desde que expressamente assuma a responsabilidade pelo pagamento da contribuição respectiva. cunhados }Todos os dependentes excluídos do grupo familiar pelas causas previstas na legislação.) e o sogro(a). com recolhimento das contribuições em atraso. tios. 08 . ATENÇÃO USUÁRIO TITULAR! Informações importantes sobre o IPASGO SAÚDE *O titular pode manter na condição de dependente do Ipasgo Saúde os usuários excluídos do seu grupo familiar. se inscrito após o período indicado. sobrinhos.

bem como por qualquer quantia devida ao Instituto. sob pena de ressarcir as despesas por uso indevido. conforme definição da legislação civil. seja em contracheque ou conta corrente. O dependente que deixar de comprovar a respectiva condição após a visita. por omissão de informações. mensalmente. contribuindo com base em cálculo atuarial e por faixa etária. *O usuário servidor estadual que se licenciar. casamento. a ocorrência dos descontos das contribuições. *A regularidade dos descontos das contribuições próprias e dos dependentes é de responsorialidade do titular. além de sujeitar-se às penalidades previstas na legislação vigente. nomeação para cargo público e exercício de atividade remunerada. para fins de comprovação da alegada união estável. *O titular pode cancelar o pedido de exclusão em prazo improrrogável de 30 dias do protocolo da solicitação. mudança de endereço. *O Ipasgo realizará visitas domiciliares para fins de manutenção dos dependentes inscritos na condição de agregado ou companheiro. exclusões e demais transtornos na utilização dos serviços. tais como: alteração do estado civil (separação ou divórcio). união estável. será excluído sem direito a restituição das contribuições efetuadas. desde que 09 . sem direito à remuneração. *A inclusão de dependente na categoria “companheiro (a)” está sujeita ao cumprimento de requisitos exigidos no processo administrativo específico.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE *O titular é responsável pela comunicação ao Ipasgo das alterações cadastrais próprias e de seus dependentes. desde que faça a solicitação até 90 dias do pedido de afastamento. emancipação ou afastamento de curso superior. relativamente aos filhos inscritos no grupo familiar. sob pena de cumprir carência por interrupção de sua contribuição e de seus dependentes após o período indicado. poderá manter-se no Ipasgo Saúde. para evitar bloqueios. que deve verificar. sendo que o titular é responsável pela restituição dos valores advindos da utilização dos serviços pelo dependente que não cumprir os requisitos exigidos .

quando for o caso. a exclusão própria e dos seus dependentes. sob pena de perda do vínculo com o instituto na condição de titular. *O cartão magnético do Ipasgo Saúde é um documento de identificação do usuário do sistema. condicionada ao pagamento de débitos anteriores. retornar à condição anterior de ex-servidor. no prazo máximo de até 90 dias após a ciência da perda do vínculo funcional. sob pena de bloqueio dos serviços até a regularização do cadastro ou de ressarcimento das despesas pelo descumprimento ou omissão de informação de casamento ou união estável da dependente. devendo cumprir carência se a opção ocorrer após 90 dias sem recolhimento da contribuição assistencial. será autorizada somente mediante apresentação de cópia da certidão de nascimento atualizada nos últimos 30 dias. desde que solicite a inscrição específica e contribua pela tabela atuarial. pode. o titular que optar pela continuidade no sistema pode requerer sua inclusão e dos demais dependentes na matrícula de outro titular. *O empregado público estadual (celetista) aposentado e seu respectivo pensionista pode continuar no Ipasgo Saúde. inscrita no grupo familiar. conforme grau de parentesco autorizado. *O titular inscrito na condição ex-servidor e. devendo fazer o requerimento escrito e contribuir com base em tabela de cálculo atuarial e por faixa etária. por escrito. Para o caso de certidão a ser emitida em outro Estado o titular assinará termo de responsabilidade para entrega do documento no prazo estabelecido. conforme faixa etária. sob pena de cumprimento de carência após esse período. Caso não queira continuar inscrito o titular deve solicitar ao Ipasgo. cuja apresentação é obrigatória. ao final do contrato ou quando exonerado. *Em caso de término do contrato temporário ou exoneração do cargo.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE observados os procedimentos administrativos vigentes para regularização cadastral e financeira. *A emissão de guia para o parto de filha menor e solteira. posteriormente nomeado ou contratado. devendo 10 . em até 90 dias.

1.8. *O usuário é responsável pela guarda do cartão ou carteira provisória. Para evitar filas e obter um atendimento mais ágil. além da apresentação de RG e do último contracheque do titular e demais documentos de identificação dos dependentes. e ainda. responder penal e civilmente pela utilização de má-fé. sendo proibido o empréstimo a terceiros. direto no estabelecimento do prestador. 11 . *Recadastramento de usuários: periodicamente. *No caso de danos ou extravio do cartão magnético o titular poderá solicitar a 2ª via em qualquer unidade de atendimento do Ipasgo. o usuário pode optar pelo cartão magnético com autorização de débito da co-participação em sua conta corrente. sob pena de tê-los cancelados automaticamente. mediante pagamento de taxa específica. bem como pelo ressarcimento das despesas advindas do uso indevido. }usuário servidor estadual: a partir do pagamento/desconto da 1ª (primeira) contribuição após a inscrição no sistema. facilitando a emissão das guias de procedimentos. O recadastramento é obrigatório para todos os usuários. o IPASGO pode convocar todos os usuários titulares e dependentes para o recadastramento de seus dados perante o Instituto. INÍCIO DA CONTAGEM DOS PERÍODOS DE CARÊNCIA O período de carência para utilização dos serviços do Ipasgo Saúde será contado da seguinte forma: }usuário inscrito com base em tabela de cálculo atuarial: a partir do 1º (primeiro) dia após a data de pagamento da 1ª (primeira) contribuição. }usuário conveniado: a partir da data do efetivo repasse da 1ª (primeira) contribuição pelo órgão conveniado ao IPASGO.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE ser apresentado com documento de identidade civil para garantir o acesso aos serviços.

se inscrito até 90 dias do nascimento.9.081/02.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE Observação: Durante o cumprimento dos prazos de carência só haverá atendimento médico em caso de acidentes pessoais ou situações de risco à vida. Quanto aos demais procedimentos fora da situação de urgência ou emergência o usuário deverá cumprir os períodos de carência a que ainda estiver sujeito. 12 da Lei nº 14. 1.10. detalhada no item 1. A simples entrega dos documentos não dá direito ao atendimento (é preciso cumprir todos os itens legais para inclusão no cadastro de usuários). o servidor inscrito no Sistema Ipasgo Saúde e os dependentes que compõem seu grupo familiar estarão sujeitos ao cumprimento dos prazos de carência (contratual) previstos no art. tem direito à assistência médico-hospitalar nos primeiros 30 dias de vida e não estará sujeito a períodos de carência. O atendimento de urgência/emergência é autorizado somente 24 horas após inscrição no sistema. estará sujeito ao cumprimento de carência se inscrito após os 90 dias de nascido. 12 . mas não restringe o tempo e nem local do atendimento de urgência/emergência. No entanto. exceto se for dependente do grupo familiar em que o titular já tenha cumprido a carência contratual. exceto para doenças preexistentes. Os dependentes inscritos fora do grupo familiar estão sujeitos a todos os prazos de carência. 1. inclusive para doenças preexistentes. O tratamento autorizado é limitado ao evento. CARÊNCIA PARA USUÁRIO TITULAR E O GRUPO FAMILIAR Ao tomar posse ou assinar contrato com a Administração Estadual. desde que o parto tenha sido coberto pelo Ipasgo Saúde. mediante o recolhimento da contribuição proporcional.8.CARÊNCIA PARA O RECÉM-NASCIDO O recém-nascido. filho de titular ou de dependente.

O valor descontado em percentual dá direito à cobertura dos dependentes inscritos no grupo familiar. o percentual de 6. de termo de responsabilidade no ato de inscrição. observados os limites mínimos e máximos estabelecidos para cada sistema. CARÊNCIA PARA COBERTURA DE DOENÇAS PREEXISTENTES O prazo para cobertura das doenças ou lesões congênitas ou preexistentes. Não são consideradas para efeito de contagem do período as contribuições anteriores para o sistema básico ou cumulativas. é de 12 meses após a primeira contribuição. se o usuário já tiver direito à internação pelo sistema básico. TABELA POR CÁLCULO ATUARIAL – Será descontado. pelo titular.12.8 para assistência hospitalar (internações). No caso de mudança do Ipasgo Básico para o Ipasgo Especial serão observados os períodos de carência. FORMAS DE CONTRIBUIÇÃO PARA O IPASGO SAÚDE PERCENTUAL SOBRE REMUNERAÇÃO – Será descontado. exceto para consultas. de acordo com a idade. 1. na conta-corrente do titular. Básico ou Especial. a assinatura. anualmente reajustáveis. por pessoa. declaradas ou não. mensalmente. para o controle do início de contagem desse período. 13 . exames complementares e internação em enfermaria. sendo necessária.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE 1. mensalmente. o valor constante na Tabela Atuarial. CARÊNCIA PARA UTILIZAÇÃO DO IPASGO ESPECIAL O usuário que optar pelo Ipasgo Especial estará sujeito ao cumprimento dos períodos de carência estabelecidos na legislação para a internação em apartamento. anualmente reajustável. 1. Nessa forma de contribuição não existe grupo familiar.81% sobre a remuneração (contracheque) do titular para o Ipasgo Básico e 12.11. a contribuição é individual e de acordo com o sistema escolhido.48% para o Ipasgo Especial. Ver detalhamento dos prazos no item 1.13.

14. Atenção: Servidor com dois cargos/remunerações contribuirá em percentual aplicado na soma dos dois contracheques. sem contribuição. Para o Ipasgo Saúde Especial contribuirão com uma alíquota de 7.94% sobre seus proventos ou pensão.57 Obs. respeitando-se o valor máximo para a modalidade de inscrição (Básico ou Especial) 14 .1.91 Máximo de: R$ 277. LIMITES DO VALOR DA CONTRIBUIÇÃO EM PERCENTUAL SOBRE REMUNERAÇÃO IPASGO BÁSICO: Aplicado o desconto de 6. SÃO USUÁRIOS QUE CONTRIBUEM COM BASE EM PERCENTUAL SOBRE A REMUNEREAÇÃO: }Servidores ativos }Servidores aposentados e pensionistas das entidades estaduais }Servidores aposentados e pensionistas antes da publicação da Emenda Complementar nº 16/97: têm direito.99 Máximo: R$ 412.48% sobre a remuneração do servidor o valor será: Mínimo: R$ 75.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE 1. limitado ao valor máximo }Usuários conveniados: contribuição conforme dispuser o convênio por percentual sobre remuneração ou de acordo tabela atuarial vigente.81% sobre a remuneração do servidor o valor será: Mínimo de: R$ 48. Valores vigentes até abril/2010 1.29 IPASGO ESPECIAL: Aplicado o desconto de 12. ao Ipasgo Saúde Básico.15.

16. desde então. complementação de contribuição).18.br.17. somente o titular cujos dependentes pai.ipasgo. serão anualmente reajustados com base no índice específico divulgado pela Agência Reguladora de Saúde Suplementar . se disposto no termo contratual O valor da contribuição com base em cálculo atuarial será de acordo com a modalidade de assistência escolhida (Básico ou Especial). sendo que os valores fixados em tabela específica também são reajustados anualmente.081/02 (limites mínimo e máximo de contribuição. 1.TABELA DE CONTRIBUIÇÃO: FAIXA DE REMUNERAÇÃO Excepcionalmente.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE 1. 15 . REAJUSTE ANUAL DA CONTRIBUIÇÃO COM BASE EM PERCENTUAL SOBRE REMUNERAÇÃO Os percentuais ou valores expressos na Lei nº 14.ANS ou conforme estudo atuarial específico para o período.go. SÃO USUÁRIOS QUE CONTRIBUEM PELA TABELA ELABORADA COM BASE EM CÁLCULO ATUARIAL: }Ex-servidores estaduais e dependentes }Detentores de mandato eletivo e dependentes }Cartorários. 1. recolhem contribuição em valores calculados conforme a faixa de remuneração do servidor titular. mãe. As tabelas que informam os valores vigentes podem ser retiradas nos postos de atendimento ou consultadas no endereço eletrônico www. por pessoa e conforme faixa etária.gov. dobristas e dependentes }Todos os dependentes que não pertencem ao grupo familiar do titular }Empregado público estadual aposentado (celetista) e dependentes }Usuários conveniados. no mesmo índice aplicado à tabela principal. irmão maior inválido eram inscritos antes de 28/04/2002 e que continuaram no sistema.

19. será EXCLUÍDO do sistema Ipasgo Saúde. 1. e por atraso superior a 90 dias consecutivos. ou pelo percentual apurado em estudo atuarial específico. 20.081/02.PARTICIPAÇÃO O usuário que atrasar em mais de 30 dias o pagamento da contribuição ou parcelamento de débito terá o acesso aos serviços assistenciais BLOQUEADO. No caso de atraso pela ausência de desconto em conta-corrente.go. PAGAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES EM ATRASO Para evitar bloqueios de serviços ou outros contratempos. o usuário pode emitir o boleto no endereço eletrônico www. ou seja.gov. se dará no 31º dia. REAJUSTE ANUAL DA TABELA DE CONTRIBUIÇÃO COM BASE EM CÁLCULO ATUARIAL A tabela de contribuição com base em cálculo atuarial será anualmente reajustada. uma vez que o usuário passa a ter o status de pagamento pendente a partir do 11º dia. conforme disciplina do art. ou seja. com vistas à regularização das contribuições. a exclusão será efetivada no 91º dia (do dia 16 . CONSEQUÊNCIAS POR ATRASO NO PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÃO OU CO .ipasgo. A contagem para o bloqueio aos serviços assistenciais será de trinta dias a contar do dia 10 do mês seguinte ao vencido. evitando bloqueio dos serviços e demais transtornos na utilização dos serviços.21. se for o caso. o usuário cuja contribuição não foi descontada no contracheque deve procurar os Postos de Atendimento do IPASGO para emissão de boleto e respectivo pagamento.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE 1. 1. sem prejuízo da regularização financeira pendente no período anterior. de acordo com índice específico divulgado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS. para o período.br. em caso de retorno ao sistema. quando for o caso. 24 da Lei nº 14. já que pode efetuar o pagamento até o final do 10º dia. além do cumprimento dos prazos de carência. Da mesma forma se dará a contagem prevista para a exclusão do usuário do Ipasgo Saúde por atraso superior a 90 dias consecutivos.

MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE 10 do mês seguinte ao vencido acrescenta-se 90 dias). 1. Importante: O atraso ou não pagamento dos valores de co-participação debitados em conta corrente em até 05 dias da realização do procedimento gera bloqueio do serviço até a quitação do referido débito.23. 1. juros de mora e multa de 1% ao mês ou fração e de 2% em caso de reincidência. Atenção Usuário! Sobre o valor das contribuições em atraso incidirá correção monetária. conforme o valor da dívida. Ultrapassado esse valor. desde que atendidos os demais requisitos estabelecidos em procedimento administrativo vigente. TRATAMENTOS AMBULATORIAIS E EXAMES Ao realizar consultas. exames e procedimentos ambulatoriais. RECOLHIMENTO DE CO-PARTICIPAÇÃO EM CONSULTAS. o usuário deve recolher. A suspensão será somente para o serviço de débito de co-participação em contacorrente. não existindo autorização legal para reparcelamento de qualquer valor.ficando o usuário. a título de co-participação. via internet (pelo código de barras) ou. nesse caso. O parcelamento de débitos é permitido apenas uma vez. A co-participação será paga por meio de guia de recolhimento nas agências do Banco Itaú (inclusive nos caixas eletrônicos). com débito autorizado diretamente no estabelecimento do prestador. nas casas lotéricas. quando for utilizado o cartão magnético. tratamentos ambulatoriais e exames complementares.22. sujeito à retirada da guia e pagamento direto no ponto de recebimento até a quitação do débito existente para baixa no sistema e normalização do serviço. o valor correspondente a até 30% sobre o valor de consultas. mediante débito em conta-corrente até o valor máximo de 30% da remuneração do usuário. PARCELAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES EM ATRASO O pagamento das contribuições em atraso pode ser parcelado pelo titular. as guias serão emitidas na sede do Ipasgo. 17 .

1. 1. o percentual de co-participação poderá ser reduzido nos casos de portadores de câncer. levando-se em consideração. mesmo de servidores conveniados que contribuem com base em percentual. lupus (quimioterapia) e para os procedimentos de hemotransfusão e litotripsia.br. desde que indenize o Instituto do valor positivo resultante entre os gastos realizados nos últimos 12 meses imediatamente anteriores à sua saída e o valor de suas contribuições pagas nesse mesmo período. a renda familiar e o valor das despesas. insuficiência renal crônica.gov.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE Nos atendimentos de urgência ou emergência realizados em horários especiais (19:00 às 7:00 de segunda a sexta-feira e 24 horas nos fins de semana e feriados).ipasgo. a coparticipação será paga diretamente ao prestador.go. após avaliação socioeconômica realizada caso a caso. Obs. no endereço eletrônico www.25. da Lei nº 14. pelo prestador.081/02). inativo ou seu pensionista e os dependentes do respectivo grupo familiar. Na apuração do valor a ser indenizado soma-se todos os gastos do 18 . REDUÇÃO OU ISENÇÃO DE CO-PARTICIPAÇÃO (Programa de Apoio Social . HIV. dentre outros fatores. art. somente ao usuário titular servidor estadual ativo. DESFILIAÇÃO DO SISTEMA IPASGO SAÚDE O titular poderá. Nesse caso. Os usuários inscritos fora do grupo familiar ou por meio de convênios e seus respectivos dependentes (inclusive do grupo familiar).24.PAS) Excepcionalmente. não têm direito à dispensa ou redução da co-participação (§7º. requerer a própria exclusão e/ou de seus dependentes do sistema assistencial. definidos como tratamentos crônicos e onerosos. Obs.12. É proibido ao prestador exigir o depósito de cheque caução para qualquer atendimento ao usuário do Ipasgo Saúde. a qualquer momento. a guia poderá ser emitida via internet.

conforme determinação legal vigente é responsável pelo pagamento da indenização própria e de seus dependentes. empréstimo de cartão/carteira de usuário. UTILIZAÇÃO INDEVIDA DO IPASGO SAÚDE : CONSEQUÊNCIAS A utilização indevida do Ipasgo Saúde. entre outras condutas consideradas irregulares. 1. pelo titular ou dependentes. por um período de 90 a 360 dias. omissão de informações cadastrais que impliquem na condição de dependente. bem como à responsabilização penal e civil. sem prejuízo do ressarcimento integral das despesas decorrentes do uso indevido.081/02): }Advertência escrita. 19 . no caso de falta leve. sujeita o titular às penalidades a seguir. o não pagamento de guias em atendimento de urgência/emergência. aplicadas de acordo com a gravidade da falta cometida (Art. no caso de falta gravíssima. no caso de falta grave.26. seja em caso de exclusão ou uso indevido do Ipasgo Saúde. mediante comunicação formal ao órgão de origem do titular. 27 da Lei nº 14.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE período (últimos 12 meses) e subtrai-se do valor encontrado os valores correspondentes às contribuições mensais efetuadas nesse mesmo período. }Suspensão do Ipasgo Saúde. às penalidades previstas na legislação assistencial. }Exclusão do plano. sem prejuízo do ressarcimento integral das despesas decorrentes do uso indevido do Sistema. O titular. Qualquer conduta considerada irregular na utilização dos serviços do Ipasgo Saúde sujeita o titular ao pagamento total das despesas advindas. seja por uso de falsa declaração ou documentação.

direto no estabelecimento do prestador. O uso do cartão magnético deve ser acompanhado de documento de identificação pessoal. CONSULTAS: VALIDADE DA GUIA E RETORNO Os usuários serão atendidos mediante apresentação de guia emitida pelo Ipasgo ou do cartão magnético. pelos telefones (62) 3238-2521 e 3238-2515. com a devida justificativa. quando a coparticipação deve ser paga diretamente ao prestador. a guia poderá ser emitida via internet pelo prestador ou via solicitação pelo sistema 0800 . as internações clínicas e cirúrgicas de emergência não necessitam de autorização prévia. ATENDIMENTOS EM HORÁRIOS ESPECIAIS Nos atendimentos de urgência ou emergência.3. ou a um posto de emissão de guias. hipótese diagnóstica e código da doença (CID10). constando obrigatoriamente o código previsto na tabela vigente no momento da solicitação. se autorizado pelo responsável. informações na Auditoria Médica. se tem cartão magnético.1. 2. A validade para os casos de entrega de exames e/ou retorno ao consultório médico sem a necessidade de apresentar nova guia ou registro pelo cartão será de 21 dias.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE II . 2.DA ASSISTÊNCIA MÉDICO-HOSPITALAR 2. em formulários do Ipasgo. Os procedimentos ambulatoriais (GTAs). Em caso de dúvidas. Maiores informa- 20 . realizados em horários especiais (19:00 às 7:00 de segunda a sexta-feira e 24 horas nos fins de semana e feriados).621919. O usuário poderá ir direto ao prestador. O tempo de validade da guia após a emissão é de 15 dias. com o pagamento da co-participação por débito em contacorrente.2. REALIZAÇÃO DE EXAMES Os exames especiais e de alto custo poderão ser solicitados somente por médicos credenciados.

}Fornecimento de medicamentos e materiais importados não nacionalizados. 2. EXCLUSÕES DE COBERTURA IPASGO SAÚDE: São excluídos da cobertura do Sistema Ipasgo Saúde os seguintes procedimentos ou serviços: }Atendimento em casos de cataclismos. e Programa de Prevenção de Riscos Ambientais. }Fornecimento de próteses.º 24/94-NR7. }Consultas domiciliares. }Tratamento de rejuvenescimento ou de emagrecimento com finalidade estética. (Exames admissionais e periódicos). 2. exceto para os inscritos no Programa Ipasgo Domiciliar.NR9 – MTB. exceto os vinculados a programas especiais do Ipasgo. conforme Portaria n. fonoaudiologia e fisioterapia não necessitam de autorização prévia. bem como órteses e próteses para o mesmo fim.do Ministério do Trabalho. órteses e seus acessórios não ligados ao ato cirúrgico. exceto para rins e córnea. ATENDIMENTO EM PSICOLOGIA E FONOAUDIOLOGIA Os primeiros procedimentos em psicologia. Os subseqüentes devem ser autorizados pelos auditores da Supervisão de Medicina Social. }Fornecimento de medicamentos para tratamento domiciliar. quando declarados pela autoridade competente.5. }Inseminação artificial. conforme Portaria 25/94. }Procedimentos clínicos ou cirúrgicos para fins estéticos. }Fornecimento de medicamentos de manutenção no pós-operatório imediato e tardio dos pacientes transplantados renais ou de córnea. na sede do Ipasgo.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE ções ligar na central de atendimento: 0800-62-1919. guerras e comoções internas. }Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional. }Transplantes.4. 21 . }Tratamento clínico ou cirúrgico experimental. assim definido em ato normativo expedido pelo Ipasgo.

testes vocacionais e outros que não sejam por cuidados com a saúde. investigação diagnóstica eletiva. definidos legalmente e sob o aspecto médico. }Investigação diagnóstica e/ou cirurgias com o objetivo de identificar. }A mamoplastia. ou não reconhecidos pelas autoridades competentes. em regime de internação hospitalar.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE }Tratamentos ilícitos ou antiéticos. produzir ou reverter a esterilidade masculina ou feminina. bem como técnicas de fecundação. inseminação assistida e o controle de métodos anticonceptivos. os gastos com as despesas que se relacionem aos serviços cobertos pelo sistema a que é vinculado (básico ou especial). }Check-up. salvo quando da ocorrência de atendimentos de urgência ou emergência. 2. necrópsias. com risco de morte iminente. REEMBOLSO DE DESPESAS EM URGÊNCIA OU EMERGÊNCIA Somente nos casos de atendimento de urgência ou emergência. }Tratamentos em clínicas de repouso. ginástica. }Despesas decorrentes de serviços prestados por médicos ou entidades não credenciados pelo Ipasgo. mediante solicitação específica. pelo sistema de reembolso conforme valores da Tabela Própria dos Procedimentos do Ipasgo. }Exames médicos para piscina. em locais onde não existe o serviço credenciado e para procedimentos não eletivos. em valores iguais aos estabelecidos na Tabela Própria do Ipasgo para procedimentos ou serviços 22 . }Embolizações e radiologia intervencionista. }Consultas.6. estâncias hidrominerais e clínicas para acolhimento de idosos. tratamentos e internações realizados no período de carência. ainda que a hipertrofia mamária possa repercutir sobre a coluna vertebral. exceto nos casos de urgência e emergência. medicina ortomolecular e mineralograma do cabelo. }Internações que não necessitem de cuidados médicos em ambiente hospitalar. serão reembolsados ao usuário. em locais onde não existe o serviço credenciado pelo Instituto. }Serviços realizados em desacordo com o disposto na regulamentação do Ipasgo. com risco iminente à vida e somente após o período 24 horas da inscrição no sistema.

o usuário deve retornar ao consultório para complementar a consulta.gov. o usuário retira a guia de consulta em Odontologia e escolhe o profissional na relação disponível no próprio local ou pela Internet. para liberação do pagamento do odontólogo. A consulta inicial deverá ser previamente agendada pelo telefone ou pessoalmente no consultório do cirurgião-dentista. das fichas odontológicas e dos exames radiográficos. para a autorização do tratamento (auditoria inicial). pagá-las e retornar ao consultório do prestador no horário agendado para dar início ao tratamento. documentos do responsável). sem prévio agendamento.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE credenciados. Em seguida.br. Depois de autorizado o tratamento.go.ipasgo.1. a solicitação dos exames radiológicos. Após a realização desses exames. o usuário deverá comparecer à Unidade de Clinica Odontológica da sede administrativa do Instituto. Nas especialidades de Endodontia e cirurgia Buco Maxilo o usuário está dispensado da auditoria final. o usuário deverá ligar para desmarcar o compromisso com antecedência mínima de 04 horas. o usuário deverá retirar as guias. Ao término do tratamento o usuário deve voltar ao Ipasgo e fazer a auditoria final dos serviços. Se não for possível comparecer ao consultório nos horários agendados. Obs. da carteira de identidade (se menor de idade.DA ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA 3. A auditoria pode ser feita das 7h30 às 18h30. COMO UTILIZAR OS SERVIÇOS No posto de emissão de guias ou em um dos quiosques do Ipasgo. 23 . se necessário. para a realização do exame clínico e. no endereço www. III . munido do cartão do Ipasgo.

Encerrado o tratamento o usuário deve retornar à Clinica Odontológica para realizar a auditoria final. Prevenção Odontológica O programa é disponibilizado a todos os usuários que realizarão tratamento restaurador (clínico) na faixa etária de 04 a 18 anos e tem por objetivo a educação em saúde bucal. 3. 7. Prevenção Odontológica/ Programas de Saúde Bucal (0 a 18 anos). 6. 2. SERVIÇOS DISPONÍVEIS: CLÍNICA ODONTOLÓGICA IPASGO (Sede) 3.3. 8. 3.2.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE 3. Periodontia:tratamento das gengivas. as 03 (três) vias da ficha odontológica para avaliação/aprovação pelos auditores e do plano de tratamento proposto pelo cirurgião dentista credenciado.1. maxilar e face. por meio de medidas preventivas.2. 5. COBERTURA EM SERVIÇOS DE ODONTOLOGIA O Sistema Ipasgo Saúde autoriza cobertura para os seguintes serviços em odontologia: 1.3.3. Cirurgia Buco-Maxilo Facial: pequenas e grandes cirurgias da boca. 3. Patologia bucal.Dentística Restauradora: restaurações em resina e amálgama. 9. coroas unitárias. o serviço funciona das 07h30 às 18h30. Não é necessário agendamento prévio. A auditoria é essencial para verificar se o plano de tratamento cumpre as normas do Ipasgo Saúde e a necessidade e adequação do procedimento proposto no momento. Auditoria Inicial e Final (Perícia) Após a consulta inicial o usuário deverá comparecer à Auditoria Clínica Odontológica portando o cartão do Ipasgo. 24 . o documento de identidade. 4. Radiologia: somente em clínicas radiológicas credenciadas. Odontopediatria: atendimento para crianças de 0 a 14 anos. Atendimento a pacientes com necessidades especiais. Endodontia: tratamento de canal.

4. 2827 25 . A redução do custo operacional é outro benefício da prevenção oral para o paciente. O programa também está disponível para pacientes adultos. Pronto-Socorro em Odontologia .3. 3.GO Fone: (62) 3238-2633 e 3238-2618 3. drenagem de abcesso (intra-bucal) e recimentação de peça protética.3. nº. exodontias. Goiânia .6702. aplicação tópica de flúor e selantes. URGÊNCIA ODONTOLÓGICA . nº 293. Fone: 3092 . Setor Pedro Ludovico.3. para prevenir as doenças orais. Endereço: Av. Atenção! O IPASGO não se responsabiliza pela ocorrência de acordos feitos particularmente entre o usuário e o cirurgião-dentista credenciado. Setor Marista. maiores de 14 anos. T-9. atendimento de urgência para controle da dor).MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE palestras sobre higiene oral. pagamentos fora dos valores propostos nas tabelas e serviços não autorizados pela auditoria odontológica. profilaxias. restaurações em resina composta. O atendimento é realizado em dias úteis. 3. finais de semana e feriados Pronto-Socorro Odontológico 24 horas: Av. das 8 às 17h30.4.24 horas: Avenida Mutirão. Atendimento Odontológico (na sede do Ipasgo) Na clínica odontológica da sede do Instituto cirurgiões-dentistas realizam atendimento em Clínica Geral e Odontopediatra (restaurações de amálgama.horário comercial) São disponibilizados serviços de emergência endodôntica.24 horas Disponível no período noturno. evidenciação de placas bacterianas. Despesas deste tipo correrão por conta exclusiva do usuário. exodontia de dentes permanentes e decíduos (extrações). nº 586. reimplante de dentes avulcionados. Pronto Socorro de Urgências (na sede do Ipasgo . e remoção de pontos. 1ª Radial.

}Notícias e comunicados de interesse dos usuários. Vários serviços são disponibilizados ao usuário do Ipasgo Saúde. Instruções Normativas e Portarias). }Emissão de relatório de contribuições e co-participações. como por exemplo: }Emissão de guia médica ou odontológica.SERVIÇOS DISPONÍVEIS AO USUÁRIO VIA INTERNET 4. 3. 4. mas por meio de contratos de Parceria Odontológica os profissionais utilizam tabela reduzida para o usuário do sistema. não possuem cobertura pelo Ipasgo Saúde. através da pesquisa de satisfação.go. Decretos. }Consulta à Tabela de Procedimentos do IPASGO.ipasgo. }Emissão de boleto para regularização financeira. Desbloqueio e alteração de senha do cartão magnético. }Consulta à legislação que regulamenta o Sistema Ipasgo Saúde (Leis. }Consulta à relação dos prestadores da rede credenciada do Instituto. prótese total e próteses fixas de mais de um elemento dental. }Avaliação do atendimento da rede credenciada. Fone 3242-2827/ 3242-1413. ortodontia e implante.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE Setor Marista. devendo o pagamento ser efetuado pelo usuário diretamente ao profissional parceiro do Ipasgo. Regulamentos. }Formulários e informações para autuação de processos de 26 .br. }Fale conosco e esclarecimento de dúvidas sobre o Ipasgo Saúde.5. por meio do endereço eletrônico . }Emissão de guias em horário especial (urgência/emergência).1.gov. }Consulta aos horários da auditoria médica. SISTEMA DE PARCERIA EM ODONTOLOGIA Procedimentos nas áreas de prótese removível. via internet. O usuário poderá escolher um profissional que trabalha na modalidade “PARCERIA” em listagens disponíveis na Clínica Odontológica ou no endereço www. Nesses casos não são emitidas guias.

gov.EPREV.ipasgo. Postos de Atendimento e Vapt-Vupts) para atendimento dos clientes do IPASGO na Capital e no interior do Estado no endereço eletrônico www. abono de permanência. bloqueio/desbloqueio e entrega. AUDITORIA MÉDICA NO INTERIOR Disponível nas Regionais e nos Postos de Atendimento de Anápolis 27 . recadastramento previdenciário. }Endereço de locais e postos de atendimento do Ipasgo. existem. POSTOS DE ATENDIMENTO E VAPT-VUPTS) DO IPASGO Além da sede administrativa do Instituto. devolução de Raio X odontológico ao prestador. onde são disponibilizados serviços para viabilizar e facilitar a utilização do Sistema IPASGO SAÚDE. devolução de contribuições. instalados em diversos locais de Goiânia e em cidades do interior. etc. autuação de processos para concessão de benefício de pensão e aposentadoria. certidão de tempo de contribuição. recebimento.S a ú d e : Inclusão/exclusão e bloqueio/desbloqueio de titular e dependentes. devolução de faturas ao prestador.2.SERVIÇOS REALIZADOS NAS UNIDADES DESCENTRALIZADAS (REGIONAIS. } P ro to c o l o d e S o l i c i ta ç õ e s p a ra o I p a s go . 4. os Vapt-Vupts e as Agências Regionais. }Demais Serviços: Emissão de boletos e parcelamentos. entre outros serviços. auxílio reclusão previdenciário. }Cartão Magnético: Solicitação de 2ª via.3. }Dicas de saúde.br 4. como: }Emissão de de autorização para procedimentos (Emissão de Guias). autorização de débito em conta. cadastro e alteração de senha. conferência e autuação de faturas médicas (somente nas Regionais). }Consulta de Processos. auditoria médica autorizativa. os Postos de Atendimentos.go. Veja a lista completa com endereço e telefone das Unidades Descentralizadas (Regionais. alterações cadastrais.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE requerimentos ao Instituto.

MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE (pediatria. Goianésia (pediatria) e Rio Verde (cirurgia geral). cardiologia e cirurgia geral). ortopedia. Informações complementares poderão ser obtidas na central de atendimento IPASGO pelo telefone 0800 . Catalão (cirurgia geral e medicina do trabalho). Atualização:agosto/2009 28 . As alterações na legislação do Sistema IPASGO SAÚDE posteriores à edição deste manual incorporam-se às orientações nele contidas.62 -1919.

em que o Titular e/ou demais usuários ainda não gozam do direito de utilizar determinadas coberturas asseguradas pelo sistema contratado.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE V . externo e involuntário. contado a partir da 1ª ( primeira ) contribuição.DAS DEFINIÇÕES Para efeito de correta utilização da assistência contratada junto ao Sistema IPASGO Saúde e visando a melhor compreensão das condições estabelecidas. excluídos os casos dentários e os sismicos de qualquer modalidade. c) Assistência Hospitalar: atendimento que se limita aos serviços realizáveis em hospitais e pronto-socorros. início de vigência da relação contratual individual. causador de lesão física. não definido pela legislação em vigor como acidente de trabalho. devem ser observadas as seguintes definições: a) Acidente Pessoal: evento súbito. e) Carência: é o período de tempo interrupto.IPASGO SAÚDE . para os quais não haja necessidade de internação hospitalar. tratamentos e procedimentos ambulatoriais. por sua gravidade ou complexidade. d) Bloqueio: é a suspensão do acesso aos serviços assistenciais após trinta dias de inadiplência no pagamento de valores devidos ou ausência de documentação essencial à regularidade cadastral do usuário. não incluindo atendimentos ambulatoriais para fins de diagnóstico. b) Assistência Ambulatorial: é aquela que se limita aos serviços realizáveis em consultório ou ambulatório. 29 . terapia ou recuperação. mesmo que complementares a uma internação. exijam a internação do usuário. mesmo em dia com as contribuições. UTI ou similares). inclusive cirurgias de pequeno porte (que não demandem o apoio de estrutura hospitalar ou recuperação pós anestésica. exames. Assegura os atendimentos referentes a consultas médicas. ressalvado em regulamentação do Ministério da Saúde e na legislação do IPASGO. decorrente de eventos que.

de que o usuário tenha conhecimento ou recebido tratamento clínico ou cirúrgico antes da data de inclusão no Sistema IPASGO Saúde. congênito ou adquirido que comprometa função orgânica ou coloque em risco a saúde do usuário por sua ação direta ou indireta. que identifica o usuário e a categoria de assistência (básica ou especial). inclusive em ambiente hospitalar. 30 . assim caracterizado em relatório/declaração expressa do médico-assistente. j) Doença ou lesão preexistente: o evento mórbido. por suas conseqüências. l) Emergência: situação decorrente de evento imprevisto . sendo necessária sua apresentação e de outro documento de identificação civil para a utilização dos serviços assistenciais disponibilizados. h) Dependente: é o usuário incluído no sistema por meio de proposta de adesão assinada pelo Titular. não considerado de urgência ou emergência. g) Co-participação: importância que deverá ser efetivamente paga pelo usuário quando da realização de consultas médicas. sendo que este é o único responsável pelo dependente perante o IPASGO.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE f) Cartão de Identificação: cartão individual e intransferível emitido pelo IPASGO. que exige atendimento médico ou internação hospitalar imediata para superar o risco iminente de morte ou de lesões irreparáveis para o usuário. e procedimentos ambulatoriais realizados pelo TITULAR e/ou pelos respectivos usuários dependentes. k) Eletivo: procedimento médico previamente programado. exceto em casos de internação hospitalar. i) Doença congênita: é a anomalia desenvolvida durante o processo gestacional e/ou manifestada por ocasião do parto.

em especial às referentes ao resultado de perícias ou exames. aos serviços/coberturas previstos na legislação que rege o Sistema IPASGO Saúde. o) Tabela Própria de Procedimentos do IPASGO: indica os códigos e os procedimentos cobertos pelo sistema bem como os valores praticados para fins de remuneração dos serviços prestados pela rede credenciada ao Instituto e para fins do reembolso de despesas médicas dos usuários conforme art. falecimento.MANUAL DO USUÁRIO DO IPASGO SAÚDE m) Exclusão: é a perda do direito. omissão ou distorção de informações. e. em prejuízo da rede credenciada e/ou do IPASGO. uso mediante fraude. p) Terapias Complementares: conjunto de ações e/ou procedimentos para assistência nas áreas de psicologia. ainda. prática de qualquer ato ilícito ou penal contra o IPASGO. decorrente da saída do cadastro de usuários por um dos seguintes motivos: a pedido. n) Tabela de contribuição com base em Cálculo Atuarial: indica o valor da contribuição individual. utilização indevida do cartão de identificação. por faixa etária.592/02. por parte do usuário. 31 . r) Usuário Titular: é o responsável pela inscrição/exclusão própria e dos seus dependentes. 15 do Decreto nº 5. fonoaudiologia. abuso ou desnecessidade dos serviços contratados. assim como pelas contribuições devidas ao Sistema Assistencial. conforme a modalidade do sistema escolhido (Básico ou Especial). q) Urgência: exclusivamente em vista de situação resultante de acidentes pessoais ou de complicações no processo gestacional. fisioterapia e nutrição. por todas as informações cadastrais e documentação exigidas pelo IPASGO. inadimplência há mais de 90 (noventa) dias consecutivos.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful