Você está na página 1de 6
Relatório Final
Relatório
Final

A utilização das TIC nos processos de Ensino/Aprendizagem

A utilização das TIC nos processos de Ensino/Aprendizagem

Formador: Professor Armando Pereira da Silva

Local: Escola Superior de Educação P. Porto

Formanda: Maria de Fátima Neves Vasconcelos Dias

Junho 2011

A utilização das TIC nos processos de Ensino/Aprendizagem

Introdução

O presente relatório tem como finalidade fazer uma análise reflexiva sobre a acção frequentada e, em simultâneo, avaliar o seu contributo a nível profissional e pessoal.

Pretendemos também, fazer a auto-avaliação face aos objectivos da acção e fazer algumas propostas relativas à mesma.

Não é nossa pretensão fazer uma análise exaustiva a estes parâmetros, mas apenas uma abordagem contributiva para a sua avaliação.

A utilização das TIC nos processos de Ensino/Aprendizagem

1. Importância da formação de professores na área das TIC e a importância da utilização das TIC pelos alunos

Sabemos que a formação de professores na área das TIC ajuda a promover o desenvolvimento curricular, a integração transdisciplinar das TIC, a elaboração de recursos educativos digitais e a sua aplicação no processo de ensino/aprendizagem, de forma a fomentar o desenvolvimento de mais e melhor ensino e aprendizagem para os alunos. O desempenho dos alunos será tanto melhor quanto melhor o professor for capaz de ir ao encontro das motivações das crianças. A utilização das TIC permitirá, assim, uma aprendizagem integral e activa dos nossos alunos.

A formação de professores nas TIC permitirá também quer a promoção e

reflexão sobre metodologias de aplicação das TIC no processo de ensino/aprendizagem, quer o incentivo para a produção de materiais diversificados e

apelativos de apoio ao ensino e sua disponibilização on-line, prolongando os momentos de aprendizagem dos alunos no tempo e no espaço. Esta partilha de materiais e aprendizagens proporcionará ainda um acompanhamento e conhecimento dos Encarregados de Educação sobre as aprendizagens feitas e as actividades desenvolvidas pelos alunos a nível de escola e de sala de aula.

A plataforma Moodle enquanto ferramenta de comunicação e interacção à

distância proporcionada pelas TIC, podem ser potenciadoras na promoção de boas práticas nos vários contextos e modelos de aprendizagem, baseadas num trabalho colaborativo e nas comunidades virtuais de aprendizagem.

A implementação de novos modelos curriculares com maior ênfase em

competências transversais e na realização de tarefas de uma forma autónoma por parte do aluno e ainda a inclusão de novas áreas curriculares não disciplinares, justifica a minha formação de forma a dar resposta a estes paradigmas, incluindo as TIC como ferramentas potenciadoras e geradoras de novas situações de aprendizagem e metodologias de trabalho.

2. Grau de adequação da modalidade de formação utilizada

Penso que foi adequada a modalidade de formação utilizada na medida em que houve a preocupação de se descobrir as potencialidades das TIC no processo

A utilização das TIC nos processos de Ensino/Aprendizagem

de ensino / aprendizagem através da exploração das diversas potencialidades dos quadros interactivos descobrindo-se formas de apresentação de boas práticas. A informação dada baseou-se numa aprendizagem através da descoberta pela pesquisa, confrontando-se com as dos colegas da turma. Permitiu também a pesquisa e aplicação de variadas potencialidades das TIC. A acção e o formador proporcionaram uma aprendizagem adequada ao nível de competências TIC de cada formando, respeitando o ritmo de aprendizagem e de execução individual.

3. A plataforma como extensão da componente presencial nos processos desenvolvidos com os seus alunos e os seus pares.

Pude verificar que a utilização da plataforma Moodle como instrumento didáctico permite quer um enriquecimento das nossas metodologias de ensino, destacando-se o uso da internet para a construção de conhecimentos e de comunicação (escola/aluno, escola/ Encarregados de Educação), quer a criação de estratégias de utilização das TIC numa perspectiva de reorganização e gestão de sala de aula, adaptadas aos espaços e equipamentos disponíveis nas escolas dando oportunidade aos alunos de serem apoiados nas suas aprendizagens e na produção de recursos quer de uma forma presencial quer à distância.

4. Reflexão Final

A acção de formação na sua globalidade correspondeu às nossas expectativas. Apesar de esperar um trabalho mais intensivo na utilização de computadores portáteis (por exemplo Magalhães) em interacção com a plataforma Moodle, a abordagem feita, pelo formador, nas diversas dimensões das TIC QI, Moodle, pesquisa no youtube e construção do blog foram importantes para despertar a curiosidade e o interesse para a descoberta e procura de novos conhecimentos e potencialidades destas e de outras ferramentas interactivas. Por parte do formador houve a preocupação de despertar a atenção de todos os formandos, o que sabemos ser uma tarefa um pouco difícil à hora que se desenrolavam as acções. Todavia, conseguiu motivar para os conteúdos da acção revelando boa capacidade em comunicar-lhes os conhecimentos e de incentivar o

A utilização das TIC nos processos de Ensino/Aprendizagem

trabalho e participação dos mesmos. Os trabalhos experimentais realizados, as consultas indicados pelo formador proporcionaram momentos de intensa aprendizagem, através da experimentação activa. Considero também que o trabalho desenvolvido e apresentado na plataforma será a melhor forma de avaliar as nossas aprendizagens e o nosso empenho, para além deste registo escrito de opinião/avaliação.

5. Designação da Acção de Formação:

“A Utilização das Tic nos Processos de Ensino/Aprendizagem”

Endereço da disciplina

http://crc.ese.ipp.pt/moodle/course/view.php?id=870

Nome Utilizador: fatimaneves

Palavra chave: mbb2005

Disciplina: Estudo do Meio _ cedro