Você está na página 1de 8

NOÇÕES DE CONTABILIDADE

NOÇÕES DE CONTABILIDADE E.T.E. João Luiz do Nascimento Delirose Ramos Delirose Ramos Página 1
NOÇÕES DE CONTABILIDADE E.T.E. João Luiz do Nascimento Delirose Ramos Delirose Ramos Página 1

E.T.E. João Luiz do Nascimento Delirose Ramos

NOÇÕES DE CONTABILIDADE E.T.E. João Luiz do Nascimento Delirose Ramos Delirose Ramos Página 1

NOÇÕES DE CONTABILIDADE

NOÇÕES DE CONTABILIDADE 1 INTRODUÇÃO De acordo com o 1º Congresso Brasileiro de Contabilidade, realizado em

1

INTRODUÇÃO

De acordo com o 1º Congresso Brasileiro de Contabilidade, realizado em 1924, Contabilidade é a ciência que estuda e pratica as funções de orientação, de controle e de registro dos atos e fatos de uma administração econômica.

A Contabilidade é mantida com a finalidade de fornecer às pessoas interessadas informações sobre um patrimônio determinado. Essas pessoas dividem-se em dois grupos:

Público interno: os administradores e os acionistas ou sócios

As funções da Contabilidade são:

controladores; Público externo: os acionistas ou sócios não controladores, bancos,

fornecedores, governo, entre outros.

Função administrativa: controlar o patrimônio;

Função econômica: apurar o lucro ou prejuízo, ou eja, calcular o resultado econômico.

Patrimônio: é o conjunto de bens, direitos e obrigações de uma pessoa, física ou jurídica, que possam ser avaliados em dinheiro. Os bens e direitos compõem o ativo e as obrigações, o passivo exigível.

Bens: são coisas materiais ou imateriais capazes de produzir benefícios presentes ou futuros, passíveis de mensuração e que possam ser objeto de uma relação jurídica. Os bens se dividem em dois grupos:

Bens materiais ou tangíveis: estoques de mercadorias; veículos; imóveis de aluguel; ferramentas; móveis utensílios; máquinas e equipamentos; estoque de material de consumo. Bens imateriais ou intangíveis: marcas; patentes industriais; concessões do serviço público; direitos autorais.

Direitos: são contas representativas de recursos da empresa que estejam na posse de terceiros, ou seja, valores a receber, a recuperar ou créditos. São exemplos de direitos: duplicatas a receber; aluguéis a receber; aplicações financeiras; adiantamentos a empregados; empréstimos concedidos a terceiros; entre outros.

NOÇÕES DE CONTABILIDADE 1 INTRODUÇÃO De acordo com o 1º Congresso Brasileiro de Contabilidade, realizado em

NOÇÕES DE CONTABILIDADE

NOÇÕES DE CONTABILIDADE Obrigações com terceiros: são os valores de terceiros na posse da entidade ou

Obrigações com terceiros: são os valores de terceiros na posse da entidade ou instituição.

Obrigações com os sócios: são os recursos dos sócios que estão aplicados na empresa, compõem as contas de capital, reservas e lucros (ou prejuízos) acumulados.

Resumindo: Aplicações dos recursos
Resumindo:
Aplicações
dos
recursos
 
 

PASSIVO

 

(Obrigações com

 

ATIVO

terceiros)

 

(Bens e Direitos)

PATRIMÔNIO

LÍQUIDO

 

(Obrigações com os sócios)

 

Ativo

(A):

conjunto

dos

recursos

controlados pela entidade como

resultado de eventos passados e do qual se espera que resultem futuros

benefícios econômicos para a entidade.

Passivo (P): toda obrigação presente da entidade, derivada de eventos já ocorridos, cuja liquidação se espera que resulte em saída de recursos capazes de gerar benefícios econômicos.

Patrimônio Líquido (PL): valor residual dos ativos da entidade depois de deduzidos todos os seus passivos.

ATIVO = PASSIVO + PATRIMÔNIO LÍQUIDO

Os registros dos fatos contábeis se processam

pelo uso

de contas

representativas dos elementos patrimoniais e/ou de resultado.

As contas são nomes ou títulos técnicos atribuídos aos elementos patrimoniais ou de resultado que receberão registros a cada alteração decorrente dos fatos contábeis que modifiquem seu objeto. Com base na teoria personalista das contas, estas representam pessoas, e as relações entre elas e a empresa geram débitos e créditos.

NOÇÕES DE CONTABILIDADE Obrigações com terceiros: são os valores de terceiros na posse da entidade ou

NOÇÕES DE CONTABILIDADE

NOÇÕES DE CONTABILIDADE As contas estão classificadas da seguinte forma: Contas Patrimoniais Ativo (Caixa, banco, clientes,

As contas estão classificadas da seguinte forma:

Contas Patrimoniais
Contas
Patrimoniais

Ativo (Caixa, banco, clientes, mercadorias etc)

Passivo Exigível (Fornecedores, financiadores, Duplicatas a pagar, Impostos a Recolher).

Patrimônio Líquido (Capital Social, Lucros ou prejuízos acumulados, reservas).

Contas de Resultado
Contas de
Resultado

Receitas (Serviços, Juros, Aluguel, Vendas etc) que representa acréscimo ao PL

Despesas - (Administrativas, Vendas, Financeiras) que representa decréscimo ao PL

Método

das

partidas

dobradas:

não

débito

sem

crédito

correspondente de igual valor.

 

Dessa forma,

 

O

valor total dos débitos será sempre

igual ao

valor dos

créditos, ainda que essa igualdade surja pela soma de diversas contas a débito e/ou diversas a crédito.

O somatório dos saldos devedores será sempre igual ao dos saldos credores.

O

total

do

ativo

(no

qual serão registradas as contas

devedoras do patrimônio) é sempre igual à soma do passivo

com o patrimônio líquido (contas credoras do patrimônio)

Os

créditos

e

débitos

são

lançados

nas

contas

utilizando

os

razonetes (um para cada conta), conforme a seguir:

NOÇÕES DE CONTABILIDADE As contas estão classificadas da seguinte forma: Contas Patrimoniais Ativo (Caixa, banco, clientes,

NOÇÕES DE CONTABILIDADE

NOÇÕES DE CONTABILIDADE Nome da Conta Débitos Créditos Quadro resumo da consequência das operações de débito

Nome da Conta

Débitos

Créditos

Quadro resumo da consequência das operações de débito e crédito nas contas patrimoniais e de resultado.

Classificação das

Alteração no saldo das contas

Natureza do Saldo

contas

Débito

Crédito

ATIVO

Aumenta

Diminui

Devedor

PASSIVO

Diminui

Aumenta

Credor

PATRIMÔNIO LÍQUIDO

Diminui

Aumenta

Credor

RECEITA

Diminui

Aumenta

Credor

DESPESA

Aumenta

Diminui

Devedor

Cabe ao contador a elaboração do plano de contas de acordo com as características da entidade, com a flexibilidade possível para permitir a inclusão ou exclusão de contas, segundo o que requisitar a dinâmica da atividade.

Os fatos contábeis podem ser registrados em dois momentos: na data do fato gerador, ou na data do desembolso financeiro.

REGIME DE COMPETÊNCIA: a fim de atingir seus objetivos, demonstrações contábeis são preparadas conforme o regime contábil de competência. Segundo esse regime, os efeitos das transações e outros eventos são reconhecidos quando ocorrem (e não quando caixa ou outros recursos financeiros são recebidos ou pagos) e são lançados nos registros contábeis e reportados nas demonstrações contábeis dos períodos a que se referem. As demonstrações contábeis preparadas pelo regime de competência informam aos usuários não somente sobre transações passadas envolvendo o pagamento e recebimento de caixa ou outros recursos financeiros, mas também sobre obrigações de pagamento no futuro e sobre recursos que serão recebidos no futuro. Dessa forma, apresentam informações sobre transações passadas e outros eventos que sejam as mais úteis aos usuários na tomada de decisões econômicas. O regime de competência pressupõe a confrontação entre receitas e despesas.

NOÇÕES DE CONTABILIDADE Nome da Conta Débitos Créditos Quadro resumo da consequência das operações de débito

NOÇÕES DE CONTABILIDADE

NOÇÕES DE CONTABILIDADE A movimentação contábil se dá a partir das técnicas contábeis. Que ocorrem da

A movimentação contábil se dá a partir das técnicas contábeis. Que ocorrem da seguinte forma:

Auditoria e Escrituração Elaboração das Fato Contábil Análise das dos Livros Demonstrações Demonstrações
Auditoria e
Escrituração
Elaboração das
Fato Contábil
Análise das
dos Livros
Demonstrações
Demonstrações

Fato contábil: é todo fato que provoca alteração nos elementos patrimoniais ou de resultado.

Escrituração contábil: é a técnica utilizada para o registro dos fatos contábeis. É feita por meio de lançamentos em livros destinados ao registro das operações que afetam o patrimônio.

Os principais livros utilizados para escrituração contábil são:

Livro Diário: destinado ao registro dos fatos contábeis, é de utilização obrigatória, tanto para o Código Civil, quanto para o Imposto de Renda. Livro Razão: são utilizados para resumir e totalizar, por conta e subconta, os lançamentos efetuados no Diário. É facultativo, segundo o código civil, mas é obrigatório, segundo o imposto de renda, para pessoas jurídicas tributadas com base no lucro real.

São elementos essenciais para lançamento nos livros:

Local e data;

Conta(s) debitada(s)

Conta(s) creditada(s)

Histórico

Valor(es)

Demonstrações contábeis: técnica que consiste na exposição da situação do patrimônio em determinada data e de suas variações durante certo período.

NOÇÕES DE CONTABILIDADE A movimentação contábil se dá a partir das técnicas contábeis. Que ocorrem da

NOÇÕES DE CONTABILIDADE

NOÇÕES DE CONTABILIDADE DEMONSTRAÇÃO DO BALANÇO PATRIMONIAL: pode ser definido como uma fotografia do balanço patrimonial

DEMONSTRAÇÃO DO BALANÇO PATRIMONIAL: pode ser definido como uma fotografia do balanço patrimonial ao final do exercício.

Balanço

31 de dezembro de 19xx

Ativos:

Passivos e patrimônio líquido

Ativos circulantes

Passivos circulantes

Caixa e aplicações

Contas a pagar

Contas a receber

Instituições financeiras a pagar

Estoques

Total de passivos circulantes

Total de ativos circulantes

Passivos de longo prazo

Ativos fixos

Total de passivos

Ativos fixos (valor bruto)

Patrimônio líquido:

Menos: depreciação acum.

Capital (ações ordinárias)

Fundo de comércio

Ágio na venda de ações

Outros ativos de longo prazo

Lucros retidos

Total de ativos fixos

Total de patrimônio líquido

Total de ativos

Passivos e patrimônio líquido

DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO (D.R.E):

trata-se da exposição ordenada das receitas realizadas e das despesas incorridas do exercício, registradas de acordo com o princípio da competência.

NOÇÕES DE CONTABILIDADE DEMONSTRAÇÃO DO BALANÇO PATRIMONIAL: pode ser definido como uma fotografia do balanço patrimonial

FLUXO DE CAIXA: essa demonstração evidencia as modificações ocorridas nas disponibilidades da companhia, em um determinado exercício, por meio da exposição dos fluxos de recebimentos e pagamentos. É relevante para o público interessado em avaliar a capacidade da empresa de gerar disponibilidades, bem como em identificar suas necessidades de utilização desses recursos. Também é útil para avaliar uma sociedade com base no valor presente de seu fluxo de caixa.

NOÇÕES DE CONTABILIDADE DEMONSTRAÇÃO DO BALANÇO PATRIMONIAL: pode ser definido como uma fotografia do balanço patrimonial

NOÇÕES DE CONTABILIDADE

NOÇÕES DE CONTABILIDADE Auditoria : é a técnica contábil por meio da qual verificamos se a
NOÇÕES DE CONTABILIDADE Auditoria : é a técnica contábil por meio da qual verificamos se a

Auditoria: é a técnica contábil por meio da qual verificamos se a escrituração e as demonstrações contábeis forma elaboradas de acordo com os princípios contábeis geralmente aceitos, de tal maneira a refletirem as transações efetivamente realizadas, a situação do patrimônio e suas variações.

NOÇÕES DE CONTABILIDADE Auditoria : é a técnica contábil por meio da qual verificamos se a