Você está na página 1de 8

A Biblia e o Livro de Mormon

Joseph Smith em Julgamento

Muitos antimórmons tem me escrito e perguntado que eu de uma olhada em minhas convicções tendo
uma mente aberta, livre de preconceito ou propensão. A teoria é que se eu fosse fazer isto, eu veria
facilmente as muitas falhas e falácias que eles parecem pensar que são abundantes em minha religião.

Considerando que eu investi muito esforço em estudar a Bíblia, eu tenho escrito a eles que eu estou muito
confortável em que eles perguntam de mim. Mais que isto, eu tenho orado a Deus com todo o meu
coração para que Ele mostre me como faço isto. O que eu acho bastante interessante é que estas muitas
mesmas pessoas que querem que eu examine minhas convicções de perto com uma atitude não crítica e
imparcial, não estão dispostos a seguir seus próprios conselhos quando vem às coisas nas quais eles
acreditam. Também, eles são parciais nas suas próprias convicções, mas eles não estão dispostos a admitir
isto, nem dispostos a considerar qualquer coisa que desafiem suas idéias apreciadas.

Muitas destas pessoas que clamam a Deus orando para mostrar a eles a verdade não é o modo de
descobrir o que a Bíblia realmente ensina. Eles dizem que nós deveríamos usar bom senso e evidência
histórica para provar a verdade, como você faria em um tribunal da lei. Então, usando a suas própria
lógica, daremos uma olhada em que mórmons acreditam de um ponto de vista racional, lógico e usando
evidência para confirmar nossas convicções, como um detetive faria tentando desvendar um mistério.

Quando vem para determinar se Joseph Smith foi quem reivindicou para ser - um profeta de Deus - isto
deveria ser fácil contestar, se ele foi, realmente, um falso homem de Deus, um profeta fraudulento, um
charlatão de religiões, e um impostor espiritual como a maioria da reivindicação de antimórmons.
Levemos a sério, olhar imparcial às suas reivindicações. O ponhamos em um tribunal, como quem diz,
ver se ele somente foi um trapaceiro-artista que enganava as pessoas para o seu próprio enriquecimento,
ou se ele falou a verdade quando ele disse que Deus tinha o chamado para restabeleceu mais uma vez o
evangelho de Jesus Cristo na terra.

A primeira coisa nós sabemos de Joseph que até mesmo os críticos reconhecem, é que ele foi esquecido.
De fato, esta é um das coisas eles usam contra ele como prova que ele não poderia ser quem ele disse que
foi. Eles argumentaram com uma pequena educação formal, ele não poderia possivelmente ter o intelecto
para entender os mistérios profundos da Bíblia. De fato, eles mostram que quando ele escreveu o Livro de
mórmon, ele tinha uma pequena educação que ele mesmo não poderia escrever sozinho, mas ao invés
tinha que usar outros atos como seus escriturários enquanto ele fabricou e inventou sua fictícia estória.

Eu deveria ter a idéia inteira do livro, só em minha mente, eu deveria um dia mostrar a placas para ter
testemunhas, I deveria construir um Urim e Tumim. Eu deveria providenciar um anjo e muitos problemas
que nós descobriremos mais adiante. Assim minha esposa teria sido minha escolha, mas eu deveria falar
com ela e deveria a convencer de tudo, faz sentido?

Mas há um problema sério com tal acusação. Em primeiro lugar, o Livro de mórmon é bem escrito. Até
mesmo os críticos de Joseph admitem que não lê como se foi escrito por alguém com uma educação de
terceiro-grau. De fato, em algumas partes, é bastante literário em sua composição e estilo, ou com alguma
da melhor literatura do mundo. É pelo menos todo pedaço como fluindo como a Bíblia.

Se o Joseph tivesse feito esta história de sua própria imaginação, como os críticos dizem, então ele teria
sabido que desde o princípio era uma história fictícia. Desde que ele precisasse de alguém mais para
escrever as palavras em papel para ele, eles também teriam sabido igualmente a história foi refeita. Então,
a escolha de quem seria o seu escriturário teria sido extremamente importante, porque aquela pessoa
poderia ter exposto as reivindicações fraudulentas de Joseph e poderia ter revelado como um impostor.
Reduzir o risco de ser descoberto é lógico que o Joseph teria usado apenas uma pessoa confiante para ser
seu escriturário, não duas ou três ou mais.
A pessoa mais lógica para ele escolher teria sido a sua esposa, Emma. Há várias razões para isto.
Primeiro, ela esteve para ganhar tanto quanto o Joseph fez se seu esquema tornasse financeiramente
próspero. Segundo, ela estava apaixonada por ele, e teria sido mais seu encorajador e protetor que
qualquer um outro. Em terceiro lugar, ninguém fora de sua casa saberia quem era atrás dessas portas
fechadas. O segredo teria sido limitado à própria família dele.

Mas havia mais que isto que simplesmente apenas uma história e fazendo passar isto por história
autêntica. Ele também reivindicou ter traduzido esta história de uma civilização antiga de placas de ouro,
que ele usou um Urim e Tumim para o ajudar fazer esta tradução, e que um anjo apareceu a ele para
mostrar-lo onde as placas estavam escondidos. Quem era para ser o seu escriturário também teria que ir
junto com todas destes outros contos também.

Embora a Emma foi durante algum tempo a sua escrituraria, havia alguns outros que também escreveram
para ele. Um em particular foi Oliver Cowdery, um professor de escola, qual vagava e visitou Joseph. .
Depois que o Joseph disse a Oliver sobre as placas de ouro do qual ele estava traduzindo o Livro de
mórmon, e mencionando que ele precisou de um escriturário, Oliver não só ofereceu, mas o Joseph
aceitou os seus serviços alegremente. Neste momento, Oliver foi virtualmente um estranho total a Joseph.
Não faz sentida nenhuma lógica por Joseph confiar em um estranho para manter segredo de uma falsa
história que ele planejou usar para ganhar riqueza e fama.

Poderia ser discutido que isto mostra como inculto e ignorante uma pessoa que o Joseph realmente era
que ele não pensava isto antes de aceitar a oferta de Oliver Cowdery. Mas se isso é o caso, então deveria
fazer-lo tanto mais fácil para provar oque um impostor que ele realmente era.

Indo prover uma fraude seguramente ele deveria estar atento que ele deveria ter algumas placas para
mostrar porque ele teve a idéia ruim de escrever em seu livro que várias testemunhas deveria ser provido,
mas o melhor de tudo que ele precisou prover um anjo para mostrar as placas, se ele era capaz de fazer há
apenas estas duas coisas que eu deveria dizer que Mr. Houdini não é ninguém comparado a ele. Considere
que ele deveria ter construído um Urim e Tumim, também. Placas de ouros

O Livro de mórmon é 522 impresso em longas páginas, contudo, o Joseph Smith ditou os conteúdos
inteiros do livro em só 45 dias de trabalho. Isso é uma questão de fato histórico. É verdade que estes não
foram em dias sucessivos. Eles aconteceram de vez em quando de 22 de setembro de 1827 quando o
Joseph recebeu as placas de um anjo, até vinte e dois meses depois, em junho de 1829, quando ele tinha
terminado o Livro de mórmon finalmente. Mas até mesmo se ele tivesse trabalhado diariamente naquele
livro durante vinte e dois meses que ainda seriam uma grande realização para qualquer escritor completar
um livro daquela duração e complexidade de hoje usando um processador de texto moderno. Mais que
isso, Joseph ditou toda palavra deste livro sem fazer qualquer mudança significante. Como todo escritor
sabe, antes de um produto final esteja pronto para ser enviado à impressora, deve ter passado primeiro por
numerosos desenhos e revisões. Não foi assim com o Livro de mórmon, e permaneceu virtualmente
inalterado durante quase 200 anos desde que foi primeiro publicado.

Se este livro fosse a invenção de um menino jovem, desaprendido que imaginou a história inteira da
imaginação fértil de sua mente, seria extremamente fácil para homens de grande educação e aplica
pesquisa erudita para provar depressa que este foi o caso. Ainda, durante quase 200 anos ninguém pôde
contestar a reivindicação de Joseph adequadamente. De fato, estudiosos que estudaram e analisaram o
Livro de mórmon vieram ganhar uma maior compreensão e uma avaliação mais profunda para as coisas
encontradas na Bíblia. E tudo isto de um homem desaprendido jovem de vinte e três anos de idade

Mas o que Joseph Smith fez com o Livro de mórmon uma vez que foi publicado? Ele vendeu por uma
grande somas de dinheiro para pessoas que não desconfiassem, como um doutor de serpente que vende o
elixir de panacéia dele da parte de trás de um vagão ambulante? Não! Ele DEU o livro, para nada! Até
mesmo hoje este livro é dada inteiramente grátis como um presente para outros, embora o custo para
imprimi-los seja alto. Se nós olhamos isto de um ponto de vista lógico, por que o Joseph Smith passaria
por tanta perseguição e ridicularizaria para fabricar uma história totalmente fictícia e reivindica que isto
uma verdadeira história de uma civilização antiga somente para DAR o livro sem ganhar qualquer
dinheiro com disto?
Além disso, por que iria todos os vários escriturários que ainda trabalharam transcrevendo tão duro as
suas palavras continuaram o esquema fraudulento se eles não obtiveram nada de valor disto? De fato, eles
adquiriram menos que dinheiro. Eles foram saudados com ridículo, desprezam, e enfurecem por defender
as reivindicações de Joseph. Em alguns casos, eles mesmo arriscando as suas vidas. Se o Joseph fosse um
ignorante, analfabético fazendeiro, Oliver Cowdery certamente não era. Então por que ele apoiou Joseph
se ele soubesse que o livro inteiro era uma fraude, um falso, e brincadeira quando não havia nada para ser
ganho perpetrando tal como uma fraude?

Antes da publicação e depois disto o profeta e todos seus seguidores foram perseguidos fortemente,
algumas vezes foram pichados e emplumados, algumas vezes bateram, muitas vezes em prisão e às vezes
ameaçados ser exterminado. Assim era suposto que ele perceberia depois de um tempo que o seu fraude
ao invés o fazer-lo rico (mas parece que este não era o propósito dele) produziu muitas dificuldades,
sinceramente se eu fosse ele considerando tudo isto, eu deveria dizer: Seria melhor desistir disto.

Assim de um ponto de vista racional eu não posso achar uma explicação racional, em minha opinião está
nisto porque a história do livro de mórmon é a história de pura fé e racionalidade tem qualquer coisa a ver
com isto. Nem sequer os críticos não acharam uma resposta racional assim eles disseram que o Joseph
copiou a sua história do manuscrito de Spaulding e depois disso da visão dos Hebreus.

Eu procederei pensar racionalmente ao trabalho do livro de mórmon feito em 45 dias, não só Joseph
Smith foi um homem desaprendido, mas ele não poderia saber muito bem a Bíblia, ele não era um
pregador, ele era jovem, talvez ele não tivesse a oportunidade de ler a Bíblia inteira. Eu li a Bíblia inteira
quando tinha 27 anos. Eu viveria aparte que o livro que ele ia traduzir ou escrever, de acordo com nossos
críticos estava cumprindo muitas profecias Bíblicas vêem A Bíblia e o Livro de mórmon relativo à casa
de Joseph e as escritos do hebreu difundido em todos lugares no mundo, mas o que é mais fascinando
para mim é o tempo, o tempo perfeito de muitos fatos interessantes. Por exemplo, o Urim e o Tumim são
declarados no Livro de mórmon que a primeira pessoa que tivesse isto era o irmão de Jared. Você poderia
perguntar por que este é tempo perfeito. É tempo perfeito porque o Urim e Tumim eram extremamente
necessários depois da confusão das línguas, ninguém tinha ido tão longe. É interessante tomar uma nota
que o Urim e Tumim mencionado na Bíblia a um certo ponto estava perdido. Nós podemos presumir com
um pouco de confiança que foram dados o Urim e Tumim tomados sucessivelmente para os sacerdotes
principais da tribo de Levi, ou para videntes de qualquer tribo. Porém, a única menção direta do Urim e
Tumim em por tempos de exílio depois da idade de Moises e Aarão é para ser encontrado em I Samuel
28:6.

6 E perguntou Saul ao Senhor, porém o Senhor lhe não respondeu, nem por sonhos, nem por Urim, nem
pelos profetas.

Em exato tempos o Velho Testamento indica claramente que o Urim e o Tumim tinha se perdido da tribo
de Levi.

Esdras 2:63

63 E o Tirsata lhes disse que não comessem das cousas sagradas até que houvesse sacerdote com o Urim
e com o Tumim.

Neemias 7:65

65 E o Tirasta lhes disse que não comessem das cousas sagradas, até que se apresentasse um sacerdote
com o Urim e com o Tumim.

É interessante notar que o Talmud babilônico, Sota, 48, um, estados que o Urim e Tumim foram perdidos
na hora da destruição do templo, 589 A.C.. Porém, Maimonides (morreu D.C. 1204), grande filósofo
judeu, fala do Urim e Tumim que têm existido para completar os artigos de vestuário do Sumo-Sacerdote,
entretanto eles não foram consultados:

Eles fizeram no Segundo templo (construiu aproximadamente 515 A.C.) Urim e Tumim para completar o
oito artigo de vestuário, embora eles não foram consultados por eles. (Yadh Hachazaqah, Warsaw, 1181.
O Livro de mórmon nos dá o provavelmente chave para a perda do Urim e Tumim para os judeus em
tempos de exilico posto. Em Capítulo oito de Mosias nós descobrimos isso em ou aproximadamente o
ano 121 A.C. o Nefitas foram em posse do instrumento sagrado ou " intérpretes ", como eles eram
conhecidos por aquelas pessoas. Lá pareciam ser sugestões ao mesmo efeito no Livro de Omini, para os
versos 20-25 o historiador Amolequi se refere ao " dom de interpretar idiomas " que declaração tem
significado quando viu na luz de Mosias 8, especialmente vers. 13. Vers. 20 sugere que Mosia na verdade
usasse os instrumento para traduzir gravura. Como os Nefitas vieram em possessão dos intérpretes?

É bastante natural supor que eles foram dados a Mosias pelo seu pai, o Rei o Benjamim quando posterior
lhe " deu cargo que concerne TODOS os negócios do reino " Mosias 1:15 mas vers. 16 é mais específico
nisto.

Mosias 1:16 16 e além disso, também o encarregou dos registros que estavam gravadosa nas placas de
latão; e também das placas de Nefi; e também da espada de Labão e da esfera ou guia que conduziu
nossos pais pelo deserto, que fora preparada pela mão do Senhor para que assim fossem dirigidos, cada
um segundo o cuidado e atenção que lhe davam.

Esta escritura não diz nada sobre os " intérpretes embora nós pudéssemos esperar bem isto para fazer
assim se eles vieram na possessão de Mosias naquele momento. É um ponto merecedor de notar que antes
do tempo de Mosias o mais jovem, o Livro de mórmon não faz nenhuma referência à transmissão dos "
intérpretes " de um vidente ou profeta para outro, mas isso depois daquele tempo há bastantes referências.
(Mosias 28:20 Alma 37:2,23,24 Alma 63:1

Segue aquele Mosias foi o primeiro Nefita para entrar em possessão do Urim e Tumim?

Eu acho que não pelas seguintes razões:

1) a referência em Mosias 8 para a possessão do Rei deles é tão casual que os leva tanto para conceder
que apareceria provável que aquele Mosias entrou em possessão deles do seu pai Benjamim que os teve
do Elder Mosias.

2) há exemplos que nós podemos apontar, até mesmo depois dos dias de Mosias no qual nenhuma menção
especial é feita da sua transmissão a outros. (4 Nefi 19-21, 47,48; mórmon 4:23; 6:6)

Em reflexão estaria para aparecer bastante possível, até mesmo provável, que o Urim e Tumim foram
passados de um Vidente Nefita para outro dos dias de Nefi. Lei e Nefi trouxeram o Urim e Tumim com
eles de Jerusalém anterior para a destruição do templo? Nefi e os seus irmãos obtiveram o Urim e Tumim
ao mesmo tempo que eles levaram as Placas de Metal do tesouro de Labão? (1 Nefi 4:20-24) está
tentando para responder afirmativamente a estas perguntas. Há uma passagem de escritura em 3 Nefi que,
no qual não decisivo, pontos na direção indicada por nossas perguntas.

3 Nephi 1:2

2 E Nephi, filho de Helamã, partira da terra de Zaraenla deixando Néfi, que era seu filho mais velho,
encarregado das placas de latão e de todos os registros que haviam sido escritos e de todas a coisas que
haviam sido preservados como sagradas desde a saída de Leí de Jerusalem. cf. Alma 37:1,2,24

Embora nós não temos provado sem dúvida que o Nefitas trouxeram o Urim e Tumim de Jerusalém, nós
podemos dizer pelo menos que o Livro de mórmon dá uma solução razoável ao problema sobre como
porque os judeus de exilic de posto foram negados ao acesso ao Urim e Tumim

Outra coisa interessante para notar isto é que este dispositivo sagrado permaneceu escondido dos olhos
dos homens durante 1402 anos (a soma é sete) de D.C. 421 (a soma é sete) até as 1823 (a soma é 14 dois
tempos sete) ter uma compreensão melhor por que eu estou escrevendo estas soma lido o significado das
sete Chave para números
Quando o Jesus veio orar o Evangelho neste continente disse

3 Néfi 24:1

1 E aconteceu que ele lhes ordenou que escrevessem as palavras que o Pai transmitira a Malaquias, as
quais ele lhes diria. E aconteceu que depois que foram escritas, ele as explicou. E estas foram as palavras
que ele lhes disse: - Eis que enviarei meu mensageiro que preparará o cominho diante de mim; e de
repente virá ao seu templo o Senhor, a quem vós buscais, o mensageiro do convênio em que vos
deleitaisl; eis que virá, diz o Senhor dos Exércitos. Quando eles sairam de Jerusalém eles tiveram só as
esscrituras até 600 A.C. e Malaquias veio depois que então eles não tiveram estas escrituras. No mesmo
Livro, Terceiro Nefi nós temos outra história interessante

3 Nephi 28:3

3 E disse-lhes a ele: Bem aventurados sois por haverdes desejado isto de mim; portanto, quando
atingirdes a idade de setenta e dois anos, vireis a mim em meu reino; e comigo achareis descanso.

3 Nephi 28:4

4 E depois de lhes haver falado, voltou-se para os três e disse-lhes: Que desejais que eu vos conceda
depois que for para o Pai?

3 Nephi 28:5

5 E o coração deles entristeceu-se, porque não se atreviam a dizer o que desejava.

3 Nephi 28:6

6 E disse-lhes ele: Eis que conheço vossos pensamentos e desejastes aquilo que João, meu amado, que me
acompanhou em meu ministério antes que eu fosse levantado pelos Judeus, desejou de mim.

Isto é interessante porque ninguém acredita em uma doutrina como esta, mas a Bíblia está muito clara
nisto.

Mateus 16:28

28 Em verdade vos digo que alguns há, dos que aqui estão, que não provarão a morte até que vejam vir o
Filho do homem no seu reino.

E a parábola da árvore de oliva e seus ramos dada a Jacó mas conhecido até mesmo de Nefi?

1 Néfi 15:7

7 E eles responderam: Eis que não podemos compreender as palavras de nosso pai concernentes aos
ramos naturais da oliveira e também aos gentios.

Considere que Nefi inseriu toda a profecia de Isaias para explicar o destino de seu povo e depois Jacó
explicou a parábola em questão perfeitamente. Assim o Joseph em 45 dias pôde ditar a história inteira
relativo à árvore de oliva dando um anúncio que Nefi cita Isaias para apoiar a idéia e finalmente em Jacó
a parábola é definida claramente e melhor de tudo isso que parábola seguramente foi conhecida a Paulo
porque na Bíblia Paulo está se referindo claramente à mesma profecia

Romanos 11:13

13 Porque convosco falo gentios, que, enquanto for apóstolo dos gentios, glorificarei o meu ministério.

Romanos 11:14

14 Para ver se de alguma maneira posso incitar à emulação os da minha carne e salvar alguns deles.

Romanos 11:15

15 Porque, se a sua rejeição é a reconciliação do mundo, qual será a sua admissão, senão a vida dentre os
mortos?

Romanos 11:16

16 E, se as primícias são santas, também a massa o é; se a raiz é santa, também os ramos são.

Romanos 11:17

17 E se alguns dos aramos foram quebrados, e tu, sendo zambujeiro, foste enxertado em lugar deles, e
feitol participante da raiz e da seiva da oliveira.

Romanos 11:18

18 Não te glories contra os ramos; e, se contra eles tre gloriares, não és tu que sustenta a raiz, mas a raiz a
ti.

Romanos 11:19

19 Diras pois: Os ramos fosram quebrados, para que eu fosse enxertado.

Romanos 11:20

20 Esta bem,: pela sua incredulidade foram quebrados, e tu estás em pé pela fé L: então não te
ensoberbeças, mas teme:

Romanos 11:21
21 Porque, se Deus não poupou os ramos naturais, teme que te não poupe a ti também.

Romanos 11:22

22 Considera pois a bondade e a severidade de Deus: para com os que cairam, severidade; mas para
contigo, a benignidade de Deus, se permaneceres na sua venignidade; de outra maneira, também tu serás
cortado.

Romanos 11:23

23 E também eles, se não permanecerem na incredulidade, serão enxertados; porque poderoso é Deus
para os tornar a enxertar.

Romanos 11:24

24 Porque, se tu foste cortado natural zambujeiro, e, contra a natureza, enxertado na boa oliveira, quando
mais esses, que são naturais, serão enxertados na sua própria oliveira!

Romanos 11:25

25 Porque não quero, irmãos, que ignoreis este segredo (para que não presumais de vós mesmo): que o
endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado.

Romanos 11:26

26 E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, e desviará de Jacó as
impiedades.

compare Jacó 5

Que perfeição em explicação e tempo.

Terceiro Nefi, a visita de Jesus Cristo neste continente. Quando Joseph publicou o Livro de mórmon
muita poucas pessoas estavam atentas sobre a tradição de um Deus branco e barbudo e acima de tudo que
a Bíblia profetizou isto claramente

Isaias 52:10

10 O SENHOR desnudou o seu santo braço perante os olhos de todas as nações; e todos os confins da
terra verão a salvação do nosso Deus.

Eu não quero discutir os pontos doutrinais contidos no livro mais correto em terra

mas claramente me deixou dizer que outros tempos perfeitos no livro de mórmon têm capítulo final
Moroni 10
Moroni 10:3 3 Eis que desejo exortar-vos , quando lerdes estas coisas, caso Deus julgue prudente que as
leiais, a vos lembrardes de quão misericordioso tem sido o Senhor para com os filhos dos homens, desde
a criação de Adão até a hora em que receberdes estas coisas, e a meditardes sobre isto em vosso coração.

Moroni 10:4

4 E quando receberdes estas coisas, e vos exorto a perguntar a Deus, o Pai eterno, em nome de Cristo, se
estas coisas não são verdadeiras; e se perguntardes com um coração sincero e com real intensão, tendo fé
em Cristo, ele vos manifestará a verdade delas pelo poder do Espírito Santo.

Moroni 10:5

5 E pelo poder do Espiríto Santo podeis saber a verdade de todas as coisas.

Aquele que são os anti-mórmons não querem olhar estas perguntas honestamente. Ao invés, eles querem
repetir descuidadas, insubstanciadas, como, " O Livro de mórmon é do diabo " e espera as pessoas
seriamente em convicção sem sentido. Claro que, isso é a mesmo cargo que os Fariseus fez contra Jesus
(Mateus 12:24). Mas vamos dar uma olhada nesta acusação. Se aproxime o fim do Livro de mórmon, nós
lemos, " E quando receberdes estas coisas, e vos exorto a perguntar a Deus, o Pai eterno, em nome de
Cristo, se estas coisas não são verdadeiras; e se perguntardes com um coração sincero e com real intensão,
tendo fé em Cristo, ele vos manifestará a verdade delas pelo poder do Espírito Santo. (Moroni 10:4).

Se o diabo é real autor do Livro de mórmon, por que ele diria para as pessoas que orassem a Deus em
nome de Jesus Cristo? Não faria sentido para o diabo dizer as pessoas que não orem a Deus? Claro que
iria, porque Satanás não quer que as pessoas vão para Deus. Ele quer as pessoas para orar a ele, não Deus.
Satanás faz tudo em seu poder para levar as pessoas longe de Deus, não encorajando que fique mais
íntimo de Deus.

Foi Jesus que ensinou, " Eis que eu vo-lo tenho predito. Por tanto, se vos disserem: Eis que ele está no
deserto, não saiais; eis que ele está no interior da casa, não acrediteis. (Mateus 24:25,26). Se Satanás o
autor do Livro de mórmon contudo neste livro ele encoraja as pessoas a orar a Deus e acreditar em Jesus
Cristo, o Satanás está expulsando o Satanás realmente. Ordens de lógica que, se este é o caso, ele tem que
estar trabalhando contra ele. Isso é a única conclusão sensata, razoável, e racional para a que nós podemos
ver. Mas nós sabemos que isso não pode ser, assim não faz sentido lógica nenhuma para dizer que o Livro
de mórmon é do diabo.

De maneira interessante, os anti-mórmons o qual fazem tudo no poder deles convencer as pessoas que nós
não deveríamos pedir a Deus para descobrir se o Livro de mórmon é verdadeiro ou não. É eles que
ridicularizam esses que acreditam na origem divina do Livro de mórmon. É eles que querem que os
mórmons considerem os argumentos de anti-mórmon seriamente, mas eles não querem dar uma olhada no
ilogico dos seus próprios argumentos, porque se eles fizeram e usam racionalidade e bom senso, eles
veriam que as suas acusações desapareceriam como a noite quando o sol começa a brilhar.

Para ler profecias do Livro de mormon

Pai Leii

Um profeta vivente

A Biblia e o Livro de Mormon