Você está na página 1de 5

Ministrio da Educao Universidade Tecnolgica Federal do Paran Campus Pato Branco Engenharia Mecnica

TERMODINMICA 1
Variao de entropia de um gs ideal com e constantes

Jair Pedralli Filho Kssia Cristina Kafer Escher Vinicius Eduardo Grigolo

PATO BRANCO JUNHO DE 2011

CLCULO DE VARIAES DE ENTROPIA (SISTEMA P x V x T)

Considere o grfico

abaixo:

Grfico 1 -

A variao de entropia

dada por

Sabemos que

0
Assim como

Substituindo

em

Se Cp e Cv forem constantes, ento

/
T3 deve ser eliminado por intermdio da equao de estado da substncia, uma vez que , . Portanto, para eliminar a temperatura T3 de , faamos:

Assim, substituindo

em

.
Mas,

Substituindo T1 e T2 em

.
A partir do Grfico 1, podemos observar que

Sendo assim, podemos fazer as devidas simplificaes em

, resultando

Sendo o fluido de trabalho um gs ideal, temos uma relao entre Cp0 e Cv0 (lembrando que o ndice 0 diz respeito a um gs ideal). Da definio de entalpia,

Diferenciando a equao acima, temos

Isolando primeiramente Cp0 em

, e substituindo-o em

ln ln ln ln ln

ln ln ln

Lembrando mais uma vez da equao de estado

E substituindo-a em

ln

ln

ln

ln

. . .
Da mesma maneira, isolando agora Cv0 em , e substituindo em :

ln ln ln ln ln

ln ln ln

E finalmente, substituindo a equao de estado em

, temos

ln

ln

. . .

As equaes constantes.

dizem respeito variao de entropia de um gs ideal com

ln ln

ln ln

/ /

. .

Assumir calores especficos constantes para gases ideais uma aproximao comum. Embora tal aproximao geralmente simplifica bastante a anlise, ela acarreta uma perda de preciso. A magnitude do erro introduzido por essa hiptese depende da situao. Por exemplo, para gases monoatmicos como o hlio (He), os calores especficos no dependem da temperatura e, portanto, a hiptese de calor especfico constante no introduz nenhum erro. Para os gases ideais, cujos valores especficos variam quase que linearmente no intervalo de temperatura em questo, o possvel erro minimizado usando valores de calor especfico avaliados na temperatura mdia (Figura 1). Em geral, os resultados obtidos dessa forma so suficientemente precisos se a faixa de temperatura no for maior que algumas centenas de graus.

Figura 1 Sob a hiptese de calor especfico constante, o calor especfico suposto constante e calculado em algum valor mdio. (Adaptado de ENGEL e BOLES, 2006)

BIBLIOGRAFIA ENGEL, Yunus A.; BOLES, Michael A. Termodinmica. 5 Edio. McGraw Hill. 2006.