Você está na página 1de 43
ARTE 2 A lideranca no ensino Parte 2 do Aprender a Ensinar refere-se aos aspectos da lideranca no ensino. _| Capitulo 3 7m Espera-se que os professores, tal como os lideres de outras areas, liderem os A planificagao_ alunos e coordenem uma variedade de actividades quando professores e alunos | 4° Professor 90 jam em conjunto, por forma a cumprir os objectivos académicos @ socials da edu- | Capitulo 4 fo. lideranga de um professor é fulcral na medida em que, se os alunos no se sen- | Comunidades motivados para participar e persistir nas tarefas de aprendizagem académica ou se_| de aprendizagem orem orientados eficazmente, o resto do ensino pode ficar comprometido. Contudo, ie a9 s fungdes complexas devem ser realizadas em salas de aula onde os acontecimen- se sucedem com muita rapidez e com um alto grau de imprevisibilidade. Ao contrario Capitulo 5 tos aspectos educacionais do ensino, muitas destas fungdes néo podem ser plani- | A gestéo da sala as antes da hora. Exigem julgamentos em cima do acontecimento. de aula 170 parte aborda cinco fungdes importantes da lideranca: planificagao, motivaeao | Capitulo 6 alunos, criago de comunidades de aprendizagem produtivas, gestéo de grupos na _| valiacdo 206 de aula e avaliagao do progresso dos alunos. Embora cada fungao seja descrita e tudada separadamente, no que se refere ao ensino do dia-a-dia as diferengas nao sAo Jats. Ao planificarem uma aula, como sera descrito no Capitulo 3, os professores estao aestabelecer condigdes para a atribugao de tempo, a determinar a motivagao e ar comunidades de aprendizagem produtivas, temas que serao tratados no Capitulo no Capitulo 5, vao influenciar os futuros planos e as decisdes sobre a atribuicéio de ursos, bem como a avaliacdo e a classificacéio, que séio temas do Capitulo 6. iste uma importante base de conhecimentos relativa a cada aspecto da lideranga do or que pode fornecer orientagao para uma prdtica eficaz. Existe também um saber jerével que, ao longo dos anos, tem sido acumulado pelos professores e que serve 0 ajuda aos professores principiantes para que estes comecem a aprender a planifi- @atribuir recursos e a lidar com os alunos num contexto grupal. ler e reflectir sobre os aspectos de lideranga do ensino, ira descobrindo que liderar de aula ndo é tareta facil e, tal como com outros aspectos do ensino, néo pode ser ida a uma simples receita. Ao invés, a lideranga esta intimamente ligada a escolas salas de aula especificas, @ ao seu proprio estilo de lideranca, eo que geralmente fun- na pode néo funcionar num caso espectfico. Aprender a ler as situagdes especificas, & girsobre elas eficazmente, nas salas de aula reais, através da reflex4o e da resolucao problemas 6 um dos desatios mais importantes que os professores principiantes tm senfrentar. Quando dominada esta 6 uma capacidade muito recompensadora. ICE DO CAPITULO 3 __ Perspectiva sobre a planificacdo 92 Planificagao — a abordagem tradicional 93 Planificagao - uma perspectiva alternativa 94 Planificagao mental 94 Fundamentos tedricos e empiricos 95 Consequéncias da planificagao 95 A planificagao e o professor principiante 96 Dominios da planificag¢do 100 A planificagao e 0 ciclo educacional 101 Os periodos de tempo da planificagao 101 As especificidades da planificagéo 102 Escolher as estratégias e contetidos curriculares 102 Ferramentas para escolher 0 contetido 106 Objectivos educacionais 108 Taxonomias para seleccionar objectivos educacionais 112 Planificagdo de aulas e planificagao de unidades 118 Individualizar a instrugao através da planificagdo 123 Planificar para o tempo e para o espaco 124 Tempo 124 Espago 126 Um ultimo pensamento sobre a planificagao 127 Reflexdes a partir da sala de aula 128 Sumario 129 Aprendizagem interactiva e aplicada 131 Portfolio e actividades de campo 131 izagem e capitulo, deverd ser capaz de: pectiva sobre a planificagéo Explicar porque é que a planificacéo do professor importante e descrever trés perspectivas diferen- tes sobre a planificacao. Explicar as consequéncias da planificagéo na apren- dizagem dos alunos e discutir como os professores principiantes e os professores experientes abordam de forma diferente a planificagéo. : 3 g i : 3 3 z & Descrever as trés fases da planificacio do profes- sor € 0s tipos de decisdes tomadas durante cada fase, e discutir como os ciclos de planificagio va- riam ao longo do ano lectivo. Dar definigdes e exemplos das seguintes tarefas de planificacao: utilizar padres e enquadramentos, tracar 0 mapa do curticulo, delinear objectivos educacionais (incluindo varias abordagens), uti- lizar taxonomias, delinear planos de aulas ¢ de unidades, elaborar horarios, Descrever como planificar a utilizagao eficaz do tempo e do espaco. Gitimo pensamento sobre Considerar a forma como os processos de plani- nificagaio ficagao no futuro podem ser mais centrados no aluno. a planificacao do professor experiéncias pessoais que lhe tenham exigido um planeamento considerével. plo, planear a faculdade que vai frequentar ou planear um casamento ou uma onga. Pode também escolher experiéncias em que nao planeou. Divida essas ex fem duas categorias: as que foram bem planeadas e as que nao fotam bem pla- gota, considere as seguintes questoes am em comum as experiéncias bem planeadas? am em comum as experiéncias mal planeadas? consequéncias de um bom planeamento? E de um mau planeamento? o1