Você está na página 1de 3

Preparação do ambiente Linux:

Para quem usa o Debian e seus derivados (Ubuntu, Kurumin) é só digitar:

$ sudo apt-get install apache

$ sudo apt-get install mysql-client

$ sudo apt-get install myql-server

$ sudo apt-get install php5-mysql

$ sudo apt-get install php5

Após instalar os pacotes acima, sua máquina está apta a aceitar requisições http, comportando-se como um servidor web.

Após isso, baixe a última versão do Joomla e descompacte-o no diretório /var/www com o comando abaixo:

$ tar -xvzf Joomla_1.6.3-Stable-Full_Package.tar.gz (Atenção, o nome do

pacote pode ser diferente do digitado, caso a versão baixada seja diferente, neste caso, basta alterar para o nome do pacote baixado).

Para copiar a pasta descompactada diretamente no diretório /var/www use o comando abaixo:

$ sudo cp -r Joomla/ /var/www

Entendendo o comando:

ß sudo - vai permitir rodar um comando como root pois o diretório destino

não permite que o usuário atual grave ou altere seu conteúdo, por isso é

necessário o seu uso;

ß cp - comando de cópia;

ß -r - recursive, vai fazer a cópia do diretório e todo seu conteúdo;

ß /var/www - diretório destino.

Com o diretório já no seu lugar definitivo, criaremos o banco de dados para armazenar as tabelas do sistema.

Use o comando abaixo para instalar o phpmyadmin:

$ sudo apt-get install phpmyadmin

Usar o phpmyadmin é bem mais simples que usar o prompt do mysql. Todo o processo de criação da database é feita visualmente, ou seja, muito mais fácil. Para acessar o phpmyadmin é fácil, basta abrir o navegador e digitar:

http://localhost/phpmyadmin

abrir o navegador e digitar: http://localhost/phpmyadmin Esta é a front-page do phpmyadmin. Para acessar o sistema

Esta é a front-page do phpmyadmin. Para acessar o sistema de gerenciamento do mysql é só entrar com o usuário root e a senha. Como o mysql está sem senha é só dar enter ou clicar no botão logo abaixo para entrar. Logo acima da área de login podemos escolher o idioma português para tornar mais fácil a criação da base de dados. Depois da autenticação teremos acesso ao interior do gerenciador. Observe a imagem abaixo:

a criação da base de dados. Depois da autenticação teremos acesso ao interior do gerenciador. Observe

Para criar a nossa base de dados vamos escrever o nome dela na caixa de texto "CRIAR NOVA BASE DE DADOS" e clicar no botão CRIAR. Daremos o nome ao banco de dados de "joomla". O banco de dados será criado sem nenhuma tabela. Seremos conduzidos pra tela para a criação de uma table, mas este não é nosso caso, as tables do Joomla serão criadas e povoadas pelo próprio Joomla. Nosso trabalho é só criar a base.

A instalação e configuração do Joomla é feita a partir do próprio navegador.

Para iniciar o processo de instalação devemos digitar na barra de localização a

url:

http://localhost/joomla.

O localhost é nossa máquina local, podemos acessar nossa máquina através

do navegador, caso ela esteja com algum servidor web instalado por três

modos:

ß http://localhost - este é o nome de nosso servidor localhost, ou máquina

local;

ß http://127.0.0.1 - este é o IP de loopback, pode ser usado para testarmos

nossas páginas;

ß http://192.168.1.100 - é o IP do micro, cada micro para acessar a

internet precisa de um IP. Como eu estou debaixo de uma NAT (Network

Address Translate) eu uso um IP classe C, mas privado, sem acesso

externo. Para saber o IP do micro é só digitar: No Windows IPconfig/all, noLinux ifconfig.