Você está na página 1de 2
Prof(a). Patrícia Carla 04/ 05/12 administração pública: conceitos, elementos, poderes e organização; natureza, fins
Prof(a). Patrícia Carla 04/ 05/12 administração pública: conceitos, elementos, poderes e organização; natureza, fins

Prof(a). Patrícia Carla

04/05/12

administração pública: conceitos, elementos, poderes e organização; natureza, fins e princípios. Organização administrativa da União: administração direta e indireta. Poderes administrativos: poder hierárquico; poder disciplinar; poder regulamentar; poder de polícia; uso e abuso do poder. Licitações: modalidades, dispensa e inexigibilidade (Lei nº 8.666/1993). 6 Sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função da administração pública direta, indireta ou fundacional (Lei nº 8.429/1992). 8 Controle e responsabilização da administração: controle administrativo; controle judicial; controle legislativo; responsabilidade civil do Estado.

Programa

Direito

Administrativo:

Estado,

governo

e

1 – (CESPE/TC-DF/Auditor/2012) Considere que determinado

órgão público deseje realizar processo licitatório na modalidade convite para a aquisição de produtos assemelhados a outros já adquiridos anteriormente também por meio de convite. Nesse caso, se existirem na praça mais de três possíveis fornecedores, a licitação somente poderá ser realizada se for convidado pelo menos um fornecedor que não tenha participado da licitação anterior.

2

- (CESPE/TC-DF/Auditor/2012) O agente público que

devendo a invalidade ser reconhecida somente por controle judicial.

14 - (CESPE/TRF-2/Juiz Federal/2012) A sociedade de

economia mista pode explorar empreendimentos e exercer atividades distintas das definidas pela lei que autorizou a sua constituição, mediante deliberação do respectivo órgão de direção. 15 - (CESPE/TRF-2/Juiz Federal/2012) É vedada a participação de pessoas jurídicas de direito privado no capital da empresa pública, ainda que integrem a administração indireta.

16 - (CESPE/TRF-2/Juiz Federal/2012) No que se refere à

posição estatal, os órgãos superiores são órgãos de direção, controle e comando que gozam de autonomia administrativa, financeira e técnica.

17 - (CESPE/TRF-2/Juiz Federal/2012) As fundações e

sociedades instituídas e mantidas pelo poder público submetem-se ao controle exercido pelo tribunal de contas, o

qual se estende, na esfera federal, a todas as empresas de que a União participe tanto majoritária quanto minoritariamente.

18 19
18
19

- (CESPE/TRF-2/Juiz Federal/2012) Embora dotada de

personalidade jurídica própria, a autarquia não dispõe de capacidade de autoadministração, característica da pessoa política que a constituiu.

colaborar com o retorno de recursos do erário que tenham sido enviados para o exterior terá a possibilidade de realizar um acordo ou transação com o Ministério Público, tendo em vista evitar a ação principal por improbidade administrativa.

3 - (CESPE/TC-DF/Auditor/2012) A Lei de Improbidade

Administrativa pune atos praticados contra a administração direta, indireta ou fundacional de qualquer dos poderes do DF, inclusive os realizados por aqueles que não sejam servidores públicos.

4 - (CESPE/TC-DF/Auditor/2012) Com base na Lei de

Improbidade Administrativa, julgue os itens seguintes. De

acordo com a referida lei, a aplicação da pena de ressarcimento aos cofres públicos independe da efetiva ocorrência de dano ao patrimônio público.

5 - (CESPE/TC-DF/Auditor/2012) A responsabilidade do

Estado danos causados por fenômenos da natureza é do tipo subjetiva.

6 - (CESPE/TC-DF/Auditor/2012) Incidirá a responsabilidade

civil objetiva do Estado quando, em processo judicial, o juiz,

dolosamente, retardar providência requerida pela parte.

7 - (CESPE/TC-DF/Auditor/2012) Se a administração pública

contratar um jurista de renome para emitir parecer a respeito de caso único e complexo, tal fato caracterizará uma situação típica de dispensa da licitação.

8 - (CESPE/TC-DF/Auditor/2012) A carta-convite deve ser

enviada diretamente aos interessados, não se exigindo a sua publicação em diário oficial ou jornal de grande circulação, sendo necessária apenas a fixação de cópia em local apropriado.

9 - (CESPE/PC-CE/Inspetor/2012) As empresas públicas e as sociedades de economia mista que exploram atividade econômica respondem pelos danos que seus agentes

causarem a terceiros conforme as mesmas regras aplicadas à demais pessoas jurídicas de direito privado.

10 - (CESPE/PC-CE/Inspetor/2012) A responsabilidade civil do

Estado exige três requisitos para a sua configuração: ação

atribuível ao Estado, dano causado a terceiros e nexo de causalidade. 11 - (CESPE/PC-CE/Inspetor/2012) O surgimento de uma

autarquia se consolida com o registro de seus estatutos em cartório.

12 - (CESPE/PC-CE/Inspetor/2012) O Ministério da Saúde é

órgão da administração pública indireta. 13 - (CESPE/PC-CE/Inspetor/2012) O abuso do poder pela autoridade competente invalida o ato por ela praticado,

- (CESPE/TRF-2/Juiz Federal/2012) O procedimento da

concorrência, por ser muito complexo, não se aplica à alienação de bens móveis.

20 - (CESPE/TRF-2/Juiz Federal/2012) A licitação é inexigível

quando a União tiver de intervir no domínio econômico para a regulação de preços ou normalização do abastecimento.

21 - (CESPE/TRF-2/Juiz Federal/2012) As sanções de

natureza administrativa, decorrentes do exercício do poder de polícia, somente encontram legitimidade quando o ato praticado pelo administrado estiver previamente definido pela lei como infração administrativa.

22 - (CESPE/TRF-2/Juiz Federal/2012) O poder de avocar

atribuições de competência exclusiva do órgão subordinado constitui uma das decorrências do poder hierárquico.

23 - (CESPE/TRF-2/Juiz Federal/2012) Com fundamento no

poder disciplinar, a administração pública pode apurar

infrações e aplicar penalidades a servidores públicos e a particulares, ainda que não estejam sujeitos à disciplina interna da administração.

24 - (CESPE/TRF-2/Juiz Federal/2012) O presidente da

República, no exercício do denominado poder regulamentar ou normativo, pode criar ou extinguir ministérios e órgãos da administração pública.

25 - (CESPE/TCU/Auditor/2011) O direito administrativo tem

como objeto atividades de administração pública em sentido formal e material, englobando, inclusive, atividades exercidas por particulares, não integrantes da administração pública, no exercício de delegação de serviços públicos.

26 - (CESPE/TCU/Auditor/2011) Apesar do princípio da

legalidade, que norteia toda a administração pública, o presidente da República pode dispor, por meio de decreto, sobre a organização e o funcionamento da administração

federal se isso não implicar aumento de despesa nem criação ou extinção de órgãos públicos.

27 - (CESPE/EBC/Analista/2011) Na escolha da modalidade

de licitação para a realização da compra de material de expediente cujo valor se enquadre na modalidade convite, é cabível a realização de tomada de preços, concorrência ou pregão.

28 - (CESPE/EBC/Analista/2011) É inexigível a licitação para

serviços de publicidade e divulgação, por tratar-se da contratação de serviço técnico especializado e ser inviável a competição.

WWW.IAPCURSOS.COM

Dir.Administrativo – Patrícia Carla

Dir.Administrativo – Patrícia Carla

Dir.Administrativo – Patrícia Carla

29 - (CESPE/TRF-1/Juiz Federal/2011) O STF entende que a

imunidade tributária recíproca dos entes políticos, prevista na CF, não é extensiva às autarquias.

30 - (CESPE/TRF-1/Juiz Federal/2011) Segundo o STF, é

subjetiva a responsabilidade das pessoas jurídicas de direito privado prestadoras de serviço público quando os danos são causados a terceiros não usuários do serviço.

31 - (CESPE/TRF-1/Juiz Federal/2011) Tratando-se de

atividade notarial e de registro exercida por delegação, a responsabilidade objetiva por danos causados a terceiros é do notário.

32 - (CESPE/TRF-1/Juiz Federal/2011) De acordo com o STJ,

a existência de lei específica que rege a atividade militar afasta

a incidência da responsabilidade objetiva do Estado, prevista na CF, por danos morais causados ao militar em decorrência de acidente por ele sofrido no exercício da função.

33 - (CESPE/TRF-1/Juiz Federal/2011) Segundo o STJ, as

ações por responsabilidade civil do Estado não se submetem ao prazo prescricional de cinco anos.

34 - (CESPE/TRF-1/Juiz Federal/2011) Em se tratando de

responsabilidade extracontratual do Estado, os juros moratórios fluem a partir do trânsito em julgado da decisão judicial que determina o ressarcimento.

35

contratação direta na denominada licitação fracassada, desde que mantidas todas as condições constantes do instrumento convocatório.

- (CESPE/TRF-1/Juiz Federal/2011) Não se admite a

utilização da modalidade do convite nas licitações internacionais.

37 - (CESPE/TRF-1/Juiz Federal/2011) No âmbito federal,

prescreve em cinco anos a ação punitiva da administração federal, direta e indireta, no exercício do poder de polícia, para apurar infração à legislação em vigor, prazo não passível de interrupção ou suspensão.

38 - (CESPE/TRF-1/Juiz Federal/2011) De acordo com o

entendimento do STF, quando o Poder Executivo expede regulamento, ato normativo de caráter não legislativo, não o faz no exercício de função legislativa, mas no de função normativa, sem que haja derrogação do princípio da divisão dos poderes.

39 - (CESPE/TRF-1/Juiz Federal/2011) O poder normativo da

administração pode ser expresso por meio de deliberações e

de instruções editadas por autoridades que não o chefe do Poder Executivo, as quais podem inovar no ordenamento jurídico, criando direitos e impondo obrigações.

40 - (CESPE/TRF-1/Juiz Federal/2011) De acordo como o

STF, o exercício do poder de polícia deve ser necessariamente presencial e depende da existência de órgão de controle

estruturado para a fiscalização do exercício dos direitos individuais.

41 - (CESPE/TRF-1/Juiz Federal/2011) A autoexecutoriedade,

atributo do poder de polícia, consiste na possibilidade de a administração executar suas decisões sem prévia autorização do Poder Judiciário e sem a necessidade de observância de procedimento em todas as denominadas medidas de polícia.

42 - (CESPE/TRF-1/Juiz Federal/2011) Em obediência ao

princípio da segurança jurídica, o controle externo, oriundo dos Poderes Legislativo e Judiciário, está sujeito a prazo de caducidade, assim como o controle interno, razão pela qual decai em cinco anos o direito ao controle dos atos administrativos dos quais decorram efeitos favoráveis para os destinatários, ainda que comprovada a má-fé.

43 - (CESPE/TRF-5/Juiz Federal/2011) A instituição de

empresa estatal pode ser realizada no mesmo ato jurídico de criação de secretaria de um estado-membro da Federação.

44 - (CESPE/TRF-5/Juiz Federal/2011) A contratação do

arquiteto Oscar Niemeyer para realizar um projeto arquitetônico em Brasília é um exemplo de situação que enseja dispensa de licitação.

36

- (CESPE/TRF-1/Juiz Federal/2011) É admitida a

45 - (CESPE/FUB/Bibliotecário/2011) A dispensa de licitação

para a compra de hortifrutigranjeiros por fundação pública federal é permanente.

46 - (CESPE/FUB/Bibliotecário/2011) É inexigível a licitação

para a aquisição, por determinado órgão público, de bens destinados exclusivamente à pesquisa científica com recursos recebidos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

47 - (CESPE/FUB/Bibliotecário/2011) A inviabilidade de

competição é o principal fundamento para que uma autarquia

federal dispense a realização de procedimento licitatório para aquisição de material.

48 - (CESPE/TJ-PB/Juiz/2011) Consoante a jurisprudência do

STF, é possível a arguição do princípio da isonomia como

fundamento de pedido de servidor público, pretendendo benefício ilegalmente concedido a outros servidores.

49 - (CESPE/TJ-PB/Juiz/2011) De acordo com o STF, atende

à razoabilidade e aos princípios previstos no art. 37, caput , da CF norma estadual que determine a obrigatoriedade de o custo da publicidade constar dos comunicados oficiais.

50 - (CESPE/TJ-PB/Juiz/2011) Conforme decisão do STF, é

prescindível a edição de lei que fixe a idade limite para o ingresso nas forças armadas, de modo que não ofende o princípio da legalidade norma, nesse sentido, estipulada somente em edital de concurso da administração pública.

51
51

- (CESPE/TJ-PB/Juiz/2011) Ainda que muito discutido na

doutrina brasileira, o princípio da proteção à confiança legítima do administrado não é adotado pelo STF, que privilegia o princípio da legalidade.

52 - (CESPE/TJ-PB/Juiz/2011) O STF emitiu decisão favorável

à delegação do poder de polícia, mediante edição de lei, a pessoa jurídica de direito privado.

53 - (CESPE/TJ-PB/Juiz/2011) Forma de conferir liberdade ao

administrador público, o poder discricionário permite que a autoridade, mediante os critérios de conveniência e

oportunidade, opte pela ação que melhor propicie a consecução do interesse público, atuação que se sobrepõe aos limites da lei.

54 - (CESPE/TJ-PB/Juiz/2011) O poder regulamentar permite

que o ato normativo derivado inove e aumente os direitos e obrigações previstos no ato de natureza primária que o autoriza, desde que tenha por objetivo o cumprimento das determinações legais. 55 - (CESPE/TJ-PB/Juiz/2011) Segundo o STF, é

inconstitucional, por ofensa ao princípio da livre concorrência, lei municipal que impeça a instalação de estabelecimentos comerciais do mesmo ramo em determinada área.

56 - (CESPE/TJ-PB/Juiz/2011) O poder de polícia no

ordenamento jurídico brasileiro é tratado, exclusivamente, no âmbito infraconstitucional.

57 - (CESPE/EBC/Advogado/2011) Os empregados públicos,

regidos pelas normas trabalhistas, não se submetem aos preceitos contidos na lei de improbidade administrativa, por não serem agentes políticos nem constarem expressamente no rol de sujeitos ativos, previstos taxativamente na norma de regência.

58 - (CESPE/CORREIOS/Administrador/2011) A dispensa

indevida de processo licitatório por agente público, além de causar prejuízo ao erário, constitui ato de improbidade administrativa que importa no enriquecimento ilícito daquele

que o pratica.

59 - (CESPE/TJ-ES/Comissário da Infância/2011) Os atos de

improbidade administrativa estão taxativamente previstos em lei, não sendo possível compreender que sua enumeração seja meramente exemplificativa. 60 - (CESPE/PC-ES/Perito/2011) Qualquer pessoa, independentemente de identificação, poderá representar à autoridade administrativa competente para que seja instaurada investigação destinada a apurar a prática de ato de improbidade.

WWW.IAPCURSOS.COM

2