Você está na página 1de 136

604 - ÁLGEBRA LINEAR

14-02-2001

Enunciado de Exame

PARA A RESOLUÇÃO DO EXAME, ACONSELHA-SE QUE:

• Verifique o exemplar do exame que lhe foi entregue e, no caso de estar


incompleto ou com qualquer deficiência, se dirija ao professor vigilante. O exame
é composto por 4 grupos, contém 7 páginas e termina com a palavra FIM.

• Não rubrique nem escreva o seu nome nas folhas de exame, excepto no local
apropriado para o efeito.

• Utilize uma letra legível e não use uma caneta de outra cor que não seja o preto ou
o azul - as respostas a lápis não serão consideradas. Não é permitido o uso de
máquina de calcular.

• Tenha em atenção que o exame tem a duração de 2 horas e 30 minutos.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E COTAÇÃO:

• Com excepção do grupo I (constituído por seis questões de escolha múltipla) terá
de justificar todas as respostas e apresentar os cálculos que efectuou. Se apresentar
apenas um valor numérico como resposta sem qualquer justificação, mesmo que
esteja correcto, terá cotação zero.

• Serão pontuadas definições de conceitos e caracterizações de conjuntos


directamente relacionados com as questões.

• Cada questão do grupo I tem a cotação de 1 valor. Por cada resposta errada serão
descontados 1/3 valores. É considerada errada uma questão com mais de uma
resposta. A classificação mínima desta parte é de 0 valores. Os restantes grupos
terão as cotações seguintes:

II III IV
a) b1) b2) b3)-(i) b3)-(ii) a) b) c1) c2 ) a) b) c)
1,0 1,5 1,5 0,5 1,0 1,2 1,3 2,0 1,5 0,5 1,0 1,0
I
Em cada questão apenas uma das afirmações a), b), c), d) está correcta. Indique-a
marcando X no quadrado respectivo. Caso pretenda anular alguma das suas respostas,
basta escrever "Anulado" junto a essa resposta e indicar, se for caso disso, a que
pretenda que seja considerada.

1
2
Justifique todas as afirmações e apresente os cálculos realizados para as obter.

II

III

3
IV

FIM

4
EX160401 1
EX160401 2
EX160401 3
CR160401 1
CR160401 2
604 - ÁLGEBRA LINEAR

28-11-2001
Enunciado de Exame
2000/2001 - Especial

1
2
3
4
5
6
FIM

7
604 - ÁLGEBRA LINEAR

28-02-2002

Enunciado de Exame

PARA A RESOLUÇÃO DO EXAME, ACONSELHA-SE QUE:


• Verifique o exemplar do exame que lhe foi entregue, no caso de estar incompleto ou com
qualquer deficiência, dirija-se ao professor vigilante. O exame é composto por 4 grupos,
contém 8 páginas e termina com a palavra FIM.
• Não rubrique nem escreva o seu nome nas folhas de exame, excepto no local apropriado
para o efeito.
• Utilize uma letra legível e não use uma caneta de outra cor que não seja o preto ou o azul
– as respostas a lápis não serão consideradas. Não é permitido o uso de máquina de
calcular.
• Tenha em atenção que o exame tem a duração de 2 horas e 30 minutos.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E COTAÇÃO


• Com excepção do grupo I (constituído por 6 perguntas de escolha múltipla) terá de
justificar todas as respostas e apresentar os cálculos que efectuou. Se apresentar apenas
um valor numérico como resposta sem qualquer justificação, mesmo que esteja correcto
terá cotação zero.
• Serão pontuadas definições de conceitos e caracterizações de conjuntos directamente
relacionados com as questões.
• Cada questão do grupo I tem a cotação de 1valor. Por cada resposta errada serão
descontados 1/3 valores. É considerada errada uma questão com mais de uma resposta. A
classificação mínima deste grupo é de 0 valores. Os restantes grupos terão as cotações
seguintes:
II III IV
a) b) c1) c2) a) b) c1) c2) a) b)
2 1 1,5 1,5 1 1,5 1 2 1 1,5
I

Em cada questão apenas uma das afirmações a), b), c), d) está correcta. Indique-a
marcando × no quadrado respectivo. Caso pretenda anular alguma das suas respostas,
basta escrever “Anulado” junto a essa resposta e indicar, se for caso disso, a que
pretenda que seja considerada.

1. Sejam A ∈ IR4×4, B ∈ IR4×4 matrizes reais invertíveis e C ∈ IR4×2 uma matriz real.
Qual das seguintes igualdades é verdadeira:

… A. (AT + BT)CT = (C(A + B))T


… B. A-1 + B-1 = (A + B)-1
… C. (2AB)-1 = 1/2A -1 B-1
… D. (A-1 B)-1(CT) T = B-1A C
2. Sejam v1, v2, v3 vectores não nulos de IR3 tais que
v1 -3 v2 = 0 e v3 ∉ L{v1, v2}.

Então tem-se:

… A. L{ v1, v3}= IR2


… B. L{ v1, v2, v3}= IR3
… C. L{ v1, v3} = {v1, v3}
… D. L{ v1, v3}= L{ v2, v3}.

⎡k k k k⎤
⎢k 4 k k ⎥⎥
3. Considere a matriz Ak = ⎢ ∈ IR4×4, onde k ∈ IR.
⎢k k 4 k⎥
⎢ ⎥
⎣k k k 4⎦

Então |Ak| = 0 se e só se:

… A. k = 0
… B. k = 0 ou k = 4
… C. k = 4
… D. k ≠ 4.

4. Considere os subespaços vectoriais de IR3

F = {(x, y, z)∈ IR3: x + y + z = x – y + 3z = 0} e G= {(x, y, z)∈ IR3: y + z = 0}.

Então:

EX280202 1
… A. F ⊆ G
… B. G ⊆ F
… C. dimF=2.
… D. F+G = IR3

5. Considere a transformação linear T : IR2→ IR4 definida pela matriz


T
⎡1 2 0 1 ⎤
A= ⎢ ⎥ , relativamente às bases canónicas de IR4 e IR2. Considere as
⎣ 2 2 1 0⎦
seguintes afirmações:

i) T é injectiva,
ii) Té sobrejectiva,
iii) T-1(1, 2, 0, 1) = (1, 0).

Então:

… A. Nenhuma das afirmações é verdadeira.


… B. Apenas uma das afirmações é verdadeira.
… C. Apenas duas das afirmações é verdadeira.
… D. Todas as afirmações são verdadeiras.

⎡1 1 1⎤
6. Seja A = ⎢⎢1 1 1⎥⎥ ∈ IR3×3. Então
⎢⎣1 1 1⎥⎦

… A. 1 e 0 são os valores próprios de A .


… B. E(0) = [(1,1,1)].
… C. A é diagonalizável.
… D. A-1 é diagonalizável.

II

⎡− 1 − 3 3⎤ ⎡0 ⎤
1. Considere as matrizes A = ⎢⎢ 5 0 5⎥⎥ , b = ⎢1 ⎥ , onde α, β ∈ IR.
⎢ ⎥
⎢⎣ α 0 0⎥⎦ ⎢⎣β⎥⎦

a) Discuta, em função dos parâmetros α e β, o sistema Ax = b.

b) Determine, se possível, todos os valores de α para os quais as colunas de A


constituem uma base de IR3.

EX280202 2
c) Faça α = 0.

c1) Indique uma base para o espaço U das soluções do sistema homogéneo
Ax = 0.

c2) Determine uma base para IR3 que contenha os vectores que constituem uma
base de U.

III

⎡1 2 3 ⎤
Seja T: IR → IR a aplicação linear definida pela matriz A = ⎢⎢2 3 4⎥⎥ relativamente à
3 3

⎢⎣0 1 2⎥⎦
base canónica de IR .
3

a) Calcule T(-1, 2, -1).

b) Sem efectuar cálculos, diga, justificando, se a aplicação T é injectiva

c) Considere a base B = ((1, 1, 0), (1, 1, 1), (1, 0, 1)) e denote a base canónica por B ′ .

c1) Determine M B ', B (id).


c2) Determine a matriz B = MB,B(T).

IV

Seja A uma matriz real de ordem n tal que A2 = -In.

a) Prove que A é invertível.

b) Prove que n é par.

FIM

EX280202 3
Álgebra Linear(cod 604)
Exame realizado a 28 de Fevereiro de 2002

CRITÉRIOS DE CORRECÇÃO E ORIENTAÇÕES GENÉRICAS DE RESPOSTA

A sequência da resolução sugerida para cada questão, nas páginas seguintes, deve ser
interpretada como uma das sequências possíveis. Deverá ser atribuída cotação análoga se,
em alternativa, for apresentada outra sequência igualmente correcta.

GRUPO I (6valores)

Grelha de correcção

1. 2. 3. 4. 5. 6.
d) d) b) d) c) c)

Grelha de correção

ERRADAS
0 1 2 3 4 5 6
C 0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0
E 1 1,0 0,67 0,33 0,0 0,0 0,0
R 2 2,0 1,67 1,33 1,0 0,67
T 3 3,0 2,67 2,33 2,0
A 4 4,0 3,67 3,33
S 5 5,0 4,67
6 6,0

GRUPO II (6 valores)

a) (2 val)
Condensação da matriz ampliada 1 val
Discussão do sistema através das características da matriz do sistema e da matriz
ampliada 1 val

b) (1 val)
Justificar que a característica de A tem que ser 3 0,8 val
Conclusão 0,2 val

CR280202 1
c) (3 val)
(i) (1,5 val)
Resolução do sistema 0,5val
Determinar U 0,75val
Exibir uma base de U 0,25val

(ii) (1,5 val)


Juntar ao vector(que constitui uma base de U) dois vectores de R3, de tal modo que os
três vectores são linearmente independentes 1,5 val

GRUPO 11I (5,5 valores)

a) (1val)
⎡− 1⎤
Calcular A ⎢⎢ 2 ⎥⎥ 1 val
⎢⎣− 1⎥⎦

b) (1,5 val)
Verr que KerT≠{(0, 0, 0)} pois (-1, 2, -1) ∈ KerT 0,5 val
Justificar que T não é injectiva 1 val

c) (3 val)
(i) (1 val)
−1
⎡1 1 1 ⎤ ⎡1 0 − 1⎤
Construir a matriz mudança de base S = ⎢⎢1 1 0⎥⎥ = ⎢− 1 1 1 ⎥⎥
⎢ 1 val
⎢⎣0 1 1⎥⎦ ⎢⎣ 1 − 1 0 ⎥⎦

(ii) (2 val)
Indicar o diagrama 0,75val
Determinar S-1 0,75val
Calcular B = SAS-1 0,5 val

GRUPO 1V (2,5 valores)

a) (1 val)
Provar que A-1 = -A 1 val

CR280202 2
b) (1,5 val)
Usar as propriedades dos determinantes
detA2=(detA)2 0,25val
det(-In)=(-1)n 0,5 val
Concluir que n é par 0,75val

FIM

CR280202 3
604 - ÁLGEBRA LINEAR

16-04-2002

Enunciado de Exame

PARA A RESOLUÇÃO DO EXAME, ACONSELHA-SE QUE:


• Verifique o exemplar do exame que lhe foi entregue, no caso de estar incompleto ou com
qualquer deficiência, dirija-se ao professor vigilante. O exame é composto por 4 grupos,
contém 7 páginas e termina com a palavra FIM.
• Não rubrique nem escreva o seu nome nas folhas de exame, excepto no local apropriado
para o efeito.
• Utilize uma letra legível e não use uma caneta de outra cor que não seja o preto ou o azul
– as respostas a lápis não serão consideradas. Não é permitido o uso de máquina de
calcular.
• Tenha em atenção que o exame tem a duração de 2 horas e 30 minutos.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E COTAÇÃO


• Com excepção do grupo I (constituído por 6 perguntas de escolha múltipla) terá de
justificar todas as respostas e apresentar os cálculos que efectuou. Se apresentar apenas
um valor numérico como resposta sem qualquer justificação, mesmo que esteja correcto
terá cotação zero.
• Serão pontuadas definições de conceitos e caracterizações de conjuntos directamente
relacionados com as questões.
• Cada questão do grupo I tem a cotação de 1 valor. Por cada resposta errada serão
descontados 1/3 valores. É considerada errada uma questão com mais de uma resposta. A
classificação mínima deste grupo é de 0 valores. Os restantes grupos terão as cotações
seguintes:
II
a) 1,5 val b1)1,5 val b2) 1,5 val b3) 1,5 val b4) 1,5 val
III
a) 1,5 val b) 1 val c) 1,5 val
IV
a) 1 val b) 1,5 val
I

Em cada questão apenas uma das afirmações a), b), c), d) está correcta. Indique-a
marcando × no quadrado respectivo. Caso pretenda anular alguma das suas respostas,
basta escrever “Anulado” junto a essa resposta e indicar, se for caso disso, a que
pretenda que seja considerada.

1. Sejam A ∈ IR3×3, B ∈ IR3×3 matrizes reais invertíveis. Qual das seguintes igualdades
é verdadeira:

… A. adj(2A) = 23adj(A)
… B. A-1 + 1/3B-1 = (A + 3B)-1
… C. (1/2 AB)-1 = 2A -1 B-1
… D. adj(AB) =adj(B)adj(A).

⎡1 0 1⎤ ⎡2⎤
2. Considere as matrizes A = ⎢ ⎥ ∈ IR2×3, b = ⎢ ⎥ ∈ IR2×1e seja S o conjunto das
⎣1 1 1⎦ ⎣3⎦
soluções Ax = b. Considere as afirmações seguintes:
i) S = {(x+1, 1, 1-x): x∈ IR},
ii) S = {(1, 1, 1)}+[(1, 0,-1)],
iii) S = {(2, 1, 0)}+[(1, 0,-1)].

Então:

… A. Nenhuma das afirmações é verdadeira.


… B. Apenas uma das afirmações é verdadeira.
… C. Apenas duas das afirmações são verdadeiras.
… D. Todas as afirmações são verdadeiras.

3. Sejam v1, v2, v3 vectores não nulos de IR3 tais que


u +2v = w e v =w.

Então tem-se:

… A. dimL{u, v, w}= 3
… B. L{u, v, w}= {u}
… C. v + w ∈ L{u}
… D. dimL{u, v, w}= 2.

4. Considere os subespaços vectoriais de IR3

EX160402 1
F = L{(1, 1, 1), (1, 0, 2} e G= L{(1, 1, 0)}.
Então:

… A. F ⊆ G
… B. G ⊆ F
… C. F∩G = {(0, 0, 0)}.
… D. F∪G = IR3

5. Considere as transformações lineares f, g : IR2→ IR2 defenidas, para todo o (x,y)∈IR2,


por
f(x, y) = (x, x+y), g(x, y) = (2x+y, 2x),
respectivamente. Então tem-se, para todo o (x,y)∈IR2:

… A. g-1(x, y) = (1/2x+y, 1/2x).


… B. f2(x, y) = (x2, x2 + 2xy + y2) onde f2 = f ο f.
… C. (f ο g)(x, y) = (2x + y, 4x + y).
… D. f(x+y, x+y) = 2f(x, y).

⎡α 0 4 ⎤
6. Seja A = ⎢⎢ 0 − 2 4⎥⎥ ∈ IR3×3. A não é diagonalizável se e só se:
⎢⎣ 0 0 2⎥⎦

… A. α = 2.
… B. α = -2.
… C. α ∈ IR..
… D. α ≠ 2 e α ≠ -2.

II

⎡1 − 1 0⎤
1. Considere a matriz A = ⎢⎢1 α − 2 − 2⎥⎥ , onde α ∈ IR..
⎢⎣1 − α α ⎥⎦

a) Determine, em função do pârametro real α, a característica de A.

b) Faça α = 1.
b1) Indique uma base para o espaço U das soluções do sistema homogéneo
Ax = 0.

EX160402 2
⎡2⎤
b2) Prove que u= ⎢⎢4⎥⎥ é um vector próprio de A. Indique o valor próprio associado
⎢⎣1 ⎥⎦
a u.

b3) Prove que {x : Ax = −2x} é um subespaço vectorial de IR3. Resolva o sistema


Ax=-2x.

b4) Prove que A é diagonalizável. Indique uma base de IR3 formada por vectores
próprios de A.

III

Seja T: IR2→ IR3 a aplicação linear definida por T(x, y) = (2x+y, x, y).

a) Calcule a matriz da aplicação linear relativamente às bases {(1,0),(1,1)} de IR2 e à


base {(1,1,1), (1,1,0),(1,0,0)} de IR3.

b) Verifique que a aplicação T é injectiva.

c) Determine uma base de ImT. Averigúe se T é sobrejectiva.

IV

⎡a b c d ⎤
⎢b −a d − c ⎥⎥
Considere a matriz A = ⎢ ∈ IR4×4.
⎢c −d −a b ⎥
⎢ ⎥
⎣d c − b − a⎦

a) Calcule AAT.

b) Prove que detA = 0 se, e só se, a = b = c =d = 0.

FIM

EX160402 3
Álgebra Linear e Geometria Analítica (cod 604)
Exame realizado a 16 de Abril de 2002

CRITÉRIOS DE CORRECÇÃO E ORIENTAÇÕES GENÉRICAS DE RESPOSTA

A sequência da resolução sugerida para cada questão, nas páginas seguintes, deve ser
interpretada como uma das sequências possíveis. Deverá ser atribuída cotação análoga se,
em alternativa, for apresentada outra sequência igualmente correcta.

GRUPO I (6 valores)

Grelha de correcção

1. 2. 3. 4. 5. 6.
d) d) c) c) c) a)

Grelha de correção

ERRADAS
0 1 2 3 4 5 6
C 0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0
E 1 1,0 0,67 0,33 0,0 0,0 0,0
R 2 2,0 1,67 1,33 1,0 0,67
T 3 3,0 2,67 2,33 2,0
A 4 4,0 3,67 3,33
S 5 5,0 4,67
6 6,0

GRUPO II (7,5 valores)

a) (1,5 val)
Condensação da matriz ampliada. 0,5 val
Discussão do sistema através das características da matriz do sistema e da matriz
ampliada. 1 val

b)
b1) (1,5 val)
Determinar U. 1 val
Exibir uma base de U. 0,5 val

CR160402 1
b2) (1,5 val)
Calcular Au. 1 val
Concluir que o valor próprio associado ao u é –1. 0,5 val

b3) (1,5 val)


Resolver o sistema Ax =2x. 1,2 val
Justificar que o conjunto é um subespaço vectorial de R3. 0,3 val

b4) (1,5 val)


Verificar que os valores próprios de A são todos distintos e concluir que A é
diagonalizável. 1 val
Determinar uma base de vectores próprios de A. 0,5 val

GRUPO III (4 valores)

a) (1,5 val)
Calcular T(1, 0) e T(1, 1). 0,5 val
Escrever T(1, 0) e T(1, 1) como combinação linear de (1, 1, 1), (1, 1, 0) e (1, 0, 0).
0,75val
Escrever a matriz da aplicação linear relativamente às bases indicadas. 0,25val

b) (1 val)
Verificar que KerT={(0, 0, 0)}. 1 val

c) (1,5 val)
Determinar uma base de ImT. 1 val
Justificar que T não é sobrejectiva. 0,5 val

GRUPO IV (2,5 valores)

a) (1 val)
Determinar AT. 0,5 val
Calcular AAT. 0,5 val

b) (1,5 val)
Usar as propriedades dos determinantes: det(AAT) = (detA)(detAT) = (detA)2. 0,5 val
(detA)2 = 0 se e só se detA = 0. 0,25val
(a2 + b2 + c2 + d2)4 = 0 se e só se a = b = c = d = 0. 0,75val

FIM

CR160402 2
604 - Álgebra Linear

2001/2002
Enunciado de Exame – Época Especial
2002-11-04

PARA A RESOLUÇÃO DO EXAME, ACONSELHA-SE QUE:


• Verifique o exemplar do exame que lhe foi entregue, no caso de estar incompleto ou com
qualquer deficiência, dirija-se ao professor vigilante. O exame é composto por 4 grupos,
contém 8 páginas e termina com a palavra FIM.
• Não rubrique nem escreva o seu nome nas folhas de exame, excepto no local apropriado
para o efeito.
• Utilize uma letra legível e não use uma caneta de outra cor que não seja o preto ou o azul
– as respostas a lápis não serão consideradas. Não é permitido o uso de máquina de
calcular.
• Tenha em atenção que o exame tem a duração de 2 horas e 30 minutos.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E COTAÇÃO


• Com excepção do grupo I (constituído por 6 perguntas de escolha múltipla) terá de
justificar todas as respostas e apresentar os cálculos que efectuou. Se apresentar apenas
um valor numérico como resposta sem qualquer justificação, mesmo que esteja correcto
terá cotação zero.
• Serão pontuadas definições de conceitos e caracterizações de conjuntos directamente
relacionados com as questões.
• Cada questão do grupo I tem a cotação de 1 valor. Por cada resposta errada serão
descontados 1/3 valores. É considerada errada uma questão com mais de uma resposta. A
classificação mínima deste grupo é de 0 valores. Os restantes grupos terão as cotações
seguintes:
I
a)1,5 val b)1,5 val c)1 val d)2 val
II
a)2 val b1)1,5 val b2)2 val
III
a)1 val b)1,5 val
I

Em cada questão apenas uma das afirmações a), b), c), d) está correcta. Indique-a
marcando × no quadrado respectivo. Caso pretenda anular alguma das suas respostas,
basta escrever “Anulado” junto a essa resposta e indicar, se for caso disso, a que
pretenda que seja considerada.

1. Sejam A ∈ IR3×3, B ∈ IR3×3 matrizes reais. Qual das seguintes igualdades é sempre
verdadeira:

… A. det(A+B) = det(A) + det(B),


… B. det(A+B)2 = (det(A+B))2,
… C. det(A+B)2 = det(A2)+det(B2),
… D. det(3AB) = 3det(A)det(B).

2. Seja A um matriz IIRn×n com rank(A) = n-1. Considere o sistema Ax = b, então tem-
se:

… A. o sistema é impossível para todo o b,


… B. o sistema é possível para todo o b,
… C. o sistema é possível e determinado se b pertence ao espaço das colunas de A,
… D. o sistema é possível e indeterminado se b pertence ao espaço das colunas de
A.

3. Considere o subespaço vectorial F ={(x, y, z) ∈ R3: x = 0}} de IR3 e os vectores


u1 = (0, 1, 0), u2 = (0, 2, 1) e u3 = (0, 1, 1) de IR3. Considere as afirmações
seguintes:
i) L{u1, u2, u3} = F,
ii) u3 ∈ L{u1, u2},
iii) {u1, u2, u3} é uma base de F.

Então:

… A. Nenhuma das afirmações é verdadeira.


… B. Apenas uma das afirmações é verdadeira.
… C. Apenas duas das afirmações são verdadeiras.
… D. Todas as afirmações são verdadeiras.

4. Sejam F e G subespaços vectoriais de IR5, tais que dimF = 3= dimG.


Então tem-se sempre:

… A. 1 ≤ dim(F∩G) ≤ 3,

1
… B. F = G,
… C. F∩G = {(0, 0, 0, 0, 0)},
… D. F+G = IR5.

5. Considere a transformação linear f : IR2→ IR3 definida por


f(1, 2) = (1, 0, 1), f(1, 1) = (1, 0, 0).
Então:

… A. f é injectiva,
… B. f é sobrejectiva,
… C. Imf = L{(1, 0, 1)},
… D. Imf = {(1, 0, 1), (1, 0, 0)}.

⎡4 2 − 1⎤
6. Seja A + I3= ⎢0 0 0 ⎥ ∈ IR3×3. Então:
⎢ ⎥
⎣⎢2 0 − 2⎦⎥

… A. 0 é valor próprio de A,
… B. -1 é valor próprio de A,
… C. 1 é valor próprio de A,
… D. A não tem valores próprios.

II

1.
a) Sejam A uma matriz real invertível e 0 ≠ α ∈ IR.. Prove que
( )
(αA )T = 1 (A −1 )T .
−1

b) Calcule a inversa da matriz


⎡ 2 1 1 ⎤
A = ⎢− 2 2 − 1 ⎥⎥ .

⎢⎣− 2 − 1 − 4⎥⎦

c) Usando as alíneas anteriores, determine a inversa da matriz


⎡ 4 − 4 − 4⎤
B = ⎢⎢2 4 − 2⎥⎥ .
⎢⎣2 − 2 − 8 ⎥⎦

2
d) Resolva o sistema
⎧2 x + y + z + w = 1

⎨− 2 x + 2 y − z − w = 0
⎪− 2 x − y − 4 z + w = 0

usando a regra de Cramer.

III

Seja T: IR3→ IR3 a aplicação linear cuja representação matricial relativamente à base
canónica é
⎡1 0 ⎤1
⎢α α α + α ⎥, α ∈ R . .
2
⎢ ⎥
⎢⎣ 0 α α ⎥⎦

a) Determine, se possível, α de modo que dimKerT = 2.

b) Faça α =1.

b1) Indique uma base de ImT.

b2) Considere a base B={(1, 1, 0), (1, 0, 1),(0, 1, 1)}. Escreva a matriz da
aplicação linear T relativamente à base B no espaço de partida e á base
canónica no espaço de chegada.

IV

Considere as matrizes A, B ∈ IRn×n e os números reais a e b. Prove que:

a) se λ é um valor próprio de A então aλ é um valor próprio da matriz aA.

b) se x é um vector próprio de A e de B então x é um vector próprio da matriz


aA+bB. Indique qual o valor próprio de aA+bB associado a x.

FIM

3
604 - Álgebra Linear

2001/2002
Enunciado de Exame – Época Especial
2002-11-04

PARA A RESOLUÇÃO DO EXAME, ACONSELHA-SE QUE:


• Verifique o exemplar do exame que lhe foi entregue, no caso de estar incompleto ou com
qualquer deficiência, dirija-se ao professor vigilante. O exame é composto por 4 grupos,
contém 8 páginas e termina com a palavra FIM.
• Não rubrique nem escreva o seu nome nas folhas de exame, excepto no local apropriado
para o efeito.
• Utilize uma letra legível e não use uma caneta de outra cor que não seja o preto ou o azul
– as respostas a lápis não serão consideradas. Não é permitido o uso de máquina de
calcular.
• Tenha em atenção que o exame tem a duração de 2 horas e 30 minutos.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E COTAÇÃO


• Com excepção do grupo I (constituído por 6 perguntas de escolha múltipla) terá de
justificar todas as respostas e apresentar os cálculos que efectuou. Se apresentar apenas
um valor numérico como resposta sem qualquer justificação, mesmo que esteja correcto
terá cotação zero.
• Serão pontuadas definições de conceitos e caracterizações de conjuntos directamente
relacionados com as questões.
• Cada questão do grupo I tem a cotação de 1 valor. Por cada resposta errada serão
descontados 1/3 valores. É considerada errada uma questão com mais de uma resposta. A
classificação mínima deste grupo é de 0 valores. Os restantes grupos terão as cotações
seguintes:
I
a)1,5 val b)1,5 val c)1 val d)2 val
II
a)2 val b1)1,5 val b2)2 val
III
a)1 val b)1,5 val
I

Em cada questão apenas uma das afirmações a), b), c), d) está correcta. Indique-a
marcando × no quadrado respectivo. Caso pretenda anular alguma das suas respostas,
basta escrever “Anulado” junto a essa resposta e indicar, se for caso disso, a que
pretenda que seja considerada.

1. Sejam A ∈ IR3×3, B ∈ IR3×3 matrizes reais. Qual das seguintes igualdades é sempre
verdadeira:

… A. det(A+B) = det(A) + det(B),


… B. det(A+B)2 = (det(A+B))2,
… C. det(A+B)2 = det(A2)+det(B2),
… D. det(3AB) = 3det(A)det(B).

2. Seja A um matriz IIRn×n com rank(A) = n-1. Considere o sistema Ax = b, então tem-
se:

… A. o sistema é impossível para todo o b,


… B. o sistema é possível para todo o b,
… C. o sistema é possível e determinado se b pertence ao espaço das colunas de A,
… D. o sistema é possível e indeterminado se b pertence ao espaço das colunas de
A.

3. Considere o subespaço vectorial F ={(x, y, z) ∈ R3: x = 0}} de IR3 e os vectores


u1 = (0, 1, 0), u2 = (0, 2, 1) e u3 = (0, 1, 1) de IR3. Considere as afirmações
seguintes:
i) L{u1, u2, u3} = F,
ii) u3 ∈ L{u1, u2},
iii) {u1, u2, u3} é uma base de F.

Então:

… A. Nenhuma das afirmações é verdadeira.


… B. Apenas uma das afirmações é verdadeira.
… C. Apenas duas das afirmações são verdadeiras.
… D. Todas as afirmações são verdadeiras.

4. Sejam F e G subespaços vectoriais de IR5, tais que dimF = 3= dimG.


Então tem-se sempre:

… A. 1 ≤ dim(F∩G) ≤ 3,

1
… B. F = G,
… C. F∩G = {(0, 0, 0, 0, 0)},
… D. F+G = IR5.

5. Considere a transformação linear f : IR2→ IR3 definida por


f(1, 2) = (1, 0, 1), f(1, 1) = (1, 0, 0).
Então:

… A. f é injectiva,
… B. f é sobrejectiva,
… C. Imf = L{(1, 0, 1)},
… D. Imf = {(1, 0, 1), (1, 0, 0)}.

⎡4 2 − 1⎤
6. Seja A + I3= ⎢0 0 0 ⎥ ∈ IR3×3. Então:
⎢ ⎥
⎣⎢2 0 − 2⎦⎥

… A. 0 é valor próprio de A,
… B. -1 é valor próprio de A,
… C. 1 é valor próprio de A,
… D. A não tem valores próprios.

II

1.
a) Sejam A uma matriz real invertível e 0 ≠ α ∈ IR.. Prove que
( )
(αA )T = 1 (A −1 )T .
−1

b) Calcule a inversa da matriz


⎡ 2 1 1 ⎤
A = ⎢− 2 2 − 1 ⎥⎥ .

⎢⎣− 2 − 1 − 4⎥⎦

c) Usando as alíneas anteriores, determine a inversa da matriz


⎡ 4 − 4 − 4⎤
B = ⎢⎢2 4 − 2⎥⎥ .
⎢⎣2 − 2 − 8 ⎥⎦

2
d) Resolva o sistema
⎧2 x + y + z + w = 1

⎨− 2 x + 2 y − z − w = 0
⎪− 2 x − y − 4 z + w = 0

usando a regra de Cramer.

III

Seja T: IR3→ IR3 a aplicação linear cuja representação matricial relativamente à base
canónica é
⎡1 0 ⎤1
⎢α α α + α ⎥, α ∈ R . .
2
⎢ ⎥
⎢⎣ 0 α α ⎥⎦

a) Determine, se possível, α de modo que dimKerT = 2.

b) Faça α =1.

b1) Indique uma base de ImT.

b2) Considere a base B={(1, 1, 0), (1, 0, 1),(0, 1, 1)}. Escreva a matriz da
aplicação linear T relativamente à base B no espaço de partida e á base
canónica no espaço de chegada.

IV

Considere as matrizes A, B ∈ IRn×n e os números reais a e b. Prove que:

a) se λ é um valor próprio de A então aλ é um valor próprio da matriz aA.

b) se x é um vector próprio de A e de B então x é um vector próprio da matriz


aA+bB. Indique qual o valor próprio de aA+bB associado a x.

FIM

3
Álgebra Linear (cod 604)
Exame realizado a 4 de Fevereiro de 2003

CRITÉRIOS DE CORRECÇÃO E ORIENTAÇÕES GENÉRICAS DE RESPOSTA

A sequência da resolução sugerida para cada questão, nas páginas seguintes, deve ser
interpretada como uma das sequências possíveis. Deverá ser atribuída cotação análoga se,
em alternativa, for apresentada outra sequência igualmente correcta.

GRUPO I (6 valores)

Grelha de correcção

1. 2. 3. 4. 5. 6.
b) b) c) c) b) c)

Grelha de cotação

ERRADAS
0 1 2 3 4 5 6
C 0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0
E 1 1,0 0,67 0,33 0,0 0,0 0,0
R 2 2,0 1,67 1,33 1,0 0,67
T 3 3,0 2,67 2,33 2,0
A 4 4,0 3,67 3,33
S 5 5,0 4,67
6 6,0

GRUPO II (6 valores)

a) (1,5 val)
Condensação da matriz. 0,7 val
Discussão da característica da matriz em função de α. 0,8 val

b) (1,5 val)
Determinar U. 0,75val
Determinar L. 0,75val

1
c)
c1) (1,5 val)
Resolver o sistema Ax = 0. 0,75val
Indicar uma base para U. 0,75val

c2) (1,5 val)


Indicar dois vectores de R3 que não sejam combinação linear do vector obtido
anteriormente 1 val
Provar que os três vectores constituem uma base de R3 0,5 val

GRUPO III (5,5 valores)

a) (1 val)
Calcular T(1, 0, 0), T(0, 1, 0) e T(0, 0, 1) 0,75val
Escrever a matriz A da aplicação linear relativamente à base indicada 0,25val

b) (1,5 val)
Indicar quais os valores de k para os quais o sistema Ax = (k, k, 2+k) é possível 1,5 val

c) (1 val)
Justificar que T não é sobrejectiva. 1 val

d) (2 val)
Determinar os valores próprios de T: 0, 2, 2 0,75val
Provar que dimE(2) = 1 1 val
Justificar que T não é diagonalizável 0,25val

GRUPO IV (2,5 valores)

a) (1 val)
Provar que A-1 = Ap-1 1 val

b) (1,5 val)
Justificar que rankA = n 0,5 val
Justificar que o sistema é possível e determinado 0,5 val
Exibir a solução 0,5 val

FIM

2
604 – ÁLGEBRA LINEAR

Exame em 04-02-2003
1ª Época 2002/2003

PARA A RESOLUÇÃO DO EXAME, ACONSELHA-SE QUE:

• Verifique o exemplar do exame que lhe foi entregue, no caso de estar incompleto ou com
qualquer deficiência, dirija-se ao professor vigilante. O exame é composto por 4 grupos,
contém 7 páginas e termina com a palavra FIM.
• Não rubrique nem escreva o seu nome nas folhas de exame, excepto no local apropriado
para o efeito.
• Utilize uma letra legível e não use uma caneta de outra cor que não seja o preto ou o azul
– as respostas a lápis não serão consideradas. Não é permitido o uso de máquina de
calcular.
• Tenha em atenção que o exame tem a duração de 2 horas e 30 minutos.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E COTAÇÃO

• Com excepção do grupo I (constituído por 6 perguntas de escolha múltipla) terá de


justificar todas as respostas e apresentar os cálculos que efectuou. Se apresentar apenas
um valor numérico como resposta sem qualquer justificação, mesmo que esteja correcto
terá cotação zero.
• Serão pontuadas definições de conceitos e caracterizações de conjuntos directamente
relacionados com as questões.
• Cada questão do grupo I tem a cotação de 1valor. Por cada resposta errada serão
descontados 1/3 valores. É considerada errada uma questão com mais de uma resposta. A
classificação mínima deste grupo é de 0 valores. Os restantes grupos terão as cotações
seguintes:

II III IV
a) b) c1) c2) a) b) c) d) a) b)
1,5 1,5 1,5 1,5 1 1,5 1 2 1 1,5
I

Em cada questão apenas uma das afirmações a), b), c), d) está correcta. Indique-a
marcando × no quadrado respectivo. Caso pretenda anular alguma das suas respostas,
basta escrever “Anulado” junto a essa resposta e indicar, se for caso disso, a que
pretenda que seja considerada.

1. Seja A ∈ R3×3 uma matriz real. Qual das seguintes afirmações é verdadeira:

… A. |A-I| = |A| - 1
… B. |A+A| = 8|A|
… C. |A-I| = |I - A|
… D. |5A| = 5|A|

2. Sejam v1 = (1, 0, 1), v2 = (1, 1, 1), v3 = (2, 1, 2), v4 = (0, 0, 1) vectores de R3.
Então tem-se:

… A. dimL{ v1, v2, v3} = 3.


… B. dimL{ v1, v2, v4} = 3.
… C. dimL{ v1, v2, v3, v4} = 4.
… D. dimL{ v1, v3} = 1.

⎡1 1 ⎤ ⎡a⎤
⎢ ⎥ ⎡ x⎤ ⎢ 2 ⎥
3. Considere o sistema ⎢1 2⎥ ⎢ ⎥ = ⎢a ⎥ , a∈ R. Então o sistema é:
⎢⎣1 3⎥⎦ ⎣ ⎦ ⎢⎣ a 3 ⎥⎦
y

… A. possível se e só se a = 0.
… B. impossível para todo o a.
… C. possível e determinado se e só se a = 0 ou a = 1.
… D. possível e indeterminado se e só se a = 0 ou a = 1.

4. Considere os subespaços vectoriais de R3

F = [(2, 1, 3), (1, 1, 1)] e G= [(2, 2, 2), (3,2,4)].

Então:

… A. F ∪ G = R3
… B. F ∩ G = {0}.
… C. F = G.
… D. F+G = R3.

1
5. Considere a transformação linear T : R3→ R3 cuja representação matricial
relativamente à base B = ((1, 1, 1), (0, 1, 1), (0, 0, 1)) na partida e à base
⎡ 1 2 3⎤
B´= ((0, 1,0), (1, 0, 0), (0, 0, 1)) na chegada é dada pela matriz A= ⎢⎢2 1 0⎥⎥ .
⎢⎣3 0 1⎥⎦
Então:

… A. T(1, 1, 1) = (3, 0, 1).


… B. T(1, 1, 1) = (2, 1, 3).
… C. T(1, 1, 1) = (0, 3, 1).
… D. T(1, 1, 1) = (1, 2, 3).

6. Considere uma matriz A ∈ R3×3 que satisfaça as seguintes condições:

Au = u, Av = v, Aw = 2w

onde u, v, w são vectores, não nulos, distintos de R3.


Considere as seguintes afirmações:
i) 1 e 2 são valores próprios de A,
ii) A é diagonalizável,
iii) u – v é vector próprio de A.
Então:

… A. Nenhuma das afirmações é verdadeira.


… B. Apenas uma das afirmações é verdadeira.
… C. Apenas duas das afirmações são verdadeiras.
… D. Todas as afirmações são verdadeiras.

II

⎡ 2 1 0⎤
1. Considere a matriz A = ⎢⎢3 2 1⎥⎥ , onde α ∈ R.
⎢⎣1 α 1⎥⎦

a) Discuta, em função do parâmetro α, a característica de A.

b) Faça α = 0. Determine a decomposição LU de A.

c) Faça α = 1.
c1) Indique uma base para o espaço U das soluções do sistema homogéneo
Ax = 0.

2
c2) Determine uma base para R3 que contenha os vectores que constituem uma
base de U.

III

Seja T: R3→ R3 a aplicação linear definida por


T(x, y, z) = (x + y - z, 2x + 2y –2z, -x + y + z)

a) Determine a matriz da aplicação linear T relativamente à base canónica de R3.

b) Determine os valores de k para os quais o vector (k, k, 2 + k) ∈ImT.

c) Diga, justificando, se T é sobrejectiva.

d) Averigúe se T é diagonalizável.

IV

Seja A uma matriz real de ordem n tal que existe um número natural p tal que Ap = In,
e Ak ≠ In para 1≤ k ≤ p-1.

a) Prove que A é invertível.

b) Prove que o sistema Ax = b, onde x e b são vectores reais n×1, é possível e


determinado e exiba a solução.

FIM

3
604 – Álgebra Linear
Enunciado de Exame

29-Abril-2003
(2ª Época 2002/2003)

PARA A RESOLUÇÃO DO EXAME, ACONSELHA-SE QUE:

• Verifique o exemplar do exame que lhe foi entregue, no caso de estar incompleto
ou com qualquer deficiência, dirija-se ao professor vigilante. O exame é composto
por 4 grupos, contém 8 páginas e termina com a palavra FIM.
• Não rubrique nem escreva o seu nome nas folhas de exame, excepto no local
apropriado para o efeito.
• Utilize uma letra legível e não use uma caneta de outra cor que não seja o preto ou
o azul – as respostas a lápis não serão consideradas. Não é permitido o uso de
máquina de calcular.
• Tenha em atenção que o exame tem a duração de 2 horas e 30 minutos.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E COTAÇÃO

• Com excepção do grupo I (constituído por 6 perguntas de escolha múltipla) terá


de justificar todas as respostas e apresentar os cálculos que efectuou. Se apresentar
apenas um valor numérico como resposta sem qualquer justificação, mesmo que
esteja correcto terá cotação zero.
• Serão pontuadas definições de conceitos e caracterizações de conjuntos
directamente relacionados com as questões.
• Cada questão do grupo I tem a cotação de 1valor. Por cada resposta errada serão
descontados 1/3 valores. É considerada errada uma questão com mais de uma
resposta. A classificação mínima deste grupo é de 0 valores. Os restantes grupos
terão as cotações seguintes:
II III IV
a) b) ci) cii) a) bi) bii) biii) a) bi) bii)
1,5 0,5 1,5 1,5 1,5 1,5 1,5 2 0,75 1 0,75
I

Em cada questão apenas uma das afirmações a), b), c), d) está correcta. Indique-a
marcando × no quadrado respectivo. Caso pretenda anular alguma das suas respostas,
basta escrever “Anulado” junto a essa resposta e indicar, se for caso disso, a que
pretenda que seja considerada.

1. Sejam A, B ∈ R3×3 matriz reais tais que A + B = I3. Qual das seguintes afirmações
é verdadeira:

… A. A e B são matrizes invertíveis,


… B. AB = BA,
… C. |A| + |B| = 1,
… D. os elementos da diagonal principal da matriz A e da matriz B são simétricos.

2. Sejam {u, v} um conjunto linearmente independente de R3 e {u, t} um conjunto


linearmente dependente de R3.
Então tem-se:

… A. dimL{u, v, t} = 3.
… B. dimL{u + v} = 2.
… C. v ∈L{ u, t}.
… D. t ∈L{ u, v}.

⎡1 0 2 ⎤
3. Considere a matriz A = ⎢ ⎥ ∈ R2×3 e seja C(A) o espaço-coluna de A.
⎣2 1 1⎦
Então tem-se:

… A. O sistema Ax = 0 é impossível.
… B. (0, 0, 0) é a única solução do sistema Ax = 0.
… C. dim(C(A)) = 3.
… D. dim(C(A)) =2.

4. Considere os subespaços vectoriais de R3

F = {(x, y, z) ∈ R3: 2y+ z = 0 , y + 2z = 0} e G = [(2, 0, 0)].

Então:

… A. F ∪ G = R3.
… B. F ∩ G = {(0, 0, 0)}.

1
… C. F + G = F.
… D. dim(F + G) = 2.

5. Para α ∈ R, seja Tα : R2 → R3 a transformação linear cuja representação matricial


⎡ 1 α⎤
relativamente às bases canónicas de R e R é representada pela matriz A= ⎢⎢α α ⎥⎥ .
2 3

⎢⎣ 0 α ⎥⎦
Então:

… A. Tα é sobrejectiva, para qualquer que seja α.


… B. Tα é injectiva, para qualquer que seja α.
… C. se α = 0, então dim (ker Tα) = 2
… D. se α = 0, então dim (ker Tα) = 1.

6. Considere uma matriz A ∈ R3×3 que satisfaça as seguintes condições:

A(2u) = 2u, Av = 3v, Aw = 3w

onde (u, v, w) é uma base de R3.


Considere as seguintes afirmações:
i) 1 e 3 são valores próprios de A,
ii) A é diagonalizável,
iii) (u, v, v+w) é uma base de R3.
Então:

… A. Nenhuma das afirmações é verdadeira.


… B. Apenas uma das afirmações é verdadeira.
… C. Apenas duas das afirmações são verdadeiras.
… D. Todas as afirmações são verdadeiras.

II

⎡1 α − 2⎤

1. Considere a matriz Aα,β = ⎢− 2 − α 4 ⎥⎥ , onde α, β ∈ R.
⎢⎣ β α 0 ⎥⎦

a) Discuta, em função dos parâmetros α e β, a característica de Aα,β.

b) Indique para que valores dos parâmetros α, β, a matriz Aα,β é invertível.

2
c) Faça α = 2 e β = 0.

i) Determine uma base para o espaço U das soluções do sistema homogéneo


A2,0x = 0.

ii) Indique um sistema cujo conjunto de soluções seja U +{(1, 0, 1)}.

III

Considere F um subespaço de R3 gerado pelos vectores u = (1, 2, 1), v = (1, 3, 1) e


w = (1, -2, 1).

a) Determine a dimensão e uma base de F.

b) Seja T: R3 → R3 uma aplicação linear cuja representação matricial relativamente à


base B = ((1, 0, 1), (1, 1, 0), (0, 0, 1)) no espaço de partida e à base canónica no
espaço de chegada é
⎡1 1 1 ⎤
A = ⎢⎢2 3 − 2⎥⎥ .
⎢⎣1 1 1 ⎥⎦

i) Calcule T(1, 0, 1) e T(1, 1, 1).

ii) Mostre que imT = F.

iii) Indique qual a matriz da aplicação linear T relativamente à base B no espaço


de partida e à base B´= ((1, 2, 1), (1, 4, 1), (0, 0, 1) ) no espaço de chegada.

IV

Seja A uma matriz real de ordem 3.

a) Prove que se B é uma matriz semelhante a A então detA = det B.

b) Suponha que os valores próprios de A são 0, 1, 2.

i) Justifique que A é diagonalizável e prove que detA = 0.

ii) Seja C = A + I3. Calcule detC.

FIM

3
Álgebra Linear e Geometria Analítica (cod 604)
Exame realizado a 29 de Abril de 2003

CRITÉRIOS DE CORRECÇÃO E ORIENTAÇÕES GENÉRICAS DE RESPOSTA

A sequência da resolução sugerida para cada questão, nas páginas seguintes, deve ser
interpretada como uma das sequências possíveis. Deverá ser atribuída cotação análoga se,
em alternativa, for apresentada outra sequência igualmente correcta.

GRUPO I (6 valores)

Grelha de correcção

1. 2. 3. 4. 5. 6.
b) d) d) c) d) d)

Grelha de correção

ERRADAS
0 1 2 3 4 5 6
C 0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0
E 1 1,0 0,67 0,33 0,0 0,0 0,0
R 2 2,0 1,67 1,33 1,0 0,67
T 3 3,0 2,67 2,33 2,0
A 4 4,0 3,67 3,33
S 5 5,0 4,67
6 6,0

GRUPO II (5 valores)

a) (1,5 val)
Condensação da matriz ampliada. 0,5 val
Discussão da característica da matriz 1 val

b) (0,5 val)
Justificar que Aα,β é invertível se e só se rank Aα,β = 3 0,2 val
Determinar α e β 0,3 val

1
c) (3 valores)
ci) (1,5 val)
Resolução do sistema A2,0x = 0 1 val
Exibir uma base de U 0,5 val

cii) (1,5 val)


Provar que:
- matriz do sistema é A2,0 0,75val
⎡1⎤
-o termo independente é A2,0 ⎢⎢0⎥⎥ 0,75val
⎢⎣1⎥⎦

GRUPO III (6,5 valores)

a) (1,5 val)
Verificar que os vectores u,v e w são linearmente dependentes. 0,5 val
Indicar uma base, por exemplo,a formada pelos vectores u e v 0,75val
Indicar a dimensão 0,25val

b) (5 val)
bi) (1,5 val)
Verificar que T(1, 0, 1) = (1, 2, 1) e T(1, 1, 1) = (2, 1, 2) 1,5 val

bii) (1,5 val)


Provar que ImT = L{ T(1, 0, 1), T(1, 1, 0)}. 1,25val
Concluir que ImT = F 0,25val

biii) (2 val)
Escrever a matriz da aplicação linear relativamente às bases indicadas. 2 val

GRUPO IV (2,5 valores)

a) (0,75 valores)
Provar que detA = detB 0,75val

b)
bi) (1 val)
Justificar que A é diagonalizável 0,5 val
Provar que detA = 0 0,5 val

2
bii) (0,75 val)
Provar que sendo A = S-1DS então C = S-1(D + I)S 0,5 val
Concluir que det C = 6 0,25val

FIM

3
Ministério da Educação

Curso: ................................................................................................................................................

Prova de Álgebra Linear Data: 11 de Fevereiro de 2004

Nome: .................................................................................................................................................
Nº de Estudante: ........................................ B. I. nº ..............................................
Assinatura do Vigilante: .............................................

PARA A RESOLUÇÃO DO EXAME, ACONSELHA-SE QUE:

• Verifique o exemplar do exame que lhe foi entregue, no caso de estar incompleto
ou com qualquer deficiência, dirija-se ao professor vigilante. O exame é composto
por 4 grupos, contém 7 páginas e termina com a palavra FIM.
• Não rubrique nem escreva o seu nome nas folhas de exame, excepto no local
apropriado para o efeito.
• Utilize uma letra legível e não use uma caneta de outra cor que não seja o preto ou
o azul – as respostas a lápis não serão consideradas. Não é permitido o uso de
máquina de calcular.
• Tenha em atenção que o exame tem a duração de 2 horas e 30 minutos.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E COTAÇÃO

• Com excepção do grupo I (constituído por 6 perguntas de escolha múltipla) terá


de justificar todas as respostas e apresentar os cálculos que efectuou. Se apresentar
apenas um valor numérico como resposta sem qualquer justificação, mesmo que
esteja correcto terá cotação zero.
• Serão pontuadas definições de conceitos e caracterizações de conjuntos
directamente relacionados com as questões.
• Cada questão do grupo I tem a cotação de 1valor. Por cada resposta errada serão
descontados 1/3 valores. É considerada errada uma questão com mais de uma
resposta. A classificação mínima deste grupo é de 0 valores. Os restantes grupos
terão as cotações seguintes:
II III IV
a) b) ci) cii) a) bi) bii) biii) a) bi) bii)
1,5 1,5 1,5 0,5 1,5 1,5 1,5 2 0,75 1 0,75
I

Em cada questão apenas uma das afirmações a), b), c), d) está correcta. Indique-a
marcando × no quadrado respectivo. Caso pretenda anular alguma das suas respostas,
basta escrever “Anulado” junto a essa resposta e indicar, se for caso disso, a que
pretenda que seja considerada.

1. Sejam A, B ∈ R3×3 matriz reais tais que A + B = I3. Qual das seguintes afirmações
é verdadeira:

… A. os elementos da diagonal secundária da matriz AT e da matriz BT são


simétricos,
… B. |AT| + |BT| = 1,
… C. AT+BT = B+A,
… D. AT e BT são matrizes invertíveis.
2. Sejam u, v e w elementos de R3 com {u, v} um conjunto linearmente independente
de R3 e u+99w=0.
Então tem-se:

… A. L{u, v}={u, v, w}.


… B. L{u, v}=L{u, w}.
… C. L{u, v}=L{ u + v}.
… D. L{u, v}=L{u, v, w}.

3. Considere uma matriz A ∈ R2×3 com rankA=2. Então tem-se:

… A. a dimensão do espaço-coluna de A é 2,
… B. (0, 0) é a única solução do sistema Ax = 0,
… C. A(0,2,1)=(0,1), A(0,-2,-1)=(1,0),
… D. a característica de A é 3.
4. Considere o subespaço vectorial de R3

F = {(x, y, z) ∈ R3: 2y+ 3z = 0, y + 2z = 0}.

Então:

… A. F é o núcleo de uma matriz não singular,


… B. F + F = F,
… C. dimF = 2,
… D. {(1,0,0),(1,2,0),(1,2,3)} é uma base de F.

5. Seja T : R2 → R3 a transformação linear tal que T(2,3)=(1,1,1) e T(1,3)=(1,0,1).


Então:

… A. T é sobrejectiva,

1
… B. T é injectiva,
… C. dim (ker T) = 2
… D. o espaço-coluna da matriz que representa T nas bases canónicas tem
dimensão 1.

6. Considere uma matriz A ∈ R3×3 que satisfaça as seguintes condições:

A(2u) = 2u, Av = 3v, A(2w) = 3w

onde (u, v, w) é uma base de R3.


Considere as seguintes afirmações:
i) 1 e 3 são os valores próprios de A,
ii) A é diagonalizável,
iii) 1, 3 e 3/2 são os valores próprios de AT.
Então:

… A. Nenhuma das afirmações é verdadeira.


… B. Apenas uma das afirmações é verdadeira.
… C. Apenas duas das afirmações são verdadeiras.
… D. Todas as afirmações são verdadeiras.

II

⎡1 1 − 2 ⎤
1. Considere a matriz A = ⎢⎢2 1 4 ⎥⎥ .
⎢⎣1 2 0 ⎥⎦

a) Determine a característica de A.

b) Usando o método de eliminação de Gauss, determine detA e mostre que a


matriz A é invertível.

c)

i) Determine A-1.

ii) Usando as alíneas anteriores, determine adjA.

III

Seja F o subespaço de R3 gerado pelos vectores u = (1, 2, 1), v = (1, 5, 1) e


w = (1, -1, 1).

a) Determine a dimensão e uma base de F.

2
b) Seja T: R3 → R3 uma aplicação linear cuja representação matricial relativamente à
base B = ((1, 0, 1), (1, 1, 0), (0, 0, 1)) no espaço de partida e à base canónica no
espaço de chegada é
⎡1 1 1 ⎤
A = ⎢⎢2 5 − 1⎥⎥ .
⎢⎣1 1 1 ⎥⎦

i) Calcule T(1, 1, 0) e T(2, 1, 3).

ii) Mostre que imT = F.

iii) Indique qual a matriz da aplicação linear T relativamente à base B no espaço


de partida e à base B´= ((1, 2, 1), (1, 4, 1), (0, 0, 1) ) no espaço de chegada.

IV

Seja A uma matriz real de ordem 3 não singular.

a) Prove que detA = detAT.

b) Suponha que os valores próprios de A são 3, 1, 2.

i) Justifique que A é diagonalizável e prove que detA = 6.

ii) Determine o polinómio característico p(λ)=det(A-λI3) de A.

FIM

3
Álgebra Linear e Geometria Analítica (cod 604)
Exame realizado a 11 de Fevereiro de 2004

CRITÉRIOS DE CORRECÇÃO E ORIENTAÇÕES GENÉRICAS DE


RESPOSTA

A sequência da resolução sugerida para cada questão, nas páginas seguintes, deve ser
interpretada como uma das sequências possíveis. Deverá ser atribuída cotação análoga
se, em alternativa, for apresentada outra sequência igualmente correcta.

GRUPO I (6 valores)

Grelha de correcção

1. 2. 3. 4. 5. 6.
c) d) a) b) b) c)

Grelha de correção

ERRADAS
0 1 2 3 4 5 6
C 0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0
E 1 1,0 0,67 0,33 0,0 0,0 0,0
R 2 2,0 1,67 1,33 1,0 0,67
T 3 3,0 2,67 2,33 2,0
A 4 4,0 3,67 3,33
S 5 5,0 4,67
6 6,0

GRUPO II (5 valores)

a) (1,5 val)
Condensação da matriz ampliada. 0,5 val
Discussão da característica da matriz 1 val

b) (1,5 val)
Justificar que A é invertível. 0,5 val
Determinar o determinante 1 val

c) (2 valores)
ci) (1,5 val)

4
Calculo de A-1 1,5 val

cii) (0,5 val)


Calculo de det(adjA) usando A(adjA)=(detA)I3.

GRUPO III (6,5 valores)

a) (1,5 val)
Verificar que os vectores u,v e w são linearmente dependentes. 0,5 val
Indicar uma base, por exemplo,a formada pelos vectores u e w 0,75val
Indicar a dimensão 0,25val

b) (5 val)
bi) (1,5 val)
Calculo de T(1, 1, 0) e T(2, 1, 3) 1,5 val

bii) (1,5 val)


Provar que ImT = L{ T(1, 0, 1), T(0, 0, 1)}. 1,25val
Concluir que ImT = F 0,25val

biii) (2 val)
Escrever a matriz da aplicação linear relativamente às bases indicadas. 2 val

GRUPO IV (2,5 valores)

a) (0,75 valores)
Provar que detA = detAT 0,75val

b)
bi) (1 val)
Justificar que A é diagonalizável 0,5 val
Provar que detA = 6 0,5 val
bii) (0,75 val)
Usar p(λ)=det(A-λI3)= -1(λ-3)(λ-1)(λ-2). 0,75 val

FIM

5
Ministério da Educação

Curso: ................................................................................................................................................

Prova de Álgebra Linear Data: 28 de Maio de 2004

Nome: .................................................................................................................................................
Nº de Estudante: ........................................ B. I. nº ..............................................
Assinatura do Vigilante: .............................................

PARA A RESOLUÇÃO DO EXAME, ACONSELHA-SE QUE:

• Verifique o exemplar do exame que lhe foi entregue, no caso de estar incompleto
ou com qualquer deficiência, dirija-se ao professor vigilante. O exame é composto
por 4 grupos, contém 7 páginas e termina com a palavra FIM.
• Não rubrique nem escreva o seu nome nas folhas de exame, excepto no local
apropriado para o efeito.
• Utilize uma letra legível e não use uma caneta de outra cor que não seja o preto ou
o azul – as respostas a lápis não serão consideradas. Não é permitido o uso de
máquina de calcular.
• Tenha em atenção que o exame tem a duração de 2 horas e 30 minutos.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E COTAÇÃO

• Com excepção do grupo I (constituído por 6 perguntas de escolha múltipla) terá


de justificar todas as respostas e apresentar os cálculos que efectuou. Se apresentar
apenas um valor numérico como resposta sem qualquer justificação, mesmo que
esteja correcto terá cotação zero.
• Serão pontuadas definições de conceitos e caracterizações de conjuntos
directamente relacionados com as questões.
• Cada questão do grupo I tem a cotação de 1valor. Por cada resposta errada serão
descontados 1/3 valores. É considerada errada uma questão com mais de uma
resposta. A classificação mínima deste grupo é de 0 valores. Os restantes grupos
terão as cotações seguintes:
II III IV
a) b) c1) c2) a) b) c) a) b)
1,5 1,5 1,5 1,5 1,5 1,5 1,5 1,5 2
I

Em cada questão apenas uma das afirmações a), b), c), d) está correcta. Indique-a
marcando × no quadrado respectivo. Caso pretenda anular alguma das suas respostas,
basta escrever “Anulado” junto a essa resposta e indicar, se for caso disso, a que
pretenda que seja considerada.

1. Sejam A, B ∈ Rn×n matriz reais tais que A + B = In e A2=A. Qual das seguintes
afirmações é verdadeira:

… A. 1 é valor próprio de A,
… B. B2 = B,
… C. A e B são matrizes invertíveis,
… D. 1 é valor próprio de B.

2. Sejam u=(-2,1,3), v=(-2,1,0) e w=(0,0,5) elementos de R3. Então tem-se:

… A. L{u, v}={u, v, w}.


… B. L{u, v}=L{v, w}.
… C. L{u, v}=L{u + v}.
… D. L{u, v}=L{w}.

3. Existe uma matriz A ∈ R2×2 que satisfaz:

… A. A(1,0,4)=(2,1),
… B. o sistema Ax = 0 não tem soluções,
… C. A(0,2)=(5,1), A(-2,1)=(1,0), A(2,1)=(1,4),
… D. A(4,6)=(0,2), A(2,3)=(0,1).

4. Considere os subespaços vectoriais de R3

F = {(x, y, z) ∈ R3: 2x +y + 3z = 0, y + 2z = 0} e G = [(1,4,-2)].

Então:

… A. F é gerado pelo vector (-1/2,-2,1),


… B. dimF=2,
… C. F∩G={(0,0,0)},
… D. {(1,-3,0),(1,0,7),(1,2,3)} é uma base de F.

5. Para α, β ∈ R, seja Tα,β: R3 → R3 a transformação linear que e´ definida por


Tα,β (1,0,0)=(1,-2,β) , Tα,β (0,1,0)=(α,-α,α) e Tα,β (0,0,1)=(-2,4,0). Então:

… A. Tα,β é sobrejectiva se e só se α≠0,

1
… B. Tα,β é injectiva se e só se β≠0,
… C. Tα,β é bijectiva se e só se α≠0 e β≠0,
… D. Nenhuma das afirmações anteriores é verdadeira.

6. Considere uma matriz A ∈ R3×3 que satisfaça as seguintes condições:

A(2u) = 10u, Av = 2v, A(2w) = 3w

onde (u, v, w) é uma base de R3.


Considere as seguintes afirmações:
i) 2/3 é valor próprio de A-1,
ii) A é invertível,
iii) 15 é o determinante de AT.
Então:

… A. Nenhuma das afirmações é verdadeira.


… B. Apenas uma das afirmações é verdadeira.
… C. Apenas duas das afirmações são verdadeiras.
… D. Todas as afirmações são verdadeiras.

II

⎡α 1 − 1 ⎤
1. Considere a matriz A = ⎢⎢2 α 0⎥⎥ .
⎢⎣1 2 1 ⎥⎦

a) Discuta, em função do parâmetro α, o sistema Ax = 0.

b) Determine, se possível, todos os valores de α para os quais as colunas de A


constituem uma base de IR3.

c) Faça α = 2.
c1) Indique uma base para o espaço U das soluções do sistema homogéneo
Ax = 0.

c2) Determine uma base para IR3 que contenha os vectores que constituem uma
base de U.

2
III

Seja f: R3 → R3 uma aplicação linear cuja representação matricial relativamente às


bases canónicas é
⎡1 5 1 ⎤
A = ⎢⎢2 4 − 1 ⎥⎥ .
⎢⎣1 7 2⎥⎦
a) Calcule f(3, 0, 2) e f(0, 1, 0).

b) Mostre que f não é injectiva e determine uma base de f(R3).

c) Indique qual a matriz da aplicação linear f relativamente à base


B= {((1, 2, 0), (2, 0, 1), (0, 0, 3)}.

IV

Seja A uma matriz real de ordem 3 cujo polinómio característico é

p (λ ) = −λ3 + aλ2 + bλ + c.

a) Prove que detA= p (0) = c.

b) Prove que o traço de A é igual a a .

FIM

3
Álgebra Linear (cod 604)
Exame realizado a 28 de Maio de 2004

CRITÉRIOS DE CORRECÇÃO E ORIENTAÇÕES GENÉRICAS DE


RESPOSTA

A sequência da resolução sugerida para cada questão, nas páginas seguintes, deve ser
interpretada como uma das sequências possíveis. Deverá ser atribuída cotação análoga
se, em alternativa, for apresentada outra sequência igualmente correcta.

GRUPO I (6 valores)

Grelha de correcção

1. 2. 3. 4. 5. 6.
b) b) d) a) c) d)

Grelha de correcção

ERRADAS
0 1 2 3 4 5 6
C 0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0
E 1 1,0 0,67 0,33 0,0 0,0 0,0
R 2 2,0 1,67 1,33 1,0 0,67
T 3 3,0 2,67 2,33 2,0
A 4 4,0 3,67 3,33
S 5 5,0 4,67
6 6,0

GRUPO II (6 valores)

a) (1,5 valores)
Condensação da matriz ampliada. 0,5 val
Discussão do sistema Ax=0 1 val

b) (1,5 valores)

c) (3 valores)
c1) (1,5 valores)

4
Calculo da base de U.

C2) (1,5 valores)


Calculo da base de R3 que contém a base de U.

GRUPO III (4,5 valores)

a) (1,5 valores)
Calculo de f(3, 0, 2) e f(0, 1, 0).

b) (1,5 valores)
Mostrar que f não é injectiva 0,5
val
Determinar uma base de f(R3). 1 val

c) (1,5 valores)
Determinar a matriz de f na base B.

GRUPO IV (3,5 valores)

a) (1,5 valores)

b) (2 valores)

FIM

5
Ministério da Educação

Curso: ................................................................................................................................................

Prova de Álgebra Linear Data: 16 de Setembro de 2004

Nome: .................................................................................................................................................
Nº de Estudante: ........................................ B. I. nº ..............................................
Assinatura do Vigilante: .............................................

PARA A RESOLUÇÃO DO EXAME, ACONSELHA-SE QUE:

• Verifique o exemplar do exame que lhe foi entregue, no caso de estar incompleto
ou com qualquer deficiência, dirija-se ao professor vigilante. O exame é composto
por 4 grupos, contém 7 páginas e termina com a palavra FIM.
• Não rubrique nem escreva o seu nome nas folhas de exame, excepto no local
apropriado para o efeito.
• Utilize uma letra legível e não use uma caneta de outra cor que não seja o preto ou
o azul – as respostas a lápis não serão consideradas. Não é permitido o uso de
máquina de calcular.
• Tenha em atenção que o exame tem a duração de 2 horas e 30 minutos.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E COTAÇÃO

• Com excepção do grupo I (constituído por 6 perguntas de escolha múltipla) terá


de justificar todas as respostas e apresentar os cálculos que efectuou. Se apresentar
apenas um valor numérico como resposta sem qualquer justificação, mesmo que
esteja correcto terá cotação zero.
• Serão pontuadas definições de conceitos e caracterizações de conjuntos
directamente relacionados com as questões.
• Cada questão do grupo I tem a cotação de 1valor. Por cada resposta errada serão
descontados 1/3 valores. É considerada errada uma questão com mais de uma
resposta. A classificação mínima deste grupo é de 0 valores. Os restantes grupos
terão as cotações seguintes:
II III IV
a) b) c1) c2) a) b) c) a) b)
1,5 1,5 1,5 1,5 1,5 1,5 1,5 1,5 2
I

Em cada questão apenas uma das afirmações a), b), c), d) está correcta. Indique-a
marcando × no quadrado respectivo. Caso pretenda anular alguma das suas respostas,
basta escrever “Anulado” junto a essa resposta e indicar, se for caso disso, a que
pretenda que seja considerada.

⎡1 1 2⎤
*1. Seja A∈ R3×3 a matriz real ⎢1 − 2 − 3 ⎥ e b=(7,-7,0). Qual das seguintes
⎢ ⎥
⎢⎣1 − 1 1 ⎥⎦
afirmações é verdadeira:

… A. O sistema Ax=b é impossível,


… B. o sistema Ax=b é indeterminado,
… C. (2,3,1) é solução do sistema Ax=b,
… D. (1,1,0) é solução do sistema Ax=b.

2. Sejam u=(-2,1,3), v=(0,0,7) e w=(4,-2,0) elementos de R3. Então tem-se:

… A. L{u, v}=L{u, v, w}.


… B. L{u, v}=L{v + w}.
… C. L{u, v}=L{u + v}.
… D. L{u, v}=L{w}.

3. Existe uma matriz A ∈ R4×2 que satisfaz:

… A. ImA=R4,
… B. {(0,0,0,1), (2,0,01), (2,2,0,1)} é uma base de ImA,
… C. {(0,2), (3,1)} é uma base do núcleo de A,
… D. o espaço coluna de A tem dimensão 3.

4. Considere os subespaços vectoriais de R3

F = [(3,-1,0), (1,0,2)] e G = [(-3,2,6)].

Então:

… A. (0,0)∈F,
… B. F+G=R3,
… C. F∩G= ∅,
… D. G ⊆ F.

1
5. Para α∈ R, seja Tα: R3 → R3 a transformação linear que é definida por Tα
(1,0,0)=(1,-2,0) , Tα (0,1,0)=(1,α,1) e Tα (0,0,1)=(2,1,α). Então:

… A. Tα é sobrejectiva se e só se α≠0,
… B. Tα é injectiva se e só se α≠0,
… C. Tα é bijectiva se e só se α≠0,
… D. Nenhuma das afirmações anteriores é verdadeira.

6. Considere uma matriz A ∈ R3×3 que satisfaça as seguintes condições:

A(2u) = 8u, Av = 2u, A(2w) = 3w

onde (u, v, w) é uma base de R3.


Considere as seguintes afirmações:
i) 2/3 é valor próprio de A-1,
ii) A é invertível,
iii) 6 é o determinante de A.
Então:

… A. Nenhuma das afirmações é verdadeira.


… B. Apenas uma das afirmações é verdadeira.
… C. Apenas duas das afirmações são verdadeiras.
… D. Todas as afirmações são verdadeiras.

II

⎡α β − 1⎤
1. Considere a matriz A = ⎢⎢2 3 α ⎥⎥ .
⎢⎣1 2 β ⎥⎦

a) Discuta, em função dos parâmetros α e β, o sistema Ax = 0.

b) Faça β=1 e determine, se possível, todos os valores de α para os quais as


colunas de A constituem uma base de IR3.

c) Faça α = 2 e β=1.
c1) Determine A-1 .
c2) Use a alínea anterior para resolver o sistema Ax=u onde u=(2,5,1).

2
III

Seja f: R3 → R3 uma aplicação linear cuja representação matricial relativamente às


bases canónicas é
⎡− 3 3 1 ⎤
A = ⎢⎢2 − 1 0 ⎥⎥ .
⎢⎣6 0 2⎥⎦

a) Calcule f(0, -2, 3) e f(1, 0, 0).

b) Mostre que f não é injectiva e determine uma base para f(R3) .

c) Determine uma base para o núcleo de f..

IV

Seja A uma matriz real de ordem 3 cujo polinómio característico é

p (λ ) = −λ3 + 4λ2 − λ − 6.

a) Prove que 6 A −1 = − A 2 + 4 A − I .

b) Determine o polinómio característico de A-1.

FIM

3
Álgebra Linear (cod 604)
Exame realizado a 16 de Setembro de 2004

CRITÉRIOS DE CORRECÇÃO E ORIENTAÇÕES GENÉRICAS DE


RESPOSTA

A sequência da resolução sugerida para cada questão, nas páginas seguintes, deve ser
interpretada como uma das sequências possíveis. Deverá ser atribuída cotação análoga
se, em alternativa, for apresentada outra sequência igualmente correcta.

GRUPO I (6 valores)

Grelha de correcção

1. 2. 3. 4. 5. 6.
c) a) c) d) d) b)

Grelha de correcção

ERRADAS
0 1 2 3 4 5 6
C 0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0
E 1 1,0 0,67 0,33 0,0 0,0 0,0
R 2 2,0 1,67 1,33 1,0 0,67
T 3 3,0 2,67 2,33 2,0
A 4 4,0 3,67 3,33
S 5 5,0 4,67
6 6,0

GRUPO II (6 valores)

a) (1,5 valores)
Condensação da matriz ampliada. 0,5 val
Discussão do sistema Ax=0 1 val

b) (1,5 valores)

c) (3 valores)
c1) (1,5 valores)

4
Calculo da base de A-1.

c2) (1,5 valores)

GRUPO III (4,5 valores)

a) (1,5 valores)
Calculo de f(0, -2, 3) e f(1, 0, 0).

b) (1,5 valores)
Mostrar que f não é injectiva 0,5
val
Determinar uma base de f(R3). 1 val

c) (1,5 valores)
Determinar uma base do núcleo de f .

GRUPO IV (3,5 valores)

a) (1,5 valores)

b) (2 valores)

FIM

5
Álgebra Linear (Código 604)
2 de Março de 2005
Critérios de Avaliação

Se alguma questão não for resolvida nas etapas consideradas, a cotação será ajustada
de acordo com critérios análogos.

Grupo I (6 valores)
Grelha de Correção

1) 2) 3) 4) 5) 6)
c) c) b) b) b) c)

Grelha de Cotação

ERRADAS
0 1 2 3 4 5 6
C 0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0
E 1 1,0 0,67 0,33 0,0 0,0 0,0
R 2 2,0 1,67 1,33 1,0 0,67
T 3 3,0 2,67 2,33 2,0
A 4 4,0 3,67 3,33
S 5 5,0 4,67
6 6,0

Grupo II (7,5 valores)


a) (1,0 valores)

• Prova da asserção: 1,0 valores

b) (2,0 valores)

• Condensação da matriz A: 0,7 valores


• Discussão da caracterı́stica: 1,3 valores

1
c) (4,5 valores)

c1 ) (0,8 valores)
• Relação entre dimensão de ker T e a caracterı́stica de A: 0,5 valores
• Conclusão: 0,3 valores
c2 ) (3,7 valores)
(i) (1,2 valores)
• Definição de ker T : 0,3 valores
• Determinação de uma base para ker T : 0,9 valores
(ii) (1,3 valores)
• Interpretação do conjunto {(1, 0, 1)} + ker T : 0,5 valores
• Determinação de um sistema pretendido: 0,8 valores
(iii) (1,2 valores)
• Determinação de uma base para im T : 0,5 valores
• Determinação de uma base nas condições pretendidas: 0,7 valores

Grupo III (4,0 valores)


a) (1,0 valores)

• Determinação dos valores próprios: 1,0 valores

b) (2,0 valores)

• Definição de subespaço próprio: 0,3 valores


• Determinação dos subespaços próprios: 1,7 valores

c) (1,0 valores)

• Determinação das multiplicidades algébricas e geométricas dos valores próprios:


0,5 valores
• Conclusão: 0,5 valores

Grupo IV (2,5 valores)


a) (0,8 valores)

• Prova da asserção: 0,8 valores

b) (1,0 valores)

• Determinação de B: 1,0 valores

c) (0,7 valores)

• Prova da asserção: 0,7 valores

FIM

2
604 – ÁLGEBRA LINEAR
Exame em 03-03-2005
1ª Época 2004/2005
I

Em cada questão apenas uma das afirmações a), b), c), d) está correcta. Indique-a
marcando com um X no quadrado respectivo. Caso pretenda anular alguma das suas
respostas, basta escrever “ANULADO” junto a essa resposta e indicar, se for o caso disso, a
que pretenda que seja considerada.
1. Considere as matrizes de números reais
⎡2 2 1⎤
⎡3 0 ⎤
A = ⎢⎢ 1 3 −1⎥⎥ ∈ 3x3
, B = [1 2] ∈ 1x 2
, C=⎢ ⎥∈
2x2

⎢⎣ −1 2 −2 ⎥⎦ ⎣1 2 ⎦

Então:
⎡1 1 1 ⎤
−1
⎢ 2 ⎥
a) A = ⎢ 1 1
3
−1 ⎥ .
⎢ 1 ⎥⎥
⎢⎣ − 1 1
2 − 2⎦
⎡1 0 1 0⎤
b) C −1 = ⎢ M 3 ⎥.
⎢0 1 − 1 6 1 ⎥
⎣ 2⎦
c) BC = [5 4] .
⎡9 0⎤
d) C 2 = ⎢ ⎥.
⎣1 4⎦
2. Sejam u, v, w vectores de 3 tais que {u,v} é um conjunto linearmente independente e
{u,w} é um conjunto linearmente dependente. Considere as afirmações:
(i) (u,v) é base de L(u,v,w).
(ii) w ∈ L(u,v).
(iii) v ∈ L(u,w).
Então:
a) Nenhuma das afirmações é verdadeira.
b) Apenas uma das afirmações é verdadeira.
c) Apenas duas das afirmações são verdadeiras.
d) Todas as afirmações são verdadeiras.

1/4
3. Sejam A, B ∈ 3 x 3 e sejam F e G os espaços de solução dos sistemas homogéneos
Ax = 0 e Bx = 0 , respectivamente. Então, tem-se sempre:
a) F + G é o espaço de soluções dos sistemas (A + B) x = 0 .
⎧Ax = 0
b) F ∩ G é o espaço de soluções do sistema ⎨ .
⎩ Bx = 0
c) Os sistemas Ax = 0 e Bx = 0 são equivalentes se e só se dim F = dim G .
d) Os sistemas Ax = 0 e Bx = 0 são equivalentes se e só se rankA = rankB .
3
4. Considere os subespaços vectoriais de :
F = [(1,0,1) , (0,1,1)] e G = {( x, y, z ) ∈ 3
: x + y = 2 z }.
Então:
a) F ∩ G = Ø.
b) F ∩ G = {( − x, x,0 : x ∈ )}.
c) F + G = {( x, y, z ) ∈ ℜ 3 : x + y = z , x + y = 2 z }.
3
d) F + G = .
5. Sejam β = (u1 , u 2 , u3 ) e β ' = (v1 , v2 , v3 ) duas bases de 3
e considere a matriz mudança de
⎡0 1 2⎤
base S = M β ,β ' (id ) = ⎢⎢1 − 1 0⎥⎥ . Então tem-se sempre:
⎢⎣2 1 1 ⎥⎦

a) u1 = (0,1,2), u 2 = (1,−1,1), u3 = (2,0,1) .


b) u1 = v2 + 2v3 , u 2 = v1 − v2 + v3 , u3 = 2v1 + v3 .
c) v1 = (0,1,2), v2 = (1,−1,1), v3 = (2,0,1) .
d) v1 = u 2 + 2u3 , v2 = u1 − u 2 + u3 , v3 = 2u1 + u3 .
3x3
6. Seja A∈ uma matriz que satisfaça as seguintes condições:
A(1,1,0) = (2,2,0) , A(0,1,1) = (0,2,2) , A(1,0,−1) = (2,0,−2)
Então, tem-se sempre:
a) 2 é sempre o único valor próprio de A.
b) ((1,1,0) , (0,1,1) , (1,0,-1)) é uma base de vectores próprios de A.
c) Todos os vectores da forma (x,x+y,y), com x, y ∈ , são vectores próprios de A.
d) A é invertível.

2/4
Justifique todas as afirmações e apresente os cálculos realizados para as obter.
II
⎡1 0 a ⎤
Considere a matriz A = ⎢⎢ a b 0 ⎥⎥ ∈ 3x3
.
⎢⎣ b b 0 ⎥⎦

a) Mostre que A é invertível se e só se a ≠ 0 , b ≠ 0 e a ≠ b .

b) Discuta a característica da matriz A em função dos parâmetros a e b.

c) Seja Τ : 3 → 3
a aplicação linear definida pela matriz A relativamente à base
canónica β de 3
na partida e na chegada, isto é, Μ β , β ( Τ ) = A .

c1) Determine, caso existam, a, b ∈ de modo que dim kerT=1.

c2) Faça a = b = 1 .

(i) Determine uma base para kerT.

(ii) Indique um sistema cujo conjunto de soluções seja {(1,0,1) + kerT}.

3
(iii) Determine uma base para que inclua uma base de imT.

III
⎡1 0 0 ⎤
Considere a matriz A = ⎢⎢ 2 1 0 ⎥⎥ ∈ 3 x3
.
⎢⎣ 3 2 −1⎥⎦

a) Determine os valores próprios de A.

b) Determine os subespaços próprios de A.

c) A é diagonalizável ? Justifique.

3/4
IV

⎡ a 2 ab ac ⎤
⎢ ⎥
Considere a matriz A = ⎢ ab b 2 bc ⎥ ∈ 3x3
, onde a, b, c ∈ \ {0}.
⎢ ac ba c 2 ⎥
⎣ ⎦
a) Mostre , sem recurso à regra de Sarrus, que A = 0 .

b) Determine B ∈ R1x 3 tal que A = BT B .

c) Mostre que BBT ≠ 0 .

COTAÇÕES:

I II III IV

Cada c2 c2) c2)


a) b) c1) a) b) c) a) b) c)
questão (i) (ii) (iii)

1,0 1,0 2,0 0,8 1,2 1,3 1,2 1,0 2,0 1,0 0,8 1,0 0,7

6,0 7,5 4,0 2,5

20,0 Valores

No Grupo I, por cada questão errada serão descontado 1 3 valores.

4/4
Para a resolução do exame, aconselha-se que:
• Verifique o exemplar do exame que lhe foi entregue e, no caso de estar incom-
pleto ou com qualquer deficiência, se dirija ao professor vigilante. O exame
é composto por 4 grupos, contém 7 páginas e termina com a palavra FIM.

• Não rubrique nem escreva o seu nome nas folhas de exame, excepto no local
apropriado para o efeito.

• Utilize uma letra legı́vel e não use uma caneta de outra cor que não seja o
preto ou o azul - as respostas a lápis não serão consideradas. Não é permitido
o uso de máquina de calcular.

• Tenha em atenção que o exame tem a duração de 2 horas e 30 minutos.

Critérios de avaliação e cotação:


• Com excepção do grupo I (constituı́do por seis questões de escolha múltipla)
terá de justificar todas as respostas e apresentar os cálculos que efectuou.
Se apresentar apenas um valor numérico como resposta sem qualquer justi-
ficação, mesmo que esteja correcto, terá cotação zero.

• Serão pontuadas definições de conceitos e caracterizações de conjuntos dir-


ectamente relacionados com as questões.

• Cada questão do grupo I tem a cotação de 1 valor. Por cada resposta errada
serão descontados 31 valores. É considerada errada uma questão com mais
de uma resposta. A classificação mı́nima deste grupo é de 0 valores. Os
restantes grupos terão as cotações seguintes:

II III IV
a) b1 ) b2 ) b3 ) b4 )-(i) b4 )-(ii) a) b) c) a) b)
1,5 1,0 1,5 1,0 1,5 1,0 1,3 0,7 2,0 1,5 1,0
I
Em cada questão apenas uma das afirmações a), b), c), d) está correcta. Indi-
que-a marcando × no quadrado respectivo. Caso pretenda anular alguma das suas
respostas, basta escrever “Anulado” junto a essa resposta e indicar, se for caso disso,
a que pretenda que seja considerada.
1. Considere uma matriz A ∈ R3×3 e suponha que
 
2 1 0
A −→ 0 1 2 = U.
L2 →L2 − 21 L1
0 0 1
L3 →L3 +L2

Então:
  
1 0 0 2 1 0
a) A = − 21 1 0 0 1 2.
0 1 1 0 0 1
  
1 0 0 2 1 0
b) A =  12 1 0 0 1 2.
0 −1 1 0 0 1
   
1 0 0 2 1 0
1
c) − 2 1 0 A = 0
   1 2.
0 1 1 0 0 1
   
1 0 0 2 1 0
d)  12 1 0 A = 0 1 2.
0 −1 1 0 0 1
2. Sejam u, v, w vectores de R3 tais que 2u + v = w, u − v = w e u 6= 0. Então:

a) dim L(u, v, w) = 3.

b) dim L(u, v, w) = 2.

c) dim L(u, v, w) = 1.

d) dim L(u, v) = 2.

1
   
1 0 1 1
3. Considere o sistema Ax = b com A = 1 2 2 e seja 1 uma solução particu-
1 −2 0 0
lar. Então:
a) S = {(1, 1, 0)} é o conjunto de soluções do sistema Ax = b.

b) U = [(1, 1, 0)] é o espaço de soluções do sistema Ax = 0.

c) b = (1, 1, 0).

d) b = (1, 3, −1).
4. Considere os subespaços vectoriais de R3 :
F = [(1, 0, 1), (0, 1, 0), (1, −2, 1)] , G = {(x, y, z) ∈ R3×3 : x = z}.
Então:
a) (1, 1, 1) ∈ F ∪ G.

b) G = [(1, 1, 1)].

c) F = R3 .

d) F + G = R3 .
5. Seja T : R4 → R3 a transformação linear definida por T (x1 , x2 , x3 , x4 ) = (x1 +
x3 , x2 + x4 , x2 + x3 ). Considere as afirmações:
(i) ker T = [(−1, −1, 1, 1)];
(ii) dim im T = 2;
(iii) T é sobrejectiva.
Então:
a) Nenhuma das afirmações é verdadeira.

b) Apenas uma das afirmações é verdadeira.

c) Apenas duas das afirmações são verdadeiras.

d) Todas as afirmações são verdadeiras.


6. Considere uma matriz A ∈ R3×3 com polinómio caracterı́stico p(λ) = −λ2 (λ + 2) +
λ + 2. Então:
a) A é diagonalizável.

b) A + I2 é invertı́vel.

c) A − I2 é invertı́vel.

d) |A| = −2.

2
Justifique todas as afirmações e apresente os cálculos realizados para as obter.

II
Considere, em R4 , o seguinte conjunto de vectores

S = {(1, −1, 0, −1), (−1, α − 1, 1, 2α), (2, −2, β, 2β − 1)}.

a) Determine para que valores de α, β ∈ R o conjunto S é linearmente independente.

b) Faça α = 2 e β = 1.

b1 ) Defina o conjunto L(S) de todas as combinações lineares dos vectores de S e


determine uma base para L(S).

3
b2 ) Complete a base que determinou para L(S) a uma base de R4 . Justifique.

b3 ) Indique, caso exista, um subespaço F de R4 tal que L(S) + F = R4 .

4
 
a a 0 0
b4 ) Considere a matriz Aa = 2 ∈ R2×4 .
a 2 3a −a

(i) Determine, caso existam, todos os a ∈ R de modo L(S) seja o subespaço


das soluções do sistema homogéneo Aa x = 0.

(ii) Diga, justificando, se existe uma matriz B ∈ R4×4 tal que:


• rank B = 4,
• A1 é submatriz de B,
• L(S) é o subespaço das soluções do sistema homogéneo Bx = 0.
Em caso afirmativo indique uma tal matriz.

5
III
Sejam B = (u1 , u2 , u3 ) eB 0 = (v1 , v2 , v3 ) duas bases de R3 . Considere a matriz
1 −1 0
P = MB,B0 (id) = 0 1 1 ∈ R3×3 .
2 −1 0
−1
a) Determine P .

b) Escreva as componentes do vector v = 2u1 − u2 + u3 na base B 0 .

c) Considere a transformação linear T : R3 → R3 definida por T (au1 + bu2 + cu3 ) =


(a+b)u1 +(b−c)u2 +(−2b+c)u3 . Determine as matrizes A = MB,B (T ) e B = MB0 ,B0 (T ).

6
IV
 
a 1 0
Considere a matriz Aa = a2 a 0 ∈ R3×3 , a ∈ R.
0 0 a
a) Mostre que Aa é diagonalizável qualquer que seja a 6= 0, e que A0 não é diagonali-
zável.

b) Seja k um número natural. Mostre que Aka é diagonalizável qualquer que seja a 6= 0.

FIM

7
Álgebra Linear (Código 604)
22 de Abril de 2005
Critérios de Avaliação

Se alguma questão não for resolvida nas etapas consideradas, a cotação será ajustada
de acordo com critérios análogos.

Grupo I (6 valores)
Grelha de Correção

1) 2) 3) 4) 5) 6)
b) c) d) a) c) a)

Grelha de Cotação

ERRADAS
0 1 2 3 4 5 6
C 0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0
E 1 1,0 0,67 0,33 0,0 0,0 0,0
R 2 2,0 1,67 1,33 1,0 0,67
T 3 3,0 2,67 2,33 2,0
A 4 4,0 3,67 3,33
S 5 5,0 4,67
6 6,0

Grupo II (7,5 valores)


a) (1,5 valores)

• Determinação de α, β: 1,5 valores

b1 ) (1,0 valores)

• Definição de L(S): 0,3 valores


• Determinação de uma base para L(S): 0,7 valores

1
b2 ) (1,5 valores)

• Determinação de uma base para R4 nas condições pedidas: 1,5 valores

b3 ) (1,0 valores)

• Determinação de F : 1,0 valores

b4 ) (2.5 valores)

(i) (1,5 valores)


• Determinação de a de modo que os geradores de L(S) sejam solução de
Aa x = 0: 1,0 valores
• Conclusão final: 0,5 valores
(ii) (1,0 valores)
• Justificação que tal matriz B não existe: 1,0 valores

Grupo III (4,0 valores)


a) (1,3 valores)

• Determinação de P −1 : 1,3 valores

b) (0,7 valores)

• Determinação do produto P v: 0,5 valores


• Conclusão final: 0,2 valores

c) (2,0 valores)

• Determinação da matriz A: 0,5 valores


• Determinação da matriz B: 1,5 valores

Grupo IV (2,5 valores)


a) (1,5 valores)

• Prova de que Aa é diagonalizável para todo a 6= 0: 0,7 valores


• Prova de que A0 não é diagonalizável: 0,8 valores

b) (1,0 valores)

• Prova da asserção: 1,0 valores

FIM

2
Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Curso: ................................................................................................................................................

Prova de Álgebra Linear Data: 16 de Novembro de 2005

Nome: .................................................................................................................................................
Nº de Estudante: ........................................ B. I. nº ..............................................
Assinatura do Vigilante: .............................................

Para a resolução do exame, aconselha-se que:


• Verifique o exemplar do exame que lhe foi entregue e, no caso de estar incom-
pleto ou com qualquer deficiência, se dirija ao professor vigilante. O exame
é composto por 4 grupos, contém 8 páginas e termina com a palavra FIM.

• Não rubrique nem escreva o seu nome nas folhas de exame, excepto no local
apropriado para o efeito.

• Utilize uma letra legı́vel e não use uma caneta de outra cor que não seja o
preto ou o azul - as respostas a lápis não serão consideradas. Não é permitido
o uso de máquina de calcular.

• Tenha em atenção que o exame tem a duração de 2 horas e 30 minutos.

Critérios de avaliação e cotação:


• Com excepção do grupo I (constituı́do por seis questões de escolha múltipla)
terá de justificar todas as respostas e apresentar os cálculos que efectuou.
Se apresentar apenas um valor numérico como resposta sem qualquer justi-
ficação, mesmo que esteja correcto, terá cotação zero.

• Serão pontuadas definições de conceitos e caracterizações de conjuntos dir-


ectamente relacionados com as questões.

• Cada questão do grupo I tem a cotação de 1 valor. Por cada resposta errada
serão descontados 31 valores. É considerada errada uma questão com mais
de uma resposta. A classificação mı́nima deste grupo é de 0 valores. Os
restantes grupos terão as cotações seguintes:

II III IV
a) b) c1 ) c2 ) c3 ) a) b) c) d) a) b)
1,2 1,3 1,5 1,0 1,0 1,5 1,5 1,2 1,3 1,3 1,2
RESERVADO PARA A Universidade Aberta

Data: 16 de Novembro de 2005


Prova de Álgebra Linear

Classificação: ( ) ..............................................................................
Prof. que classificou a prova: ......................................................................................

I
Em cada questão apenas uma das afirmações a), b), c), d) está correcta. Indi-
que-a marcando × no quadrado respectivo. Caso pretenda anular alguma das suas
respostas, basta escrever “Anulado” junto a essa resposta e indicar, se for caso disso,
a que pretenda que seja considerada.
1. Sejam A, B, C matrizes com coeficientes reais tais que AC +(CB T )T ∈ R3×2 . Então:
a) A ∈ R3×3 e B ∈ R3×2 .

b) A ∈ R3×3 e C ∈ R3×2 .

c) B ∈ R3×2 e C ∈ R2×2 .

d) B ∈ R3×3 e C ∈ R3×2 .
 
1 0 −1 0 2
0 1 −2 0 −1 4×5
2. Seja [A|b] =  0 0 0 1 3  ∈ R a matriz ampliada de um sistema (S) de 4


0 0 0 0 0
equações lineares a 4 incógnitas. Então, o conjunto de soluções de (S) é:
a) {(2, −1, 3, 0)}.

b) {(x3 + 2, 2x3 − 1, x3 , 3) : x3 ∈ R}.

c) {(x3 + 2, x3 − 1, x3 + 3, x3 ) : x3 ∈ R}.

d) ∅, porque o sistema é impossı́vel.


3. Seja V um espaço vectorial sobre um corpo K e u, v ∈ V . Então:
a) {u, v} é linearmente independente se e só se 0u + 0v = 0V .

b) {u, v} é linearmente independente se e só se ∀α, β ∈ K, (αu + βv = 0V =⇒


α = 0, β = 0).

c) {u, v} é linearmente independente se e só se ∃α, β ∈ K : αu + βv 6= 0V .

d) {u, v} é linearmente independente se e só se 0u + 0v 6= 0V .

1
4. Considere os seguintes subconjuntos de R3 :

F = {(x, y, z) : x + y = z + 1} , G = {(x, y, z) : 2x − y = 0} ,

H = {α(1, 0, 1) + β(0, 1, 1) : α, β ∈ R}.


Então:
a) F, G são subespaços de R3 .

b) F, H são subespaços de R3 .

c) G, H são subespaços de R3 .

d) G é o único subespaço de R3 .
 
1 1 0
5. Seja A = 1
 1 1 ∈ R3×3 . Então:
0 2 1
 
−1 1 2
a) adj A =  1 1 2.
1 1 0
 
−1 1 1
b) adj A =  1 1 1.
2 2 0
 
−1 −1 2
c) adj A = −1 1 −2.
1 −1 0
 
−1 −1 1
d) adj A = −1 1 −1.
2 −2 0
6. Seja A ∈ R3×3 uma matriz satisfazendo |A − I3 | = 0, |A + I3 | = 0, |A − 2I3 | = 0.
Considere as afirmações:
(i) A é diagonalizável.
(ii) 1, −1, 2 são os valores próprios de A.
(iii) A é invertı́vel.
Então:
a) Nenhuma das afirmações é verdadeira.

b) Apenas uma das afirmações é verdadeira.

c) Apenas duas das afirmações são verdadeiras.

d) Todas as afirmações são verdadeiras.

2
Justifique todas as afirmações e apresente os cálculos realizados para as obter.

II
Seja T : R3 → R3 a transformação linear que, relativamente à base canónica de R3
(na partida e na chegada), é dada pela matriz
 
α −2 1
Aα =  1 −2α 1  ∈ R3×3 .
1 −2 α

a) Determine todos os α ∈ R tais que Aα é invertı́vel.

b) Determine, caso existam, todos os α ∈ R tais que T é injectiva. Neste caso, que
pode dizer sobre im T .

3
c) Faça α = −1 e faça A = A−1 . Seja b = (1, 1, −2).

c1 ) Justifique que Ax = b é um sistema de Cramer e resolva-o pelo método de Cramer.

4
c2 ) Determine T −1 ({b}).

c3 ) Determine a expressão geral de T .

5
III
 
1 −1 1
Considere a matriz A = 1 3 −1 ∈ R3×3 .
1 1 1
a) Mostre que B = ((−1, 1, 1), (0, 1, 1), (1, 0, 1)) é uma base de vectores próprios de A.

b) Determine os valores próprios de A e os respectivos subespaços próprios de A.

6
c) Mostre que A é diagonalizável.

d) Determine matrizes P, D ∈ R3×3 tais que D = P −1 AP .

7
IV
Seja A ∈ R3×3 uma matriz cujo polinómio caracterı́stico é p(x) = (x − 1)2 (x − 2).
Prove que:

a) A3 = 4A2 − 5A + 2I3 .

b) A2 6= I3 .

FIM

8
Álgebra Linear (Código 604)
16 de Novembro de 2005
Critérios de Avaliação

Se alguma questão não for resolvida nas etapas consideradas, a cotação será ajus-
tada de acordo com critérios análogos.

Grupo I (6 valores)
Grelha de Correção

1) 2) 3) 4) 5) 6)
c) b) b) c) d) d)

Grelha de Cotação

ERRADAS
0 1 2 3 4 5 6
C 0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0
E 1 1,0 0,67 0,33 0,0 0,0 0,0
R 2 2,0 1,67 1,33 1,0 0,67
T 3 3,0 2,67 2,33 2,0
A 4 4,0 3,67 3,33
S 5 5,0 4,67
6 6,0

Grupo II (6,0 valores)


a) (1,2 valores)

• Determinação dos α: 1,2 valores

b) (1,3 valores)

• Determinação dos α para os quais T é injectiva: 1,0 valores


• Determinação de im T : 0,3 valores

1
c1 ) (1,5 valores)
• Justificação que Ax = b é um sistema de Cramer: 0,2 valores
• Definição do método de Cramer: 0,3 valores
• Resolução do sistema pelo método de Cramer: 1,0 valores
c2 ) (1,0 valores)
• Definição de T −1 ({(1, 1, −2)}): 0,3 valores
• Recurso à alı́nea b) e conclusão final: 0,7 valores
c3 ) (1,0 valores)
• Recurso à matriz A: 0,3 valores
• Cálculos e conclusão final: 0,7 valores

Grupo III (5,5 valores)


a) (1,5 valores)
• Mostrar que os vectores (−1, 1, 1), (0, 1, 1), (1, 0, 1) são vectores próprios de
A: 1,0 valores
• Mostrar que os vectores (−1, 1, 1), (0, 1, 1), (1, 0, 1) constituem uma base de
R3 : 0,5 valores
b) (1,5 valores)
• Determinação dos valores próprios de A (por recurso a a)): 0,5 valores
• Determinação dos subespaços próprios (por recurso a a)): 1,0 valores
c) (1,2 valores)
• Justificação de que A é diagonalizável: 1,2 valores
d) (1,3 valores)
• Determinação de uma matriz D: 0,5 valores
• Determinação de uma matriz P : 0,8 valores

Grupo IV (2,5 valores)


a) (1,3 valores)
• Referir que A é raiz do seu polinómio caracterı́stico: 0,3 valores
• Cálculos e conclusão final: 1,0 valores
b) (1,2 valores)
• Supôr, com vista a um absurdo, que A2 = I3 : 0,2 valores
• Cálculos e conclusão final: 1,0 valores

FIM

2
Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Curso: ................................................................................................................................................

Prova de Álgebra Linear (604) Data: 08 de Fevereiro de 2006

Nome: .................................................................................................................................................
Nº de Estudante: ........................................ B. I. nº ..............................................
Assinatura do Vigilante: .............................................

Para a resolução do exame, aconselha-se que:


• Verifique o exemplar do exame que lhe foi entregue e, no caso de estar incom-
pleto ou com qualquer deficiência, dirija-se ao professor vigilante. O exame
é composto por 4 grupos, contém 7 páginas e termina com a palavra FIM.

• Não rubrique nem escreva o seu nome nas folhas de exame, excepto no local
apropriado para o efeito.

• Utilize uma letra legı́vel e não use uma caneta de outra cor que não seja o
preto ou o azul - as respostas a lápis não serão consideradas. Não é permitido
o uso de máquina de calcular.

• Tenha em atenção que o exame tem a duração de 2 horas e 30 minutos.

Critérios de avaliação e cotação:


• Com excepção do grupo I (constituı́do por seis questões de escolha múltipla)
terá de justificar todas as respostas e apresentar os cálculos que efectuou.
Se apresentar apenas um valor numérico como resposta sem qualquer justi-
ficação, mesmo que esteja correcto, terá cotação zero.

• Serão pontuadas definições de conceitos e caracterizações de conjuntos direc-


tamente relacionados com as questões.

• Cada questão do grupo I tem a cotação de 1 valor. Por cada resposta errada
serão descontados 31 valores. É considerada errada uma questão com mais
de uma resposta. A classificação mı́nima deste grupo é de 0 valores. Os
restantes grupos terão as cotações seguintes:

II III IV
a) b1 ) b2 ) c1 ) c2 ) a) b) c) a) b)
1,5 1,5 1,8 1,5 1,2 1,0 2,0 1,0 1,0 1,5
RESERVADO PARA A Universidade Aberta

Data: 08 de Fevereiro de 2006


Prova de Álgebra Linear (604)

Classificação: ( ) ..............................................................................
Prof. que classificou a prova: ......................................................................................

Grupo I
Em cada questão apenas uma das afirmações a), b), c), d) está correcta. Indi-
que-a marcando × no quadrado respectivo. Caso pretenda anular alguma das suas
respostas, basta escrever “Anulado” junto a essa resposta e indicar, se for caso disso,
a que pretenda que seja considerada.
 
1 2 3
1. Seja A ∈ R3×3 tal que A−1 = 0 2 3 ∈ R3×3 . Então:
1 2 4

a) |A| = 2.
 
2 4 6
b) adj A = 0 4
 6.
2 4 8
 
1/2 1 3/2
c) adj A =  0 1 3/2.
1/2 1 2
 
1/2 0 1/2
d) adj A =  1 1 1 .
3/2 3/2 2
2. Considere os vectores de R3 , u = (1, 0, 1), v = (0, 1, 1) e w = (1, 1, 2). Considere as
afirmações:
(i) (u, v) é base de L(u, v, w).
(ii) L(u, v, w) = R3 .
(iii) Os vectores u, v, w são linearmente independentes.
Então:
a) Nenhuma das afirmações é verdadeira.

b) Apenas uma das afirmações é verdadeira.

c) Apenas duas das afirmações são verdadeiras.

d) Todas as afirmações são verdadeiras.

1
 
1
3. Seja A ∈ R3×3 . Suponha que 2 é solução do sistema homogéneo Ax = 0. Então:
3

a) A é invertı́vel.

b) O sistema é indeterminado.

c) O sistema é impossı́vel.
 
1
d) 2 é a única solução do sistema Ax = 0.

3
4. Considere os subespaços vectoriais de R3 :

e G = (x, y, z) ∈ R3 : x − y = z .

F = [(1, −1, 0), (0, 1, 1)]

Então:
a) F ∩ G = {(x, 0, x) : x ∈ R}.

b) F + G = R3 .

c) F + G = {(x, y, z) ∈ R3 : x + y = z , x − y = z}.

d) F ∩ G = ∅.
5. Considere as seguintes transformações f : R2 → R3 , g : R3 → R2 definidas por

f (x, y) = (y − 1, 0, x) , g(x, y, z) = (y, x + 1).

Então, tem-se sempre:

a) f é uma transformação linear.

b) f ◦ g é uma transformação linear.

c) f é sobrejectiva.

d) g é injectiva.
 
1 −1 1
6. Considere a matriz A = 0 1 1 ∈ R3×3 . Então:
0 1 1

a) 1 é o único valor próprio de A.

b) (1, 1, 1) é vector próprio de A.

c) Existe um vector u 6= (0, 0, 0) tal que Au = 0.

d) ((1, 0, 0), (−1, 1, 1), (1, 1, 1)) é uma base de vectores próprios de A.

2
Justifique todas as afirmações e apresente os cálculos realizados para as obter.

Grupo II
   
1 2 3 1
Considere as matrizes A = 3 −1 5  ∈ R3×3 , b =  1  ∈ R3×1 .
2
4 1 α +7 α+3

a) Discuta o sistema Ax = b em função do parâmetro α.

b) Faça α = 2.

b1 ) Determine a decomposição LU da matriz A.

3
b2 ) Obtenha o conjunto de soluções do sistema Ax = b resolvendo 2 sistemas
triangulares.

c) Faça α = 1.
Seja T : R3 → R3 a aplicação linear definida pela matriz A relativamente à base
canónica B de R3 na partida e à base B 0 = ((3, 0, 4), (−1, 1, 0), (0, 1, −1)) na
chegada, isto é, MB,B0 (T ) = A.

c1 ) Determine a matriz B = MB,B (T ).

4
c2 ) Determine a expressão geral da aplicação T .

Grupo III
 
0 1 1
Considere a matriz A = −1 2 1 ∈ R3×3 .

−1 1 2

a) Determine os valores próprios de A.

5
b) Determine os subespaços próprios de A.

c) Determine, caso existam, uma matriz invertı́vel P e uma matriz diagonal D tais
que P −1 AP = D. Justifique.

6
Grupo IV
   
−1 0 1 0 2 −1
Sejam A, B, C são matrizes reais tais que AB = e AC = .
−3 −1 5 −1 5 −2
a) Calcule (B + C)T AT .

 
1 2
b) Sabendo que A = determine as matrizes B e C.
2 5

FIM

7
Álgebra Linear (Código 604)
8 de Fevereiro de 2006
Critérios de Avaliação

Se alguma questão não for resolvida nas etapas consideradas, a cotação será ajus-
tada de acordo com critérios análogos.

Grupo I (6 valores)
Grelha de Correção

1) 2) 3) 4) 5) 6)
c) b) b) a) b) c)

Grelha de Cotação

ERRADAS
0 1 2 3 4 5 6
C 0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0
E 1 1,0 0,67 0,33 0,0 0,0 0,0
R 2 2,0 1,67 1,33 1,0 0,67
T 3 3,0 2,67 2,33 2,0
A 4 4,0 3,67 3,33
S 5 5,0 4,67
6 6,0

Grupo II (7,5 valores)


a) (1,5 valores)

• Condensação da matriz [A|b]: 0,5 valores


• Discussão da caracterı́stica de A e [A|b]: 1,0 valores

b1 ) (1,5 valores)

• Determinação de U : 0,7 valores


• Determinação de L: 0,8 valores

1
b2 ) (1,8 valores)

• Identificação dos sistemas triangulares: 0,3 valores


• Resolução dos sistemas e conclusão final: 1,5 valores

c1 ) (1,5 valores)

• Escrever B como produto de matrizes: 0,5 valores


• Determinação das matrizes mudança de base: 0,7 valores
• Conclusão final: 0,3 valores

c2 ) (1,2 valores)

• Recurso a uma matriz conveniente: 0,5 valores


• Cálculos e conclusão final: 0,7 valores

Grupo III (4,0 valores)


a) (1,0 valores)

• Determinação dos valores próprios: 1,0 valores

b) (2,0 valores)

• Definição de subespaço próprio: 0,3 valores


• Determinação dos subespaços próprios: 1,7 valores

c) (1,0 valores)

• Justificação de que A é diagonalizável: 0,3 valores


• Determinação de P : 0,4 valores
• Determinação de D: 0,3 valores

Grupo IV (2,5 valores)


a) (1,0 valores)

• Escrever (B + C)T AT à custa de AB e BC: 0,5 valores


• Cálculos e conclusão final: 0,5 valores

b) (1,5 valores)

• Escrever B e C à custa de A: 0,5 valores


• Determinação de A−1 : 0,5 valores
• Cálculos e conclusão final: 0,5 valores

FIM

2
Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Curso: ................................................................................................................................................

Prova de Álgebra Linear (604) Data: 08 de Fevereiro de 2006

Nome: .................................................................................................................................................
Nº de Estudante: ........................................ B. I. nº ..............................................
Assinatura do Vigilante: .............................................

Para a resolução do exame, aconselha-se que:


• Verifique o exemplar do exame que lhe foi entregue e, no caso de estar incom-
pleto ou com qualquer deficiência, dirija-se ao professor vigilante. O exame
é composto por 4 grupos, contém 7 páginas e termina com a palavra FIM.

• Não rubrique nem escreva o seu nome nas folhas de exame, excepto no local
apropriado para o efeito.

• Utilize uma letra legı́vel e não use uma caneta de outra cor que não seja o
preto ou o azul - as respostas a lápis não serão consideradas. Não é permitido
o uso de máquina de calcular.

• Tenha em atenção que o exame tem a duração de 2 horas e 30 minutos.

Critérios de avaliação e cotação:


• Com excepção do grupo I (constituı́do por seis questões de escolha múltipla)
terá de justificar todas as respostas e apresentar os cálculos que efectuou.
Se apresentar apenas um valor numérico como resposta sem qualquer justi-
ficação, mesmo que esteja correcto, terá cotação zero.

• Serão pontuadas definições de conceitos e caracterizações de conjuntos direc-


tamente relacionados com as questões.

• Cada questão do grupo I tem a cotação de 1 valor. Por cada resposta errada
serão descontados 31 valores. É considerada errada uma questão com mais
de uma resposta. A classificação mı́nima deste grupo é de 0 valores. Os
restantes grupos terão as cotações seguintes:

II III IV
a) b1 ) b2 ) c1 ) c2 ) a) b) c) a) b)
1,5 1,5 1,8 1,5 1,2 1,0 2,0 1,0 1,0 1,5
RESERVADO PARA A Universidade Aberta

Data: 08 de Fevereiro de 2006


Prova de Álgebra Linear (604)

Classificação: ( ) ..............................................................................
Prof. que classificou a prova: ......................................................................................

Grupo I
Em cada questão apenas uma das afirmações a), b), c), d) está correcta. Indi-
que-a marcando × no quadrado respectivo. Caso pretenda anular alguma das suas
respostas, basta escrever “Anulado” junto a essa resposta e indicar, se for caso disso,
a que pretenda que seja considerada.
 
1 2 3
1. Seja A ∈ R3×3 tal que A−1 = 0 2 3 ∈ R3×3 . Então:
1 2 4

a) |A| = 2.
 
2 4 6
b) adj A = 0 4
 6.
2 4 8
 
1/2 1 3/2
c) adj A =  0 1 3/2.
1/2 1 2
 
1/2 0 1/2
d) adj A =  1 1 1 .
3/2 3/2 2
2. Considere os vectores de R3 , u = (1, 0, 1), v = (0, 1, 1) e w = (1, 1, 2). Considere as
afirmações:
(i) (u, v) é base de L(u, v, w).
(ii) L(u, v, w) = R3 .
(iii) Os vectores u, v, w são linearmente independentes.
Então:
a) Nenhuma das afirmações é verdadeira.

b) Apenas uma das afirmações é verdadeira.

c) Apenas duas das afirmações são verdadeiras.

d) Todas as afirmações são verdadeiras.

1
 
1
3. Seja A ∈ R3×3 . Suponha que 2 é solução do sistema homogéneo Ax = 0. Então:
3

a) A é invertı́vel.

b) O sistema é indeterminado.

c) O sistema é impossı́vel.
 
1
d) 2 é a única solução do sistema Ax = 0.

3
4. Considere os subespaços vectoriais de R3 :

e G = (x, y, z) ∈ R3 : x − y = z .

F = [(1, −1, 0), (0, 1, 1)]

Então:
a) F ∩ G = {(x, 0, x) : x ∈ R}.

b) F + G = R3 .

c) F + G = {(x, y, z) ∈ R3 : x + y = z , x − y = z}.

d) F ∩ G = ∅.
5. Considere as seguintes transformações f : R2 → R3 , g : R3 → R2 definidas por

f (x, y) = (y − 1, 0, x) , g(x, y, z) = (y, x + 1).

Então, tem-se sempre:

a) f é uma transformação linear.

b) f ◦ g é uma transformação linear.

c) f é sobrejectiva.

d) g é injectiva.
 
1 −1 1
6. Considere a matriz A = 0 1 1 ∈ R3×3 . Então:
0 1 1

a) 1 é o único valor próprio de A.

b) (1, 1, 1) é vector próprio de A.

c) Existe um vector u 6= (0, 0, 0) tal que Au = 0.

d) ((1, 0, 0), (−1, 1, 1), (1, 1, 1)) é uma base de vectores próprios de A.

2
Justifique todas as afirmações e apresente os cálculos realizados para as obter.

Grupo II
   
1 2 3 1
Considere as matrizes A = 3 −1 5  ∈ R3×3 , b =  1  ∈ R3×1 .
2
4 1 α +7 α+3

a) Discuta o sistema Ax = b em função do parâmetro α.

b) Faça α = 2.

b1 ) Determine a decomposição LU da matriz A.

3
b2 ) Obtenha o conjunto de soluções do sistema Ax = b resolvendo 2 sistemas
triangulares.

c) Faça α = 1.
Seja T : R3 → R3 a aplicação linear definida pela matriz A relativamente à base
canónica B de R3 na partida e à base B 0 = ((3, 0, 4), (−1, 1, 0), (0, 1, −1)) na
chegada, isto é, MB,B0 (T ) = A.

c1 ) Determine a matriz B = MB,B (T ).

4
c2 ) Determine a expressão geral da aplicação T .

Grupo III
 
0 1 1
Considere a matriz A = −1 2 1 ∈ R3×3 .

−1 1 2

a) Determine os valores próprios de A.

5
b) Determine os subespaços próprios de A.

c) Determine, caso existam, uma matriz invertı́vel P e uma matriz diagonal D tais
que P −1 AP = D. Justifique.

6
Grupo IV
   
−1 0 1 0 2 −1
Sejam A, B, C são matrizes reais tais que AB = e AC = .
−3 −1 5 −1 5 −2
a) Calcule (B + C)T AT .

 
1 2
b) Sabendo que A = determine as matrizes B e C.
2 5

FIM

7
Álgebra Linear (Código 604)
7 de Fevereiro de 2007
Critérios de Avaliação

Se alguma questão não for resolvida nas etapas consideradas, a cotação será ajus-
tada de acordo com critérios análogos.

Grupo I (6,0 valores)


Grelha de Correção

1) 2) 3) 4) 5) 6)
c) c) c) b) d) c)

Grelha de Cotação

ERRADAS
0 1 2 3 4 5 6
C 0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0
E 1 1,0 0,67 0,33 0,0 0,0 0,0
R 2 2,0 1,67 1,33 1,0 0,67
T 3 3,0 2,67 2,33 2,0
A 4 4,0 3,67 3,33
S 5 5,0 4,67
6 6,0

Grupo II (6,0 valores)


a) (1,7 valores)

• Determinação de U : 0,5 valores


• Determinação de L: 0,5 valores
• Resolução dos sistemas U x = y e Ly = 0: 0,7 valores

b1 ) (1,0 valores)

• Determinação da expressão geral de T : 1,0 valores

1
b2 ) (1,3 valores)

• Determinação de uma base para ker T : 0,6 valores


• Determinação de uma base para im T : 0,7 valores

b3 ) (2,0 valores)

• Escrever B como produto de matrizes convenientes: 0,7 valores


• Determinação das matrizes mudança de base: 0,8 valores
• Conclusão final: 0,5 valores

Grupo III (5,5 valores)


a) (1,3 valores)

• Mostrar que u, v, w são vectores próprios: 1,0 valores


• Indicar os valores próprios a que estão associados: 0,3 valores

b) (1,0 valores)

• Justificar que |A − I3 | = 0 = |A − 2I3 |: 0,5 valores


• Justificar que |A − 3I3 | =
6 0: 0,5 valores

c) (1,7 valores)

• Determinação dos conjuntos E1 , E2 : 1,1 valores


• Justificação que os outros dois conjuntos são o subespaço nulo: 0,6 valores

d) (1,5 valores)

• Justificação de que A é diagonalizável: 0,3 valores


• Determinação de P : 0,6 valores
• Determinação de D: 0,6 valores

Grupo IV (2,5 valores)


a) (1,5 valores)

• Provar a igualdade pedida: 1,5 valores

b) (1,0 valores)

• Identificação do problema: 0,5 valores


• Recurso à alı́nea a) e conclusão final: 0,5 valores

FIM

2
Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Curso: ................................................................................................................................................

Prova de Álgebra Linear (0604) Data: 07 de Fevereiro de 2007

Nome: .................................................................................................................................................
Nº de Estudante: ........................................ B. I. nº ..............................................
Assinatura do Vigilante: .............................................

Para a resolução do exame, aconselha-se que:


• Verifique o exemplar do exame que lhe foi entregue e, no caso de estar incom-
pleto ou com qualquer deficiência, dirija-se ao professor vigilante. O exame
é composto por 4 grupos, contém 8 páginas e termina com a palavra FIM.

• Não rubrique nem escreva o seu nome nas folhas de exame, excepto no local
apropriado para o efeito.

• Utilize uma letra legı́vel e não use uma caneta de outra cor que não seja o
preto ou o azul - as respostas a lápis não serão consideradas. Não é permitido
o uso de máquina de calcular.

• Tenha em atenção que o exame tem a duração de 2 horas e 30 minutos.

Critérios de avaliação e cotação:


• Com excepção do grupo I (constituı́do por seis questões de escolha múltipla)
terá de justificar todas as respostas e apresentar os cálculos que efectuou.
Se apresentar apenas um valor numérico como resposta sem qualquer justi-
ficação, mesmo que esteja correcto, terá cotação zero.

• Serão pontuadas definições de conceitos e caracterizações de conjuntos direc-


tamente relacionados com as questões.

• Cada questão do grupo I tem a cotação de 1 valor. Por cada resposta errada
serão descontados 31 valores. É considerada errada uma questão com mais
de uma resposta. A classificação mı́nima deste grupo é de 0 valores. Os
restantes grupos terão as cotações seguintes:

Grupo II Grupo III Grupo IV


6 val. 5.5 val. 2.5 val.
RESERVADO PARA A Universidade Aberta

Data: 07 de Fevereiro de 2007


Prova de Álgebra Linear (0604)

Classificação: ( ) ..............................................................................
Prof. que classificou a prova: ......................................................................................

Grupo I
Em cada questão apenas uma das afirmações a), b), c), d) está correcta. Indique-a
marcando × no quadrado respectivo. Caso pretenda anular alguma das suas respostas,
basta escrever “Anulado” junto a essa resposta e indicar, se for caso disso, a que pretenda
que seja considerada.
1. Seja A ∈ R3×3 uma matriz tal que |A| = 3. Então:
1
a) |AT | = . c) adj A = 3A−1 .
3

b) |3A| = 9. d) A = 3I3 .

2. Sejam u, v, w três vectores linearmente independentesde R3 . Então:

a) L(u, v, w) = {u, v, w}.

b) L(u, v, w) = {0, u, v, w}.

c) L(u, v, w) = R3 .

d) L(u, v, w) = ∅.


ax + y + z = 1

3. Considere o sistema (S) : x + by + z = 1 , a, b ∈ R. Então:

x+y+z =1

a) (S) é um sistema de Cramer para todos a, b ∈ R.

b) (S) é um sistema de Cramer se e só se a 6= 0 e b 6= 0.

c) (S) é um sistema de Cramer se e só se a 6= 1 e b 6= 1.

d) (S) não é um sistema de Cramer para todos a, b ∈ R.

1
4. Considere os subespaços vectoriais de R3

F = {(x, y, z) ∈ R3 : x + y + z = 0, x + y = 0} , G = {(x, y, z) ∈ R3 : x = y}

Considere as afirmações seguintes:

(i) dim F = 2;

(ii) F ∩ G = {(0, 0, 0)};

(iii) F + G = {(x, y, z) ∈ R3 : x + y + z = 0, x + y = 0, x = y}.

Então:

a) Nenhuma das afirmações é verdadeira.

b) Apenas uma das afirmações é verdadeira.

c) Apenas duas das afirmações são verdadeiras.

d) Todas as afirmações são verdadeiras.

5. Seja T : R4 → R3 uma transformação linear tal que dim ker T = 2. Então, tem-se sempre:

a) ker T ⊆ im T .

b) T é sobrejectiva.

c) dim im T = 1.

d) dim im T = 2.

6. Seja A ∈ R3×3 com polinómio caracterı́stico pA (λ) = (1 − λ)2 (2 − λ). Então, tem-se
sempre, que:

a) A é diagonalizável.
 
1 0 0
b) A é semelhante à matriz 0 1 0.
0 0 2

c) A3 = 4A2 − 5A + 2I3 .

d) AT tem polinómio caracterı́stico pAT (λ) = (1 − λ)(2 − λ)2 .

2
Justifique todas as afirmações e apresente os cálculos realizados para as obter.

Grupo II
 
2 1 1
Considere a matriz A = 0 −1 −3 ∈ R3×3 .

1 1 2
a) Determine a decomposição LU da matriz A. Use estas matrizes para resolver o sistema
homogéneo Ax = 0.

3
b) Considere a transformação linear T : R3 → R3 , cuja representação matricial relativamente
à base canónica B de R3 na partida e na chegada, é dada pela matriz A.

b1 ) Determine a expressão geral da transformação T .

b2 ) Determine bases para ker T e para im T .

4
b3 ) Considere a base B 0 = ((1, 0, 1), (0, 1, 1), (1, 1, 0)) de R3 . Determine a matriz
B = MB0 ,B0 (T ) da transformação T relativamente à base B 0 de R3 na partida e na chegada.

5
Grupo III
 
1 −1 1
Considere a matriz A = 1 3 −1 ∈ R3×3 .

1 1 1
     
1 0 −1
a) Mostre que os vectores u = −1, v = 1, w =  0  são vectores próprios de A.
−1 1 −1
Indique os valores próprios a que estão associados, respectivamente.

b) Sem efectuar cálculos, justifique que |A−I3 | = 0, |A−2I3 | = 0 e que A 6= 0, |A−3I3 | =


6 0.

6
c) Determine os conjuntos

E1 = {X ∈ R3 | AX = X} , E2 = {X ∈ R3 | AX = 2X},

e justifique que {X ∈ R3 | AX = 0} = {(0, 0, 0)} = {X ∈ R3 | AX = 3X}.

d) Diga, justificando, se A é diagonalizável. Em caso afirmativo, determine uma matriz


invertı́vel P e uma matriz diagonal D tais que P −1 AP = D.

7
Grupo IV
 
α 1−α 0 α2 − α
0 α−1 0 0 
Considere a matriz A =   ∈ R4×4 .
α 0 α−1 0 
α2 0 α−1 0
2 4
a) Mostre que |A| = −α (α − 1) .

b) Considere os subespaços de R4 ,

F = L((α, 1 − α, 0, α2 − α), (0, α − 1, 0, 0)) , G = L((α, 0, α − 1, 0), (α2 , 0, α − 1, 0)).

Determine todos os α tais que F + G = R4 .

FIM

8
Álgebra Linear (Código 604)
19 de Junho de 2007
Critérios de Avaliação

Se alguma questão não for resolvida nas etapas consideradas, a cotação será ajus-
tada de acordo com critérios análogos.

Grupo I (6,0 valores)


Grelha de Correção
1) 2) 3) 4) 5) 6)
d) d) b) b) a) c)
Grelha de Cotação
ERRADAS
0 1 2 3 4 5 6
C 0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0
E 1 1,0 0,67 0,33 0,0 0,0 0,0
R 2 2,0 1,67 1,33 1,0 0,67
T 3 3,0 2,67 2,33 2,0
A 4 4,0 3,67 3,33
S 5 5,0 4,67
6 6,0

Grupo II (6,0 valores)


a) (1,0 valores)
• Mostrar que os vectores são linearmente independentes: 1,0 valores
b) (2,0 valores)
• Determinação da matriz adj A: 1,0 valores
• Determinação da matriz A−1 : 1,0 valores
c) (1,3 valores)
• Recurso à matriz A−1 : 0,7 valores
• Cálculos e conclusão final: 0,6 valores

1
d) (1,7 valores)

• Identificação do problema: 0,3 valores


• Resolução de um sistema de equações lineares: 1,0 valores
• Conclusão final: 0,4 valores

Grupo III (5,5 valores)


a) (1,2 valores)

• Determinação das imagens dos vectores da base canónica: 0,6 valores


• Determinação da matriz pedida: 0,6 valores

b) (1,0 valores)

• Justificar que o vector dado é vector próprio de A: 0,7 valores


• Indicar o valor próprio a que está associado: 0,3 valores

c) (1,8 valores)

• Definição de ker T : 0,3 valores


• Determinação de uma base para ker T : 1,5 valores

d) (1,5 valores)

• Determinação das imagens dos vectores da base B 0 : 0,9 valores


• Determinação da matriz B pedida: 0,6 valores

Alternativa:

• Escrever B como produto de matrizes convenientes: 0,4 valores


• Identificação das matrizes mudança de base: 0,8 valores
• Cálculos e conclusão final: 0,3 valores

Grupo IV (2,5 valores)


a) (0,4 valores)

• Prova da asserção: 0,4 valores

b) (0,6 valores)

• Prova da asserção: 0,6 valores

c) (1,5 valores)

• Prova da asserção: 1,5 valores

FIM

2
Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Curso: ................................................................................................................................................

Prova de Álgebra Linear (0604) Data: 19 de Junho de 2007

Nome: .................................................................................................................................................
Nº de Estudante: ........................................ B. I. nº ..............................................
Assinatura do Vigilante: .............................................

Para a resolução do exame, aconselha-se que:


• Verifique o exemplar do exame que lhe foi entregue e, no caso de estar incom-
pleto ou com qualquer deficiência, dirija-se ao professor vigilante. O exame
é composto por 4 grupos, contém 7 páginas e termina com a palavra FIM.

• Não rubrique nem escreva o seu nome nas folhas de exame, excepto no local
apropriado para o efeito.

• Utilize uma letra legı́vel e não use uma caneta de outra cor que não seja o
preto ou o azul - as respostas a lápis não serão consideradas. Não é permitido
o uso de máquina de calcular.

• Tenha em atenção que o exame tem a duração de 2 horas e 30 minutos.

Critérios de avaliação e cotação:


• Com excepção do grupo I (constituı́do por seis questões de escolha múltipla)
terá de justificar todas as respostas e apresentar os cálculos que efectuou.
Se apresentar apenas um valor numérico como resposta sem qualquer justi-
ficação, mesmo que esteja correcto, terá cotação zero.

• Serão pontuadas definições de conceitos e caracterizações de conjuntos direc-


tamente relacionados com as questões.

• Cada questão do grupo I tem a cotação de 1 valor. Por cada resposta errada
serão descontados 31 valores. É considerada errada uma questão com mais
de uma resposta. A classificação mı́nima deste grupo é de 0 valores. Os
restantes grupos terão as cotações seguintes:

Grupo II Grupo III Grupo IV


6 val. 5.5 val. 2.5 val.
RESERVADO PARA A Universidade Aberta

Data: 19 de Junho de 2007


Prova de Álgebra Linear (0604)

Classificação: ( ) ..............................................................................
Prof. que classificou a prova: ......................................................................................

Grupo I
Em cada questão apenas uma das afirmações a), b), c), d) está correcta. Indi-
que-a marcando × no quadrado respectivo. Caso pretenda anular alguma das suas
respostas, basta escrever “Anulado” junto a essa resposta e indicar, se for caso disso,
a que pretenda que seja considerada.
 
1. Considere a matriz A = a b c ∈ R1×3 onde a, b, c 6= 0. Considere as seguintes
afirmações:
 2 
a ab ac
(i) AT A = ab b2 bc ;
ac bc c2
 
(ii) AAT = a2 + b2 + c2 ;

(iii) |AT A| = 0.

Então:

a) Nenhuma das afirmações é verdadeira.

b) Apenas uma das afirmações é verdadeira.

c) Apenas duas das afirmações são verdadeiras.

d) Todas as afirmações são verdadeiras.

2. Considere em R4 os vectores u = (1, 0, 1, 0), v = (0, 1, 0, 1), w = (0, 1, 1, 0),


z = (0, 0, 1, 1). Então:

a) {u, v, w, z} é um subconjunto de vectores linearmente dependente de R4 .

b) L(u, v) = L(w, z).

c) L(u) + L(v) + L(w) + L(z) = L(u + v + w + z).

d) R4 = {α(1, 0, 1, 0) + β(0, 1, 0, 1) + γ(0, 1, 1, 0) + δ(0, 0, 1, 1) : α, β, γ, δ ∈ R}.

1

x + y + kz = 0

3. Considere o sistema de equações lineares (S) = x + ky + z = 0 . Então:

kx + y + z = 0

a) (S) é possı́vel se e só se k 6= 0.

b) (S) é possı́vel e determinado se e só se k 6= 1 e k 6= −2.

c) (S) é possı́vel e determinado se e só se k 6= 0 ou k 6= 1.

d) (S) é impossı́vel para k = 0.

4. Considere os subespaços vectoriais de R3

F = {(x1 , x2 , x3 ) ∈ R3 : x1 = x2 , x1 = x3 } , G = L((1, 1, 1), (0, 1, 2)).

Então:
a) F ∪ G = R3 .

b) dim(F ∩ G) = 1.

c) F ∩ G = ∅.

d) G = {(x1 , x2 , x3 ) ∈ R3 : x1 + x2 + x3 = 3}.

5. Seja T : R3 → R2 uma transformação linear tal que dim ker T = 1. Então, tem-se
sempre:

a) im T = R2 .

b) T é representado por uma matriz invertı́vel.

c) R3 = ker T + im T .

d) T é representado por uma matriz de tipo 3 × 2

 
2 1 1 1
0 2 1 1
6. Considere a matriz A =   ∈ R4×4 . Então:
0 0 2 1
0 0 0 2

a) 0, 1 e 2 são os valores próprios de A.

b) O sistema (A − 2I4 )X = 0 é possı́vel e determinado.

c) O sistema (A − 2I4 )X = 0 é possı́vel e indeterminado.

d) |A − 2I4 | =
6 0.

2
Justifique todas as afirmações e apresente os cálculos realizados para as obter.

Grupo II
 
1 0 1
Considere a matriz A = 2 −1 −1 ∈ R3×3 .
0 1 2
a) Mostre que os vectores (1, 2, 0), (0, −1, 1), (1, −1, 2) ∈ R3 são linearmente indepen-
dentes.

b) Determine as matrizes adj A e A−1 por esta ordem.

3
c) Use a matriz A−1 para determinar a solução do sistema Ax = b onde b = (0, 1, 2).

d) Escreva o vector b = (0, 1, 2) como combinação linear dos vectores (1, 2, 0), (0, −1, 1), (1, −1, 2).

4
Grupo III
Considere a transformação linear T : R3 → R3 definida, para todo (x, y, z) ∈ R3 , por
T (x, y, z) = (x + z, 2x + y + z, 2y − 2z).

a) Seja β a base canónica de R3 . Determine a matriz A = Mβ,β (T ) que representa a


transformação T relativamente à base canónica na partida e na chegada.

 
−1
b) Mostre que 1  é um vector próprio de A e indique o valor próprio a que está

1
associado.

5
c) Defina o subespaço ker T e determine uma base para ker T .

d) Considere a base B 0 = ((1, 1, 0), (−1, 1, 0), (0, −1, 1)) de R3 . Determine a matriz
B = MB0 ,B (T ) que representa a transformação T relativamente à base B 0 na partida e
à base canónica B na chegada.

6
Grupo IV
Considere a matriz A ∈ Rn×n uma matriz quadrada tal que A2 = A.
a) Mostre que |(A − In )A| = 0.

b) Mostre que 0 ou 1 é valor próprio de A.

c) Mostre que se |A| =


6 0 então 1 é o único valor próprio de A.

FIM