Você está na página 1de 2

Valor Econômico - Tecnologia & Telecomunicações Página 1 de 2

Valor Online

Tácito Nobre, da
Serasa:
documento
eletrônico com
validade jurídica

Segunda-feira, 21 de outubro de 2002 - Ano 3 - Nº 620 - Tecnologia & Telecomunicações

Para juristas, regulamentação deve focar apenas os


pontos específicos
De São Paulo
:: 1º Caderno
:: Empresas & Tecnologia
:: Finanças O grau de regulamentação que deve ser imposto à internet no Brasil
:: Eu& ainda é tema de debate nos meios jurídico, político e empresarial. A
:: Legislação & Tributos tendência mais forte, no entanto, é a que propõe regular apenas pontos
específicos nos quais a legislação tradicional não se encaixa.

:: Guia Valor Veículos


:: Suframa Entre os tópicos que demandam leis próprias, os mais citados são o envio
:: Tecnologia & de mensagens eletrônicas não solicitadas, crimes de informática,
Telecomunicações certificação digital, tributação de comércio eletrônico e privacidade de
:: Empresa & Comunidade informações na internet.

"Em 95% dos casos, não é preciso que se crie uma regulamentação
:: Geral
:: Empresas Citadas
específica. O que já existe na legislação brasileira pode e deve ser
aplicado em internet e comércio eletrônico", afirma Renato Opice Blum,
advogado especialista em direito eletrônico e professor de direito da
:: Angela Bittencourt Fundação Getúlio Vargas (FGV). Os 5% restantes, no entanto, devem ser
:: Fernando Luiz Abrucio examinados com lupa. Sem uma base legal sólida, que estabeleça os
:: Gustavo Loyola direitos e deveres de empresas e consumidores, será difícil consolidar um
:: Ribamar Oliveira grande mercado de internet no Brasil.

:: Valor + News Os benefícios da regulamentação podem ser sentidos no caso da


:: Valor 1000 certificação digital. Em junho do ano passado, o governo instituiu, por
:: Valor Econômico meio da Medida Provisória 2200, a Infra-Estrutura de Chaves Públicas
:: Valor Financeiro Brasileira (ICP-Brasil), que confere validade jurídica para documentos
:: Valor Indicadores eletrônicos que utilizem certificados digitais de empresas homologadas
:: Valor Notícias pelo governo. Este ano, entidades privadas e públicas investiram para
:: Valor Setorial serem reconhecidas pela ICP-Brasil como autoridades certificadoras.
Como resultado, espera-se uma rápida popularização da tecnologia a
partir de 2003, aumentando a segurança das transações eletrônicas.
:: Estampa

Outra questão ainda sem regras oficiais é o envio de e-mails não


:: Inteligência Digital e solicitados para fins de publicidade, prática conhecida como "spam". Não
Comércio Eletrônico existe lei específica sobre o assunto no Brasil, portanto, em tese, pode-se
:: Merc. Imobiliário e entupir a caixa de entrada de e-mails de qualquer pessoa com a
Construção Civil quantidade de propaganda que se desejar. No entanto, se for possível
:: Outros temas
quantificar o prejuízo, quem se sentir lesado pode tomar medidas legais
com chance de sucesso.
:: Valor Social
:: Ethos Valor À primeira vista, o envio de "spam" pode parecer um problema menor.
Não é. A provedora de serviços de e-mail MessageLabs calcula que mais
de 17% de todas as mensagens que circularam na internet em setembro
:: Assine o jornal podem ser classificadas como "spam". Uma estimativa da União Européia
:: Edições anteriores
coloca os prejuízos de e-mails não solicitados na casa dos US$ 10 bilhões
:: Expediente
:: Fale Conosco
por ano em todo o mundo somente com consumo de banda. Tanto a
União Européia como os Estados Unidos têm legislações específicas que
:: Publicidade
combatem o "spam". No Brasil, ganha corpo a tendência de auto-
regulamentação.

Também continua sem definição legal o monitoramento de e-mails de


funcionários. Não existe uma lei específica sobre o assunto no Brasil,

http://www.valoronline.com.br/valoreconomico/materia.asp?id=1481122&edicao=456 18/11/02
Valor Econômico - Tecnologia & Telecomunicações Página 2 de 2

deixando a interpretação a cargo dos juristas. Em um caso que se tornou


mais conhecido, um funcionário do HSBC que foi demitido por envio de e-
mail pornográfico conseguiu vitória em primeira instância, pois o juiz
considerou que o e-mail deveria ser sigiloso. Mas na segunda instância, o
Tribunal Regional de Trabalho de Brasília alegou que o e-mail corporativo
é um recurso da empresa e que o empregador é responsável pelos atos
do empregado. E deu ganho de causa ao banco.

A lei também está frouxa em questões de tributação de internet e


comércio eletrônico. Atualmente, os provedores de acesso à internet em
todos os Estados pagam 5% de ICMS. Mas, segundo Marilda Alvarez,
advogada especialista em tributação de comércio eletrônico, não existe
uma regulamentação clara que especifique que tributos devem recair
sobre os provedores. "A incidência de ICMS está prevista para serviços de
telecomunicações, mas não para serviços de valor adicionado, como o
provimento de acesso."

Como no mundo de tijolo e cimento, as mercadorias compradas na


internet pagam ICMS. Ocorre que o imposto é cobrado em relação ao
local de onde a mercadoria saiu. Como a grande maioria das operações e
estoques de empresas de comércio eletrônico está situada em São Paulo,
mesmo que o consumidor compre pela internet a partir de outro Estado,
será o governo paulista que recolherá o tributo.

A recomendação internacional mais aceita é que as taxas sejam cobradas


da pessoa jurídica ou física que originou o pedido, explica Marilda Alvarez.
Mas ainda existe confusão a respeito. Isso para não falar da tributação de
bens intangíveis, como o download de um software ou de um arquivo de
música. "Seria venda de um bem ou de um serviço?", questiona Gastão
Mattos, presidente da Câmara-e.net. "É preciso definir essas pendências e
estabelecer uma política adequada de incentivos fiscais que estimule o
comércio eletrônico", defende. (R.C.)

Copyright Valor Econômico S.A. Todos os direitos reservados.


É proibida a reprodução do conteúdo desta página Em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Valor S.A.

http://www.valoronline.com.br/valoreconomico/materia.asp?id=1481122&edicao=456 18/11/02