Você está na página 1de 2

EN 3411 GERAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE VAPOR- PROF. MARCELO MODESTO

GERAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE VAPOR- PROF. MARCELO MODESTO PRIMEIRA LISTA DE EXERCICIOS 1 Uma câmara de

PRIMEIRA LISTA DE EXERCICIOS

1 Uma câmara de combustão adiabática é alimentada com heptano e ar atmosférico. A pressão e a

temperatura nas seções de alimentação da câmara são 100 kPa e 25ºC. O excesso de ar utilizado na combustão do heptano é de 25% e os produtos de combustão são encaminhados, da seção de descarga da câmara, para um trocador de calor. Sabendo que os gases de combustão são resfriados até 600K no trocador de calor, determine a transferência de calor no trocador de calor por kmol de heptano queimado.

2 Gás natural que pode ser modelado como metano é queimado com excesso de ar é igual a 100%,

na caldeira mostrado na figura abaixo. A temperatura e a pressão nas seções de alimentação de

combustível e de ar são iguais a 25°C e 100 kPa. A água entra na caldeira a 20°C e 500 kPa.

Sabendo que a temperatura dos produtos de combustão na seção de alimentação da chaminé é igual

a 400 K, determine a produção de vapor por quilograma de combustível queimado. Calcule também
a
400 K, determine a produção de vapor por quilograma de combustível queimado. Calcule também
a
energia transferida á água por kmol de combustível queimado.
3
Ar quente para uma operação de secagem em larga escala deve ser produzido através da passagem

do ar sobre um banco de tubos (não-misturado), enquanto produtos de combustão são direcionados

através dos tubos. A área da superfície do trocador de calor de correntes cruzadas é A = 25m 2 , e , para as condições propostas de operação o fabricante especifica um coeficiente global U = 35 W/m 2 K. O calor específico do ar e dos gases de combustão pode ser admitido como c p = 1040 J/kgK. Considere condições para as quais os gases de combustão escoando a 1 kg/s entram no trocador de calor a 800 K, enquanto o ar a 5 kg/s possui uma temperatura de entrada de 300K.

a) quais as temperaturas de saída do ar e do gás?

b) após um grande período de operação, depósitos na superfície interna dos tubos são previstos para

fornecer uma resistência a incrustação de R i ’’ = 0,004 m 2 K/W. A operação deveria ser interrompida

a fim de limpar os tubos?

c)

o desempenho do trocador de calor pode ser melhorado aumentando-se a área da superfície e/ou

o

coeficiente global de transferência de calor. Explore o efeito de tais mudanças na temperatura de

saída do ar para 500 UA 2500 W/K.

na temperatura de saída do ar para 500 ≤ UA ≤ 2500 W/K. UNIVERSIDADE FEDERAL DO
na temperatura de saída do ar para 500 ≤ UA ≤ 2500 W/K. UNIVERSIDADE FEDERAL DO

EN 3411 GERAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE VAPOR- PROF. MARCELO MODESTO

GERAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE VAPOR- PROF. MARCELO MODESTO 4 Em uma caldeira flamotubular, os produtos quentes

4 Em uma caldeira flamotubular, os produtos quentes de combustão escoam através de um conjunto de tubos de parede delgada e são utilizados para fazer ferver água que escoa sobre os tubos. Na ocasião da instalação, o coeficiente total de transferência de calor era de 400 W/m 2 K. Após 1 ano de operação, as superfícies interna e externa dos tubos tornam-se incrustadas, com fatores de incrustação correspondentes a R f,i =0,0015 e R f,e = 0,0005 k/W, respectivamente. A caldeira poderia ser programada para a limpeza das superfícies dos tubos?

poderia ser programada para a limpeza das superfícies dos tubos? UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - UFABC
poderia ser programada para a limpeza das superfícies dos tubos? UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - UFABC