Você está na página 1de 3

JAPONÊS: LÍNGUA E CULTURA

Apresentação:

JAPONÊS: LÍNGUA E CULTURA Apresentação: O projeto de extensão de língua e cultura japonesa envolve cursos

O projeto de extensão de língua e cultura japonesa envolve cursos de língua japonesa para a comunidade acadêmica da UFPR, bem como para a comunidade externa, cursos de formação e atualização para professores de japonês, e também a realização de pesquisas nas seguintes áreas: ensino da língua, cultura e literatura japonesa e identidade étnica.

Justificativa:

Existe a necessidade de atender uma demanda bastante específica, especialmente daqueles que desejam viajar ao Japão por motivo acadêmico e outros.

Para a UFPR, o curso oferece oportunidade de pesquisa e geração de conhecimento.

Foi preparado material didático visando preencher uma necessidade que existe para o Brasil inteiro.

Objetivos:

Geral:

Desenvolver o ensino e a pesquisa de temas relacionados à língua e cultura japonesa e à língua e cultura das comunidades étnicas nipo-brasileiras.

Específicos:

Promover cursos de língua e cultura japonesa para a comunidade interna e

externa à UFPR. Promover cursos para a formação e/ou atualização de professores de língua

japonesa que possam atuar nas escolas das comunidades Desenvolver pesquisas didático-pedagógicas, lingüísticas e culturais ligadas à

língua e cultura japonesa Atender aos postulantes de bolsas de estudos que realizarão cursos de aperfeiçoamento, mestrado ou doutorado no Japão, bem como aos que participarão de outros tipos de intercâmbio acadêmico por aquele país.

Metodologia:

O método comunicativo será empregado através de diálogos entre os alunos (dinâmica de grupo), jogos, utilização de vídeos para discussão, fitas cassetes, músicas, jornais e figuras. Entretanto, sendo complexo o sistema de escrita na Língua Japonesa, a importância da aprendizagem da escrita deve ser considerada. Portanto, os três sistemas de escrita: Katakana, Hiragana e Kanji (ideogramas) serão ministrados aos alunos.

Programas:

JAPONÊS: LÍNGUA E CULTURA I - Alfabeto. Uso das partículas tais como wa, ga, mo, de, to, ya, ni, o. Uso do advérbio pronominal, do pronome adjetivo, de adjetivo, dos verbos. Estudos da escrita japonesa (Hiragana, Katakana e Kanji (60)). Uso do tempo passado dos verbos. Expressões verbais (formal e informal). Redação.

JAPONÊS: LÍNGUA E CULTURA II - Uso das partículas tais como he, ni, estudo do Kanji novo (70). Verbos na conjugação em te (gerúndio, imperativo, seqüência de ações). Expressões que exprimem preferências e comparações. Interpretação de textos. Redação.

JAPONÊS: LÍNGUA E CULTURA III - Uso do superlativo, comparativo e função adverbial. Uso do tempo passado dos verbos (forma não polida). Formação de frases. Ditado, estudos do Kanji novo (75).

JAPONÊS: LÍNGUA E CULTURA IV - Uso de sufixo flexível tai, garu, tagaru, tearu, nai. Uso da conjunção temporal sucessiva e conjunção temporal simultânea. Estudo do Kanji novo (75). Redação e cultura japonesa. Ditado.

JAPONÊS: LÍNGUA E CULTURA V - Estudo do Kanji, das estruturas lingüísticas, adjetivos e conjugação de verbos (possibilidade, capacidade). Conversação com expressões polida (termo de respeito, modéstia, cortesia) e interpretação de textos.

JAPONÊS: LÍNGUA E CULTURA VI - Estudo do Kanji, das estruturas lingüísticas, adjetivos e conjugação de verbos. Conversação e interpretação de textos. Leitura, redação e correspondência.

JAPONÊS: LÍNGUA E CULTURA Avançado I - Estudo de Kanji mais complexo e adiantado através dos ditados, estudos das estruturas complexas do idioma, leitura, redação, interpretação de textos, conversação, discurso, seminário e cultura japonesa.

JAPONÊS: LÍNGUA E CULTURA Avançado II - Estudo de Kanji em um nível mais complexo e adiantado através dos ditados, estudos das estruturas complexas do idioma, leitura, redação, interpretação de textos, conversação, discurso, leitura e compreensão de textos literários, oratória e cultura japonesa.

Carga horária dos cursos: 60 horas

METODOLOGIA DA PRODUÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO

O material didático traça uma linha objetiva mostrando qual a finalidade desse aprendizado e o material de apoio oferece a oportunidade de reflexão sobre o uso desse aprendizado e também superar as dificuldades.

1) Tomar consciência da língua com texto escrito.

No caso da língua japonesa a escrita implica no conhecimento cultural desse povo.

As diversas formas de escritas fazem parte do processo histórico do país e na expressão de idéias característica dessa cultura.

2) Com o domínio das escritas poderão tomar conhecimento do sistema da língua.

As estruturas gramaticais - analogia e comparação com a língua materna

3) Oferecendo diversas atividades que permitam aos estudantes criar estratégias aumentando o nível de comunicação.

Apresentar as situações de comunicação ilustradas - percepção para interagir socialmente, inserindo as características culturais.

Produção de textos - uso dos recursos lingüísticos de forma individual

Interpretação de textos

Integrar as cinco habilidades (fala, audição, escrita, leitura e cultura) necessárias para desenvolver a competência na comunicação.