Você está na página 1de 11

Histórico Internacional

da Educação Ambiental

Conferência de Tbilisi e
Moscou
1977 - 1987
TOMADA DE
MAMIFESTAÇÃO CONSCIÊNCIA
PLANO MUNDIAL

PAPEL DA
EDUCAÇÃO
Não só
utilização COMPREENSÃO
de meios PREVENÇÃO Problemas
tecnológicos SOLUÇÃO Ambientais

Valores, Atitudes
Comportamentos
chave
Indivíduos
e grupos SOCIAIS
FATORES
ECONÔMICOS
CULTURAIS
Com respeito
ao Ambiente

EA
Realidade Particularmente
Contemporânea múltipla e complexa

Maior degradação Aumento das


do Meio Ambiente disparidades entre os
níveis de desenvolvimento

TBILISI Moscou 1977 - 1987


Estratégias

1- Investigação posta em prática de modelos eficazes de Educação.


2- Tomada de consciência generalizada de causas e efeitos dos
Problemas Ambientais.
3- Formação de recursos humanos.
Finalidades que a
Educação Ambiental deve levar em conta:

1- REALIDADE CONCRETA
a- econômica
b- social de cada sociedade
c- ecológica

2- OBJETIVOS QUE A SOCIEDADE


FIXOU PARA SEU DESENVOLVIMENTO
Avalia a pertinência do enfoque Ambiental na
Educação.

Recomenda:
Formação - Informação
Investigação Nacional e Internacional
Educação Ambiental
Linhas de Ação:
1- Educação formal em todos os
níveis
Currículos
1.1- Capacitação técnica
Formação de recursos humanos
Investigação e gestão dos recursos naturais
2 - Educação não formal
Ações e informações
Meios de comunicação de massa
2.1- Educação da comunidade
Organização - Participação
Conhecer e defender seus direitos

Consciência Crítica

EDUCAÇÃO DO CIDADÃO
Educação
Formal
Conteúdos Transversais:
Ensino Fundamental:
Percepção do Ambiente
Inter-relações dinâmicas
Primeiros conceitos
Preparação do Pensamento Crítico
Ensino Médio:
Compreensão, percepção e análise dos dos aspectos ecológicos,
sociais, políticos, econômicos, etc.
Exercício do Pensamento Crítico
Consciência Crítica

Ensino Superior:
Integração da temática ambiental nas diversas áreas do conhecimento.

Capacitação Técnica Gestão Regional


No marco da Participação Social
Dificuldades da Educação Ambiental na Educação Formal

1- Não existe um campo unificado de conhecimentos, nem


uma formação integral em Ciências Ambientais.
2- Formas tradicionais de ensino dão prioridade a conhecimentos
teóricos e abstratos, a informação, em detrimento dos problemas
concretos e regionais.
3- Fragmentação do conhecimento se reflete nos currículos em
disciplinas estanques.
4- Resistência a mudanças dos Sistemas de Educação Formal.
5- Dificuldades para atualização permanente que exige a dinâmica
da Ciência Contemporânea e a compreensão dos processos ambientais.
6- Disciplinas separadas e sem elos para o estudo do Meio
Natural e Social.
7- Inexistência de práticas de trabalho interdisciplinar e
multidisciplinar. Dificuldades de trabalho em equipe.
8- Própria estrutura interna e organizativa da escola.
9- Falta de recursos econômicos para a Educação.
EDUCAÇÃO AMBIENTAL

“é um processo que permite


às pessoas uma compreensão global do Ambiente.
Proporciona os instrumentos para elucidar valores e
desenvolver atitudes que lhes permite adotar uma posição
crítica e participativa a respeito das questões relacionadas
com a conservação e adequada utilização dos recursos naturais,
para a melhoria da qualidade de vida, a eliminação da
pobreza extrema, do consumismo desenfreado, visando a
construção de relações sociais, econômicas e culturais
capazes de respeitar e incorporar as diferenças,
(minorias étnicas, populações tradicionais, a perspectiva
da mulher) e a liberdade para decidir os caminhos
alternativos de desenvolvimento sustentável, respeitando
os limites dos ecossistemas, substrato de nossa própria
possibilidade de sobrevivência como espécie”.
(MININNI-MEDINA,1998)
Educação Não - Formal
Educação da comunidade:

Informação verdadeira da
comunidade
Difusão das informações sobre o
estado do Ambiente:
Local
Nacional
Internacional
Explicitação das Informações e
Direitos.
Decodificação da Linguagem Técnica.
Estímulo da organização e
necessidade
da Participação Comunitária
•Gestão e uso dos Recursos Naturais como direito
e responsabilidade compartilhada por Todos.
•Melhoria da Qualidade de Vida da população
mundial como Objetivo.
•Implementação do Desenvolvimento Sustentável
com Justiça Social como Meta
•A Paz, a Solidariedade e a Equidade como
Valores de uma Nova Ética.
•O respeito à diversidade cultural como Imperativo.
•Construção de uma Racionalidade Ambiental
como Proposta.
PNUMA EA Dimensão e Função
EDUCAÇÃO
Formal e Não Formal

1 - Dimensão Temporal da EA EDUCAÇÃO


Exige resultados práticos a curto e médio
prazo em setores externos ao âmbito escolar

EDUCAÇÃO Preparação e adequação rápida e flexível


de Planos e Programas de acordo com as
circunstâncias dinâmicas do Ambiente.
2 - Dimensão Espacial da EA
Aula Ambiente: Nat-Soc-Econ-Cultural
3-EA Ação e Educação relativos ao Ambiente
de forma paralela.
4 - Controle da EA Por parte de todos os
participantes