Você está na página 1de 2

1.

Explicar a evoluo histrica do direito processual brasileiro, bem como as suas ondas reformistas: Comea a partir das ordenaes filipinas como base do sistema jurdico nos pontos onde houvesse violaes a soberania do estado. At ento o que se tinha era o cdigo de processo criminal e posteriormente o cdigo de processo civil de 1939 e 1973. Surgem nesse ambiente as escolas brasileiras, a de Pernambuco que rompe com o exclusivismo da cultura portuguesa; a Paulista com a vinda de liebman com lies de carter instrumentalista e a Sulista com o direito alternativo e com nfase na aplicao da constituio. Quantos as ondas que so 3, a primeira a discurso sobre o acesso a justia, a sociedade reclamando e surgindo os juizados de pequenas causas; a segunda trata de questes coletivas e difusas; a terceira para tratar da prestao jurisdicional no que tange a efetividade.
2. Quando os processos esto em curso e surge uma lei nova 03 teorias resolvem a

aplicao da norma: Destaque-as e comente a posio do CPC A primeira teoria a da unidade processual onde a lei velha aplicada na poca do processo em curso, mesmo que uma nova lei surja no havendo retroatividade da lei; a segunda a teoria das fases processuais onde so autnomas e cada uma regulada por uma lei; a terceira a teoria do isolamento dos atos processuais onde surgindo uma lei nova no atinge as processuais. O artigo 1211 do CPC confirma a regra ao estabelecer que ao entrar em vigor lei nova, suas disposies sero aplicadas imediatamente aos processos pendentes.
3. Na reforma constitucional do poder judicirio (Em. 45/2004) o sistema processual

sofreu vrias alteraes. Destaque-as e comente as sua repercusses no processo. Adequao aos princpios constitucionais; recepo do pacto de san Jose da costa rica, criao do CNJ no como funo jurisdicional e sim administrativa; razovel durao do processo e meios que garantam a celeridade de sua tramitao; transferncia de competncia de homologao de sentena do estrangeiro do STF para o STJ. 4. Jurisdio Arbitral Jurisdio Voluntria? Explique fundamentando a sua resposta: A jurisdio arbitral no jurisdio voluntria, pois segundo Chiovenda

5. Para chiovenda a prestao jurisdicional era apenas declarar a lei, seria o juiz como boca da lei; para carnelutti a jurisdio alem de decidir a LIDE cria lei geral, justa composio da LIDE. a. No tem essa concepo de pacificao e sim de decisao, com base na lgica do perde e ganha b. No conforma a lei e sim aplicar o direito c. No, pois na realidade ele apenas dar uma sentena que uma deciso para o caso concreto, resolve a LIDE atravs da sentena
d. A jurisdio em si como rgo definitiva, porm a prestao jurisdicional no.

Ou seja, s se torna definitiva quando alcana a ultima estncia 6. DIREITO PROCESSUAL CONSTITUCIONAL o direito processual pautado na constituio onde faz uso para fundamentar suas posies e decises. O DIREITO CONSTITUCIONAL PROCESSUAL a prpria constituio aplicada. Aplicao da prpria ndole da constituio ou tutela dos direitos constitucionais.

Você também pode gostar