Você está na página 1de 9

Malhas de Controle Automático

Controle em Feedback

Uma simples malha de controle fechada seja suficiente para manter o valor de PV dentro de limites pré-ajustados (SP).

manter o valor de PV dentro de limites pré-ajustados (SP). Principais etapas: 1 – medir o

Principais etapas:

1 – medir o valor da saída. (PV)

2 – comparar com o SP.

3 – controlador altera MV.

Dificuldades práticas:

1 – existem limites para MV.

2 – variações bruscas ocasionadas pela dinâmica do sistema.

3 – distúrbios de grande magnitude e duração.

sistema. 3 – distúrbios de grande magnitude e duração. Outras estratégias podem ser abordadas Associação de

Outras estratégias podem ser abordadas Associação de controladores PID.

Malhas de Controle Automático

Controle em Cascata

Malhas de Controle Automático Controle em Cascata Controle de temperatura em um trocador de calor. Um

Controle de temperatura em um trocador de calor.

Um distúrbio na pressão Pe ocasiona uma alteração na vazão Qc (MV). PV também é pertubada por este distúrbio.

O controlador não é capaz de perceber rápido a mudança em Ts. Então demora um certo tempo até mudar a posição em TCV1 de forma a estabilizar Ts. Quando finalmente o controlador percebe a mudanç em Ts, a variável Pe já mudou novamente e o sistema não consegue evitar as oscilações.

Implementado quando a malha de controle simples já não responde Satisfatoriamente (grande inércia ou pertubações excessivas em MV).

Emprega pelo menos duas variáveis controladas que atuam sobre uma única variável manipulada.

Malhas de Controle Automático

Controle em Cascata

Malhas de Controle Automático Controle em Cascata Implementação do controle em cascata Controlador de vazão exclusivo

Implementação do controle em cascata

Controlador de vazão exclusivo para manter a vazão Qc independentemente das variações em Pe.

Quem define o valor de vazão desejado é o controlador de temperatura.

O valor da vazão depende somente do sinal de controle enviado pelo controlador TIC.

Assim, a temperatura Ts apresenta pouca variação pois não será preciso esperar o TIC perceber alteração em Ts para ajustar o valor em TCV.

Existência de pelo menos 2 controladores:

- Controlador mestre (TIC).

- Controlador escravo (FIC).

Malhas de Controle Automático

Controle em Cascata

Malhas de Controle Automático Controle em Cascata Malha escrava regulando a vazão de vapor. Malha mestre

Malha escrava regulando a vazão de vapor. Malha mestre regulando a temperatura de saída.

de vapor. Malha mestre regulando a temperatura de saída. Controle em cascata de um tanque. Malha

Controle em cascata de um tanque. Malha escrava regulando a vazão do fluido de entrada e uma malha mestre regulando o nível.

Malhas de Controle Automático

Controle de Relação

Malhas de Controle Automático Controle de Relação Manter uma determinada proporção entre 2 ou mais produtos.

Manter uma determinada proporção entre 2 ou mais produtos.

Manter uma determinada proporção entre 2 ou mais produtos. O valor de SP para a variável

O valor de SP para a variável do processo depende do valor de outra variável (Variável Piloto).

Q1: vazão de concentrado de suco. K: depende da fórmula de fabricação. Independentemente da variação da vazão Q1, o sistema deve manter a relação entre Qa e Q1, mantendo assim a fórmula de preparação do refresco.

FE2: medidor de vazão da variável piloto.

FIC: controlador de vazão de água (Qa).

Qualquer variação em Q1, promove auto- maticamente uma variação em Qa, de forma a manter a relação k.

Malhas de Controle Automático

Controle FeedForward

Malhas de Controle Automático Controle FeedForward Para um aumento na carga Qc, o controlador só atuará

Para um aumento na carga Qc, o controlador só atuará na válvula FCV após sentir uma diminuição no valor da temperatura Ts.

Dependendo do tempo de resposta o sistema irá oscilar tornando a saída instável.

ESTRATÉGIA FEEDFORWARD:

Tão logo aumente a carga, um sinal é enviado a malha de controle que será somado à saída do controlador TIC.

Também conhecido como controle por antecipação. O controle FeedForward monitora possíveis alterações já na entrada do processo. Informa antecipadamente ao controlador para que atue em MV.

A malha de controle feedforward antecipa as variações medidas já na entrada.

Malhas de Controle Automático

Controle FeedForward

Malhas de Controle Automático Controle FeedForward CONTROLE A DOIS ELEMENTOS CONTROLE A TRÊS ELEMENTOS

CONTROLE A DOIS ELEMENTOS

Malhas de Controle Automático Controle FeedForward CONTROLE A DOIS ELEMENTOS CONTROLE A TRÊS ELEMENTOS

CONTROLE A TRÊS ELEMENTOS

Malhas de Controle Automático

Controle Split-Range

Malhas de Controle Automático Controle Split-Range Montagem que utiliza pelo menos dois elementos finais de controle

Montagem que utiliza pelo menos dois elementos finais de controle acionados pelo mesmo sinal. Aplicado em duas situações:

1 – quando a rangeabilidade necessária para uma aplicação é maior do que a rangeabilidade de um único elemento final de controle.

Uma válvula apenas não é suficiente para controlar o valor de vazão necessária para o processo. O mesmo sinal de controle atua nas válvulas FCV1A e FCV1B. De 4 a 12mA -> abertura de 0 a 100% de FCV1A. De 12 a 20mA -> abertura de 0 a 100% de FCV1B.

Malhas de Controle Automático

Controle Split-Range

Malhas de Controle Automático Controle Split-Range Controlar a pressão no interior do tanque. O mesmo sinal

Controlar a pressão no interior do tanque. O mesmo sinal comanda as duas válvulas porém o conjunto (válvula+atuador) são configurados de forma diferentes.

Para 12mA ambas as válvulas estão fechadas.