CAMISETA Número de participantes: no mínimo 4, melhor com mais gente Material: duas camisetas Como brincar: 1.

Dividam os jogadores em dois times, formando duas filas em uma das bordas da piscina. O primeiro de cada fila veste uma camiseta. 2. A competição começa: o objetivo é nadar até o outro lado da piscina, voltar e passar a camiseta para o jogador seguinte, que continua a corrida. 3. A primeira equipe que terminar é a vencedora. 4. Dica: ao subir na borda da piscina, você pode por as mãos nos ombros do colega e deixar que ele puxe a camiseta e a vista; desta forma vocês economizam tempo. TÚNEL NA PISCINA Número de participantes: no mínimo 3 Como brincar: 1. 2. 3. 4. 5. Joguem na parte rasa da piscina, onde todos encostem o pé no chão. Escolham uma pessoa para ser o pegador. Os outros devem tentar escapar. Quem for pego deve ficar parado com as pernas abertas. Uma pessoa pode ser libertada se outra mergulhar e passar por baixo de suas pernas. 6. O último a ser pego é o pegador na próxima rodada. MARCO POLO Número de participantes: pelo menos 3 pessoas Material: um pano para vendar os olhos Como brincar: 1. Uma pessoa, que vai ser o pegador, fica no meio da piscina de olhos vendados. 2. Os outros se afastam enquanto o pegador conta em voz alta até dez. 3. Para ter uma idéia de onde os outros estão, o pegador pode gritar "marco!". Os outros devem responder "polo!". 4. Quem for pego vira o novo pegador.

Jogo do Bob esponja

Objetivo: Adaptação ao meio líquido e desenvolvimento da coordenação motora global. Materiais: Esponjas e duas tigelas. É um jogo de estafetas. O grupo é dividido em duas equipes, sendo-as dispostas em colunas. O primeiro jogador deverá estar com uma esponja na mão, posicionado de frente à uma tigela que estará na borda da piscina. Ao sinal do recreador, o jogador levará a esponja molhada até a tigela, apertando-a e desejando toda a água nela contida. Passa-se a esponja para o próximo jogador, e assim sucessivamente. Quando todos os jogadores das equipes passarem pela esponja, verifica-se qual tigela tem mais água. E assim declara-se a vencedora. Como variação pode utilizar as camisetas ao invés das esponjas.BATATA-QUENTE AQUÁTICA

tudo misturado. Quem aqui já fez essa brincadeira? Pode-se passar vaselina na melancia para que a brincadeira fique mais divertida ainda. uma para trás.05/03/2009 APROVEITAMENTO: Natação e passeios na praia em turmas OBJETIVO: Agilidade.. Por causa da densidade da melancia. coordenação. que consiste em .Melanciabol Para crianças acima de 06 anos até adultos.plástico. podendo ser dada em eventos. MATERIAIS: 1 bola inflável por jogador. esquerda.é super divertido. Ou pode-se usar uma bola com água dentro no lugar da melancia. Pode cair na monotonia Pinguins na água . à frente. sendo um trabalho adicional em condicionamento . dois à direita.. à frente. Os alunos devem estar afastados uns dos outros e ao sinal devem tentar tomar para si o rabinho dos outros. diria principalmente adultos ..daí peça à todos para abrirem os olhos..hehehe Pega Rabo Material: construir tiras de qualquer material como tiras de couro. Peça para as pessoas olharem quem está à sua volta.vai fazendo vários movimentos. onde toda parede serve de gol. Como um jogo de polo-aquático. Natação . Distribua os alunos em 3 ou 4 colunas. ter o cuidado para ninguém levantar a melancia. "some" e aparece do nada em outro lugar. dois times.. Todos devem colocar seus rabinhos atrás no biquíni ou calção. e à trás.. à sua direita. Geralmente faço esta brincadeira por 3 rodadas pois as alunas adoram independente da faixa etária. pode recolocar o rabinho que "roubou". meia volta à sua esquerda. equilíbrio.Caso tenha bastante tempo . o objetivo é ir empurrando ela pra frente. Comece então à guiá-los: Um passo. Pode-se também contar pontos: Quem roubar mais rabinhos vence o jogo.. algo maleável para que sirva de rabo . E veja a surpresa!!! Tudo bagunçado.. sem contar as trombadas que tiveram.hehe. ela às vezes mergulha. mais ou menos cinco pessoas em cada coluna. ou através de passes até enconchar na borda da piscina. Mas evite fazer a mesma brincadeira no mesmo mês. Duração: Costumo dar esta brincadeira nos últimos 5-10' da aula de hidroginástica .Recreação. com premiações. O participante que perder o seu tem ainda direito de tentar pegar o do outro para que a brincadeira não tome muito tempo. Observação: Esta brincadeira é muito boa para descontração em dias monótonos de aula e no Deep Water é capaz de elevar muito a frequência cardíaca das alunas. Parte Prática: Distribuir os "rabinhos"para cada participante. O mestre mandou Essa brincadeira deverá ser feita na parte rasa apenas. Objetivo: da brincadeira é que cada um tente "roubar" o rabinho do outro ao mesmo tempo que preserva o seu.Quem ficar por último com o rabinho será o campeão. piscina raza ou na praia DURAÇÃO: Conforme o percurso escolhido e a quantidade de alunos FAIXA ETÁRIA: a partir de 6 anos AULA OU CONTRIBUIÇÃO: Quandos todos disserem já!. começa a corrida. o professor pode acrescentar a regra de que aquele que pegar o do outro e se tiver perdido o seu . vai falando mais rápido. Daí peça para todos fecharem os olhos...

uma bacia . Atravessa a piscina enche os copos e volta. Ganha o jogador que chegar primeiro. pois. ao sinal do monitor. Vence a equipe que encher o medidor ou colocar mais água. Será usado um terceiro monitor como “balança” para fazer a pesagem das sacolas. é aconselhável não utilizar a parte mais funda). Do lado de fora da piscina. O segundo de cada equipe parte com a bandeja e os copos vazios. dando continuidade e següência até o último participante. O monitor deverá espalhar todas as bolinhas dentro da piscina (lembrando que se a piscina tiver profundidades diferentes. o primeiro participante de cada grupo deve atravessar a piscina para pegar uma bandeja com 04 copos com água e voltar sem derrubar. Garçom aquático ou Revezamento de bandeja ( voltar para atividades de piscina ) Material: Um medidor para cada equipe (um balde. Vence a equipe que a balança acusar a sacola mais pesada. e sim a verificação de quem ganhou será por peso. todos os participantes deverão entrar na água. Ele deverá segurar a sacola de uma equipe em uma mão e o da outra na outra mão. aconselho uma sacola de plástico. como não faremos a contagem das bolinhas.chegar à linha de chegada andando com a bola entre os joelhos. Ao chegar o participante deve despejar a água dos copos em um “medidor” (um balde. CABO DE GUERRA! . os recipientes deverão ter o mesmo peso. voltará à saída e começará de novo. Caso alguém derrube deverá voltar do ponto anterior. uma bacia ou uma garrafa pet).uma garrafa petit ou algo similar) 04 copos plásticos para cada equipe Uma bandeja plástica para cada equipe Um apito para o monitor Dividir os participantes em grupos em filas no borda da piscina. Se algum jogador perder a bola pelo caminho. Caça submarina ( voltar para atividades de piscina ) Material:Bolinhas de vidro (gude) Os participantes deverão ser divididos em duas equipes. e pegar o maior número de bolinhas que conseguirem. deverá ter dois monitores – uma para cada equipe – com um lugar para os participantes colocarem essas bolinhas. É aconselhável colocar recipientes iguais para as duas equipes. Ao sinal do monitor.

vai até a bacia e tenta pescar a bola com a colher na boca . uma de cada vez. Dentro deste balde coloque tantas bolas de pingue-pongue quanto for o número de crianças de uma equipe ( você pode utilizar também de frutas como morango ou de balas desembaladas para serem pescadas em vez da bola) Cada criança tem uma colher descartável e com esta na boca. frutas ou balas no número de crianças Coloque os dois times em fila e aproximadamente 1.balde com água . O time que acabar primeiro é o vencedor.bolas de pingue-pongue.5 metro de distância deles um balde com água .Você precisará de: . .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful