1º SIMULADO DE DIREITO CONSTITUCIONAL Constituição: conceito, origens, conteúdo, estrutura e classificação. Supremacia da Constituição. Princípios fundamentais.

Direitos e Garantias Fundamentais. Direitos e Deveres Individuais e Coletivos Direitos e garantias fundamentais. Direitos e deveres individuais difusos e coletivos. Direitos sociais 1. (CESPE/AGENTE ADMINISTRATIVO/MMA/2009) No sentido sociológico defendido por Ferdinand Lassalle, a Constituição é fruto de uma decisão política. 2. (CESPE/AGENTE ADMINISTRATIVO/MMA/2009) No sentido jurídico, a Constituição não tem qualquer fundamentação sociológica, política ou filosófica. 3. (CESPE/ANALISTA JUDICIÁRIO/ÁREA JUDICIÁRIA/STF/2008) Considere a seguinte definição, elaborada por Kelsen e reproduzida, com adaptações, de José Afonso da Silva (Curso de Direito Constitucional Positivo. São Paulo: Atlas, p. 41...). A constituição é considerada norma pura. A palavra constituição tem dois sentidos: lógico-jurídico e jurídico-positivo. De acordo com o primeiro, constituição significa norma fundamental hipotética, cuja função é servir de fundamento lógico transcendental da validade da constituição jurídico-positiva, que equivale à norma positiva suprema, conjunto de normas que regula a criação de outras normas, lei nacional no seu mais alto grau. É correto afirmar que essa definição denota um conceito de constituição no seu sentido jurídico. 4. (CESPE/JUIZ/TJCE/2005) A sociedade aberta dos intérpretes da constituição, a que se refere a doutrina constitucionalista, significa que devem contribuir para a interpretação da ordem constitucional não apenas os órgãos do Poder Judiciário, mas também todos os demais órgãos públicos, nos limites de sua competência. De qualquer modo, estariam excluídos dessa sociedade os cidadãos e entes privados em geral. 5. (CESPE/AGENTE DE POLÍCIA/SECAD/TO/2008) Constituição em sentido formal é a que trata de temas e matérias de índole constitucional, legitimando o poder transferido pela sociedade ao Estado. 6. (CESPE/AGENTE ADMINISTRATIVO/MMA/2009) A CF vigente, quanto à sua
alterabilidade, é do tipo semiflexível, dada a possibilidade de serem apresentadas emendas ao seu texto; contudo, com quorum diferenciado em relação à alteração das leis em geral.

7. (CESPE/AGENTE ADMINISTRATIVO/MMA/2009) Uma Constituição do tipo cesarista se caracteriza, quanto à origem, pela ausência da participação popular na sua formação. 8. (CESPE/AGENTE ADMINISTRATIVO/MMA/2009) A CF, quanto à origem, é promulgada, quanto à extensão, é analítica e quanto ao modo de elaboração, é dogmática. 9. (CESPE/PROCURADOR MUNICIPAL/PREFEITURA ARACAJU/SE/2008) Ato das Disposições Constitucionais Transitórias é hierarquicamente inferior à parte permanente da Constituição por se limitar a cuidar da passagem de um regime constitucional para um outro novo. 10. (CESPE/ANALISTA JUDICIÁRIO/ÁREA JUDICIÁRIA/TRT 1ª REGIÃO/2008) Tanto as constituições rígidas como as flexíveis apresentam superioridade material e formal em relação às demais normas do ordenamento jurídico. 11. (CESPE/TITULARIDADE DE SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO/TJDFT/2008) A idéia de supremacia material da CF, segundo o STF, é o que possibilita o controle de constitucionalidade. 12. (CESPE/ANALISTA JUDICIÁRIO/ÁREA ADMINISTRATIVA/TRT 17a REGIÃO/2009) A separação dos Poderes no Brasil adota o sistema norte-americano

1

social e cultural dos povos da América Latina. é o de garantir e implementar esses direitos. Princípios fundamentais. 15. (CESPE/ANALISTAJURÍDICO/CMBDF/2007)Há. estrutura e classificação. (CESPE/ANALISTA JURÍDICO/CBMDF/2007) Enquanto os direitos de primeira geração (civis e políticos) — que compreendem as liberdades clássicas. (CESPE/ANALISTA JUDICIÁRIO/ÁREA ADMINISTRATIVA/TRT 17ª REGIÃO/2009) Segundo a CF. (CESPE/ASSESSOR TÉCNICO DE CONTROLE/TCE RN/2009) Constituem princípios que regem a República Federativa do Brasil em suas relações internacionais. a dignidade da pessoa humana e a promoção do bem de todos. inexistindo nas relações travadas entre pessoas físicas e jurídicas de direito privado. (CESPE/ANALISTA JURÍDICO/ANATEL/2006) Os chamados direitos sociais de segunda geração. sem preconceitos de origem. estando direcionados apenas de forma indireta à proteção dos particulares em face dos poderes privados. 22. da garantia do desenvolvimento nacional e da autodeterminação dos povos. Direitos sociais checks and balances. interferindo. sociais e culturais) — que se identificam com as liberdades positivas. que o exerce exclusivamente por meio de representantes eleitos diretamente. (CESPE/ASSESSOR TÉCNICO DE CONTROLE/TCE RN/2009) De acordo com a CF. são caracterizados pela existência de direitos positivos. 21. 18. (CESPE/ACE/DIREITO/TCE/AC/2009) No constitucionalismo. política. 19. entre outros. no domínio econômico. idade e quaisquer outras formas de discriminação. (CESPE/ADVOGADO/CESAN/2005) O processo de afirmação dos direitos fundamentais de segunda geração iniciou-se no século XIX e intensificou-se no século XX por meio da positivação dos direitos coletivos e sociais. não se admitindo interferências ou controles recíprocos.no sistema constitucional brasileiro. 20. ou dimensão. É exemplo dessa categoria de direitos fundamentais a norma constitucional que assegura o direito de atendimento em creche e pré-escola às crianças de 0 a 6 anos de idade. . 14. a República Federativa do Brasil deve buscar a integração econômica. origens. Assim. a prevalência dos direitos humanos. (CESPE/ACE/DIREITO/TCE/AC/2009) As violações a direitos fundamentais ocorrem somente no âmbito das relações entre o cidadão e o Estado. sexo. que fazem nascer para o Estado a obrigação de atuar ativamente de forma a diminuir as desigualdades materiais. 17. Supremacia da Constituição. se necessário. e que não estão sujeitos a 2 13. raça.1º SIMULADO DE DIREITO CONSTITUCIONAL Constituição: conceito. Direitos e deveres individuais difusos e coletivos. os direitos fundamentais assegurados pela CF vinculam diretamente os poderes públicos. cor. são fundamentos da República Federativa do Brasil a soberania. 16. a existência de discriminações positivas iguala materialmente os desiguais. O papel do Estado. os direitos de segunda geração (econômicos. todo o poder emana do povo. conteúdo. negativas ou formais — realçam o princípio da liberdade. direitos e garantias que se revestem de caráter absoluto. Direitos e Deveres Individuais e Coletivos Direitos e garantias fundamentais. Direitos e Garantias Fundamentais. segundo o qual a separação das funções estatais é rígida. (CESPE/TÉCNICO JUDICIÁRIO/ÁREA ADMINISTRATIVA/TRT 17ª REGIÃO/2009) De acordo com a Constituição Federal de 1988 (CF). agora. com vistas à formação de uma comunidade latino-americana de nações. reais ou concretas — acentuam o princípio da igualdade.

origens. para nele se instalar escutas ambientais. Supremacia da Constituição. 31. (CESPE/ACE/DIREITO/TCE/AC/2009) A jurisprudência do STF firmou entendimento no sentido de que não afronta o princípio da isonomia a adoção de critérios distintos para a promoção de integrantes do corpo feminino e masculino da Aeronáutica. por policiais. salvo quando forem produzidos pelo acusado. Direitos sociais medidas restritivas por parte dos órgãos estatais. (CESPE/PROCURADOR DO MUNICÍPIO/ARACAJU/2007) Admite-se a condução coercitiva do réu em ação de investigação de paternidade para que seja submetido a exame de DNA. de qualquer forma. (CESPE/ESCRIVÃO DE POLÍCIA/SGA/AC/2008) O uso de algemas. desde que isoladamente considerados. a fim de saber se é o pai da criança. quando constituírem eles próprios o corpo de delito. 26. (CESPE/ANALISTA ADMINISTRATIVO/STF/2008) Todos os direitos e garantias fundamentais previstos na CF foram inseridos no rol das cláusulas pétreas. ordenadas pela justiça. prevista na Constituição Federal. estrutura e classificação. ainda que respeitados os termos estabelecidos pela própria Constituição. (CESPE/ADMINISTRADOR/TJDFT/2008) Os direitos e garantias fundamentais previstos na Constituição Federal de 1988 não comportam qualquer grau de restrição. Direitos e Deveres Individuais e Coletivos Direitos e garantias fundamentais. Direitos e Garantias Fundamentais. (CESPE/CONTROLE INTERNO/TJDFT/2008) Os direitos e garantias individuais são arrolados como cláusula pétrea. (CESPE/ANALISTA ADMINISTRATIVO/STF/2008) Os princípios da razoabilidade e da proporcionalidade estão previstos de forma expressa na CF. a qual não pode proceder à interceptação da correspondência remetida pelos sentenciados. para efeito de ingresso no serviço público. 28. em consequência. se reveste de caráter absoluto. (CESPE/DEFENSOR PÚBLICO/DPU/2010) Conforme entendimento do STF. com base no princípio da vedação do anonimato. ainda. a imediata instauração da persecutio criminis. (CESPE/ADVOGADO DA UNIÃO/AGU/2006) O princípio da reserva legal equivale ao princípio da legalidade na medida em que qualquer comando jurídico que obrigue determinada conduta deve provir de uma das espécies previstas no processo legislativo. (CESPE/JUIZ DE DIREITO SUBSTITUTO/TJ AC/2007) A inviolabilidade do sigilo de correspondência. inclusive. 27. (CESPE/TRT 17a Região/Analista/2009) Caso um escritório de advocacia seja invadido. 33. Direitos e deveres individuais difusos e coletivos. a estipulação de exigência de ordem etária. limitar esses direitos. por si sós.1º SIMULADO DE DIREITO CONSTITUCIONAL Constituição: conceito. 24. apesar de não estar expressamente previsto na Constituição ou em lei. (CESPE/ACE/DIREITO/TCE/AC/2009) A jurisprudência do STF firmou-se no sentido de que a norma constitucional que proíbe tratamento normativo discriminatório. sendo ilegítima. em razão da idade. tem como balizamento jurídico os princípios da proporcionalidade e da razoabilidade. já que são considerados cláusulas pétreas. 34. ou. 30. Princípios fundamentais. já que o advogado que ali trabalha estaria envolvido em 3 . a administração penitenciária. 29. de forma que não se admitirá proposta de emenda que possa. 23. 32. 25. durante a noite. ainda quando esta decorrer da natureza e do conteúdo ocupacional do cargo público a ser provido. alcança. conteúdo. os escritos apócrifos não podem justificar.

(CESPE/ACE/TCU/2009) O cumprimento de mandado de busca e apreensão. c.Considere a seguinte situação hipotética. (CESPE/ANALISTA JURÍDICO/STF/2008) O julgamento dos crimes dolosos contra a vida é de competência do tribunal do júri. Após largo período de espera. 40. Supremacia da Constituição. estrutura e classificação. sem qualquer explicação plausível. . mesmo que não haja o consentimento do morador. a honra e a liberdade. 41. expedido pela autoridade judicial competente. em seu escritório. seria cabível ajuizar a. Ação Civil Pública. visando instruir documentação a ser apresentada em procedimento de licitação. Habeas Data. pode impetrar habeas data para a obtenção da referida certidão. inclusive durante o período noturno. certidão de regularidade de pagamento de tributos federais. a Proficiente Serviços de Limpeza Ltda. seu pedido foi negado. Direitos e Deveres Individuais e Coletivos Direitos e garantias fundamentais. Direitos e Garantias Fundamentais. origens. a prova obtida será ilícita. qualquer compartimento privado onde alguém exerce profissão ou atividade está protegido pela inviolabilidade do domicílio. uma escuta ambiental captada por gravador instalado por força de decisão judicial. Ação Popular.1º SIMULADO DE DIREITO CONSTITUCIONAL Constituição: conceito. poderá ocorrer a qualquer horário do dia. d. Proficiente Serviços de Limpeza Ltda. (CESPE/ANALISTA DO SEGURO SOCIAL / DIREITO/INSS/2008) O direito à aposentadoria é regido pela lei vigente ao tempo da reunião dos requisitos da inatividade. a fim de solicitar sua aposentadoria. 42. requerida por funcionário público que dela necessitasse. 37. (CESPE/ANALISTA DO SEGURO SOCIAL / DIREITO/INSS/2008) Os servidores públicos de autarquias que promovem intervenção no domínio econômico têm direito adquirido a regime jurídico. a soberania dos veredictos e competência para julgar e processar os crimes dolosos contra a vida. (CESPE/Técnico Ambiental/IEMA/2005). 43. o sigilo das votações. (CESPE/PROCURADOR/PGE/AL2009) O conceito normativo de casa é abrangente. já que a referida diligência não foi feita durante o dia. já que tal fato viola o princípio de proteção do domicílio. Direitos sociais organização criminosa. conteúdo. tendo em vista que a CF estabelece algumas exceções ao princípio da inviolabilidade domiciliar. (CESGRANRIO/OFICIAL DE JUSTIÇA/TJRO/2008) Caso uma determinada autoridade administrativa se recusasse (ilegalmente) a fornecer certidão de tempo de serviço. Mandado de Injunção. entre as quais se incluem as determinações do Poder Judiciário. há a possibilidade de se instalar escuta (CESPE/ACE/TCE/TO/2009) Um advogado que esteja sendo investigado por formação de quadrilha e outros crimes não poderá sofrer. e. 4 35. Nessa situação. Apesar disso. Princípios fundamentais. solicitou à Secretaria da Receita Federal. 36. Direitos e deveres individuais difusos e coletivos. Mandado de Segurança. b. (CESPE/ANALISTA ADMINISTRATIVO/STJ/2004) A instituição do tribunal do júri assegura a plenitude da defesa. 38. por intermédio de requerimento fundamentado. inclusive quanto à carga tributária incidente sobre os proventos. assim. mas a CF não impede que outros crimes sejam igualmente julgados por esse órgão. 39.

47. os crimes hediondos. (CESPE/ADMINISTRADOR/TJDFT/2008) São imprescritíveis. de tortura. (CESPE/TÉCNICO JUDICIÁRIO/TRE/MG/2008) Artur cometeu crime de tortura. 45. Princípios fundamentais. pois os direitos fundamentais não são aplicáveis apenas no 5 . de tráfico ilícito de drogas. deve ser precedida de ampla defesa. 52. Assim. origens. Supremacia da Constituição. a tese do status de supralegalidade do Pacto de San José da Costa Rica. Joana traficou entorpecente ilicitamente e Cleber participou de ação de grupo armado civil contra a ordem constitucional. dessa forma. 49. 51. no entanto. reformas e pensões. Joana e Zilma. Direitos e Deveres Individuais e Coletivos Direitos e garantias fundamentais. Sendo assim. transcorrido esse interregno sem que o TCU tenha analisado a regularidade de uma pensão. iii. Artur e Cleber. Artur e Joana. Direitos e Garantias Fundamentais. independentemente da condição econômica do requerente. a lei pode estender a gratuidade do registro civil de nascimento e da certidão de óbito a todos. prevalecendo. (CESPE/JUIZ FEDERAL SUBSTITUTO/TRF 5a REGIÃO/2007) Segundo o STF. concluiu no sentido da derrogação das normas estritamente legais definidoras da custódia do depositário infiel. estrutura e classificação. ii. a viúva deve ser convocada para participar do processo de seu interesse. por exemplo. 48. na qualidade de delegados do poder público. conforme a Constituição brasileira em vigor. o terrorismo e o racismo são imprescritíveis. Nessa situação hipotética. jamais podem renunciar a tais direitos. de modo que podem até deixar de ser exercidos por seus titulares. (CESPE/ANALISTA JURÍDICO/STJ/2008) No Brasil. (CESPE/TJDFT/ANALISTA EXECUÇÃO DE MANDADOS/2008) A retirada de um dos sócios de determinada empresa. em que pese ser a princípio dispensável o contraditório e a ampla defesa nos processos que tramitam no TCU e que apreciem a legalidade do ato de concessão inicial de pensão. (CESPE/ESCRIVÃO DE POLÍCIA/SGA AC/2008) A Constituição Federal estabelece que a competência para julgar os crimes dolosos contra a vida é do tribunal do júri. conteúdo. compete ao referido tribunal o julgamento de crimes de latrocínio. inafiançáveis e insuscetíveis de graça ou anistia. 50. Direitos sociais 44. recentemente. quando motivada pela vontade dos demais. de racismo. à luz da Constituição Federal de 1988 (CF). 46. (CESPE/AGENTE DE ESCOLTA E VIGILÂNCIA PENITENCIÁRIO/SEJUS/ES/2009) Os direitos humanos são irrenunciáveis. de racismo. Direitos e deveres individuais difusos e coletivos. iv.1º SIMULADO DE DIREITO CONSTITUCIONAL Constituição: conceito. não têm direito absoluto à percepção de emolumentos por todos os serviços prestados. os quais. Artur e Zilma. CESPE/ANALISTA JUDICIÁRIO/STF/2008) O prazo decadencial de 5 anos relativo à anulação de atos administrativos e previsto na lei que regula o processo administrativo no âmbito da administração pública federal deve ser aplicado aos processos de contas que tenham por objeto o exame de legalidade dos atos concessivos de aposentadorias. e Zilma. foram praticados crimes imprescritíveis por i. o STF. desfrutando das garantias do contraditório e da ampla defesa. o que significa dizer que os cartórios. (CESPE/PROCURADOR/PGE AL/2008) Ao analisar a constitucionalidade da legislação brasileira acerca da prisão do depositário que não adimpliu obrigação contratual.

a autoridade que transferiu os poderes por delegação. Nessa situação. 61. o juiz não precisará ouvir a autoridade apontada como coatora antes de apreciar o pedido de medida liminar. deverá ser indeferida. (CESPE/PROCURADOR/AGU/2010) Tal como ocorre na ADI. estrutura e classificação. Direitos e Garantias Fundamentais. No entanto. conforme previsão expressa da Carta de 1988. 63. um ministério demorou três anos para efetuar a promoção dos membros de uma categoria de fiscais federais a diversos níveis da carreira e a fez sem o pagamento dos atrasados. 57. Entendendo ser líquido e certo o seu direito. no mandado de segurança. um grupo de trinta servidores constituiu advogado para impetrar mandado de segurança com pedido de liminar contra a omissão do secretário de recursos humanos da pasta. Direitos e Deveres Individuais e Coletivos Direitos e garantias fundamentais. o princípio da ampla defesa. medida idônea para impugnar decisão judicial que autoriza a quebra de sigilos fiscal e bancário em procedimento criminal. (CESPE/PROCURADOR/AGU/2010) O habeas corpus constitui. dirigido ao plenário da Suprema Corte. (CESPE/ESCRIVÃO/SGA/ACRE/2008) O Supremo Tribunal Federal (STF) expressou entendimento no sentido de considerar inadmissível o interrogatório do acusado por videoconferência por violar. (CESPE/PROCURADOR/AGU/2010) De acordo com entendimento do STF. (CESPE/DEFENSOR PÚBLICO/DPE/PI/2009) O mandado de segurança pode ser impetrado por pessoas naturais. em defesa de direitos individuais. essa regra não se aplica aos casos em que a desistência é parcial. Embora houvesse previsão legal. Princípios fundamentais. Essa qualidade é denominada eficácia horizontal dos direitos fundamentais. 56. (CESPE/ANALISTA DE CONTROLE EXTERNO/ÁREA:CONTROLE EXTERNO/TCU/2008) Considere a seguinte situação hipotética. (CESPE/ACE/DIREITO/TCE/AC/2009) A prática de ato que configure abuso de poder por autoridade que exerce competência delegada faz que o mandado de segurança interposto contra este ato tenha. 59. pois. razão pela qual não se admite sua impetração contra ato de particular. o administrado sempre terá garantida a possibilidade de recorrer à instância judicial. no caso deste. visando obrigálo a efetuar imediatamente o pagamento das parcelas em atraso. não é admitida a impetração de mandado de segurança contra lei ou decreto de efeitos concretos. Direitos sociais âmbito das relações entre o indivíduo e o Estado. mas não por pessoas jurídicas. 58. (CESPE/AGENTE DE POLICIA/SECAD TO/2008) O direito ao contraditório e à ampla defesa é assegurado aos litigantes em processo judicial. . pois existe legislação específica que proíbe sua concessão para o pagamento de vencimentos e vantagens pecuniárias a servidores 6 53. (CESPE/ACE/DIREITO/TCE/AC/2009) O STF pacificou entendimento no sentido de que a desistência.1º SIMULADO DE DIREITO CONSTITUCIONAL Constituição: conceito. 60. pois não se trata de mandado de segurança coletivo. CESPE/DEFENSOR PÚBLICO/DPE/PI/2009) O sujeito passivo do habeas corpus será a autoridade pública. Direitos e deveres individuais difusos e coletivos.ÁREA DE CONHECIMENTO 11/ANA/2006) A garantia constitucional do habeas corpus não é cabível em relação a punições militares. 62. no polo passivo. é cabível a impetração de habeas corpus. mas não em processo administrativo. (CESPE/ANALISTA ADMINISTRATIVO . pois somente ela tem a prerrogativa de restringir a liberdade de locomoção individual em benefício do interesse público ou social. Supremacia da Constituição. quanto à medida liminar requestada. não depende de aquiescência do impetrado. conteúdo. 54. mas também nas relações privadas. 64. origens. contra decisão colegiada proferida por qualquer de suas turmas. entre outros. segundo o STF. 55. (CESPE/TÉCNICO DE NÍVEL SUPERIOR/SUPORTE ÀS ATIVIDADES NA ÁREA DE DIREITO/PS/MS/2008) A perda de direitos políticos pode ser tutelada constitucionalmente mediante a utilização do instrumento do habeas corpus.

suspende o prazo decadencial para impetração do mandado de segurança. desde que protocolado dentro do prazo de 120 dias da ciência do ato impugnado. Direitos sociais públicos. como também os efeitos patrimoniais anteriores à própria impetração. (CESPE/ANALISTA JUDICIÁRIO . desfiles. estarão garantidos ao impetrante não só o afastamento do ato ilegal e abusivo. 66. 71. constantes de registros ou bancos de dados de entidades governamentais ou de caráter público. mas sem a regulamentação das autoridades competentes.ÁREA JUDICIÁRIA/STJ/2004) Passeatas. Princípios fundamentais. 65. Nesse sentido. afastando as conseqüências da inércia do legislador. 7 . estabelecer a regra do caso concreto. decisão proferida nos autos do mandado de injunção poderá. desde logo. não sendo atendido o pedido de certidão. o remédio cabível será o habeas data.1º SIMULADO DE DIREITO CONSTITUCIONAL Constituição: conceito. Supremacia da Constituição. (CESPE/ADVOGADO DA UNIÃO/AGU/2006) O mandado de injunção é instrumento a ser utilizado para viabilização de direito assegurado em lei. (CESPE/ACE/DIREITO/TCE/AC/2009) O pedido de reconsideração na via administrativa. (CESPE/ANALISTA JUDICIÁRIO . estrutura e classificação. 67. origens.ÁREA JUDICIÁRIA/TRT . cortejos e banquetes de natureza política constituem eventos que podem ser elementos do direito de reunião passível de tutela jurídica efetiva por meio do mandado de segurança. 69. independentemente do pagamento de taxas. 70. comícios. para a defesa de direitos e esclarecimentos de situações de interesse pessoal.9a REGIÃO/2007) Para o STF. por ilegalidade ou abuso de poder. a obtenção decertidões em repartições públicas. a prerrogativas inerentes à nacionalidade. (CESPE/ACE/DIREITO/TCE/AC/2009) Julgado procedente o pedido encaminhado via mandado de segurança. conteúdo. de forma a viabilizar o exercício do direito a liberdades constitucionais. Direitos e Garantias Fundamentais. 68. (AGENTE/PF/2009) Conceder-se-á habeas data para assegurar o conhecimento de informações relativas à pessoa do impetrante ou à de terceiros. (CESPE/AGENTE ADMINISTRATIVO/MMA/2009) Associação com seis meses de constituição pode impetrar mandado de segurança coletivo. Direitos e Deveres Individuais e Coletivos Direitos e garantias fundamentais. (CESPE/PROCURADOR/AGU/2010) A CF assegura a todos. 72. à soberania e à cidadania. Direitos e deveres individuais difusos e coletivos.

76. indiferente que se ajuíze uma ou outra. O poder público. 81.TÉCNICO ADMINISTRATIVO/TCU/2009) A contribuição sindical definida em lei é obrigatória. 79. (CESPE/ACE/DIREITO/TCE/AC/2009) Por serem ambas ações de cunho especial voltadas a proteger direitos violados por atos ilegais e lesivos. (CESPE/ACE/DIREITO/TCE/AC/2009) É vedado ao condenado por improbidade administrativa com a perda de direitos políticos. estrutura e classificação. sob pena de incidir. (CESPE/DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL SUBSTITUTO/PCRN/2008) Cabe. determinar a implementação de tais políticas. sendo. poderá ingressar com ação popular.TÉCNICO ADMINISTRATIVO/TCU/2009) No tocante aos direitos e às garantias fundamentais previstos na CF. os direitos sociais integram os denominados direitos fundamentais de segunda geração. a avaliações meramente discricionárias da administração pública. além de qualificar-se como direito fundamental que assiste a todas as pessoas. 84. (CESPE/PROCESSO SELETIVO/MS/2008) O direito à saúde. (CESPE/TÉCNICO DE ATIVIDADE JUDICIÁRIA/TJ/RJ/2008) O habeas data é o instrumento adequado à garantia do direito à liberdade de locomoção. 78. ainda que por censurável omissão. não pode mostrar-se indiferente ao problema da saúde da população. 80. não se expõe. Direitos e deveres individuais difusos e coletivos. (CESPE/TFCE . 74. 77. (CESPE/PROCURADOR/AGU/2010) A educação infantil. 83. em determinadas situações. (CESPE/ANALISTA JUDICIÁRIO/ÁREA JUDICIÁRIA/STF/2008) A ação popular contra o presidente da República deve ser julgada pelo STF. julgue os itens a seguir. revela-se possível ao Poder Judiciário. Princípios fundamentais. 82. Direitos sociais 73. em seu processo de concretização. é correto afirmar que o mandado de segurança e a ação popular possuem finalidades próximas. por qualificar-se como direito fundamental de toda criança. Direitos e Deveres Individuais e Coletivos Direitos e garantias fundamentais. origens. (CESPE/NÍVEL SUPERIOR/ANATEL/2008) Qualquer cidadão poderá impetrar habeas data no Poder Judiciário para assegurar o conhecimento de informações relativas a sua pessoa disponíveis na Agência Nacional de Telecomunicações(ANATEL). qualquer que seja a esfera institucional de sua atuação no plano da organização federativa brasileira. (CESPE/ANALISTA JUDICIÁRIO/ÁREA JUDICIÁRIA/STF/2008) A CF exige que o habeas data seja cabível apenas contra ato de autoridade pública. salvo negociação coletiva. (CESPE/ANALISTA DE GESTÃO CORPORATIVA: ADVOGADO/HEMOBRÁS/2008) De acordo com o posicionamento majoritário na doutrina. 85. mesmo para os profissionais liberais que não sejam filiados a sindicato 8 . Supremacia da Constituição. a propositura de ação popular. (CESPE/TFCE . (CESPE/PROCURADOR/BACEN/2009) É direito social dos trabalhadores urbanos e rurais a jornada de sete horas para o trabalho realizado em turnos ininterruptos de revezamento. excepcionalmente. praticados por autoridades públicas. aos Poderes Legislativo e Executivo a prerrogativa de formular e executar políticas públicas. primariamente. conteúdo. no entanto. Direitos e Garantias Fundamentais. nem se subordina a razões de puro pragmatismo governamental. independentemente de ter formulado o pedido diretamente na agência. em grave comportamento inconstitucional. no uso de suas atribuições. representa conseqüência constitucional indissociável do direito à vida.1º SIMULADO DE DIREITO CONSTITUCIONAL Constituição: conceito. 75. (CESPE/AGENTE ADMINISTRATIVO/MMA/2009) Um promotor de justiça. enquanto perdurarem os efeitos da decisão judicial.

87.jus. o direito à moradia está inserido nos direitos fundamentais de terceira geração. e) a igualdade de direitos entre o trabalhador com vínculo empregatício permanente e o trabalhador avulso. Direitos e deveres individuais difusos e coletivos. excluindo-se a indenização a que este está obrigado. de um lado. d) a assistência gratuita aos filhos e dependentes. Caso se trate de direitos individuais. d) A CF prevê que as normas definidoras dos direitos e garantias fundamentais têm aplicação imediata. pelo poder público. higiene. educação. encontra limites que compreendem. A Declaração Universal dos Direitos Humanos nasceu como um estandarte comum a ser alcançado por todos os povos e nações e em um mundo que ainda trazia as marcas da destruição e das violações a direitos humanos perpetradas durante a Segunda Guerra. vestuário. transporte e previdência social). lazer. (CESPE/TÉCNICO JUDICIÁRIO/ÁREA ADMINISTRATIVA/TRE/MG/2008) Não constitui direito social dos trabalhadores urbanos e rurais a) a garantia de salário. Base do que se tornaria a legislação internacional sobre direitos e liberdades fundamentais. 89. a) A evolução cronológica do reconhecimento dos direitos fundamentais pelas sociedades modernas é comumente apresentada em gerações. a Declaração Universal dos Direitos Humanos foi assinada pela 3. salvo o disposto em convenção ou acordo coletivo. b) Apesar de ser um direito social reconhecido. estrutura e classificação.stf. Presidente do Supremo Tribunal Federal. que são os direitos econômicos. Direitos sociais 86. Direitos e Garantias Fundamentais. a existência de disponibilidade financeira do Estado para tornar efetivas as prestações positivas dele reclamadas. para os que percebem remuneração variável. c) a irredutibilidade do salário. Com amparo nesse dispositivo. o direito à moradia não encontra previsão expressa no taxativo rol que enumera os direitos sociais protegidos pela Constituição Federal de 1988(CF). o Supremo Tribunal Federal(STF) já declarou a inconstitucionalidade e retirou do ordenamento jurídico lei que fixa o salário mínimo em valor inferior ao necessário para atender às necessidades vitais básicas do trabalhador e de sua família(moradia. (CESPE/AUXILIAR DE TRÂNSITO/SEPLAG/DETRAN/DF/2008) O lazer é um direito social garantido pela CF. saúde. origens. 88. Supremacia da Constituição. b) o seguro contra acidentes de trabalho.a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas. o 9 . assinale a opção correta. Ministro Gilmar Mendes. surgidos no início do século XX. desde o nascimento até cinco anos de idade. c) A implementação de políticas públicas que objetivem concretizar os direitos sociais.br/portal>(com adaptações). de outro. Com referência ao tema acima tratado. (CESPE/ADVOGADO/SEAD/CEHAP/PB/2008) Há 60 anos. sessão plenária de 10/12/2008 do STF. Princípios fundamentais. conteúdo. nunca inferior ao mínimo. foi a Declaração Universal dos Direitos Humanos que primeiro reconheceu o que hoje se tornou valor comum. (CESPE/TÉCNICO DE NÍVEL SUPERIOR/MDS/2008) A CF estabelece a legitimidade dos sindicatos para defender em juízo os direitos e interesses coletivos dos integrantes da categoria que representam. Direitos humanos são direitos a todos e concernem a toda comunidade internacional.1º SIMULADO DE DIREITO CONSTITUCIONAL Constituição: conceito. alimentação. Direitos e Deveres Individuais e Coletivos Direitos e garantias fundamentais. a razoabilidade da pretensão individual/social deduzida em face do poder público e. Internet: <www. a cargo do empregador. Nessa evolução. transporte. quando incorrer em dolo ou culpa. em creches e pré-escolas. no dia 10/12/1948. sociais e culturais.

10 . Direitos e Garantias Fundamentais. estrutura e classificação. conteúdo. Direitos e Deveres Individuais e Coletivos Direitos e garantias fundamentais. caso fique comprovada a participação deste na paralisação do serviço. Direitos sociais sindicato não terá legitimidade para defendê-los em juízo.1º SIMULADO DE DIREITO CONSTITUCIONAL Constituição: conceito. origens. (CESPE/PROCURADOR/AGU/2010) É constitucional o decreto editado por chefe do Poder Executivo de unidade da Federação que determine a exoneração imediata de servidor público em estágio probatório. Direitos e deveres individuais difusos e coletivos. Supremacia da Constituição. Princípios fundamentais. a título de greve. 90.

no que couber. e) A regra interna de uma empresa que concede remuneração de serviço extraordinário de 60% a mais em relação à hora normal é inconstitucional. o direito a moradia. Direitos e Garantias Fundamentais. d) É inconstitucional regra interna de uma empresa que concede licença gestante de 180 dias às suas empregadas. 93. o bem de família do fiador em contrato 11 . da lei que disciplina a matéria para os empregados privados. Direitos e Deveres Individuais e Coletivos Direitos e garantias fundamentais. Direitos sociais 91. enquanto não houver a regulamentação do direito de greve para os servidores públicos. os trabalhadores avulsos devem ser tratados distintamente daqueles que têm vínculo empregatício permanente. Supremacia da Constituição. O juiz do trabalho afastou a alegação de prescrição apresentada em contestação. Nessa situação. a licença tem duração de 120 dias. é possível a aplicação. assinale a opção correta. conteúdo.1º SIMULADO DE DIREITO CONSTITUCIONAL Constituição: conceito. 92. o juiz do trabalho agiu corretamente. Princípios fundamentais. CESPE/ANALISTA JUDICIÁRIO/ÁREA JUDICIÁRIA/TRT 1ª REGIÃO/2008) Em relação aos direitos dos trabalhadores urbanos e rurais. a) O trabalho insalubre em minas de carvão ou na operação de máquinas que possam causar mutilação só é permitido a partir dos 18 anos de idade. entre os direitos sociais. propôs reclamação trabalhista para cobrar verbas rescisórias a que tinha direito. estrutura e classificação. (CESPE/AGENTE JURÍDICO/MPE-AM/2008) A Emenda Constitucional n° 26/2000 incluiu. sob o fundamento de que os créditos trabalhistas prescrevem em cinco anos. visto que. (CESPE/ANALISTA JUDICIÁRIO/ÁREA JUDICIÁRIA: EXECUÇÃO DE MANDADOS/TRT 1ª REGIÃO/2008) O STF entende que. Em 13/5/2005. Direitos e deveres individuais difusos e coletivos. b) Considere a seguinte situação hipotética. João foi demitido da fazenda onde trabalhava como ordenhador de ovelhas em 21/5/2002. origens. c) De acordo com o princípio que manda tratar igualmente os iguais e desigualmente os desiguais. Sendo assim. de acordo com a CF.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful