Espaço Gospel por Pr.

Joel Cristianismo para Hoje
As pessoas do mundo todo olham para os acontecimentos ao redor do globo, e, perplexas, se perguntam: o que esperar de um mundo que se arruína sem parar e em todos os aspectos? Onde irá parar uma sociedade preocupada cada vez mais em ajuntar bens materiais e que não percebe que isto não a tem feito mais feliz? As pessoas acumulam bens, mas continuam cada vez mais insatisfeitas. A ciência, que tem na essência uma nobre missão que é a de amenizar o sofrimento humano e melhorar a qualidade de vida de todos os seres, tem caído nas mãos de grandes empresas e laboratórios que visam somente os lucros milionários. E a revolução tecnológica não tem sido diferente: tem entulhado o mundo com as suas máquinas maravilhosas, que teoricamente propiciariam mais tempo para o ser humano descansar e ficar com a família, mas o que se vê é uma sociedade estressada, correndo contra o relógio, sem tempo para nada e ninguém (e muito menos para Deus), onde todos fazem parte de um ciclo vicioso, porque na verdade a tônica de uma sociedade que vive a mercê da ditadura capitalista se resume numa frase: “tempo é dinheiro”. Todos e em todos os lugares, às vezes sem ao menos saber o porquê, creem que não podem perder tempo e devem continuar a correr. E tem-se a falsa ilusão de que tanto esforço em determinado momento há de se converter em um mundo melhor, mas, exatamente aí é que entra a frustração das pessoas porque isto não acontece. Observa-se ao redor e o que se vê é uma sociedade onde impera a injustiça, o medo, a corrupção, a violência, a fome, a inveja, o engano e a incerteza quanto ao amanhã; e esta lista poderia se estender muito mais. Mas, poderia se indagar: temos realmente que viver na incerteza e cada ser humano tem que se contentar com um grande ponto de interrogação? Ou temos como viver de um modo em que a paz e a esperança sejam possíveis de ser encontradas e experimentadas mesmo que tudo ao redor continue caótico? Eu diria que é possível encontramos paz e esperança para nossas almas porque, como crentes em um Deus criador, e como cristãos que somos por amar a Jesus Cristo e crer no perdão de nossos pecados pela suficiência de Seu sacrifício, temos na Bíblia Sagrada o registro do propósito de Deus. Sabemos pela Bíblia Sagrada de onde viemos, onde estamos e para onde vamos. E mais que isto, Deus nos revelou, pelo Seu amor, o destino das nações e é isto que iremos estudar no Livro de Deus – a Bíblia, o único livro que se levanta com ousadia e anuncia as coisas que ainda não são como se já fossem. Isto é segurança, aleluia! Nós estamos estudando em nossa comunidade o livro do profeta Daniel. No capítulo 2 temos o sonho do rei Nabucodonosor. Este sonho interpretado pelo profeta Daniel é na realidade a história dos impérios mundiais até o fim dos tempos; portanto, é realidade o fato de que aqueles que dão valor à Palavra de Deus e deixam se orientar por ela vivem em um mundo conturbado, mas sabem que Deus é o Senhor da história e tem tudo sob o Seu controle, não restando lugar para a angústia e o desespero que tomam conta dos que não tem esperança e não veem uma saída para este mundo tenebroso. O sonho do rei consistia da visão de uma estátua formada de quatro metais, a saber: Ouro, Prata, Bronze e Ferro. Cada um dos metais simbolizava um império mundial, obviamente começando por Babilônia como sendo a cabeça de ouro da estátua, seguida do peito e braços de prata simbolizando o império medo-persa, depois o quadril e as coxas de bronze simbolizando o império grego, em seguida as pernas de ferro simbolizando o império romano e a visão finaliza com os pés em parte de ferro e em parte de barro que significam um reino dividido, forte por um lado e fraco por outro. Estes pés compostos de ferro e barro, segundo creem a maioria dos estudiosos, é um resquício do império romano que iria sempre tentar se recompor. Estude também a Bíblia e viva com esperança.

br .com.Contato: comunidadecristaagape@yahoo.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful