Você está na página 1de 2

Manual básico sobre licitações

DEFINIÇÕES BÁSICAS – para melhor compreensão da terminologia utilizada apresentamos a seguir algumas definições básicas que nos auxiliarão a compreender o processo licitatório e seus procedimentos. São elas:

1 - LICITAÇÃO – é o conjunto de procedimentos adotados pela Administração Pública visando a aquisição de bens e serviços.

2 - USUÁRIO/CLIENTE – são todos os setores da Administração Pública que se

utilizam do processo licitatório para a aquisição de bens e/ou serviços.

3 - FORNECEDOR/PRESTADOR DE SERVIÇO – é aquele que, através de proposta escrita e assinada, oferece à Administração o objeto da licitação.

4 - OBJETO – é o bem/serviço o qual pretende adquirir a Administração.

5 - PROCESSO – é o conjunto de atos e documentos que compõe a rotina legal que objetiva a aquisição de bens e/ou serviços.

6 - PROCEDIMENTO – é o ato que compõe o processo licitatório. Exemplo:

publicação do edital, remessa de avisos eletrônicos(via e-mail) abertura de envelopes de habilitação/propostas.

7 - HABILITAÇÃO – são as condições exigidas, pela Administração Pública, dos

participantes do certame licitatório, para que estes possam oferecer seus bens/serviços ao Estado.

8 - PROPOSTA – é o documento através do qual o licitante participa do certame

oferecendo seu bem/serviço à Administração Pública, nas condições solicitadas pelo Edital.

9 - EDITAL DE LICITAÇÃO – é o caderno processual que traz todas as condições e

exigências de um determinado bem/serviço do qual necessita a Administração Estadual.

10 - AUTORIDADE INSTAURADORA – é a pessoa responsável pelo deferimento do

processo licitatório, determinando o início de seus atos e a homologação de seus procedimentos.

11 - COMISSÃO DE LICITAÇÃO – é o órgão colegiado composto por no mínimo 3

(três) servidores estaduais e/ou pessoas indicadas pela Autoridade Instauradora, para efetivar, controlar e dar seguimento até final adjudicação dos procedimentos licitatórios.

12 - PUBLICAÇÃO – são todos os atos que tem por finalidade divulgar de forma ampla

e irrestrita o processo licitatório. Ex: D.O.E. – jornais – boletins – INTERNET – murais.

13 - JULGAMENTO – é o ato da Comissão de Licitação que classifica as propostas

apresentadas pelos licitantes e, através de documento formal – ata – , indica qual aquela que atendeu as condições exigidas pelo Edital.

14 - ATA DE JULGAMENTO/CLASSIFICAÇÃO – é a manifestação expressa da

Comissão apontando a proposta que atendeu as condições do edital.

15 - ADJUDICAÇÃO – é o ato privativo da Comissão de Licitação, que indica à

Autoridade Instauradora, qual foi, dentre as propostas apresentadas pelos fornecedores/prestadores de serviço, a proposta que apresentou total compatibilidade com a solicitação do Edital de Licitação.

16 - HOMOLOGAÇÃO – é o ato privativo da Autoridade Instauradora que confirma a

proposta, indicada pela Comissão de Licitação, como a vencedora do certame.