Você está na página 1de 2

MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAO CENTRO UNIVERSITRIO UNA Disciplina: Seminrio de Dissertao

METODOLOGIA CIENTFICA: A CONSTRUO DO CONHECIMENTO

Nome do Aluno (a): Fbio da Silva Viana Professor (a): Ftima Marlia Andrade de Carvalho SANTOS, R. D. Metodologia cientfica: a construo do conhecimento. Rio de Janeiro, Editora DP&A, 2006. 62p. Introduo e Capitulo 1: Natureza terico prtica da pesquisa cientfica.

Santos (2006) inicia seu texto com uma quebra de paradigma sobre o prisma que se convencional sobre os estudos de metodologia cientifica, ele explica que ainda continua importante a a forma correta de apresentar um texto tcnicocientfico (SANTOS, 2006:11) dentro das normas e padres cientficos estabelecidos, mas que o foco contemporaneamente esta centrado na gerao de autonomia intelectual, na capacidade de pensar por conta prpria, a ser possibilitada aos estudantes e profissionais, especialmente queles em formao, ou formadores, em nvel superior (SANTOS, 2006:11).

Santos (2006) argumenta que devido a tardia abertura de mercado a concorrncia internacional foram quase 25 anos de produo protegida (SANTOS, 2006:11) gerando a triste figura do analfabeto funcional, o diplomado que desconhece sua arte, fazendo com que a produo acadmica do nosso sistema educacional se descuidasse da gerao e do desenvolvimento de capacidades, se preocupando apenas com habilitaes com diplomaes (SANTOS, 2006:11). No capitulo 1 Natureza terico prtica da pesquisa cientfica procura desenvolver algumas reflexes sobre a teoria e a prtica, com o intuito de resgatar a grandeza da teoria.

Santos (2006) conceitua a pesquisa cientifica como sendo atividade intelectual intencional que visa a responder s necessidades humanas (SANTOS, 2006:15). O autor elucida que a necessidade humana bsica esta relacionada a sensao permanente de insatisfao com o estado atual em que se encontram (SANTOS, 2006:15) o individuo, a atividade intelectual est ligada a racionalidade dos individuo, que so a sua capacidade de transformar necessidades sentidas em problemas, que se manifestam como questes (SANTOS, 2006:16) sendo que as questes, por suas vezes, aclamam solues. Para Santos (2006:16) Levantar problemas e gerar solues o que se chama atividade intelectual ou terica.

Destarte, Santos (2006) demonstra a importncia de uma boa teoria para os indivduos, pois a teoria procurar dar significao realidade, ela a geradora e organizadora da cultura e da cincia. O autor explana que qualquer de nossas cincias compe-se de um conjunto metodicamente organizado de solues e problemas j levantados, ou atualmente em desenvolvimento, relativos a uma dada necessidade humana (SANTOS, 2006:18).

Santos (2006) inicia um importante debate, em seu livro Metodologia cientfica: a construo do conhecimento, sobre a mudana de paradigma no estudo da metodologia cientifica ampliando o campo dos estudos para alm de definies, padres e normas tcnicos dos trabalhos cientifico, emergindo a figurado do pesquisador como unidade de analise complementar.

Você também pode gostar