Aproveite esse podcast e muito mais

Não é preciso ter uma assinatura para acessar os podcasts. Eles são 100% gratuitos. Também oferecemos livros digitais, audiolivros e muito mais por apenas $11.99 mensais.

Renda, emprego e saúde: os impactos sociais do cenário de instabilidade econômica

Renda, emprego e saúde: os impactos sociais do cenário de instabilidade econômica

DeE Tem Mais


Renda, emprego e saúde: os impactos sociais do cenário de instabilidade econômica

DeE Tem Mais

notas:
Duração:
20 minutos
Lançados:
7 de dez. de 2021
Formato:
Episódio de podcast

Descrição

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um balanço de como o cenário de instabilidade econômica afetou a renda, o trabalho e a saúde dos brasileiros, principalmente os mais pobres. Uma pesquisa recente do Banco Mundial, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), apontou que a América Latina e o Caribe chegam ao fim de 2021 com menos empregos formais, menor renda e maior insegurança alimentar do que no período pré-pandemia. Entre os países mais afetados aparecem Brasil, Colômbia e Equador. Apesar de receber apoio dos governos com programas sociais, como o auxílio emergencial, no caso dos brasileiros, cerca de 50% das famílias não retomaram os patamares de renda registrados antes da Covid-19. Para descrever os impactos sociais do atual cenário econômico, participam deste episódio os economistas Silvia Okabayashi, professora da Universidade Metodista de São Paulo (Umesp), e Marcelo Neri, pesquisador do FGV Social.

Com apresentação de Carol Nogueira, este podcast é produzido pela Maremoto para a CNN Brasil.

Você também pode ouvir o E Tem Mais no site da CNN Brasil. E aproveite para conhecer os nossos outros programas em áudio. Acesse: cnnbrasil.com.br/podcasts.
Lançados:
7 de dez. de 2021
Formato:
Episódio de podcast

Títulos nesta série (40)

O jornalismo como deve ser: simples e fácil de entender. Monalisa Perrone mergulha nos assuntos mais importantes do momento e te explica tudo, ao lado de especialistas, analistas e repórteres. De segunda a sexta, sempre no início da manhã.