Aproveite esse podcast e muito mais

Não é preciso ter uma assinatura para acessar os podcasts. Eles são 100% gratuitos. Também oferecemos livros digitais, audiolivros e muito mais por apenas $11.99 mensais.

Visibilidade trans: falta de dados dificulta luta por acesso a direitos básicos

Visibilidade trans: falta de dados dificulta luta por acesso a direitos básicos

DeE Tem Mais


Visibilidade trans: falta de dados dificulta luta por acesso a direitos básicos

DeE Tem Mais

notas:
Duração:
26 minutos
Lançados:
28 de jan. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Descrição

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um panorama das conquistas e desafios por trás do Dia Nacional da Visibilidade Trans, celebrado em 29 de janeiro. Estima-se que quase 2% da população brasileira seja formada por homens e mulheres transexuais, travestis e pessoas de gênero não-binário. Mas faltam mais dados sobre o perfil da população trans no país, e essa ausência de informações dificulta o acesso a direitos básicos, como saúde, educação e emprego. Ao mesmo tempo, o Brasil acumula há 13 anos uma estatística simbólica da violência: é o país do mundo com o maior número de pessoas trans mortas anualmente. Para descrever o quadro de dificuldades que transexuais e travestis enfrentam diariamente no Brasil e os possíveis caminhos para revertê-lo, participa deste episódio a pesquisadora e historiadora Giovanna Heliodoro, criadora da página Transpreta.

Com apresentação de Carol Nogueira, este podcast é produzido pela Maremoto para a CNN Brasil.

Você também pode ouvir o E Tem Mais no site da CNN Brasil. E aproveite para conhecer os nossos outros programas em áudio. Acesse: cnnbrasil.com.br/podcasts.

Este episódio tem patrocínio de Binomo, clique aqui e saiba mais.
Lançados:
28 de jan. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Títulos nesta série (40)

O jornalismo como deve ser: simples e fácil de entender. Monalisa Perrone mergulha nos assuntos mais importantes do momento e te explica tudo, ao lado de especialistas, analistas e repórteres. De segunda a sexta, sempre no início da manhã.