Aproveite esse podcast e muito mais

Não é preciso ter uma assinatura para acessar os podcasts. Eles são 100% gratuitos. Também oferecemos livros digitais, audiolivros e muito mais por apenas $11.99 mensais.

Guerra na Ucrânia: invasão russa provoca reações e dúvidas sobre consequências

Guerra na Ucrânia: invasão russa provoca reações e dúvidas sobre consequências

DeE Tem Mais


Guerra na Ucrânia: invasão russa provoca reações e dúvidas sobre consequências

DeE Tem Mais

notas:
Duração:
24 minutos
Lançados:
25 de fev. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Descrição

Neste episódio do E Tem Mais, Carol Nogueira apresenta um balanço das reações ao início da ação militar da Rússia na Ucrânia.

Depois de dias de ameaças e de escalada da tensão no Leste Europeu, forças russas dispararam mísseis e invadiram o território ucraniano. A ofensiva militar começou pouco depois do presidente russo, Vladimir Putin, anunciar uma operação na região de Donbass, no leste ucraniano, onde ficam as províncias de Donetsk e Luhansk, de forte presença separatista e que tiveram a independência reconhecida por Putin na segunda-feira.

A reação de líderes internacionais foi imediata. A China se recusou a classificar a ação russa como uma invasão e pediu moderação de todos. Estados Unidos, União Europeia e aliados planejam sanções duras contra a Rússia.

Para descrever as origens do conflito, as suas possíveis consequências e os interesses em jogo, participa deste episódio o pesquisador Carlos Gustavo Poggio, PhD em relações internacionais e professor da Faap.

Com apresentação de Carol Nogueira, este podcast é produzido pela Maremoto para a CNN Brasil.

Você também pode ouvir o E Tem Mais no site da CNN Brasil. E aproveite para conhecer os nossos outros programas em áudio. Acesse: cnnbrasil.com.br/podcasts.
Lançados:
25 de fev. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Títulos nesta série (40)

O jornalismo como deve ser: simples e fácil de entender. Monalisa Perrone mergulha nos assuntos mais importantes do momento e te explica tudo, ao lado de especialistas, analistas e repórteres. De segunda a sexta, sempre no início da manhã.