Aproveite esse podcast e muito mais

Não é preciso ter uma assinatura para acessar os podcasts. Eles são 100% gratuitos. Também oferecemos livros digitais, audiolivros e muito mais por apenas $11.99 mensais.

O peso do Senado na agenda de Bolsonaro: A busca pelo diálogo já é marca registrada do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. E, na quarta-feira, ele exercitou essa habilidade em visita ao presidente do Supremo, o ministro Luiz Fux. Pacheco tomou para si a tarefa de tentar reconstruir pontes bombardeadas pelo presidente Jair Bolsonaro com o Judiciário, após o próprio ministro Fux cancelar um encontro marcado com o chefe do Executivo, em meio a ataques e ameaças de Bolsonaro ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral, o ministro Luís Roberto Barroso. A pergunta é: como ele vai ter sucesso na empreitada se o presidente mantém em fogo alto o clima de guerra entre os poderes, com ameaças de pedidos de impeachment contra ministros do STF?
Para esfriar os ânimos, Rodrigo Pacheco tem como instrumento o poder para levar à frente - ou não - uma série de temas que interessam ao Palácio do Planalto e ao Centrão, que se tornou o fiador político mais importante do governo. O presidente do Senado

O peso do Senado na agenda de Bolsonaro: A busca pelo diálogo já é marca registrada do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. E, na quarta-feira, ele exercitou essa habilidade em visita ao presidente do Supremo, o ministro Luiz Fux. Pacheco tomou para si a tarefa de tentar reconstruir pontes bombardeadas pelo presidente Jair Bolsonaro com o Judiciário, após o próprio ministro Fux cancelar um encontro marcado com o chefe do Executivo, em meio a ataques e ameaças de Bolsonaro ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral, o ministro Luís Roberto Barroso. A pergunta é: como ele vai ter sucesso na empreitada se o presidente mantém em fogo alto o clima de guerra entre os poderes, com ameaças de pedidos de impeachment contra ministros do STF? Para esfriar os ânimos, Rodrigo Pacheco tem como instrumento o poder para levar à frente - ou não - uma série de temas que interessam ao Palácio do Planalto e ao Centrão, que se tornou o fiador político mais importante do governo. O presidente do Senado

DeAo Ponto (podcast do jornal O Globo)


O peso do Senado na agenda de Bolsonaro: A busca pelo diálogo já é marca registrada do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. E, na quarta-feira, ele exercitou essa habilidade em visita ao presidente do Supremo, o ministro Luiz Fux. Pacheco tomou para si a tarefa de tentar reconstruir pontes bombardeadas pelo presidente Jair Bolsonaro com o Judiciário, após o próprio ministro Fux cancelar um encontro marcado com o chefe do Executivo, em meio a ataques e ameaças de Bolsonaro ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral, o ministro Luís Roberto Barroso. A pergunta é: como ele vai ter sucesso na empreitada se o presidente mantém em fogo alto o clima de guerra entre os poderes, com ameaças de pedidos de impeachment contra ministros do STF? Para esfriar os ânimos, Rodrigo Pacheco tem como instrumento o poder para levar à frente - ou não - uma série de temas que interessam ao Palácio do Planalto e ao Centrão, que se tornou o fiador político mais importante do governo. O presidente do Senado

DeAo Ponto (podcast do jornal O Globo)

notas:
Duração:
25 minutos
Lançados:
19 de ago. de 2021
Formato:
Episódio de podcast

Descrição

A busca pelo diálogo já é marca registrada do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. E, na quarta-feira, ele exercitou essa habilidade em visita ao presidente do Supremo, o ministro Luiz Fux. Pacheco tomou para si a tarefa de tentar reconstruir pontes bombardeadas pelo presidente Jair Bolsonaro com o Judiciário, após o próprio ministro Fux cancelar um encontro marcado com o chefe do Executivo, em meio a ataques e ameaças de Bolsonaro ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral, o ministro Luís Roberto Barroso. A pergunta é: como ele vai ter sucesso na empreitada se o presidente mantém em fogo alto o clima de guerra entre os poderes, com ameaças de pedidos de impeachment contra ministros do STF?
Para esfriar os ânimos, Rodrigo Pacheco tem como instrumento o poder para levar à frente - ou não - uma série de temas que interessam ao Palácio do Planalto e ao Centrão, que se tornou o fiador político mais importante do governo. O presidente do Senado pode viabilizar a realização da sabatina para a nomeação de André Mendonça à vaga do ministro Marco Aurélio no STF, que entrou em compasso com a crise institucional. Da mesma forma, a recondução do procurador-geral da República, Augusto Aras, outro aliado de primeira hora de Bolsonaro, depende de votação na Casa. Isso sem falar em temas da agenda econômica, como a privatização dos Correios, e da agenda do Centrão e de Arthur Lira, como as coligações entre partidos para a eleição de deputados, que não tem adesão dos senadores. No Ao Ponto desta quinta-feira, a jornalista Mariana Carneiro, repórter em Brasília da coluna da Malu Gaspar, conta como o presidente do Senado tentar reestabelecer o diálogo entre o governo e o STF e analisa o clima na Casa para a aprovação das agendas do governo e do Centrão.
Lançados:
19 de ago. de 2021
Formato:
Episódio de podcast

Títulos nesta série (40)

Visualizar mais
Aqui ninguém perde tempo, é direto ao ponto. O podcast do GLOBO, publicado de segunda a sexta-feira às 6h, aborda os principais temas do Brasil e do mundo, para que você compreenda tanto os desafios da economia e os trâmites da política, quanto as inovações tecnológicas e a efervescência cultural. É muito? Os jornalistas Carolina Morand e Roberto Maltchik, apresentadores do AO PONTO, encaram o desafio. A cada episódio eles recebem convidados para uma conversa sobre os acontecimentos mais relevantes do dia.