Aproveite esse podcast e muito mais

Não é preciso ter uma assinatura para acessar os podcasts. Eles são 100% gratuitos. Também oferecemos livros digitais, audiolivros e muito mais por apenas $11.99 mensais.

Davos e os rumos da economia: risco de recessão causa apreensão no Fórum

Davos e os rumos da economia: risco de recessão causa apreensão no Fórum

DeE Tem Mais


Davos e os rumos da economia: risco de recessão causa apreensão no Fórum

DeE Tem Mais

notas:
Duração:
27 minutos
Lançados:
27 de mai. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Descrição

Neste episódio do E Tem Mais, Evandro Cini apresenta um balanço das preocupações nos debates do Fórum Econômico Mundial, em Davos, com os rumos da economia global em meio a um clima de apreensão com o risco de uma recessão.

Ao longo dos últimos dias, a cidade nos Alpes Suíços voltou a receber o evento, que reúne a chamada elite econômica mundial, depois de dois anos sem um encontro presencial, por causa da pandemia.

O aumento da inflação em todo o planeta, as perspectivas de crescimento baixo nas principais economias e a chance de falta de alimentos para os mais pobres dominaram boa parte das discussões, que contaram com a participação do ministro da Economia, Paulo Guedes, como principal representante do governo brasileiro.

Para descrever o papel do Fórum de Davos na busca por saídas para o cenário atual da economia no Brasil e no mundo, participam deste episódio o enviado especial da CNN Brasil à Suíça, Fernando Nakagawa, e o economista Vladimir Teles, professor da FGV.

Com apresentação de Evandro Cini, este podcast é produzido pela Maremoto para a CNN Brasil.

Você também pode ouvir o E Tem Mais no site da CNN Brasil. E aproveite para conhecer os nossos outros programas em áudio. Acesse: cnnbrasil.com.br/podcasts.
Lançados:
27 de mai. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Títulos nesta série (40)

O jornalismo como deve ser: simples e fácil de entender. Monalisa Perrone mergulha nos assuntos mais importantes do momento e te explica tudo, ao lado de especialistas, analistas e repórteres. De segunda a sexta, sempre no início da manhã.