Aproveite esse podcast e muito mais

Não é preciso ter uma assinatura para acessar os podcasts. Eles são 100% gratuitos. Também oferecemos livros digitais, audiolivros e muito mais por apenas $11.99 mensais.

Por que os aliados dizem que Bolsonaro vive o seu “inferno astral”?: Nos últimos dias, são frequentes os relatos que apontam o presidente Jair Bolsonaro mais irritado que o de costume. As expressões "mal momento" e "inferno astral" têm se repetido. E as explicações certamente passam pelas pesquisas eleitorais e pelo o que elas apontam sobre expressivas fatias da população, como a alta rejeição de Bolsonaro no público feminino e no eleitorado com renda de até dois salários mínimos. E a irritação só aumenta à medida que a eleição se aproxima, sem que o governo tenha uma bala de prata para enfrentar a inflação, que é global, e nem interferir na política de preços da Petrobras, que agora tem sido tratada como inimiga. Na terça-feira, o governo e o Congresso passaram a trabalhar sobre uma proposta de auxílio de 400 reais para caminhoneiros e de aumento do vale-gás. Mas, segundo ministros próximos ao presidente, o "mal momento" não deve passar caso as pesquisas também não comecem a favorecê-

Por que os aliados dizem que Bolsonaro vive o seu “inferno astral”?: Nos últimos dias, são frequentes os relatos que apontam o presidente Jair Bolsonaro mais irritado que o de costume. As expressões "mal momento" e "inferno astral" têm se repetido. E as explicações certamente passam pelas pesquisas eleitorais e pelo o que elas apontam sobre expressivas fatias da população, como a alta rejeição de Bolsonaro no público feminino e no eleitorado com renda de até dois salários mínimos. E a irritação só aumenta à medida que a eleição se aproxima, sem que o governo tenha uma bala de prata para enfrentar a inflação, que é global, e nem interferir na política de preços da Petrobras, que agora tem sido tratada como inimiga. Na terça-feira, o governo e o Congresso passaram a trabalhar sobre uma proposta de auxílio de 400 reais para caminhoneiros e de aumento do vale-gás. Mas, segundo ministros próximos ao presidente, o "mal momento" não deve passar caso as pesquisas também não comecem a favorecê-

DeAo Ponto (podcast do jornal O Globo)


Por que os aliados dizem que Bolsonaro vive o seu “inferno astral”?: Nos últimos dias, são frequentes os relatos que apontam o presidente Jair Bolsonaro mais irritado que o de costume. As expressões "mal momento" e "inferno astral" têm se repetido. E as explicações certamente passam pelas pesquisas eleitorais e pelo o que elas apontam sobre expressivas fatias da população, como a alta rejeição de Bolsonaro no público feminino e no eleitorado com renda de até dois salários mínimos. E a irritação só aumenta à medida que a eleição se aproxima, sem que o governo tenha uma bala de prata para enfrentar a inflação, que é global, e nem interferir na política de preços da Petrobras, que agora tem sido tratada como inimiga. Na terça-feira, o governo e o Congresso passaram a trabalhar sobre uma proposta de auxílio de 400 reais para caminhoneiros e de aumento do vale-gás. Mas, segundo ministros próximos ao presidente, o "mal momento" não deve passar caso as pesquisas também não comecem a favorecê-

DeAo Ponto (podcast do jornal O Globo)

notas:
Duração:
24 minutos
Lançados:
22 de jun. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Descrição

Nos últimos dias, são frequentes os relatos que apontam o presidente Jair Bolsonaro mais irritado que o de costume. As expressões "mal momento" e "inferno astral" têm se repetido. E as explicações certamente passam pelas pesquisas eleitorais e pelo o que elas apontam sobre expressivas fatias da população, como a alta rejeição de Bolsonaro no público feminino e no eleitorado com renda de até dois salários mínimos. E a irritação só aumenta à medida que a eleição se aproxima, sem que o governo tenha uma bala de prata para enfrentar a inflação, que é global, e nem interferir na política de preços da Petrobras, que agora tem sido tratada como inimiga. Na terça-feira, o governo e o Congresso passaram a trabalhar sobre uma proposta de auxílio de 400 reais para caminhoneiros e de aumento do vale-gás. Mas, segundo ministros próximos ao presidente, o "mal momento" não deve passar caso as pesquisas também não comecem a favorecê-lo. Muitos aliados, crentes no aumento da temperatura, já tentam convencer Bolsonaro a tirar o general Braga Netto da candidatura a vice para trazer ao palanque a ex-ministra da Agricultura Tereza Cristina. No Ao Ponto desta quarta-feira, a colunista Bela Megale relata o que tem escutado de ministros e aliados políticos do presidente sobre o clima no Palácio do Planalto e de que forma Bolsonaro acompanha o resultado das pesquisas. Ela também conta como o atual cenário contamina as conversas entre o Tribunal Superior Eleitoral e o Ministério da Defesa na preparação das eleições.
Lançados:
22 de jun. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Títulos nesta série (40)

Visualizar mais
Aqui ninguém perde tempo, é direto ao ponto. O podcast do GLOBO, publicado de segunda a sexta-feira às 6h, aborda os principais temas do Brasil e do mundo, para que você compreenda tanto os desafios da economia e os trâmites da política, quanto as inovações tecnológicas e a efervescência cultural. É muito? Os jornalistas Carolina Morand e Roberto Maltchik, apresentadores do AO PONTO, encaram o desafio. A cada episódio eles recebem convidados para uma conversa sobre os acontecimentos mais relevantes do dia.