Aproveite esse podcast e muito mais

Não é preciso ter uma assinatura para acessar os podcasts. Eles são 100% gratuitos. Também oferecemos livros digitais, audiolivros e muito mais por apenas $11.99 mensais.

O mistério sobre as mortes dos oligarcas russos: Yuri Voronov tinha 61 anos. Era um empresário russo. Na semana passada, corpo dele foi encontrado boiando na piscina de sua casa, com um tiro na cabeça, nos arredores de São Petersburgo, cidade natal do líder Vladimir Putin. Voronov era fundador e diretor-executivo da Astra Shipping, uma empresa de transportes ligada à gigante estatal russa de gás e petróleo Gazprom. E é nesse ponto que essa morte violenta faz parte de um intrigante enredo de sangue que acompanha os oligarcas russos desde o começo desse ano. São pelo menos cinco multimilionários, além de filhos e mulheres, que perderam a vida em circunstâncias misteriosas desde janeiro. Vasily Melnikov, por exemplo, foi encontrado morto ao lado da mulher e de dois filhos pequenos. As investigações indicam que o empresário matou a família e depois tirou a própria vida. Porém, em todo o mundo, essa sequência de mortes violentas dessas figuras proeminentes em Moscou, em tão pouco tempo e du

O mistério sobre as mortes dos oligarcas russos: Yuri Voronov tinha 61 anos. Era um empresário russo. Na semana passada, corpo dele foi encontrado boiando na piscina de sua casa, com um tiro na cabeça, nos arredores de São Petersburgo, cidade natal do líder Vladimir Putin. Voronov era fundador e diretor-executivo da Astra Shipping, uma empresa de transportes ligada à gigante estatal russa de gás e petróleo Gazprom. E é nesse ponto que essa morte violenta faz parte de um intrigante enredo de sangue que acompanha os oligarcas russos desde o começo desse ano. São pelo menos cinco multimilionários, além de filhos e mulheres, que perderam a vida em circunstâncias misteriosas desde janeiro. Vasily Melnikov, por exemplo, foi encontrado morto ao lado da mulher e de dois filhos pequenos. As investigações indicam que o empresário matou a família e depois tirou a própria vida. Porém, em todo o mundo, essa sequência de mortes violentas dessas figuras proeminentes em Moscou, em tão pouco tempo e du

DeAo Ponto (podcast do jornal O Globo)


O mistério sobre as mortes dos oligarcas russos: Yuri Voronov tinha 61 anos. Era um empresário russo. Na semana passada, corpo dele foi encontrado boiando na piscina de sua casa, com um tiro na cabeça, nos arredores de São Petersburgo, cidade natal do líder Vladimir Putin. Voronov era fundador e diretor-executivo da Astra Shipping, uma empresa de transportes ligada à gigante estatal russa de gás e petróleo Gazprom. E é nesse ponto que essa morte violenta faz parte de um intrigante enredo de sangue que acompanha os oligarcas russos desde o começo desse ano. São pelo menos cinco multimilionários, além de filhos e mulheres, que perderam a vida em circunstâncias misteriosas desde janeiro. Vasily Melnikov, por exemplo, foi encontrado morto ao lado da mulher e de dois filhos pequenos. As investigações indicam que o empresário matou a família e depois tirou a própria vida. Porém, em todo o mundo, essa sequência de mortes violentas dessas figuras proeminentes em Moscou, em tão pouco tempo e du

DeAo Ponto (podcast do jornal O Globo)

notas:
Duração:
23 minutos
Lançados:
11 de jul. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Descrição

Yuri Voronov tinha 61 anos. Era um empresário russo. Na semana passada, corpo dele foi encontrado boiando na piscina de sua casa, com um tiro na cabeça, nos arredores de São Petersburgo, cidade natal do líder Vladimir Putin. Voronov era fundador e diretor-executivo da Astra Shipping, uma empresa de transportes ligada à gigante estatal russa de gás e petróleo Gazprom. E é nesse ponto que essa morte violenta faz parte de um intrigante enredo de sangue que acompanha os oligarcas russos desde o começo desse ano. São pelo menos cinco multimilionários, além de filhos e mulheres, que perderam a vida em circunstâncias misteriosas desde janeiro. Vasily Melnikov, por exemplo, foi encontrado morto ao lado da mulher e de dois filhos pequenos. As investigações indicam que o empresário matou a família e depois tirou a própria vida. Porém, em todo o mundo, essa sequência de mortes violentas dessas figuras proeminentes em Moscou, em tão pouco tempo e durante a Guerra na Ucrânia, tenha alguma explicação comum. No Ao Ponto desta segunda-feira, o jornalista Filipe Barini, da editoria de Mundo do GLOBO, que acompanha de perto a política russa, conta quais são os pontos que ligam esses crimes misteriosos e analisa de que forma as mortes podem ter relação com a Guerra na Ucrânia. Ele também explica como esses casos alimentam o clima de paranoia no Kremlin e no círculo próximo a Putin.
Lançados:
11 de jul. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Títulos nesta série (40)

Aqui ninguém perde tempo, é direto ao ponto. O podcast do GLOBO, publicado de segunda a sexta-feira às 6h, aborda os principais temas do Brasil e do mundo, para que você compreenda tanto os desafios da economia e os trâmites da política, quanto as inovações tecnológicas e a efervescência cultural. É muito? Os jornalistas Carolina Morand e Roberto Maltchik, apresentadores do AO PONTO, encaram o desafio. A cada episódio eles recebem convidados para uma conversa sobre os acontecimentos mais relevantes do dia.