Aproveite esse podcast e muito mais

Não é preciso ter uma assinatura para acessar os podcasts. Eles são 100% gratuitos. Também oferecemos livros digitais, audiolivros e muito mais por apenas $11.99 mensais.

Bolsonaro segue a cartilha de Trump?: Faltando um pouco mais de 70 dias para as eleições, um presidente, candidato à reeleição, reforça uma teoria conspiratória e falsa para desacreditar o sistema eleitoral. Essa história aconteceu nos Estados Unidos, em agosto de 2020, quando Donald Trump contestava a votação pelo Correio, prevista na Lei americana e que foi importante para assegurar o direito ao voto por lá no auge da pandemia. Porém, o mesmo ocorreu por aqui na última segunda-feira, quando o presidente Jair Bolsonaro promoveu um encontro com embaixadores de dezenas de países para voltar a lançar suspeitas, sem provas, sobre o sistema eleitoral brasileiro. Em comum entre Trump e Bolsonaro, um cenário eleitoral desfavorável para os dois postulantes à reeleição. No caso de Bolsonaro, o alvo não é o voto pelo correio, mas, sim, a urna eletrônica, cuja segurança é atestada pela Justiça Eleitoral e também por procuradores da República, peritos, delegados da Polícia Federal e até pela emba

Bolsonaro segue a cartilha de Trump?: Faltando um pouco mais de 70 dias para as eleições, um presidente, candidato à reeleição, reforça uma teoria conspiratória e falsa para desacreditar o sistema eleitoral. Essa história aconteceu nos Estados Unidos, em agosto de 2020, quando Donald Trump contestava a votação pelo Correio, prevista na Lei americana e que foi importante para assegurar o direito ao voto por lá no auge da pandemia. Porém, o mesmo ocorreu por aqui na última segunda-feira, quando o presidente Jair Bolsonaro promoveu um encontro com embaixadores de dezenas de países para voltar a lançar suspeitas, sem provas, sobre o sistema eleitoral brasileiro. Em comum entre Trump e Bolsonaro, um cenário eleitoral desfavorável para os dois postulantes à reeleição. No caso de Bolsonaro, o alvo não é o voto pelo correio, mas, sim, a urna eletrônica, cuja segurança é atestada pela Justiça Eleitoral e também por procuradores da República, peritos, delegados da Polícia Federal e até pela emba

DeAo Ponto (podcast do jornal O Globo)


Bolsonaro segue a cartilha de Trump?: Faltando um pouco mais de 70 dias para as eleições, um presidente, candidato à reeleição, reforça uma teoria conspiratória e falsa para desacreditar o sistema eleitoral. Essa história aconteceu nos Estados Unidos, em agosto de 2020, quando Donald Trump contestava a votação pelo Correio, prevista na Lei americana e que foi importante para assegurar o direito ao voto por lá no auge da pandemia. Porém, o mesmo ocorreu por aqui na última segunda-feira, quando o presidente Jair Bolsonaro promoveu um encontro com embaixadores de dezenas de países para voltar a lançar suspeitas, sem provas, sobre o sistema eleitoral brasileiro. Em comum entre Trump e Bolsonaro, um cenário eleitoral desfavorável para os dois postulantes à reeleição. No caso de Bolsonaro, o alvo não é o voto pelo correio, mas, sim, a urna eletrônica, cuja segurança é atestada pela Justiça Eleitoral e também por procuradores da República, peritos, delegados da Polícia Federal e até pela emba

DeAo Ponto (podcast do jornal O Globo)

notas:
Duração:
27 minutos
Lançados:
20 de jul. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Descrição

Faltando um pouco mais de 70 dias para as eleições, um presidente, candidato à reeleição, reforça uma teoria conspiratória e falsa para desacreditar o sistema eleitoral. Essa história aconteceu nos Estados Unidos, em agosto de 2020, quando Donald Trump contestava a votação pelo Correio, prevista na Lei americana e que foi importante para assegurar o direito ao voto por lá no auge da pandemia. Porém, o mesmo ocorreu por aqui na última segunda-feira, quando o presidente Jair Bolsonaro promoveu um encontro com embaixadores de dezenas de países para voltar a lançar suspeitas, sem provas, sobre o sistema eleitoral brasileiro. Em comum entre Trump e Bolsonaro, um cenário eleitoral desfavorável para os dois postulantes à reeleição. No caso de Bolsonaro, o alvo não é o voto pelo correio, mas, sim, a urna eletrônica, cuja segurança é atestada pela Justiça Eleitoral e também por procuradores da República, peritos, delegados da Polícia Federal e até pela embaixada americana, que foram a público defender o sistema de votação na terça-feira. No Ao Ponto desta quarta-feira, a professora de Relações Internacionais da UNIFESP Cristina Pecequilo mostra como a tática de Trump naquela ocasião se assemelha à usada agora por Bolsonaro. Ela também aponta diferenças entre os cenários americano e brasileiro. O colunista Bernardo Mello Franco avalia o que leva o presidente brasileiro a adotar uma postura que, segundo seus próprios aliados, não agrega votos, e analisa até que ponto as instituições são capazes de evitar que as sucessivas insinuações contra o sistema eleitoral permitam a tentativa de contestação dos resultados que serão apontados pelas urnas em outubro.
Lançados:
20 de jul. de 2022
Formato:
Episódio de podcast

Títulos nesta série (40)

Visualizar mais
Aqui ninguém perde tempo, é direto ao ponto. O podcast do GLOBO, publicado de segunda a sexta-feira às 6h, aborda os principais temas do Brasil e do mundo, para que você compreenda tanto os desafios da economia e os trâmites da política, quanto as inovações tecnológicas e a efervescência cultural. É muito? Os jornalistas Carolina Morand e Roberto Maltchik, apresentadores do AO PONTO, encaram o desafio. A cada episódio eles recebem convidados para uma conversa sobre os acontecimentos mais relevantes do dia.